Observatório Alviverde

11/03/2018

A IMPERIOSA NECESSIDADE DO PALMEIRAS VENCER O ITUANO ESTA A TARDE EM ITU!


Independentemente do resultado de hoje em Itu contra o Ituano, o Palmeiras já sabe que enfrentará o Novorizontino nas quartas-de-final do Paulistão/18.

O primeiro confronto será em Novo Horizonte mas a decisão será no Allianz! Vantagem para o Verdão!

Com 23 pontos ganhos, o Palmeiras, ainda que perca para o Ituano esta tarde,  não será alcançado pelo Novorizontino, com 17 pontos, mesmo que o auri-negro derrote o desesperado Santo André, lá no ABC.

Reflitam, todos, agora, como estão fazendo falta aqueles três pontos que Róger Machado desconsiderou e desprezou ao escalar um mistão desentrosado e desinteressado diante do São Caetano, que não deixou nenhuma saudade!

Se computados esses pontos, o Palmeiras estaria hoje com 26, isto é, 6 a mais que o Curica, o 2º colocado, com 20.

Estabelecida essa vantagem e o Verdão não seria, definitivamente, alcançado pelo maior adversário, na eventualidade de os dois decidirem o Campeonato. 

Muito menos seria pelo Santos que tem 18, por exemplo, na semifinal passível e possível de ocorrer. 

Em razão disso a partida final do Paulistão, contra um ou contra outro e, por extensão tanto e quanto contra qualquer outro adversário menos pontuado, seria, indubitavelmente, no Allianz!

Por outro lado, se pudesse contar com os 3 pontos perdidos para o São Caetano, o Palmeiras jogaria esta tarde numa boa, relaxado e aliviado contra o Ituano...

E jogaria sem o peso da necessidade premente e insubstituível de vencer, com a possibilidade de poder (aí, sim!) descansar alguns de seus jogadores mais importantes, caso fosse necessário. E, no entanto, não é!

Lamentavelmente aquela inoportuna derrota para o São Caetano, obriga o Palmeiras, logo mais, a lutar muito, a correr muito e a se expor muito, para, no mínimo, empatar com um time que não consegue derrotar já há seis anos.

De qualquer forma, mesmo na eventualidade de empatar o jogo de hoje, o Palmeiras, com 24 pontos manter-se-á, ainda, na liderança geral do Paulistão já que mesmo que  o Curica derrote o Botafogo em Ribeirão chegará a insuficientes 23 pontos.

O problema é que, nesse caso, a diferença existente será reduzida a um mísero ponto tornando vulnerável a liderança palmeirense na sequência da competição. 

Como se sabe, findas as quartas de final, os times que somarem mais pontos, isto é, os quatro melhores, irão para as semifinais.

Jogarão, então, 4º x 1º e 3º x 2º em ida e volta, para as finais, primeiro na casa de quem tiver menos pontos e, depois, na casa de quem tiver mais pontos. 

Tudo isto para que se defina e para que se conceda aos times de melhores campanhas o privilégio de fazer o jogo que define a passagem para a final e a própria final sempre em suas próprias casas.

Deu pra que todos sintam o porquê de nossa crítica tão forte, contundente, mas sempre pertinente, publicada antes do jogo em que Róger perpetrou a inominável bobagem de entrar com um time misto?

De qualquer forma parece que ele aprendeu a lição pois, apesar dos desfalques compulsórios, manterá a maior base possível de titulares.

PALMEIRAS: 
Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos (Luan), Thiago Martins e Michel Bastos; Thiago Santos, Bruno Henrique (Tchê Tchê) e Lucas Lima (Gustavo Scarpa); 
Dudu, William e Borja (Guerra)
 

CLASSIFICAÇÃO GERAL:

(Clubes que podem se igualar ou passar o Verdão para efeito de mando de jogo decisivo)

Em 1º Palmeiras, 23 pontos.
Em 2º Curica, 20 pontos.
Em 3º Santos, 18 pontos.

Vejam como é importante esta parte do regulamento! Gagliotte, Mattos e Róger sabiam disto?

Se sabiam e ainda assim colocaram em campo um time misto, bobearam!

"Os dois primeiros colocados de cada grupo avançam para as quartas de final. Todos os estágios do mata-mata contarão com duas partidas, repetindo a edição anterior. A pontuação segue sendo contabilizada mesmo após o fim da fase de grupos, ou seja, uma equipe poderá ultrapassar a outra em número de pontos, o que garantiria a ela decidir a classificação em casa nos jogos eliminatórios". 

Notaram o exagero de cartões aplicados aos jogadores do Palmeiras?

Quinta-Feira contra os bambis o árbitro carregou os jogadores do Verdão de cartões, sabem por que?

Leiam o que diz esta outra parte do regulamento:

Critérios de desempate

Caso haja empate de pontos entre dois clubes, os critérios de desempates são aplicados na seguinte ordem:
1. Número de vitórias
2. Saldo de gols
3. Gols marcados
4. Número de cartões vermelhos
5. Número de cartões amarelos
6. Sorteio


VAMOS TORCER, HOJE, PARA QUE O PALMEIRAS VENÇA E POR UMA DERROTA DO CURICA.

NESSA HIPÓTESE A FINAL DO PAULISTÃO, CONTRA QUALQUER ADVERSÁRIO,  SERÁ NO ALLIANZ...

SEM CHORO, SEM VELA E SEM FITA AMARELA!!!

COMENTE COMENTE COMENTE

14 Comentários:

  • Às 11 de março de 2018 08:22 , Anonymous Verde Verdão disse...

    Olá Alcides,
    Vamos torcer para uma vitória do Palmeiras e para uma derrota gambá, mas mesmo que isso ocorra, não irá garantir as posições na classificação geral, pois os pontos do mata mata continuarão a serem computados na classificação geral. Até a final tem possibilidade matemática de pontuação e classificação.
    Hoje o Palmeiras deve entrar com um time misto novamente. Espero que quem entrar em campo tenha consciência de que esses pontos serão importantes para definição dos mandos e entrem com vontade de vencer!
    Bom domingo

     
  • Às 11 de março de 2018 09:17 , Anonymous Alcides Drummond, o edtor disse...

    Verde

    Bom dia. Mas foi exatamente isso o que eu quis dizer na postagem.

    Pelo que eu depreendi do regulamento os pontos vão se acumulando a partir de quando os times jogam e valem para a sequência da competição.

    Assim, como o Palmeiras já está à frente do Novorizontino faz o segundo jogo das quartas de final no Allianz.

    Se passar pelo Novorizontino precisará entra numa rodada assim ns semifinal:

    Time da 4ª melhor campanha x 1ª melhor campanha, em dois jogos.

    O jogo inicial será na casa do time de pior campanha invertendo o mando no 2º jogo, o decisivo, para a casa do time de melhor campanha.

    O outro finalista sai do confronto entre

    3ª melhor campanha x 2ª melhor campanha, também em dois jogos e nas mesmas condições. Primeiro confronto na casa do 3º colocado e o jogo decisivo na casa do time de melhor campanha.

    EM RAZÃO DISSO O VERDÃO TEM DE GANHAR E AO MESMO TEMPO FAZER MAIS PONTOS DO QUE OS OUTROS PARA JOGAR SEMPRE EM CASA.

    O jogo decisivo segue os mesmos critérios.

    ps - se estiver errado o que escrevi me comuniquem para que eu corrija. Abs AD

     
  • Às 11 de março de 2018 10:00 , Anonymous Marco disse...

    O grande problema não foi somente o jogo com o São Caetano (com o time reserva) mas também a partida contra o Linense (com o time titular).
    Nos dois jogos o comportamento do time foi o responsável direto por não obter a vitória, como também foi responsável pelo péssimo desempenho no clássico contra o time da marginal. Já na partida contra o SPFW ficou evidente como a postura dos jogadores determina o resultado.

    O grande erro de escalação no jogo com o São Caetano, que não pode ser cometido com o time titular ou com o time reserva, foi escalar três volantes e apenas um atacante e ainda assim posicionar de forma errada o time em campo.

    Dois ou três titulares poderiam ser usados naquele primeiro tempo para manter a estrutura do time e depois poderiam sair para a entrada de outros dois ou três titulares.

    O resultado disso é que o Palmeiras permitiu que a chance de “acertarem” a classificação para que o primeiro lugar geral continue em disputa.
    Os pontos e o saldo continuarão valendo, mas a competição permanece aberta e por essa razão o Palmeiras foi “controlado” no último jogo para não fazer mais saldo. (Saldo que pode definir a classificação geral, hoje.)

    O jogo com o Ituano é decisivo e o time será obrigatoriamente misto, pois Felipe Melo e Vito Luís estão suspensos e mais trê jogadores estão pendurados, entre eles, Borja.

     
  • Às 11 de março de 2018 10:08 , Anonymous Marco disse...

    Pendurados no Palmeiras:
    LUCAS LIMA - BORJA - ANTÔNIO CARLOS

    Para a próxima fase os cartões serão "zerados", menos para quem tomar o terceiro cartão na rodada de hoje.

     
  • Às 11 de março de 2018 10:33 , Anonymous STM disse...

    Bom Domingo a todos!!
    Espero que o Roger valorize o erro, colhendo aprendizado.
    O jogo contra o Sao Caetano tambem serviu para reduzir a pressao dos reservas. Ninguem que entrou naquelo jogo pode pleitear uma vaga na equipe titular.
    Ainda acho que o Roger não tem o time na mão. E isso me preocupa.
    Continuo na torcida.

     
  • Às 11 de março de 2018 12:01 , Blogger Roberio BA disse...

    Bom dia a todos! Permita-me discordar Alcides. Penso que um grupo grande e de qualidade como o nosso precisa jogar, o que infelizmente não pode acontecer é com um time que entrou em campo contra o Sao Caetano perder a partida de forma tão contundente e desinteressada, no entanto esta derrota dá ao treinador condições de entender com qual comprometimento e condições técnicas os jogadores suplentes se encontram, vide Fabiano, assistir ao empate com o Linense do time titular em casa tb, seria dois pontos preciosos a mais na conta que nos permitiria hoje tranquilidade contra o Ituano, a mesma que a vitória diante do são Caetano nos traria, atletas do nível que temos precisam jogar, se sentirem importantes, terem oportunidades de demonstrar potencial, caso não aproveitem como aconteceu, o banco de reservas não lhes causam desconforto... No mais, acredito que uma equipe suplente bem escalada e com responsabilidade dá conta do recado hoje, até com facilidade. Avante verdão.

     
  • Às 11 de março de 2018 13:45 , Anonymous Nei Verde disse...

    Essa viadagem de poupar o time vai nos custar a primeira colocação geral do campeonato. Essa viadagem de poupar o time ainda vai fazer dos gambas campeão ainda desse torneio. Aí tudo mundo vai vir aqui chorar as pitangas dizendo "campeonato foi dado de graça", "dava pra ter sido campeão" dentre outras Desculpas.

     
  • Às 11 de março de 2018 13:55 , Anonymous VICTOR TREDENSKI disse...

    Grande Nei, se me permite

    até concordo com você no seu comentário

    mas desta vez não foi por frescura

    e sim por necessidade

    antonio carlos, borja e lucas lima estão pendurados

    se tomassem cartões hoje, caso jogassem

    estariam fora do primeiro jogo das quartas

    e a partir das quartas os cartões zeram

    no mais, se roger não tivesse cometido o acinte contra o são caetano

    poderiamos estar folgadamente classificados

    mas enfim, segue o jogo agora

     
  • Às 11 de março de 2018 14:01 , Anonymous Nei Verde disse...

    Esse comentário das 13:45 hrs. Não foi eu que o fiz.

     
  • Às 11 de março de 2018 14:09 , Anonymous Nei Verde disse...

    Prezado Victor,estou de acordo, o comentario das 13:45 hrs. Foi do nei verde genérico.

     
  • Às 11 de março de 2018 14:41 , Anonymous VICTOR TREDESKI disse...

    Ah, agora não foi você que escreveu né? Conta outra, por que essa ladainha já encheu o saco.

     
  • Às 11 de março de 2018 14:53 , Anonymous VICTOR TREDENSKI disse...

    Olha só

    não fui eu que escrevi o comentário acima aí

    peço que todos desconsiderem

    po bicho, o cara nem pra copiar meu nome presta

     
  • Às 11 de março de 2018 16:27 , Anonymous Elcio disse...

    Rogerio, nosso representante do Nordeste.
    Fazia tempo que voce não escrevia.

    O negócio é o seguinte, a cagada foi feita no jogo com o São Caetano, hoje as ausências são justificadas.

    Agora é torcer para o reservas nao entrarem com a sonolência novamente.

    Abraço e bom jogo a todos.

     
  • Às 11 de março de 2018 17:03 , Anonymous Juarez disse...

    Misericórdia!!!
    Mexeu demais para jogar contra o bom time de Itu.
    Juninho e Tiago Martins do lado esquerdo..,aff
    PapaGaio????mesmo sendo bom, com esse nome vai ser duro vingar.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial