Observatório Alviverde

20/03/2019

PALMEIRAS X PONTE SERÁ MOSTRADO PELA GLOBO EM TV ABERTA!



Hoje é dia de jogo do time reserva do Palmeiras contra a Ponte. Por isto, antes de falar sobre o jogo propriamente dito, quero dizer que:

PRIMEIRO:
Na eventualidade que se vive, 

"apoio, integralmente, a escalação do time número dois no Palmeiras x Ponte desta noite.
Trata-se de um jogo de pouco ou menor valor, oportuníssimo para preservação dos melhores jogadores visando aos importantíssimos jogos da Libertadores nas próximas semanas".

A inesperada contusão de Deyverson e as suas consequências foram fatores que me  induziram a pensar assim, ainda que eu que seja um partidário ferrenho do uso constante do time principal.

O Palmeiras x Ponte em si não terá nenhum efeito prático para a já eliminada Macaca, senão aquele "do gosto, do prazer e da alegria" de derrotar o "melhor time do Brasil" em sua própria casa. 

O perigo desse tipo de confronto, que não envolve excesso de responsabilidade, é o time da Ponte, a soldo ou mando dos imundos de sempre, "abrir a mala ferramental" e machucar  peças-chaves do Palmeiras às vésperas dos jogos decisivos da classificação na Libertadores/19. 

SEGUNDO:
Preocupa-me, muitíssimo a eventual contratação de Pato -a peso de ouro- (dizem que a negociação está em um estágio muito avançado) pelo fato desse jogador, potencialmente acima da média, ter se tornado uma celebridade.

Quem desconhece que Pato, apesar da vivência e do auge de seus 29 anos de idade, anda, hoje em dia, muito mais preocupado em destacar-se nas páginas sociais do que, propriamente, nas páginas esportivas?

É por isto que havemos, todos nós e Felipão e a diretoria do Palmeiras, de convir que a contratação desse atleta é perigosa e se apresenta e antecipa como uma contratação de risco!

Se houvesse a garantia de que Pato dedicar-se-ia de corpo e alma ao Palmeiras concentrando-se mais na carreira do que propriamente nas "Gossip(s) Column(s)" e, aí sim, o Palmeiras estaria contratando um centro-avante que, em forma e motivado, não ficaria tão longe de Ronaldo, Fred, Romário, Reinaldo e de tantos outros "reis da área" de todos os tempos.

O problema, no entanto, está em saber se Pato está deixando a China para reciclar-se  e readaptar-se ao futebol brasileiro ou se para poder estar mais perto da filha de Senior Abravanel, com quem mantém relações de namoro e envolvimento amoroso. Senior Abravanel para os poucos que não sabem de quem se trata é, nada mais nada menos do que Silvio Santos. Tá mal de relacionamento o Pato, não?

Coincidentemente encontrei-me, ontem, com um paranaense dono de restaurante, grande palmeirense e conterrâneo de Alexandre Rodrigues da Silva, nome completo do jogador.

Ele me disse que conheceu a família do jogador em Pato Branco e o próprio Pato em tenra infância, garantindo-me que o clube de coração de Alexandre não é outro senão a S.E. Palmeiras. Que tal esta informação? Muda alguma coisa para você, palmeirense?

TERCEIRO:

Àqueles que cegamente fazem de certos jogadores um ídolo eterno, venerando-os e colocando-os na condição de semideuses quero informar o seguinte:

o Palmeiras  finalizou uma ação de Edmundo contra o clube, que corria -há dez anos- na 35ª Vara do Trabalho de São Paulo, do Tribunal Regional do Trabalho da Segunda Região (TRT-2) desde 2009. 

O Verdão procrastinou o quanto pôde e como pôde esse processo que rolou por dez anos com discussões judiciais constantes até entrar em acordo com o ex-jogador para quitar "a dívida trabalhista" orçada R$ 1.018.711,41. O pagamento será efetuado em dez parcelas. 

Independentemente da razão ou não de Edmundo no caso em epígrafe, o fato é que raramente existe rompimento contratual no futebol que não desemboque em uma ação trabalhista final (pelo menos era assim há uns dois anos) desses verdadeiros ídolos de pés de barro que ainda que pagos em milhões, vão à justiça também, à cata de tostões.

Edmundo, creiam, não é palmeirense e não está nem aí para o Palmeiras. Ele gosta mesmo é do Vasco, seu time de infância e não o condeno por isso. Apenas ressalvo que esse suposto carinho que -dizem- ele tem pelo verdão não passa de pura conveniência. 

Tivesse ele todo esse amor que garante ter pelo Verdão e jamais teria vestido a camiseta curicana. E, no entanto, a vestiu, tanto e quanto vestiu as camisas do Cruzeiro, Vasco, do Flamengo, do Fluminense.  

No Rio de Janeiro só não vestiu a camisa do Botafogo porque o time da estrela solitária nunca teve dinheiro e na "Paulicéia desvairada", só não jogou nos Bambis porque nunca foi convidado.

Quero deixar claro que nada tenho contra Edmundo atacante categorizado, muito acima da média, de quase 800 gols e que tanto me encantou com a excelência e a qualidade de seu futebol, mas, do ponto de vista humano, jamais me empolgou. Sua conturbada vida extracampo fala por si mesma!

Sua saída do Palmeiras, já em franca decadência, na última passagem que teve pelo clube encostando em Palaia, aliando-se ao diretor de futebol à Mancha e tramando contra Tite que o queria, por sua veteranice, fora do time e no banco de reservas, foi um dos fatores que levaram o Curica ao título mundial.

Lembram-se de Tite (que disse que não sairia pelos fundos para fugir da exagerada, impaciente, belicosa e irascível Mancha) sendo  recebido no aeroporto de Guarulhos após um jogo em Recife com "ovadas e tomatadas"  quando o time melhorava a olhos vistos (sem Edmundo) e começava a se ajeitar e a se ajustar?

Isso, lembro-me bem, pressupunha a saída de Edmundo que, em decorrência de uma vaidade que não cabia-lhe no corpo, rejeitou terminantemente o banco, fez de tudo para derrubar Tite e logrou êxito em seu desiderato.

Edmundo, lembro-me bem, deu entrevistas com recados subliminares ao treinador e à torcida  no que foi apoiado por Palaia outro dirigente tão vaidoso ou mais do que Edmundo, ambos os grandes artífices daquela injustíssima demissão.

Hoje muitos palmeirenses se incomodam com o "corintianismo" de Tite, mas, como se conclui, ele teve motivos de sobra para assumir o novo time, ele, que tinha uma grande simpatia pelo Palmeiras e se dedicava de corpo e alma ao clube, haja vista a sua ascendência italiana. Edmundo e Palaia colocaram tudo a perder!

Mas isso que eu disse os "Edmundolátras" se esquecem, na ânsia louca e incontida por adorar e incensar ex jogadores.  

Para encerrar uma pergunta: Edilson e Rincon também não eram ídolos? 

SOBRE PALMEIRAS X PONTE

Com uma vitória a mais (6 x 5), primeiro critério de desempate em relação ao Novorizontino, mais um saldo de seis gols a mais (7 x 1),  só uma hecatombe de indizíveis proporções tira o primeiro lugar do Palmeiras no Grupo B do Paulistinha de Preparação. É jacu no embornal!

Em razão disso, o Verdão vai se apresentar representado por seu tine número dois.

O jogo será no Allianz com cobertura regional da Globo, TV aberta às 21,30 H.
Apita Márcio Henrique de Góis com Eduardo Vechi e Risser Correia.

PROVÁVEL PONTE PRETA

Ivan, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; 
Nathan, Gerson Magrão e Tiago Real. 
Matheus Oliveira, Júlio César e Thalles.  
Técnico: Jorginho 

POSSÍVEL PALMEIRAS:
Jailson; Marcos Rocha, Edu Dracena, Vitão (Thiago Santos) e Victor Luis; 
Jean, Bruno Henrique, Lucas Lima e Zé Rafael; 
Felipe Pires e Borja.  
Técnico: Luiz Felipe Scolari

AUSÊNCIAS FORÇADAS NO VERDÃO:
Weverton (convocado Seleção Brasileira), Luan (em recuperação), Gustavo Gómez (convocado para a Seleção Paraguaia), Antônio Carlos (suspenso) e Deyverson (contundido).

JOGADORES PENDURADOS (DOIS CARTÕES):
Mayke, Luan, Diogo Barbosa, Felipe Melo, Thiago Santos, Moisés e Borja.

PALMEIRAS X PONTE SERÁ MOSTRADO PELA GLOBO EM TV ABERTA! 

SE O NARRADOR FOR CLEBER MACHADO (CERTAMENTE SERÁ), DAS DUAS, UMA: 

1) TENTAREI ENCONTRAR OUTRA TRANSMISSÃO 
2) OU, OUTRA VEZ, MAIS UMA VEZ, ASSISTIREI AO JOGO SEM AUDIO! (AD)

COMENTE COMENTE COMENTE