Observatório Alviverde

30/04/16

TEMA LIVRE PARA VOCÊ FALAR SOBRE O PALMEIRAS!


 Resultado de imagem para tema livre

Cuca deixou claro esta semana em entrevista coletiva que, além de todos os jogadores dispensados até agora, ele vai promover a saída de mais quatro ou cinco.

Foi além e disse que pretende enxugar o grupo, ainda inchado, numericamente desproposital que só foi concebido em virtude da inexperiência de Mattos e de sua falta de visão da realidade do futebol. 

Cuca antecipou (mostrando que conhece muito a matéria) que almeja montar um time mais alto, mais forte, mais jovem e mais rápido, dentro de uma outra filosofia, exatamente como este bloguista e este blog preconizam há mais de dez anos.

Infelizmente a maior parte da torcida resiste à modernização do elenco, eternamente preocupada com a contratação de  jogadores de "nome", "experiência" e, principalmente, "fama", refutando sempre os investimentos em jogadores jovens egressos de times mais modestos ou do interior. 

Entretanto, goste ou não, queira ou não a banda discriminatória da torcida essa é sempre a melhor alternativa para o Palmeiras ou para qualquer clube, nas atuais condição e circunstância do futebol brasileiro.

Com o garimpo das joias reveladas pelos times de menor influência e expressão, com a promoção das revelações da base alviverde e a contratação pontual de um ou dois craques referenciais, chega-se às  melhores alternativas possíveis visando a construir times competitivos, capazes de brigar pelos títulos.

Cuca, sintetizo o meu ponto de vista, sabe disso e já encontrou o "caminho das pedras"!

Conhecedor da filosofia de trabalho de Cuca, você teria sugestões de contratações ou indicaria nomes para a renovação e nova composição do time do Palmeiras que vai disputar o Brasileiro e, novamente, a Copa do Brasil?

Enquanto espero as sugestões dos amigos, concentro-me para o jogo de amanhã, sentindo-me como se fosse um grande torcedor do Audax desde "pequenininho"!

 Ainda mais agora que o Palmeiras contratou Tchê-Tche, um jogador que se adapta, perfeitamente, ao perfil de exigência do novo time que Cuca quer montar para o restante da temporada de 2.016.

COMENTE COMENTE COMENTE