Observatório Alviverde

28/09/2018

PALMEIRAS UM CLUBE DE DIRIGENTES COVARDES E OMISSOS!


Meus amigos, não, não digam que sumi. Em final de processo da recuperação de minha mãe, devo retornar a BH no final da próxima semana, a tempo de votar.

E, no entanto, a esta altura quem parece doente sou eu, por tudo o que estou vivenciando neste planeta, mormente em relação ao Brasil.

Tudo, nos dias que vivemos, parece estar cercado pelo mau-caratismo e pelas fraudes e o futebol, objeto deste blog, faz tempo, não é a exceção.

Conquanto eu imagine e conclua que seria possível vencer o Paulista e a Copa do Brasil, fatores sombrios exógenos, sobretudo as arbitragens, tiraram o Palmeiras das decisões.

Trata-se de situações antigas, contumazes, estabelecidas sobre um clube que privilegia uma sociedade esportiva mal-acostumada e viciada em sua relação com seu segmento mais importante: o futebol.

No duro, no duro, noves fora o "duro" Belluzzo e principalmente o milionário Paulo Nobre, nenhum outro presidente recente governou o Palmeiras voltado muito mais ao futebol do que ao inútil social!

É justamente aí que residem os nossos erros porquanto de há muito se sabe que quem mantém o clube social é justamente o futebol profissional. Será que Gagliote não sabe? Ou, apenas e tão somente, finge que não sabe? 

Na verdade, meus amigos, o Palmeiras só tem sido um clube que tem um time profissional quando o assunto é salários de técnicos, jogadores e dirigentes remunerados, posto que nenhum outro clube brasileiro remunera tão bem esses profissionais.


No entanto, tirante esse aspecto, o Palmeiras continua sendo dirigido como um timeco qualquer do interior sem qualquer força de ordem política no chamado extra-campo.

E o é sobretudo quando o assunto envolve "catimbas", prejuízos vivenciados e impostos pelos adversários, performances contrárias dos tribunais das quais sempre é vítima e, sobretudo, das arbitragens! 

Na verdade, a conclusão a que se chega é que a indigência de bastidores do Palmeiras o relega à nada recomendável condição de não passar de mero participante dos torneios e campeonatos, desprovido da aura de glórias que deveria circundá-lo.

Cadê que o atual presidente, noviço metido a papa, tem culhões suficientes para ir à mídia, participar dos programas televisivos (o rádio, deixa pra lá porque sua importância hoje é irrisória) ou às redações dos jornais para exigir espaço, defender-se batendo forte e denunciar e arrebentar o sistema?

Ou, se ele Gagliote não tiver coragem, experiência e disposição, por que não nomeia um preposto?

Por que, em protesto e, acima disto pela dignidade do clube, tão desrespeitada este ano, não joga o Paulista de 2019 com um time alternativo visando a enfraquecer e esvaziar um torneio que garante campeões, promovido pela curintianíssima  FPF?

Já que Felipão (reincidente e teimoso no erro) adora ter dois times, por que não colocar paralelamente o time principal com todas as suas estrelas fazendo jogos de exibição pelo interior e, concomitantemente, ir se preparando para a Libertadores e as outras competições de âmbito nacional? 

Sem querer nem poder me alongar eu quero, simplesmente, provar o que a maioria dos palmeirenses já sabe e uma pequena minoria tende a discordar, simplesmente, talvez, pelo prazer de discordar:

Você ouviu dizer que o Palmeiras protestou contra o esbulho arbitral de que foi vítima no jogo de ida contra o Cruzeiro?

Você ouviu alguém do Palmeiras ter feito (nem que fosse apenas para incomodar o adversário na semana do jogo decisivo em BH) alguma representação contra os incidentes verificados após o jogo no Allianz?

Você ouviu algum dirigente do Palmeiras oficiar a CBF contra Daronco que, quarta-feira, para a minha surpresa e indignação comandou o VAR? 

Você viu, leu ou ouviu qualquer dirigente palmeirense indignado com tudo o que aconteceu no pós jogo após as provocações e agressões dos jogadores mineiros?

E no entanto você viu, leu, ouviu e constatou que o Palmeiras (leia-se Gagliote) não teve raça, dignidade, moral e, sobretudo, perseverança para seguir o processo aberto contra o esbulho de que foi vítima na final do Paulistinha/18, interrompendo imediatamente o processo, tão logo o conveniente e parcialíssimo STJD, há anos manobrado por Flu e Curica, deu perda de causa ao Verdão.

A falta de força moral para sequenciar um processo dessa importância, me faz pensar que Gagliote o tenha feito simplesmente para aplacar a ira da torcida!

COMENTE COMENTE COMENTE
PS - Acompanhando a mídia (já fiz parte dela e a conheço muito bem) no processo das eleições/18 quero repetir e parafrasear uma frase de meus anos de juventude:

"Quanto mais conheço a mídia, mais admiro os cães!" (AD)

4 Comentários:

  • Às 29 de setembro de 2018 11:40 , Blogger Ester Abea disse...

    queridos amigos e querido Alcides

    a. primeiramente o mais importante: que sua mae se recupere e que Deus proteja a todos nós!

    b. falo o resto em outro post. Coisa bonita nao se mistura com nojeira

     
  • Às 29 de setembro de 2018 11:47 , Blogger Ester Abea disse...

    quanto a NOJEIRA que acontece SEMPRE CONTRA a SEP
    Deslindando:

    a. é uma mistura de um país que prostituiu a parte mais importante de sua cultura(futebol) entregando-a para a RGT

    b. quem nao conhece o que move a RGT e imprensa marrom é só procurar na wiki, ou ler Le Monde Diplomatique

    c. sao eles que determinam quem deve ganhar os campeonatos. Para isso usam a CBF-FPF-STJD-STF e outras siglas. E corrompem a imprensa marrom

    d. para completar, a SEP, deferentemente do SCCP e SPFW nunca reclamou de nada. Muito menos colocou tudo em suspeiçao antes dos jogos, como o SPFW faz tao bem.

    e. o SPFW foi ensinado por Tele Iscariotes, de nada saudosa memoria profissional. Tele de fato era "mestre"(KKKKK) nessas coisas...

     
  • Às 29 de setembro de 2018 14:20 , Blogger Boca dura disse...

    E sobre as acrecoes as duas torcedoras do palmeiras no metrô de SP por uma gambá nojenta e um bando de marginais nenhuma palavra dessa imprensa não menos asquerosa e fedorenta

     
  • Às 29 de setembro de 2018 16:29 , Blogger Libertad disse...

    Capitão Alcides, que o SENHOR intercede para uma boa recuperação de sua mãe.

    Quanto a sua oportuna postagem!
    Dentre todas as tranqueiras que passou por nossa presidência, esse Bobo da corte com cara de ovo em pé se superou, nunca um outro teve uma condição tão boa para administrar, pegou um time montado, campeão, dívidas sanadas, clube passado a limpo com muito dinheiro, e uma belíssima arena. O que ele fez foi só ingerência, merece o título de omisso, pior é aturar essa besta por mais um mandato.
    Nei

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial