Observatório Alviverde

27/12/2018

A MÃO QUE AFAGA É A MESMA QUE APEDEREJA!


Meus amigos, no encerramento de mais um ano a mim me faria muito bem se a política do Palmeiras desse uma guinada, os espíritos se desarmassem e a paz viesse a tomar conta das relações entre as facções e os indivíduos que brigam pelo poder dentro do clube.

Essas coisas, muito comuns na vida do Verdão, em razão da constância com que acontecem e das próprias reincidências, já nem chegam mais a me aborrecer... 

No entanto, confesso-lhes provocam-me decepção e frustração, pois, não fosse isto e o Palmeiras de há muito teria chegado à condição de potência futebolística de primeira grandeza, não apenas no cenário brasileiro, mas do próprio "planeta bola".

Hoje faço questão absoluta de registrar a minha indignação com milhares de palmeirenses que, na ausência de fatos e de assuntos, estão acusando indevidamente o ex-presidente Paulo Nobre de estar atrapalhando a administração Gagliotte.

A acusação mais forte diz respeito ao fato (desmentido por Nobre) dele ter indicado um pseudo patrocinador simplesmente para atrapalhar a reeleição do atual presidente e a sequência de sua administração.

Li mensagens agressivas e algumas até ofensivas de palmeirenses (?) que estão colocando Paulo Nobre na vala comum da indecência e da ignomínia que sempre tomaram conta da sujíssima política palmeirense.

Infelizmente colocam a personagem (Nobre) que representa um divisor de águas da história palmeirense, como se fosse ele o próprio turco, encarnado, esculpido e imitando-lhe a forma, os gestos, os procedimentos e, sobretudo, as atitudes. 


Lamentável a maldade de tantos palmeirenses que, simplesmente, confirmam tudo aquilo que eu disse ontem acerca de nossa torcida. Estão lembrados? Os que não tomaram conhecimento, leiam, por favor,  a postagem de ontem!

Se mal pergunto me perdoem, mas qual seria o motivo real e determinante de tanta ira, tanto ódio e de tanta crítica a Paulo Nobre?

Será que já se esqueceram do homem cuja administração retirou o Palmeiras das dívidas impagáveis, dos juros escorchantes, e, por extensão, do ostracismo e da humilhação dentro do campo de jogo?

Por que tanta desaprovação, tanta crítica e tanta censura por nada, (por nada mesmo) ainda que fosse verdade tudo o que assacam injustamente contra Paulo Nobre? 

Por que tanto ódio, tanta maldade e tanta ira contra alguém que modernizou o clube, tornando-o autossuficiente e "autogerível"?

Por que tudo isso em cima de quem  capacitou o clube para gestões independentes sem qualquer submissão ou subordinação à Federações, Confederações ou, até, à dona absoluta do futebol brasileiro, a Rede Bobo, digo, Globo de Televisão?

Vi, por estes dias, na TV o ex-presidente Paulo Nobre na TV e fiquei impressionado com o processo de envelhecimento de nosso maior cartola dos tempos modernos o que levou-me a me poerguntar: 

" Teria sido em face da decepção por tudo o que leu, viu, ouviu, passou e tolerou nas últimas semanas? Até pode ser!

De um modo mais amplo e abrangente, fiz uma reflexão, cheguei à conclusão de quanto Nobre deve ter sofrido para contornar e resolver os problemas que envolviam o clube e transformá-lo na potência que tornou-se, hoje.

Sem querer tirar os méritos sequentes de Gagliotte e de Dona Leila -nada contra ambos- convenhamos, todos nós, que depois que Colombo (Paulo Nobre) colocou o ovo em pé, tudo ficou fácil e rentável, isto é, depois que Nobre recuperou e encaminhou administrativamente o Palmeiras tudo tornou-se muito mais factível e, sobretudo, fácil.

Mas, cá entre nós, o amor de Gagliotte e o amor da "paraquedista de Mustafá" fariam pelo Palmeiras, na situação em que o clube estava e vivia, tudo o que fez Paulo Nobre?  

Teriam, ambos, a disposição de fazer uso do patrimônio pessoal, investindo a juros bancários para ajudar a salvar o clube?

Muitos palmeirenses, hoje, desconsiderando os desmentidos de Nobre, o acusam de ter inventado um patrocinador fictício com o objetivo de desestabilizar a última eleição e a atual administração. Mas desestabilizar, por quais motivos ou razões?  

Por que Nobre faria uso de uma artimanha infantil, ele que é tão experiente e tão vivido? 

É claro que ele sabe, perfeitamente, que a mentira tem pernas muito curtas e a adoção de uma tática política furadíssima como essa, colocaria sua intocável imagem de ex-presidente numa situação vexatória e incompatível com o seu QI de alguém muito acima da média.


Está na hora desses torcedores sem escrúpulos medirem as palavras, conter os gestos e tomar melhores atitudes, porquanto o Palmeiras tem de ser colocado -sempre- acima das preferências ou das simpatias pessoais de cada torcedor.


Como disse em um de seus versos o extraordinário poeta paraibano Augusto dos Anjos, para mim um pré-modernista, que deixou como legado de suas incomensuráveis verve e inspiração apenas um livro de poemas denominado "EU"...

"A MÃO QUE AFAGA É A MESMA QUE APEDREJA"!

Paulo Nobre acaba de sentir isto na própria carne! 

COMENTE COMENTE COMENTE
PS - Admiro tanto o estro de Dos Anjos de quem sou fã, admirador e imitador que posso ter usado a manchete de hoje em outros trabalhos. Se já usei me perdoem, mas hoje foi muito pertinente (AD).              

5 Comentários:

  • Às 27 de dezembro de 2018 07:52 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Paulo Nobre deixou a vida no Palmeiras, e virou lenda. Um icone ! Um mito. Jamais usaria dessa artimanha digna dos fracos que orbitam o poder Palestrino, para desestabilizar a eleição. Este não é o perfil do nosso Maior Presidente. Mesmo porque, digo, mesmo porque, digo, mesmo porque, se QUISESSE DESESTABILIZAR, ELE MESMO SERIA CANDIDATO, E GANHARIA COM O PÉ NAS COSTAS.

     
  • Às 27 de dezembro de 2018 10:25 , Anonymous Marcelo Jose disse...

    O povo brasileiro, a maioria, não cultua seus ícones. A professora que deu a vida por seus alunos. Jogadores ídolos de seus clubes sem assistência.
    Paulo Nobre é só mais um para eles. Uma pena que tantos não tem consideração por tudo que o Paulo Nobre fez, o Palmeirinha!

     
  • Às 27 de dezembro de 2018 11:12 , Blogger Boca dura disse...

    A história dirá o quanto Paulo Nobre fez pelo Palmeiras, e não foi pouco com certeza os mesmos que hoje criticam ainda vão sentir saudades do tempo em que ele esteve no comando do verdão. Sempre se mostrou um grande Palestrino e foi o principal responsável por nossa reestruturação pegando o clube praticamente falido isso a maioria já se esqueceu. Mais como disse ainda vão reconhecer todo esse trabalho feito por ele e ficará na história do clube pra sempre.

     
  • Às 27 de dezembro de 2018 11:56 , Blogger Libertad disse...

    Nobre já provou que é um grande Palestrino, tirou o clube do caos, na minha opinião ninguém fez e fara o que fez.
    Muito cuidado, fico com um pé atrás com esse Galiote, foi eleito graças a Nobre, e meteu lhe a faca nas costas, durante seu primeiro mandato mesmo com o clube sanado e nadando em dinheiro teve mais erros que acertos, mostrou se muito amador e obediente a Leila, pessoa que tenho muito medo, é pretensiosa e na minha opinião, apesar de ser um bom patrocínio tem que se ter muito receio, ate pelo jeito que ela esta se infiltrando (Manobras e canetada), tenho muitas duvidas desse trio Galiotti/Leila/Mattos, tomara que esteja errado, essa mulher esta fazendo tudo para ser presidente, para mim essa armação é dela, Cara de ovo e totalmente manipulado, e o gordinho é movido a grana, troco os três por Nobre...!
    Nei.

     
  • Às 28 de dezembro de 2018 00:46 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Boa, Nei ! Também troco os 3 por Nobre. Fácil fácil !! E dou ainda o Mattos de troco.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial