Observatório Alviverde

10/07/2019

PALMEIRAS X INTER; UM DUELO PARA QUEM EM NERVOS DE AÇO!


Disse em seu estro Lupicínio Rodrigues, gaúcho, compositor romântico, talvez o maior e melhor do segmento, na história da música popular brasileira ele que era gremista e foi o autor do hino do Grêmio :

"Há pessoas com nervos de aço sem sangue nas veias e sem coração, mas não sei se passando o que eu passo talvez não lhes venha qualquer reação".

Só mesmo as pessoas com nervos de aço para aguentar, inertes, o desfecho do duelo de hoje, seguramente um dos mais pegados e renhidos de todo o futebol brasileiro.

Como se dizia em meu tempo, vai ser preciso muita coramina ou outro estimulante cardíaco mais moderno para que o palmeirense possa atender ao conselho do inolvidável Fiori Gigliotti quando ele dizia na rádio Bandeirantes: "aguenta coração esmeraldino"!

Hoje, confesso-lhes a minha fraqueza, a partir do momento em que me levantar e iniciar a minha caminhada ao sol, por volta de sete horas da manhã, já estarei iniciando a minha concentração à espera de Palmeiras x Inter, um dos maiores clássicos do futebol brasileiro.

Não sairei de casa, acompanharei os programas esportivos televisivos, uns poucos radiofônicos, lerei jornais, e entrarei na Internet praticamente o dia todo.

Quando a bola rolar no Allianz, nem vou acreditar que estamos deixando para trás um hiato desperdiçado de calendário ocupado pela Copa América, na qual não havia sequer uma equipe que se possa afirmar ser melhor que o Palmeiras, nem mesmo a campeã.

Muito melhor teria sido se o Brasileirão houvesse tido prosseguimento, assim como prosseguiram os campeonatos do Peru, do Equador (assisti a alguns jogos deles ao vivo) e de outros países.

Nesse caso não teria havido solução de continuidade na competição e o Palmeiras teria, certamente, dado sequência à sua senda de vitórias no Brasileirão. 

Creiam, o time mais prejudicado entre todos foi justamente o Palmeiras porquanto é muito mais difícil a manutenção de uma regularidade do que a obtenção da regularidade. 

Estou (creio que todos nós) curiosíssimo para ver qual o time que Scolari colocará em campo e como a rapaziada reagirá após essa larga e sentida ausência dos gramados e das competições importantes.

Eu acredito que o time para esta noite será o titular, justamente aquele que vinha jogando. 

Os cinco pontos de diferença permitem que o Palmeiras, mesmo que perca no Brasileiro nas duas próximas rodadas, ainda esteja entre os primeiros com condições, depois, de se recuperar. 

É óbvio que estou falando na pior hipótese, porém sempre mantendo o otimismo porque acho pouco provável que o Palmeiras perca duas partidas seguidas no Brasileirão.

Não acredito, por exemplo, que no jogo de sábado contra os Bambis que Scolari  retire um time completo para escalar um outro completamente diferente.

Sou convicto de que ele (a depender do resultado desta noite) possa promover descanso a três ou quatro jogadores mas não abrirá mão de sua estrutura principal sábado que vem, no Morumbi.

Em relação ao time para esta noite creio que será este:

Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gomes e Diogo Barbosa. 
Felipe Melo, Bruno Henrique, Lucas Lima e Zé Rafael.
Dudu e Deyverson.
 
A grande novidade do Verdão será a presença de William, provavelmente no banco de reservas!

Como Felipão gosta de surpreender, para mim não será surpresa se ele efetuar uma ou duas alterações no time anunciado, embora, desta vez, creio ser pouco provável que ele o faça.

Não creio que o árbitro goiano Wilton Pereira Sampaio, que várias vezes prejudicou o Palmeiras em múltiplos jogos, o faça novamente, ao menos da forma acintosa como procedeu em tantas oportunidades e em tantos jogos. 

Ele está saindo de uma Copa América, de olho em promoções que possam catapultá-lo a melhores postos na hierarquia da arbitragem brasileira. Lembrem-se também que vivemos em tempos de VAR.

E VOCÊ COMO ESTÁ VIVENDO A PERSPECTIVA DE UM DUELO ENTRE O PALMEIRAS E UM DOS POUCOS TIMES QUE LEVA VANTAGEM NOS CONFRONTOS REALIZAD0S ATÉ HOJE.  

Em 87 jogos o Inter ganhou 37, o Palmeiras 28, tendo ocorrido 22 empates. São 9 vitórias a mais para o time gaúcho.

O Inter marcou 115 gols e o Palmeiras 92. A vantagem do Inter é de 23 gols. (fonte, PTD)

EI, VOCÊ AÍ, QUE COMO EU NÃO TEM NERVOS DE AÇO:  

COMO ESTÁ SEU CORAÇÃO?

10 Comentários:

  • Às 10 de julho de 2019 02:32 , Blogger Klewmyr Khstrw disse...

    Ansioso

     
  • Às 10 de julho de 2019 07:24 , Anonymous Fernando S.J.do Rio Preto disse...

    Nervos de aço será não pela partida em si, más sim pela arbitragem deste canalha, cafajeste e bandido Wilton Pereira Sampaio e não bastasse isto vamos também com Igor Junio Benevenuto no comando do VAR que nos assaltou em pleno Allianz Parque anulando gol legítimo do verdão e não apontando penalidade em Felipe Mello contra a Chapecoense. Vejam as imagens que não se fala mentira destes assaltantes de plantão.
    Não basta ter nervos de aço pelo jogo em sí, más também coração de aço por desmando desta comissão de arbitragem que pelos retrospectos insiste em escalar estes safados e despreparados para nosso jogo.
    Contra tudo e todos...Avanti Palestra!!

     
  • Às 10 de julho de 2019 07:30 , Anonymous Fernando S.J.do Rio Preto disse...

    Na minha opinião, se não vencer hoje que seja pelo placar mínimo...aí já era!!!
    No sul farão de tudo pela vitória, aí sim preparem os nervos de aço.
    Avanti Palestra!!!
    Uma pergunta Felipão: Por que insiste com este Lucas Lima e deixa Scarpa no banco sendo muito mais jogador?
    Só queria entender!!!

     
  • Às 10 de julho de 2019 07:56 , Blogger Boca dura disse...

    Ancioso sim nervoso nao, muito confiante numa vitória tô arriscando 2x0 verdão depois lá no sul é só cozinhar o galo, galo não esse e de Minas talvez na outra faze.

     
  • Às 10 de julho de 2019 10:15 , Anonymous Alváro Martins disse...


    Ansioso igual o amigo Boca e confiante igual o Fernando. O Fernando tá certo. a arbitragem vai decidir. O Wilton Sampaio já nos assaltou muitas vezes. Ele tem cara de corintiano. Já estou concentrado pro jogão desta noite e doido pra ver a opinião do Ney. Dá pra ganhar, Ney? Dá-lhe Verdão. Um abraço a todos.

     
  • Às 10 de julho de 2019 10:46 , Blogger Libertad disse...

    Sou da opinião que se tiver que poupar, que poupe hoje, e entre com força total, faca nos dentes contra os bambis, jogo que não pode perder, e de muito mais repercussão.

    Esta mais que claro que esse elenco e esquema de jogo não é de mata/mata, preservar os cincos pontos, a liderança do brasileirão é muito mais inteligente, seguir a todo vapor as três competições é impossível, então que deixe essa copa para os adversários se matarem, e seguimos de mineirinho no brasileiro, ganhando este, que com certeza vai ganhar, de que serve essa copa?
    Concentração também na libertadores, que é o objetivo maior da diretoria, na qual os paulistas já estão todos fora.
    Brasileiro sim, vamos para o decimo primeiro titulo, continuamos soberanos, muito mais expressivo, exaltado que copa do Brasil, muito mais valioso e representativo. Muito cuidado nessa hora, planejamento já.

    Lembrem-se do ditado, quem corre atrás de dois coelhos não pega nenhum, agora atrás de três e quase que impossível.

    Hoje era dia do segundo time, se é mesmo que tem, muita duvida, contra CSA e Guarani não mereceram nem ser clamados de reservas.

    Agora se for vir de força máxima, que venham sem resort, sem ferias, sem folgas para tatuagens na cabeça!

    Nei.

     
  • Às 10 de julho de 2019 11:58 , Anonymous Almir Gabriel disse...

    Nei, concordo em partes com seu comentário. Em 1999 o Palmeiras disputava a Copa do Brasil, o campeonato paulista e a Libertadores simultaneamente. Chegou nas 3, levou a Libertadores. Pode-se argumentar que o futebol era outro, os jogadores que o Palmeiras tinha serviam a seleção etc etc. Realmente, hoje o futebol é nivelado por baixo e os times estão dentro da média da mediocridade, uns menos outras mais, mas estão na média.
    Nenhuma equipe encanta, mas o que vai se sobressair nesse futebol é elenco. Felipão tem os seus defeitos mas o gaúcho é mestre em trabalhar elencos dessa maneira como nenhum outro. Felipão sabe trabalhar em momentos de paz e em momentos de pressão, e acho que ele se sai melhor na pressão.
    Acredito que se o gaúcho e sua comissão técnica usar a inteligência e sobretudo a massa encefálica e botar esse time pra praticar FUTEBOL, acredito que da pra sonhar com as 3, porém mais plausível o brasileiro como você disse.
    E realmente, se é pra vir com força máxima, que venha pra dentro mesmo, que caia pra dentro do inter.

     
  • Às 10 de julho de 2019 12:10 , Anonymous Justo e Franco disse...

    O calendário do futebol brasileiro torna humanamente impossível os times disputarem os títulos palmo a palmo. Um torneio encavalado no outro.
    Mesmo tendo 2,3 elencos, será inevitável uma hora priorizar algum ou outro torneio.
    Copa do Brasil, Libertadores em suas fases decisivas em consonância com o brasileiro já embicando os postulantes ao título na disputa rodada a rodada.
    A conferir.

     
  • Às 10 de julho de 2019 12:29 , Anonymous Almir Gabriel disse...

    Amigo Justo, lembre-se que ano passado só não disputamos a final da CdB-18 por que a arbitragem nos roubou no primeiro jogo e só não fomos pra cabeça na Lib-18 por causa do imponderavel do futebol ocorrido contra o Boca. Resumindo: não digo tranquilamente, mas dava pra ter chegado nas duas, com o Brasileiro na disputa.

     
  • Às 10 de julho de 2019 17:56 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    O que vale é o contexto, o momento atual.
    E o Time, agora, está retornando após 30 dias de descanso.
    Não há motivos algum para poupar.
    São atletas muito bem preparados.
    Bem alimentados.
    Muito bem remunerados.
    Chega de viadagem, boiolagem, "mimimi", coisas dos cervídeos ao lado.
    Podemos, sim, até pelo elenco variado, entrar para disputar tudo.
    Se lá na frente a coisa complicar, até pelo futuro cansaço, ISSO JÁ É UMA OUTRA HISTÓRIA.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial