Observatório Alviverde

07/12/2010

As sucessivas diretorias do Palmeiras têm revelado no decorrer dos anos, uma inabilidade completa no trato com jogadores, treinadores, empresários, sócios, companheiros de clube, torcida e tudo o mais que queiram. A recente declaração de Pescarmona, também atribuida a Raiola, segundo a qual quem não estiver satisfeito no clube pode ir embora, mereceu uma severa retaliação de Marcos Assunção na festa dos melhores, no Rio, quando ele era o único representante palmeirense na solenidade. Assunção condenou publicamente o dirigente ao afirmar em entrevista que "roupa suja se lava em casa". Você acha que Assunção está certo? Ou essa atitude revela rebeldia e tem de merecer uma providência de nossa diretoria. Deixe a sua opinião!

escrever texto aqui
escrever texto aqui

15 Comentários:

  • Às 7 de dezembro de 2010 19:07 , Anonymous SERGIO disse...

    .
    ALCIDES,

    Eu lí esse matéria que vc citou no UOL. É fato. Se ninguém disser o que está acontecendo na realidade, o clube ficará como está. Pescarmona e sua língua afiada, ganharam vários desafetos.

    ASSUNÇÃO está certíssimo. Além de renovação contratual, merece um aumento, isso SIM.

    Dizem que ele é lento, e blá blá blá...

    Mas ele foi um dos principais responsáveis por levar o Palmeiras à semi-final da Sulamericana, e A não passar nem perto de novo vexame (rebaixamento) no Brasileirão.

    O chato agora são essas especulações diversas, mas que fazem parte do futebol.

    E por falar nisso meu amigo, QUANDO A CBF VAI CRIAR VERGONHA NA CARA E ADAPTAR NOSSO CALENDÁRIO AO EUROPEU????

    MINHA NOSSA....

    Até breve.
    .

     
  • Às 8 de dezembro de 2010 15:57 , Anonymous Anônimo disse...

    Adaptar pra que? Já não chega da palhaçada dos números dos jogadores (88, 99, 25, 77) copiada dos europeus e da NBA? A CBF deveria é dar condições dos clubes manterem seus jogadores e terem estádios com condições de receber jogos (a maioria é um chiqueiro pintadinho e mal cheiroso). A adaptação do calendário interessa a quem? A Kfouris (o mesmo dos pontos corridos) e seus amigos? Futebol é de 1 a 11 e de
    janeiro a dezembro. como sempre foi. Ou será que o fato de termos uma temporada dividida em 2 anos vai fazer o Palmeiras ter uma situação financeira melhor? o Curintias
    ter um saldo bancário superavitário? o Santos contratar o Messi? Não meu amigo, não. O que poderia melhorar essa situação seria a CBF deixar de ser apenas arrecadadora de recursos alheios e se preocupar em melhorar o campeonato, a TV Globo pagar mais nos contratos (ou o governo liberar a concorrência para transmissão do futebol) e dirigentes melhor preparados. Na realidade varios campeonatos foram decididos no ano seguinte e choviam criticas. Dizia-se que no Brasil o resultado deveria ser conhecido no ano de referência e que era uma vergonha o campeonato acabar no ano seguinte. Agora querem oficializar isso. Não vejo vantagem alguma nisso.
    Dinho Manisi

     
  • Às 8 de dezembro de 2010 17:28 , Anonymous da ghia disse...

    caraca!!! eu lí isso aí acima, ou é uma pegadinha???

     
  • Às 8 de dezembro de 2010 17:29 , Anonymous da ghia disse...

    salgo engano, a CBF já prepara o calendário europeu p/ Brasil em 2 anos. motivos? mil!

     
  • Às 8 de dezembro de 2010 19:31 , Anonymous Anônimo disse...

    Se vc souber ler tão bem qto escreveu... Me de um motivo, com embasamento e eu posso rever o que escrevi, é que essa estória de um arauto da verdade escrever algo e as vaquinhas de presépio todas dizerem amém sem saber nem mesmo saber o porque já deu no saco.
    Qual a vantagem? Será que o Brasil mudou pra europa e ninguém me avisou? O Brasil tem clima, cultura e história diferente da europa, pra que ficar babando ovo desse jeito?
    Dinho Maniasi

     
  • Às 8 de dezembro de 2010 19:34 , Anonymous SOBRE ASSUNÇÃO disse...

    08/12/2010 19h35 - Atualizado em 08/12/2010 20h29

    Assunção afirma que quer ficar no
    Verdão, mas não descarta o Santos
    Volante palmeirense, que tem vínculo até junho de 2011, prega união,
    afirma que pretende cumprir contrato, mas tudo depende da diretoria

    Um dos poucos destaques do Palmeiras em 2010, Marcos Assunção chamou a atenção de outras equipes. Mesmo com a fraca campanha do Verdão neste ano e sem a vaga na Libertadores, o volante pretende seguir no clube na próxima temporada. No entanto, não descartou a possibilidade de sair, caso essa seja a vontade da diretoria. O Santos seria um dos times interessados no atleta.

    - Tenho contrato com o Palmeiras até junho, sempre cumpri meus contratos. Quero permanecer, o Palmeiras é um time grande, é gostoso de trabalhar. Se acontecer alguma coisa, é por parte da diretoria. Se o Santos tiver o interesse e quiser alguma coisa, terá que procurar a diretoria do Palmeiras. Não quero brigar, não vou comprar briga para sair. O que é bom para o Palmeiras, é bom para mim – afirmou o volante, nesta quarta-feira, antes de jogo beneficente da Vila Belmiro.

    Especialista em cobranças de falta, o jogador de 34 anos já defendeu o Peixe entre 1995 e 1997, e depois entre 1998 e 1999. Assunção garante que por enquanto não recebeu nenhuma proposta dos santistas, mas disse guardar boas lembranças do clube alvinegro.

    - Até agora não chegou nada, mas se chegar, nada impede. Tenho um carinho enorme pelo Santos.

    Marcos Assunção também voltou a comentar sobre a troca de farpas públicas entre o atacante Kleber e Wlademir Pescarmona, diretor de futebol. O volante minimizou as críticas e explicou que só está querendo o bem do Verdão.

    - Só falei que se o Palmeiras quiser ser vencedor, todos têm que andar pelo mesmo caminho. Temos que ser unidos, só assim sairemos desta situação. Não adianta jogador, treinador e diretor falarem mal de alguém. O objetivo é tornar o Palmeiras forte e ganhador novamente. Temos que trabalhar quietos e resolver as coisas internamente

     
  • Às 8 de dezembro de 2010 20:07 , Anonymous da ghia disse...

    Sinceramente! Como diria o Milton Neves, "que AZEDUME"!

    Deixei esta mensagem somente para o PROFESSOR PASQUALE digo, "Dinho", ir comprar briga em outro lugar, aqui não é o local mais apropriado. Principalmente para afogar as mágoas do dia-a-dia. A não ser que seja algo pessoal com alguém.

    Calendário Europeu. Engraçado que na Argentina o calendário é também diferenciado. Por que será hein? Seria por melhores cotas de patrocínio diversas alinhadas ao mercado internacional simultâneamente? Ou então para não perder e perder jogadores durante determinada competição, desarticulando as equipes (passamos poucas e boas por isso)? Ou ainda, quem sabe, para respaldar os preparativos daquela seleção nacional para as competições internacionais em pé de igualdade com os europeus?

    Essa de clima, cultura, etc. é uma ofensa a qualquer ser rastejante terrestre, que dirá em um Blog de PALESTRINOS. Por fim, pode responder com sua educação peculiar e mal-humor característico, pois a conversa encerra aqui (de minha parte), não vejo ditadura alguma por aqui e as poucas vezes que escreví fiquei feliz pelo nível dos debatedores. Mas há exceção á toda regra. Tenho respeito ao criador deste Blog. Faça o mesmo, se conseguir. SEM MAIS.

     
  • Às 8 de dezembro de 2010 21:23 , Anonymous Marcelo disse...

    Saudações Alviverdes,

    Quanto ao Palmeiras enquanto não houver união não haverá salvação (grande rima).

    Uma pergunta: Por que surgiu a Parmalat no Palmeiras?

    Primeiro porque estava numa fila desgraçada de 16 anos sem título algum.


    Segundo houve união para acertar a parceria.

    Terceiro contrataram um gerente (Brunoro) para comandar aquilo.

    Por que é tão difícil as pessoas enxergarem, até estou sendo óbvio demais.

    Foi a parceria mais vitoriosa que houve, foi a modernização do verdão.

    Estamos em outro tempo, mas mirem o Inter, time que se modernizou e hoje está disputando o mundial.

    O Alcides disse tudo, enquanto estiverem esses velhos que vivem do passado no comando do futebol do Palmeiras ficaremos igual a Framengo e corintias, time de massa mas sem massa cinzenta. E tenho dito.

     
  • Às 9 de dezembro de 2010 09:20 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    COMPANHEIROS

    Acho que a troca de calendário é uma perda de tempo, pois o Brasil precisa dela pro futebol sobreviver, de maneira geral.

    Não acho que haja necessidade de mudança nisso, mas talvez, poderíamos analisar uma forma de campeonato mais eficiente que pontos corridos.

    Sobre modernização, Paramalat, etc, estamos vendo que os últimos campeões brasileiros foram Flamengo e Fluminense respectivamente, sem estrutura de clube, como os de minas, r.grande e são paulo.

    O Flumiennse por exemplo, nem Centro de Treinamento possui.

    Mas em compensação, montaram times nestes dois últimos anos, com grandes atacantes e com sobra.

    Vejam o Flamengo com Adriano, Love e Emerson Cheik.

    E agora o Fluminense com Fred, Washington e novamente Emersom Cheik.

    Ao invés de gastar em estrutra, gastaram (nem sei se pagaram) em jogadores que fizeram gols.

    Será que não está na hora do Palmeiras, vender um pouco dessa parte defensiva, formada por inúmeros volantes e zagueiros desgastados como Danilo e M.Ramos e investir em gente que resolva na frente???

    Notem que nos úlitmos dois anos, tanto com Muricy, como com Felipão, nossas defesas semrpe estiveram entre as melhores e não é por menos.

    Nos úlitmos anos vimos jogando com 3 volantes e as vezes até 3 volantes e 3 zagueiros, criando veradeiros ferrolhos, mas sem jogadores de conclusão.

    Tanto Muricy, como Felipão, adotaram a mesma estratégia em função da montagem errada de elenco só pra variar.

    Montagem essa feita por Cippulo, Genaro, Savério, entre outros e que agora apoiam Paulo Nobre (muito cuidado pessoal).

    Temos 3 moleques muitos bons zagueiros, que são Fabrício, Leandro Amaro e Gualberto, que juntos, jogaram muito bem contra o vice campeão cruzeiro e talvez necessitemos de mais dois que podem ser "caçados" aqui mesmo, sem necessidade de trazer JAUN que deve custar uma fortuna. O Emerson por exemplo do Avaí.

    Danilo e M.Ramos estão desgastados, tem bom valor de mercado ainda e inclusive já perderam a chance de irem para Itália e Bélgica respectivamente.

    Pierre, também já deu sua cota.

    Vitor não acertou e deve ser um dos mais caros do elenco e ainda tem valor de mercado grande.

    Everthon, Luan, Tadeu e até o técnico Lincoln, pesam de forma exagerada em nossa folha, mas não resultam em gols (raramente).

    É pessoal, é tempo de repensar o elenco e já que temos estrutura de europa, não podemos deixar de fazer com que o time seja vencedor e para isso tem que ser fazedor de gols.

    Nosso problema nos dois últimos anos, não tem sido, definitivamente a defesa e sim nosso ataque.

    Vamos as compras e as vendas, por que não?

    É isso por enquanto, grande abraço a todos.

     
  • Às 9 de dezembro de 2010 13:49 , Anonymous Anônimo disse...

    Da Ghia??
    "Sinceramente! Como diria o Milton Neves, "que AZEDUME"! "
    Não sou azedo, sou realista.

    "Deixei esta mensagem somente para o PROFESSOR PASQUALE digo, "Dinho", ir comprar briga em outro lugar, aqui não é o local mais apropriado. Principalmente para afogar as mágoas do dia-a-dia. A não ser que seja algo pessoal com alguém. "

    Não estou comprando briga nenhuma, apenas expondo meu ponto de vista.

    "Calendário Europeu. Engraçado que na Argentina o calendário é também diferenciado. Por que será hein? Seria por melhores cotas de patrocínio diversas alinhadas ao mercado internacional simultâneamente?

    Cotas de patrocínio maiores?
    Veja bem, enquanto tivermos a ditadura da Globo, não teremos melhores quotas, uma vez que não existe concorrência (Lei da Oferta e da Procura), o campeonato brasileiro é transmitido pela Globo Internacional para Américas, Ásia e Europa.

    "Ou então para não perder e perder jogadores durante determinada competição, desarticulando as equipes (passamos poucas e boas por isso)?"

    Isso se resolveria se a CBF determinasse em seu regulamento que os jogadores que iniciarem uma competição nacional deverão terminar essa competição, e só ao termino o Atestado Liberatório seria disponibilizado.
    Vão dizer: "Mas o jogador tem direito de ir trabalhar onde quizer"
    Eu respondo:
    Um jovem de 18 anos também tem, mas perde um ano inteiro trabalhando de graça no serviço militar. E não ganha o salário que esses jogadores ganham.


    " Ou ainda, quem sabe, para respaldar os preparativos daquela seleção nacional para as competições internacionais em pé de igualdade com os europeus? "

    Azar da seleção, me preocupo com o Palmeiras e não com seleção.
    Se o Palmeiras estiver jogando com o XV de Jaú e a seleção jogando com a Argentina, assisto ao jogo do Verdão.


    "Essa de clima, cultura, etc. é uma ofensa a qualquer ser rastejante terrestre, que dirá em um Blog de PALESTRINOS."

    Não fui eu quem inventou as diferenças existentes no mundo. Vc sabe pq os campeonatos param? por conta do inverno (que ja foi mais rigoroso na Europa).

    " Por fim, pode responder com sua educação peculiar e mal-humor característico, pois a conversa encerra aqui (de minha parte), não vejo ditadura alguma por aqui e as poucas vezes que escreví fiquei feliz pelo nível dos debatedores. Mas há exceção á toda regra. Tenho respeito ao criador deste Blog. Faça o mesmo, se conseguir. SEM MAIS."

    Sou muito educado e não ofendi a ninguém, apenas respondi com argumentos e não falei nada que não pudesse ser debatido.

    É a falta de argumento que faz com que as vaquinhas de presépio não se manifestem e se sintam "melindradas". Ops, isso é coisa de ... deixa pra lá.

    Dinho Maniasi

     
  • Às 9 de dezembro de 2010 13:49 , Anonymous Anônimo disse...

    Da Ghia??
    "Sinceramente! Como diria o Milton Neves, "que AZEDUME"! "
    Não sou azedo, sou realista.

    "Deixei esta mensagem somente para o PROFESSOR PASQUALE digo, "Dinho", ir comprar briga em outro lugar, aqui não é o local mais apropriado. Principalmente para afogar as mágoas do dia-a-dia. A não ser que seja algo pessoal com alguém. "

    Não estou comprando briga nenhuma, apenas expondo meu ponto de vista.

    "Calendário Europeu. Engraçado que na Argentina o calendário é também diferenciado. Por que será hein? Seria por melhores cotas de patrocínio diversas alinhadas ao mercado internacional simultâneamente?

    Cotas de patrocínio maiores?
    Veja bem, enquanto tivermos a ditadura da Globo, não teremos melhores quotas, uma vez que não existe concorrência (Lei da Oferta e da Procura), o campeonato brasileiro é transmitido pela Globo Internacional para Américas, Ásia e Europa.

    "Ou então para não perder e perder jogadores durante determinada competição, desarticulando as equipes (passamos poucas e boas por isso)?"

    Isso se resolveria se a CBF determinasse em seu regulamento que os jogadores que iniciarem uma competição nacional deverão terminar essa competição, e só ao termino o Atestado Liberatório seria disponibilizado.
    Vão dizer: "Mas o jogador tem direito de ir trabalhar onde quizer"
    Eu respondo:
    Um jovem de 18 anos também tem, mas perde um ano inteiro trabalhando de graça no serviço militar. E não ganha o salário que esses jogadores ganham.


    " Ou ainda, quem sabe, para respaldar os preparativos daquela seleção nacional para as competições internacionais em pé de igualdade com os europeus? "

    Azar da seleção, me preocupo com o Palmeiras e não com seleção.
    Se o Palmeiras estiver jogando com o XV de Jaú e a seleção jogando com a Argentina, assisto ao jogo do Verdão.


    "Essa de clima, cultura, etc. é uma ofensa a qualquer ser rastejante terrestre, que dirá em um Blog de PALESTRINOS."

    Não fui eu quem inventou as diferenças existentes no mundo. Vc sabe pq os campeonatos param? por conta do inverno (que ja foi mais rigoroso na Europa).

    " Por fim, pode responder com sua educação peculiar e mal-humor característico, pois a conversa encerra aqui (de minha parte), não vejo ditadura alguma por aqui e as poucas vezes que escreví fiquei feliz pelo nível dos debatedores. Mas há exceção á toda regra. Tenho respeito ao criador deste Blog. Faça o mesmo, se conseguir. SEM MAIS."

    Sou muito educado e não ofendi a ninguém, apenas respondi com argumentos e não falei nada que não pudesse ser debatido.

    É a falta de argumento que faz com que as vaquinhas de presépio não se manifestem e se sintam "melindradas". Ops, isso é coisa de ... deixa pra lá.

    Dinho Maniasi

     
  • Às 9 de dezembro de 2010 14:00 , Anonymous Anônimo disse...

    Mestre dos Magos, boa tarde!
    Concordo com tudo o que vc postou.
    Apenas em relação à folha de pagamento: Qto ganhou o "artilheiro" Max nesse período que tem contrato com o Palmeiras? E o Washington Orelhão? tem uma relação enorme de jogadores que custam muito caro e não trouxeram nenhum benefício pro clube. As vezes o que pesa não é só o salário da estrela, mas a enorme quantidade de "bagulhos" que têm contrato, recebem salários e não dão nenhum tipo de retorno, nem mesmo qdo são emprestados, uma vez que vão apenas em troca do pagamento de salários por outros clubes.
    Um grande abraço Mestre.

    Alcides, não quiz postar 2 vezes a mensagem anterior, por favor exclua uma e desculpe se me excedi.

    Dinho Maniasi

     
  • Às 9 de dezembro de 2010 16:35 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    DINHO

    O Max Brendon, o fenômeno do nordeste, foi contrato por 1,5 milhões de reais, por 50% dos direitos.

    O Gerente era o Toninho Imbecilho.

    O contrato dele acabava em 2009, mas o outro Imbecilho, que chama-se Cippulo e Cia, renovaram por mais 1 ano antes de emprestar.

    E o salarinho dele é de 80 mil reais.

    LIMPEZA JÁ.

    Saudações.

     
  • Às 9 de dezembro de 2010 18:39 , Anonymous Marcelo disse...

    Mestre concordo com seus argumentos e veja na minha análise sobre Parmalat o terceiro item:
    Contrataram um gerente (Brunoro) para comandar aquilo.
    Você não comentou sobre o gerente mas expôs erros de planejamento e custos, que um bom administrador pode e deve fazer.

    Abraços Alviverdes

     
  • Às 9 de dezembro de 2010 21:29 , Anonymous Alcides Drummond, editor disse...

    Meus amigos
    O assunto rendeu, não é mesmo.
    Achei muito legal, pois cada qual tem o seu ponto de vista.
    O problema é que todos nós (eu inclusive) ficamos chateados quando alguém contraria o nosso ponto de vista. Temos de compreender que somos todos palmeirenses, embora nem sempre haja convergência entre os nossos pontos de vista.
    Eu sempre achei, respondendo ao Sérgio, que não temos de ter calendário adequado ao Europeu. Quem disse que o calendário deles é decorrente da situação climática do continente, acertou na mosca. De fato quem sempre pregou isso foi o professor Raimundo, digo, Professor Juca e seus amestrados da imprensa, os mesmos da extinção dos campeonatos regionais,da Lei Pelé e de outras imbecilidades. O fato de eu não concordar com o Sérgio, não significa que ele seja meu desafeto ou inimigo. Respeito-lhe a opinião. Muito!
    Vejam que,por princípios, concordo com o Dinho e sou contestado pelo Da Ghia.A ele digo que o Dinho por escrever bem não deveria ser ironizado como Prof. Pasquale. Que todos nós devemos, sim, com o respeito que todos os palestrinos nos merecem, discutir os nossos assuntos. Não estou dizendo também que o Da Ghia tenha desrespeitado alguém. Pelo contrário. Seu material tem um excelente conteúdo. Quando digo que devemos discutir, sim, é porque este blog é lido por muitos diretores do Palmeiras e é bom que eles saibam o que a nossa torcida está pensando.
    Marcelo
    Sua rima é verdadeira. Enquanto não houver união não haverá salvalção. Veja que se entre nós que postamos e comentamos no blog há desinteligências e discussões, imagine os nossos diretores em ação,recebendo toda a carga crítica de seus pares.
    Mestre
    Seu parecer foi perfeito e reflete a nossa realidade. Chega de pensar (exageradamente) em escola de goleiros, em zagueiros, em volantes e em meias baixotes e enfeitadores. Times de jogadores altos e fortes já e com muitos atacantes de qualidade, para que um cobre do outro e que dessa competiução se apure qualidade. Baixote, só se jogar muito. Entre baixote mediano e um alto e forte mediano (necessários para composição de elencos, que não se pode formar só com craques) que se opte pelos segundos.
    Vamos manter esta discussão espetacular em alto nível que é bom para o blog e melhor para o Palmeiras.
    Saudações esmeraldinas!
    PS - o DINHO E O MARCELO são participantes ativos do Blog do Nori. Sempre os lia por lá. Recomendo a todos que participem também do bloig do Maurício Noriega que fala de tudo, mas tem também boas postagens acerca da realidade do Palmeiras.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial