Observatório Alviverde

22/01/2018

O PALMEIRAS DERROTA UM ADVERSÁRIO DIFÍCIL E PROBLEMÁTICO!


 I-N-A-C-R-E-D-I-T-Á-V-E-L

Estamos apenas no segundo jogo do ano, ainda eliminando a ressaca deixada pelo razoável porém insosso ano de 2017, que não foi esse desastre técnico-financeiro que a mídia tanto apregoa, posto que o Palmeiras  é Vice-campeão Brasileiro...

O que causa perplexidade e espanto é que já tem palmeirense revoltado, reclamando, esbravejando, xingando, proclamando e garantindo que este ano também o time não vai dar certo, que isto, que aquilo, "que coisa e loisa".

Calma, gente. Não estamos abrindo a temporada com Eduardo Batista no comando! Isto, por si, já basta!

Aliás, sempre é muito fácil afirmar antecipadamente que o Palmeiras  não dará certo em qualquer campeonato que dispute.

Cito o exemplo: a proporção inicial de qualquer dos dezesseis times que disputam o Paulistão ficar com o "caneco" (o Palmeiras, inclusive) é de apenas 6,25%.

Se formos partir para o Brasileiro, a proporção diminui ainda mais e passa, inicialmente, para 5%, haja vista que são vinte os times participantes.

O aumento de perspectivas (ou não) de uma conquista de título, desenvolve-se no suceder das rodadas e na sequência de um trabalho, de acordo com as circunstâncias e com os resultados. O trabalho para 2018 no Palmeiras apenas foi iniciado. Faz-se muito necessário que se dê tempo ao tempo!

Fique claro que não, não sou contra as críticas técnico-táticas pontuais dirigidas aos jogadores, ao técnico e à estrutura do time, ainda que nesta fase embrionária de preparação.

Sou contra, sim, contra o radicalismo de certas críticas pois gente existe que implica com um jogador e não para mais de criticá-lo sob nenhuma circunstância.

Ainda que esse atleta possa se apresentar com destaque e ser o melhor nos jogos, nunca tem o seu trabalho reconhecido por esse tipo de torcedor, que parece torcer, muito mais, para que as suas opiniões deem certo, do que, propriamente pelo Palmeiras. É preciso acabar com isso!

No ano retrasado houve quem ousasse criticar radicalmente o então melhor quarto zagueiro do Brasil, o canhoto Vitor Hugo, que, além de extraordinário tecnicamente, era importantíssimo no ataque pois fazia muitos gols de cabeça aproveitando as cobranças de faltas e de córneres.

Quem, senão ele, um canhoto hábil e brilhante, segurou a peteca pelo lado esquerdo do Palmeiras campeão do Brasileiro/16, garantindo, na medida do possível, que o veterano Zé Roberto e o limitado Egídio pudessem jogar?

Quem, senão ele, rendeu uma dinheirama para o Palmeiras em sua venda ao exterior?

Estivesse Vitor Hugo no time ano ano passado e as coisas, para o Palmeiras, teriam sido outras, muito outras!

Infelizmente alguns que escrevem neste espaço e que tanto criticam a mídia, acabam, ainda que inadvertidamente, fazendo o jogo dos jornalistas, a maioria destes anti-palmeirense assumida.

Impacientes iniciam o processo de crítica exacerbada antes da hora e deitam diatribes sobre o técnico e os jogadores, como se fosse possível criar um time perfeito que ganhe sempre de goleada da noite para o dia .

Isso é algo irreal e inatingível do ponto de vista da praticidade posto que não existe, é lenda, é quimera, é conto da carochinha. Nem o Real nem o Barça, considerados os maiores do mundp, constantemente ajudados por árbitros e arbitragens conseguem chegar nessa condição.

Vamos, então, todos nós, ter paciência para esperar que o Palmeiras se torne um time de ótimo padrão sem, nesta fase de preparação,  exagerar nas críticas contra o trabalho de Róger Machado, pois fruto algum amadurece antes da hora, ainda mais (se me permitem a brincadeira) o Palmeiras que é verde.

Vamos, sim, todos nós, apresentar as nossas sugestões, fazer as nossas observações, ainda que sejam duras, mas sem exaltação demasiada, agressões impertinentes ou palavras de baixo calão. (AD)

PALMEIRAS X BOTAFOGO RP

Resumo do jogo.

O enorme calor prejudicou muito mais o Palmeiras. O Botafogo sofreu menos! Estava muito mais adaptado pois há vários meses treina sob condições de tempo e temperatura bastante elevadas.

O Palmeiras, outra vez, mais uma vez, esteve vulnerável do lado direito da defesa pois o esquema de Róger Machado não destaca ninguém para ajudar na cobertura de  Marcos Rocha.

Willian e Tchê foram pouco vistos por lá, tampouco Thiago Santos quando ele entrou no lugar de Felipe.

Quem procurou dar suporte e cobrir Rocha foi Keno quando entrou e Antonio Carlos, cujo trabalho em razão disto esteve sobrecarregado.

O Palmeiras correu vários riscos de sofrer gols no primeiro tempo e até de perder o jogo no primeiro tempo em razão de dois ou três contra-ataques botafoguenses que levaram muito perigo.

Arrisco-me a dizer que o Palmeiras esteve excessivamente confiante no primeiro tempo e que os apertos pelos quais passou foram todos em razão disso, a subavaliação do potencial, das qualidades  e da força do time outrora conhecido como "Pantera da Mogiana".

No segundo tempo o Palmeiras retornou ao campo com muito mais atenção e aplicação e, a partir daí, além de voltar a controlar o jogo, não tomou mais a quantidade de sufocos imposta pelo ataque do Bota no primeiro tempo.

Aos 9 minutos o Palmeiras fez o gol que garantiu-lhe a vitória por 1 x 0, mais três pontos na tabela e a condição de líder do Campeonato. Foi assim:

Após interceptar uma bola na intermediária botafoguense, William tabelou com Borja pelo lado direito do campo e ensejou ao colombiano a marcação do gol que liquidou a fatura em Ribeirão.

O Palmeiras, na medida do possível, procurou fortalecer-se na defesa a partir de então, fazendo entrar dois jogadores especialistas na marcação, Thiago Santos e Bruno Henrique a fim de tocar a bola, fazer o tempo passar e esperar pelo fim do jogo.

Tudo correu como Róger Machado queria e o Palmeiras assumiu a ponta do Paulistão. (AD) 

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 0 BOTAFOGO-SP

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
 
Árbitro: Raphael Claus - (Ótima arbitragem)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Luiz Alberto Andrini Nogueira. (Muito bons)
GOL DO PALMEIRAS: Borja, aos oito minutos do 2º Tempo

BOTAFOGO-SP: 
Tiago Cardoso; Diego Tavares, Plínio, Naylhor e Peri; 
Willian, Serginho (Danielzinho), Diones e Dodô; 
Lelê (Everton Heleno) e Bruno Moraes (Jheimy)
Técnico: Léo Condé

PALMEIRAS: 
Jailson: Tem de continuar titular para ir ganhando ritmo de jogo; Nota 7

Marcos Rocha: Apoiou no 1º tempo. Marcou no 2º. Está se entrosando e ganhando confiança. Nota 6.

Antônio Carlos - Muito esforço e abnegação. Fez um bom jogo. Nota 6,5.

Thiago Martins  - Está se entrosando com o meio de campo e com a zaga. Nota 6,5.

Victor Luiz - Muito bom na antecipação e na cobertura. Ótimo no jogo aéreo. Nota 6,5.

Felipe Melo - Não acertou nos lançamentos como no jogo contra o Santo André. Valeu pela marcação forte, pela boa cobertura e pela liderança que impõe. Nota 6.

(Thiago Santos) - Tem lugar fácil no banco do Verdão. Nota 6.

Tchê Tchê - Boa atuação num contexto geral. Nota 6,5.

Willian - Lúcido, como sempre. De seus pés surgiu o lance que levou o Palmeiras à vitória. Nota 7.

(Bruno Henrique) - Robusteceu bastante a zaga nos breves momentos em que esteve em campo!

Borja  - Vou ter toda a paciência para esperar, mas não sei se ele será o que tanto esperamos dele.  Ao contrário do jogo contra o Santo André em que esteve muito bem, limitou-se ao gol. Nota 6

(Keno) - Ajudou Marcos Rocha na cobertura e na marcação e puxou os melhores contra-ataques do Verdão. Nota 7.

PERSONAGEM DO JOGO
Dudu -
Jogadoraço. Rendeu pouco no 1º tempo, mas no 2º mostrou que é imprescindível. Nota 7,5.   

O CRAQUE DO JOGO. 
Lucas Lima - 
Sem fazer nenhuma força, o melhor em campo. Nota 8

Técnico: Roger Machado: O time voltou diferente e para melhor após o intervalo de tempo. Isso é indício de que ele muito bom de vestiários. Nota 8

COMENTE COMENTE COMENTE

Atenção companheiros de blog

Além de algumas as reclamações publicadas, recebi alguns 'e-mails' e um telefonema de bloguistas indignados com as colocações verbais grosseiras e de baixíssimo calão de alguns companheiros deste OAV.  

Sei, perfeitamente que, muitas vezes,  qualquer de nós tem a  necessidade de extravasar a sua indignação através de  um palavrão, de uma frase mais "caliente" e por isto até entendo a postura de alguns companheiros quando agem dessa forma.

Como há quem gosta e quem não goste (Este editor, por exemplo, não gosta, mas tolera) e para que possamos fruir de harmonia neste espaço quero propor o seguinte:

Aos companheiros que fazem uso de linguagem grosseira e de expressões chulas em suas manifestações, e que se deleitam e se realizam ao fazer uso de palavrões, que se policiem e se contenham um pouco mais.

Aos amantes e praticantes de um linguajar de melhor nível que, nas mesmas proporções, tenham um pouco mais de tolerância em relação a essas manifestações.

Só assim poderemos encontrar a harmonia e o equilíbrio entre todos nós sem a necessidade de medidas radicais.

Apesar dos pesares creio que já melhoramos muito, tendo em vista que já diminuiu bastante aquela estúpida troca de farpas e de ofensas entre os bloguistas.

Parece que todos já estão se dando conta de que, apesar das divergências, somos todos palmeirenses!

Se cada um fizer a sua parte, juntos chegaremos lá !
(a frase não plagia Afif Domingos, posto que não é da autoria dele)  (AD)
 

33 Comentários:

  • Às 22 de janeiro de 2018 06:59 , Anonymous Verdinha disse...

    Incrível como já tem gente pedindo Dudu no banco e até pra que seja negociado. Chega a ser cômico pra não dizer que é vontade de aparecer. A mídia logo mais vai abraçar essa brilhante opinião pra, quem sabe, envenenar um pouco o ambiente...
    Alcides perfeito em suas colocações, seja no time em início de temporada, ou na ponderação dos humores.
    Parabéns a todos os frequentadores do espaço.

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 09:16 , Anonymous Roberto da Mancha disse...

    recado dado ao nei verde e insuperável. vê se acordam agora

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 09:19 , Blogger Irineu Curtulo disse...

    Bom dia, Alcides! Concordo, sistematicamente, com a estratégia do Roger em manter uma base em todos os jogos. Ritmo de jogo e conjunto só se adquirem jogando. Gosto também de saber que ele não pipoca em trocar os medalhões por medalhas não tão medalhonas assim, isso, a princípio, prova a sua liderança sobre o grupo. Somente esses dois fatores me mostram que a diretoria esteve certa na contratação dessa comissão técnica. É pouco mas é bastante pra que tenhamos esperança num ano repleto de conquistas.

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 10:24 , Anonymous Nei Verde disse...

    Pessoal, cheguei a conclusão que não da mais para participar desse espaço, não concordar e criticar,falar o que pensa, dar opinião própria é ser corneteiro, aqui tem que se escrever o que os outros acham, não o que vc pensa, não se pode contrariar as bonecas, qualquer tipo de expressão é ofensa, virou uma frescura só, parece ate espaço de bâmbis, percebo que todos as indelicadezas são causados por mim e pelo insuperável, então me retiro e os deixo a vontade, vão se enganando, pois conhecimento mesmo esses que nos criticam, não tem nenhum, são uns babacas, dependendo de mim não vão ter mais chiliques, não precisam mais descer do salto.
    Deixo minha maior concideração ao Insuperável, Ester, Claudio, Marco, Moises, Élcio, Rose miro, Mestre,Tredenski, Dinho, PorkDoido, Sei de tudo, Mestre.

    Quanto a você Alcides, um dos maiores conhecedores da historia do palmeiras, grande escriba, desculpas e obrigado por me aturar tanto tempo!

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 10:37 , Anonymous Rosemiro disse...

    "Calma, gente. Não estamos abrindo a temporada com Eduardo Batista no comando! Isto, por si, já basta!"

    Concordo plenamente com esta frase do Alcides!

    É isso!!

    Já estamos no lucro!!

    O maior erro cometido pelo Sr. Mattos, no ano passado, e que nos custou no mínimo o título do brasileiro, foi a contração de EB!

    E ele nunca veio a publico explicar ou pedir desculpas por esse terrível erro! Um verdadeiro erro crasso de estratégia!

    O elenco montado é forte(Ponto para Mattos, neste quesito), e vai dar liga! Tenham certeza!!

    Não vamos exigir nada neste começo!Somente dedicação e garra! Se o título paulista não vier, paciência!! Pode acontecer!

    Este time, estará voando baixo em 03 meses, caso tudo corra dentro do planejado, e os ineptos da diretoria não interferirem!

    Não dá para começar a pegar no pé, por exemplo, do Dudu!! Ele sempre foi correto,bom jogador e diferenciado, nos deu( e vai dar) muitas alegrias, tem raça, vontade e gosta do Palmeiras!

    Nestes dois jogos, podemos ver, dentro de campo, um time mais coeso, e se nota uma maior união dos atletas! Todos querem fazer bem a sua parte!

    Nosso problema não é dentro de campo, e sim fora dele!!

    SÃO OS BASTIDORES DO PODER(Federações, tribunais e mídia)!

    Estes sim são os inimigos reais e muito mais poderosos do que os que estão dentro do campo!

    E, infelizmente, para combater estes poderosos inimigos estamos totalmente despreparados e somos fracos e capengas!!

    Com Galiote e cia bela no poder, mais a grande eminência "turca", ops, parda controlando, estamos em plena desvantagem!

    Temos sim , é que pedir ao "presidente" que tenha vergonha na cara e inicie uma campanha nos bastidores para proteger o Palmeiras neste ano!!

    ESTE SIM, E A NOSSA MAIOR MISSÃO COMO TORCEDOR!!

    Temos que enviar mensagens, sejam por meios digitais ou a velha carta aos ineptos da diretoria, COBRANDO POSTURA FIRME CONTRA A GUERRA QUE JÁ SE INICIOU CONTRA O PALMEIRAS!

    Talvez, a mídia palestrina,através de seus blogueiros e editores, possam se unir, e publicar uma carta aberta ao "presidente" cobrando postura, atitude, força, e honra na defesa do PALMEIRAS nos bastidores do poder!!

    Que acha da ideia, Alcides?

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 10:44 , Anonymous Rosemiro disse...

    Caro amigo, Nei!!

    Peço que reconsidere sua opção de não mais comentar neste blog!

    Todas as opiniões e comentários aqui são válidos e cada um pensa de uma maneira e tem suas convicções e modo de pensar e forma de se expressar!

    Isto é democracia!!

    Reconsidere, meu amigo!!

    Suas opiniões são válidas e muito importantes!

    Abraços!!

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 10:50 , Anonymous VICTOR TREDENSKI disse...

    Amigo Nei

    obrigado pela consideração

    mas olha só

    assim como o rosemiro

    tambem peço que reconsidere sua posição

    e JÁ

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 11:29 , Anonymous Marcelo Jose disse...

    Volta Ney
    Aliás nem saia.
    Falando sério você é um dos baluartes do blog.
    Abraço

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 11:50 , Anonymous Sei de Tudo disse...

    Nei Nei, não o Matogrosso e muito menos o nosso eterno ex-jogador da Academia, mas você mesmo Verde. Sei de Tudo adere, não a marca de fita adesiva, mas a campanha já entornada por Rosemiro, Tredenski e Marcelo José e pede, ou melhor, à la Insuperável, exije sua permanência neste espaço interestelar da mídia palestrina. Você, além de baluarte, é uma das constelações deste blog. Revoga já, pra ontem, e não hoje, sua decisão de brilhar feito a estrela de Sirius neste lugar que é seu também. Seja igual ao Carnaúba, personagem do Jô Soares que fala ao presidente interpretado pelo saudoso Milani: Excelência, Põe a Mão na Consciência.

    CAMPANHA REVOGA NEI

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 12:34 , Blogger Alexandre Correia disse...

    Dudu cracaço? Perdeu 2 gols incríveis, que nem um juvenil perde, ano passado perdeu gols diante do prantos, jahia e cruzeiro, sobrou pro Cuca.
    Dudu recebeu uma proposta de 51 milhões de reais da China, vende logo! O Futebol, hoje, tá supervalorizado, um jogador mediano vale 51 milhões de reais, se fosse na década de 90 jogaria em um time da série A 2 Paulista.


     
  • Às 22 de janeiro de 2018 12:49 , Blogger Ester Abea disse...

    amigo Nei Verde

    Como isso ?????????????????


    O blog NAO PODE ficar sem um de seus comentadores mais brilhantes

    Vc é moço correto, assíduo e sabe muito sobre o Palmeiras, além de ser nosso representante pé vermelho daqui

    Nao queremos sua saída!!!!

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 12:50 , Anonymous verde insuperável disse...

    Compartilho com os escribas que me precederam: Fique, Ney ! Nem pense em não ficar. O espaço é seu também, em lugar de honra. Na minha opinião, na análise dentro das 4 linhas, você, entre todos, é o melhor. Se em quase toda família existe um gay ou um malandro, por quê dentro de nossa torcida não pode existir bambis, "não me toques", magoadinhos, "pronto, falei", sensíveis, e toda aquela corja de autênticos babacas que pululam neste país ???? Haja saco para tolerar essa viadagem !!!

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 12:56 , Anonymous verde insuperável disse...

    Se as frutinhas verdes ficarem revoltadas com o que eu escrevi, sugiro que pulem o muro. Do outro lado vocês irão se sentir melhor. Palmeirense não combina com mimimi.

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 13:14 , Anonymous pássaro verde disse...

    o rei do mimimi é o claudio de mg. calma, é apenas opinião

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 13:19 , Anonymous Anônimo disse...

    Pode ir Nei. Não farás falta alguma!
    Tchau

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 13:23 , Anonymous Anônimo disse...

    Eu sinceramente gostaria de saber e entender o por que só o nei e o verde insuperável são massacrados aqui. Vejam os outros comentaristas, o marco quando escreve parece artigo de jornal, cansativo, sei de tudo só escreve merda não tal coisa, mas sim o outro...que merda, ester é a grande puxa saco não cheira nem fede.

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 13:47 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    É esse juliÂNUS que está delinquindo o blog. É este crápula que escreve com vários nomes e ofendendo todo mundo. É este esterco de cavalo que planta a discórdia nisso aqui.

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 14:33 , Anonymous Anônimo disse...

    Não sai não Nei.
    Vc vai bem.
    Só para de escrevêr palavrão.

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 16:18 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Palavrão, contextualizado, é até enriquecedor ao texto.
    Se assim não fosse, muitas das obras literárias e teatrais seriam desprezadas.
    Já ouvi importantes cidadãos falarem um palavrão, médicos, advogados, deputados, prefeitos, governadores, e até presidente.
    Inclusive Verde Insuperável.
    Claro que na minha profissão eu não os profiro.
    Entrementes, por quê não lançá-los quando se comenta o Futebol ?
    A vulgaridade está na falta de conteúdo, e não na verve do escriba.
    Nada mais vulgar do que um texto oco e mal escrito, sem substância. Ou, na boa fala interiorana, "sustância"
    Ney, eu, e outros amigos, às vezes pegamos "pesado".
    Mas, antes "pesado", mas com sabor, do que um insosso "refogadinho de chuchu", sem cheiro e sem cor.
    Se assim não fosse, ninguém falaria daqueles que "infringem" a imutável regra dos blogueiros mais ortodoxos e conservadores.
    Se Ester Abea, com toda sua classe "classuda", não reclama, quem mais poderia reclamar ?


     
  • Às 22 de janeiro de 2018 16:31 , Anonymous Alcides Drummond disse...


    Só agora estou retornando de um dia difícil em relação à saúde para dizer o seguinte:

    Não citei ninguém na postagem, apenas solicitei, de um modo geral e educado que houvesse um pouco mais de respeito entre NÓS!

    Tem gente que considera palavrão como linguagem de machão e acredita piamente que se não xingar, ofender ou agredir não está fazendo papel de homem. Santa ignorância.

    Não quero que o Ney e nem ninguém deixe o blog, mas, falando francamente, será que não daria para emitir conceitos técnicos sem fazer uso de linguagem chula?

    O Ney, um dos pioneiros do blog, já provou "por a + b" que tem capacidade suficiente para tal, mas ao preferir usar linguagem obscena, não imagina o tanto que empobrece os seus conceitos.

    Quem leu atentamente e até o final tudo o que escrevi sobre o assunto, creio que tenha percebido claramente que compreendo o uso de palavrões em certos assuntos e determinas situações.

    ESCREVI ASSIM:

    "Sei, perfeitamente que, muitas vezes, qualquer de nós tem a necessidade de extravasar a sua indignação através de um palavrão, de uma frase mais "caliente" e por isto até entendo a postura de alguns companheiros quando agem dessa forma". (OU NÃO ESCREVI?)

    E disse mais:" Como há quem gosta e quem não goste (Este editor, por exemplo, não gosta, mas tolera)..."

    O que não dá para entender é que a toda hora o blog seja tisnado por expressões descabidas e intempestivas que quem as profere não as usaria em sua própria casa.

    Chegaram até a ofender a mãe de outrem simplesmente para dar vazão a manifestação de egos, das duas uma,doentios ou hipertrofiados.

    Foi a gota d'água que precipitou o fechamento dos comentários e pelo que estou vendo será simples questão de dias para que repitam a dose.

    Como tolerar coisas assim?

    Sei, perfeitamente que tenho também, os meus erros e defeitos, haja vista que, na qualidade de ser humano sou passível de tê-los.

    Orgulho-me,porém, de não ter o defeito de partir para a ofensa ou a agressão pessoal contra quem quer que seja que discorde de minhas tese como muitos especialistas neste assunto que pululam por aqui.

    Como dizia meu velho pai, o palavrão se proferido em hora certa até ajuda, mas proferido a toda hora se desgasta, perde a força e o poder e coloca no ridículo quem o profere.

    O que este velho editor solicitou foi que cada participante cedesse um pouco para que se chegasse a um consenso.

    Quero deixar claro que, com público ou sem público, com leitores ou sem leitores, com comentaristas ou sem comentaristas, este OAV, enquanto eu tiver vida e saúde continuará existindo

    Prefiro, no entanto, dividi-lo com todos vocês, palmeirense como eu.

    Vamos, todos, portanto, fazer um exame de consciência e um exercício de humildade e, na medida do possível, conceder um pouco de nós mesmos por esta que é uma boa causa palmeirense.

    Lembremo-nos sempre da velha frase de Ruy Barbosa; "O burro é o único animal que não volta atrás. (AD)

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 17:18 , Anonymous Anônimo disse...

    Quem
    Quer sair, sai!
    Quem quer holofote, fica ameaçando sair...só quer bajulação.
    Para com isso, Nei.
    Parece coisa de adolecente!

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 17:28 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Não sou advogado de defesa do Ney, mas relendo o seu texto, ele usou palavrão apenas uma vez, ao falar daquele tal do Xavier (sua voz parece a do Juca Chaves, reparem), um torcedor inveterado ANTI PALMEIRAS !
    De Dudu, falou da bunda....Onde bunda é palavrão ??
    Mas, mudando de assunto, e falando do Verdão, que é o que INTERESSA, transcrevo o comentário do Palmeirense Luiz Bortoleto, no UOL, que eu considerei muito pertinente:

    "Engraçado o timinho de Itaquera: jogou as 20 horas da noite, sem sol, e diz que o time deu um show no São Caetano? Se jogasse as 16h com 40 graus será que iria ganhar de 4 x 0?
    E o São Caetano candidato a rebaixamento entregar o jogo para o Pacaembu?
    Depois falam que ganham na bola e na limpeza.
    Dá nojo mesmo.
    Parabéns, Verdão, que sem apito ou venda de mando de campo ganhou sob 40 graus e fora de casa".

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 17:35 , Anonymous Sei de Tudo disse...

    Sempre procurei jogar com as palavras como mecanismo de interação com os demais amigos. Já que falaram que escrevo m..da, faço cia ao Nei Verde e não mais participo deste nobrissimo espaço. Ao amigos daqui, simplicidade TUDO. Um abraço.

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 17:37 , Anonymous Sei de Tudo disse...

    Simplesmente

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 19:02 , Anonymous Sei de Tudo disse...

    Sei de Tudo quer deixar claro, tão claro quanto o sol do meio dia, que não foi Sei de Tudo que escreveu tais comentários logo acima.

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 19:07 , Anonymous Anônimo disse...

    Ainda em relação ao Dudu...
    Faço o POST do Verdazzo minhas palavras e recomendo todos os "revoltadinhos" e donos da verdade que leiam.

    https://www.verdazzo.com.br/respeito-muito-respeito-para-criticar-dudu/

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 19:28 , Anonymous Lorenzo disse...

    Conheci o Observatório Alviverde quando li o Blog do Torcedor do Globo.com

    Na época era escrito por um grande Palmeirense, Roberto Galluzzi, e divulgava vários links da mídia Palestrina.

    Depois do seu desligamento, ele criou o próprio blog e vem tocando com muito bom senso e equilíbrio.

    Para quem tiver interesse:

    https://anarquiapalestrina.blogspot.com.br/?m=1

    Alcides, parabéns por manter esse espaço vivo, com tanta sabedoria e qualidade.

    Grande Abraço!

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 20:10 , Anonymous Sr. Keiko disse...

    Caro Alcides, gostaria, se possível que o senhor comentasse sobre a história dos coletes para a imprensa no Alianz Parque. Uma bobeira, mas está dando o que falar. A imprensa está desesperada!

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 21:05 , Anonymous Cleiton disse...

    Não quero fazer o papel de advogado do diabo, mas há 2 anos atrás, o Vampeta, presidente do Audax Osasco, também mandou seu jogo no Allianz Parque e, naquela época, todo mundo reclamou e, nós palmeirenses, achamos que não havia nada de mais, que seríamos favoritos em qualquer lugar do mundo. Até concordo que a imprensa não chiou tanto agora como fez contra nós daquela vez, mas só estou lembrando que também já fomos beneficiados dessa forma. Abraços.

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 21:39 , Anonymous Marco disse...

    Tratamento diferente da imprensa na questão do mando de jogos. A opção do Audax foi vista como crime e, agora, a mesma imprensa ignora o mesmo fato para o time da marginal. Essa é a situação que os palmeirenses contestam.

    Outro detalhe que a simples comparação com o caso do Audax não é correta. no presente campeonato o benefício não se restringe ao jogo do São Caetano, mas a vários jogos em sequência no Pacaembu. Quem monta a tabela sabe o que faz.
    O Palmeiras, por exemplo, jogou fora de casa, no calor de Ribeirão na segunda rodada e na quarta vai à Bragança. O Santos jogou em Lins na primeira rodada e na terceira vai à Campinas.

    É mais uma situação onde a FPF atua e a imprensa se cala, como aconteceu na cobrança dos ingressos no jogo da Copinha. Não tem justificativa ou comparação! A sinalização que a federação passa para o restante da temporada é preocupante.

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 21:53 , Anonymous Roberto Lopes disse...

    Mas em 2015 jogamos 4 jogos seguidos em casa pq o RB e o Osasco mandaram jogos no allianz. Vamos ser honestos intelectualmente vai por favor.

     
  • Às 22 de janeiro de 2018 21:54 , Anonymous Elcio disse...

    Não respondo a quem entra aqui como anônimo, apesar de que todos são anonimos na internet, mas dei uma lida no texto do Verdazzo e gostei do termo Revoltadinhos da Internet.

    Público presente aqui nos últimos tempos.

    É uma merda dialogar com quem você não tem a menor idéia de qual o nivel de conhecimento ela tem sobre o tema que se está discutindo.

    O local aqui já foi um oásis na mediocridade que se ternou esses foruns de discussão.
    Infelizmente, aqui também, essas coisas resolveram enxer o saco.

    É muito triste, e desanima.

     
  • Às 23 de janeiro de 2018 09:52 , Anonymous Marco disse...

    Para ser honesto intelectualmente, primeiro é preciso aprender a ler.
    O comentário feito sobre mando de jogos teve como objetivo central a análise da postura da imprensa, totalmente oposta.
    Então, quem não está sendo honesto intelectualmente é quem não tem a capacidade de entender o que é escrito.
    Caso a imprensa tivesse dado destaque aos jogos sucessivos no Pacaembu, não haveria questionamento. Não é difícil entender isso, ou é?

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial