Observatório Alviverde

04/02/2018

PALMEIRAS 2X1 SANTOS, A VITÓRIA DO MELHOR TIME!



O Palmeiras iniciou o primeiro tempo de maneira avassaladora. 

Logo aos 4 minutos estabeleceu 1 x 0 com Antonio Carlos no jogo aéreo e quase fez o segundo gol em seguida quando da cobrança de uma falta com Lucas Lima.

Só não entendo isto: se o Palmeiras era melhor que o Santos, por que recuou?

Lucas Lima virou lateral, William virou zagueiro, Dudu acabou se tornando um "meio-campista/defensor ", os laterais deixaram de atacar e Borja tentou, ao menos até o final do  primeiro tempo ser uma espécie de centro-avante e meio-campista embora sem conseguir ser nem uma coisa nem outra.

O Santos chegou duas vezes ao gol do Verdão. 

Esbarrou, entretanto, em um paredão chamado Jailson que salvou o Palmeiras nas duas únicas chances que criadas pelo time santista, que abusou muito do jogo pesado e das faltas sob os olhares complacentes do árbitro central.

O meu resumo deste primeiro tempo: 

embora tendo muito mais time o Palmeiras optou pelo jogo em contra-ataques e facilitou a vida do Santos.

Ao contrário do que disse Noriega na TV, a opção  de Róger Machado pelo jogo de resposta, recuando os seus principais jogadores para atuar em contra-ataques, foi o que fez com que o Santos, por alguns instantes, crescesse e ameaçasse o Verdão pelo menos em duas situações.

A tal opção santista para esfriar o Palmeiras a que Noriega deu tanta ênfase, não existiu.

 A não ser que haja uma mudança de atitudes dos dois times, o clássico promete se arrastar no segundo tempo com a ampla prevalência das defesas sobre os ataques.

Importante: Noriega acaba de dizer em outras palavras algo muito certo e pertinente:

"o Palmeiras não soube "puxar" os contra-ataques para aproveitar a pressão santista.

(Comentários acima escritos no intervalo do jogo.

=================================

No 2º tempo o Palmeiras voltou com a mesma disposição objetivando definir o jogo

Aos 4 minutos chegou ao segundo gol e estabeleceu 2 x 0 através de Borja que desencantou e vibrou muito com o gol, ele, que houvera sido fundamental no lance do primeiro gol.

Após o gol, outra vez, mais uma vez, o Palmeiras recuou e permitiu ao Santos que subisse de produção e até diminuísse o placar, aos 17 do segundo tempo.

O gol tomado surgiu após um erro do árbitro (mais um entre os tantos cometidos contra o Palmeiras) em que a bola saiu e em vez de marcar o escanteio ele permitiu que o Santos, que levara vantagem na jogada com Daniel Guedes, continuasse o lance  e cruzasse para a cabeçada de Renato, de costas, que redundou em gol.

O jogo, a partir daí, tornou-se teoricamente perigoso para o Palmeiras, mas, na prática, a teoria foi muito outra. 

Só deu Palmeiras, pois o time parou com a mania de querer administrar o resultado e impôs a sua maior categoria, entrosamento e força de mandante.

O Palmeiras perdeu seguidas chances de ampliar o marcador, três vezes com Tchê Tchê, que, aos 36 minutos deu lugar a Bruno Henrique.

Desde os 28 minutos o Palmeiras já tinha  Keno em campo, substituindo Dudu.

Gustavo Scarpa, que só entrou aos 40 minutos do 2º tempo no lugar de Lucas Lima, cumpriu uma boa performance, mas sua estreia não teve o marketing e o caráter estético que se esperava quando se promove a estreia de um craque. 

O mais impressionante nesse clássico foi a péssima e ridícula atuação do árbitro Flávio Rodrigues de Souza.

Flávio Rodrigues de Souza

Desde o início favoreceu nitidamente o Santos em 90% ou mais de suas decisões.

Permitiu o jogo violento contumaz dos santistas, demorando demais na aplicação dos cartões ou se omitindo.

Deixou de apitar dois pênaltis claros contra o Santos que o Arnaldo (nem na velhice ele toma vergonha) teve o desplante de afirmar que não existiram.

Aquele do David Bras foi tão pênalti (uma "voadora" em Willian) que até Milton Leite e o Noriega viram e apontaram...

Viram e apontaram, mas sem a mesma ênfase que, como sempre, dão nas raras vezes em que o Curica é prejudicado.

De qualquer forma, desta vez dei-me por satisfeito com a dupla porque Leite conseguiu narrar um clássico que envolvia o Palmeiras, com entusiasmo, vibração, disposição e menos clubismo.

Noriega, ontem, conseguiu sair-se muito melhor do que em vezes anteriores nas quais comentou os jogos do Palmeiras.

Malgrado sentir-se sempre obrigado a  acompanhar o relator (da profissão e das ideias), Milton Leite, que não consegue conter-se e ser apenas narrador, metendo-se o tempo todo a comentar e atrapalhando demais o trabalho do comentarista, Noriega esteve bem.  


FICHA TÉCNICA DE PALMEIRAS 2 X 1 SANTOS
Local: Allianz Arena, em São Paulo (SP)
Data: 4 de fevereiro, domingo
Público: 37.867 pagantes (só palmeirenses, jogo de torcida única)
Renda: R$ 2.821.680,24 (nenhum clube brasileiro arrecada tanto quanto o Palmeiras)


Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)  (Extremamente prejudicial ao Palmeiras)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Daniel Luis Marques (SP) (Boas atuações, bem superiores ao árbitro.


Cartões amarelos:
Quatro para palmeirenses; Lucas Lima, Tchê Tchê, Felipe Melo e Victor Luis (PAL);
Quatro para santistas: Caju, Arthur Gomes, Alison e Copete (SAN)

Gols:
PALMEIRAS: Antônio Carlos, aos 2 minutos do 1º Tempo, e Borja, aos 4 minutos do 2º Tempo
SANTOS: Renato, aos 17 minutos do 2º Tempo

ESCALAÇÕES:
SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Luiz Felipe (Robson Bambu), David Braz e Caju (Rodrygo); Alison; Copete, Renato, Vecchio e Arthur Gomes; Eduardo Sasha (Rodrigão)
Técnico: Jair Ventura

 PALMEIRAS:
Jailson - Duas defesas decisivas. Faz por merecer a titularidade. Nota 8

Marcos Rocha - Cada dia se entrosa mais. Bom no apoio precisa melhorar na marcação. Nota 6.

Thiago Martins - Vai solidificando uma ótima dupla com Antonio Carlos. Nota 7

Victor Luis - Bem mas com Michel Bastos o time andou melhor tanto na frente como atrás. Nota 6.

Willian - O mais lúcido, criativo e participativo atacante do Palmeiras. Nota 7,5.

Lucas Lima - Sem a regularidade e o brilho dos jogos anteriores, ainda assim teve bons momentos . Nota 7.

(Gustavo Scarpa) - Jogou 7 minutos com muita personalidade e manteve a força do time. Sem nota.

Tchê Tchê - Esplêndida atuação, está voltando à velha forma. Nota 8.

(Bruno Henrique) - Atuou pouco mais de 10 minutos com toda a disposição. Nota 7.

Dudu - Burocrático, não jogou o que sabe e nem reeditou suas grandes performances Nota 6,5.

(Keno) - Pela primeira vez não se destacou embora muito esforçado. Nota 6.

Borja - Deu tudo de si entre bons e maus lances. Fez um gol e cumpriu seu papel. Nota

A PERSONAGEM DO JOGO: 
Antônio Carlos - Excelente no jogo aéreo, na marcação  e na cobertura. Fez um gol. Nota 8.

O CRAQUE DO JOGO
Felipe Melo - Com introspecção, seriedade e dedicação foi o melhor em campo. Nota 8,5.

Técnico: Róger Machado
Não deveria ter permitido que o time recuasse tanto no 1º tempo após o gol de abertura. O Palmeiras era muito melhor e poderia ter decidido o jogo com facilidade logo na primeira fase.

Sei, perfeitamente, que todos os técnicos, obtida a vantagem no placar procuram  guarnecer seus times na defesa e explorar os contra-ataques.

A tática seria válida, estivesse o Palmeiras jogando sem Borja, porém com alguém mais veloz e mais lúcido, haja vista que lançadores o Verdão tem entre Lucas Lima e Scarpa, dois dos melhores do país.

O grande mérito de Róger Machado foi o de ter mantido o time titular no clássico de ontem, dando muito mais entrosamento e confiança à rapaziada nessa sequência perfeita de Pauistão até agora. Nota 7.
COMENTE COMENTE COMENTE    

ATENÇÃO - De segunda para terça-feira vou aposentar quem pediu a minha aposentadoria. Entre hoje e amanhã tudo segue tudo igual!
(AD)

 

24 Comentários:

  • Às 4 de fevereiro de 2018 16:52 , Anonymous Jofre disse...

    Jogaram cinco minutos, mascara????Felipe Mello mal, ah se o time sardinha presta.
    Chega desse Borja, Kemo já, Dudu é muita tatuagem salario e pouca bola.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2018 16:54 , Anonymous Elcio disse...

    Fim do primeiro tempo, esperava um jogo movimentado.
    Acho a postura adotada pelo Palmeiras depois de fazer o gol um pouco perigosa, os caras pode fazer um golzinho no fim do jogo e nao ter tempo de recuperar.
    Espero ver um segundo tempo com o Palmeiras tomando a iniciativa e não ficar esperando um erro do Santos para tenta marcar mais um gol, e quando as oportunidades aparecem, estamos atacando com poucos jogadores.
    A segurança defensiva parece ser a prioridade.
    Vamos ver até quando isso dará certo.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2018 18:07 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    A gente, como torcedor, quer goleada, quer baile, mas o treinador e os jogadores têm que sempre ter os dois pés no chão.

    Passamos por alguns apertos, mas no geral foi uma vitória tranquila, administrada, em que o Palmeiras dominou amplamente.

    Antônio Carlos confirmou a tradição dos zagueiros artilheiros do Verdão.
    Não sai mais do time.
    Borja fez o que precisava fazer para ganhar confiança.
    Errou, tentou, até que acertou.

    E o Jailson... continua INVICTO !!!

     
  • Às 4 de fevereiro de 2018 18:09 , Anonymous Elcio disse...

    O segundo tempo foi bem melhor até tomar aquele gol bobo.
    A bola saiu e acho que o Marcos Rocha chutou a bola no pé do atacante que voltou a cruzar.
    Ganhamos sem sustos.
    Só nao gostei mais uma vez de quem ele está tirando para colocar o Keno, acredito que o Willian deveria sair, como no jogo com o Bragantino.
    O William nao tem jogado lá essas coisas, mas como não foi caro, está passando batido.
    Estamos no caminho certo.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2018 18:15 , Anonymous VICTOR TREDENSKI disse...

    Alcides

    como assim aposentar?

     
  • Às 4 de fevereiro de 2018 18:27 , Anonymous VICTOR TREDENSKI disse...

    Alcides

    fiquei esse fds fora e estou vendo e relendo os comentarios do post anterior

    não sei que aconteceu e também nem quero que voce me explique o ocorrido, pra não desgastar

    mas lhe peço, acho que a GRANDE maioria aqui também

    não feche o blog por causa de meia duzia de ''haters''

    esses infelizes, verdadeiras bananas exisitenciais

    mal amados, mal paridos

    que estão ai na net só para torrar a paciencia

    sei que é um saco mas ignore-os

    não que voce não o faça, mas de valor e atenção para os que vem aqui e debatem sobre e a respeito do Palmeiras

    esquece o restolho

     
  • Às 4 de fevereiro de 2018 18:43 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Assino embaixo!

    Victor, tem aparecido um gambá provocando, falando que o Alcides tem que se aposentar, que o blog é uma porcaria, os comentários não têm a ver com o tema, etc.
    Claro que o covarde fica no anonimato.
    O Alcides apagou tudo e deveria apagar da lembrança, também.
    Interromper o blog é tudo o que esse xarope quer.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2018 20:47 , Anonymous Marcelo Jose disse...

    Como previ Palmeiras 2x0, o gol deles não vale,a bola saiu hehe.
    Alcides , espero que repense a história de se aposentar, seu blog é muito importante, mais que se imagina.
    Saudações Palestrinas aos esmeraldinos .

     
  • Às 4 de fevereiro de 2018 21:05 , Anonymous Elcio disse...

    Eu entendi que ele vai aposentar que pediu para que ele aposente.
    Estou curioso para saber quem é o futuro aposentado.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2018 21:08 , Anonymous Elcio disse...

    Quem seria o Sr JC?

     
  • Às 4 de fevereiro de 2018 21:49 , Anonymous SM disse...

    Tomara que aposentem os anonimos!
    E os nicks sem pré cadastro...


     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 07:21 , Blogger Ricardo Borgo disse...

    Pô Alcides, agora que retornei a escrever após muito tempo somente como leitor e voce diz que vai parar....
    Por favor, né...
    Mantenha esse blog a todo custo "per caritá"
    Sobre o jogo, concordando com vosso comentário, e acrescentando que parace que os jogadores deixam transparecer que ainda não estão à vontade, e que jogam com os pés amarrados por conta de não perderem a posição para alguém do banco de reservas porque haja sombra nesse banco.

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 07:33 , Anonymous Verde Verdão disse...

    Bom dia Alcides,

    Reitero o pedido para que continue sempre com esse espaço!

    Quanto ao jogo, não gostei da postura do time em dar a posse de bola e administrar o resultado.

    Em contra partida, senti o time com um sangue frio assustador. Me pareceu que a confiança e a fé na vitória estava presente em cada jogador durante todo tempo.

    O time ainda tem muito a crescer tecnicamente e fisicamente, mas já mostra uma identidade com o dedo do Roger.

    A arbitragem, mais uma vez mostrou o quanto pode ser decisiva contra o Palmeiras nos futuros jogos decisivos. Lamentável e alerta a necessidade de manifestação por parte dos nossos dirigentes.

    O que mais me impressionou, extra campo, foi a renda do jogo que ultrapassou os 2,8 milhoes de reais.

    Abr

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 08:40 , Anonymous Rosemiro disse...

    Ótima vitória e imprensinha com cara de choro, disfarçando a raiva!

    Tiveram que reformular suas matérias já prontas, esperando por uma derrota do Palmeiras. Imaginem vocês, amigos, quais seriam estas matérias!

    Minha preocupação continua sendo o extra campo!! A juizada não está nem aí se jogamos em casa ou não!! Estão "evacuando" e andando para nós!!

    Ontem foi um absurdo! O gol dos pequenos do litoral, o tal "arbitro" viu que a bola saiu e seria escanteio!! Não marcou porque não quis!

    Inverteu faltas, amarelou nossos jogadores, deixou a sardinhada bater a vontade, e como sempre para variar, não deu penaltis a nosso favor!!

    Escutaram ou leram alguma declaração de nossa "diretoria" sobre a atuação do arbitro? NÃO TEVE!! UMA PALAVRA SEQUER!!

    Galiote continua dormindo!! Gentleman que é, deve ter até parabenizado a federação pela escolha do arbitro!!

    Afinal de contas , é um cavalheiro e continua acreditando em contos de "turco"!!

    Não vai ser fácil este ano!! O time é forte, os jogadores estão focados, e Roger sabe das coisas, mas vamos ter que jogar dobrado para vencer e ganhar títulos!!

    NÃO TEMOS BASTIDORES!! ISSO É COMO SAIR PERDENDO POR 1 X 0 EM TODOS OS JOGOS!! TEREMOS SEMPRE QUE REVERTER O PLACAR!!

    E agora vai piorar!! Com a volta do tal Sanches e cia Bela nos malditos de Itaquera, o que era ruim, vai ficar muito pior!!

    Este sujeito tem carta branca para fazer qualquer coisa junto as federações e mídias, buscando favorecer seu maldito clube e a si mesmo!!

    Qualquer jogo com os malditos, sairemos sempre perdendo, mas não por 1x0, e sim por 2x0!!

    ACORDA GALIOTE!!!

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 08:53 , Anonymous Doente(verdão) disse...

    O time não continuou atacando pois diferentemente do ano passado, quer ser campeão! E para ser campeão deve ser imbatível e não aplicar goleadas! Parabéns Roger Machado! Está mostrando que conhece do ofício!!!!! O Corinthians ano passado ganhou dois títulos assim, segurando placar magro!

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 12:29 , Anonymous Alcides Drummond, o editor disse...

    Meus amigos

    Estejam sossegados.

    Não, não vou fechar o blog por conta de um capadócio qualquer, filho de uma mãe com muitos pais, certamente um palmeirense frustrado ou um curicano infiltrado.

    Aliás quero deixar claro que não sou burro e que este formato de blog, por ser muito antigo, não dispõe do recurso da leitura prévia das matérias antes da publicação.

    O Blogger contempla apenas a suspensão das participações sem censura prévia.

    EM RAZÃO DISSO se necessário, para poder receber as participações de todos, serei obrigado a receber as participações via e-mail, o que não deixará de ser uma censura prévia, pois não admitirei a leviandade, o palavrão ofensivo fora do contexto e a hipocrisia. As opiniões, sejam elas quais forem, sim!

    Aí aposentarei quem quer me aposentar. (AD)

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 14:11 , Anonymous Elaine Lara disse...

    Foi apenas o quinto jogo do ano e contra um Santos que ainda está sendo montado e que jogou desfalcado de vários jogadores. Então, nada de empolgação mesmo. Primeiro porque o baixo nível do estadual não serve de parâmetro para nada, e segundo porque não existe varinha mágica para se extrair o máximo de um time em início de temporada, ainda mais sem ter realizado sequer uma pré temporada. Mas a maneira tranquila com que o time controlou a partida de ontem já foi um ponto positivo. Gostei do gol do Antônio Carlos, um zagueiro que venho dizendo aqui que é muito bom e que só precisa de mais jogos para ganhar a confiança necessária. E nada como um gol para ajudar a trazer essa confiança. Importante é o Palmeiras utilizar o Paulistinha para ir se encaixando e para o treinador avaliar todas as opções que o elenco lhe oferece. Espero ver o time chegar voando lá no início de abril, quando teremos o Boca Juniors no Allianz pela Libertadores.

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 14:30 , Anonymous Eispedito Astójo disse...

    tenção, tenção, tenção galera du timão, muito cuidado manos, esta rolando na net, qui u jogo du timão contra o maio du brasil a porcada qui fala num vai ser mais na nossa arena, voceis sabem né, ela foi feita cum dinheiro que nossu cumpanhero lula robo, vi falar que vão fecha para por num tar leilão,e o patrocino da porcada vai cumpra e vai tamem pagar as marmita e a firma de sigurança que nóis ta devendo, intão mano num seja bobu de compra entrada dessi jogo, e vamu caba perdeno esse jogu tamem, o timão tamem num pago os juis essi meis, eis num vãu da uma mão nãu.

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 15:06 , Anonymous Olivar disse...

    Gostei da apresentação do time neste jogo contra as Sardinhas. Na minha avaliação foi de média para boa. Podemos perceber que há um sistema de jogo, o time está se arrumando e com treinamento e repetição o time vai melhorar progressivamente e as jogadas vão sair com mais naturalidade e perfeição.

    Um ponto que acho que precisa de mais atenção no momento: a marcação está frouxa. Quando entrávamos no campo d defesa das Sardinhas já chegavam no mínimo dois jogadores para cercar e dar o bote e quando eles entravam em nosso campo tinham muito espaço para pensar e tocar a bola.

    Achei que o Roger demorou demais para substituir.

    Torço para a dupla de zaga se firmar, são dois bons jogadores, tem qualidade, basta ter paciência para eles se desenvolverem.

    Dudu esteve em uma tarde péssima e continua prendendo muito a bola, está muito individualista nesse início de temporada.

    Borja vem evoluindo jogo após jogo, vale a pena dar uma sequencia.

    Tche Tche participou bem no ataque na segunda etapa, mas tanto na primeira quanto na segunda continua marcando os adversários só com os olhos. Enquanto Felipe Melo teve 5 desarmes, se alguém puder me corrija, mas acho que este cidadão que ocupa a camisa 8 não teve nenhum. Deixar todo o serviço só para o Felipe Melo vai chegar uma hora que não vai dar certo. Enquanto Moisés não tem condições de jogo, eu testaria B. Henrique, que é, no mínimo 150 vezes melhor que o Tche Tche em todos os fundamentos do futebol.

    O time segue no caminho certo, devemos continuar dando total apoio ao treinador e aos jogadores

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 17:18 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos


    a. para variar, estava em trânsito durante o jogo. Mas vi os melhores momentos. Concluo: uma vitória assim dá moral

    b. mas também , como bem falou nosso Rosemiro, os 100% deixam :
    b.1 a imprensa marrom tristinha
    b. 2 a FPF, CBF e RGT chateadinhos

    Em outras palavras, podemos esperar este ano as habituais roubadas da juizada ladra. Isso vem desde agosto de 1914. Eu estava lá quando o tal Ulisses-qualquer-coisa nos assaltou contra o SCCP, dentre outros roubos homéricos.
    E aí, nem com Pelé no time dá para ganhar...

    Precisamos de força no bastidor!!!!!

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 17:21 , Blogger Ester Abea disse...

    quanto a Libertadores "de" América, nem falo nada.

    Como confiar num torneio em que o regulamento é em Espanhol, num acinte contra o Brasil ????

    Podemos até ganhar, mas sem bastidores não vai

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 17:36 , Anonymous Marco disse...

    Votaram A FAVOR do árbitro de vídeo:

    - Palmeiras
    - Chapecoense
    - Bahia
    - Grêmio
    - Inter
    - Flamengo
    - Botafogo

    Votaram CONTRA

    - Corinthians
    - Santos
    - Cruzeiro
    - Vasco
    - Atlético-MG
    - Atlético-PR
    - Fluminense
    - Sport
    - Vitória
    - América
    - Ceará
    - Paraná

    Não votou:

    - São Paulo

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 18:29 , Anonymous VICTOR TREDENSKI disse...

    Saiu a tabela do BR-18

    Palmeiras estréia contra o Botafogo

    no Rio

    segundo jogo o sempre encardido Inter

    em casa

     
  • Às 5 de fevereiro de 2018 18:31 , Anonymous PISTOLA DE PORCO disse...

    Oi seu Eispedito Astójo. Ti cuheço. Ce é o dito linguinha de oro. Tua mãe tamem mi cunhece. Ce sabia qui ja cumi muito a sinhora sua mãe. Ela é qui nem o ce Dito. Adora mamadera de porra. Cê puxo pra ela pq mi contaro qui seu pai só dava o cu. Incuanto ce perde tempo en iscreve merda o Arcidão tá cumendu tua mãe. Ele tá demorano muito pra apaga u que c iscreve. Vorta logo Arcidão qui tem viadu curicano por aqui pru ce expursá. Eu so to isperano o Arcide cumê a mãe du dito pra mim começá a cumê ela tamem. Cu de mãe de curintiano é bão dimais e ela si peida toda quando tá dano o cu. Si c quizé Dito mamadera tenho pistola pru cê tamém chupá. Um pau bem duro procê e pra sua famia de um parmerense pistoludo qui sempre dá mamadera pro ceis Abraço por tráis do c bem forte PP Pistola di porco.
    hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha

     

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial