Observatório Alviverde

04/05/2018

A DEPENDER DOS RESULTADOS, ATÉ UM EMPATE PODE DAR A MELHOR CAMPANHA DA LIBERTADORES AO PALMEIRAS!


Não há que se considerar incrível, fantástico ou extraordinário o resultado em si do time suplente do Palmeiras ao aplicar 3 x 1 sobre o Alianza.

Sem querer deslustrar o significado e a importância  do implacável 3 x 1 aplicado pelo time suplente do Palmeiras, (surpreendentemente lançado por Róger) há de se dizer que o resultado poderia, até, ser mais amplo e mais elástico, porém -os números não mentem e comprovam-  sobre o Alianza de Lima , o pior time desta Libertadores/18.

As maiores vantagens de o Palmeiras colocar em campo os seus reservas estiveram nos fatos de prevenir e evitar contusões de titulares, recuperar contundidos, dar fôlego e "elan" aos estafados,  rodar o elenco e proporcionar esperança aos suplentes de um dia se tornar titulares.

A maior das vantagens talvez tenha sido aquela de colocar em campo um time que queria mostrar serviço e, em razão disto foi para o jogo com a motivação redobrada.

Em circunstâncias como essa, um time suplente, muitas vezes, encontra mais facilidade em vencer, não apenas pelo esforço e determinação de cada atleta, mas, sobretudo, porque o time titular, conhecido e manjado, muitas vezes entra em campo acomodado e com excesso de confiança.

Ontem, há de se considerar, também, o elemento surpresa que Róger pôs em prática.

O Alianza preparou-se e condicionou-se para enfrentar aquele Palmeiras que enfrentara no jogo de ida, mas acabou encontrando um Palmeiras estranho, muito diferente, igualmente diverso dos filmes, da Inernet e dos DVDs, apresentando jogadores alguns -para eles- desconhecidos e moldes de jogo diametralmente opostos àqueles até então apresentados.

Tudo isso, no rádio, na tv, na Internet e no papel, é bonito, lindo, maravilhoso, sensacional, espetacular, mas há que se considerar como o time principal reagirá a uma semana de inatividade?

O Verdão só voltará a campo domingo que vem em Curitiba para o compromisso importantíssimo contra o Atlético Paranaense que está jogando "o fino da bola" sob o comando de Fernando Diniz.

Hoje, literalmente, o Palmeiras voa em "céu de brigadeiro" -o time já está voando em voo fretado para Curitiba-, mas a aferição final dos prós e contras e se a poupança rendeu juros ou prejuízos são os próximos jogos que irão definir.

SOBRE O JOGO

Há pouco a falar sobre o jogo, em face da latente fraqueza do adversário, o pior participante entre os 32 times que participam desta Libertadores tendo conquistado seu único empate jogando em casa contra o Boca em 0x0.

O Palmeiras, do início ao fim esteve muito melhor do que o adversário apresentando, segundo a Fox 63% de posse de bola contra 37% do Alianza tendo chutado 17 vezes ao gol, contra 5 vezes do adversário.

Esses números e outros que preferimos omitir refletem bem o que foi a vitória palmeirense que o coloca como  o time de melhor campanha de toda a Libertadores com 13 pontos e só podendo ser alcançado e ultrapassado por Racing e River Plate da Argentina, os dois únicos clubes que alcançaram dois dígitos nos pontos ganhos, com 11 pontos.

Um empate talvez baste ao Verdão para obter a melhor campanha e jogar todas partidas decisivas dos mata-matas das próximas fases dentro de casa.

Isto porque o saldo de gols do palmeiras (9 gols) é superior aos do Racing (7)  e do River (3), mas, por via das circunstâncias, nada melhor do que uma vitória sobre o Júnior no Allianz para afastar do caminho do Verdão os derradeiros obstáculos que o separam da liderança geral da competição.

FICHA TÉCNICA 
ALIANZA LIMA 1 x 3 PALMEIRAS
Local: Estádio Alejandro Villanueva, em Lima (PE
Árbitro: Gery Vargas (URU) Inventou um pênalti contra o Palmeiras. NOTA 5
Assistentes: Edwaar Saavedra e Jose Antelo (URU) NOTA 7
Cartões amarelos:  
No ALIANZA: Garro, Qevedro, Duclós e Velarde
No PALMEIRAS:  Luan

Gols
Do PALMEIRAS: Willian, aos 19', Hyoran, aos 31' do 1º tempo e Borja, aos 21' da etapa final.
Do ALIANZA: Cruzado (de pênalti), aos 26 minutos do 2º tempo.

Times:
 ALIANZA LIMA: Campos; Garro, Miguel Araujo, Fuentes e Duclós; Tomás Costa, Vilchez (Maxi Lemos), Hohberg, Cruzado e Velarde (Pósito); Quevedo
Técnico: Pablo Bengoechea

PALMEIRAS: 
Jailson - Privilegiado espectador do jogo. uma única defesa. NOTA 7.
Mayke - Atacou pouco, mas quando atacou contribuiu para o gol. NOTA 7.
Thiago Martins - Não fez o pênalti, inventado pelo juiz. No cômputo geral, boa atuação. NOTA 7.
Luan - Pouco exigido, ninguém o percebeu em campo. Cobriu bem. NOTA 7.
(Emerson Santos) - Só entrou em campo, mas, pelo tempo que jogou não estreou. SEM NOTA.
Victor Luis - Só é bancário porque Diogo se adapta mais ao defensivismo de Róger. NOTA 7.
Thiago Santos - Defendendo ou atacando é o operário padrão que todo time gostaria de ter. NOTA 7.
Hyoran - Desenvolveu-se muito física e tecnicamente. Não acreditava nele, passei a acreditar. NOTA 7,5.
Willian - Oportunista, esforçado, interessado, eficiente, artilheiro. É preciso mais o que? NOTA 8
Borja - Não é nulo como muitos supõem. Lutador, fez um gol e participou de outro. NOTA 7,5.
(Deyverson) - Tem de me provar que tem bola suficiente para jogar no Palmeiras. SEM NOTA.

A PERSONAGEM DO JOGO:
Tchê Tchê - Lembram-se que há poucos dias eu pedi Tchê titular? Ele provou que merece! Reeditou a velha parceria em campo com Moisés e jogou um bolão. NOTA 8,5.

O CRAQUE DO JOGO:
Moisés - Marcando, defendendo, orientando, comandando, chegando , assistindo, capitaneando e fazendo tudo o que fez, voltou a ser aquele jogadoraço de 2016. NOTA 9.
TÉCNICO:
Roger Machado - Enganou todo mundo levando todos os titulares disponíveis, anunciando que iniciaria o jogo com os titulares, para, na hora H, colocar o time reserva em campo mas terá de arcar com as consequências de seu ato se as coisas vierem a dar errado. Os próximos jogos dirão se ele está certo ou não!  No jogo de ontem, NOTA 8

QUE VENHA AGORA O FURACÃO PARANAENSE!

COMENTE COMENTE COMENTE

26 Comentários:

  • Às 4 de maio de 2018 01:31 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    A manchete do portal UOL e da RGT Esporte desta Sexta-feira será:

    PALMEIRAS É O ÚNICO TIME QUE LEVOU GOL DO ALIANZA LIMA na Libertadores 2018!

    Querem apostar?

    Kkkkk!

     
  • Às 4 de maio de 2018 01:40 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    ALIANZA LIMA e Vasco não tem diferença nenhuma.

    São duas amebas de time.

    A diferença é que a imprensa quer colocar que o Cruzeiro é um TIMAÇO e que o Palmeiras bateu em um bêbado.

    Conversa fiada!

    ALIANZA X Vasco, daria empate em São Januário e vitória do Alianza em Peru.

     
  • Às 4 de maio de 2018 08:07 , Anonymous Zielony Nesuperebla disse...

    Perfeito Cláudio!
    Vou além... Bem no clichê
    Antes bater que apanhar do bêbado!
    Outra coisa...
    Insuportável é uma falta de respeito imensa a Fox colocar o ex larápio... Ooops árbitro pra comentar os jogos do Palmeiras.
    Caras de pau!

     
  • Às 4 de maio de 2018 08:12 , Blogger Ricardo Borgo disse...

    Que o time Peruano é uma baba; que o Alianza Lima é o pior das Américas; que o time que o Palmeiras enfrentou ontem é pior que todos que disputaram o paulistinha; etc, etc, etc, etc. De uma coisa tenho certeza: Se fosse o time principal até ganharia o jogo, mas não com tanta facilidade. O Roger terá que repensar muito daqui em diante haja vista o que apresentaram Moisés e Tchê Tchê. Foi um jogo muito bom de se assistir. Sem enrolação, sem firula, bola sempre em direção ao gol adversário. Tomara que sirva para os "craques" titulares pararem de se achar e apresentarem bom futebol e responderem finalmente porque foram contratados.

     
  • Às 4 de maio de 2018 09:24 , Anonymous Palmeirense Sincero disse...

    Meus adendos, queiram ou não
    1°- borja é ruim pra crl, pra dedéu e pra mais de metro

    2°- ao mesmo tempo, não dá pra reclamar do borja por que a opção é o deiverson...

    3°- a soma de borja+deiverson não dá um oséas. Talvez de um obina.

    4°- esse aliança lima é medonho de ruim não é parâmetro algum gente acorda gente

    5°- poupar deu certo dessa vez. Da próxima talvez num de. choega dessa bibagem são paulinica

    6°- o nesuperebla merece um prêmio. Falou tudo cara. A fox parece que pegou a doença da globo em nos desrespeitar. Um capadócio confesso, um finório de marca maior analisando arbitragem no nosso jogo. Que deixassem apenas o pvc (palmeirense de meia pataca também viu) e o animal comentando.

     
  • Às 4 de maio de 2018 10:14 , Anonymous Visão Raio X disse...

    Salvo me engano enfrentamos em casa o mesmo Alianza Lima com os chamados "titulares" e vencemos por 2x0, viajamos, enfrentamos a mesma equipe em seus domínios e aplicamos 3x1 fora o baile,não entendo porque só ontem o Alianza virou o pior time de toda liberadores, quando veio aqui em SP era melhor? acredito que todos não entenderam que o time titular do Palmeiras é previsível e lento, estão tentando diminuir o tamanho da vitória e o grande jogo que fizemos, fazia algum tempo que não me sentia tão satisfeito pela "bola" que o Palmeiras jogou, tendo posse, triangulações, movimentação, improviso, a minha critica ao RM é justamente manter com cadeira cativa os "nomes" preferidos pela imprensa e parte da torcida, um meio campo com Bruno Henrique e Felipe Melo não funciona quando precisamos propor o jogo, Keno e Dudu não jogam com os laterais e por característica são individualistas não colaboram com o jogo coletivo, Lucas Lima precisa de jogadores incisivos que saibam usar o espaço vazio para infiltrações o que não encontra no time titular, se o RM for inteligente e fazer o elenco entender que em determinados jogos é preciso utilizar outros jogadores poderá alcançar muito sucesso, jogar com o Boca Junior em La bombonera e com a Chapecoense em casa requer equipes com características diferentes, este negócio de todo jogo ter que ser a mesma equipe é do tempo do blogueiro, em 2016 ganhamos o Brasileiro graças a ousadia do Cuca que alternava a forma de enfrentar equipes "grandes" e "pequenas" quem não se lembra dos jogos em casa contra times fechados que o meio campo era formado por Tchê2, Moisés e Cleiton Xavier e fora entrava o Tiago Santos, rodar o elenco pode não significar apenas fazer média ou poupar, mas sim conhecer o jogo do adversário e montar sua equipe anulando suas virtudes e explorando suas deficiências, assim faz um treinador diferente da mesmice que vemos sempre, não há que se temer criticas de imprensa e torcida, apenas o elenco tem que entender e comprar a ideia.

     
  • Às 4 de maio de 2018 10:14 , Anonymous Verdão disse...

    O Nei verde faz igualzinho a midia

     
  • Às 4 de maio de 2018 10:31 , Anonymous Elcio disse...

    Sabe que você tem razão VR X?

     
  • Às 4 de maio de 2018 10:40 , Anonymous Elcio disse...

    Esse time do Peru é muito fraco, parecia jogo de casado contra solteiro no churrasco de fim de ano.

    Depois de beber!!!!

    Precisamos ver qual o impacto disso no desempenho do time.

    Pelo menos esse jogo serviu para o Roger ver que ele pode tentar algo diferente.

    O Tche2 de cabelinho sem pintura, voltando as origens, isso me agradou.
    Espero que o Roger dê a ele uma nova oportunidade em um jogo daqueles, para não deixar dúvidas de que ele pode ser o titular.

    O Moisés, para mim, errou muito ontem, principalmente no primeiro tempo.
    Deu os passes para os dois primeiros gols, mas não me convenceu.

    Abs

     
  • Às 4 de maio de 2018 10:52 , Blogger Roberio BA disse...

    Disse tudo. Penso igual quando se trata de rotular jogadores de "titulares absolutos" que so saem da equipe se suspensos ou machucados, entaoora que serve 30 jogadores no elenco? Monta um elenco com 22 desta forma então. Assisto o Manchester do Guardiola e noto o porquê está a frente desta geração de treinadores, a sua equipe é montada de acordo o adversário, perde as vezes sim, não há uma verdade absoluta que se sobrepõe a tudo e a todos, a outra equipe tb traça estratégias para vencer, o resultado nem sempre deve ser tido como o principal objetivo acima do que foi proposto e executado, nunca vai se ganhar tudo, porém deve se ganhar muito, este é o caminho, aqui no Brasil nao se pensa a longo prazo, tudo é pra ontem, com exceção de Gremio e Corinthians, agora o Cruzeiro passa a traçar um caminho tb, os demais vive a deriva, se o resultado nao vem muda-se td, começa do zero novamente, entendo que td parte do presidente que deve contratar buscando um perfil e dar respaldo para percorrer o caminho, se o resultado não vier de imediato que se plante a semente, se acredita no projeto aposte nele, veremos o que queremos...

     
  • Às 4 de maio de 2018 11:35 , Blogger Irineu Curtulo disse...

    Se o time do Alianza é ruim ou não, isso pouco importa. Importa, sim, que tivemos uma partida controladíssima durante todo o jogo. Ficou claro que o meio-campo com Tiago Santos, Tchê Tchê Moisés tem mais pegada e saída rápida. O que acham de introduzir a esse meio-campo o Lucas Lima (Guerra) e tirarmos um dos atacantes?

     
  • Às 4 de maio de 2018 12:12 , Anonymous STM disse...

    Ok, ok!! O time do Alianza é ruim.

    Qual era a nossa obrigação? Vencer e convencer.

    Fizemos isso? Sim!Fizemos!

    Então, Parabéns ao time.

    É para ficar empolgado? Não, não é?

    Podemos tirar lições e aprender com este jogo? Sim! Então, é isso que devemos fazer.


    O time da Chapecoense é ruim? Sim.

    Qual era a nossa obrigação? Vencer e convencer.
    .
    Mas,
    .

    Concordo que devemos usar o nosso melhor time em todas as partidas.
    Mas, não significa que o time titular seja o melhor time.
    O time tilular não ganharia ontem com tanta facilidade.
    E o Alianza não tomou este banho de futebol em nenhum jogo anterior na libertadores.

    Agora, o tal do Deyverson é ruim mesmo. Se escalasse o Prass ou o Wewerton de atacante teria o mesmo efeito... É só um cara(esforçado) a mais na área para colocar o pé ou a cabeça numa bola rebatida na cara do gol... Não agrega valor algum ao ataque.

    Abraços e bom final de semana.

    Curtam os amigos e a família. É o mais importante. O Palmeiras continuará existindo por mais 100 anos, ganhando e perdendo... nosso tempo é limitado e precisamos aproveitar com quem realmente se importa com a gente.


    Ps. Concordo com grande parte do que escreveu o VR-X


     
  • Às 4 de maio de 2018 12:17 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos


    o ridículo e o sério:

    RIDICULO: a imprensa marrom certamente enfatiza(rá) a fraqueza do Aliança Lima...Claudio MG(moço bondoso e capaz) tem razao. Se fosse o SCCP diriam que os reservas sao brilhantes.
    a imprensa marrom é ridícula

    SERIO:

    Precisa uma analise mais profunda POR QUE o Palmeiras joga muito, muito melhor fora de casa...nao só ontem.

    Será ansiedade?
    Cobranças exageradas ???

    O que será que acontece?
    Proponho o tema. Temos debatedores inteligentes.

     
  • Às 4 de maio de 2018 13:01 , Anonymous Boleiro disse...

    é simple Ester!

    Aqui no Allianz Parque todos jogão retrancados e fora os adversários são obrigados a sair pro jogo, dai o resultado é que vemos sempre, um Palmeiras melhor formatado jogando com defesa e ataque incisivos.

     
  • Às 4 de maio de 2018 13:23 , Anonymous Boleiro disse...

    Mas a propósito, ontem demos um passeio no time Peruano e 3 foi pouco.
    Esse meio campo tem que ser considerado pois já ganhamos um campeonato com eles (Moises e Tche), que jogaram o fino da bola.
    Detalhe: para quem não percebeu o caneludo com dizem, não eu, Thiago Santos, que dele nasceram os 2 primeiros gols e quase o terceiro com Hyoran chutando na trave, então ele Thiago não pode ser excluido da posição pois o F.M. também erra, claro menos que em comparação ao Thiago mas perde em marcação, e como disse o Alcides " Defendendo ou atacando é o operário padrão que todo time gostaria de ter " .



     
  • Às 4 de maio de 2018 14:44 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    A sugestão do Irineu Curtulo, logo acima, é exatamente o que eu acho que está faltando: RETIRAR UM ATACANTE!

    Ontem o time jogou com 2 meias (Yohan e Moisés) e o time ganhou em cadência e domínio do meio campo.

    Jogar com 3 atacantes atualmente só mesmo em situações extraordinárias.

    Gostaria de ver esta formação em algum momento:

    Thiago Santos
    Bruno Henrique (ou Tchê Tchê)
    Moisés
    Lucas Lima ( ou Yohan/ ou Guerra)

    Dudu (ou Keno)
    William (ou Borja).

     
  • Às 4 de maio de 2018 15:30 , Anonymous PorkiDoido disse...

    Faz quase 1 mês que não apareço.

    Um Curintiano safado roubou meu celular.

    Sobre o Aliança Lima do Perú Gluglu meus destaques quanto ao nosso Porco são:

    As bochechas rosadas do menino Hyoran.

    Jaisão Black Panter só faltou tomar cafezinho.

    Vitor Gatuso que Luiz cruzou mais que a Mia Khalifa.

    Yaya Tchetche que deu mais passe que em centro espírita.

    Thiniesta Santos que desarmou mais que operação da Policia Federal

    Moisés que deu mais assistência que a a Ossel em funeral.

    Willian be God nosso Luiz Soares melhorado.

    Meu destaque da Equipe Peruana é o volante deles que teve uma hora que deu um carrinho nele mesmo.





     
  • Às 4 de maio de 2018 15:38 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Jaílson
    Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa
    Felipe Mello (Bruno Henrique, Thiago), Tchê Tchê, Moisés e Lucas Lima (Yohan); Borja e Dudu.

    Titulares ABSOLUTOS: JAILSON, TCHÊ E MOISÉS.
    Titulares Relativos (até prova em contrário) : Edu Dracena, Felipe Mello, Lucas Lima e Dudu.
    Titulares eventuais (de ocasião): Todos os demais, inclusive os que não estão nomeados aqui.
    E.T. Tchê2 só funciona com Moisés e Moisés só funciona com Tchê2. Ou seja, a dobradinha criada por Cuca permanece indissolúvel.

     
  • Às 4 de maio de 2018 15:43 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Bem vindo brilhante PorKiDoido !
    Mas não seja pleonástico: Curintiano safado é pura redundância.

     
  • Às 4 de maio de 2018 15:47 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    E "curintiano safado roubou" é a redundância ao cubo.
    O exemplo maior de pleonasmo que todo professor de Língua Portuguesa deveria ensinar.
    Ganha até do "Lulla ladrão".

     
  • Às 4 de maio de 2018 15:50 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Sobre salvar ou prejudicar o Boca Juniors: NEM UM, NEM OUTRO!

    Temos que jogar para GANHAR (e bem) seja qual for o adversário. Precisamos ficar em PRIMEIRO LUGAR GERAL (cogito até usar meu AVANTI e tentar ir nesta partida).

    O Palmeiras NÃO PODE jogar para perder (exceto se for pra FUDER O CURINTHIA!).

    Só admito contra os imundos (ODEIO este time, porque morei na zona leste no período do calvário).

    Temos que vencer o Barranquilla. Dane-se o Boca.

    Quem nos garante que os LIXENTOS não podem pegar este mixuruca Barranquilla numa semifinal, porque o Verdao sacaneou e tirou o nojento Boca agora?

    Jogo é jogado.

    Vamos pra cima do Jr Barranquilla e garantir o primeiro lugar.

    Se lá na frente pegarmos o Boca, batemos neles outra vez.

    Ou, quem sabe, eles não cruzam com o CURICA lá na frente e vingam a final que perderam pros gambás???

    PALMEIRAS 5 X 0 Junior Barranquilla!

     
  • Às 4 de maio de 2018 16:26 , Anonymous MestredosMagos disse...

    CALMA CALMA.

    Lembro sempre de uma indignação do nosso Capitão Alcides.

    Porque o Palmeiras, vai técnico, entra outro e não temos a capacidade de golear nossos adversários quando já estão entregues em campo?????

    Tirando Luxermburgo, não me lembro de outro dos últimos 30 anos que tenha tido tanta vontade de impor goleadas aos adversários quando podia.

    Ontem era pra ter ganho de 5, 6, 7, 8, fazer HISTÓRIA e principalmente SALDO DE GOLS.

    Se fossem os veados ou os cornintiânus, com certeza a imprensa ia estar soltando fogos e por que???

    Porque esses times, quando tem chance dão cacete mesmo, veja por exemplo contra o Paraná Clube que jogou muito melhor do que o Laranja Lima jogou ontem. Os cornintiânus meteram 4 e não pararam, podia ser mais.

    Já o Palmeiras, senta em cima da bola e fica chocando jacaré, quando tem a chance de exterminar o adversário.

    Fala pra mim se não seria um Deus nos acuda, se o jogador deles tivesse acertado o chute de fora da área e feito o segundo gol???

    Não estou satisfeito não.

    Saudações.

     
  • Às 4 de maio de 2018 20:27 , Blogger Libertad disse...

    Kkkk.., revelando identidade, vc tá fraco na sua profissão de detetive.

    Apesar de jogar contra fraca equipe peruana, Tchê e Moisés deram mais qualidade ao nosso meio, e Hyoran tb foi muito mais participativos que L.Lima, salienta tb o que sempre tenho defendido, dois volantes e dois meias, congestionar o meio. F.Mello e B.Henrique não da certo dois lentos, eu iria com: Jailson, M.Rocha, A. Carlos, Dracena e Barbosa.
    Tchê, Bruno,Moises e L.Lima, Dudu e Borja.
    Podendo entrar Hyoran na de L.Lima, Keno na de Dudu e Willian na de Borja no andamento do jogo.
    Mas o pranchetinha não tem cunhões.
    Nei Verde

     
  • Às 4 de maio de 2018 20:36 , Blogger Ester Abea disse...

    grande Mestre dos Magos

    também acho que deveríamos golear mais, nao tirar o pé

    Uma curiosidade: diziam que o Flamengo de Zico quando encontrava um time fraquinho se esforçava mais ainda...o objetivo era passar gols na TV e também no documentário de futebol que passava antes dos filmes no cinema(quem lembra???) Isso trazia mais torcedores e a fama de "timaço". Bom marketing, embora o Flabosta sempre tenha sido ajudado
    Claro que o Flabosta (ou Globofla) nunca foi exemplo para ninguem

    Contudo, o grande Filósofo Chinês dizia que o homem superior nao despreza um bom exemplo só por ter vindo de um malvado... é um exemplo vindo de um clube imundo, mas o exemplo em si (golear) é bom
    Mais um adendo: Zico, além de craque é bom caráter

     
  • Às 4 de maio de 2018 21:39 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Concordo com o mestre dos magos, aliás já toquei neste ponto do saldo de gols várias vezes também.
    No Brasileirão então, faz falta, é o primeiro critério de desempate.

     
  • Às 4 de maio de 2018 21:54 , Blogger Ester Abea disse...

    concordo, grande Moises

    esses 2 sao os atuais maiores malas do OAV...ô povinho insosso

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial