Observatório Alviverde

01/05/2018

PARA AQUELES PALMEIRENSES QUE AINDA ACREDITAM QUE ESTE BLOG E ESTE BLOGUEIRO SOFREM DE MANIA DE PERSEGUIÇÃO!



Acabo de ler, sem crer no que li, que o ex-árbitro Carlos Eugênio Simon teria, finalmente, confessado um erro palmar de sua lavra quando do jogo Fluminense x Palmeiras pelo Brasileirão de 2009, anulando um gol legítimo de Obina.

Foi um dos maiores escândalos da história da arbitragem brasileira em todos os tempos, e a vítima, como é recorrente na história do apito, a Sociedade Esportiva Palmeiras. 

Assim como todos os árbitros useiros e vezeiros em prejudicar o Palmeiras, Simon obteve o seu butim.

Por obra (no sentido fétido da palavra) e (des)graça Simon tornou-se um soprador de microfone na Fox Sports, conquanto, reconheça-se, tenha entrado pela porta da frente, posto que é jornalista diplomado.

Ao se reportar ao fatídico lance em que tirou o Palmeiras, então sob Muricy Ramalho, da rota do título brasileiro e, concomitantemente, da Libertadores/2010, o gaúcho admitiu "ao vivo e em cores" para o Brasil e para o mundo que errou.

Foi mais além ao afirmar que resolveu anular o gol porque arrependeu-se de ter marcado e confirmado no lance imediatamente anterior, um escanteio contra o Flu que, segundo ele próprio, não teria existido.

Segundo as informações que obtive (eu não sabia da confissão de Simon) ele teria dito que "assumia o erro e que como havia ficado com a pulga atrás da orelha acabou dando "perigo de gol" como se diz em futebolês, nas oportunidades em que os árbitros resolvem anular um gol sem nenhum motivo que justifique a medida.

O lance ocorreu aos 29 do 1º tempo, e, perpetrado o abuso, o Palmeiras, infinitas vezes mais time, passou a ser terrivelmente prejudicado por infindáveis erros de arbitragem.

A partir do lance, emblemático Simon optou por uma arbitragem picada, assinalando tudo, o que via e o que não via, certamente  passando a beneficiar o time carioca, que, coincidentemente, estava ameaçado de rebaixamento. 

Na etapa final validou um gol do Flu (este, sim, irregular) marcado por Fred, assim: 

após cobrança de um corner a bola descreveu uma larga curva, ultrapassou totalmente a linha de fundo e ao cair na área sobrou para Fred que fez o gol que iniciou o processo de livramento (vergonhoso) do tricolor carioca, então dirigido por Cuca, da segunda divisão.

Mas essas coisas o Simon não contou e sobre as mesmas, seguramente, não vai se manifestar ou, sequer, mencionar uma única palavra. Será que um dia a consciência vai pesar e ele trará tudo à tona? Duvido!

Eu, particularmente, creio firmemente na culpa de Simon e não creio que haja a menor sinceridade neste ato de contrição interesseiro da parte de um dos mais facciosos apitadores da história da arbitragem brasileira, que se não foi o maior, está entre os maiores deles . 

Sei que ele até deve orgulhar-se disto, mas sou convicto de que sem o menor esforço, Simon entra facilmente, na lista dos Arnaldo(s) dos Gaciba(s), dos Márcio(s) Rezende, dos PCO(s) e de tantos outros, tidos e havidos como expoentes da arbitragem brasileira com passagens até por Copas do Mundo mas que, parafraseando Mário Vianna,  homem seriíssimo, o melhor árbitro de seu tempo, depois comentarista da Rádio Globo e ex-técnico do Palmeiras) não passaram de arrogantes, incompetentes e politiqueiros sopradores de apito.

De minha parte penso que Simon, ora em nova profissão, esteja -simplesmente- procurando aparar arestas e fazer média com a torcida do Palmeiras, a fim de aliviar a relação tensa que ainda existe entre ele e a comunidade palmeirense, mas essa é uma chaga, uma ferida que, dificilmente cicatrizará.

A sofrida torcida alviverde em cuja cara, até hoje, tantos velhacos da arbitragem sentem prazer em bater, definitivamente, não perdoa Simon por considerar que a anulação daquele gol transcende a condição de um  erro meramente casual de arbitragem.

Quem sou eu para julgar as intenções e atitudes de alguém, mas, houvesse um caráter de arrependimento da parte de Simon, ele, minimamente, devolveria o dinheiro referente aos danos morais que recebeu de Belluzzo.

A grande pergunta que me faço, sem encontrar resposta correta pois não sou advogado é esta:

Considerando-se tudo o que disse o ex-apitador, teria, ainda, o Palmeiras, pessoa jurídica, condições de processá-lo por perdas e danos morais e financeiros, tanto e quanto por outros ressarcimentos na justiça comum?

Parto do princípio de que Simon teria declarado que optou, isto é, fez questão de anular um gol legal e legítimo, praticando aquilo que a gíria futebolística chama de "lei da compensação",

Da mesma forma, também indago: 

Está prescrita a possibilidade de Beluzzo, pessoa física, mover uma ação de ressarcimento moral e financeiro, posto o prejuízo de que foi vítima, com a justiça obrigando o ex-presidente que concebeu a Allians Arena a pagar 40 mil reais por danos morais a alguém que tanto mal fez ao Palmeiras e a sua comunidade. 

Como não sou advogado, solicitaria aos bloguistas que como o nosso douto Verde Insuperável têm conhecimento na área jurídica que se manifestassem a respeito da pertinência ou não das ações e em caso positivo qual seria a chance de vitória!

Você é favorável a que Palmeiras e Beluzzo processem Simon?
COMENTE COMENTE COMENTE

PS - Comentem o fato proposto sem abordar questões de moral ou pessoais em relação ao Sr. Simon que, enquanto cidadão, até prova em contrário, merece nosso respeito. 
Este blogueiro não se responsabiliza e nem responde por exageros ou denúncias inverídicas, tanto e quanto por ofensas pessoais de nenhum blogueiro a Simon e a ninguém, cabendo o ônus da agressão a quem o perpetre e o ônus da prova a quem acusa, ficando os responsáveis sujeitos aos rigores das leis. (AD)

36 Comentários:

  • Às 1 de maio de 2018 03:42 , Anonymous Fabiano Calmon disse...

    O que ele assumiu eu
    , você e todos já sabíamos. Ele anulou o gol porque o lance surgiu de um escanteio inexistente. Errou duas vezes.

     
  • Às 1 de maio de 2018 08:27 , Anonymous Verdinha disse...

    O que adianta assumir agora quase 10 anos depois? O que isso vai mudar? Vai voltar o jogo? Já que é moda agora os juizeco voltar atrás do acontecido, vai voltar o lance? Com a subtração dos 3 pontos e agora essa mea culpa de meia pataca, o Palmeiras vai disputar a Libertadores de 2010 agora em 2018? Tudo cascata isso aí, tudo perfumaria barata, lero lero, o palmeirense nem pensava mais nisso, diferente de não lembrava. Segue o jogo. O Palmeiras foi tão e tanto prejudicado de lá pra cá que esse episódio acaba sendo mais do mesmo na nossa rotina de decepções arbitrais.

    PS:Como anda o comichão hein insuperável? Já sarou do comichão na rabiola da pipa?

     
  • Às 1 de maio de 2018 09:39 , Anonymous VICTOR TREDENSKI disse...

    O grande problema das autoanálises

    é que na maioria das vezes elas sempre chegam tarde

    no caso do simon, a demora foi tão grande que esse ''arrependimento'' tornou-se desnecessário

    quer saber, não é nem caso de autocrítica isso aí

    virou caso de saúde

    simon deveria procurar um médico

    está sofrendo de cinismo crônico

    essa ladainha agora de que ''errou', ''que ficou com a pulga atras da orelha''

    pra cima de mim? pra cima da grande parte da torcida?

    essa não colou e nem vai colar

    será que daqui a pouco PCO, o irmão do PCO, arnaldo, gaciba, o arbitro da final do paulista e tantos outros que prestaram um desserviço contra o Palmeiras

    também irão ao confessionário pagar os seus pecados?

     
  • Às 1 de maio de 2018 11:13 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos

    Infelizmente isso aconteceu também há 3 semanas atrás

    Mas tem "palmeirenses" que preferem culpar o futebol feio que o Palmeiras jogava sob Murici (e por Roger) como responsáveis

    Sao, infelizmente, massa de manobra ou da RGT ou do otomano gambá

    E TAMBÉM:

    Se a RGT decide há mais de 30 anos o Futebol Brasileiro(quem viu o jogo CAM X Flabosta em Goiania em 1980 sabe do que falo), há algo muito PODRE no Brasil
    E nao é só o PT...

     
  • Às 1 de maio de 2018 11:16 , Blogger Ester Abea disse...

    sugiro que estudem a Wikipedia: Antonio Gramsci, o italianinho que inventou parte disso

    o futebol é a cultura brasileira, se o CRF ou SCCP , times(apenas chamados) de massa ganham o povo fica(em teoria) feliz.
    Gramsci dizia que a esquerda tem que mudar a cultura de um país para ter sucesso...infelizmente já fizeram isso aqui...

     
  • Às 1 de maio de 2018 11:56 , Blogger Ester Abea disse...

    e o pior, segundo a cartilha de Gramsci:

    a. mude a cultura. No Brasil:

    a.1. aqui acham bonito as drogas. Ninguém pensou que o "direito" de usar drogas levará a grana para os vendedores(PCC, CV e FARC). Na cabecinha da brasileirada, drogas é um "direito", mas nao percebem que o tal "direito"é para dar grana para os bandidos. Entao, culturalmente defendem as drogas pois tiveram sua cabecinha modificada(cultura). E quem ganhará sao os bandidos.
    Gramsci chamava os que tem sua cabecinha modificada de idiotas úteis

    a.2 a RGT determina o resultado de Campeonatos. E há palmeirenses que acham que isso foi por causa de Obina, Mauricio(zag), RM, Egydio, Dudu ou qualquer outro. Nao percebem a manipulaçao...

     
  • Às 1 de maio de 2018 12:21 , Anonymous Anônimo disse...

    Fico imaginando, porque um (a) infeliz abre um computador, acessa a um blog para ofender outra pessoa. Essa tal verdinha só pode ser daqueles (las) com raiva da genitalia, quer constantemente estar machucando, esfolando seus orifícios íntimos, sei lá se é intimo!
    Sujeita (o) recalcado, bicha ao estremo, expulsa do mundo que cheira merda, viado porcalhão mal resolvido, vai transvestir e rodar bolsa infeliz, vai esfolar o fiofó.
    Tenho pena do blogueiro mor, aturar esses bestidades revoltadas.
    Bernardo Mucci.

     
  • Às 1 de maio de 2018 12:40 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Não sou advogado, mas a confissão de Simon sem dúvida é um "fato novo", gerador possível de uma nova ação ou de uma reabertura de ação.
    Se fosse o Belluzzo já estaria ligando para o advogado, afinal fica configurada a má-fé da parte na ação anterior.

     
  • Às 1 de maio de 2018 13:00 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Obrigado ao Cláudio pelo esclarecimento de onde partiu a matéria daquele vídeo.
    Vou dar uma olhada!

    Ero, ero, ero,
    RGT em desespero!

     
  • Às 1 de maio de 2018 14:09 , Anonymous observador disse...

    bernardo mucci é o insuperável viu gente eu observo e acerto

     
  • Às 1 de maio de 2018 14:16 , Anonymous pássaro verde disse...

    O amigo Moisés acha que que a Globo está preocupada mesmo com o Palmeiras? Você acha mesmo que os Marinho vão quebrar por causa do Palmeiras? Moisés, você é um dos poucos com credibilidade deste espaço, não caia na esparrela de insuperáveis, neis, tredensquis, elcios, esters e claudios da vida.

     
  • Às 1 de maio de 2018 14:57 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Boa tarde, amigo.
    Respostas:

    Sim, o Palmeiras é o único clube com força futebolística e financeira para estragar o plano da RGT de espanholizar o futebol brasileiro.
    Se você acompanha o blog faz tempo, já deve ter lido muito sobre isso.

    Não, os Marinho não vão quebrar por causa isso.
    Eles têm várias fontes de recursos.
    Mas a questão aqui não é somente financeira, é questão de respeito profissional.

    Obrigado pela credibilidade.
    Um abraço.

     
  • Às 1 de maio de 2018 15:11 , Anonymous Revelando identidades disse...

    Observador com certeza o Bernardo Mucci é o Insuperável

     
  • Às 1 de maio de 2018 17:06 , Anonymous Anônimo disse...

    Alcides, boa tarde. Apesar do tema específico ser “Simon”, a cirurgia ao nosso Palmeiras continuou anos após anos. Vamos esquecer o passado e apenas nos concentrar em 2018. Campeonato paulista, fomos rouba-los e garfados na final, na maior cara de pau dentro de nossa casa. E lembre-se, Palmeiras, com um elenco e time infinitamente melhor que todos, a campanha mostra esses dados. Libertadores, sem interferência externa, o Verdão se classificou para a próxima fase, com duas rodadas de antecedência, por sinal, num jogo histórico que entrará nos anais estatísticos do mundo da bola. Campeonato brasileiro, na terceira rodada, novamente fomos cirurgicamente roubados em casa, pelo trio, comandando pela RGT, que impediu que ficássemos com o mesmo número de pontuação do primeiro colocado. Adivinhe quem é? Todos sabem, imprensa, torcedores, RGT e FPF, que neste campeonato de pontos corridos, o Palmeiras é infinitamente melhor que todos. Os dados estatísticos estão aí pra confirmar. É só ver. É só analisar sem paixão. Mas o torcedor apaixonado fica cego, entra na onda daquela máfia e ao invés de cobrar os infratores, pilha o time, cobra o elenco e pede a saída do técnico. Como se nosso time fosse obrigado a jogar bem todos jogos vê-me deveria ganhar, por obrigação, como o jogo da Chape, onde fomos roubados em casa e nossa torcida não protestou. Apenas criticou o time e o técnico. A grande verdade, uma grande parcela de culpa desses roubos ocorridos é da nossa própria torcida que se omite no momento do crime e, ao invés de cobrar o infrator, cobra a vítima. Edmilson de Serra negra só

     
  • Às 1 de maio de 2018 18:19 , Blogger Ester Abea disse...

    grande Edmilson de Serra Negra

    pegou na veia...é isso mesmo!

     
  • Às 1 de maio de 2018 18:42 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Embora estava difícil comentar neste Blog, em face da invasão mau caráter de blogueiros imbecis que só se prestam para ofender as pessoas sérias que aqui comentam há anos, vou atender a sugestão do Blogueiro Maior e afirmar que o Palmeiras poderia propor ação de reparação contra Simon, por conta dos extensos danos causados, vez que, no caso, o prazo prescricional deve ser cobrado A PARTIR DA CIÊNCIA INEQUÍVOCA DO DANO, OCORRIDA AGORA, COM A "CONFISSÃO" DO EX ÁRBITRO. Pelo simples fato dele ter dito haver compensado um erro havido no escanteio, não marcando o gol legítimo !!! Inacreditável ! Cabe sim, portanto, processo do prejudicado, o Palmeiras. Por outro lado, com relação ao Belluzzo, a situação é distinta. Ele foi condenado por ter ofendido Simon com palavras consideradas impróprias. Com "a confissão" tardia do medíocre apitador, um pedido de indenização de Belluzzo seria improcedente, pois ele não tem legitimidade, como ex presidente do Palmeiras, ou seja, juridicamente não sofreu qualquer prejuízo, ao contrário do Clube. Essa é a minha opinião.

     
  • Às 1 de maio de 2018 18:43 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Embora esteja..

     
  • Às 1 de maio de 2018 19:01 , Anonymous Anônimo disse...

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

     
  • Às 1 de maio de 2018 19:09 , Blogger Ester Abea disse...

    caro Anonimo

    nosso Verde Insuperável só postou A PEDIDO do Camisa 10 Alcides

    Entenda que ele é um excepcional Palmeirense, enquanto muitos dos trollers que chateiam os mais velhos nao o sao. Alguns talvez nem palmeirenses sejam...
    ( nao tenho autorizaçao para defender o Verde Insuperável e ele, combativo como é, talvez nem goste disto). Mas sao os factos.

     
  • Às 1 de maio de 2018 19:16 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

     
  • Às 1 de maio de 2018 19:18 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

     
  • Às 1 de maio de 2018 19:42 , Anonymous Verdinha disse...

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

     
  • Às 1 de maio de 2018 20:11 , Anonymous Anônimo disse...

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

     
  • Às 1 de maio de 2018 20:37 , Anonymous Anônimo disse...

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

     
  • Às 1 de maio de 2018 21:52 , Anonymous Cleiton disse...

    Pior que o Palmeiras foi o Coritiba que foi rebaixado. Eles sempre dúvida, deveriam processar esse cara.

     
  • Às 1 de maio de 2018 22:07 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Verde Insuperável, por favor esclareça melhor.

    O Belluzzo não poderia reabrir o processo, já que houve má-fé do Simon?
    Não sou advogado nem conheço o processo a fundo, mas como leigo tenho essa sensação.

    Valeu, um abraço.

     
  • Às 1 de maio de 2018 22:17 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Amanhã tem Junior e Boca na Colômbia, uma autêntica final para os dois.
    Se o Boca perder, está eliminado.

    ¡Soy Junior desde niño!

     
  • Às 1 de maio de 2018 22:28 , Anonymous Zielony Nesuperebla disse...

    Fantástico Ester!
    Da margem pra muito questionamento, mas seu nível de consciência não te deixa ser presa fácil.
    Acredito e compactuo que há muito podre e cartas marcadas de acordo com o interesse.
    Esse mercado de entretenimento (futebol) é o que fará a rgt ter um pouco de sobrevida em suas receitas já decadente.
    Idiotas racharam o clube dos 13, e agora estão colhendo a discórdia.
    Vão lutar, e são capazes até de atrocidades para não perder o filé.
    Quem viver verá.

     
  • Às 1 de maio de 2018 22:40 , Anonymous alcides drummond, o editor disse...

    Moisés

    Um bálsamo a sua participação. Comungo de seu ponto de vista, sem, claro, duvidar do Insuperável que sabe mais do que nós.

    Também penso como vc e creio que em face de ter confessado que viu o pênalti e não marcou porque considerar que havia errado na marcação de um córner no lance anterior, configura uma explícita má fé.

    Se houve má fé confessa, o clube, como disse o Verde tem o direito a uma indenização e, por conseguinte, a obrigação de, embora tardiamente, requerer uma indenização.

    Em relação ao Beluzzo entendo que se trata de uma situação discutível e a ser analisada, porque ele gastou muito mais que 50 mil reais, entre o pagamento da ação perdia, honorários advocatícios, transporte e outras despesas.

    Quando, após muitos anos, alguém confessa um crime pelo qual outro está preso e cumprindo indevidamente uma pena, ele, ao ser solto, não pode abrir um processo contra o criminoso? Além disso não se capacita a exigir uma reparação pecuniária do estado por erro jurídico?

    Creio que, caso não seja mais possível processar Simon e ir buscar a multa da qual o ex-árbitro tanto se orgulhou por receber (é brincadeira!) no ano passado,Belluzzo poderia reivindicar uma reparação do estado em face do erro jurídico de que foi vítima.

    Insuperável: Desculpe-me se proferi algum disparate, mas é o meu entendimento.
    Abs (AD)

     
  • Às 1 de maio de 2018 22:46 , Anonymous Anônimo disse...

    Zielony

    Quem acabou com o Clube dos 13 a mando da própria Globo foi o Curica.

    A finalidade era a iberização, isto é, a espanholização) do futebol no Brasil fazendo do Curica um Real, do Fla, um Barça e do Bambi um Atlético de Madrid!

    Concordo (em gênero, número e gráu) com a sua avaliação. Abs (AD)

     
  • Às 1 de maio de 2018 23:08 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    O Belluzzo foi condenado porque proferiu injúrias verbais contra Simon. O fato de Simon reconhecer que errou não justifica a atitude de Belluzzo. Seria a justiça com as próprias maos. Se o juiz erra existem meios jurídicos para puni-lo, tal como o Palmeiras está fazendo agora com a final do Paulista. Em nenhum momento falou-se que o juiz roubou, e sim agiu de forma irregular. Entenderam ? Não é chamando o árbitro que errou de ladrão que alguém conseguirá reparar um erro. Existem meios, repito, jurídicos, para corrigir essa situação. Se sua mulher te trai, vc pede o divórcio e pode até requerer danos morais. Só não pode chama-la de prostituta. O Direito é difícil. Por isso há advogados e ADVOGADOS !

     
  • Às 1 de maio de 2018 23:18 , Anonymous Verdão disse...

    Assino embaixo Alcides. Venho falando exatamente isso é fui criticado pelo Sr. Nei e insuperável.. esse ano temos que focar na libertadores, pois o Brasileiro, assim como no ano passado ( em que fomos escandolasamente assaltafos em vários jogos, principalmente contra os gambas - vide levantamento da própria CBF) não deixarao a gente ganhar.

     
  • Às 1 de maio de 2018 23:23 , Anonymous Se aposenta insuperável disse...

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

     
  • Às 1 de maio de 2018 23:25 , Anonymous alcides drummond, o editor disse...

    Verde Insuperável

    De fato, o Belluzzo extrapolou, exorbitou e foi além dos limites, embora, reconheça-se, com justa razão, como os anos se encarregaram de provar.

    Entendo o que vc disse. Seria como se ele aplicasse uma surra no Simon e a justiça o condenasse por isto.

    Ainda que tenha ficado provado que ele pudesse ter razão, o fato de ter exagerado na surra fez com que ele fosse punido por isto.

    Foi julgada a agressão, não os motivos dela ou a razão de ninguém.

    Apesar da confissão de Simon, a punição a Belluzo foi decorrente da agressão e, como tal, é irrecorrível.

    Seria mais ou menos por aí? Abs (AD)

     
  • Às 2 de maio de 2018 01:02 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Entendido!
    Obrigado pela resposta.

     
  • Às 2 de maio de 2018 01:48 , Anonymous Edson disse...

    Dessa confissão, só tenho uma coisa a dizer. GRANDISSÍSSIMO FDP.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial