Observatório Alviverde

26/04/2018

BOCA 0 X 2 PALMEIRAS, O RESUMO DO JOGO.


Com duas rodadas de antecedência o Palmeiras foi o primeiro time brasileiro a se classificar para as oitavas de final da Libertadores/18.

A vitória sobre o Boca  por 2 x 0 magnífica, consagradora, épica foi limpa e incontestável 

Não há exagero nas exaltações ao Verdão, porquanto, em toda história da Libertadores, o Palmeiras é, apenas,  o quinto clube brasileiro a derrotar o Boca Júnior em plena Bombonera, um feito e tanto, por sinal!

Foi um triunfo inesquecível  outra conquista inolvidável do "Alviverde Imponente" que, com o resultado positivo de ontem, se habilita como o time brasileiro mais vencedor brasileiro dos jogos da "Liberta" realizados fora do Brasil.

Tudo isto nos enche de alegria e satisfação fazendo-nos  sentir orgulhosos de ser palmeirenses, até porque nestes dias tumultuosos por que passava o Verdão este blog levantou a sacrossanta bandeira da paz no elenco e do respeito ao treinador em face das circunstâncias traumáticas vividas pelo clube nos bastidores.

Com a colaboração ativa e efetiva de TODOS os que escrevem neste espaço, imensos palmeirenses, este OAV que, sei perfeitamente, é lido por alguns jogadores, fechou uma corrente mental positiva que, seguramente, ajudou demais nas posturas mental e espiritual da equipe em um ambiente inóspito como La Bombonera.  

Como dizia o verso de uma canção muito antiga referente à Seleção Brasileira "parecia até que eu estava em campo". E parecia, mesmo! Tenho certeza de que você que me lê também teve a mesma saborosa impressão!

Resumo, então, todo o meu sentimento em relação ao time numa única palavra, satisfação acompanhada por um muito obrigado ao elenco que conseguiu levar-me ao paroxismo da emoção.

Independentemente do placar obtido -amplo, em se considerando o Boca e La Bombonera-, confesso-me satisfeito e realizado, muito mais do que pelo resultado obtido, pela atitude dos atletas, pela raça do grupo, pela doação e entrega de cada jogador, pelo espírito de luta evidenciado por todos, pela determinação incrível do time e, sobretudo,  por algumas mudanças pontuais do técnico Róger Machado em termos táticos e de sua própria postura profissional.

Emoções à parte, e foram tantas as emoções de ontem que nos levaram às nuvens, é de bom alvitre que o elenco, festeje moderadamente o feito (os jogadores têm esse direito) de ontem, mas que fiquem por aí...

Que a rapaziada seja advertida de que "a máscara e a soberba" podem ser fatais em competições nas quais se enfrenta adversários pouco conhecidos (alguns desconhecidos) como aqueles que o Palmeiras pode e vai encontrar na próxima fase da competição.

Todo o cuidado será pouco para que se evite a decepção de uma desclassificação para a próxima fase da Libertadores...

A humildade e o trabalho têm de ser os maiores parceiros do Palmeiras, posto que a vitória e a classificação de ontem, não representam absolutamente nenhuma conquista, mas, exclusivamente, uma melhor perspectiva na competição que, repito, somente agora, chega às suas oitavas de final.

Do mesmo modo convém que se comente e analise os acertos e os erros de um time que, se esteve bem especificamente no jogo de ontem, não vinha tão redondo assim em seus últimos compromissos e pode-se dizer que ainda está longe da perfeição.

Eu  gostaria de, construtivamente, chamar novamente a atenção para dois aspectos táticos negativos que têm de ser corrigidos urgentemente, já há muito tempo apontados por este blogueiro e muitos bloguistas que frequentam este espaço, mas que somente agora foram detectados e discernidos pelos comentaristas, pelos experts e até pelos ex-jogadores invasores da profissão de jornalista esportivo.

O primeiro é a fenda existente pelo lado direito da defensiva palmeirense, justamente no setor de Marcos Rocha, exímio apoiador e um sofrível marcador, em que pesem o seu esforço e obediência tática.

Ontem o Palmeiras esteve ameaçado o tempo todo pela presença de Pavón, aberto pelo lado esquerdo do ataque do Boca por onde o time argentino criou as suas melhores jogadas.

O Palmeiras voltou a ser muito vulnerável no setor em razão de Felipe Melo e Bruno Henrique terem atuado novamente como vinham atuando antes do jogo contra o Inter, isto é, do miolo para o lado esquerdo da defesa, permitindo ao melhor atacante do Boca que criasse um número muito grande de jogadas que levaram extremo perigo ao gol de Jailson

Esse problema só foi solucionado com a entrada de Hyoran que guarneceu o setor e montou guarda em frente de Marcos Rocha dando-lhe sustentação, apoio e permitindo que Rocha até apoiasse em certos lances.

Róger Machado precisa repensar a marcação e as peças pelo lado direito do campo ou irá amargar maus resultados a partir dessa visível deficiência defensiva.

Outro aspecto importante é este:

de nada adianta a montagem de um time defensivo se ele não dispuser daquela arma letal denominada contra-ataque.  O Palmeiras não tem contra-ataque posto que seus atacantes são, muito mais, defensores.

Keno, Borja e Dudu são, muito mais, bem mais, defensores do que atacantes posto que Róger não tem conseguido montar um sistema de contra-ofensivas que preocupe o adversário.

Muitos hão de dizer que o Palmeiras teve uns três ou quatro contra-ataques letais, ao que acrescento que com um sistema de jogo mais bem pensado poderia ter tido o dobro e, até, o triplo. Contaram-se às dezenas as jogadas em que o Palmeiras roubava a bola na defesa e fazia o "bumba-meu-boi", isto é, estourava  em direção ao ataque onde não havia ninguém, só zagueiros adversários que retomavam a bola e voltavam a atacar.

Se Machado conseguir corrigir esses dois defeitos táticos crônicos muito visíveis e acertar um esquema para que Borja e Lucas Lima sejam mais bem aproveitados, aí, sim, os adversários (todos eles) sofrerão bastante para derrotar o time do Palmeiras.

FICHA TÉCNICA de BOCA JUNIORS 0 X 2 PALMEIRAS
Data: 25/04/2018, quarta-feira
Local: Estádio La Bombonera, em Buenos Aires
 
Árbitro: Roberto Tobar (CHI) - NOTA 9
Assistentes: Claudio Rios (CHI) NOTA 10 e José Retamal (CHI) NOTA 10
Cartões amarelos:  
Magallán, Nández, Pablo Pérez e Ábila (BOCA);
Marcos Rocha, Hyoran e Keno (PALMEIRAS)

PS - Repararam que quando o trio de árbitros não interfere o Palmeiras não perde?

GOLS DO PALMEIRAS:
Keno, de cabeça, aos 39 minutos do primeiro tempo; 
Lucas Lima, por cobertura, aos 21 minutos do segundo tempo.

BOCA JUNIORS: Rossi; Jara, Vergini, Magallán e Mas; 
Nández, Sebastián Pérez (Reynoso) e Pablo Pérez; 
Carlos Tevez (Walter Bou), Pavón e Ábila
Técnico: Guillermo Schelotto

PALMEIRAS: 
Jailson - Inseguro e indeciso no 1º tempo. No 2º, um portento. NOTA 8

Marcos Rocha - Cumpriu ordens e avançou pouco. Muito sacrificado pela falta de alguém para o primeiro combate em seu setor, ainda assim fez o cruzamento perfeito para o gol de Keno. NOTA 7

Antônio Carlos - Excelente atuação. Imbatível no jogo aéreo jogou com empenho, raça e determinação, tendo crescido demais com a chegada de Dracena ao time principal. NOTA 8.

Edu Dracena - Deu mais segurança a Antonio Carlos, devolveu confiança à defesa, cobrou muito dos companheiros de defesa e foi perfeito no jogo aéreo. NOTA 8.

Diogo Barbosa - Discreto mas eficiente, também cumpriu ordens e quase não avançou nessa tática de Róger Machado de defender com os laterais fixos e só avançando na boa. NOTA 7,5.

Bruno Henrique - Assim como Diogo Barbosa foi discreto e fez questão de não aparecer pra torcida. Igual a Felipe Melo lutou, se doou, mas parece ter cumprido ordens de ficar porque apareceu pouco como elemento surpresa e não chutou à média distância como de costume fazer. NOTA 8.

Lucas Lima - Primeiro tempo pífio em que ele não foi visto em campo. Segundo tempo bom com a marcação de um belíssimo gol de cobertura. Reitero que é um jogador mal aproveitado. NOTA 7,5

(Moisés) - Entrou para que Róger poupasse Lucas Lima e para ajudar na marcação, quando o jogo já estava decidido e a vitória garantida. Em relação ao ritmo de jogo, melhorou. NOTA 7.

Keno - Cumprindo ordens, recuou, novamente, demais e deixou de ser o jogador agudo que é, embora não se possa dizer que tenha atuado mal . Fez o gol  que abriu o caminho da vitória. NOTA 8.

(Hyoran) - Jogador novo e ainda imaturo que deve estar indo bem nos treinamentos. Róger fez bem em colocá-lo em campo, a fim de ir ganhando experiência NOTA 7.

Miguel Borja - Assim como ocorre com Lucas Lima, Borja é outro jogador a quem o esquema de Róger não tem feito muito bem. Valeu, como de hábito, pelo espírito de luta. NOTA 7,5.

(Willian) - Entrou em campo bem tarde, mas não se preocupou com esse fator jogando com muita disposição e até participando do lance que redundou no gol de Lucas Lima. NOTA 7,5.

A PERSONAGEM DO JOGO:   
Dudu -
Ainda sob o impacto de críticas imerecidas e de ameaças da parte de dois ou três insanos que se dizem torcedores palmeirenses, jogou bem embora sem o poder de decisão de outras vezes. Por sua raça, determinação e, principalmente, personalidade coloco-o como a personagem do jogo. NOTA 8,5.

O CRAQUE DO JOGO: 
Felipe Melo
Que raça, que disposição, que empenho, que categoria, que atuação. Ele foi, disparadamente, o melhor palmeirense em campo e merece o título de craque do jogo. NOTA 9.

Técnico:
Roger Machado -
Escalou bem mantendo os titulares. Precisa corrigir a falta de primeiro combate e a cobertura na lateral direita e habilitar o time para o jogo de contra-ataques, corrigindo os posicionamentos de Bruno Henrique, de Keno, de Dudu e de Borja, mas, principalmente o de Lucas Lima que tem de jogar solto como jogou no 2º tempo. Mostrou que sabe motivar o time no intervalo do jogo porque o Palmeiras, sem mudar uma única peça, voltou embalado para o segundo tempo e foi outro time em relação à primeira fase. NOTA 8.       (AD)

38 Comentários:

  • Às 26 de abril de 2018 07:29 , Anonymous Verdinha disse...

    Nenhuma palavra sobre a descompostura do tal nei verde?
    O cidadão escreveu que ofendi ele chamando-o de azedo.
    Além de nojento, hipócrita e asqueroso, é mimizento.

     
  • Às 26 de abril de 2018 09:02 , Anonymous Estela Arthur disse...

    Ainda tô esperando o insuperável vir aqui e pedir a cabeça do roger e falar de luxemburgo e outros bla bla bla, esperando também o tredensky vir aqui e ficar escrevendo com ar professoral que o técnico não presta e bla bla bla, esperando o nei alô nei verde, vir aqui e ficar falando cara de ovo chupa ovo xingar técnico e jogadores, esperando o sei tudo vir aqui com o seu idiota jogo de palavras escrever que o Palmeiras é futebol engana trouxa, esperando o Alcides também fazer sua mea culpa por que tem hora que critica o roger depois muda e elogia, sai do muro logo.
    Apareçam falantes, escrevinhadores de meia tigela.

     
  • Às 26 de abril de 2018 09:06 , Anonymous Estela Arthur disse...

    Se o time tivesse perdido, essas horas teria uma floresta de comentários xingando roger, pedindo fora roger, dizendo que fulano não joga nada e um monte de besteira. Tem gente aqui que vive da desgraça do time. Hipócritas.

     
  • Às 26 de abril de 2018 09:19 , Anonymous Elcio disse...

    Alcides, também percebi esse problema na lateral direita e estava tão claro e perdurou por todo o jogo que me pareceu estratégico.

    Em um determinado momento, passei a notar que o Marcos Rocha não encostava no Pavon, a marcação encima seria a única forma de evitar a quantidade de vezes que ele foi acionado.
    Mas não, o Marcos Rocha ficava sempre protegendo a entrada da área tentando evitar que ele entrasse driblando, algumas vezes conseguiu.
    O lado do campo foi deixado livre para o Pavon cruzar quando quisesse, isso me pareceu algo pensando.

    Provavelmente analisaram a estatura do time argentino e que o forte não era a bola aérea, e assim permitimos que eles fizessem isso, em vez de marcar encima e correr o risco de deixa-lo entrar na área livre após um drible, ficamos à distancia permitindo os cruzamentos.

    E assim, nosso Antonio Carlos brilhou!

    Esse é uma conclusão que tive, imaginando que não seria possível passar o jogo todo vendo aquele espaço livre dado ao Pavon e nada ser feito.

    O time fechou a entrada da área e deixou o Boca cruzar à vontade, me parece que essa foi a estratégia defensiva principal.

     
  • Às 26 de abril de 2018 09:22 , Anonymous Elcio disse...

    Gostaria de ver a estatística desse jogo só para ver quantos desarmes e interceptações fez o "lerdo" Felipe Melo.

    Teve um momento perto do fim do jogo que foram três interceptações, uma atrás da outra.


     
  • Às 26 de abril de 2018 09:23 , Anonymous Azedo disse...

    Tem gente aqui do blog que torce contra prá tá sempre "serto".

     
  • Às 26 de abril de 2018 09:24 , Anonymous Elcio disse...

    Pouco depois dele errar um passe que quase resultou em gol, não fosse o atuação impecável do nosso goleiro.

    Hoje, elogiado em toda Argentina, diga-se de passagem.

     
  • Às 26 de abril de 2018 09:31 , Anonymous Elcio disse...

    Off topics!

    O juiz que deu impedimento no gol de empate do Independiente contra os gambás, ontem ajudou os mulambos do Rio.

    Terminou o jogo quando o cara iria fazer o gol da vitória, "coincidentemente", outro Independiente roubado, dessa vez, o Santa Fé.

    Estamos de olho no apito!!!

     
  • Às 26 de abril de 2018 10:06 , Blogger Libertad disse...

    Alcides e amigos, ontem fizemos história!
    perfeito seus comentários, analise inteligente, esse resultado diante do todo poderoso da Argentina, dentro de sua caixa de bombom não poderia ser melhor, resultado excelente em todas as situações,jogo que vai para história, mas por outro lado também serviu para observar o quanto temos de falhas e posicionamentos errados, conforme você mesmo já comentou, num contesto tático tivemos mais falhas do que acertos, o que foi superado na raça, talvez pela situação da semana conturbada, pelos jogadores ter entendido a importância de vencer esse jogo, boba é boca..!
    Taticamente, em se falando de posicionamento nosso time assusta, o time esta errado da defesa ao ataque, ótima partida de alguns, outros não rendem o esperado, Felipe Mello joga demais com a bola nos pés, mas esta longe de ser um razoável primeiro volante, talvez ate pela idade, não tem mais recuperação, o lado direito de nossa defesa é uma avenida, do inicio do jogo ate a entrada do Hyoran, que depois deu alguma cobertura, precisa se urgentemente achar um posicionamento, um jeito de aproveitar as qualidades do F. Mello mas concertando sua deficiência que em muitas vezes é fatal, é o mesmo que cobrar do Marcos Rocha, uma boa marcação, não vai acontecer, o cara é ala, cabe ao treinador fazer o equilíbrio, tirar o melhor dele, outro posicionamento errado é os contra ataques puxados por Keno, todos sabem que 90% das vezes ele vai ganhar na corrida ou no drible, só que tem deficiência no passe, mas ninguém o acompanha se colocando bem, outra coisa erradíssima é fazer ele voltar tanto para marcar, sendo o jogador da velocidade, do contra ataque, do drible, quando do Palmeiras atacado tem que estar livre, solto para essa função, Lucas Lima e Borja, são outros que estão em funções erradas, suas qualidades sendo pessimamente aproveitados, Dudu tenta se superar, com raça, força, mas sua qualidade não é essa, resumindo o time esta manco, torto, não rende o que pode, e o que esperamos que possa render.
    Mas vamos torcer sempre para que essa pagina dos erros seja virada, com esse divisor de ter ganha o Boca em plena B.A, que Roger acerte e faça esse time jogar, e os jogadores entendam que botando raça e vontade em campo já é meio caminho andado, que a camisa que vestem é histórica. Ontem me lembrava de meu primeira libertadores em 1968 onde o Palmeiras fez a final em La Prata, e foi garfado diante do Estudiantes.

    Outra coisa, procuro sempre deixar bem claro, que minhas postagens são minhas opiniões, não são para agradar e nem discordar de ninguém, portanto respeite-as como respeito a dos outros, se você não entende de futebol, se limite apenas a ler, e o espaço foi construído pelo Alcides para cada um falar o que sente e o que acha sobre o Palmeiras, e quem qualifica o outro de azedo, não merece consideração nenhuma, e tem mais esse tipo de pessoas não faço questão nenhuma que leiam meus comentários.
    Nei Verde.

     
  • Às 26 de abril de 2018 10:07 , Anonymous Verdinha disse...

    Verdinha das7:29 não sou eu.
    Mas, concordo com o que foi dito.
    Profeta do apocalipse, esse Nei.

     
  • Às 26 de abril de 2018 10:11 , Anonymous Consertando 0 que foi dito antes disse...

    Flamengo não mostrou um bom futebol nesta noite, em Bogotá, contudo, conseguiu balançar as redes no último lance da partida. Geuvânio desarmou um dos defensores do Santa Fe, porém, antes de o atacante rubro-negro seguir com o caminho livre em direção ao gol e, posteriormente, marcar, o árbitro Daniel Fedorczuk, optou por terminar a partida, fato grande indignação por parte do time brasileiro.

     
  • Às 26 de abril de 2018 10:40 , Blogger Libertad disse...

    Como tem cabaços aqui, como tem inconsequentes, só porque ganhou do Boca acha que esta tudo certo, tudo correto, esquece tudo que a duas semanas atrás os gambas deram volta olímpica dentro de nossa casa, com 41 mil palestrinos de testemunhas vão aprender a conhecer futebol, conhecer o Palmeiras seus NUTELLAS, não retiro nada do que venho colocando, Felipe Mello tem muita qualidade no passe, e no desarme de meio campo, mas é lento e cobre mal, O cara de ovo só me provou ate agora que não é ruim, é péssimo, o técnico esta a quatro meses, e o time ainda não tem esquema definido, ganhou mas não jogou bem, esse time do Boca é um dos piores que vi, nossa vitoria foi mais de superação do que futebol, e graças também a ruindade dos argentinos, depois vem aqui com blá, blá, blá, gosto de discutir futebol com quem entende, fui claro..????

    Elcio, vc esta enganado, o juiz terminou o jogo quando o flamengo iria fazer o gol (normal, apitou antes da conclusão), e deixou de marca um pênalti claro para o S. Fé.
    Nei Verde

     
  • Às 26 de abril de 2018 10:40 , Anonymous Verde verdão disse...

    Agora esse nei vem com textão de Facebook? Poxa no post anterior só fez comentários sem pé nem cabeça, xingou a todos e agora vem escrever que o time foi bem e coisa e tal. No mínimo incoerente esse cidadão. Concordo com a Estela e com o verdinha. Tem gente aqui que chafurda na desgraça do Palmeiras só pra que suas previsões sejam confirmadas e apareçam aqui dizendo "tá vendo, eu disse" " conforme previ" " conforme antecipei" né sr....... Difícil acompanhar esse espaço ultimamente.

     
  • Às 26 de abril de 2018 10:46 , Anonymous Verde verdão disse...

    Discutir com quem entende de futebol. E você entende? O insuperável entende? O elcio entende? O tredesqui entende?
    Piada isso. Você só sabe xingar, criticar, colocar palavras de baixo calão aqui pra agredir os outros. Deixe de fora esse teu mal sentimento cara. Verdinha está certo: AZEDO.

     
  • Às 26 de abril de 2018 10:56 , Anonymous Anônimo disse...

    Verdinha, Estela Arthur, Azedo, Anonimo é o Élcio, invejoso ofende os tios insuperavel, ney etredensky.
    quer que eu prove? as únicas mulheres aqui sou eu e a fina tia Ester.
    Elaine Lara.

     
  • Às 26 de abril de 2018 10:56 , Anonymous Falo nada, só observo disse...

    O que tem de gente também que adora ver o circo pegar fogo aqui no blog, olha...

     
  • Às 26 de abril de 2018 10:59 , Anonymous Anônimo disse...

    Verde Verdão, mil vezes os tios do que vc! tu quer se aparecer no blog, insultando eles, quer ibope.
    Elaine Lara.

     
  • Às 26 de abril de 2018 11:34 , Anonymous Consertando 0 que foi dito antes disse...

    Elaine Lara. Mulher?
    Kkkk ok
    Conta outra tio Nei (Azedo).

     
  • Às 26 de abril de 2018 11:39 , Anonymous VICTOR TREDENSKI disse...

    Essa é para os haters do blog

    que me odeia, que odeia o nei, o insuperável, o elcio e tudo mundo aqui

    vou fazer uma pergunta pra voces

    sejam honestos intelectualmente pelo menos uma vez na vida

    já que voces entendem tudo de futebol

    cade a regularidade desse time em termos de futebol?

    hein?

    quantos jogos consistentes, estilo o de ontem, o Palmeiras fez até agora?

    jogou assim contra os bambis na primeira fase do paulista, contra o junior na estreia da liberetadores e contra os itaqueranos no primeiro jogo da final

    com o de ontem, 4 jogos

    os outros 20 que o Palmeiras fez no ano, me desculpe, mas o time bateu em bebado ou ganhou/empatou jogos sofriveis

    como na estreia contra o botafogo

    e domingo contra o internacional

    muito, muito pouco para o imenso investimento que o time fez

    minhas criticas sempre foram embasados nisso

    o roger mesmo tem que decidir se é esse estilo de jogo que ele quer

    não importando o adversario e o estadio

    ou se o esquema burocrático, ou burrotático

    que ele adotou na maioria dos jogos

    vamo lá pessoal, vamos fazer um exercicio de raciocinio um pouco e largar mão de ofensas gratuitas vá

    chega dessa palhaçada

     
  • Às 26 de abril de 2018 12:19 , Anonymous Elcio disse...

    Falha nossa.

    Ao ler um site da argentina sobre o jogo de ontem, notei uma noticia sobre o arbitro do jogo do Flamengo.
    Como havia duas menções sobre um pênalti e esse lance no fim do jogo, pensei que os dois se tratavam de favorecimento ao Flamengo.

    Agora buscando mais informações por aqui, vi que realmente me equivoquei.

    Obrigado pela correção.

     
  • Às 26 de abril de 2018 12:20 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos queridos


    hj é dia de alegria...
    vitória magnífica, se levarmos em consideraçao a sujeira do adversário, que nao hesita em usar a juizada suja, gás de pimenta, etc. etc etc.
    O Palmeiras nao teve medo, nem se encolheu

    Vamos ficar contentes!!!

    Claro que com nossa passionalidade nao podemos achar que somos a Seleçao 58, até por que há muito a melhorar.
    Todavia, assim como nos desanimamos com a final da infâmia, podemos nos animar agora

    Qdo o juizao-ladrao nao nos prejudica, mostramos força!

    Temos tudo para passar na CdB, melhorar no Brasileirao e aumentar nossa Coleçao de 13 Títulos Nacionais

    Na Libertadores, vamos adquirir confiança, e temos tudo para ganhar. Só nao ganhamos se aparecer um Ubaldo Aquino do STF...epa, do STJD...

     
  • Às 26 de abril de 2018 12:28 , Anonymous Elcio disse...

    Antes era o Insuperável que era o multi faces, agora sou eu?
    Vocês poderiam se decidir?

    Ou será que eu sou o Insuperável também? :)

    Meu login do google tem nome e sobrenome, não vou arriscar a coloca-lo aqui.
    Vou ter que continuar do jeito que está. :(

    Abraços ao ~!@#$%^& do Blog.

     
  • Às 26 de abril de 2018 12:33 , Anonymous Elcio disse...

    Ops...

    Não esqueçam!

    Prioridade é o Brasileirão, a qualquer momento podemos ser garfados, ou um jogo mal jogado e o ano vai para o brejo.

    Foco no Brasileirão.

     
  • Às 26 de abril de 2018 12:35 , Anonymous Elcio disse...

    E se tiver confronto com time brasileiro no mata-mata, juiz internacional.

    Caso contrario!!!!

     
  • Às 26 de abril de 2018 12:49 , Anonymous Claudio de MG disse...

    Boa tarde, Palmeirenses!

    Não vou entrar na celeuma em que se envolveu o Nei Verde (grande partícipe deste blog).

    Quero sossego. Por isto, moro na roça!

    Más, voltando ao Nei Verde, TATICAMENTE, concordo com tudo que ele escreveu.

    O resultado foi ótimo? SIM.

    É fácil vencer em La Bombonera? NÃO.

    O time está jogando bem? Também NÂO.

     
  • Às 26 de abril de 2018 13:13 , Anonymous Claudio de MG disse...

    Agora, meus comentários sobre o jogo (deixe o Nei com seus problemas, kkk).

    JAÍLSON, jogou muito. Tem uma elasticidade prá fazer defesas quase impossíveis que impressiona. Más ele sabe sair do gol? Não! Nem por isto, quero que ele vá para o banco. Apenas vejo que ele não é melhor que Bufon neste quesito.

    MARCOS ROCHA, Ótimo ALA!!! Aliás, porque este moço que bate tão bem na bola, não é o encarregado de cobrar os escanteios?
    Dudu e Lima cobrando escanteio é piada. Sr Róger não vê isto?
    Boa atuação do Rocha, que sofreu, sofreu e sofreu para marcar Pavon, o MELHOR JOGADOR ARGENTINO, atuando na Argentina, DA ATUALIDADE.

    ANTONIO CARLOS, não confio nada em suas espanadas. Más jogou bem. Ontem.

    DRACENA, como pode ficar tanto tempo na reserva?

    DIOGO, é bom lateral. Só isso. Se sair e jogar Victor Luis, não perceberemos muita coisa.

    FELIPE MELO, bom jogo porque ganhamos. Se tivéssemos perdido, ele seria CRUCIFICADO pelas duas ou tês entregadas RIDÍCULAS que fez durante a partida. Gosto muito do futevol e estilo aguerrido do Felipe, más ontem, se salvou pelo resultado.

    BRUNO HENRIQUE, fez bom jogo. Volante que joga com a cabeça erguida. É titular sim!!!

    LUCAS LIMA, foi salvo pelo LINDO gol! Partida discreta no primeiro tempo e um pouco melhor no segundo, quando o Boca abriu a "casinha". PVC (o Tubo de Esgoto da FOX) queria tirá-lo no intervalo. KKKKK. Róger não vai com a cara do Lucas Lima. Só pode ser.

    KENO, fez ótima partida até quando... Até quando.... O Róger celebrou o nascimento do promissor Hyoran. Coitado do Hyoran!

    Borja, é aquilo alí. Não fede, nem cheira. Más é "chato" e se der bobeira ele marca gol. Não sou do grupo que odeia este colombiano. Ele não sabe jogar bola. Fato! Más sabe muito bem encher o saco de zagueiros e se bobear, ele marca.

    DUDU, é raçudo. Dudu é raçudo. Dudu raçudo. Pronto, Dudu só é raçudo.
    Não fez um mal jogo, más também não brilhou, como dizem. Ele mata e atrasa muitos contra-ataques, más compensa na raça. Este jogador, não pode xingado por quem torce pro Palmeiras!

    RÓGER MACHADO, porque o Hyoran (que sequer foi inscrito no PAULISTINHA), no lugar do Keno (QUE ERA UM DOS MELHORES DO JOGO) estreou no Palmeiras logo contra o Boca Juniors, em pleno Estádio Lá Bombonera?
    RÓGER, qual a didática mundial que explica isto???

     
  • Às 26 de abril de 2018 14:10 , Anonymous Palmeirense Sincero disse...

    Tredenski azedo, Elcio azedo, Nei Verde então, ácido sulfúrico. Da Patota Pataquada só está faltando o azedissimo Insuperável.

     
  • Às 26 de abril de 2018 14:12 , Anonymous Palmeirense Sincero disse...

    Pra mim o insuperável nem palmeirense é. Sou sincero mesmo e falo na lata.

     
  • Às 26 de abril de 2018 14:27 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos:

    a. primeiro o mais importante: temos nosso grande Claudio, o moço de MG comentando. Alvíssaras!!!

    b. mesmo após um triunfo triunfal, temos pessoas azedas como o tal palmeirense sincero.
    amigo p. sincero:
    b.1 quem "fala na lata" geralmente esconde vontade de agredir...
    b.2 a tal Patota Pataquada é formada por Palmeirenses brilhantes. Elcio, Tredenski, Nei, Verde Insuperável são fenomenais
    b.3 pelo menos vc usou o termo "pataquada" que minha amada mamae usava...é um termo que nao ofende

     
  • Às 26 de abril de 2018 14:29 , Blogger Ester Abea disse...

    e mais:

    só imagino meu amigo Verde Insuperável ajoelhado perante sua chic TV de 65 polegadas...
    embora nao o conheça pessoalmente e nao sei como ele é visualmente:

    Deve ter sido épico!

     
  • Às 26 de abril de 2018 14:30 , Anonymous MestredosMagos disse...

    ALCIDES

    Baita texto.

    Porém há de se fazer uma colocação.

    O Boca esteve muito mais perto do empate, do que o Palmeiras do 2x0.

    O 2x0 esfriou o Boca.

    ISSO É FATO.

    Mas a Libertadores é assim mesmo. Um erro e coloca-se tudo a perder.

    O Palmeiras tem muito, mas MUITO MÉRITO na vitória.

    Mas taticamente ainda precisa melhorar muito. Como bem disse o Alcides, temos que acertar o contra ataque.

    Se o Lucas Lima fosse um Valdívia....

    Mas tá valendo. Acredito que com essa "folga " na Libertadores, o caminho está aberto para acertar o time e engordar no brasileiro e Copa do Brasil, este último com prêmio de 50 milhões de reais ao campeão.

    O resultado foi épico, histórico. Ficará para sempre registrado.

    Mas nosso ex-auxiliar técnico do Grêmio, ex-técnico do Galo, ainda tem muito a oferecer para ser considerado:

    TÉCNICO DA SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS.

    Saudações.

     
  • Às 26 de abril de 2018 14:40 , Blogger Ester Abea disse...

    quando lembro do Verde Insuperável lembro de algumas "marcas registradas"como exigir vitórias ou chamar alguém de homúnculo

    E é claro que homunculos nos remetem ao seu oposto: homens fortes, viris, machoes mesmo...

    E isso nos remete a quem???
    Eles, os machos de verdade!

    Imagino o K Fure(e seu amigo Tra Tra). Hj...devem estar batendo mais forte em lutadores de MMA só para esquecer do nosso triunfo triunfal.
    Tra Tra, o másculo e agreste Tra Tra, vai até colocar mais peso nos aparelhos, para aplauso dos machos de toda a academia. Tudo para esquecer que o Palmeiras ganhou...

    Nao seria melhor aceitar nosso triunfo triunfal?

    Afinal, até os machoes mais másculos e agrestes choram!

     
  • Às 26 de abril de 2018 14:55 , Anonymous Fã Clube Ester Abea disse...

    Ester, inteligente que é, poderia escrever aqui a marca registrada de alguns participantes do blog. Sou fã seu.

    No aguardo linda Ester.

     
  • Às 26 de abril de 2018 15:49 , Anonymous Boleiro disse...

    Sem muita firula, vou logo ao ponto.
    Temos bom elenco, sim temos!
    Temos boa administração, sim temos
    temos jogadores de qualidade , sim temos
    temos uns vovôs no elenco , sim temos! Aí é o ponto onde quero chegar!
    O Roger precisa ver urgentemente pois não da pra jogar com FM e BH juntos a partida inteira e ontem só não levamos gol porque o Boca tá meia , meia boca e esses juntando-se ao LL fica pior ainda e o time mal consegue armar conta ataque pois quem estaria pronto a isso tá la na área junto com todo meio campo.
    Já passou da hora do Roger mexer nesse maio campo pois qualquer formação com esses dois FM e BH não dá mais.
    Precisamos sim de um pitbull novo, mais marcador pois o FM parece estar com as juntas travadas e eu indicaria o Thiago Santos que muitos não gostam mas, já tivemos, Galeano, Tonhão, Ozéas e tantos outros caneludos que comiam a grama não com a técnica mas com raça, assim como acontece no rival e o resultado deles é o que vemos (claro tirando a ajuda externa).
    Palmeirenses assim como eu, não se engane , pois sinto exatamente isso lá no intimo pois o time vence mas não convence, e para quem já jogou futebol de campo como eu sabe do que estou falando pois sempre haverá um, dois, três carregadores de piano no time e se não houver não chegaremos a nada.
    Como pode LL não ter feito um gol de falta ou de chute de fora da área, que por um aborto da natureza aconteceu ontem por acaso, então como pode . Algo acontece claramente com essa formação atual do Roger que precisa ser mudada.


     
  • Às 26 de abril de 2018 15:53 , Blogger Libertad disse...

    Grande Claudio, bom telo por aqui, disse tudo, ótima explanação.
    Agora aguardamos o Insuperável e os outros catedráticos que ainda não postaram..!

    Em especial, gosto muito daquele uniforme que fomos a campo ontem, na camisa só falta o escudo original..!

    Alcides, vc lembra da nossa escalação na final da libertadores de 1968 contra o Estudiantes ?

    Ester, tirando esse negocio de Kifure e Trajano.., kkkkkkk, és sabia..!

    Nei Verde.

     
  • Às 26 de abril de 2018 16:52 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Boa tarde, Palmeirenses!


    PARA COMEÇAR, E LENDO ESSA BAIXARIA PERPETRADA PELAS FOFOQUEIRAS DE PLANTÃO, AVES DE RAPINA INVEJOSAS, QUE SÓ SABEM CRITICAR A OPINIÃO DAQUELES QUE TEM CÉREBRO DENTRO DA CABEÇA, E NÃO ESTRUME DE GALINHA, VOU COPIAR E COLAR O COMENTÁRIO DO GRANDE CLÁUDIO, SÍNTESE ABSOLUTA DO MEU PENSAMENTO SOBRE O JOGO DE ONTEM:

    Não vou entrar na celeuma em que se envolveu o Nei Verde (grande partícipe deste blog).

    Quero sossego. Por isto, moro na roça!

    Más, voltando ao Nei Verde, TATICAMENTE, concordo com tudo que ele escreveu.

    O resultado foi ótimo? SIM.

    É fácil vencer em La Bombonera? NÃO.

    O time está jogando bem? Também NÂO.

    A VITÓRIA FOI HISTÓRICA, DAQUI A CEM ANOS EU ESTAREI COMEMORANDO, MAS VAMOS ADMITIR QUE ESSE BOCA NÃO É AQUELE BOCA DE RIQUELME, SÓ PARA EXEMPLIFICAR.
    É UM "MEIO" BOCA, EMBORA LÍDER DO ARGENTINO DESFALCADO DOS CRAQUES DA EUROPA, TAL COMO SUCEDE NO BRASIL, MAS QUE MERECE TODO O RESPEITO, NÃO ME CABENDO TRATÁ-LO COM MENOSCABO.
    ENTREMENTES, NÃO HÁ COMO DEIXAR DE CONSIDERAR A VITÓRIA UM FEITO, MAS SEMPRE COM UM PÉ (PATA, PARA ALGUNS DAQUI) ATRÁS.
    ISTO PORQUE, LEMBROU BEM NEI, HÁ POUCO MAIS DE DUAS SEMANAS, OS ITAQUERINOS DO LAVA JATO DERAM A VOLTA OLÍMPICA NA NOSSA CASA, SOB OS OLHARES INCRÉDULOS DE 42 MIL PALMEIRISTAS, E O FIZERAM COM REQUINTES DE CRUELDADE, AO DECORAREM O NOSSO SAGRADO VESTIÁRIO COM TEMAS CORNUINTIANUS.
    QUERIA SABE QUAL O HOMÚNCULO, VIGARISTA E TRAIDOR, QUE FORNECEU AO HOMEM DA CARA MIJADA AS DIMENSÕES DAQUELE ESPAÇO ????
    SERIA ALGUM PILANTRA DA IMPRENSA ?
    OU ALGUM PAU MANDADO DO TURCO SABOTADOR ?
    ISSO TUDO FORAM FATOS QUE AINDA ESTÃO INSEPULTOS, ALIADO À NOSSA MEDÍOCRE PARTICIPAÇÃO NAQUELA FINAL, O QUE FAZ QUALQUER CABEÇA PENSANTE (aqui temos algumas, em meio a um punhado de retardados) CONCLUIR IRRETORQUIVELMENTE QUE O PALMEIRAS ESTÁ LONGE DE ESTAR PRONTO.
    VIBRAR INTENSAMENTE ? PODE !
    COLOCAR A MÃO NO FOGO PELO TIME ? NÃO PODE, A NÃO SER QUE O TEMERÁRIO CIDADÃO SEJA UM IMBECIL JURAMENTADO.
    DESSE MODO, MANTENHO MINHAS CRÍTICAS AO ROGER E, MENOS, AO TIME.
    PENSO QUE O ELENCO JOGANDO COM A VONTADE DE ONTEM PODE SER TREINADO ATÉ POR UM CONE, TIPO GILSON KLEINA.
    MAS QUEREMOS MAIS, QUEREMOS E VINDICAMOS TÍTULOS, REGULARIDADE, SEQUÊNCIA, EVOLUÇÃO E COMPROMISSO.
    E POSTURA TÁTICA DIVERSIFICADA.
    NADA DE SEIS POR MEIA DÚZIA.
    ISSO SE QUISERMOS SER CAMPEÕES DE TUDO. OU QUASE TUDO.
    DE FATO, ESTE ANO JOGAMOS MUITO BEM QUATRO PARTIDAS, AQUI JÁ MENCIONADAS.
    E PARA SER VITORIOSO DEVERÍAMOS TER SIDO PROTAGONISTAS, ATÉ AQUI, NO MÍNIMO, EM UMAS 8 OU 10.
    DAÍ MINHA CRÍTICA AO INSOSSO GAÚCHO.
    QUE AINDA CONTINUA À PROVA.
    SEU CONTRATO DE EXPERIÊNCIA ESTÁ PRESTES A VENCER.
    POR ORA, EU NÃO RENOVARIA.
    MAS POSSO MUDAR DE IDEIA DAQUI A DUAS SEMANAS, SE ENGATARMOS UMA FILA DE BOAS ATUAÇÕES ATÉ LÁ.
    ENTENDO DE FUTEBOL, COMO OUTROS DAQUI, E NUNCA ME CONTENTO APENAS COM O ANTEPASTO.
    PARA MIM, SÓ REFEIÇÃO COMPLETA.
    SOU, COMO TODO PALMEIRENSE, EXIGENTE E ENJOADO.
    MAS MUITO MACHO !


     
  • Às 26 de abril de 2018 17:17 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos e amigo Nei Verde

    a. Nei: se insisto nos machos K Fure e Tra-tra, é porque eles odeiam o Palmeiras...
    (mas até os brutos choram, eles devem estar chorando. Nao sei se abraçados, mas sabe-se lá)

    b. nosso Verde Insuperável, mesmo após o triunfo triunfal de ontem continua exigente...
    RM nao tem experiência para o Palmeiras, contudo foi bem até a final da infamia.
    Na Libertadores, torneio sujo, tem mostrado certo faro de campeao, haja vista o incrível gol que o moço argentino perdeu. E a substituiçao bem sucedida pelo insosso Hyoran, que taticamente ajudou o time...

    c. vamos acreditar...como diria o Professor Luxa(brilhante quando quer) : ainda tem muitas coisas boas para o Palmeiras

     
  • Às 26 de abril de 2018 17:37 , Blogger Libertad disse...

    Só posso dizer aos Nutellas, que leiam e releiam ate as tantas da madruga as postagens do Alcides, Claudio e Insuperável, se não entenderem, ai que o nosso comandante arrume um espaço para que se desenhe!!!

    Boa tarde!

    Nei Verde

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial