Observatório Alviverde

07/11/2019

CONTRA A ARBITRAGEM CONTRA O VAR E CONTRA TUDO O MISTO PALMEIRENSE DERROTA O VASCO E APERTA A GARGANTA DO FLAMENGO!


Falar o que desse apertado Vasco 1x2 Palmeiras? 

Que Mano errou em não colocar em campo o melhor time possível?  Fique bem claro que,  apesar da vitória ele errou e exagerou! 

Só que, a partir do momento em que o Palmeiras venceu o jogo, poucos tocarão nesse assunto.

Lembro-me bem, critiquei Felipão justamente por isso, muito tempo antes de Mister Jorge Jesus declarar em entrevista que sua filosofia de trabalho é diferente.

Ele afirmou que coloca seu time principal em campo em todos os jogos e só poupa jogadores em raríssimas vezes e em condições especiais. 

Assim que o português disse isso, parte da mídia que discursava diariamente, se dizendo favorável a poupar jogadores, mudou radicalmente de opinião.

Da noite para o dia, começou a destacar e a tratar  - subservientemente - o sistema do português, avaliando-o como algo inédito.

Jorge Jesus declarou que o seu time jogaria sempre com a melhor formação possível e repetindo as escalações em todos os jogos aos domingos e quartas-feiras.

Foi mais além e deixou claro que os jogadores descansariam nos dias de folga após os jogos, levando a maior parte da mídia a um orgasmo coletivo em pleno ar. 

Parecia que o português houvera redescoberto a pólvora!

A quase totalidade da mídia não apenas acreditou, como adotou e festejou a filosofia, muito mais velha do que o rascunho da bíblia, oriunda de um tempo em que se sabia de cor as escalações dos principais clubes brasileiros. 

Quanto a mim, a muitos do blog e a quem pensa e logo existe, todos nós já sabíamos da existência secular desse produto que Felipão, para fazer média com o elenco, insistia em não adotar. Daí decorreu a sua recente ruína!

Foi por isso que Scolari ganhou muito menos do que poderia ter ganhado em termos de títulos e conquistas. Não foi por falta de aviso!

Então, como não criticar Mano quando ele escala mistões para os jogos cada vez mais decisivos do Brasileiro? É mera questão de coerência!

Se ele poupasse três ou quatro titulares que manifestassem um maior desgaste físico eu até o elogiaria... 

Mas quando poupa desnecessariamente seis atletas, mesmo sabendo que a derrota ou o empate retiram o time da luta pelo título apenas porque ele almeja ganhar o "derby", coloca o clube desnecessariamente, sob a pesada, ponteaguda e mortal espada de Dâmocles. 

Especificamente no jogo de ontem ele sabia, perfeitamente, que não contaria com o seu principal líder e um seus dois únicos jogadores diferenciados em campo, Felipe Melo.

E a emenda acabou se tornando muito pior que o soneto, a partir do momento em que se soube que ele deixaria no banco o maior diferencial técnico de sua equipe, o atacante Dudu.

Para que se tenha ideia da importância desse jogador, foi preciso que Dudu entrasse em campo para que o Palmeiras se impusesse em campo e derrotasse o Vasco da Gama.

Se Dudu não entrasse em campo, apesar do time melhor, o Palmeiras dificilmente venceria o seu adversário carioca.

Há vários outros aspectos a serem destacados, mas prefiro destacar apenas estes:

Primeiro: o Palmeiras sem Dudu e Melo é um time comum e nada mais.

Segundo: a falta de atenção de Mayke no gol contra que "cometeu". Um profissional não tem o direito de errar uma bola daquela que podia por abaixo toda uma temporada. 

O lance, fácil, primário e elementar só requeria um pequeno toque de desvio para tirar a bola da pequena área e aliviar o perigo.

Além de Mayke outros jogadores também evidenciaram "deficit" de atenção entre os quais destaco Luan que quase entregou de bandeja  um gol para o Vasco.

Terceiro: Deyverson esteve bem, jogou com raça e teve participação decisiva no lance do primeiro gol, mas os melhores palmeirenses em campo, depois de Luiz Adriano foram Prass, Gòmes, Zé Rafael e Thiago Santos, este muito mais pela raça e disposição que evidenciou. 

Lucas Lima fez, finalmente, o seu primeiro gol no Brasileiro e até se esforçou mas o time só conseguiu se impor, de fato, em campo depois que ele saiu. Em todo o caso, LL  melhorou!

Quarto: A arbitragem do catarinense Rafael Traci,ontem em São Januário foi horrível e, como de hábito, em detrimento do Palmeiras. Não quero nem falar das seguidas faltas anotadas para o Vasco, a maioria delas ocorrendo apenas na cabeça um verdadeiro desastre do apito.

Seu maior erro foi não marcar um pênalti claríssimo sobre Luís Adriano, seguro na entrada da área e mantido preso por Castan até cair dentro da grande área vascaína. Esse lance sequer está sendo mencionado ou considerado pela mídia e fica como se não houvesse acontecido.

Em compensação, no lance do gol que decidiu o jogo para o Verdão, estão dizendo que houve falta no nascedouro da jogada.

Segundo o suspeitíssimo Sandro Meira Ricci, quando Luis Adriano roubou a bola na dividida com dois zagueiros, clareou o lance e finalizou com sucesso assinalando um gol de belíssima feitura, o palmeirense teria cometido uma falta logo no início do lance, o que, na realidade, jamais ocorreu.

O lance foi validado por Rafael Traci com a anuência da turma do VAR comandada pelo anti-palmeirense Heber Roberto Lopes, referendada pelo analista de arbitragem do Prèmiere,  Sálvio Spinola e, por incrível que possa parecer avalizada por Maurício Noriega que, finalmente, desceu do muro sobre o qual descansa há tantos anos para testemunhar sobre algo injusto contra o seu time de coração.

Paralelamente, na Globosta (com perdão pela expressão chula) o curicano/flamenguista Meira Ricci o mesmo que garantiu que houve falta continuava as suas diatribes venenosas contra o Verdão.

Querem outro lance? 

Dudu saiu em desabalada carreira da defesa para o ataque exercendo o domínio do lance e preparado para ir com tudo em direção ao gol. 

Danilo Barcelos, porém, o interceptou agarrando-o e impedindo-o de avançar em lance claríssimo de perigo de gol. Lance típico para cartão vermelho, mas o "catarina", outra vez, mais uma vez, afinou e mostrou só o amarelo.

De qualquer forma, restam o consolo e o lenitivo que o time venceu e que continua incomodando, não apenas o Fla, mas a torcida do Fla, às torcidas dos concorrentes, à maior parte da mídia e principalmente a Rede Globo de Televisão.

Um empate ou até uma vitória do Botafogo esta noite sobre o Fla são resultados difíceis de ocorrer, mas não são impossíveis.

Lembrem-se, todos, que o time de Jorge Jesus ainda vai se encontrar com o Grêmio em Porto Alegre, com o Vasco, com o Santos em Santos e contra o próprio Palmeiras no Allianz, para que se mencione apenas as camisas pesadas que o time de Jorge de jesus terá de enfrentar.

Se o Palmeiras, que também tem jogos pesados contra o Curica, Bahia (lá), Flu (Rio), Fla (Sampa) Goiás (Sampa) e Cruzeiro em BH conseguir manter o aproveitamento que tem tido neste Brasileiro,  poderá, perfeitamente, brigar pelo título.

PS- as opiniões dos participantes não refletem necessariamente o pensamento do blog e são da total responsabilidade de quem as escreve! (AD)

COMENTE COMENTE COMENTE


11 Comentários:

  • Às 7 de novembro de 2019 07:21 , Anonymous Justo e Franco disse...

    Aí vai o Sr Sandro Meira Ricci na Globo e diz que foi pênalti, o UOL coloca essa matéria em letras garrafais em seu site e isso torna-se verdade. Vontade que eu tenho é pegá-los na jugular deles.

     
  • Às 7 de novembro de 2019 10:01 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    RESPOSTA À UM COMENTÁRIO FEITO NA POSTAGEM PRECEDENTE:

    Caro "Amigo do Insuperável": Agradeço os elogios e as críticas.
    Concordo integralmente.
    Entretanto, tenho a ciência de que para "certos ouvidos toscos", nesse Mundo do Futebol, nem sempre é possível tocar o violino.
    É preciso um batuque, um tambor.
    Senão eles não escutam.

     
  • Às 7 de novembro de 2019 10:05 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Alcides, sua postagem de hoje tem muito a haver com o que escrevi no post de ontem, portanto, permita-me republicar. Segue:

    "Palmeiras venceu, mesmo contra a vontade do VAR.

    Esta é a grande verdade da noite.

    O árbitro central também não esteve bem, más este VAR fez de tudo para o Palmeiras não sair vencedor.

    Por que será que ele não viu o pênalti ou no MÍNIMO falta claríssima sobre Luis Adriano, a 30 CM da área vascaína (seria pênalti, pois começou fora e terminou DENTRO da área do Vasco)?

    Porque o lateral do Vasco não foi expulso, após agarrar deliberadamente o Dudu, em lance claro de chances de gol, uma vez que Dudu ficaria frente a frente com o goleiro do Vasco?

    Porque ele acionou o árbitro no final do jogo em jogada mais do que NORMAL dentro da área alvi Verde?
    O árbitro estava de frente para o lance e NÃO É lance para VAR, más ele chamou mesmo assim. Sorte que o árbitro manteve sua opinião .

    Este árbitro do VAR sempre detestou o Palmeiras e todo mundo sabe disso. Saímos vencedores hoje enfrentando todo tipo de dificuldades, então é pra enaltecer a dificil vitoria."

     
  • Às 7 de novembro de 2019 10:07 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Cláudio de MG7 de novembro de 2019 00:48
    Apesar da bela e sofrida vitoria, alguns jogadores foram MUITO mal. Mike, o PIOR de todos.

    Prass - 7 uma defesa salvadora. Profissionalismo exemplar.

    Mike - 0 (ZERO)

    Luan - 4 zagueiro mequetrefe mesmo. Não é digno de confiança. Sempre uma entrega.

    Gomez - 7 zagueiro seguro e sério.

    Victor Luis - 6,5 bom jogo. Merece mais chances. Fez muito mais que o sonolento DB.

    Tiago Santos - 6,5 a seriedade de sempre.

    Matheus - 6,5 alguns vacilos más depois se equilibrou no jogo. Boa partida e como Victor também merece mais oportunidades.

    Lucas Lima - 6,5 Foi burocrático, más fez um gol importante.

    Ze Rafael - 6,5 Se deixar de ser tão fominha e individualista pode ser muito útil. Tem alguns recursos. Bom jogo.

    Deyverson - 6 Dedicado e participativo. Acho que saiu por conta do cartão amarelo. Sorte nossa (kkk) más não fazia um jogo tão ruim.

    Willian - 6 partida discreta. Sempre acho que ele joga melhor quando vem do banco de reservas.

    Rafael Veiga - 5 Não comprometeu, más não gosto desse jogador.

    Luis Adriano - 8 É diferenciado. Entrou, deu lençol, passe preciso, gol e mudou o jogo. Foi o MELHOR em campo.

    Dudu 6 A dedicação de sempre. Poderia ter mandado um vascaíno pro chuveiro, más o Juizão pipocou. Sua entrada melhorou o time.

    Mano 5 - Brincou com fogo. Isso não se faz Sr Mano Menezes. A vitoria lhe salvou de uma rajada de críticas severas. O bom é que parece ser SORTUDO.

     
  • Às 7 de novembro de 2019 10:47 , Anonymous cansado desse blog disse...

    Saco cheio desse blog.

     
  • Às 7 de novembro de 2019 10:51 , Blogger Raphael disse...

    Bom dia,

    mais 3 pontos. Meta alcançada e time descansado para enfrentar os gambás.

    Não há desculpas para não ganhar esse jogo, é faca nos dentes e vamos que vamos.

    Atte;

     
  • Às 7 de novembro de 2019 10:56 , Anonymous Irmã da Josi disse...

    O que é pior?

    -O azedume do Nei.
    -A Arrogância do Insuperável.
    -A falta de humildade do Claudio.
    -Ou, o eu disse, eu sabia, eu previ do Alcides.
    -Ou os textos aguados da Ester.
    -Ou os idiotas, acéfalos, que participam só para ofender.

     
  • Às 7 de novembro de 2019 11:42 , Anonymous Primo da Verdinha disse...

    O Nei até que é bom comentarista, usa palavrões, xinga, ofende é verdade, mas não é arrogante, não é estúpido, não faz textões que ligam o nada ao lugar nenhum.
    Problema aqui é um personagem que escreve com vários nomes, se auto-responde e atacam jogadores gratuitamente.
    Pior que ele não sai do blog. Seria ótimo se saísse. Oxigenaria esse espaço.

     
  • Às 7 de novembro de 2019 11:45 , Anonymous Amigo do Insuperável disse...

    Ao Cansado do Blog

    Procure outro espaço. Há milhares Internet. Passar bem. Tchau.
    Irmã da Josi. Pior do que tudo é a sua constante crítica aos participantes.

     
  • Às 7 de novembro de 2019 13:12 , Blogger ester abea disse...

    amigos queridos

    a. para variar Tia Ester nao viu o jogo...CONTUDO: all is well when ends well, como falava Cheiquespire lá da roça. Mais 3 pontos para fungar no cangote do FlaVAR

    b. Pior mesmo irma da Josi/Josi é aguentar chatas que nunca, nunquinha, never , se dignam a escrever sobre o Palmeiras, clube que, talqual a RGT, detestam

     
  • Às 7 de novembro de 2019 13:29 , Blogger ester abea disse...

    aliás, pelos comentários e texto do Alcides, parece que:

    a. hontem o senhor Irmao Menezes cometeu um equívoco inacreditável: poupar 6 é demais. Será que os moços, todos atletas, nao aguentam 2 joguinhos por semana? Sao de vidro?

    b. quando o português, técnico sem história, falou que atletas devem jogar 2 vezes por semana a imprensa marrom teve orgasmos múltiplos? se retorceu de prazer? haja subserviência. O que ele falou é óbvio.
    b.1 hj Tia Ester está por aki com os lusos. A tal TAP ofereceu passagens pela metade do preço apenas ontem, e quando ligamos falaram que nao dava, pois o sistema(luso, certamente) nao conseguia emitir as passagens. Sujos, imundos.
    b.2 só nao entrarei na justiça por saber da fraqueza invencível dos togados pátrios...

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial