Observatório Alviverde

01/08/2013

A REDE GLOBO EXIBE PALMEIRAS X BRAGA PARA O BRASIL, MAS NEGA A IMAGEM AOS PAULISTAS. ATÉ QUANDO VAI CONTINUAR O DESRESPEITO?

 

É mesquinho, indigno, nauseante e asqueroso o comportamento daqueles que dirigem o esporte da Rede Globo!

A abominável Rede das novelas depravadas, a grande prostituta da comunicação brasileira - mais uma vez - esconderá o Palmeiras dos paulistas.

É mais uma semana sem Palmeiras, privando  (acreditem no que estou dizendo) a maior torcida do estado de São Paulo, de assistir ao jogo de seu time.

Tudo em função do faturamento do pay-per-view série B, versão 2013, que, segundo me contaram está igualzinho às camisas do Fla, dos Bambis e ao distintivo do Curintia, no vermelho!

Garantiram-me, não sei se é real, que incluidas as duas séries, a A e a B,as assinaturas estão em defasagem, bem pra cá de Bagdá!..Ótimo!

O rebaixamento do Palmeiras, quem não percebeu na época em que fomos expelidos da elite para a série B, teve um componente comercial marcante e acentuado, refletido na linha editorial e na conduta de todos os veículos do grupo..

A flagrante conduta de menosprezo e de completo abandono que a Rede Globo impôs ao Palmeiras em 2012, através de todos os seus segmentos midiáticos foi injustíssima e revoltante.

De uma forma criminosa, a Globo, além dos limites de sua influência, fez de tudo para rebaixar o Verdão. Os globais sabiam que era necessário um time grande para alavancar a venda de pacotes pay-per-view  da série B.

Para começo de conversa, entregou, com desdém, como se estivesse prestando um enorme favor ao Palmeiras, as trinta moedas “iscarióticas” dos direitos de imagem a um tardio traidor e destruidor do Clube dos 13, e recebeu nas mãos, em troca, o destino da SE Palmeiras.

A partir daí foi só buyiling, degradação e desmoralização em cima do Verdão

Confira:

Exibir os jogos do clube em canal aberto?

Não!

Nem na Globo, nem na Band ou em qualquer outro lugar…

Escondê-los no Premiere?

Sim!

O Palmeiras não pode renascer pois é o único clube que pode opor obstáculos à espanholização do futebol brasileiro com Flamengo e Cu-rintia, o maior objetivo da rede de televisão que escraviza o povo brasileiro.

Foi por isso que os globais iniciaram o processo de esvaziamento do Palmeiras em 2012.

Chegaram a alegar, na maior cara de pau, que o Palmeiras não tinha os seus jogos transmitidos em tv aberta porque não dava IBOPE!

Deslavada mentira, que os jogos da Copa do Brasil trataram de desmentir! E nem foram clássicos contra paulistas e cariocas, sendo que as finais ocorreram contra o modestíssimo Coritiba!

Ademais, se os jogos do Palmeiras não dão audiência, porque, então que a Globo proibe a Band de exibi-los em tv aberta e ao vivo?  Não é contraditória essa radicalíssima posição?

Em palavras mais fortes e verossímeis, é muita mentira, muito fingimento, muita hipocrisia?

Reconhecer o talento de um cracaço chamado Valdívia?

Nunca!

Ao Palmeiras é proibido ter craques!

Mas rotular Valdívia de cai-cai para condicionar os árbitros para que não sejam marcadas sobre ele as faltas em jogos subsequentes, sim!

Por isto os árbitros não marcavam as faltas sobre o jogador mais caçado do último brasileiro, até mais que Neymar.

De tanto apanhar, Valdívia ficou fora dos gramados por quase um ano, mas os globais, em vez de protestarem contra os abusos e blindarem o jogador, preferiam, desprezivelmente, chamá-lo de chinelinho.

Sempre!

Agora, “en passant”:

Recado a Arnaldo César Coelho, inventor e intérprete de novas regras de futebol a serviço de seus interesses pessoais e da tv:

Eu só não vou escrever o que eu penso a seu respeito porque você não teria alternativa outra senão a de me processar e eu correria o risco de ser condenado.

I-m-e-r-e-c-i-d-a-m-e-n-t-e!

Para os palmeirenses mais novos que desconhecem quem foi o simpático, cordato e angelical Arnaldo, eu informo

Ele foi um árbitro que subiu ao topo, apitou final de Copa do Mundo e construiu uma carreira vitoriosa, muito mais à base de política e relações públicas, do que, propriamente, por talento e capacidade.

O fato de frequentar Federações, Confederações e gabinetes o levou a ser amigo pessoalíssimo de João Havelange e essa amizade catapultou-lhe a carreira aos mais altos pináculos!

Tendencioso, malicioso, conveniente, ele mesmo contou na tela da Tv que apitou, nos primórdios de sua carreira, um jogo em Belém, Remo x Paysandu.

Após o jogo,  enviou à CBF um telegrama “via western” enaltecendo a própria atuação. Paremos “porrrraqui”!

É preciso dizer mais o que?

Velho inimigo palestrino, arrebatou-nos à mão grande o Brasileiro de 1978, ao expulsar injustamente o goleiro Leão e marcar pênalti contra o Palmeiras em simulação de Careca,então centro-avante do Guarani.

Esse lance a Globo não exibe nunca em sua programação, nem no Sportv ou Premiere, porque, por óbvios motivos não lhe interessa!

Por isso, o torcedor palmeirense daquela época que conheceu Arnaldo apitando, não acredita, hoje, em uma única palavra que ele profira quando o assunto é o Verdão.

Voltemos, agora, da oportuna digressão e coloquemos, também:

Foram aproximadamente 15 pontos aqueles subtraídos do Palmeiras na temporada passada e que causaram-lhe o descenso..

Todos, aliás, desviados de forma acintosa pela arbitragem inimiga, que recebia da Globo os “habeas corpus” necessários para apitar tudo contra o Palmeiras, nas mesmas proporções em que podia beneficiar Cu-rintia, Flamengo, Bambis, Flu e outros clubes de interesse que contavam com as benesses globais.

Sempre com o aval de Arnaldo, de Júnior, de Casagrande, de Caio, todos, coincidentemente, caroneiros da profissão de jornalista, mais o baixo clero dos canais satélites, Sportv e Premiere, que agiam e agem impunemente contra o Palmeiras,, acontecia assim: se o Palmeiras tivesse razão, silêncio, mas, em caso contrário, sob quaisquer circunstâncias, pau nele!

Nem esses comentaristas nem os ditos produtores globais encontravam nada de anormal quer nos pênaltis marcados contra o Palmeiras, quanto naqueles outros que os árbitros deixavam de assinalar em favor do Verdão, ainda que claríssimos ou escandalosos.

O STJD, principalmente através do procurador Paulo Shimidt, torcedor fanático do Grêmio, comandou o vergonhoso festival de denúncias e punições ao Palmeiras, clube que mais vezes esteve no banco dos réus em 2012, sem que a Globo fizesse, sequer, uma única crítica às arbitrariedades impostas ao clube.

Quando se referia a torcida palmeirense, os filhos da puta das redações globais exibiam imagens de porcos chafurdando em chiqueiros, como se todo o palmeirense fosse um animal, pensasse como os baixíssimos manchados, e se julgasse um porco.

Eu sempre respondia que aqueles porcos na lama e no estrume representavam mais os Marinhos, os Kamels, as Alices, os Schroeders do que a torcida palmeirense e o fazia porquanto essa gente da elite global, jamais se incomodou ou moveu uma palha visando a conter os abusos e desrespeitos perpetrados contra o Verdão.

Em outra instância, os suínuos representavam, principalmente, os curintianos, os sãopaulinos e os torcedores desonestos destes e de outros clubes, que ageiam e agem nas redações.

Covardemente, publicavam aquelas imagens de flagrante buyiling, com o objetivo precípuo de provocar a torcida, atacar-lhe a moral, destruir o moral dos jogadores e desestabilizar a equipe toda vez que entrasse em campo..

Infelizmente os homens que compuseram as nossas sucessivas diretorias nos últimos tempos, eram por demais pusilânimes. Jamais tomaram qualquer atitude ou providência pois se borravam de medo da mídia! Cambada de frouxos!

Omitiram-se de lutar pela causa de um clube que, seguramente, tem a maior torcida do estado de São Paulo.

Estou comprovando  tudo isso ”in loco”, nestas minhas atuais andanças e passagens por Campinas, Brotas, Rio Claro,  Pederneiras, Araraquara, São Carlos, Ribeirão Preto, Sertãozinho, Brotas, Jaú,Catanduva, Altinópolis e Rio Preto, cidades por onde tenho passado nos últimos dias.

Creiam, todos, a torcida do Palmeiras é gigantesca, assustadoramente grande, nas mesmas proporções de nosso maior adversário, o Cu-rintia..

Ouso afirmar que se os bambis houvessem sofrido a campanha midiática de desagregação, esvaziamento e desmoralização sofrida pelo Palmeiras desde que o extraordinário cronista alviverde Milton Peruzzi perdeu a força, eles sim, já teriam se transformado em uma Portuguesa.

Quando os bandeiras Braatz e Hausmann prejudicaram o Palmeiras contra o Cruzeiro, marcando, respectivamente, um pênalti em falta que ocorreu fora da área e um gol em completo impedimento, a Globo nada falou e, como de hábito, preferiu o silêncio e a omissão.

Quando Braatz disse aos jogadores que o Palmeiras era um time de merda, a Globo, novamente, se omitiu, quando deveria ter repreendido os dois auxiliares, cobrado uma ação moralizadora do STJD a ambos, dando a antender que eles, Braatz e Hausmann, sim, é que eram auxiliares de merda ou coisa assim.

Foram tantas as omissões, tantos “tira-teimas diferentes daqueles que se via na Fox Sports, que a Globo, na tentativa de detratar o Palmeiras, conseguiu desmoralizar até o equipamento que, hoje, perdeu, completamente, a credibilidade e a utilidade.

Lembro-me do dia em que o apresentador do Globo Esporte, aquele garoto chato, cujo nome não me lembro mais, por conta de quem parei, há anos de assistir ao GE, chamou Casagrande e Caio ao programa.

Atendendo ao pedido de muitos torcedores palmeirenses os comentaristas (?) Caio Ribeiro e Casagrande iriam analisar os lances em que o Palmeiras houvera sido prejudicado pelas arbitragens.

Ao final de situações revoltantes e escabrosas, Casagrande, mesmo sem mostrar-se muito feliz com que estava sendo obrigado a dizer, afirmou que, sim, em todos aqueles lances o Palmeiras havia sido prejuicado pelos árbitros.

Caio Ribeiro foi ficando em cima do muro, dizendo sim e não o tempo todo, sem se definir com clareza, como é de seu costume e feitio de personagem televisiva dúbia e tendenciosa.

Como o apresentador, lembrei-me agora do nome, Leifer, exigiu uma definição ele, apenas, aquiesceu com um gesto afirmativo de cabeça e um tímido sim.

Como é que a Globo mantem sob contrato uma personagem opaca, que jamais foi nada no futebol, senão um “medianão” que só foi bom nas categorias de base, para, depois, transformar-se em um jogador absolutamente comum?

Dizem que ele fala bem, mas fala mesmo?

Não, ele tem boa dicção e um português aceitável, mas,além da fala afetada por um horrível sotaque paulistano-italianado, aposto que não seja capaz de formatar um comentário mais extenso, provido de conteúdo, daqueles que exigem concatenação de idéias, vocabulário, estratificação de idéias e lógica sequencial.

Falam bem, sim, o Noriega, o Carmona, um pouco menos bem o Vilaron que melhorou demais em relação ao seu começo na TV, pois parece-me proceder da crônica escrita.

Porém, falando bem ou mal, sendo comentarista, celebridade e até mesmo ex-jogador ursupador de profissão, o fato é que os globais, com raríssimas exceções, têm representado um entrave na vida do Palmeiras, causando-lhe muito prejuízo.

É bem ao contrário do que fazem, atualmente, com os bambis, há 13 jogos sem vencer, que, em vez de ser criticados, são blindados pela mídia que pisa em ovos antes de criticar aquele clube.

Fosse o Palmeiras, o Verdão estaria, certamente, arrasado, desmoralizado sendo chamado, como adoram rotular, de Guarani da Capital ou de nova Portuguesa.

Quando o Palmeiras está na berlinda, só há comentários agressivos, lesivos e ofensivos, sem a menor preocupação em blindar ou salvar o clube, como a mídia, principalmente a Globo, vem procedendo em relaçao aos bambis, nestes dias.

Outro dia li, no blog de um componente global que a empresa jamais exigiu dele que fizesse tal ou qual comentário ou que seguisse esta ou aquela linha de pensamento.

Mas, precisa?

Nesta vida há certas coisas implícitas que nem precisam ser colocadas.

A necessidade de sobrevivência dos profissionais impõe-lhes a conivência e a conveniência de não abordar certos assuntos, ou, se abordá-los, colocá-los sob o prisma patronal.

Como se dizia em meu tempo de menino, corto o saco (o símbolo maior do machão que todos os garotos, naquela época, queríamos representar) se um único comentarista das Oganizações Globo for à TV, ao rádio, ao jornal, à revista, ou a Web e ousar tecer criticas à vergonhosa exclusividade global no futebol.

Da mesma forma, faria o mesmo se qualquer componente do esquema da Vênus Platinada viesse a público através de qualquer canal global ou outro, para dizer que a não transmissão do jogo do Palmeiras sábado contra o Bragantino em Tv aberta ou semiaberta é uma sacanagem.

Que é muita sacanagem, todos os funcionários globais sabem que é!

Eu, também, sei que é!

Você também, certamente, sabe que é!

A coletividade paulista inteirinha sabe que é!

Mas, então, quem haverá de denunciar?

Só este Observatório, mesmo!

COMENTE COMENTE COMENTE

NA TV

 

Palmeirense,

Não compre o pacote pay-per-view.

Assista ao jogo no bar, no cyber

Assista até na casa do vizinho.

Não dê dinheiro à Globo.

Eles estão cobrando pelo PPV série B

mais caro do que o da série A.

Escondem o time no Sportv e passam

para todo o Brasil, menos para o

estado de São Paulo.

É para forçar os palmeirense a

comprar o pacote da série B

 

Não faça papel de trouxa…

A Globo tem de respeitar o Palmeiras

e a sua torcida!

 

Mostre que você não aceita a

sacanagem global!

(AD)

Barra, 01/08/2013

5 Comentários:

  • Às 1 de agosto de 2013 11:41 , Anonymous Anônimo disse...


    As colunas especializadas na divulgação de audiência de TV têm omitido os dados da BAND para os jogos do Palmeiras.
    Teria algum motivo ou foi simples esquecimento?
    Já não são confiáveis e ainda esquecem uma parte.

     
  • Às 1 de agosto de 2013 14:45 , Anonymous Mário disse...

    Sr. Alcides Drummond, concordo em número gênero e grau com o Sr. mas sou muito Palmeirense e não consigo ficar sem assistir, tentei acompanhar pelo rádio e web, não dá.
    Conclusão, assinei o pay per view, infelizmente eles estão com a faca e o queijo na mão, mas no futuro espero que paguem pelo que estão fazendo e pode incluir desde o ultimo "Presidente da Republica" até esses comentaristas de m...

     
  • Às 1 de agosto de 2013 20:00 , Anonymous Marcelo I disse...

    Mário não faça isso, você está acomodado.

    Compre uma sky gato, como fiz. E quando não passa, assista na internet no site www.esportes.us. e se não der escute no rádio e depois assista no sporttv2 ou 3 que sempre passa o jogo.

    Pau no c. da globo, prostituta desde a ditadura. véia, véia...

     
  • Às 1 de agosto de 2013 22:14 , Anonymous Edson disse...

    A rede bobo é prejudicial ao cidadão em todos os sentidos.
    Eu não comprei o pay per view e vejo o Palmeiras em todos os jogos.

    Esse link colocado acima, funciona muito bem.

    Eu assinei um link (45 reais por cinco meses) e estou contente de deixar essa rede bandida de lado.

    Fora rede esgoto!

     
  • Às 2 de agosto de 2013 14:47 , Anonymous Bartolomeu disse...

    Façam como eu, comprem uma Sky gato, mas não deem dinheiro para os escrotos da Globo.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial