Observatório Alviverde

26/03/2015

ECOS DE UMA VITÓRIA SENSACIONAL! VOCÊS FALAM DO JOGO, EU, DAS REPERCUSSÕES!


Resultado de imagem para protegendo os bambis
A arbitragem protegeu o Bambi!

Não tem jeito, mesmo! As arbitragens continuam ajudando, descaradamente, os bambis! Não há quem mude essa rotina de favorecimentos -interminável- ao arrogante time tricolor.

A mídia, com as exceções de praxe, infelizmente, é conivente e consegue conviver, tranquilamente, e, por sinal, muito bem, com a patifaria...

E o faz pela secular omissão dos fatos negativos que ocorrem naquele clube, ou, pelo constante eufemismo que empresta a todas as ações e transgressões provindas dos representantes dessa agremiação.

Ontem, mesmo, colocaram amortecedores em tudo o que ocorreu em relação ao estremecimento claríssimo entre Ganso (a quem consideram craque, Valdívia, não) e Murici, fato gravíssimo e, jornalisticamente, muito relevante, por sinal.

Da mesma forma, não valoraram, nas proporções devidas e ocorridas,  o flagrante aborrecimento de Pato em relação ao treinador, ao ser substituído, subavaliando o fato sem dar-lhe a mínima importância.

Mudaram, completamente, o foco do problema, sob a alegação (conversa mole pra boi dormir) de que Pato teria se aborrecido com Tolói em virtude da expulsão. 

Cante-me, por favor, Edith Veiga, aquele velho bolero "Faz-me Rir", que eu quero, preciso ouvir ! Como se diz no mais castiço e autêntico sotaque nordestino, "préciso e nécessito"... 

HAHAHAHAHAHAHAHAHA. 

Agora, falando sério, imaginaram esses fatos se ocorridos no Palmeiras, na relação entre Oswaldo e os jogadores? Os homens da mídia, certamente, fariam um escândalo de proporções descomunais! 

Certamente insistiriam em repetir o assunto tanto e quanto o repórter André Hernan (ele caiu, demais em meu conceito, pois o tinha como exceção) em relação a Dudu...

Insistiu (três o quatro vezes) em querer obter de Dudu uma confissão de que o palmeirense bateu em Tolói e que, também, deveria ser expulso. Será que nos breves intervalos entre as matérias ele tentou, também, obter por escrito? 

 Será que havia tanta necessidade, assim, de encontrar justificativas para um time que não jogou, absolutamente, nada, não viu a cor da bola e pouco passou do meio de campo?

Em suma, a maioria dos jornalistas parece acreditar no mito, no conto, na lenda, narrativa, na "estória" cabulosa e fantasiosa que a própria classe concebeu, um  factóide segundo o qual o SPFC, clube muito mais novo e de muito menor tradição, teria ultrapassado o Palmeiras e possui a segunda maior torcida do futebol paulista.

Isso contraria, frontalmente, a história do futebol e a lógica dos fatos, colocando, indevidamente, os bambis em posição privilegiada, mas, que, na realidade, eles não ostentam no cenário esportivo. A partir do falso mote, fazem tudo e vale tudo pela -fantasiosa- segunda audiência!

Os números recentes do novo Palmeiras, reagrupado e reciclado por Nobre, comprovam a deslavada mentira midiática de que o clube é vítima e, que, à boca da mídia, acabou virando mais do que uma "verdade", um dogma! 

É uma verdade tão verdadeira quanto aquela que o cronista palmeirense (?) PVC (vaza, tio) quis emplacar, segundo a qual a maior rivalidade do futebol paulista era entre Bambis e Curicas, no que foi desmentido, veementemente, na lata, na cara, por Vampeta e pagou um dos maiores vexames que já vi em TV!

Plantada e cultivada, anos a fio, essas mentiras estiveram, sempre, respaldadas e justificadas por pseudopesquisas, todas elas parcialíssimas, dirigidas, nenhuma confiável, cujos resultados, repetidos à exaustão em consonância com os ensinamentos e as recomendações nazi de Joseph Goebells geraram o ambiente atual do futebol paulistano e paulista.

Infelizmente, a maior parte dos jornalistas e dos meios de comunicação continuam tratando o Palmeiras como clube pequeno e inexpressivo, uma espécie de "patinho feio" do futebol paulista. 

Em razão disso, o clube continua sendo alvo de um tratamento vil, discriminatório e persecutório, indigno, e, incompatível com a sua grandeza.

 ==========================

Ontem, tão logo começou o "choque-rei", os bambis já roncavam grosso, dispostos a dar as ordens no terreiro.

De cara, arreganharam os dentes e mostraram as unhas, pondo em prática a melhor tática, digo, prática de Murici, a violência!  Lembram-se de Pirulito e Miranda, que tinham "habeas corpus" para bater? 

Toda a mídia sabe que isso existe -sempre existiu- mas não tem peito e coragem de denunciar ou criticar! Passa, sempre e como de hábito, em branco! 

Acontece que o São Paulo tem por norma reclamar dos profissionais da imprensa que o criticam e muitos temem pelo próprio emprego.

Escorregadios, convenientes, omissos, para que não os chamemos de tíbios, inseguros, medrosos e covardes, os jornalistas que ouvi, ontem, mais uma vez, comentaram o efeito, mas omitiram as causas pretéritas do lance que precipitou, a expulsão do violento zagueiro Tolói, logo aos cinco minutos.

A onze segundos de jogo (vou repetir, porque é muito importante, onze segundos), os bambis inauguravam o clássico com uma falta desclassificante sobre Dudu, digna de ser transcrita no "Livro dos Recordes".

Jogador franzino, de 1,66 m, os bambis sabiam, que o velocíssimo Dudu poderia ser ou fazer a diferença no clássico. Estavam certos. 

Talvez por isto procuraram fazer dele o Valdívia da vez, tentando anulá-lo através da  atemorização, das botinadas e da violência.

Menos de trinta segundos após a primeira entrada, criminosa, que exigia um cartão, ao menos amarelo (naturalmente não aplicado), o mesmo Dudu era, novamente, vítima de outra entrada cavalar, sem que o árbitro, novamente, sequer se  manifestasse ou a mídia denunciasse.  

Concluí, então, que tudo aquilo estava reservado a Valdívia, houvesse, ele, entrado em campo para jogar o clássico! 

Menos mal que ele tenha viajado com a Seleção Chilena e ficado fora do tatame, digo, do gramado da Allianz Arena que os bambis transformaram em um autêntico ringue!

Era a vetusta e manjada tática da atemorização, rotina, na carreira do festejado Muricy Ramalho, glorificado pela imprensa por ser o técnico que inaugurou todas as temporadas da covarde caça ao chileno...

Com o apoio e sustentação do "microfone amigo" (ele existe, também e seu maior adepto é o próprio criador da expressão congênere, "apito amigo"), Murici continua posando de bom moço, de ético, de profissional...

Seu trabalho é realçado, exaltado e celebrado pela unanimidade da crônica paulistana, que fecha, propositalmente, os olhos à realidade de fatos gravíssimos, mais na cara do que barba ou bigode, que nunca são divulgados. 

Cadê, eu pergunto, a personalidade e o profissionalismo dos narradores, comentaristas e repórteres da televisão para repudiar, ontem, no ar, o início feroz, desequilibrado e truculento do time de Muricy? 

Deixaram-na em casa ou o gato a comeu? Nem registrar a violência dos bambis, tiveram coragem de fazer!

Ninguém disse nada, absolutamente, nada, que condenasse as duas faltas violentas de início de jogo, que, aliás, deram o "start" à onda de violência tricolor, diante da "blitz" inicial do Palmeiras.

Não houve qualquer observação ou crítica aos jogadores faltosos ou qualquer reprimenda à omissão do árbitro. A mídia tratou os fatos, gravíssimos, como dois lances normais de jogo. Não eram!

Na contramão da honesta, necessária e impositiva crítica aos dois primeiros transgressores do jogo, e ao árbitro, fraco disciplinarmente, taparam o sol com a peneira e, como de hábito,  mudaram, incontinenti, de assunto, somente porque a violência partiu de jogadores do "soberano".

O que eles não esperavam -nunca, jamais e em tempo algum- é que a atitude de violência dos são-paulinos, viesse a se tornar o estopim da bomba que seria detonada logo aos 6 minutos com a expulsão correta, justa, perfeita, e merecida do corpulento zagueiro Tolói.

Da mesma forma, eles também não esperavam que o Palmeiras entrasse em campo com tanta disposição para o jogo e nem que abrisse o marcador tão rapidamente.

Foi um golaço em que Robinho, inteligentíssimo, no melhor estilo do craque emergente que é, antevendo a perspectiva de gol pelo mau posicionamento do goleiro de hóquei, surpreendeu-o com um arremate distante e preciso. 

Assisti ao jogo pela Band, tendo o prazer de ouvir, finalmente, um bom relato de Téo José. 

Apesar de algumas pequenas recaídas de excesso de comentários em detrimento da identificação dos jogadores, parece que, finalmente, Téo está conseguindo parar de fazer rádio em TV. Será que, finalmente, aprendeu?

Mas, ao mesmo tempo, tive o desprazer de ouvir -compulsoriamente- analfaNeto, um madman antipático, incoerente e inconsequente, medíocre legado de Milton Neves a todos nós, pobres e indefesos espectadores.  

Pela importância exagerada que, inexplicavelmente, a Band empresta ao medíocre huno-comentarista (?) invasor da profissão -retrato fiel, nu e cru, da incompetência dos obscuros visionários filhos do brilhante Sr. João, o maior empresário do ramo no Brasil a sua época- ele deve estar vendendo muita publicidade. 

Só isso pode explicar semelhante fenômeno da insistência com um funcionário, cujo nível intelectual é inferior a 70% ou mais do público para o qual fala!  

Sou convicto de que Neto não é curintiano, mas, sãopaulino de corpo e alma, em função de seus visíveis incômodo e aborrecimento, muitas vezes dissimulados por mofa, quando essa equipe joga mal ou é derrotada. Ontem, outra vez, não foi diferente!

Em todas as suas participações, a partir da vantagem palmeirense e da expulsão de Tolói, fez questão de insistir e bostejar que Dudu (a vítima) deveria ter sido, também, excluído do jogo. 

Alegou uma cotovelada (de fato, houve, mas como eles adoram afirmar em lances semelhantes, quando favorece os bambis e gambás sem gravidade ou força suficiente para molestar o gigante Tolói) sem mencionar, nunca, o atropelamento e o castigo de que, desde o início do clássico, foi vítima o mignon jogador palmeirense.

Da mesma forma, ele, sequer, abordou a caça perpetrada, a partir da expulsão de Tolói, pelos jogadores são-paulinos a Dudu, despeitados e inconformados com a expulsão isolada do companheiro e a consequente permanência do palmeirense no campo de jogo.

A partir daí, a qualquer entrada mais firme de jogadores palmeirenses, ainda que direcionada à bola, ele reivindicava o cartão amarelo, agindo descaradamente e sem o menor pundonor, como se fora um torcedor ao microfone! E era!

Sem nenhum motivo aparente, desandou a criticar Valdívia usando de anteparo alguns elogios insinceros ao time, tendo agido assim, falsamente, de forma reiterada em várias participações. 

Chegou ao desplante de sugerir à diretoria do Palmeiras que não renovasse com o chileno, porque, segundo ele, o time está pronto e não precisa do Mago! Como ele e a maior parte da mídia sonham em ver Valdívia longe do Palmeiras!

O que Neto se esquece é que tudo o que ele "sugere e aconselha". no ar ou fora do ar, de viva voz ou por escrito, o Palmeiras terá, sempre, de agir na contramão. Afinal, o Palmeiras não irá, nunca, fugir do inferno se der ouvidos a Satanás!

Quando Ganso, aos 31 minutos, simulou ter sido agredido por Dudu (o palmeirense era a bola da vez) Neto ficou calado e não propôs nenhum cartão ao ou tipo de punição sãopaulino.

Aos 42, quando foi desarmado -na bola- por Vitor Hugo, Alan Kardec também simulou ter sido agredido. O que disse Neto? Simplesmente, nada!

O auge do torcedor Neto, sinal revelador de seu, literalmente, "sãopaulicinismo", ocorreu quase que ao final do primeiro tempo quando ele, contrariado e irritado proferiu a seguinte "pérola": "o que me deixa incomodado é que Paulo Ganso está jogando atrás, como se fosse beque. Assim não vai fazer gol, nunca! De fato...

Aos 45, Dudu desarmou, limpamente, Kardec e ao sair para o jogo, foi seguro, por trás em lance passível de cartão, mas, Neto, simplesmente, ignorou! Sequer tocou no assunto! 

Aos 9 do segundo tempo, Dudu, equivocadamente, montou em Edson e até merecia o cartão amarelo, mas Neto estava tão anestesiado e revoltado com o resultado do jogo que passou em branco e nada registrou! Quanta incoerência!

Aos 21 minutos, Neto teve a hombridade de registrar o pênalti escandaloso de Edson sobre Dudu que o árbitro, a três metros do lance, covardemente, fingiu que não viu. Se foi para o Palmeiras e Neto admitiu, então foi, muito, pênalti!

Quando Michel Bastos entrou com violência desproposital contra Arouca e foi expulso, ele não contestou. Era só o que faltava! Mas, da mesma forma, ele não carregou nas críticas à atitude criminosa do sãopaulino. Mudou logo de assunto, como sói, sempre, acontecer!

A partir daí, não houve mais audio na transmissão da Band, porque virou uma espécie de tribuna particular, um feudo de Neto. Em vez de Téo narrar o jogo, passou a atender supostos telespectadores que faziam perguntas sobre o jogo. 

Coincidentemente, depois de tudo o que Neto já houvera falado contra Valdívia, um despropósito, um exagero, inexplicavelmente, a produção ainda selecionava perguntas sobre o Mago.

Isso permitia a Neto continuar lançando as maiores e mais inconsequentes diatribes sobre o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro, que deixa de sê-lo a partir do momento em que comete o crime e a leviandade de jogar no Palmeiras. 

Num determinado momento, Neto falou, por quase três minutos, que o Palmeiras não pode depender só de Valdívia,  e redescobriu a fórmula da pólvora, com a qual quer explodir o chileno. 

Como se dizia à época dos militares e se pode dizer, igualmente, nos dias de hoje, "a crise é de caráter!"

Para encerrar, como acreditar na seriedade ou na competência de Neto, que, num determinado momento da transmissão, teve a coragem de dizer em rede nacional: 
 "Alô Ceará, alô Fagner, o maior cantor deste país"!  Nem em altura!

Depois dessa, só, mesmo, desligando o televisor! (AD)
--------------------

FALE, AGORA, VOCÊ,  SOBRE O CLÁSSICO E A RESPEITO DO TIME! 

Quem assistiu ao jogo no Pay-Per-View ou na "Soberana", isto é, pela Globo, comente sobre a atuação dos seus profissionais.

Tenho a impressão de que voltaram para a casa desacoroçoados e, como se diz no interior, "vendendo azeite"!

Amanhã falo sobre o time!

COMENTE COMENTE COMENTE

PS: Desculpem-me. Por problemas pessoais, só pude postar agora! 

17 Comentários:

  • Às 26 de março de 2015 19:17 , Anonymous COMENTÁRIOS REPUBLICADOS disse...

    MARCO, repasso seu comentário.

    Às 26 de março de 2015 00:39 , Anonymous Marco disse...

    André Hernan, repórter pilantra.
    Não se conformou com a expulsão do Tolói e foi pressionar até o quarto árbitro no intervalo.
    Isso sem falar nas entrevistas, todas querendo tumultuar.
    No pós jogo, volta a insistir. Entrevistou o Dudu três vezes.
    Noriega, continua o mesmo, personalidade fraca. Não teve coragem para falar da penalidade.

    Ótima vitória, mas que também serviu para ver que na fase final vão pegar pesado. A pressão para o Palmeiras não chegar será grande.

    E o goleiro cênico? espero que continue jogando por mais uns dez anos.

    COMENTÁRIOS DE VIM E VENCI
    Às 26 de março de 2015 06:20 , Anonymous VIM E VENCI!! disse...

    Em entrevista a JP o técnico Muricy disse ao repórter que vocês "imprensa" o induziram a pressionar arbitragem pelo lance do Dudu, que ao ver no celular as imagens não achou lance de má fé e muito mais expulsão, lance casual e sem intenção. Com este dizer "matou a pau" a imprensa tendenciosa e desonesta e mais uma vez mostra sua honestidade e transparência nos fatos, longe de muitos que se omitem e não dizem tão somente a verdade!! Parabéns Muricy, faz falta no esporte pessoas como vc que fala o que pensa e não se omite da verdade.


    Às 26 de março de 2015 06:25 , Anonymous VIM E VENCI!! disse...

    Ao lance descrito por Muricy foi a "cotovelada" do Dudu que a imprensa desejava que ele também fosse expulso junto com Toloi, um absurdo em relação ao ponta pé que este foi vítima do zagueiro. Muricy com suas palavras deu um cala-te boca na imprensa suja e como sempre tendenciosa e desonesta!! Valeu Muricy!! Vale ouro este cara!!


     
  • Às 26 de março de 2015 19:23 , Anonymous COMENTÁRIOS REPUBLICADOS disse...

    COMENTÁRIO DE RICARDO BORGO
    Às 26 de março de 2015 08:08 , Blogger Ricardo Borgo disse...

    Quem espera sempre alcança! Quem viver vierá! E ontem, assisti a uma obra prima que esperava faz trocentos anos. Sempre sonhei que algum jogador do Palmeiras pudesse fazer o gol que o Robinho fez contra esse "MALA" do Rogério Ceni. Quanto desejei humilha-lo em razão de seu passado arrogante, e ontem aconteceu. Fuck Rogério Ceni!

    COMENTÁRIO DE DOENTE VERDÃO
    Às 26 de março de 2015 08:56 , Anonymous Doente(verdão) disse...

    Que jogo ontem! Ver ao vivo aquele gol do Robinho no Rogério Ceni foi impagável!

    Se hoje a Ponte aprontar para cima do Santos temos reais chances de chegar em segundo na classificação geral, uma vez que o Santos ainda enfrenta oos Gambás no Itaquerão!

    COMENTÁRIO DE DINHO MANIASI
    Às 26 de março de 2015 12:42 , Anonymous Anônimo disse...

    Fantástico!

    Este jogo me lembrou muuuiiito da final de 93 contra o Vitória...

    Dinho Maniasi

    COMENTÁRIO DE FERNANDO VERDE-ROXO

    Às 26 de março de 2015 13:45 , Anonymous FERNANDO VERDE-ROXO disse...

    De uma humildade tamanha, com forte base familiar, este detém dos valores morais a razão maior de seu sucesso, chegou como coadjuvante e com o decorrer do tempo está se tornando protagonista. Tem-se identificado para com os torcedores palmeirenses, dado sua busca incessante e empenho no fazer o melhor ao clube. Tenho plena convicção que superará muito em breve a outras contratações tão badaladas, pois seu sucesso está relacionado diretamente ao seu caráter e virtudes morais, que o farão ser o "cara". Parabéns Robinho e todos os demais da equipe que nos propiciaram em dizer mais do que nunca..."tenho orgulho em ser palmeirense"!!!!



     
  • Às 26 de março de 2015 19:27 , Anonymous COMENTÁRIOS REPUBLICADOS disse...

    COMENTARIO DE BOCA DURA

    Às 26 de março de 2015 13:51 , Anonymous BOCA DURA!!! disse...

    A W.Torre que 90% da renda do jogo de ontem, por que ontem não foi jogo foi SHOWWWWWWWW!!! Avanti Palestra...Avanti Valdívia...Avanti ao Topo!!!!

    COMENTÁRIOS DE DINHO E PAIXÃO CLOROFILA

    Às 26 de março de 2015 14:42 , Anonymous Anônimo disse...

    Kd o Alcides?

    Dinho Maniasi


    Às 26 de março de 2015 14:45 , Anonymous PAIXÃO CLOROFILA disse...

    DINHO
    DEVE ESTAR COMEMORANDO ATÉ AGORA!!
    SAUDAÇÕES PALMEIRENSES!!!
    DIA INESQUECÍVEL E FELIZ!!!



     
  • Às 26 de março de 2015 19:31 , Anonymous COMENTÁRIOS REPUBLICADOS disse...

    COMENTÁRIO DE JULIANA AZEVEDO

    Às 26 de março de 2015 15:04 , Anonymous JULIANA AZEVEDO disse...

    SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS Sua grandeza é verdadeira! Sua historia causa inveja! Algumas vezes tentam nos machucar com comentários maldosos, invejosos, COM VENENO. Então eu olho para tua historia cheia de glorias, meu coração se acalma, ai percebo que o amor é o mais poderoso antídoto contra a inveja. Te amar não só me faz bem, como me deixa vivo também PALMEIRAS MINHA VIDA É VOCÊ!!!

    COMENTÁRIO DE NEI VERDE

    Às 26 de março de 2015 15:21 , Anonymous Nei Verde disse...

    Excelente partida, nota mil, todos jogaram muito, ontem palmeiras foi PALMEIRAS, se impôs, mostrou quem manda, é assim que ter que ser..!

    Foi PALMEIRAS ate não fato de não saber golear, ontem era o dia, tinha que ter metido uma meia duzia, podem ter certeza, se fosse ao contrario, eles iriam nos golear..., mas ta muito bom..

    COMENTÁRIO DE MESTRE DOS MAGOS

    Às 26 de março de 2015 16:47 , Anonymous MestredosMagos disse...

    NEY

    100%

    COMENTÁRIOS DE JOTA JOTA

    Às 26 de março de 2015 18:12 , Anonymous jj disse...

    FOI ÓTIMA A VITÓRIA MAS FALTAS MUITAS VITÓRIA PRA TIRARMOS A DIFERENÇA QUE
    OS BAMBI HOJE TEM NOS CONFRONTOS.

    VAI LEVAR TEMPO MAS TIRAREMOS ESSA DIFERENÇA!...

    COMENTÁRIOS DE LUIZ SOUZA

    Às 26 de março de 2015 18:27 , Blogger Luiz Souza disse...

    Lindo!

    Às 26 de março de 2015 18:33 , Blogger Luiz Souza disse...

    Era só o Arouca entrar em forma e se aclimatar ao Palmeiras que tudo mudaria. Dudu, Robinho (ainda mais) e Zé Roberto, um dos maiores jogadores dos últimos 20 anos, subiram muito de produção com a adaptação do Arouca, que desarmou pelo meio, pela esquerda e pela direita.


    Às 26 de março de 2015 18:34 , Blogger Luiz Souza disse...

    Era só o Arouca entrar em forma e se aclimatar ao Palmeiras que tudo mudaria. Dudu, Robinho (ainda mais) e Zé Roberto, um dos maiores jogadores dos últimos 20 anos, subiram muito de produção com a adaptação do Arouca, que desarmou pelo meio, pela esquerda e pela direita.


    Às 26 de março de 2015 18:36 , Blogger Luiz Souza disse...

    Conheci a nova casa em grande estilo. De ressaca até agora.


    Às 26 de março de 2015 18:38 , Blogger Luiz Souza disse...

    Conheci a nova casa em grande estilo. De ressaca até agora.


    Às 26 de março de 2015 18:39 , Blogger Luiz Souza disse...

    Lindo!



     
  • Às 26 de março de 2015 19:35 , Anonymous COMENTÁRIOS REPUBLICADOS disse...

    COMENTÁRIO DE MESTRE DOS MAGOS

    Às 26 de março de 2015 11:52 , Anonymous MestredosMagos disse...

    FOI NA FORÇA, NA PRESSÃO, NA RAÇA, FOI FANTÁSTICO.

    O São Paulo foi acuado de um forma que eu ainda não vi nesse campeonato.

    O Palmeiras arrasou aquele bando de filho da puta que sempre nos dá trabalho.

    Poderia falar de muitos jogadores, dos gols, mas por enquanto vou falar de um jogador que resolveu jogar, resolveu justificar o investimento e fez o Palmeiras jogar com 11 novamente, o jovem DUDU.

    Quem acompanha esse blog sabe o quanto pegava no pé desse jogador por ser desinteressado pelo jogo. (Eu vi ao vivo)

    Mas ontem não.

    Ontem ele jogou como se deve, alternando de lado, ajudando a defesa e indo pra cima.

    Ontem ele jogou e muito bem.

    Se ele continuar nessa toada, que ontem demonstrou uns 60% do potencial que tem, pode ajudar muito o Palmeiras em 2015.

    Agora sim, posso dizer, bem vindo DUDU.

    Saudações.

     
  • Às 26 de março de 2015 19:39 , Anonymous jj disse...

    ASSISTI O JOGO NA BAND E NOTEI QUE O NARRADOR TÉO JOSÉ RASGOU ELOGIOS AO
    ALLIANS PARQUE.

    FOSSE NA GLOBO QUE NÃO ASSISTO NADA A MUITO TEMPO ELES CHAMARIAM O ALLIANS
    PARQUE DE PARQUE ANTÁRTICA KKK LIXOS!

    TEMOS QUE GANHAR MUITOS JOGOS DOS BAMBI
    PRA TIRAR UMA CERTA DIFERENÇA!

     
  • Às 26 de março de 2015 19:41 , Anonymous Alcides Drummond, o Editor disse...

    QUEM QUISER POSTAR NOVAMENTE, FAVOR FAZÊ-LO, À VONTADE.

    PEÇO DESCULPAS, MAS, POR PROBLEMAS DE ORDEM PESSOAL SÓ PUDE POSTAR HÁ POUCOS MINUTOS.

    MINHA ALEGRIA É IMENSA E, PARECE, ROBINHO, A EXEMPLO DE SEU MESTRE, ALEX, TAMBÉM VEIO PARA O PALMEIRAS COM A MARCA BENDITA DE EXTERMINADOR DE BAMBIS.

    Saudações esmeraldinas(AD)

     
  • Às 26 de março de 2015 20:36 , Anonymous victor tredenski disse...

    ALCIDES

    EM RELAÇÃO AO NETO, OU ANALFANETO (ESSA É DEMAIS HAHAHAHAHHA)

    TIVE UM PACIENTE

    QUE MORA EM PIRACICABA, MAS NASCEU E CRESCEU EM STO ANTONIO DE POSSE

    LOGO QUANDO FIQUEI DA CIDADE ONDE O DITO CUJO NASCEU

    PERGUNTEI DE CARA SE ELE CONHECIA O NETO, OU ALGUM FAMILIAR

    O SUJEITO, UM SENHOR DE IDADE JA

    DISSE QUE CONHECIA O PAI DO NETO

    QUE FOI UM POLICIAL MILITAR

    E O PRÓPRIO

    E DISSE QUE NETO ERA SÃO PAULINO QUANDO CRIANÇA

    POR CAUSA DO PAI

    SAO PAULINO ''DOENTE''

    E DISSE ELE QUE O NETO TEM UM IRMÃO PALMEIRENSE

    MAS O SUJEITO ME FALOU QUE NETO ERA SAO PAULINO QUANDO CRIANÇA

    E EU OUÇO ELE FALAR QUE SEMPRE FOI CORINTIANO DESDE QUE NASCEU

    CORINTIANO POR CONVENIENCIA

     
  • Às 26 de março de 2015 20:45 , Anonymous Marco disse...

    Sobre a imprensa (imprensa?)

    - André Hernan
    O citado elemento passou a achar que pode interferir e influir nos jogos, nos times e nas arbitragens.
    O microfone na mão desse sujeito é a mesma coisa que uma arma carregada na mão de um macaco de circo.
    Resta saber se ele faz isso somente por iniciativa própria ou se tem o apoio e incentivo da empresa que o emprega?
    ======
    - PVC
    Comparo esse cidadão ao personagem de Dustin Hoffman (Raymond Babbitt) no filme “Rain Man”. Apenas consegue guardar e manipular dados e informações, mas tem raciocínio zero. Na FOX, no programa antes do jogo, pregava (esse é o melhor termo) que Valdívia fosse transferido para o Cruzeiro, que poderia recuperá-lo para o futebol, pois no Palmeiras não tinha mais motivação e comprometimento.
    Então, pela avaliação dele, no Cruzeiro o cara pode jogar???????
    ======
    - Noriega
    Não sei se devemos ter pena ou raiva desse cara. Tem personalidade fraca, medroso e fazedor de média com os outros times, muito ao contrário do que faz com o Palmeiras. Quando precisa opinar sobre algum lance importante do jogo que favoreça o Palmeiras, parece borrar as calças. Ontem, foi patética sua dificuldade para justificar e explicar que não era penalidade sobre Rafael Marques. No restante, sempre opinando com alguma ressalva para elogiar o Palmeiras e tentando arrumar justificativas para o fracasso do time Jardim Leonor.
    Também participou da farsa para encobrir o descontentamento dos jogadores coloridos contra seu treinador. Ficou nítido na transmissão que o referido cidadão não ficou à vontade com a vitória do Palmeiras e com o desempenho do time. Teria sido um cala boca para ele, que não engoliu?
    =======
    - AnalfaNeto
    Quem é pior, quem é mais sem vergonha, esse lixo de comentarista ou quem o contrata?

    Na imprensa de hoje predominam os torcedores disfarçados de jornalistas e aqueles que querem manter o emprego fazendo média com seus chefes e as torcidas que eles julgam ser predominantes. Parciais e incompetentes, pois não conseguem enxergar a realidade e os números dos clubes.

     
  • Às 26 de março de 2015 20:47 , Anonymous Alcides Drummond, o Editor disse...

    Tredenski

    Como poderia, eu, me enganar se o cara se revela a cada jogo.

    Quem faz crônica esportiva tem que deixar em casa a paixão pelo clube que torce.

    Mas ele, simplesmente, não consegue.

    Abs (AD)

     
  • Às 26 de março de 2015 20:49 , Anonymous victor tredenski disse...

    ASSISTI NA GLOBO

    E PERCEBI QUE O CLÉBER MACHADO

    ENTRA EM DEPRESSÃO QUANDO O PALMEIRAS FAZ GOL

    MAS ENTUSIASMA-SE QUANDO OS BAMBIS FAZEM GOLS

    E ENTRA EM EXTASE SEXUAL, CHEGANDO A GOSAR

    QUANDO OS GAMBÁS BALANÇAM AS REDES ADVERSARIAS

    TENHO NOTADO ISSO JA HÁ ALGUM TEMPO

    E DIZEM AS MÁS LINGUAS QUE O CARA É SANTISTA

     
  • Às 26 de março de 2015 20:55 , Anonymous victor tredenski disse...

    PIOR QUE O NETO

    É A RENATA FAN AO MEIO DIA

    OLHA, A HEMORRÓIDA SAI PELO NARIZ.......

    EM TEMPO: DUSTIN HOFFMAN GANHOU O OSCAR DE MELHOR ATOR NAQUELA INTERPRETAÇÃO MAGNIFICA DELE SENDO UM AUTISTA, UM BELO FILME

     
  • Às 26 de março de 2015 21:57 , Blogger Alexandre Correia disse...

    É bom ser Palmeirense! Fique pensando no gol do Robinho a madrugada e o dia inteiro.
    Bons tempos estão voltando.

     
  • Às 26 de março de 2015 23:04 , Anonymous Doente(verdao) disse...

    Ponte 3 x 1 Santos, que ainda tem um jogo contra os gambás no Itaqueao! Dá para classificar em segundo!

     
  • Às 26 de março de 2015 23:22 , Anonymous Marco disse...

    Ganhando as três próximas partidas, o Palmeiras garante a semifinal em casa, considerando que as sardinhas não ganhem do pessoal da marginal.

    =======

    É preciso acertar o momento das duas primeiras substituições do segundo tempo. O meio de campo cansa e não é alterado na metade do segundo tempo. Demora demais para a primeira substituição e a segunda sai quase no final. Hoje, o time tem banco e não pode existir tanto medo assim de trocar jogador cansado.

     
  • Às 26 de março de 2015 23:35 , Anonymous Anônimo disse...

    Esse "repórter" de campo é de longe o mais sujo e asqueroso de todos. Ele tem o faro aguçado igual urubu.

    Hoje, o Palmeiras é institucionalmente caçado. Cabe ao Palmeiras combater isso até o ponto que escolham os bambis pra malhar como Judas.

    E a granja, como está? Falam só que Pata e Cisne ficaram xatiadus. Ôooo, tadinhas. Logo, logo chega o Wesley pra xatiar mais ainda.

     
  • Às 27 de março de 2015 00:35 , Anonymous Brunp disse...

    Acredito que se o Palmeiras chegar as semi-finais, não jogará em casa. Pois os dois jogos das semi estão marcados para o dia 19 de abril. Se forem confirmados os gambás em primeiro e palmeiras em segundo na classificação geral, os 2 jogos serão na capital no mesmo dia. Dúvido que os gambás jogaram fora de seu estádio. E no dia anterior terá show do RC no Palestra.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial