Observatório Alviverde

06/11/2016

COM AMPLA AUTORIDADE PALMEIRAS DERROTA O INTER E ESTÁ CADA VEZ MAIS PERTO DO TÍTULO!



PALMEIRAS 1X0 INTER, FIM DO 1º TEMPO!

(Escrito no Intervalo do jogo)  

Meus amigos

O Inter começou marcando muito forte chegando a dominar e mandar no jogo até os 17 do primeiro tempo, quando o Palmeiras abriu o marcador.

Além da motivação natural da obrigação de lutar pela sobrevivência o time gaúcho se impôs parcialmente no jogo em razão do campo pesado tanto e quanto da estatura e da maior força física de seus jogadores.

Porém, foi só o Palmeiras abrir a contagem e o "facies" do jogo se alterou completamente e, de dominado, o Verdão passou a dominar.  

Conquanto não tenha se imposto o tempo todo, pode-se dizer que após a feitura do gol o alviverde reagiu e passou a dar as ordens no chiqueiro.

O 1 x 0 é justo, mas um zero a zero faria mais justiça ao que os dois times apresentaram no decorrer deste 1º tempo.

Contudo, palmeirense que sou, não estou nem um pouco preocupado a estética do futebol ou com a justiça do marcador, mas, exclusivamente com a perspectiva importantíssima de uma vitória que pode levar o Verdão ao título.

Agora vejam e sintam o que é o futebol. Eu, particularmente, não entraria -nunca- com CX10 mas sou obrigado a reconhecer que, além de estar jogando bem, assinalou o gol de abertura. Como, então, negar ou omitir a boa atuação desse jogador até agora?

Não seria melhor com Moisés?  

É lógico que sim, sou convicto de que sim, mas, ao menos até agora, CX substitui à altura aquele que é o jogador mais importante desse elenco do Palmeiras.

Gostei, neste primeiro tempo, de Mina (para mim, até aqui, o melhor em campo) tanto e quanto também gostei do time de um modo geral e de Zé Roberto, inclusive.

Roger Guedes, até se contundir era o melhor atacante do Verdão, mas, em contrapartida, Gabriel Jesus está longe de realizar tudo o que sabe e pode, tanto e quanto Dudu, mas o empenho dos dois em campo é muito grande e está compensando as deficiências.

Vamos ver agora o que nos espera na segunda parte de um jogo até agora leal e  extremamente difícil entre duas das mais gloriosas camisas do futebol brasileiro, mormente agora que Alecsandro já está em campo para "tentar" substituir Róger Guedes. Tomara que consiga!

*******************
O SEGUNDO TEMPO

A esta altura (escrevo no fim do jogo) eu não quero nem saber se o tempo estava ruim, o campo pesado, se o time do Inter tinha maior envergadura física, coisa e tal e tal e coisa...

A mim o que me importou mesmo foi que o time do Palmeiras se doou em campo, comportando-se com a seriedade, eficiência e, sobretudo, a maturidade dos grandes campeões, ainda que sem mostrar todo o potencial, toda a eficácia e todo o esplendor de seu futebol. Por isto venceu e deu um passo importante e decisivo rumo ao título.

O Inter, no 2º tempo, praticamente não existiu, haja vista que esteve completamente dominado pelo Palmeiras. 

A rigor o time gaúcho chutou três vezes contra o gol palmeirense e só levou perigo em um deles, num jogo jogado circunscrito às intermediárias e de poucas finalizações, mas com o predomínio territorial constante do Verdão em, no mínimo, 70% das ações.

Individualmente eu já começo a analisar o time a partir do goleiraço Jailson, que, além de eficiente em todas as vezes em que foi chamado a intervir, liderou a defesa nos bons e nos maus momentos, distribuindo broncas, orientações e, principalmente, afagos e elogios aos companheiros de defesa.

 De um sistema defensivo onde todos -sem exceção- jogaram muito bem escolho o craque do jogo, o colombiano Mina. Alguém discorda de minha escolha? 

É óbvio que há de se considerar também as estupendas atuações de Thiago Santos, Jean, Vitor Hugo, Zé Roberto, e de todos aqueles que jogaram do meio de campo para trás, guarnecendo a zona defensiva palmeirense, sempre bem vigiada e, ontem, inexpugnável.

O meio de campo alviverde esteve bem na destruição, porém muito mais assessorando a defesa do que em sua melhor função de armar, municiar o ataque ou chegar para se aproximar dos atacantes.

Da meia-cancha retiro a "personagem do jogo", Tchê-Tchê, só superado em campo pelo extraordinário zagueiro que o Palmeiras adquiriu junto ao futebol colombiano (méritos para Mattos) o fantástico Mina, disparadamente o melhor em atividade no Brasil.

Registre-se também que o ataque palmeirense perdeu demais com a contusão de Róger Guedes,  aquele que -não se sabe porquê- Cuca fez questão de esconder na fase mais aguda do Campeonato.

Embora ninguém possa criticar a atuação de Alecsandro, que cumpriu funções eminentemente táticas, sobretudo aquela de prender Paulão e os zagueiros do Inter à defesa, melhor seria -inquestionavelmente- se Róger Guedes -muito mais perigoso e contundente- houvesse continuado no jogo. 

Dois jogadores do ataque do Verdão não jogaram o que podem e sabem, Dudu e Gabriel Jesus, mas repito o que disse deles ao final do 1ºtempo a propósito do que renderam: 

(sic)

" Gabriel Jesus está longe de jogar o que sabe e pode tanto e quanto Dudu, mas o empenho dos dois em campo é grande".

Sem o brilho das atuações anteriores, mas em razão do esforço em campo e das sucessivas deslocações que confundiam a defesa do Inter, constituíram-se em peças importantes na construção da vitória e que preocuparam  demais a defesa colorada.

Confesso-lhes (agora) que tive um certo receio quando das entradas de Fabiano e de Gabriel. 

Minha preocupação com o lateral residia no fato de"marcar bem não ser sua característica mais forte", tanto e quanto me preocupavam a lentidão e a pouca recuperação que ele mostrara em outros jogos.

Ao final do jogo, independentemente do resultado favorável, torna-se forçoso reconhecer que ele conduziu-se muito bem sob todos os aspectos e se tivesse entrado no jogo um pouco antes, poderia ter sido um dos grandes destaques da vitória sobre o Inter.

A entrada em campo do volante Gabriel preocupava-me pela baixa estatura desse jogador, num momento em que o Inter apostava todas as fichas no jogo aéreo e pressionava o Palmeiras através de bolas alçadas na área. 

Ocorre, porém, que Mina e Vitor Hugo, sobretudo o colombiano, liquidaram o jogo aéreo colorado mediante atuações que se pode rotular como perfeitas, impedindo que o Inter colocasse em prática a sua melhor tica de jogo pelo alto e cabeçadas à queima-roupa

O volante Gabriel em razão do adiantado da hora em que entrou não apareceu no jogo e, em razão disso, sequer proporcionou aquela qualidade na saída de bola que -eu esperava e todos esperavam- pudesse aprimorar a qualidade do jogo do Palmeiras.

Péricles Bassol, o árbitro do jogo, levou a partida na maciota até o final sem aplicar qualquer cartão aos jogadores, prova evidente de que o jogo foi limpo e os jogadores se respeitaram.

Bassol, em meu entendimento, foi um juiz nota 6, na medida em que errou para ambos os lados em um jogo relativamente fácil de ser apitado em que não houve violência e nem ocorreram lances polêmicos.

Sua arbitragem deixou bem claro que estávamos (estamos) com a razão quando afirmávamos (continuamos afirmando) taxativamente que, sem os grotescos erros de arbitragem habitualmente cometidos contra o Palmeiras os resultados do time em campo seriam outros, muito outros, e o título do Brasileirão/16 teria sido conquistado já há várias rodadas!

COMENTE COMENTE COMENTE 

71 Comentários:

  • Às 6 de novembro de 2016 16:52 , Blogger william schneider disse...

    Jogo pegado, marcação forte dos dois times... Mas estamos melhor!

     
  • Às 6 de novembro de 2016 17:05 , Anonymous Elcio disse...

    Esse Cuca eh phoda.
    Porque nao coloca o Erick para continuar da mesma forma?
    Não, agora eh a vez do Alecpança jogar.
    Parece varzea mesmo.

     
  • Às 6 de novembro de 2016 17:16 , Blogger william schneider disse...

    Dale Alecsandro... Achei boa a subst.. Ja q o gol saiu de bola parada e o jogo pegado.. Bom ter uma referencua... E o VH ta firme!

     
  • Às 6 de novembro de 2016 17:20 , Anonymous Anônimo disse...

    Agora o cuca cagou no pau......colocar esse Fabiano até o alione era melhor

     
  • Às 6 de novembro de 2016 17:33 , Anonymous Nei Verde disse...

    O time melhorou com a entrada do Alecsandro, Mina e T.Santos impecáveis, Dudu e Jesus ..aff..

     
  • Às 6 de novembro de 2016 17:35 , Anonymous Anônimo disse...

    O Dudu não tá jogando absolutamente nada

     
  • Às 6 de novembro de 2016 17:57 , Blogger Nailton Pimentel filho disse...

    O blog está cheio de cornetas!! Cuca mandou muito bem nas 3 substituições! Alecsandro segurou lá na frente e brigou por todas as bolas. Fabiano fechou ainda mais a lateral e Gabriel substituiu TS à altura. Destaque negativo pra Dudu e GJ!

     
  • Às 6 de novembro de 2016 18:03 , Anonymous Nei Verde disse...

    O time não jogou bem, mas tb não deixou o inter anal jogar. Gigantes mina e T. Santos, excelente as entradas do alecssandro e Fábiano, depois que entraram o time melhorou muito. Péssimos Dudu e Jesus, não sei pq são mantidos.
    Cuca agora tem duas semanas para fazer esse time jogar e arrancar pelo menos um empate contra o galogay.

     
  • Às 6 de novembro de 2016 18:13 , Blogger william schneider disse...

    Leu meu pensamento.

     
  • Às 6 de novembro de 2016 18:15 , Anonymous Elcio disse...

    Agora so se quebrar o taco.
    Uma vitoria e um empate em 4 jogos.
    Nossos atacantes foram muito mal hoje.
    Acho que foi a tensão do jogo.
    Mais uma vez o Jesuis perde gol feito.
    Na hora me lembrei do Ozil. :)
    Lembrei do apavoramento dele para empurrar a bola para o gol.
    Agaora eh só esperar o dia da comemoração chegar.
    Ainda torço por uma atuação convincente em BH.
    Aquelas para apagar esse estilo Feliponico de jogar.
    Boa semana a todos.

     
  • Às 6 de novembro de 2016 18:21 , Blogger william schneider disse...

    Sempre vai ser assim.. Isso de corneta e de colocar apelidos (Alecpansa) nao vai mudar.

    Poxa vida, o cara nunca fez corpo mole... Sempre se empenhou e fez mais uma boa partida. Assim como Fabiano

    Sao os caras q eu confio e queria no meu time? NAO. Mas é o que temos e foram bem.

    Cuca mexeu mal? Reclama com o resultado do jogo e o desempenho dos q entraram.

    Se tem q pegar no pé é de quem caiu de produção.

    Mas tudo bem... Isso é Verdão. Todos apaixonados e querendo o melhor sempre.

    Eu to facero pra carambaaaaa powww

     
  • Às 6 de novembro de 2016 18:24 , Anonymous Elcio disse...

    Ohhh loco.
    Voltei para falar que errei feio na matemática.
    Isso porque o Dudu me enganou.
    Saiu de campo dizendo que precisavamos de uma vitoria e um empate em casa e eu acreditei :)
    Alguem precisa avisar ele que só isso não dá não

     
  • Às 6 de novembro de 2016 18:46 , Anonymous Edson disse...

    Fizemos um grande jogo.
    Discordo de tudo o que eu li.
    Somos líderes, seis pontos à frente do segundo colocado e o Cuca é um técnico ruim?
    Só o controle emocional que o time demonstrou e tem demonstrado, já qualifica o nosso técnico como um profissional qualificado.
    Perdemos do Santos e continuamos competitivos.
    Não houve abatimento do elenco.
    Todo o time foi bem, do goleiro, que a cada dia mais me convence, até o Dudu, que mesmo não sendo o cara do jogo, ajudou muito na marcação ali pelo lado esquerdo. O lateral D do inter simplesmente não jogou, tanto o Wilian quanto o que o antecedeu.
    Senti o Gabriel Jesus mais comedido, consequência da pressão que a imprensa está fazendo sobre ele. Sempre disputou as bolas com muita intensidade, mas ao ser chamado de "o jogador mais faltoso" do campeonato, no bem amigos, ao se dizer constantemente que não faz gols, que está vendido e não se dedica, como está falando a mídia, incessantemente, conseguiram atrapalhar o rendimento do garoto.
    Mesmo sem marcar e fazer jogadas de efeito, tem ganhado inúmeras bolas no meio dos zagueiros, principalmente quando vem pelo alto, o que faz com que mantenhamos a posse de bola.
    Desnecessária e sádica a observação do Noriega, no sptv, de que o atacante tem que prevalecer sobre o goleiro e não pode perder um gol daquele. Por acaso ele viu a grande defesa que o Danilo Fernandes Fez? Ele finalizou, e muito bem.
    Alesandro entrou bem, Fabiano, cuja entrada me preocupou, também.
    Nomes do jogo: Thiago Santos e Mina.
    Zé Roberto e Victor Hugo, impecáveis.
    Está bem encaminhado.
    Avanti verdão.

     
  • Às 6 de novembro de 2016 19:17 , Anonymous Daniel Palestra disse...

    Time ansioso e nervoso a extremo, talvez por obrigação em fazer o resultado, esta parada de 10 dias serão importantes pra retorno do equilíbrio, campo pesado também foi um motivo pra que a equipe não tenha apresentado um excelente futebol.
    A vitória foi importantíssima.
    Avanti Palestra!!

     
  • Às 6 de novembro de 2016 19:20 , Anonymous SÓCIO TORCEDOR disse...

    "Quando você vê aquele tanto de torcedor no CT, você dorme pensando que não pode deixar esses caras na mão.” disse Cuca.

     
  • Às 6 de novembro de 2016 19:23 , Anonymous Lucas disse...

    “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”.
    Chico Xavier
    Avanti Palestra!!!

     
  • Às 6 de novembro de 2016 19:33 , Anonymous Anderson disse...

    Tecnicamente o time não esta bem, porém a raça esta em dia, principalmente a do TS rottweiler.
    zaga hj impecável.
    Como eu disse não quero saber de jogar bonito nesse momento, quero saber só dos 3 pontos, seja da maneira que for sou Palmeiras sempre

     
  • Às 6 de novembro de 2016 19:35 , Anonymous Luciano Trevisan -São Paulo-SP disse...

    Não é Fácil fazer 70 pontos contra tudo e contra todos.

    ainda mais sem laterais, meias e centroavante.

    CUCA É MONSTRO!!!!!

     
  • Às 6 de novembro de 2016 19:39 , Anonymous DIRETO DO PTD disse...

    Cuca celebra vitória: Temos de comemorar porque foi muito difícil

    Assim como elenco e torcida, o técnico Cuca também comemorou muito a vitória sobre o Internacional por 1 a 0, no Allianz Parque, resultado que fez o Verdão voltar a ter seis pontos de vantagem para o segundo colocado, que agora é o Santos.

    ""Hoje foi uma decisão. Um campeonato é feito de decisões, e hoje era mais uma. Foi uma tirada de peso enorme essa vitória. Não ganhamos nada, mas temos de comemorar muito essa vitória porque foi muito difícil" iniciou o treinador, na entrevista coletiva que concedeu após a partida.

    Para Cuca, a equipe soube lidar com a pressão de saber que o Santos havia vencido a Ponte Preta, ficando momentaneamente a 3 pontos de diferença: Com a vitória do Santos, ficamos pressionados a vencer. E jogando contra um adversário que jogou muito bem, com marcação perfeita, não deixando espaço e um jogo atípico com muita chuva".

    "Nós nos adaptamos a este jogo e, graças a Deus, vencemos. Por isso, esse peso que a gente tira. Não só ter conseguido a vitória, mas uma vitória importantíssima que nos deixa no caminho certo do grande objetivo" completou.

    O comandante Palmeirense finalizou discordando de quem criticou o jogo: "Hoje foi um jogaço, com diminuição de espaço e concentração o tempo todo, quase erro zero. Foi bem jogado, cadenciamos o jogo quando deu e vencemos, o que é o mais importante neste momento do campeonato".

     
  • Às 6 de novembro de 2016 19:41 , Anonymous SÓCIO TORCEDOR disse...

    Renda no mineirão, 181 mil.... renda do palestra 2.100.000,000, sem contar que tinha um espaço fechado...

     
  • Às 6 de novembro de 2016 19:48 , Anonymous Elcio disse...

    Tem umas bestas que aparecem aqui e em vez de dar a opinião e respeitar a dos outros, tem que ficar falando dos outros.
    Se restrinja a emitir a sua opinião.

     
  • Às 6 de novembro de 2016 20:15 , Anonymous Claudio de MG disse...

    Thiago Santos é um jogador ESPETACULAR!
    Isto mesmo, ESPETACULAR e gostaria que parassem de criticar este esforçado e competente volante que temos.
    Aqueles que pedem incessantemente Gabriel, Gabriel, Gabriel, deveriam ver o quanto o Thiago se doa em campo e o gol de hoje foi uma ASSISTÊNCIA DELE. O nanico Gabriel jamais ganharia aquela bola pelo alto contra o gigante Rodrigo Dourado e deixado o Xavier na cara do gol como fez Thiago.
    Por hora, vamos esconder nossas cornetas e dar apoio incondicional ao nosso time do coração e valorizarmos o trabalho deste grande volante marcador que é o Thiago Santos, o nosso segundo Tonhão.

    Boa semana a todos!

     
  • Às 6 de novembro de 2016 20:21 , Anonymous Claudio de MG disse...

    Partida fraca do Dudu e do Jesus. Compreensível pelo campo pesado e a marcação duríssima do Inter. Quem jogou bola sabe o quanto é difícil para atacante, e mais ainda para um jogador franzino como o Dudu, atuar em um campo pesado como o de hoje. Os substitutos entraram bem. Obrigado e parabéns a todos pelo jogo de hoje, inclusive ao Gabriel e Dudu.

     
  • Às 6 de novembro de 2016 21:16 , Blogger Alexandre Correia disse...

    53 mil no panetone, renda : 700 mil reais.

    32 mil alviverdes no Allianz Parque, renda: 2. 112. 466, 12.


    Chupa imprensinha!

     
  • Às 6 de novembro de 2016 21:24 , Anonymous Regis disse...

    Alcides, é ruim vc entrar num blog em que um participante chama outros de besta.
    E não gosta de quem aparece de vez em quando.
    Esse blog tem dono além do bloguista?
    Eu nunca escrevo e só leio.
    Só por isso não seria benvindo?

     
  • Às 6 de novembro de 2016 22:25 , Anonymous Anônimo disse...

    Os melhores foram T.Santos e, pasmem, Fabiano. Cuca foi bem hoje, só precisa acertar o ataque.

    Aquele lance do T.Santos apostando corrida na lateral e ganhando, pasmem, limpo, na bola, foi um divisor da partida. Ali senti que teríamos a vitória. A comemoração desse lance no gol sul, com Jailson batendo palma e a roda de oração ao final da partida, quebra qualquer macumba dos secadores.

    Com esse grupo vamos rumo à glória! Após 20 anos de hibernação, continuamos o maior clube do futebol brasileiro.

     
  • Às 7 de novembro de 2016 04:50 , Anonymous Elcio disse...

    Ruim eh ficar lendo besteiras, que eh o que produz uma besta, sobre voce.
    Pode continuar lendo e escrevendo, se tecer comentarios sobre os outros, voce me da o direito se escrwver sobre você tbem.

     
  • Às 7 de novembro de 2016 05:20 , Anonymous Lucas disse...

    "Ninguém é tão sábio que não tenha algo pra aprender e nem tão tolo que não tenha algo pra ensinar".
    Aos nossos colegas participantes do blog, principalmente os que desconhecem o estado democrático de direito sobretudo do OAV.
    Avanti Palestra!!!

     
  • Às 7 de novembro de 2016 05:22 , Anonymous Lucas disse...

    Do amigo Marco, participante do blog:
    Só para registar em relação ao Quarto Poder:

    Como gostam de afirmar jornalistas pilantras e mal intencionados, a imprensa não faz gol, não joga, não corre em campo, MAS:

    Faz pressão antes, durante e depois dos jogos sobre as arbitragens;

    É suspeita de interferir nas decisões dos árbitros durante os jogos, pela ilegal interferência externa;

    constrói ou destrói a imagem de árbitros e auxiliares, ajudando a aumentar ou a tirar suas escalas;

    Incentiva as interpretações favoráveis ou contrárias a um time pela repercussão (ou pela falta dela) que proporciona;

    Interfere nas denuncias ao tribunal ou não dá destaque à determinadas infrações para que não sejam denunciadas, dependendo do clube envolvido;

    Influência nos resultados de julgamentos dos tribunais pela forma como trata cada caso;
    Atua como agência publicitária para alguns clubes, fazendo trabalho de incentivo e motivação;

    Para os desafetos, cria e plantam crises contra quem não deseja ver à frente das competições.

    Realmente, imprensa não faz gols!! Aos inocentes e ingênuos de plantão...madonna!!!

     
  • Às 7 de novembro de 2016 05:23 , Anonymous Luciano Trevisan -São Paulo-SP disse...

    "Explicar a emoção de ser palmeirense, a um palmeirense, é totalmente desnecessário. E a quem não é palmeirense... É simplesmente impossível!".
    Joelmir Betting

     
  • Às 7 de novembro de 2016 05:25 , Anonymous BOCA DURA disse...

    Enquanto Itaquerão cai CX se levanta rsrsrs
    Verdade do dia....madonna!!!

     
  • Às 7 de novembro de 2016 05:33 , Anonymous Matheus São José do Rio Preto-SP disse...

    Raphael Veiga do coxa já fez mais para o verdão que Allionde este ano.
    Madonna!!! Que golaço no galo ontem...coisa de cinema.
    Avanti Palestra!!

     
  • Às 7 de novembro de 2016 05:48 , Anonymous Luciano Trevisan -São Paulo-SP disse...

    Meu craque? Ex-craque do time Palmeiras, aquele que não dava dinheiro a torcida organizada, aquele que não dava audiência a programa esportivo, aquele que dizia o que pensava, aquele que impunha respeito do adversário ao time quando jogava, aquele que ninguém gostava de marcar pois não sabiam como fazê-lo, aquele que possuía identidade para com o verdão.e os "verdadeiros" torcedores palmeirenses....aquele em que imprensa marrom relutava em chamar más interiormente e conscientemente sabiam que se tratava de "craque da bola". Quem é este???
    V@ldívia......El M@go!!!!!
    Para os massa de manobra que ainda não sabem o que é futebol.....
    V4ldivia 10, o 10 que tínhamos e hoje nos faz falta...literalmente!!
    https://www.youtube.com/results?search_query=Jorge+Vald%C3%ADvia+Palmeiras+2006-2015-+Gracias+Mago

     
  • Às 7 de novembro de 2016 07:54 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Marco, Nei Verde, Moisés, Ester, Verde Insuperável, preciso saber como estão nossos Cardeais. Kkkk! Após o teste cardíaco de ontem, estará tudo OK com os corações verdes destes litúrgicos palestinos? Kkkk, kkkk.

     
  • Às 7 de novembro de 2016 11:23 , Anonymous Nei Verde disse...

    Verdazzo....!Com a vitória de ontem, o Palmeiras ficou a apenas 7 pontos do eneacampeonato brasileiro, não importa o que façam Santos, Flamengo e Atlético. Ao chegar a 70 pontos em 34 rodadas, o time cumpre a projeção sugerida pouco antes do campeonato se iniciar. Se chegar aos 77, a conquista se concretizará.

    A campanha começou com duas derrotas frustrantes nos quatro primeiros jogos, para a quarta e a quinta forças do futebol paulista. O time jogava um futebol vistoso, de toques rápidos e envolventes – mas também deixava espaços que às vezes custavam pontos importantes. Mesmo assim, engatou uma bela sequência que culminou com a liderança na nona rodada; após tropeços perdeu a ponta nas rodadas 17 e 18, para recuperá-la no fim do primeiro turno e não largar mais. Tudo isso já foi abordado neste post, em que discutimos a “beleza” de nossa campanha.

    Na parte final do campeonato, Cuca armou um time chato. Não tão chato quanto os comentaristas da imprensa, mas que faz o que precisa fazer para administrar a vantagem construída com o tal futebol bonito que os resenhistas de mesa redonda com amnésia seletiva tanto cobram. Imaginem um maratonista que abriu 6 minutos de vantagem para o segundo colocado, a 4 km do fim. Ele pode conter seu ritmo, não precisa abrir 12 minutos. Tampouco precisa romper pela reta final bailando o Quebra-Nozes. Basta chegar em primeiro, não?

    Ao decidir armar um time que não joga e não deixa jogar, como o que temos visto nos últimos jogos, Cuca assume riscos calculados – até aí, tudo certo. Ontem, mesmo com apenas um gol de frente, Jailson não precisou fazer nenhuma grande defesa. Mas mesmo assim corremos alguns perigos, como a arrancada de Anderson que Jean salvou em cima da hora, ou o chute de Diego que fez a curva e lambeu a forquilha esquerda de nossa meta. São bolas bandidas, como a do gol de Copete, ou contra o Grêmio, quando tínhamos o placar que nos levaria às semifinais, mas recuamos demais confiando na segurança do sistema defensivo. Uma balançada de corpo de Everton em cima de Jean frustrou o plano

     
  • Às 7 de novembro de 2016 11:24 , Anonymous Nei Verde disse...

    Verdazzo continuação...
    Notem que contra equipes ruins como o Inter, Sport e Figueirense, a chatice de Cuca funcionou bem, mas com placares econômicos. Com os pontas muito mais preocupados na recomposição defensiva do que com a produção ofensiva, deixamos de ser letais no ataque. Marcamos apenas seis gols nos últimos seis jogos. O futebol de Gabriel Jesus caiu de rendimento também por essa razão. E contra equipes um pouco melhor estruturadas o risco às vezes se mostra grande demais e os resultados não vieram.

    A pressão pelo título vinda de todos os lados faz com que Cuca opte pelo conservadorismo. Provavelmente ele mesmo e os jogadores devem achar esse futebol chato. Mas, de forma muito madura, suportam a exigência hipócrita da imprensa para bailar o Quebra-Nozes. Sabem que, com o título, tudo terá valido a pena.

    A preocupação ainda cabe, no entanto, porque nossos dois próximos adversários são de nível muito mais elevado que o Inter e o Sport. A aplicação na marcação, tônica de nosso time nesta reta final, pode não ser suficiente para garantir os pontos necessários contra Atlético e Botafogo.

    Não em nome de nenhum futebol bonito, mas apenas pelos pontos que faltam, Cuca poderia recalcular os riscos que decidiu correr nos últimos jogos, aumentar o equilíbrio entre defesa e ataque para tentar abrir uma vantagem segura antes de fechar a casinha. VAMOS PALMEIRAS!

     
  • Às 7 de novembro de 2016 11:28 , Anonymous Nei Verde disse...

    Grande Palestrino Claudio!!
    Sobrevivi a mais uma..rs..rs.., ainda bem que o inter anal estava mais nervoso que o nosso Palestra.
    Vamos em frente, ainda temos mais duas pedreiras..!! aff..!!

    Grande Abraço amigo, e vamos seguindo o Líder..!!!

     
  • Às 7 de novembro de 2016 11:49 , Blogger ester abea disse...

    grande Claudio

    Com meu coração tudo OK, rsssssss
    Preparemo-nos para a festa do ENEA!!!

    P.S. quando vi Galinho 0 x 2 Coritiba, lembrei-me da imprensinha que vc fala. Essa imprensinha deve estar com o rabinho no meio das pernas, não vai dar para o Galo, rssss

     
  • Às 7 de novembro de 2016 13:20 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    E aí, Cláudio!

    Também sobrevivi ao teste para cardíaco, heheheh.
    Que jogão! Batalha na chuva!
    Tiago Santos foi um leão em campo!

    Quem não sobreviveu foi meu celular, que caiu no chão e quebrou a tela :-(

    "Ai, ai, ai... Tá chegando a hora..."

     
  • Às 7 de novembro de 2016 13:43 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    JAÍLSON, O INVICTO!

     
  • Às 7 de novembro de 2016 15:19 , Blogger william schneider disse...

    Boa análise

     
  • Às 7 de novembro de 2016 15:27 , Blogger william schneider disse...

    Bem lembrado amigo... Me arrepiei neste lance. TS mostro e espetacular o Jailson aplaudindo de perto o companheiro.

     
  • Às 7 de novembro de 2016 21:05 , Anonymous Edson disse...

    Acabei de ver Gremio 0x2 sport.
    Dá até a impressão que quiseram ferrar o Inter.
    Como joga bola esse Diego Souza, caberia tranquilamente em qualquer time do Brasil.
    E pensar que nossa torcida escorraçou o cara daqui, onde era taxado de Diego Morto Souza.
    Ao contrário da nossa, a torcida do Grêmio aplaudiu o cara, que também lá, jogou muito bem.
    Assim como ele, outros grandes jogadores foram expulsos daqui.
    É impressionante como os jogadores que saem daqui, saem sempre ressentidos e dão a vida quando jogam contra nós.
    Fazer o quê? Coisas da torcida que canta e vibra.

     
  • Às 7 de novembro de 2016 21:28 , Anonymous Claudio de MG disse...

    Edson, achei estranha demais a dedicação (ou a falta de) do Grêmio. Antes do terceiro gol, o Sport trocou mais de 50 passes e os caras do Grêmio nem chegavam na bola. Em situação normal e levando de 2X0 lá, no terceiro passe do Sport algum gremista já sentaria a botina. Quero ver o Inter rebaixado, mas achei estranho demais este jogo de hoje.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 04:52 , Anonymous Daniel Palestra disse...

    Marinho dando entrevista dizendo ser palmeirense de coração. E chegou a chorar em derrota do Palmeiras. Melhor que Allione, Erik, Leandro Banana é com folga. Olho Nele Mattos!!!!

     
  • Às 8 de novembro de 2016 05:36 , Anonymous BOCA DURA disse...

    Vou listar jogo a jogo do 1º turno roubos da arbitragem, como vc caro torcedor adversário e anti-palmeirense pode escrever tamanha asneira de influência da CBF? Dai-me paciência!! Se informe e veja o que ocorreu e vem ocorrendo...não se sente bem com o time do verdão liderando e próximo do título? Não desespere, pois com arrecadação e finanças em dia vamos repetir o feito por inúmeras vezes seguidas, assim sendo, é bom vc se acostumar...Avanti Palestra!!.

    rodada 1
    PALMEIRAS 4 x 0 atlético pr
    Penalti em G. Jesus não marcado
    ladrjuiz: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

    rodada 2
    3 pontos
    PALMEIRAS 1 X 2 ponte
    1º gol da ponte não houve falta de Matheus Salles;
    Gol de Gabriel Jesus não estava impedido
    Cuca expulso após reclamar de falta marcada por vuaden, que não houve
    ladrjuiz: Pedro Vuaden (RS)

    rodada 3
    PALMEIRAS 2 X 0 fluC
    Não houve grandes "erros"
    ladrjuiz: Sandro Meira Ricci (SC)

    rodada 4
    1 ponto
    PALMEIRAS 1 X 1 bibas
    Falta em Dudu não marcada que gerou gol das bibas
    ladrjuiz: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

    rodada 5
    PALMEIRAS 4 X 3 grêmio
    Falta em Tchê Tchê para expulsão de Maicon
    1º gol do Grêmio claramente impedido e duplamente
    ladrjuiz: Marielson Alves Silva (BA)

    rodada 6
    PALMEIRAS 2 X 1 framega
    Mão na bola dentro da área do jogador do framego
    Falta em Rafael MArques pelo último homem dentro da área
    ladrjuiz: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

    rodada 7
    PALMEIRAS 1 X 0 gambás
    Fagner deveria ser expulso por agredir Dudu no primeiro tempo
    Penalti claríssimo em Gabriel Jesus
    ladrjuiz: Raphael Clauss (SP)

    rodada 8
    PALMEIRAS 2 X 2 coxinha
    2 pontos
    Gol impedido e no último minuto dos acréscimos
    ladrjuiz: Anderson Daronco (RS)

    rodada 9
    PALMEIRAS 3 X 1 SANTA CRUZ
    Gol impedido de Grafite
    Não expulsão de jogador (expulso no final do jogo) do santa cruz por agressão em Roger Guedes
    ladrjuiz: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)

    rodada 10
    PALMEIRAS 2 X 0 América Mg
    Não houve grandes "erros"
    ladrjuiz: Péricles Bassols Pegado Cortez (PE)

    rodada 11
    PALMEIRAS 1 X 2 marias
    1 ponto
    Penalti não marcado em Edu Dracena no final do jogo
    ladrjuiz: Leandro Pedro Vuaden (RS)

    rodada 12
    PALMEIRAS 4 X 0 figueira
    Não houve grandes "erros"
    ladrjuiz: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)

    rodada 13
    PALMEIRAS 3 X 1 ixpó
    Não expulsão de Diego Souza, amarelo injusto para Gabriel Jesus
    ladrjuiz: Anderson Daronco (RS)

    rodada 14
    PALMEIRAS 1 X 1 sereias
    2 pontos
    não expulsão gabigay
    vantagem de tchê tchê que sairia na cara do gol sozinho
    penalti do zeca
    ladrjuiz: wilton pereira sampaio (GO)

    Acima contabilizados 9 pontos( Só no 1º turno) que já foram tirados do PALMEIRAS, que a esta altura poderia estar 10 pontos na frente do segundo colocado.

    A arbitragem / imprensa / FPF / CBF, tentaram equilibrar o campeonato para nossos adversários. Tentaram...só que o verdão é gestão e exemplo a inúmeros clubes falidos, vejam em S.Paulo os cornorintiânus e bambis!!!?

     
  • Às 8 de novembro de 2016 05:42 , Anonymous BOCA DURA disse...

    Aos opositores palmeirenses:
    O verdão vem se preparando a mais de 2 anos pra a realidade atual, não começou agora, seus adversários estão vivendo outra realidade sem dinheiro e afundado em dívidas ou desvios, que o diga a lava jato.
    Vamos usar o bom senso e transparência por gentileza, não se apeguem a imprensa canalha e fdp que não faz outra coisa se não desprezar o verdão, na verdade são torcedores disfarçados e como vcs sentem uma inveja absurda qdo o VERDÃO vence e com lisura e caminha para a conquista do título.
    Abraço fraternal de um palmeirense ponderado.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 05:59 , Anonymous Luciano Trevisan -São Paulo-SP disse...

    TEXTO DO PVC NO UOL:
    A falsa polêmica do pior campeão dos pontos corridos


    Com todo respeito a quem pensa diferente, a polêmica de o Palmeiras ser campeão sem jogar bem não faz nenhum sentido. Se o campeão brasileiro confirma a taça com quatro rodadas de antecipação, como o Cruzeiro de 2013, é porque o país tem um time só. Se a disputa se arrasta com mais times fortes brigando, é o campeão que não consegue se sobressair. Parece mesmo que não sabemos nos divertir.

    O Leicester ganhou o Inglês com a terceira pior pontuação de um campeão no século. A campanha foi chamada de ''conto de fadas.''

    O Palmeiras ainda não é campeão brasileiro, mas está quase lá, porque jogou bem e bonito.

    Há duas diferenças entre o virtual campeão brasileiro de 2016 e os campeões recentes. Uma delas é que até o final do primeiro turno havia seis candidatos ao título e a diferença entre o primeiro e o sexto colocados era de quatro pontos. Essa distância persistiu até a 22a rodada, quando ampliou-se para cinco de distância, do líder para o sexto colocado.

    No ano passado, o Corinthians fechou o primeiro turno quatro pontos acima do Atlético, o vice-líder. Aumentou para sete de diferença na 22a rodada, para o segundo colocado. Aos poucos, o Brasileirão do ano passado tornou-se o campeonato de um time só. Como os de 2013 e 2014.

    A outra diferença é que o momento em que o Palmeiras jogou bonito foi no primeiro turno, diferente do Corinthians de 2015, que perdeu para Santos, Palmeiras e Grêmio de maneira definitiva na primeira metade do Brasileirão 2015. O Corinthians apresentou o futebol de campeão no segundo turno. O Palmeiras, na primeira parte da campanha.

    Quem tem memória curta não se lembra, mas é possível listar grandes partidas da equipe de Cuca.

    Palmeiras 4 x 0 Atlético Paranaense, Flamengo 1 x 2 Palmeiras, Palmeiras 2 x 0 Fluminense, Palmeiras 4 x 0 Figueirense, Palmeiras 4 x 3 Grêmio, Palmeiras 1 x 0 Corinthians, Sport 1 x 3 Palmeiras. Ocorre que o Palmeiras é um clube onde o nervosismos aflora e à medida em que a chance de título se aproximava, a cobrança subia e o futebol ficava mais nervoso.

    Mas não é justo dizer que o Palmeiras não jogou bem neste ano. Jogou e os seis jogos listados são exemplos. Há outros, de outro estilo. Ganhar do Corinthians em Itaquera como aconteceu no segundo turno é para times fortes. Neste ponto da campanha, já sem a mesma beleza da primeira metade.

    Na história dos pontos corridos, só o São Paulo de 2006 e 2007, o Fluminense de 2012, o Cruzeiro de 2013 e o Corinthians de 2015 chegaram à 34a rodada com mais de 70 pontos.

    Em números, o Palmeiras é igual ao Cruzeiro de 2003 (que era melhor), ao Santos de 2004, ao Corinthians de 2005, ao São Paulo de 2008, ao Flamengo de 2009, Fluminense de 2010, Corinthians de 2011 e Crueiro de 2014.

    Em qualidade, o primeiro turno se aproxima dos melhores campeões, como o Corinthians de 2015 e o Fluminense de 2012.

    Desde 1985 usa-se a expressão ''o Brasileirão está nivelado por baixo.'' Dizer que falta qualidade no Campeonato Brasileiro é mais velho do que bom-bril na antena da televisão.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 06:15 , Anonymous Edson disse...

    Claudio MG, Tb achei que o Grêmio amoleceu
    Que caia o inter. Seria ótimo.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 09:39 , Anonymous Elcio disse...

    Os "Palmeirenses" na imprensa resolveram abrir a boca, domingo vi o Antero dar um truco no Mauro Cesar, agora o Tubos Tigre escreve isso em sua coluna.
    Será que estão querendo se redimir depois de anos?
    Ou estão querendo aproveitar o momento verde?
    Acredito até que seja ordem da Edição, de uma hora para outra resolveram defender o Palmeiras, isso não cheira bem.

    Abraço.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 10:16 , Anonymous victor tredenski disse...

    PEÇO A TODOS QUE LEIAM O BLOG DO COSME RIMOLI

    PEÇO ENCARECIDAMENTE QUE TODOS LEIAM

    http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/o-silencio-da-cbf-entidade-se-cala-diante-da-acusacao-de-favorecimento-ao-palmeiras-a-denuncia-foi-feita-pelo-presidente-do-sindicato-dos-arbitros-do-rio-de-janeiro-a-suspeita-fere-a-credibilidade-08112016/

     
  • Às 8 de novembro de 2016 10:24 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Eu sempre disse isso. A Imprensa, marron ou não, sempre vai atrás dos Poderosos. E o Palmeiras, hoje, é PODEROSO. Uma questão de lógica. Até Juca Kfouri discutiu com o canalha, pisca pisca, e complexado, Indigníssimo Senhor Mauro Cesar Pereira, defendendo o Palmeiras ! Pode isso, Arnaldo ??

     
  • Às 8 de novembro de 2016 10:26 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Enquanto os cães ladram, a caravana passa........

     
  • Às 8 de novembro de 2016 10:52 , Blogger Emanuel Campana disse...

    OK. Tredenski, eu li e me arrependi de ter lido e dado clique (que parece ser isso que o jornaleiro quer), mas lhe pergunto.... Porquê o pedido encarecido para lermos??

     
  • Às 8 de novembro de 2016 11:57 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    O caluniador é sindicalista. Só por aí se percebe sua real intenção. Além disso, é carioca, devendo ser flamenguista ! Um sujeito ABAIXO de qualquer suspeita. Um pilantra aproveitador !

     
  • Às 8 de novembro de 2016 12:06 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Em tem mais. Mesmo se for verdade, ninguém pediu para o árbitro beneficiar o Palmeiras. Onde está o crime, ou irregularidade ? Só na cabeça de um desavergonhado.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 12:15 , Blogger Emanuel Campana disse...

    Exato insuperável inclusive diz que alguns que acertaram ou erraram a favor do Verdão também ficaram rodadas sem trabalhar, lembrando que os árbitros são sorteados.

    Sem fundamento essa matéria, na minha opinião.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 12:24 , Anonymous victor tredenski disse...

    CAMPANA

    PARA VER O NIVEL EM QUE ESTÁ A MIDIA E O INTUITO DA MESMA EM DESMERECER NOSSAS CONQUISTAS

    APENAS E TÃO SOMENTE

    UM ABRAÇO

     
  • Às 8 de novembro de 2016 12:26 , Anonymous victor tredenski disse...

    NÃO PRECISA FICAR RAIVOSO SÓ POR QUE ESCREVI ''ENCARECIDAMENTE''

     
  • Às 8 de novembro de 2016 12:32 , Anonymous Marco disse...

    Matéria cuja origem é o RIO DE JANEIRO.

    Mais picareta ainda e o risólis, que publica um texto que edita fatos.
    Pelo trabalho cujo título é "Brasileirão 2016 - A verdade" que pode ser achado na internet pela página do Google, nossa pontuação deveria ser 72 pontos na 31º rodada.
    O trabalho ainda não considera alguns lances capitais que prejudicaram o Palmeiras, até porque a imprensa tem escondido lances que nos prejudicam.

    Obs: o autor desse trabalho já foi informado sobre lances que faltaram e fará nova edição. Nossa pontuação hoje estaria entre 80 e 83 pontos.

    O Palmeiras está fazendo hora extra no campeonato. O título já deveria ter vindo duas ou três rodadas atrás.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 12:42 , Anonymous Marco disse...

    A rejeição e o protesto feito com amplo apoio da "Mídia Palestrina" à ESPN e a seu torcedor disfarçado de jornalista, MCP poderia ter uma versão para a "decadente" Rádio JP. Essa emissora, devido às diversas repetidoras atinge todo Estado de SP, "dia a dia" trabalha no sentido de formar opinião e imagem negativa para o Palmeiras.

    Na JP o MCP é representado pelo cidadão conhecido como Flávio Prado. Ele não é o único na emissora, mas é o mais recalcado. Entretanto, o mais absurdo é que na programação geral existe outro cidadão que se mete a falar de futebol, quando deveria ser apenas comentarista político, sua função na programação da emissora. A cada participação indevida desse cidadão sobre futebol ele ataca a S.E.Palmeiras mostrando raiva, ódio e menosprezo, trata-se do indivíduo conhecido como Marco Antônio Villa.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 12:49 , Anonymous Marco disse...

    Sei que em SP grande parte dos palmeirenses na capital não ouve a JP. Entretanto, essa emissora é a rádio paulista de maior alcance no Estado. Praticamente, não existe uma só região no Estado de SP que não tenha uma repetidora dela. Em muitos lugares, é a única emissora paulistana que pode ser sintonizada. Por essa condição, a força de formação de imagem negativa dela é muito grande. Ele cidadão, MAV, por meio de ironias, sarcasmos, joga sujo todos os dias na sua participação do programa da manhã. Fala absurdos, denegri e desmerece o Palmeiras, na mesma linha adotada por alguns participantes do setor de esportes.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 12:52 , Anonymous Marco disse...

    Sobre o Dossiê - " Brasileirão 2016 - A Verdade " segue o endereço:

    https://www.youtube.com/watch?v=aUQv622no1w

    Feito até a 31º rodada. Mesmo não considerando todos os lances que nos prejudicaram, mostra uma boa avaliação de como deveria estar o campeonato hoje.

    Assista e divulgue

     
  • Às 8 de novembro de 2016 12:59 , Anonymous Marco disse...

    Um exemplo do tratamento da imprensa ao Palmeiras

    Tem sido comum nos jogos do Palmeiras a imprensa tirar das matérias, comentários pós jogo e das transmissões, lances que prejudicam o time.
    Lances que passam batido, não são repetidos e "não entram para a história do campeonato".

    Veja o caso de Palmeiras x Cruzeiro em Araraquara:

    =============

    Melhores momentos de Palmeiras 0 x 0 Cruzeiro - Gazeta Esportiva - Ver lance dos 2:24 aos 2:26 do vídeo. (visão perfeita para o auxiliar)

    http://www.gazetaesportiva.com/campeonato-brasileiro-serie-a/veja-os-melhores-momentos-de-palmeiras-0-x-0-cruzeiro/⁠⁠⁠⁠

    O número 3 fazendo falta no Rafael Marques para ele não cabecear e fazer o gol.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 14:17 , Blogger Emanuel Campana disse...

    Tredenski não fiquei "raivoso", mas por não entender o motivo desta matéria (ridícula, por sinal), perguntei para entender e concordar ou discordar do seu ponto de vista.

    OK, concordo, a mídia quer desestabilizar o ambiente, disse que me arrependi de ler, pois não vale a pena, a mídia está até com medo, não só por esse campeonato, mas pelo que esse titulo (a se confirmar) poderá representar.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 14:35 , Blogger Emanuel Campana disse...

    Marco, prefeito a imprensa deveria usar o microfone e câmera para registrar e transmitir a verdade, mas a maioria usa esses meios para emitir sua opinião e por consequência manipular os espectadores (os que se deixam manipular), seja assunto política, futebol PU qualquer outro.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 14:44 , Blogger Emanuel Campana disse...

    PU - ou

     
  • Às 8 de novembro de 2016 14:45 , Anonymous Claudio de MG disse...

    Marco, excelentes comentários.

    Enquanto mineiro, natural de BH mesmo, más, ex-residente da zona Leste paulista. Mais precisamente, dos confins do mundo tipo Itaquera, São Miguel, Poá, Itaquaquecetuba, etc. te digo que esta Jovem Pan realmente durante ANOS, foi a ÚNICA emissora paulista de acesso "fácil" fora da "pauliceia" e também, que por anos a fio, tive que me submeter a ouvi-la, ou simplesmente ficaria sem informações, ou teria que ouvir tudo, até treino, da dupla RAPO-GALO na HIPER MEGA BAIRRISTA RÁDIO ITATIAIA DE BELO HORIZONTE. NO quesito bairrismo, a imprensa mineira não perde EM NADA da imprensa gaúcha, ok (se vier a BH, compre um tal jornal "Super", que aliás, é o folhetim mais vendido do Brasil e que pertence a um prefeito recém-eleito de uma cidade satélite de BH, e que é considerado o Prefeito mais RICO DO BRASIL. Sim, não é do João Dória este posto. Ai saberá do que estou falando. O folhetim enfatiza crimes, bajula a dupla "rapo-galo" e traz uma mulher semi-nua na capa. Precisa de mais o quê para agradar as massas?). Voltando ao tema, em tempos atrás não havia internet, Sky, etc e tal. Feitas estas observações, te digo que a Jovem Pan sempre influenciou a opinião pública fora do Estado de S.P. e que, (parece inacreditável) os times TODOS do "eixo" (existe isso?) Rio/ São Paulo sempre seriam os mocinhos beneficiados. É irritante isto, quando sabemos que a história sempre deu mostras exemplares de que os times realmente favorecidos sempre foram Flamengo e Corinthians, más, por questão tática, talvez, criaram esta falsa generalização Rio/São Paulo. O Palmeiras, nunca foi parte beneficiada nesta história. Nunca! Que o diga o "sujeito" que mandou voltar um pênalti, legalmente defendido pelo Diego Cavaliere, em um jogo eliminatório de Copa do Brasil, no qual fomos eliminados contra o "poderoso" IPATINGA/MG. Sem Mais!

     
  • Às 8 de novembro de 2016 17:36 , Anonymous Marco disse...

    Já ouvi muitos palmeirenses paulistanos alegarem que a JP é decadente, que não deve ser considerada e que não devemos que nos preocupar com uma emissora publicamente sãopaulina desde a sua fundação.

    Isso é um grande equívoco, pois essa emissora é ouvida em todo o território paulista, sendo a única em várias regiões. Ela forma imagens e opiniões para um público que não tem as informações sobre a imprensa que tem o torcedor mais ligado em futebol possui.

    O movimento de protesto feito contra a ESPN, uma emissora de TV de canal por assinatura, deveria se estendido a essa rádio que possui um alcance muito maior e não mede esforços para denegrir o Palmeiras.

    Não bastasse a "equipe de esportes", agora passou a contar com o indivíduo que coloca todo seu rancor contra o Palmeiras, usando um espaço de política. Esse indivíduo critica tanto um determinado político porque é igual a ele.

     
  • Às 8 de novembro de 2016 17:36 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    A CBF anunciou nesta terça-feira a premiação do Campeonato Brasileiro 2016. Os valores serão 67,6% maiores do que no ano passado, que foram de R$ 35,8 milhões. Ao todo, R$ 60 milhões serão divididos entre os 16 clubes que permanecerem na Série A, com o campeão ficando com R$17 milhões e o vice, R$ 10,7 milhões.

    Confira quanto ficará com cada um:

    Campeão - R$17 milhões

    Vice-campeão - R$10,7 milhões

    3º colocado - R$7,3 milhões

    4º colocado - R$5,3 milhões

    5º colocado - R$3,85 milhões

    6º colocado - R$2,6 milhões

    7º colocado - R$2,25 milhões

    8º colocado - R$1,95 milhões

    9º colocado - R$1,7 milhões

    10º colocado - R$1,5 milhões

    11º colocado - R$1,3 milhões

    12º colocado - R$1,15 milhões

    13º colocado - R$1 milhão

    14º colocado - R$900 mil

    15º colocado - R$800 mil

    16º colocado - R$700 mil

     
  • Às 8 de novembro de 2016 21:36 , Blogger ester abea disse...

    amigos e grandes Claudio, Marco, Tredenski e Campana

    Moro entre S.Paulo e o alto interior. Confirmo que nas estradas só a Jovem Pan pega.
    Quanto ao nível da RJP, é mesmo lastimável.
    A famigerada equipe de esportes, com um ridículo pseudo-palmeirense(o Betting fracassado) é dada a palhaçadas.
    Só se salva um narrador(nem sei o nome) que nítidamente narra com emoção e respeito á SEP. Claro que nem se compara ao elegante e capaz Fiori Gigliotti, o grande.
    Mas é a imprensa atual...

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial