Observatório Alviverde

10/11/2017

COM TUDO E POR TUDO O QUE ESTÁ ACONTECENDI, EU ENTREGARIA O TIME A ZÉ ROBERTO NESTAS ÚLTIMAS RODADAS!!!



Assim disse Manuel Maria Barbosa Du Bocage em famoso soneto que, quando jovem aprendi e até hoje sei de cor, na primeira frase do último terceto: 

"Nas paixões, a razão nos desampara"! 

Acho aque já citei esta frase por aqui, mas os últimos eventos envolvendo o Palmeiras, tornam pertinente o bis!

De fato, o torcedor palmeirense, desamparado pela paixão, começa a cobrar da diretoria o imediatismo de uma lista de dispensas e, em agindo assim, raciocina com a paixão, não com a razão.

Esta não é a hora adequada para se cobrar a saída de nenhum atleta, mas, sim, de cobrar profissionalismo, rendimento e produtividade de todo um elenco, nas seis rodadas que ainda restam para o término do Brasileiro/17.

Tem-se que impor, neste momento, a escalação dos melhores jogadores e exigir que o time tenha motivação, força anímica, energia e determinação dentro de campo, a fim de que obtenha uma vaga de inclusão direta na elite da Libertadores.

Para isto é necessário, insubstituível e urge que a torcida abrace o time e os jogadores, no que acredito, apenas, se eu vir acontecer.  Se não vir, não acredito!

Esta não é a hora propícia para que a torcida crie caso ou brigue com os atletas de quem o Palmeiras tanto depende e necessita para o seu objetivo de classificação. 

Qualquer boicote interno (improvável, porém possível) tem o poder demoníaco de enterrar o time e desqualificá-lo das competições mais importantes.

Por isto é de bom alvitre que não se crie, insinue ou se apresente qualquer lista de dispensas, capaz de incomodar o time e retirá-lo da zona de classificação que ainda vem ocupando na tabela, um quarto lugar com 54 pontos.

Fique claro, temos conhecimento de que muitos jogadores do atual elenco do Verdão, do ponto de vista técnico, não são dignos, sequer, de lavar o uniforme palmeirense, quando mais de vesti-lo ou de exibi-lo.

Esta porém, não é uma hora propícia para qualquer "caça às bruxas" porque o Palmeiras ainda depende dos esforços desses jogadores e desse elenco para atingir o seu atual e único objetivo no futebol, a Libertadores, muito mais importante  do que podem supor os envolvidos pela incontrolável paixão verde que os cega, obnubila e enlouquece.

Aqui cabe encaixar um registro importante da relevância das categorias de base as quais o Palmeiras tradicionalmente ignora, subavalia, despreza e rejeita, pela suprema ignorância de dirigentes que pouco ou nada sabem de futebol profissional.

Registre-se, também, outro fator contributivo para repelência desses jovens atletas, da parte de uma torcida soberba, impaciente, intolerante, pretensiosa, precipitada e crítica  sempre a exigir jogadores de grife... 

Houvesse um aproveitamento racional da base, ao menos compatível com o investimento, e o Palmeiras teria, agora muitos desses jogadores jovens devidamente engajados no elenco.


Nessa hipótese, poderia ocorrer a antecipação da dispensa de atletas marcados pela torcida e já sem ambiente no clube, alguns dos quais, sou convicto disto, se escalados, jogarão sem o menor comprometimento ou responsabilidade com o clube e com a galera...

São jogadores que não têm e nem terão o menor clima para jogar as seis partidas que restam pelo Brasileiro... 

Quanto mais para continuar no elenco em 2018, independentemente do nome do novo treinador. 

Vou citar um único exemplo, Egídio!

Depois da inabilidade da diretoria em multar Egídio em fim de campeonato por ter xingado ou, vá lá, respondido ao xingamento de torcedores, no aeroporto (outro tiro no próprio pé da tchurma de Galiotte analfabeta em futebol), eu não mais o colocaria para jogar sob nenhuma hipótese. Vai que ele resolva vingar-se da multa...

Já disse ontem e vou, outra vez, repetir a minha tese:

Diante do novo ambiente criado no Palmeiras em face da derrota contra o Vitória, eu tampouco colocaria o time nas mãos de Alberto Valentim, a esta altura um treinador abatido, desnorteado, sem força, sem alma e já sem a mais mínima capacidade de motivar  o elenco.

Como eu disse ontem, vou repetir:

" Valentim, ficou provado, já deu o que tinha que dar. Se ele continuar o Palmeiras corre o risco de perder as classificações de elite da Libertadores. 
Um treinador que não consegue mobilizar um elenco e nem motivá-lo após uma derrota imerecida (e roubada) como aquela de domingo sofrida contra o Curica ainda tem muito o que aprender!
 
ZÉ ROBERTO, EM MEU ENTENDIMENTO, SERIA O TÉCNICO IDEAL PARA A MEIA DÚZIA DE JOGOS QUE RESTAM AO VERDÃO PARA ENCERRAR A SUA PÍFIA CAMPANHA DE 2017, MAIS UM ANO, OUTRO ANO A SER ESQUECIDO PELA TORCIDA DO VERDÃO.

COMENTE COMENTE COMENTE


17 Comentários:

  • Às 10 de novembro de 2017 08:39 , Anonymous Não gosto de futebol, gosto do Palmeiras... disse...

    Bom dia. Para inicio de conversa, faltam 05 e não 06 rodadas para o fim deste que é um dos piores campeonatos brasileiros que já assistir, as regras impostas ao jogo valem para 19 dos 20 clubes que o disputa, em se tratando de disputar as rodadas últimas que restam, penso ser prudente utilizar atletas que continuarão no clube para 2018, pois os demais não veem a hora de se despedirem. Quanto a Zé Roberto de treinador considero impossível que isto ocorra, tanto pela falta de coragem da diretoria refém de torcida e mídia como também pela conduta e caráter do atleta em questão que jamais puxaria o tapete do auxiliar. Em se tratando de 2017, ano este que entra pra história como um dos maiores fiascos da nossa centenária existência, no início da temporada já seria possível prever quanta coisa errada estava a acontecer, o treinador campeão saindo, o maior presidente que já vi no clube passando o bastão para o sucessor que já o traía antes mesmo de assumir, um diretor sem freio contratando ao modo que lhe convier com a anuência de todos, jogadores contratados sem critérios técnicos e/ou táticos, vide Antônio Carlos, Felipe Melo, Michael Bastos, Bruno Henrique, Juninho, Deyverson, não utilização da base para completar o elenco, Eduardo Batista sem nenhum fator positivo que justificasse sua vinda ao invés de usar Valentim já que se sabia que Cuca voltaria pós alguns meses, não dá o cargo de diretor de futebol a Paulo Nobre como o mesmo gostaria, venda de Vitor Hugo um dos grandes responsáveis pelo enea em 2016, falta de reposição para o gol, laterais e meia de ligação que todos sabiam da necessidade, assumir a condição de dependente de patrocinador com todas as contas em dia, não blindagem do futebol como aconteceu em 2016. Próximo sobre 2018, pois é muito fácil apontar os erros hoje depois de acontecido...

     
  • Às 10 de novembro de 2017 09:03 , Blogger Alexandre Correia disse...

    O nome de Vagner Mancini começa ganhar força nas alamedas do Palestra, correm por fora Jair Ventura e Abel Braga. Valentim insistindo com o Egídio, Juninho , BH gamba e colocando o pipoqueiro do Roger Guedes no lugar do Keno se queimou sozinho.
    Valentim não tem comando pra ser treinador do Palmeiras é um banana, jogadores pipoqueiros gostam de treinador desse perfil.

     
  • Às 10 de novembro de 2017 12:32 , Anonymous Luther Blisset disse...

    Técnicos para 2018:

    * Na atual circunstância melhor opção:
    - Vagner Mancini

    * Escolha arriscada:
    - Manutenção do Valentim
    - Fernando Diniz
    - Qualquer técnico estrangeiro em ascensão.

    * Retrocesso:
    - Abel Braga
    - Mano Menezes
    - Felipão
    - Luxemburgo

    Luther Blisset

     
  • Às 10 de novembro de 2017 12:37 , Anonymous Verde Insuperável disse...

    Eu gosto de Futebol, e gosto ainda muito mais do Palmeiras. E ponha-se Mais nisso. Creio que a sugestão do Blogueiro Mayor é bastante pertinente. Ninguém melhor do que o maravilhoso negro dos cabelos espetados ser utilizado para os jogos derradeiros deste ano deplorável. Em uma só tacada seriam resolvidos dois problema:Nos livrariamos do fraco Valentim, e faríamos uma função ao nosso novel hóspede do Resort. Por certo, trabalhador e interessado que é, ZR não declinaria de tal convite, o mesmo eu não podendo dizer dos outros hóspedes, alguns necessitando de fisioterapia e um desengripante, de tanto tempo que estão na vadiagem folgazona e remunerada. Mas, dando minha exclusiva opinião, penso que melhor seria já contratar outro treinador. Luxemburgo é minha primeira opção. Leão, a segunda. Os dois poderiam iniciar os trabalhos agora, já, imediatamente. Não podemos repetir os erros do ano passado.

     
  • Às 10 de novembro de 2017 12:40 , Anonymous Verde Insuperável disse...

    seriam resolvidos dois problemas...

     
  • Às 10 de novembro de 2017 15:02 , Anonymous Telugo Alviverde disse...

    Leão? Luxemburgo? Mancini? Minha nossa, em que mundo vocês vivem? Será que ninguém acompanha os seguidos PÉSSIMOS trabalhos de Luxemburgo? O que Mancini fez no e para o futebol brasileiro além de conviver com os times que dirige sempre na parte de baixo da tabela e de ter ganhado a Copa do Brasil há 12 anos atrás? Até Pericles Chamusca ganhou. Leão? Se for pra contratar um motivador, que contrate então o Abel Braga, que ao que parece está insatisfeito no Fluminense. Leão sim, seria uma ótima pedida para a direção. A verdade é que estamos a pé e descalço no que diz respeito a técnico no Brasil. O 'melhorzinho' quase foi contratado semanas a atrás. Devemos discutir a sério o nome do treinador do Palmeiras para 2018, e não ficar com gracinhas nos comentários. Parece que pede pra ser criticado...Só pode.

     
  • Às 10 de novembro de 2017 15:13 , Anonymous Jofre disse...

    axo ki a turma anda bebeno vodica cum grozelia. o mai são é o sabi tudu co seu jogu di palavra. impagaveu. Kkkkkkkkkkkkkkk

     
  • Às 10 de novembro de 2017 16:18 , Anonymous BIG VERDE disse...

    Matéria da ESPN demonstra o quanto os corvos (retornaram pós Nobre)estão tentando (e conseguindo)espalhar o caos na Sociedade Esportiva Palmeiras. Mustafá confirma que procurou os donos da Crefisa para que parassem de investir no Palmeiras, é brincadeira um safado deste, ter tanto apego ao quanto pior melhor para continuar sua atuação nos bastidores destruindo o futebol do clube mais apaixonante e decente do Brasil (graças aos verdadeiros torcedores), se este velho rabugento e danoso é capaz de revender ingressos adquiridos como cortesia, imaginemos então o estrago que fez quando presidente e quando elegia seus fantoches como Banana Tirone, se não houvesse este câncer no Palmeiras teríamos ganho mais 10 títulos brasileiros e muitos outros, precisamos urgentemente de Paulo Nobre em 2019, que o mesmo consiga aprovar um novo estatuto onde este tipo de Sr. Feudal não consiga um domínio tão vasto como temos visto, o sócio-torcedor precisa participar das eleições do clube, o cargo de conselheiros deve ser extinto, só nos faz mal, sócios vitalícios não devem ser mais elegidos, separar territorialmente e financeiramente o futebol do clube social, aliás com esta simples mudança resolveria tudo, deixando eles se digladiarem no clube social e por último renomear a denominação do clube de Palmeiras para Palestra/Palmeiras retornando as nossas origens e mantendo também o nome atual, sei que é muita utopia imaginar tanta transformação, porém, sonhar nada mais é que viver!.

     
  • Às 10 de novembro de 2017 16:24 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Ok, prezado Telugo. Então me dê um nome exequível para o técnico de 2018 ???
    Lógico que não vale Guardiola, Sampaoli, Bielsa, etc...

     
  • Às 10 de novembro de 2017 17:11 , Anonymous Nei Verde disse...

    Gente....! jamais que o Cara de ovo.bobo da corte, trairá, pau mandado do mustafá vai demitir H. Valentim, temos que torcer e pedir a San Genaro, que ele consiga classificar o time para libertadores, porque o incompetente não vai mudar.

    Vamos fazer a pre-temporada como em 2017, sem o técnico definitivo, com isso o larapio Diretor$$ contrata mais umas baciadas, e quando o treinador definitivo chegar não aceita os encostos em que ele vai trazer.

    Resumindo, estamos f....., dentro e fora de campo, presidente panaca, diretor comprador safado$$$$, técnico interino bundão, sapomustafa mandando, futuro tenebroso...!

     
  • Às 10 de novembro de 2017 17:34 , Anonymous Nei Verde disse...

    Leão disse que não quer mais saber de ser técnico, Profexo, só quer carteado pelas madrugadas, técnicos da turma dos novatos, vai querer fazer media com os hospedes paneleiros, ai já viu, continua do mesmo jeito, a melhor solução hoje é um disciplinador"ABEL".
    Para trazer um novato, tipo Jair Ventura, Roger Machado, ate mesmo Mancini, tem que fazer um limpa antes na panela.
    Prass, Zé Ré, Jean, Tchê Tchê, Dudu..etc...!!junto com esses os bisonhos, ridículos Maike, Fabiano, Juninho, Egídio, Tiago Caminhão sem freio, Bruno Henrique, Roger Guedes, Mobilete Deyverson, Eric.

    Eu segurava nesse elenco:
    Jailson, Vinicius, Michel Bastos, Dracena, Luan, Mina, F. Melo, Arouca, Moises, Guerra, Veiga, Hyoran, Borja, Keno, Wilian.
    Encorporava os emprestados, João Pedro, Tiago Martins, Vitor Luiz, promoveria os meninos da base que estão nas categorias de base das seleções, e contrataria cirurgicamente, Um zagueiro, um meia armador, um atacante de area, e um goleiro, menos o frangueiro do A. Paranaense..!

     
  • Às 10 de novembro de 2017 18:56 , Anonymous AD, o Editor! disse...

    Conforme comunicados anteriores, reitero que as publicações anônimas do bem ou do mal serão cortadas; Constrangedoramente corto outra! (AD)

     
  • Às 10 de novembro de 2017 19:53 , Anonymous JOFRI disse...

    Vô trokar my ninkname.
    Tem um Jofre fake iscreveno ko meu nomi.

    Num possu krer qui tem genti qui quer Dudu e Pras fora.
    Ô miopia gravi.

     
  • Às 10 de novembro de 2017 20:54 , Anonymous Sr. Keiko disse...

    Isso que eu chamo de entrevista coletiva

    https://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/valentim-e-todo-elenco-do-palmeiras-se-juntam-em-coletiva-veja-o-que-foi-dito.ghtml

     
  • Às 10 de novembro de 2017 21:40 , Anonymous Paulo Junior disse...

    Olha o que erros de arbitragem podem custar a um time:
    Após os erros crassos contra nós contra os Gambás e o Cruzeiro (houve erros contra o Vitória tb)

    Vimos o líder se distanciar, os jogadores desanimarem por causa desses erros (ninguém gosta de sofrer injustiça em qualquer profissão), a torcida se virar contra a maioria dos jogadores (ninguém mais presta)

    Se esses jogos fossem decididos na bola ganhariamos os dois e entrariamos contra o Vitória como lideres, outra disposição, outro animo enquanto os Gambás entrariam com uma pressão absurda

    Mas os gambás é que estão nesta situação.. porque?
    por causa do favorecimento da arbitragem, imagine se fossemoa nós os beneficiados.. já teriamos sido campeões faz tempo (não desejo ganhar assim)

    e o que fazemos agora? (grande maioria dos torcedores, vamos dizer a verdade) - MASSACRAMOS nossos jogadores e treinadores jogando mais pressão em quem ja entra pra jogar contra 12,13,15 "jogadores"

    É por isso que pro Palmeiras ser campeão precisa ter uma seleção indiscutível e jogar 10 vezes mais q os adversários

    porque então não decidimos
    apoiar INCONDICIONALMENTE os jogadores e admitir que pressionando somos parte do problema e não da solução

     
  • Às 10 de novembro de 2017 23:05 , Anonymous Verde Insuperável disse...

    Nada mais RIDÍCULO do que ver o Paneleiro Prass, mais uma vez, tentar sustentar um treinador. Até quando esse elemento vai "soltar e mandar prender" no Palmeiras. Esse Vagabundo além de raqueteiro, que nunca agarra nenhuma bola, um frangueiro de marca maior, um vigarista, é o representante maior dessa moléstia chamada Resort, que transformou o Palmeiras em um bando de vagabundos desinteressados, que sequer tem ânimo de jogar, porque sabem que o que vale é a opinião desse picareta ordinário, que conseguiu em todo esse tempo puxar saco da diretoria, para manter seu "status quo". Ele é tão sem vergonha que, para tentar renovar contrato milionário com nosso Time, anda enviando às TVs uma plantinha onde sua assessoria de imprensa relata as defesas que tem feito ultimamente. Fim do mundo esse traste. Pior de tudo é que seu empresário é o mesmo do pilantra Kleber gladiador, que tentou deixar o Palmeiras de joelhos anos atrás. Caramba, será que nenhum de vcs sabe disso ? Como podem defender um indecente desses? Assumo o que estou afirmando, para todos os fins de direito e responsabilização civil e penal. Nunca passei tanta vergonha na vida, como Palmeirense, depois dessa cena patética de hoje, protagonizada por Prass, Velentim e caterva.

     
  • Às 10 de novembro de 2017 23:06 , Anonymous Jorge Campi disse...

    Os jogadores desanimam também, ao ver uma diretoria fraca e que, bovinamente, aceita tudo.
    Tivéssemos uma comissão técnica e diretoria( presidente, diretor de futebol) atuantes, tenho certeza que o abatimento estaria menor.
    Faltam liderança e coragem aos atuais dirigentes palmeirenses.
    Somos roubados nas cara dura e o presidente fala em esperança de melhorias, em esperança de uma arbitragem melhor.
    Ora, vai catar coquinho Gallioti.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial