Observatório Alviverde

31/05/2018

CRUZEIRO 1 X 0 PALMEIRAS. FICAR COM ROGER MACHADO SERÁ UM TIRO NO PRÓPRIO PÉ!


Não pelo resultado, mas pelo pífio rendimento do time, com Róger Machado ficou muito claro que não dá mais.

O Palmeiras não é time pra jogar na retranca feito time pequeno sem ao menos um esquema que o permita contra-atacar a fim de tentar vencer os jogos.

Ontem, se o Cruzeiro não houvesse respeitado tanto o Palmeiras e, simplesmente, arriscado um pouco mais, a derrota teria sido mais contundente e por uma contagem mais dilatada.

Não, não venham apresentar-me os números de Róger (Já assisti a esse filme aqui no Atlético MG)  porque não há números que justifiquem uma derrota nas condições e na forma da de ontem, aqui em Belo Horizonte.

O Palmeiras, segundo a estatística da TV, superou o Cruzeiro no quesito posse de bola, mas eu pergunto, e daí?

Em que resultou o estéril domínio?

O que o Palmeiras conseguiu em termos práticos, tocando a bola de um lado para o outro sem a  menor noção de "target", para que se use um neologismo já de uso tão corrente?

O que se poderia esperar de um time sem uma única jogada de profundidade e que não conseguiu ameaçar sequer os zagueiros estrelados, quanto mais o goleiro Fábio, privilegiado espectador do jogo, em tempo algum?

Conclusão: Embora o Cruzeiro não houvesse realizado um grande jogo, soube explorar as deficiências do adversário e vencer um jogo que só foi um pouco mais difícil pelo fato de o time mineiro ter respeitado demasiadamente o "poderosamente" fraco e mal dirigido time do Palmeiras, que, enfim, acabou derrotado e humilhado, sem esboçar o menor sinal de reação ou de vida.

Para encerrar quero que os meus companheiros de blog leiam o que eu escrevi na edição de ontem deste OAV, no setor de comentários (repito) no setor de comentários), quando do intervalo do jogo.

Finda a vergonha de outra pífia apresentação e de um péssimo resultado, cheguei, ao paroxismo, não sei se da tolerância ou da intolerância, mas plenamente convicto de que "com Róger Machado não dá mais para continuar"....

Você, também, pensa assim?


FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 x 0 PALMEIRAS
Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 30 de maio de 2018 (Quarta-feira)
Público:
Renda:   
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC) 
Ruim errando, muito mais, em detrimento do Verdão  NOTA 5.
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (SC) NOTA 7 e Neuza Ines Back (SC) NOTA 7
Cartões amarelos: Thiago Neves e Ariel Cabral (CRU); 
Willian, Marcos Rocha, Bruno Henrique, Antônio Carlos e Thiago Santos (PAL)
Gol:
CRUZEIRO: Rafael Sóbis, aos 23 minutos do 2º Tempo
CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Lucas Silva (Ariel Cabral), Romero, Robinho e Thiago Neves (Bruno Silva); Rafael Sóbis e Sassá (Raniel)
Técnico: Mano Menezes.

PALMEIRAS: 
Jailson - Não o culpo pelo gol, mas está na hora de Prass voltar. E não apenas em razão do tal caso da liderança que abordamos, ontem, no blog, mas pelo fato de Prass ser, está comprovado, infinitamente mais goleiro. NOTA 6. 

Marcos Rocha - Obedeceu o treinador, guarneceu posição e não foi por aí que o Cruzeiro chegou ao gol. Agora, cá entre nós, escalar um lateral (que apoia bem e marca mal) e colocá-lo no time apenas para marcar, mais do que um desperdício é uma burrice mesmo. NOTA 6.

Antônio Carlos: Foi bem e mostrou ser o melhor entre todos os zagueiros que o Palmeiras tem neste momento, melhor até do que Dracena, um dos responsáveis pelo gol sofrido. NOTA 6,5.

Edu Dracena: Vinha bem até falhar clamorosamente no lance do gol. É o tal negócio, qualquer zagueiro, num determinado momento ou lance, pode falhar. O grande problema é que, em face da costumeira ausência de reação, já se sabia de maneira antecipada que o Palmeiras, se sofresse o gol, não teria forças pra reagir. Esse aspecto acabou amplificando a falha de Edu. NOTA 6.

Victor Luis: Tanto e quanto Marcos Rocha, foi sacrificado e fugiu aos seus estilo e características de lateral muito mais apoiador para guarnecer a lateral e ajudar na "tática revolucionária do moderníssimo Róger Machado" jogando exclusivamente atrás, com raríssimas chegadas ao ataque. NOTA 5

Thiago Santos: Lutador, esforçado, raçudo, atento, valente, presente, partícipe o jogo todo e se apresentando sempre como opção de passe, foi um dos poucos que jogou com empenho e com alma, correndo muito o tempo todo. Uma pena que o esquema exageradamente defensivista de Róger, no qual ele era uma das principais peças, o transformou (muito mais) em um quinto zagueiro. Anulou Thiago Neves, o principal articulador cruzeirense e mostrou deficiências costumeiras, mas exclusivamente, naquilo que já se conhece, na entrega de bola. Eu testaria esse jogador como um segundo zagueiro de área. NOTA 6,5 

Bruno Henrique: Foi o melhor do time, tendo cumprido, simultaneamente, as funções de meio-campista defensor e na ausência de um armador, também desse. Solitário na luta acabou cansando. NOTA 7.

Lucas Lima: Mas ele entrou em campo? Vi o nome dele na relação da televisão, mas em campo, não! Por que ele jogava tanto com a camisa do Santos e nada com a do Palmeiras? Seria um problema dele, um problema (ainda) de adaptação à tática e ao grupo? Ou seria um problema de inadaptação ao esquema de Róger Machado? Se no jogo contra o Sport ele houvera sido o pior em campo, por que Róger o escalou ontem como titular? Por que o manteve em campo "brincando de jogar bola por longos e intermináveis 45 minutos? NOTA ZERO!

(Hyoran): Acrescentou apenas alguns gramas de condição física e correria, mas, do ponto de vista técnico, está ainda muito longe de ser um jogador que se possa proclamar como uma solução. Não tenho, ainda, do ponto de vista global uma opinião formada sobre Hyoran (ele não é tão novo assim) mas ainda duvido que ele represente uma solução para o meio de campo palmeirense. Prefiro aguardar. Ontem, NOTA 5.

Dudu: A fase de Dudu não é boa, mas a sua condição de estar acima da média geral nos leva à conclusão de que ele é um jogador que Róger Machado deveria evitar de substituir pois em uma jogada individual, em um lançamento, em uma enfiada de bola, num cruzamento precioso e até em um tiro de média ou larga distância, pode, de repente, alterar radicalmente um resultado. Foi estranha a forma que Dudu deixou o jogo, sem cumprimentar ninguém e chutando tudo o que via pela frente, como se estivesse irado com Róger . NOTA 5.

(Moisés) Colocar Moisés e tirar Dudu quando o problema do time não era individual, mas de esquema de jogo, comprovam que Róger Machado está completamente perdido. Se, como disse Marcos Rocha no intervalo, Keno estava doente, duas perguntas: primeira: por que Keno, fora de suas melhores condições físicas foi escalado em um jogo de tanta importância? Segunda: por que não foi Keno (não Dudu) o retirado de campo? Ou a televisão não registrou que Machado (completamente abilolado e perdido) houvera ficado "P" da vida quando o Palmeiras sofreu o gol, atribuindo-o a uma falta de marcação de Dudu no chamado nascedouro do lance e filmou Machado se dirigindo imediatamente ao auxiliar e ao banco para retirar Dudu do jogo? Moisés fez o que pôde, mas não passou de  um esforçado inteiramente perdido e sem ter com quem trabalhar. NOTA 5. 

Keno - Pior apresentação de Keno com a camisa do Verdão. NOTA 4.

Willian: Era uma vez um atacante baixo que Róger Machado quis transformar em beque. Não deveria ter sido ele a sair para a entrada do nulo Deyverson. NOTA 6

(Deyverson) - Ele é do ramo? Às vezes penso que não. SEM NOTA

DESTAQUE FINAL:

Ontem não houve craque do jogo e as personagens foram, todas, negativas

Técnico: Roger Machado 
Como pôde querer que o Palmeiras jogasse na retranca se o jogo não era eliminatório? Por que não jogou dessa forma a decisão do Paulistão contra o Curica como exigia aquele jogo?

Como pôde dizer em entrevista na TV que cultiva insistir com jogadores tipo Lucas Lima, por pior que eles estejam? Pior, ainda, como teve coragem para ressuscitar pela enésima vez o nulo Deyverson?

Como pôde jogar contra-atacando sem jogadores que propiciassem a formatação de um esquema para tal? Por que e para que, então, o Palmeiras contratou laterais apoiadores como Marcos Rocha e Vitor Luís?

Como pôde escalar Keno fora de condições clínico médicas  em jogo tão importante?

Como pôde demorar tanto para retirar o zero à esquerda Lucas Lima (que havia se escondido do jogo), apenas no intervalo? Como pode "digerir" e aprovar um time desprovido de transição por tanto tempo?

Como pôde deixar no banco um jogador vibrante, versátil e líder como Moisés? Ele tinha de ter entrado de cara para, na ausência de Felipe Melo, liderar o time em campo. 

Por que, quando colocou Moisés no jogo, ele  retirou Dudu e William deixando-o sem ter com quem jogar?

Como pôde, enfim, ter tido, ele, Róger Machado, uma atuação tão desastrosa!

CONCLUSÃO: NOTA ZERO, com compasso.

Repito e sustento o que disse na manchete:

Se permanecer com Róger o técnico do monólogo tático, o Palmeiras terá atirado contra o próprio pé.

COMENTE COMENTE COMENTE!

46 Comentários:

  • Às 31 de maio de 2018 07:18 , Anonymous Caminhoneiro disse...

    Temer, queremos que o governo (federal, estadua, municipal ; executivo, legislativo, judiciário) corte os custo das regalias...
    Reduza o tamanho do congresso, a quantidade de ministerios, o numero de deputados estaduais, vereadores, etc...
    É isto, o cobertor é curto! Queremos que reduza o tamanho do corpo a ser coberto!

    Fora temer... fora Roger!

     
  • Às 31 de maio de 2018 08:25 , Blogger Joel Ferreira disse...

    Tem toda a razão, esse técnico é muito fraco e não sabe nada. E melhor mandar embora urgente.

     
  • Às 31 de maio de 2018 09:03 , Blogger Libertad disse...

    Alcides, perfeitamente vc descreveu a situação.
    - Jailson não da mais, daria uma oportunidade ao Weverton.
    -A.Carlos, nosso melhor zagueiro.
    -Moisés, é nossa salvação no meio, colocaria junto com Jean.
    -T.santos, aqui discordo de vc, péssimo, só desarma com trombada e faltas (desarme com faltas, não ganha o contra ataque, corre o risco da bola parada),assim como o Motoneta não tem nível para Palmeiras.
    -L.Lima o que será que acontece? Não da para contar com o cristal que já machucou de novo, Hyoran ainda não esta pronto, Cade Scarpa? Situação que não entra comissão $$$$, não tem interesse de resolver.
    -Tirar Willian para por essa ruindade, esse ridiculo Deyverson, esse sujeito tinha que doar ele para um time amador, passar uma borracha, esquecer.
    ####NA SUBSTITUIÇÃO DO CHORÃO, OBSERVAMOS, VIEMOS A SABER COMO ESTÁ O AMBIENTE, O VESTIÁRIO, TOTAL E EXPLÍCITA FALTA DE COMANDO, O PRÓPRIO FISICULTOR QUE ESTAVA NO BANCO SE OMITIU E VIROU A CARA PARA REAÇÃO DO CHORÃO.
    O PRANCHETA ESTA SEM O CONTROLE, SE É QUE TEVE ALGUM DIA..!
    O Chorão não volta para marcar, não gosta, se acha o Messi, é um dos problemas, e o Prancheta não consegue doma-lo, foi dado muita moral para esse nanico, não comemorou gol, perdeu gol contra Sport porque chutou com raiva, não está jogando nada, trava o ataque.
    Ontem Keno o único que vinha fazendo alguma coisa, foi escalado com uma virose , não conseguiu jogar o time morreu no ataque.
    Entrevista do paspalho depois do jogo, é pior do que sua função de tecnico, tem que mandar embora já,junto com o picareta $$, esse sim o mal maior.
    Mas quem sabe nas férias pelos resorts do caribe td se ajeita.
    Nei

     
  • Às 31 de maio de 2018 09:10 , Blogger Libertad disse...

    Tem que fazer o mesmo que Flamengo fez, mandar todos para rua, diretor, comissão tecnica, e alguns jogadores, o ambiente esta uma baderna.
    Será que o ex Flamengo, hoje no Vasco, não é uma boa, ou seria outro Prancheta?
    Nei.

     
  • Às 31 de maio de 2018 09:52 , Anonymous Telugo Alviverde disse...

    Vou repetir aqui o que escrevi ontem: temos um presidente que não entende de futebol, um diretor que diz que entende de futebol e uma patrocinadora que quer ser presidente que entende menos ainda de futebol.
    Estamos lascados.
    Números, números e números. O ex técnico do Arsenal tinha ótimos números a frente da equipe. O problema é que não ganhava nada, de vez em quando uma Copa da Liga Inglesa, uma espécie de "Primeira Liga" lá na Inglaterra.
    Cambada de néscios, calhordas, paspalhos e incompetentes.

     
  • Às 31 de maio de 2018 09:54 , Anonymous Darth palestra disse...

    O Dudu, mesmo não jogando bem, foi o jogador mais lúcido do ataque do Palmeiras.
    Está sendo perseguido por torcedores que já expulsaram Diego Souza, Alex, Love, Leonardo Silva(titular do CAM e campeonissimo) e Leo (titularíssimo no Cruzeiro desde que saiu do Palmeiras).
    Nosso técnico é fraco e também não deve conseguir controlar os bastidores.
    Justifica tudo e não realiza.
    A reação do Dudu, um indivíduo de brio, mostra que não concorda com o RM e talvez outros jogadores também não concordem.
    Escalou até um jogador doente e não teve a sensibilidade de perceber que o keno tinha que sair.
    Uma lástima.
    Para ter um técnico assim, deveríamos ter ficado com o nosso antigo auxiliar.
    Dava na mesma.
    O técnico do Vasco me agrada.
    Seria uma boa aposta.

     
  • Às 31 de maio de 2018 10:03 , Anonymous Telugo Alviverde disse...

    Roger Machado não banca o politicamente correto, mas sim o taticamente correto. Esse sujeito acha que engana quem com esse cascalho verborrágico futebolístico pra fazer mamute contar carneirinhos!
    Minha paciência com esse cara chegou no volume-morto, igual na crise hídrica aqui de SP.

     
  • Às 31 de maio de 2018 10:07 , Blogger Irineu Curtulo disse...

    Bom dia, Alcides e Palestrinos! Esqueçam essa história de que se não ganhar dos bambis a batata vai assar para o Roger. Não acontecerá pois a diretoria "acredita" em números. A folga de 12 dias antes do embarque para outra folga pelo Caribe é para blindar a comissão técnica. Não temos comando em qualquer das posições hierárquicas. Estamos fadados a ressuscitar o sapo-boi por incompetência (o que será que o Paulo Nobre viu nesse cara para indicá-lo?). Enfim, esse será o nosso 2018.

     
  • Às 31 de maio de 2018 10:07 , Anonymous Telugo Alviverde disse...

    Politicamente correto é um enfado, assim como o taticamente correto desse pseudo-pseudo- pseudo-pseudo técnico.

     
  • Às 31 de maio de 2018 11:02 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    90% do salário desses p/o/r/r/a/s tinha que ser por produtividade.
    Podem mandar o Gauchês embora, ele é fraco mesmo.
    Mas essa doença que contaminou esses jogadores, essa doença do não futebol que infectou o Palmeiras, não tem cura.

     
  • Às 31 de maio de 2018 11:18 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos

    para variar em trânsito, nao vi o jogo...acho que foi melhor

    parece que o prazo de validade de RM venceu. Se nao ganhar do SPFW, rá-ré-ri-ró-RUA

     
  • Às 31 de maio de 2018 12:04 , Anonymous Darth palestra disse...

    Olhem o resultado que o globo esporte colocou.

    https://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/roger-lamenta-oscilacao-do-palmeiras-e-diz-aceitar-pressao-por-sequencia-negativa.ghtml

     
  • Às 31 de maio de 2018 12:11 , Anonymous Anônimo disse...

    Alcides, tenho a dizer apenas a seguinte palavra: Pena. Pena que o Verdão chegou a esse estágio nessa altura do ano. Independente desse ou daquele desempenho individual, vemos hoje, que o grupo do Verdão está dividido. Quem está encabeçando isso: infelizmente Dudu e Lucas Lima. É flagrante isso na entrevista de RM no pós jogo. Insisto: a culpa não é dele e sim desses 2 atletas que lideram o grupo. O técnico fica refem dessas lideranças. Não estão jogando nada e nem fazendo jus ao que recebem. Mas sabem que podem jogar na conta do treinador, seja esse que está aí ou de outros nomes que poderiam estar ou vão estar após o jogo do SP. Sabem muito bem que a corda quebra no lado mais fraco. E o lado mais fraco é o técnico. Sabem jogar pra torcida ceifar o que está na berlinda. São matreiros. Dudu inclusive teve reunião com a torcida da mancha com apoio da diretoria, torcida essa que queria fora RM. Esses articuladores sabem que não serão cobrados, pois irá cair na conta de fulano ou beltrano. Recebem em dia seus poupudos salários e não desempenham da melhor maneira suas atividades por conta do seu ego e estrelismo. Mais uma vez o Verdão irá ceifar a consequência é não a causa. Foi assim no ano passado e será nesse ano. Não vamos ganhar nada neste ano de novo, pois o círculo vicioso continua instalado. O dia que o palmeirense aprender a cobrar o jogador e não o técnico isso vai mudar, com certeza. Infelizmente hoje tudo é decidido pelas redes sociais, com a apimentada fake news. Antônio de americana sp. abraço Alcides. Venha visitar nossa cidade e será muito bem recebido. Ela é maravilhosa.

     
  • Às 31 de maio de 2018 12:24 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Com todo o respeito que merecem, ouso discordar daqueles que sugerem o néscio Zé Ricardo para nosso treinador. Meu Deus, barbaridade, estamos cansados de estagiários, ineptos, pranchetinhas, bostejadores, e tudo o mais que essa gente representa. Depois de Kleina, Eduardo Batista e Roger, ridículos aprendizes, que esse tipo de gente fique longe da academia. Ainda mais o noviço do Vasco, com seus "errrisss" insuportáveis. Se é para pegar alguém do Balneário, que seja Luxemburgo. Pelo menos sabe o que faz.

     
  • Às 31 de maio de 2018 12:35 , Anonymous Jofre disse...

    Pelamor insuperavi.
    O pofessô naum

     
  • Às 31 de maio de 2018 12:56 , Blogger Libertad disse...

    Antonio, vc foi muito bem, a panela é forte o chorão é uma das causas, juntamente com mais uns dois ou três, com a anuência da omissão do diretor picareta e do presidente idiota, babaca, o técnico é fraco e sem fibra.

    Estamos a mercê de um fantoche que quer se reeleger presidente, que precisa da grana da tia, tia que não abre mão do diretor picareta, diretor picareta aproveitador, não contrata técnicos de pulço porque estragarão seus negócios, boleirada observa todo desmando, finge que joga, assim vão todos vivendo-se bem com luxúria e muita grana.
    Os problemas já crônicos vem de sima, estoura nos resultados, dentro do campo.
    Já disse, ano perdido, a Luz, somente se Nobre voltar.
    Nei

     
  • Às 31 de maio de 2018 13:37 , Anonymous alcides drummond, o editor disse...

    Antonio

    Parabéns pelo comentário que manifesta uma situação para a qual temos, todos nós, de ficar de olho.

    Gostei de suas publicações e espero que vc, com um nick decente que o personaliza em nosso meio será (já é)
    um participante importante deste espaço.

    Quanto à Americana já conheço e se você quer saber, desde a década de 50 quando ainda nem era emendada com Santa Bárbara do Oeste.

    Abs e saudações a você que mora justamente na terra do locutor Jota Júnior! Você o conhece? Abs (AD)

     
  • Às 31 de maio de 2018 13:55 , Blogger Duende Verde disse...

    Acredito que temos que contratar um técnico experiente, daqueles que os jogadores corram por ele... Abel Braga seria o nome, mas acho muito difícil ele sair dos Bambis do RJ.

     
  • Às 31 de maio de 2018 13:56 , Anonymous Anônimo disse...

    Grande Alcides, jota Júnior aqui é como moeda de um real. Loucutor e palmeirense de primeira. Dos nossos bons tempos. Pena que nosso Rio Branco chegou onde chegou. Era time forte e revelador de jogador. Era uma disputa ferrenha com a inter e independente se Limeira, fora o união agrícola barbadense de Santa Barbara do oeste, cidade aqui vizinha mas que tinha também time tinhoso. Mas o tempo passa e tudo se perde nessa modernidade. Vou procurar escrever mas não sei muito essa coisa de cadastro. Abraço e bom feriado aí. Aqui já tem gasolina nos postos.

     
  • Às 31 de maio de 2018 14:15 , Anonymous Anônimo disse...

    O Rio Branco é conhecido por revelar grandes craques para o futebol brasileiro e mundial. Os principais nomes são: Mineiro, Flávio Conceição, Marcos Assunção, Marcos Senna, Macedo, Sandro Hiroshi, Marcelinho Paraíba, Romarinho e Thiago Ribeiro. Em 2006 o Rio Branco foi o único time do mundo a revelar três jogadores para três seleções diferentes em uma mesma copa do mundo, com Marcos Senna jogando pela Seleção Espanhola, Zinha pela Seleção Mexicana e Mineiro pela Seleção Brasileira.[3] O clube atualmente busca reestruturar sua base e voltar a revelar grandes jogadores. Para isso foi lançado o projeto denominado "Meninos do Rio Branco". Minha filha mandou colocar isso do nosso tigre.

     
  • Às 31 de maio de 2018 14:17 , Blogger Duende Verde disse...

    Concordo!!! Chega de estagiários!!!

     
  • Às 31 de maio de 2018 14:27 , Blogger Duende Verde disse...

    Será que o maior goleiro da nossa história não aceitaria esse desafio??? Emerson Leão é a solução!!! Até rimou kkkkkkk

     
  • Às 31 de maio de 2018 14:49 , Blogger Libertad disse...

    A primeira atitude, é demitir Mattos, técnicos de renome que se impõem em elencos não vem com esse de diretor, ele tira a autoria dos treinadores principalmente nas contratações, protegido da patrocinadora que manda no presidente cara de ovo.
    Os boleiros já perceberam, e é sabido que em zona não tem dono.
    Nei.

     
  • Às 31 de maio de 2018 14:50 , Blogger Libertad disse...

    Tira a autoridade.

     
  • Às 31 de maio de 2018 15:53 , Blogger Alcides Drummond disse...

    A TODOS

    As duas respostas de ANONIMO são de Antonio, de Americana, em contato conosco

    Por isto não foram deletadas...

    Aproveitando o ensejo informo o Antonio de Americana que não estamos exigindo nenhum cadastro de ninguém, mas que apenas publique um nick-name.

    Abs (AD)

     
  • Às 31 de maio de 2018 15:58 , Anonymous Alcides Drummond, o Editor disse...

    EM TEMPO

    Antonio de Americana já consideramos um excelente nick. (AD)

     
  • Às 31 de maio de 2018 16:12 , Anonymous Pergunta disse...

    juro que eu queria entender o por que dessa fixação por VL (Vanderlei Luxemburgo, outrora melhor técnico, hoje superado técnico. Sério pessoal, não estou fazendo troça nem querendo tumultuar o blog, só queria entender o por que vocês pedem tanto luxemburgo no time. O últimos (e bota últimos nisso) trabalhos dele não foram suficientes pra mostrar o quanto defasado ele está.

     
  • Às 31 de maio de 2018 18:02 , Blogger Libertad disse...

    Estava vendo o programa mais 90 no esporte interativo, nosso maior goleiro Émerson Leão, só faltou se oferecer para ser nosso diretor de futebol, disse que esta evidente que tem panela no vestiario, desde a epoca do Cuca, pode trocar um treinador por mês, mas se não resolver o mal incrustado não adianta, e que Roger assim como os outros que já passaram se sentem órfãos, muitos jogadores se acham a última bolacha do pacote, não gostam de ser cobrados.
    Nei.

     
  • Às 31 de maio de 2018 18:25 , Anonymous Anônimo disse...

    Coincidência? Atrito de Felipe Melo com o técnico cuca na partida contra o cruzeiro, ano passado, que resultou no afastamento do atleta pelo técnico e a demissão deste depois, com o entreveiro entre Dudu e Roger Machado, ontem pós jogo? A coincidência; mesmo adversário (o cruzeiro)? E a situação atual? Afasta jogador e demite depois o técnico também? Ou deveria demitir o técnico já, antes de afastar o jogador, pra que não ocorra como ano passado? ANTÔNIO DE AMERICANA

     
  • Às 31 de maio de 2018 18:45 , Anonymous Telugo Alviverde disse...

    Outra coisa passa batido ou pouca gente lembra é o caso Gustavo Scarpa. Que pé tá esse caso aí? Como o Palmeiras se envolveu nessa contratação rodeado de imbróglio judicial? Será que o pantagruélico diretor de futebol deu uma de Lula e não sabia disso ou o careca dente torto assinou sem ler? E aí, tem algum glúteo flácido lá na SEP pra explicar isso pra gente?

     
  • Às 31 de maio de 2018 21:10 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Duro é ter que aguentar a patroa me zoando que hoje é mais um feriado de Porcus Thristi...

     
  • Às 31 de maio de 2018 22:11 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Esse dia santo, historicamente, não nos dá sorte. Muitas grandes DERROTAS ocorreram, e pouquíssimas vitórias. Nada mais justa a zoação da patroa do Moisés. Só um reparo: Não me sinto triste porque não tinha nenhuma expectativa. Me sinto indignado com tanta reiterada incompetência. Seria a melhor notícia do ano ver meu ídolo eterno, Emerson Leão, ocupar um cargo no Futebol do Palmeiras. Entrando e dando tapas com a mão aberta.

     
  • Às 31 de maio de 2018 22:15 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Tapas metafóricos, evidente. Mas tapas punindo a incompetência, a corretagem, as comissões, as panelas, a vida desregrada e sem compromisso da maioria dos atletas, e, principalmente, a viadagem que se apossou da Academia. Sim, o Palmeiras virou um time boiola.

     
  • Às 31 de maio de 2018 22:18 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Ser boiola não é apenas gostar de dar a roda. Ser boiola é se mostrar macho quando é substituído após não jogar nada, como sempre, e sair com a carinha amarrada dando chutes em inocentes copos D'água. Esse mimimi do nanico já me encheu o saco. Rua para esse moleque !

     
  • Às 31 de maio de 2018 22:22 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Quero, e exijo, a saída de Roger, por absoluta falta de estofo e capacidade de dirigir um PALMEIRAS. Mas sozinho, NÃO ! O BILHETE AZUL DEVE SER DADO AO GORDINHO CAIPIRA, PREPARADORES, FISIOLOGISTAS, E UMA MEIA DUZIA DE JOGADORES. QUERO UMA INTERVENÇÃO RADICAL. DAQUELAS ONDE NAO FICAM PEDRA SOBRE PEDRA.

     
  • Às 31 de maio de 2018 22:26 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos

    ainda em trânsito, na simpática Santa Catarina, dei risada ao ver meu amigo Verde Insuperável pedir os tapas de mao aberta, mas metafóricos, do fortao Emerson Leao

    Claro que um fortao como Leao lembra outros fortoes, homens musculosos e atléticos, másculos e agrestes, mas vou me abster de falar quem(embora dê um doce para quem advinhe)

     
  • Às 31 de maio de 2018 22:30 , Blogger Ester Abea disse...

    Contudo:

    Assim como meu amigo Verde Insuperável, o moço das opinioes fortes, abomino a viadagem desenfreada que domina o Allianz...
    ...a vontade de dar o rádio, de ser massageado com talquinho no bum-bum, de tocar harpa só de bata, etc. nada tem a ver com times ganhadores...
    isso só pode ter vindo do vizinho

     
  • Às 31 de maio de 2018 22:34 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Luxemburgo formou os melhores times que vi no Palmeiras. Só por isso merece uma nova oportunidade. Luxemburgo está na história do Verdão. Daqui a 1000 anos ele será reconhecido. Competência profissional indesmentível. Ele já virá com toda essa bagagem. O custo benefício começará muito vantajoso. Agora é a hora do canto do cisne do maior treinador brasileiro. Que tem ainda muito a dar. Que esse magnífico regente o faça junto a nós. Respeitemos Luxemburgo. A ingratidão é o sentimento humano mais canalha.

     
  • Às 31 de maio de 2018 22:38 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    O mesmo, ipsis litteris, digo em relação a Felipão. Um ícone, com portas eternamente abertas na Academia. Pode vir a hora que quiser.

     
  • Às 31 de maio de 2018 22:47 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Ser Palmeirense é valorizar e respeitar o passado. Cultuar nossos benfeitores. Quem é um Roger Machado ou Alexandre Mattos perto de um Felipão ou Luxemburgo ? Abram os olhos, meus amigos. Reparem que na Mídia, só os nossos inimigos postulam pela permanência dessa dupla. É hora de separar o joio do trigo. Senão, a plantação fenecera. E seremos motivo de risos de inimigos, mas também de amigos, o que é o pior.

     
  • Às 31 de maio de 2018 22:56 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Será que o galinhote está esperando perder para os cervídeos, para dispensar Roger? Será que esse energúmeno é tão ruim assim ? Leila, eu sei que você nos lê: Se já não ligou, ligue agora para ele e EXIJA imediata substituição. Um cone dirigirá melhor do que Roger no jogo contra o time das frutas.

     
  • Às 31 de maio de 2018 22:58 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Estamos muito mal: Já somos o último colocado na primeira parte da tabela !!!! Décimo lugar. Para quem quer o Deca, bem sugestivo.

     
  • Às 31 de maio de 2018 23:07 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Saudades de Paulo Nobre. De doer. De não me fazer dormir. Que Presidente ! Que ser humano ! Que Palmeirense ! Ver esse homem levantar a taça do Enea, com indescritível empolgação, me faz pensar: Gagliote, por quê vossa senhoria quis ser ??

     
  • Às 1 de junho de 2018 15:36 , Blogger Libertad disse...

    Acidentes, transtornos e prejuízos acontecem com erros sucessíveis, com o Palmeiras não é diferente.
    Mesmo com muito dinheiro, Perdeu se tudo que disputou em 2017, paulista em 2018, tabu para os gambás, maus resultados constantes, contratações de jogadores que não correspondem , treinadores que não atende as necessidades, imprensa debochante, manipulações estra campo, federação e arbitragens tendenciosas, torcida uniformizada comprada.., etc...
    Isso tudo é efeito cascata, ou dominó como queiram, vem de sima para baixo, estoura dentro do campo, nos resultados.

    -Estatuto sendo rasgado.
    -Concelheiros manipulados por propinas.
    -Presidente traíra, desconhecedor de causa, paga caro por ser leigo e despreparado.
    -Patrocinadora, exploradora, poe suas ambições acima da entidade.
    -Diretor de futebol, vigarista, pensa mais em si$$ que no clube.
    -Técnicos despreparados que aceitam o emprego e serem manipulados.
    -Boleiros contratados sem critérios.
    -Torcida uniformizada vendida.
    -Interesses pessoais levados a risca, menos os da entidade palmeiras.
    Juntando toda essa ingerência, os resultados não podiam ser diferentes desse que estamos presenciando.
    Nei

     
  • Às 1 de junho de 2018 15:39 , Blogger Duende Verde disse...

    Ouvi ontem que o nome cogitado para substituir o RM seria o Vagner Mancini. Que San Genaro nos proteja...mais um estagiário não!!! Definitivamente não!!!

     
  • Às 1 de junho de 2018 16:08 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos

    Duende Verde: essa estória de Vagner Mancini só pode vir da imprensa marrom. Mas confio em San Gennaro, que proteje a SEP

    grande Nei: eu nao acho que a SEP perdeu o paulistinha 18, acho que foi o paulistinha mais roubado da História. Nos tiraram o título na nojenta Final da Infâmia

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial