Observatório Alviverde

05/05/2018

O PALMEIRAS DEVE ENTREGAR O JOGO PARA ELIMINAR O BOCA?



Fosse o futebol um esporte na verdadeira acepção da palavra e eu lhes diria num átimo: NÃO, nem pensar!

Mas em um futebol de rede esgoto, fpf, cbf, tribunais parciais, imprensa tendenciosa e outras camorras, em um futebol  nutrido pelo mais pútrido lixo que um ser humano pode produzir em suas ações...

Em um futebol em que  tudo é manobrado no sentido de atender às demandas de clubes apadrinhados, amadrinhados, protegidos, adrede e infamemente escolhidos para se tornar campeões, eu lhes diria, SIM.

Observem, nem mencionei os arnaldos, pcos, gacibas, rezendes, simons, congêneres e afins, outrora autênticas massas de manobra decisivas dentro do campo, muito bem substituídas, aliás, por novas gerações de assemelhados...

Do mesmo modo, ainda que indiretamente, essa gente continua ainda influindo diretamente nos jogos através de opiniões parcialíssimas, ao mesmo tempo em que concede apoio logístico completo a seus sucessores, compondo uma autêntica tropa de choque via câmeras e microfones...

Para que "o circo da bola" continue, novos palhaços têm de substituir os mais antigos e assim, sucessivamente, "ad-aeternum", isto é, por toda a vida.

É exatamente assim que funciona o circo arbitral para o desencanto, sofrimento e frustração da minoria de homens sérios que, felizmente, ainda compõem a reserva moral deste país grande e bobo.

Fico pasmo diante de tanto desrespeito, de tanta ignomínia, de tanta falta de caráter e de tanta desonra da parte de gente que cultiva chafurdar no lamaçal do mau-caratismo e da ambição desmedida em que "os fins justificam os  meios adotados em quaisquer ocasiões e sob todas as circunstâncias"! 
  
Muitas vezes eu fico me perguntando se vale a pena acompanhar o futebol e torcer para um time que, muito provavelmente, não vai ganhar, mesmo, em tese, sendo melhor do que os outros...

Percebo, então, que o futebol passou das medidas e está completamente envolvido, contaminado por interferências exógenas, alheias ao mínimo de dignidade que deveria pressupor qualquer disputa esportiva.

O que tem ocorrido no futebol brasileiro, sobretudo nas decisões, é como se alguém que fosse para um duelo fraudasse-lhe as regras, descarregando o revólver no adversário antes mesmo da autorização do juiz para a troca de tiros e esse juiz referendasse a fraude e sustentasse que tudo ocorreu dentro das regras e dos parâmetros adredemente combinados.

Essa gente a que me refiri, eles, após anos de serviços prestados ao sistema, perpetradores constantes de erros gritantes que mudaram a sorte de jogos decisivos e o resultado final de tantos campeonatos, como que por reconhecimento dos "bons" trabalhos realizados, foram cooptados pela TV, onde ganharam um prêmio, uma espécie de "plus", uma nova aposentadoria de final de carreira como autênticos guardiões do eternamente, Curica, do Flamengo e respectivas maiorias.

As funções dessas pessoas são exatamente aquelas de admitir e sustentar legalidade àquilo que qualquer pessoa enxerga e sabe que não foi legal, a fim de justificar o injustificável dentro dos campos, como que convalidando as fraudes arbitrais.

Na verdade querem nos convencer, de forma contrária à lógica, à razão e a tudo aquilo que os nossos olhos enxergam e eles (pretensiosos ou estúpidos, talvez as duas opções) creem que estamos todos enganados ou não estamos enxergando absolutamente nada.

Em suma, diante de tanta aberração, clube algum, dirigente algum (nem os bem-intencionados dirigentes do Palmeiras)  devem colocar o clube como a palmatória do mundo no que diga respeito a uma, digamos, facilitação para que o Júnior permaneça na Liberta e o Boca seja eliminado.

Se houver necessidade que o Palmeiras faça e que sejam revogadas as disposições contrárias. O Palmeiras, em campo, fez por merecer gozar de semelhante regalia.
Ou o Boca, em caso contrário, não o faria?

Vou dizer, agora, uma frase que não está nos livros e que nenhum jornalista entre as dezenas que vi, li, ouvi e interpretei teve vislumbre para enxergar e nem foi capaz de dizer. 

O futebol que o Palmeiras disputa não é amador, é profissional. 

A Libertadores é uma competição profissional, decisiva para a conquista do mundial de clubes, quem por sua vez, é meta, objetivo, e, como se diz mais modernamente,  "target" (alvo) de qualquer clube de primeira grandeza como o Verdão.

A finalidade do Palmeiras na competição é conquistar um título, do qual depende para, simplesmente, o seguinte: 
1) encher sua arena mediante ingressos caros, (não gosto disto!)
2) vender suas quotas de sócio-torcedor, 
3) vender cada vez mais seu material esportivo,
4) aumentar o valor dos patrocínios no uniforme, 
5) embolsar a maior cota financeira da competição, aquela destinada ao campeão,
6) aumentar a sua quota de televisamento de transmissões de TV.
 e tantas outras coisas mais...

Isto, vou repetir novamente, tem nome: futebol profissional e envolve responsabilidades sobretudo as financeiras, haja vista o elevado custo de um título.

Então, se para obter o título o Palmeiras tiver de entregar um jogo que tire um adversário da parada por considerar que isto o facilita na empreitada, deve fazê-lo, tranquilamente, de consciência leve e solta, sem arrependimento ou remorsos.

Repto:
"qualquer, entre os 20 clubes que disputam o Brasileiro que, nesse aspecto, estiver sem pecado, que atire a primeira pedra!" 

Ninguém mais do que eu cultiva o exercício constante da ética mas no caso em epígrafe não se trata de nenhum problema ou situação que a envolva e nem se constitui em defeito que um clube busque, sempre, o melhor caminho para o seu objetivo em qualquer competição.

A tradução literal da palavra "fair-play", tão difundida mas tão desrespeitada é "jogo justo". 

Antes de ser justo com os outros, o Palmeiras terá de ser justo com sua torcida e por mera questão de coerência, tem de ser justo principalmente, consigo mesmo!

Se ao perder para o Júnior de Barranquilla consegue tirar do caminho um adversário emblemático, uma espécie de Corinthians argentino, isto é, um time acostumado a ganhar à base da imposição da violência em campo, da pressão ameaçadora sobre os adversários ou, principalmente, em razão do auxílio luxuoso de árbitros covardes, o Palmeiras deve fazê-lo.

Como se trata de uma tomada de posição drástica, esse é um assunto que tem de ser resolvido em sigilo lá na cumeeira pela diretoria e pelo técnico com extremo cuidado e discrição, posto que pode resultar num escândalo.

De melhor alvitre seria não comunicar nada a nenhum atleta e o técnico, simplesmente, escalar o pior time possível com a inclusão, até, de jogadores da base. 

Repito, não há que se falar em entrega numa circunstância como essa que lembra o recuo de um general em batalha para contra-atacar com mais força colimando a vitória.

Estivesse o Palmeiras prestes a se classificar ou ser rebaixado, vocês acham mesmo que os bambis e os curicas fariam qualquer esforço para dar ao Verdão a classificação ou tirá-lo de um rebaixamento?

Fariam como o Santos fez, ganhando do Vitória em Salvador? Paulo Nobre sabe a que custo!

Prefiro que o Palmeiras vença a tudo e a todos e que vá para a cabeceira da Libertadores pelos meios normais, com ética e dignidade.

Mas, se precisar entregar um jogo (só faz isto quem pode e o Palmeiras, neste momento, pode) para brigar de forma mais cômoda e menos difícil pelo título, eu não vou aplaudir, mas, irei, sim entender, compreender e (dependendo das circunstâncias) aprovar.

PS- O termo dependendo das circunstâncias foi acrescentado agora, sábado, 05, às 16 H, para a melhor compreensão do texto> (AD)

COMENTE COMENTE COMENTE


41 Comentários:

  • Às 5 de maio de 2018 09:12 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Sobre salvar ou prejudicar o Boca Juniors: NEM UM, NEM OUTRO!

    Temos que jogar para GANHAR (e bem) seja qual for o adversário. Precisamos ficar em PRIMEIRO LUGAR GERAL (cogito até usar meu AVANTI e tentar ir nesta partida).

    O Palmeiras NÃO PODE jogar para perder (exceto se for pra FUDER O CURINTHIA!).

    Só admito contra os imundos (ODEIO este time, porque morei na zona leste no período do calvário).

    Temos que vencer o Barranquilla. Dane-se o Boca.

    Quem nos garante que os LIXENTOS não podem pegar este mixuruca Barranquilla numa semifinal, porque o Verdao sacaneou e tirou o nojento Boca agora?

    Jogo é jogado.

    Vamos pra cima do Jr Barranquilla e garantir o primeiro lugar.

    Se lá na frente pegarmos o Boca, batemos neles outra vez.

    Ou, quem sabe, eles não cruzam com o CURICA lá na frente e vingam a final que perderam pros gambás???

    PALMEIRAS 5 X 0 Junior Barranquilla!

     
  • Às 5 de maio de 2018 09:27 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Repeti meu comentário de ontem (adiantei a matéria do Alcides, kkk) más o pensamento tem de ser buscar a vitória.

    Uma eventual final jogada no Alianz Parque é muito melhor pra gente do que num Mineirão, Arena do Grêmio, Avellaneda ou Arena Odebrecht.

    Por isso, e só por isso prefiro a vitoria contra o Barranquilla.

    O Boca (o mais nojento entre todos os times argentinos) que se vire.

    Se jogar Boca X Gambás eu torço para o Boca. Torceria também pro Manchester United, pro Flamengo, pro Inter, pro Cruzeiro, ( só time nojento )etc.

    Aliás,eu torço para 2 times neste mundo:
    O Palmeiras e QUALQUER UM que estiver jogando contra o Itaquera.

     
  • Às 5 de maio de 2018 09:32 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Caramba, Alcides, você leu meu pensamento :-)

    O Boca é o curica da Argentina, a expressão do que há de mais nojento no futebol.
    Depois de ganhar dos gambás e dos bambis, meu maior prazer é ver uma vitória sobre os bosteros.
    Esse 0x2 em Buenos Aires foi um orgasmo total (aliás o prédio inteiro deve ter me ouvido gritando na hora dos gols).

    Que pena que o Juninho saiu do time, hahaha.
    Mas ainda temos o Deyverson no ataque!
    Hora de poupar o Jailson, que estará muito cansado...
    Só rindo mesmo...

    Como o futebol é profi$$ional, pode ser que o Boca ofereça uma gorda mala branca, o que por si só também seria humilhante.

    Enfim, espero que a torcida palmeirense saia do estádio abraçada à torcida colombiana e que todos vão para o boteco comemorar.

    O BOCA MERECE SER HUMILHADO!!!

     
  • Às 5 de maio de 2018 09:43 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Acho que os mais rodados aqui devem nutrir um sentimento de revolta contra o jogador Grafite.

    Para quem é jovem ou não se lembra: o curica perigava ser rebaixado no Paulistão.
    Se o bambi perdesse para o Juventus na última rodada, estava decretado o rebaixamento.
    Com a torcida homossexual inteira gritando "entrega, entrega!" o Grafite não quis saber e marcou dois, rebaixando o Juventus e salvando o curica.

    É disso que estamos falando agora.

     
  • Às 5 de maio de 2018 09:49 , Anonymous Palmeirense Sincero disse...

    Entregar jogo? O Palmeiras é o que agora disk pizza, disk lanche, drive thru? Não vai ficar bravo comigo hein Alcides num tô falando que você pensa assim, tô dizendo em alto e boa escrita quem pensa dessa forma eu vi também nas foxs e espns da vida a possibilidade do Palmeiras entregar o jogo pro lábio jrs não classificar pra num pegar eles depois numa fase lá na frente dentre outras desinterias verbais ah tenha dó se for pensar assim que não joguemos mais futebol po vamo só fazer quermesse em festa junina no aliança parque ahhh que isso vamo cair dentro dessa libertadores meter o pé na porta de time que vamos pegar e taca lhe pau chega de ser bom samaritano.

     
  • Às 5 de maio de 2018 10:12 , Anonymous Anônimo disse...

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

     
  • Às 5 de maio de 2018 10:17 , Anonymous Assustado disse...

    O ser humano não deu certo.
    Deus, que criou este maravilhoso mundo, parece que deu liberdade demais para sua ultima criação.
    Não concordo com nada que nao seja moral e ético. Prefiro perder roubado do Boca na final.
    Consciência tranquila em 1º lugar sempre.
    Cada dia mais desanimado com a humanidade!

     
  • Às 5 de maio de 2018 10:30 , Anonymous Fabiano Calmon disse...

    Bom dia pessoal !! Tem que vencer o junior e garantir a primeira posição geral. Não podemos compactuar com safadezas, se apoiarmos uma entrega estaremos fazendo o que eles ( curicanos) fazem. Vamos ser melhores dp que eles. E se pegarmos o boca e perdemos é pq não tinhamos competência para sermos campeões. Simples assim. E tem outra, quem sabe o boca passando pode tirar um grêmio, um cruzeiro um racing nas fases posteriores. Eu sou contra essa entrega.

     
  • Às 5 de maio de 2018 10:38 , Anonymous É cada uma, viu!?! disse...

    Tambem nao concordo com vc Alcides.!
    Vc está sim, sugerindo e apoiando a entrega do jogo.
    Cuidado: vc está se mostrando ser igual àqueles que vc tanto critica.
    Se o errado nos beneficiar, está tudo bem????

     
  • Às 5 de maio de 2018 11:11 , Anonymous Português Inglês Inglês Português disse...

    É good o boca Jr estar em nossas hands agora
    Vamos fazer pilhéria desses assholes desta vez
    O boca Jr está com fear de ser eliminado logo de face? Ui ui ui que dó.
    Vingar 2001, o year que not yet acabou
    Temos a faca e o cheese na mão gente
    Vamos win o Junior barranquila e send o boca Jr pra Sula Miranda (sulamericana cup)
    Chegou the nossa vez de fazer history
    Jogar forever, entregar never
    Vocês understand?

     
  • Às 5 de maio de 2018 11:24 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    Alcides, você sabe o respeito que tenho por você.

    Mas está pretendendo o que com essa conversa de entregar o jogo?

    Sinceramente não entendi.

     
  • Às 5 de maio de 2018 11:29 , Anonymous É cada uma, viu?! disse...

    Estou embasbacado.

     
  • Às 5 de maio de 2018 13:20 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Só tem irmãs de convento por aqui, agora?

    Temos a chance de eliminar um forte concorrente.
    (Fortíssimo nos bastidores!)
    Ganhamos na casa deles.
    A classificação deles está em nossas mãos.

    Precisa desenhar?

     
  • Às 5 de maio de 2018 13:25 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos:

    a. também sou contra entregar o jogo. Muito embora o Alcides também seja contra, admitiu que se entregarem vai compreender. Nao disse que quer que entreguem

    b. com o brilho habitual, nosso Camisa 10 Alcides foi ao cerne da questao.


    c. Entrega pode ser meio de vida para motoboys(classe horrível, de modo geral) mas nao pode ser para um time profissional

    d. também detesto esse tal de Boca(clube nojento), que usa de todos os meios para obter alguns torneios pequenos, aplaudidos pela imprensa marrom de lá. Sao sujos, assim como o Flabosta, Inter, Sport, Vaxco e especialmente o SPFW,.
    Entendo que se entregarmos nos igualaremos( nas atitudes, nao na grandeza) aos sujos do futebol

    e. Anatomia dos nojentos:

    Flabosta- clube que só se acha, mas sempre foi o principal beneficiado do esquema RGT-CBF. So ganha quando o juizao expulsa 4, como fez na década de 1980 contra o CAM. Depois a Globo, sempre hipócrita, chama o soprador de apito para ser "analista do apito". Com que moral? que abjeçao! Só mesmo aqui...

    Ixpo- Clube médio que só " ganha" quando um juizinho sei lá de onde dá liminar. Nem grande é.

    Vaxco- deitou e rolou com o tal imundo "diputado" peitando os outros na base de 35 seguranças enormes. Para mim nao pode ser "irmao" do Verdao. Podem até querer, mas nao é...

    Inter- se acha, mas foi defenestrado definitivamente pelo tal Mambembe da África(Mambeze ou mambembe, sei lá). Precisa dizer mais?

    SPFW- o mais imundo de todos. Chorao, chato, grudento. O MKT fazia até um ridículo "batismo sampaulino"(ou batismo gay) para chamar incautos .
    Nunca ganhou nada sem apelar para o governador da Ditadura Laudo Natel(que ia até os vestiários ameaçar a juizada venal no intervalo).
    Quando caiu de 4 para a segundona a imprensa marrom ajudada pelo Tele Iscariotes fingiu que nao viu...
    Quando fica 10 anos sem ganhar nada e quase na Segundona, como agora, a imprensa gay(Folha e amigos) sai de fininho...

     
  • Às 5 de maio de 2018 14:00 , Anonymous Que país é esse ? disse...

    Moisés,

    Se vc concorda com as sujeiras do Futebol, vc está torcendo para o time errado.

    Se acha que os fins justificam os meios, vc está torcendo para o time errado.

    Ou talvez eu esteja no lugar errado.

    Os brasileiros costumam reclamar dos políticos.. deputados, senadores, etc... Mas, eu estou convencido que eles de fato representam a maioria do povo.




     
  • Às 5 de maio de 2018 14:11 , Anonymous Palmeirense Sincero disse...

    Não precisa desenhar moises me admira você moises que vive cobrando honestidade no futebol que vive falando aí que o Palmeiras é 'limpo' e os gambás 'sujos' querer que o Palmeiras entregue o jogo pra eliminar um rival em potencial futuramente.
    ah sim, aí o Palmeiras entrega o jogo, a imprensa toda que já nos ama de paixão pega no nosso pé semanas a fio e dessa vez com razão juros e sobra e você vem aqui escrever 'rgt lixo' 'rgt em desespero' 'rgt gambá'....ora bolas tenha dó né moises ué se for pensar assim então não joguemos mais bola uai ah por que os gambas tem bastidores ah por que o flanego tem bastidores ah por que o boca tem bastidores ah por que a globo tem fetiche por gamba e flamerdas ah por que disso ah por que daquilo então não disputemos mais nada manda fechar o futebol do Palmeiras manda um beijinho beijinho tchau tchau pra leila e manda a puma pastar em outra floresta
    somos o que agora entreguistas, e não me venham com essa de que ah se fosse os gambás os bichas os atuns se fosse fulano zezinho joazinho ganhar campeonato não escolhe adversário esse negócio de entregar jogo pra eliminar rival mostra o que tá mais na cara do que acne na cara de adolescente que o palmeirense não confia em nada no seu time pelamor somos o que agora uma torcida de bananas uma coletividade bananeira, rãs coaxantes como dizia Monteiro Lobato a faça favor vá desculpe mas sou sincero e não tergiverso não fujo do assunto e taco na lata ah que isso po

     
  • Às 5 de maio de 2018 14:22 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Meu caro, eu assino embaixo do que o Alcides escreveu:

    "Fosse o futebol um esporte na verdadeira acepção da palavra e eu lhes diria num átimo: NÃO, nem pensar! (...)

    Em um futebol em que tudo é manobrado no sentido de atender às demandas de clubes apadrinhados, amadrinhados, protegidos, adrede e infamemente escolhidos para se tornar campeões, eu lhes diria, SIM."

    Entendeu agora?

    Dadas as devidas proporções, é como o caso que nos rendeu o apelido "porco", narrado recentemente pelo Alcides.

    Fosse o futebol apenas um esporte, é claro que os jogadores falecidos do curica deveriam poder ser substituídos.
    Como não era (e não é), a resposta foi não, simplesmente porque tal reunião nunca teria sido feita se o caso ocorresse com o Palmeiras.

    Sujeira do futebol é ser mancomunado com imprensa, federação, televisão, político corrupto e até a máfia russa e seu procurador iraniano.

     
  • Às 5 de maio de 2018 14:26 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Veja minha resposta no comentário acima.

    Também estou sendo sincero.

     
  • Às 5 de maio de 2018 15:55 , Anonymous Alcides Drummond, o editor disse...


    Como escritor eu morreria de fome pois não consigo passar com clareza o meu pensamento.

    No último parágrafo da postagem sintetisei o meu pensamento acerca do assunto e nem assim conseguiram interpretar o que escrevi com tanta clareza:

    "Prefiro que o Palmeiras vença a tudo e a todos e que vá para a cabeceira da Libertadores pelos meios normais, com ética e dignidade.

    Mas se precisar entregar um jogo (só faz isto quem pode e o Palmeiras neste momento até pode) para brigar de forma mais cômoda e menos difícil pelo título, eu não vou aplaudir, mas, irei, sim entender, compreender e, dependendo das circunstâncias posso até aprovar". (AD)

     
  • Às 5 de maio de 2018 15:57 , Anonymous Alcides Drummond, o editor disse...


    Verbo sintetizar é com Z. Desculpem-me pelo erro de grafia. Abs (AD)

     
  • Às 5 de maio de 2018 16:00 , Anonymous Marco disse...

    Um detalhe importante que não foi analisado, em nenhum lugar, sobre essa "polêmica" de entregar ou não o jogo para o Junior Barranquilla.

    Nada partiu do Palmeiras. Nenhuma declaração foi feita pelo Palmeiras. Tudo nasceu de especulações na imprensa, para preencher espaços em programas esportivos. Como eles existem muito mais do que o necessário, precisam arrumar assunto e, de preferência, polêmicas para ganhar audiência. Em termos de polêmica e audiência, nada melhor do que usar o Palmeiras.

    A discussão sobre usar time titular ou reserva, sobre vencer ou perder em função da situação do Boca não passa de armação de palco pela imprensa.

    O Palmeiras, sem ter dito uma palavra, acaba tendo que responder, como se o clube tivesse tomado alguma iniciativa ou feito algum pronunciamento que motivasse o debate.

    Nada disso impede que cada torcedor tenha a sua avaliação sobre o que pode fazer o Palmeiras, mas é importante registrar que esse é mais um caso onde o clube tem que responder por palavras que foram colocadas na sua boca.

     
  • Às 5 de maio de 2018 16:19 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Bem lembrado, Marco!

     
  • Às 5 de maio de 2018 16:41 , Anonymous STM disse...

    A imprensa quer que o Palmeiras entregue o jogo para tirar o Boca do caminho dos times queridinhos dela.
    Em nome da ética e por tudo que esta imprensa fez contra nós, por favor, vamos iniciar uma campanha para que o time nem pense em entregar.

     
  • Às 5 de maio de 2018 16:44 , Anonymous Marco disse...

    Árbitro Claudio Francisco Lima E Silva - SE (CBF)
    Árbitro Assistente 1 Cleriston Clay Barreto Rios - SE (CBF)
    Árbitro Assistente 2 Ailton Farias da Silva - SE (CBF)
    Quarto Árbitro Daniel Vidal Pimentel - SE (CBF)
    Árbitro Assistente Adicional 1 Eduardo de Santana Nunes - SE (CBF)
    Árbitro Assistente Adicional 2 Claudionor dos Santos Junior - SE (CBF)

    Lembrando quem é esse árbitro:
    O cara que deu aquela penalidade absurda para o Atlético PR contra o Palmeiras no último jogo de 2017.
    Parece que para a CBF (leia-se Globo) o principal time que assinou com o Esporte Interativo não pode ser campeão.

     
  • Às 5 de maio de 2018 16:48 , Anonymous Marco disse...

    Ainda sobre a polêmica de entregar o jogo para tirar o Boca.

    Não se esqueçam de que toda e qualquer polêmica que envolva o Palmeiras é muito oportuna e interessante para abafar o caso da fraude da final do campeonato paulista.
    Um tema de interesse internacional (ilegal interferência externa) precisa e deve ser cortado pela raiz.

    E até hoje, não foi envolvida nessa polêmica a RGT, suspeita de comandar as ações.

     
  • Às 5 de maio de 2018 17:40 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    STM, receba meus cumprimentos!

    Marco, como sempre, foi na "mosca". O Palmeiras não criou, nem sequer cogitou está besteira de ENTREGAR JOGO. Isso não cabe na história do nosso Clube.

    E pra quem acha que eliminar os bosteros é só vantagem, pensem que também existe a possibilidade de numa eventual semifinal, eles cruzarem o caminho de um Racing (que está voando); de um GAMBÁ, um Grêmio ou um Cruzeiro. E, honestamente, prefiro MIL vezes encarar este Boquinha do que qualquer um dos 3 brasileiros citados.

    Se pegarmos o Boca em alguma fase, pelo menos temos certeza de que NÃO haverá uma arbitragem brasileira.

    Não teremos DONO DE BOTECO na Zona Leste apitando e nos sacaneando, como há poucos dias.

    Se enfrentarmos brasileiros nesta Libertadores, podem ter certeza que o apito vai funcionar. Ah! Como vai.

     
  • Às 5 de maio de 2018 18:51 , Blogger Ester Abea disse...

    grande Marcao

    que brilho!!!
    é isso mesmo

    1. Nada, nada mesmo partiu do Palmeiras...intriga da imprensa marrom. Desinformaçao

    2. Tem objetivo claro, que só no Br nao percebem: desviar o foco do MUITO MAIS IMPORTANTE caso da final fabricada.

    Lembrem do que expus há alguns dias. Uma das técnicas clássicas da imprensa marrom é desviar o foco de um assunto importante(FINAL FABRICADA) para um irrelevante(entregar).

    Isso foi ensinado por Gramsci...Marxismo dos mais clássicos. Desviam o assunto e ainda culpam o Palmeiras

    A imprensa marrom é suja demais. Cocô puro.

     
  • Às 5 de maio de 2018 18:51 , Blogger Libertad disse...

    Seja qual for o jogo, Palmeiras tem que entrar sempre para ganhar, não importa se nossa Vitória vai beneficiar algum rival, só o fato de ganhar já nos da o devido respeito.
    Entrar, jogar bem e ganhar, primeiro lugar em tudo, objetivo maior alcançado, o resto e o que vem depois ganharemos de novamente, esse é o meu Palmeiras.
    Nei Verde.

     
  • Às 5 de maio de 2018 19:31 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Entregar o jogo é se igualar aos inigualáveis, é ser venal, cinico, cretino, e, no caso do Palmeiras, que briga pela ética em decorrência da estuprante final do Paulista, é ser falso, ordinário e dissimulado. Deixem isso para os canalhas, para os capas dos marginais incrustados dentro desse futebol apodrecido do Brasil. Mantenhamos nossa decência que é nossa maior virtude. Precisamos, sempre, dar o exemplo. A Imprensa imunda quer nos fazer rastejar e rasgar nossa legal conduta, para depois dizer que somos iguais aos demais. Quer nos aplicar um passa moleque. Sem contar que tirar o Boca é deixar o curica ou cruzeiro passarem de fase. Ela, Imprensa, quer que façamos o serviço sujo, dando nossa mulher para parir filho de outrem, para depois nos chamar de corno. Sei que Alcides quis "provocar". Mas, no fundo, não pensa assim. Ser Palmeirense é um estado de espírito. Um modo de bem proceder. Ganhar e jogar com proficiência e mérito. Ser Palmeirense é tudo isso
    E por isso ! Ser Palmeirense É NÃO SER VENAL !

     
  • Às 5 de maio de 2018 19:43 , Anonymous De acordo disse...

    Insuperavelmente correto.

     
  • Às 5 de maio de 2018 19:56 , Anonymous Fabiano Calmon disse...

    Repito, quem quer ser campeão não pode temer nada, tem que passar por cima de todos. Nada de entregar. Vamos para cima deles.

     
  • Às 5 de maio de 2018 20:12 , Anonymous Elcio disse...

    Só mais um argumento para o não entregar.

    Notem que nas próximas fases, todos os adversários serão definidos na base do sorteio.
    Assim sendo, imaginem se o próximo adversario do curica for o Jr Barranquilla e nao o Boca.
    O que vao dizer?
    Que o Palmeiras facilitou a vida do curica?

    Pensem que da mesma forma que estamos eliminando um concorrente forte, podemos estar facilitando a vida de todos os outros.
    Entre eles, curica, flamengo, gremio, etc.

    Esse assunto nem deveria nem ser abordado por nós.

     
  • Às 5 de maio de 2018 20:19 , Anonymous Visão Raio X disse...

    Fomos eliminado em 2017 pelo Barcelona EQU, isso basta.

     
  • Às 5 de maio de 2018 21:53 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Da mesma forma, nós mesmos podemos pegar o Boca ou o Junior novamente na próxima fase.

    Mais uma vez trago as palavras do Alcides para que não haja dúvida sobre o contexto:

    "Fosse o futebol um esporte na verdadeira acepção da palavra e eu lhes diria num átimo: NÃO, nem pensar! (...)

    Em um futebol em que tudo é manobrado no sentido de atender às demandas de clubes apadrinhados, amadrinhados, protegidos, adrede e infamemente escolhidos para se tornar campeões, eu lhes diria, SIM."

    O Cláudio lá em cima admitiu que entregaria para derrubar o curica.
    No plano sul-americano, o Boca é a mesma coisa, time nojento e sempre ajudado pela arbitragem.

     
  • Às 5 de maio de 2018 22:25 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos queridos


    MAS NINGUÉM, ninguenzinho mesmo, PERCEBEU O DESVIO DE FOCO????

    A imprensa marrom quer fazer esquecer a FINAL IMUNDA

     
  • Às 5 de maio de 2018 22:26 , Blogger Ester Abea disse...

    e só o grande Marcao percebe isso????

    ONDE ESTÁ nossa inteligência, que admiro tanto?


    Nao percebemos a MANIPULAÇAO para aceitar a FINAL DA INFÂMIA?????

     
  • Às 5 de maio de 2018 22:28 , Blogger Ester Abea disse...

    Alcides, grande Camisa 10 e jornalista experiente:

    POR FAVOR, aborde o assunto manipulaçao, desvio de foco.

    Neste caso é nítido. Evidente.

    Querem que esqueçamos a FINAL DA INFÂMIA

    NENHUM Palmeirense que merece esse nome esquecerá!!!

     
  • Às 5 de maio de 2018 22:32 , Blogger Ester Abea disse...

    sao esses mesmos que aplaudem Faustao, Aragao, BBB 2500 e outras excrescências...

     
  • Às 5 de maio de 2018 23:56 , Anonymous Elcio disse...

    Por isso mesmo.
    O futuro não está sob nosso controle.
    Pode ou não ser nós os próximos adversários.
    A única coisa que podemos controlar é ser o primeiro geral ou não.
    Então, que sejamos.

    Aliás, só entrei nessa conversa porque não há coerência em pedir jogo limpo só às vezes.

    Porque não dou a mínima para essa copinha de quinta categoria.

     
  • Às 6 de maio de 2018 00:33 , Blogger STM disse...

    Espero que esta ideia/sugestao plantada pela Midia sirva para que o Palmeiras entre em campo determinado a vencer...
    Nosso adversario certamente virá com a "faca entre os dentes"!
    Se bobearmos, mesmo nao entregando, perderemos.
    E se perder, ja sabe né? Vao afirmar que entregamos o jogo!

     
  • Às 6 de maio de 2018 01:01 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Vamos mudar de assunto???!!! Que tal falar do jogo contra o CAP amanhã ? Para mim, digo, para mim, digo, PARA MIM, O BRASILEIRO É MUITO MAIS IMPORTANTE !

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial