Observatório Alviverde

03/04/2014

KLEINA QUER DOUGLAS TANQUE, MAS É PRECISO QUE O PALMEIRAS CONTRATE, PRIMEIRO, DOIS LATERAIS!

 data:image/jpeg;base64,/9j/4AAQSkZJRgABAQAAAQABAAD/2wCEAAkGBxITEhISExQVFhUXGRkZFxgXFBgXFhggFxgWFxoXFhQZHSggGBolGxcYITEiJykrLi4uFyAzODMsNygtLjcBCgoKDg0OGxAQGywmHyQtLjAvMiwvLjQsLDQsLCwsNCwsLC8sLCwsMCwsLC8sLCwvNDAsLCwsLy0sLywsLCwsLP/AABEIAPMA0AMBEQACEQEDEQH/xAAbAAEAAwEBAQEAAAAAAAAAAAAABAUGAwIBB//EAEoQAAIBAgQDBQQGBQgIBwAAAAECAAMRBAUSIQYxQRMiYXGBMlGRoQcUQnKxsjM0UmKCFiM1dJKTwdFDU4Oiw9Lw8RVEVHOzwuH/xAAbAQEAAwEBAQEAAAAAAAAAAAAAAgMEBQEGB//EAD8RAAIBAgQDBAgEAgkFAAAAAAABAgMRBAUhMRITQVFhcYEUIjKRobHB0TM04fAVggY1QkNTYpLC8SNScqKy/9oADAMBAAIRAxEAPwDDziH6SIAgCAIAgCAIAgCAIAgACADAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBALrhFlGIVitytiDr0hSWVdRPUd7TbqWAllP2jnZom8O0na/de+jdvhe/Sxx4lKnEMQpXV3jdtWosSS4b3Hb3WtaeVNyzL7qgk3e2m1rW6WKuQNogCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIB1wuHao2lR4kn2VFwNTn7Ki4uek9SuV1KkaavL9X3LtfYi8o4GjRVXqWJ7jA1L6didSrSW5qKQBZtgb85YopbnOnXrVpONPRarTfbRuT0i11WrJOAzBHKBGZRTNiAtOmDTrVAHAF9rMUsS209Uk9imth5QTc0nxLtb9aMdPG6veyPOKzJFIWtqfWwqbqjgKjFaaGxBsVUE2Y+11ubnJdT2nhpyXFSsrJrdrVpNv3uyuunSytFrZdRqLqpMAbm+kk07vU7oYGzUVVerC3iZ44p7F8MTVpS4aiuu/fRa23Um30WvcilrUWQ2YW6j3EdGU9VPQjnK2rHQhOM1eL/fY+x9xznhMQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQDUVsorUGRKH84HKgOyADW4LAr1ICLfe4BN7XEu4XHY4sMXSxCcq3quN9E3stNfFvpZtaXsy8p8OP8AVKtGs6a2cOapJNvZuxLAG4AYeN/GWcv1bM5ssxj6VGrST4UrcPv008ivynhw0MQxZw6IqsbalYq2ohlCm9w1MG29+m8jGnwyNWJzJV6CSVpNta2auraO/anv08D5juFWq4hj2i01K6hfU5VQQqg6iDcgX57cp46V5HtHNY0qCXDdp26K73ey6bd5PxnDdUYahSoaVqU2LF76bkgg2Nr9648LLaTdN8KSMtLMqbxE6la7jJWtv+7fUpKOUVK6Fq1qKojnUEBF6R0MrfsjbZQQuxIHOV8LktTpSxlOhJRpes21o30lqmu3vb12uzMCUnZEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEA22XVsTVw1GrQ0s1Nz2lM2AYg31gnkSrEHcX1GaIuTimj5yvDDUsROnWulJKz7F2eTWngc6GDFKhWp46saZxBBVbl2BU31m1xubX8p4lZNSe5OdZ1a8J4OF+C93snfS2tiRl+R9g5rVcQ7pSVX0qrBWCgmnuTZgLE2Hv8AGSjC2rZVXx3PiqdOmlKTa1aum9+9X7TlmfD/AGju4xLLRZe1OpXKqjNqsD7J72+nny26zyULu99CeHzDlwUOUnNPh0au2lbx20vsd8ZWqP2FbAv2qUV0FCxU3tpDOrW1bW87T1tuzj0K6UKdPjpYyPC5u97X77Jq9iuzetiKOFVMRbtKjNoXbuLZu0c6di7Goed+fSQk2o6mrCwoVsS5UfZild9r0steisZSUncEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEA03CedUqYNKtcIQ+1rq+vSLOp67WB5WY3l1OaWjOPmeCqVWqlLdW8Va+z+m+mhp3yvt1pa6NNggAV6j97yKURoI8NVpbw8W6OMsVyJS4JtXeqS098tfO1yauAq3LF6O6hDag1tIvZbGqRbc9OslZmZ16VklGWjv7S37fZFXLqhLHVROpQjaqDEFRey7VbW3PTrHCz2OIppJWkrO6tJaPt9nuIaZWKKMq0UFMlWfQ4JbSb2Zawtp/i26SPDZbF7xTrTUnN8VmldbX6px1v5eJkOLs3SvUAplmUHVduhKqpVB0Xu3PvJMpqTTeh3srwk6EPXST208W7vv18kUEqOoIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgHXD4l09h3T7rFfwM9Ta2ITpwqe3FPxVycnEOLHKvU9Tf8AGS5ku0zPL8K/7tH1uI8Wf9O/pYfgI5ku08WXYVf3aIOJxdSp+kd3+8xb8TItt7mmnSp0/Yil4KxxnhYIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgFvwpgKdfELTqC6lWNgSOQ23EnTinKzMGZV50MO503rdHbjHLaeHrqlIEKaYY3JO5ZxzPgBPasVF6EMqxNTEUXOo7u7XwRY8L8LLUQ18TcIRdVuV2562PQe74ydOndXkZMxzSVOfKoe11e/kiDhqGFrY2nSpIRRJIN3a72VjquT3Rcbf8AQkUoudlsaalTE0cHKpUl6/gtNVp395pMbkGW0iBV7hPLVVcXt6y1wgtzj0sfmNa7p627EiOMvyj9tf75/wDOecNMu9IzX/tf+lFZwTktHELVNVSSpUCzFeYN+R8JClBSvc2Zvja2HlBUna9+iLWrleUqxVnUMpIINV7gg2IO8nw0zDHFZpJKUU7P/Kiq4gwmXrRJw7Kal1sBUZtr77E+6QmoW0NuBq4+VZKunw69Ei0ybhzCNhadaqpuU1O2tgNr3NgdthJxpx4bsx4vMcVHEypU31slZHqjw/lte60X71r9yqSw8dLXuPSOXB7EZZhmFD1qsdO9ae9GRz3KHw1Xs2NwRdWtYMP8COolE4cLsd7B4uGKp8cdH1XYV0iaxAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBANDwH+uJ91/wltH2jlZz+UfijX5hw+tfFrWqWNNEUBf2mDOd/3Rcefxl0oXldnBoZg6GFdKn7Tb17FZbd/yMzxhxJ2pNCif5sbMw+2R0H7o+cqqVL6I7GV5bylzaq9bouz9fkVvCH65Q8z+RpCl7SNeaflJ+C+aNfxdw/VxTUjTKDSGB1EjmQdrKfdL6kHLY4OV5hSwsZKaettrfdFAeBcT+3R/tP8A8kr5Mjqfx3DdkvcvuWX0aexiPvJ+DSVDZmT+kHtU/B/QjZlwZiKlarUVqVnd2F2a9mYkX7nPeeSottsuw+c0KdKEGpXSS2XRW7Spzfhith6fau1MrcDusxO/mokJU3FXZuwuaUcTU5cE799vuzXYT+ij/V3/ACtL1+H5HBq/1n/OvmjF8LYeo+JomnfusGYjkFB71z4i48bzPTTclY+hzGpThhp8zqml3vp8dTR/SU62w6/au58h3R8z+Etr9Dk5BGV6j6ae/Uw8zn0ggCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgGh4D/XE+6/4S2j7Rys5/KPxRqs04h+r4xadT9E9NST+w2pxq8thfyvLpT4ZWZxMNl/pGEc4e0pPzVlp9ir4x4bBBxNAeNRR1661t8/j75CrT6o25VmTVqFZ9yb+T+nuKDhD9coeZ/I0qpe0jqZp+Un4L5o0fHuZVqT0RTqMgKtfSbXsRLqsmrWORkuGpVoTdSKdmtzK/wAoMV/r6n9qU8yXadv+H4b/AA17jU/Rr7OI+8n4NLaGzOL/AEg9qn4P6FFnGeYlcRXVa9QBalQABtgA5AA9JXKclJ6nSwuBw8qEJOCbcV07kV2KzavVXRUqu63vYm42kXNvdmunhKNKXFCCT7j9FyPECnl9OoRcJSLEe/Tc2+U1RdoXPk8ZTdTHSgusre8p63Hygdygb/vOAPkN5W666I6Ecgk369TTuRj8xx9SvUNSobsfgB0VR0AlEpOTuzvUKEKEFCC0/erI08LhAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBALThrMkw9darhioDCygE7i3UiTpyUXdmLMMNLEUHTha91v8AtnXirNkxNZalMMAEC94AG4Zj0J27wntSSk7ohluEnhqThNq976eC7l2E/hnizsF7KsGdB7BWxZf3dyLr67fhKnVtozLmGU8+XMpNKXW+z7+uvz+cYZnhUxlPEUlqqgJLoVUEEqR3LNaxvyNrfKecUVK6LvRsTPCSoVHFy6O77eun/Jf1+McE9i9Co9uWqlSa3ld5Y6sHujlwyfGQ9iol4OS+hyHFGXf+lP8AcUf+aecyHYT/AIXj/wDF/wDaX2KnhDP6WFWqKiudZUjQFPIEb3Ye+QpzUdzdmmX1MVKLg0rX3v18mW78VZeSScMxJNyTRpEkncknVuZPmQ7DCsqxyVlVX+qX2K3P88wdWiUo0CjkqQ3ZU15HfdSTIznFqyRrwWBxdKsp1al1rpdv5o60OKKIwX1YrU19kyX0rpuQRe+q9t/dPVUXDYhPK60sZz7q3En1vp5GSlB3RAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAPoF9hB43Y02W8E16gDVGWkDyBGp/VQQB8by6NFvc4+IzujTdoJy+C95KxPANQC6VlY+5kKfMFp66HYymnn8G/Xg0u53+iMrjcHUpOUqKVYdD+IPIjxEpaa0Z2qVaFWPHTd0cAJ4WmlzLg+pRoGsXDFQCyBTccr96+9vLpLZUmlc4+HzinWrcpRtfZ3+neZqVHYLfh3IzimdQ4TQAd11XuSPePdJwhxGDHY5YSMW43v3kPNsCaFZ6JbVpIF7WvcA8vWeSjwuxow1fn0o1ErX+9iJIl5qcs4MatRSqKwXWL2KE28L6pdGjdXucXEZzGjVlTcL2fb+hmsRRZGZGFmUkEeIlLVtDrwnGcVKOzJeSZU+JqimptsSzWuFA6kdd7D1koR4nYoxeKjhqfMl5LtJvEXDhwqoxqB9RI2XTawv7zJTp8JnwOYrFylFRtbv8A0KOVnSEAQBAEAQBAEAQBAEAQDYfR7lYZnrsL6DpT7xFy3mARbzMvox6nAzzFOEVRj11fh2fvsOXE/FVVqj0qLFEUlSy7MxGxOroL8rTypVd7Inl2VUo01Uqq8nrZ7LyKvLuJMTSYN2jOOquxYHwudx6SEakkba+W4erG3Ck+1aHziPO2xVQMRpRdkXqL2uWPUm3kInPiZ7gMFHC0+G92939iZwPlna4gOR3KVmPi32R8bn+GSpRu7mfOMTyqHCt5aeXX7eZvKWY0qtWthuZRRqB5EMNx6XAP3po4k20fMyw1SlShX6N6d1tvf08D8uznLzQrVKR5Ke6fep3U/D5gzJOPC7H2mExCxFGNRdd/HqaT6Nv0lf7q/iZbQ6nIz/2IeLKbjD9cr+a/kWV1faZvyv8AKQ8/mynkDoH6rw5WCYGi7GyrTuT7gLkmbIaRR8Tj4OeMnGO7ZnvpBymxGKUbGy1Lf7rf4eiyqtH+0dXI8XdPDy8V9V9feXHCuWjC0A1TZ6hXVfpqIVE+fxJllOPCtTn5liXiq/DDWMb28tW/h7kQPpJ/R0Pvt+WRr7I1ZB+JPwXzMFMx9OIAgCAIAgCAIAgCAIAgG/8Ao3rjsaqdRU1ejKoHzQzTQelj5bP4Pmxn0at7m/uYzN8E1GtUpsNwxt4gm4YeYlElZ2PocLWjWoxnHs/aIciaD3XpMjFXUqw5gixHpDViMJxmlKLumfp/DWWth8KAAO1YFyCbDURspO9gBYfGbIR4YnxmYYmOIxN2/VWnl1fnuUmUcOYyliFrlqZ7xL983YN7X2ee9/MCVxpyUrnSxWY4Sth3RSe2mm1tupI+kLLNVNcQo3Tut4qTsfRvzGe1o3VyrI8TwzdF7S1Xj+q+RB+jb9JX+6v4mRodTTn/ALEPFlNxh+uV/NfyLK6vtM35X+Uh5/NlPIHQP0nCf0Uf6u/5Wmtfh+R8hV/rP+dfNHjgvMxXoGjUszU7Cx31L9k+lreg988pS4lZks2wzw9bmw0Uvg+vv3IPEmca8Zh8Oh7tOrTL+Laxt/CPmT7pGc7ySNOAwfLwlStLeUXbws/n8jr9JP6Oh99vyz2vsiGQfiT8F8zBTMfTiAIAgCAIAgCAIAgCAIBOybNHw9UVE36Mp5MOoP8AnJRk4u5mxeFhiabhPyfYzdHMMBjVAqFQw5BzodfBWuLjyM0cUJ7nzXo+OwMny727tU/FClgctwp7TVT1Dcaqmth4qlzv5C8WhHUSr5hilwWdu5WXmynqZjQxmNps2inSpC5eowVqliCoNza1+nuv5SHEpyN8cNWweElGN5Sl0SbS7X7uvbY7cX8TMHRMNVFgLsyFWBJ5LfcbWv6ie1KnSJXleWRcXOvDuSd15mf/AJS4z/Xv/u/5SrmS7Tq/w3Cf4a+P3NXw3ntOth3p4qqgbdSXZV1q3UXtuNxt7hLoTTVpHDx+AqUK6nh4u2+ibs1+7ldwVVpUK+JV6tMAABWNRQr2Y2Km9jtY+sjStFu7NebRqV6NOUIO/VWd1p10LnG4PLKrtUepRLNzP1m3IAcg9uQk2oN3Zz6NbMaUFCEZWX+T9CszjLMtWhVak9M1ApK2xGo38F1m8jKMLaGzC4nMJVoqonw319W3xsSsNmFEZb2Zq09fYONPaLquQ22m97+E9Ulwb9Cmph6zzHj4HbjWtnbddTFZXmNShUFSmbNYjfkQR1HwPoJnjJxd0fRYjDwxEOCewyupbEUWY/6VCzMf3wSST8bz2L9ZDExvQnGK/suyXgarj/HUqlOiKdSm5DG+h1a3d62O0urNNaHEyShVpzm5xa0W6a6mKmc+iEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAWgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAanMOHUTC3X9YpqtSsLn2X1bWvYabdP2fES500o95xKGYznidfw5NqPireev17jzwxktGvh6xqd19QRH1EBSwAXu3sbsQPWKcFKLuSzDG1sPXgoaq12u22/wIrZSqYLEVHQitTraL3Ow7lxa9jzO/jPOC0W3uXLFynjKcIP1JRv8APzLXOxgKFfsHwvdsCai1Guurrp8POSlwJ2aMWE9Nr0ObGrrro0tbd5ns/wAs+r1mpX1LsynqVPK/jzHpKpx4XY6uCxXpNFVLWez8UV0iaxAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBALPhwUu3RqzBUTv7/aK+yo9d/STp2vqY8fzeQ40leT08L7svcLxZQNc1GwwU1O7UftSx0mw3XTYgADbwliqq+xzKmU1lR4I1b8OqVktfG5EbEUaWFxlGnVBJqoaViblQyG4PvAHynl0otJl6p1quJo1Zw2i+Lxs/mSM1z2lXwDAkCuzLrW27FdI1+qgfC3SeuacO8qw2BqUMcml6iTs+y99Peds8TBV6/bvil0WAKKjFjp6Bhyv5T2fA3dsrwbxlChyo0nfXVtWVzPcQ5n9YrtUAstgqA87Lyv48z6yqcuJ3OrgcL6NRUG7vd+LK2QNggCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgHy8A+wBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEA2PCXDFOpT+sV91N9K3IFgbFmPmDtysOt5fTppq7OBmeZ1KdTk0d+r8eiLeng8rrHs0FEtyAUlWP3SCLydqb0MEq2ZUVxy4rd+q8+wwud4elTrOlFy6Dqeh6gH7QHv/wC8zzST0PpcJUq1KKlVjZ/vXu8D7kOHpvXpiqyrTB1MXYKCF303PvNh6xBJvU8xtSdOhJ003LZWV9+unYWfGOdLWqdnSt2aHmAO+3K9+qjkPU+6Tqzu7Ix5VgpUYcdT2n8F9+0zsqOsIAgCAIAvAO+AZRVpF7aA6lri4sGGq46i19p7HfUqrKTpyUN7O3jbQuuLsVhH7H6qEFtevTSNPno03uovyaWVHF24Tn5XSxVPj9Ib6Wu79t+r7jPSo6ogCAIAgCAIAgCAIAgCAIB+h8I42liML9VY2YKyMt7Eqb95ffsbeYmqm1KNj5TM6FTD4n0iK0bTT7+xlJmnBNdLmkRVX3ey/wADsfQ+krlRa2Ojh87oz0qLhfvRncPhXeotJQdZbTYi1je2/ut18pUk27HWnVjCDqN6JXN42BwWApqaqipUPUqGZiOelTsoF/8A9mm0ILU+YVfGZhUapvhiu+yXi92z7QoYDHqwRNDjnZQjjoCdOzD4+kJQmtBOpjcvkuOV4vvun3a6owmYYNqNR6T+0pt4HqCPAgg+szSVnY+moVo1qaqR2Z5wlVUdGZQyhgWUi4IvuLeUJ2Z7Vg5wcYuza0fYa/jbJqS0adaiiqAe9pFgQ42J9bf2pfVgrXRwcoxlWVaVKrJvTS/aun77BwRk1JqNStWRWBNl1AEAIO8w9SR/DFKCtdjN8ZVhVjSpSadtbdr2X77SryTE4E1q1SulhctTW382B+zoHNrW57SEXC7bNuMp4xUoQoyu9pPr437PiaHL8zy/FN2AoqCb6Q1JFBsPslTdTbylqlCWljk18Lj8LHnOd+2zfxvuZ7MsnWhjqNL2qbvTIDb91nsVPv5EeVpVKHDNI62HxksRgp1NpJSTt2pXuTvpBwVKn9X7OmiX7S+hAt7dna9hvzPxkqyStYzZHWqVOZxybtw7tvtMhKDvCAIAgCAIAgCAIAgCAIAgE7C5XiGpmvTRyqn2l5396gbm3UjlJKMrXRmqYqhGfKnJXfR/XpqaTg7PcU9ZaL6qib6iwuyWB3LeYtvLac5N2ZyM1wOGhSdWPqvpbZ+X2LDOEp08ywlTYFwwbxNmRSfG7Aegk5WU0zLhXUqZdVh2Wt8G/kVv0jYZ+0p1d9GjTfoCCx391wR8JCsne5ryGrDlyp/2r38rL5HD6PcM5xDVADoVCCelzay+fX0nlFO9y3PKkVQUHu2vh1InG9VWxlS32QqnzA3/ABt6SNV+sX5PBxwkb9bsoZWdM/QuG3GKwD0G9pQafyvTPpsP4Zph60LHyuPi8JjlWWz1+6/faOIWGFy9KA9pgKe3iL1D67/2on6sLDAr0vHOs9k7/RL99hWcFZDSqo1esNQBIVTy2AJYjrztbwMjSgmrs2Zvj6lKSo0nZtXb669O4n5TxLh3r06VLDBdRsrWRbbE30gbfGSjUi3ZIy4nLcRCjKpUq3tutfnc8cYfruB+8v8A8qxU9pEsr/J1/B//ACzn9Jf/AJb/AGv/AAp5X6E/6P8A95/L/uMRM59GIAgCAIAgCAIAgCAIAgCAanIuMnootKogdFFlK2VgPdbkfl6y6Fayszi4zJo1pupCVm976r7otq3H1K3dpVC3QMVA+IJ/CTddGCOQVb+tNW7r/oYzNMxqV6hqudzyA5KByAlEpOTufQ4bDQw9NU4bfM0mV8bkJoxFM1Nraltc/eU7E+N5bGtpqcjEZInLjoSt3Pp4NHvMOOBo0Yelo/ebT3fuoLi/mfQxKtp6pGhkb4uKvK/cr6+LZjWYkkkkk7kncknmSffKD6BJJWR8g9LnhfO/qtRmILKy2IFr3BuDv6/GWU58LOfmOC9KppJ2aY4ozz61URgpVVWwBte5NydvIfCKk+JjLsD6LBpu7bJXCvEv1YNTdS1MnUNNtSmwB2PMGwntOpw6MpzLLfSmpwdpLTXZlueL8JTbVSw5uT3mCIhPv3G5MnzYrZGD+D4qpG1Spotldsp874hSvXw9ZUYCkQSCRc2cNtbykJVE2mb8Hl86FCpTck3K/wArHjivP0xXZaUZdGu+q2+rRyt92eVJqVrEstwE8JxcTTvbbuv9yglZ1BAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEA0HB+T0sS9RamqyqCNJtzNpbSgpbnKzXGVMNCLp21fUjYrLkXHfVxfR2qJz3sxUHf37meOK47F1PEzlguc/a4W+66uTOMslpYY0ey1d/XfU1/Z0Wt8TPasFG1jPlWNq4lT5ltLbd9zOSo64gCAIAgCAIAgCAIBY5BloxFZaRYrcMbgX5C9rSUI8TsZMbiXh6LqJXtb4nfibJlwtREDl9S6iSALbkdPKe1IcLK8vxjxVNzcbWdinkDeIAgCAWvDOVria3ZOWUaWN1tfa3vB98nTipOzMOYYqWGo8yKTd0tTTNwhhKbfztcgN7Cs6IT623390t5UVuzjrN8VUj/06e27SbPFXgRA9+2Io2ubgax/F7NvG3pHJV99CUc9m4W4PX+Hu38joOD8JVQ9hWJI21B1qLf8AeAH4WnvKi9mQ/jGKpS/60NOyzT8jGPgagqmhpJqBtOkdT4eHW/umfhd7H0Kr03S5t/Vte5r8Pwdh6SBsVWsT7nVEB9wZt2+UvVKK9pnBnnFerPhw8Pg2/hscM04MXs+1wtQuLX0khtQ/cddifD5zyVHS8S3DZzLj5eIjbv2t4pnn6N/0tf7i/mMUN2M//Dh4v5EPHf0qP6xS/Mki/wATzNFH+rP5JfJmu4lyijWNN69Xs0TUOarctp+03L2fnLpxT3OFl+LrUFKNGHE3bte1+i8SkzLg2k1I1MK5Y2uAWDq9uisOR+MhKkrXidHD5zUjU4MRG3lZrxRlMpy58RUFOnzO5J5KOpPhKYxcnZHbxOJhh6bnP/nuNh/JLB0gFrVzrPK9RKd/uqd/mZfyordnB/i2LqtulT0Xc372VXEfCbUF7WmxemPavbUvibbMPGVzpW1RuwGbRxEuXUVpdOx/ZnrhbhmniaTVHd1IcrZdNtlU9R+9PadNSVyOY5nUwtVQjFO6vrfta+hbJwNR7Oxqt2gFywI0g2/Yt7PreT5KsYXnlbmXUVw9nX39pTcP8N0qyvUqVwEQkHQQDtyYsw7oPMbSuFNPVs6GOzKpQlGEKerXX5WW7XUtm4QwlVScPWJI6h1qLf8AetuPjJ8qL2ZhWcYqlJKvDTwafkZnK8oL4tcNVupuwa1rjSrNtfobD0MqjC8uFnYxGMUMK69PXa3m0jVU+BaIe7VHKWFhdQSd73NuVrWA8ZdyVc4ss9rONoxV/PYhYfKUwuY4dUfUG1Gx9pbo694jY36eUioKM0aKmLli8vqSlG1reD1T0If0gtfFDwpqPm5/xka3tGjI1bDP/wAn8kZmVHYEAQBANJwB+t/wP/8AWW0faORnf5XzX1PHHv6233E/AxW9olkv5VeLNHmZ1ZSCdz2VI7+aS2X4ZyMP6uaWX/dL6lL9HTH6zUHQ0iSPJ0t+J+MrobnRz1L0eL/zfRlrgaSnN65I3VLr5lKQv8GaTX4jMVaUllVNLq9ffL7ImZ7gMFVq3xFYBwANJrKukc9lPK/OSlGLerM+DxGMpU7UIXT68Ld/M9ZO2BwwYUsQlmsSGrqRcdQL7H/IRHgjsyOKWNxLTqU3ddkWQOFdH13GmmQUNiCDcbtc2I6XJkaduJ2NWZcfodFTVn3+BSY7+lR/WKX5klb/ABPM6NH+rP5JfJll9JXPDf7T/hydfoZP6P7VP5fqTPo3Y9jVHQVNvC6i89obFGfpc6L7vqeeAKSg4ojn2mnyA1EfO/wiktxnc5NUk9uG/noYvOKrPXrM/ta2Bv0sSLeQAt6Sibu3c+iwsIwowUNrI3fBbGpgmWrugLoL/sWFx5Alh6TRS1jqfM5slTxilT30fnf/AIPH0c/qz/8Aun8lOKPsks+/Mx/8V82YEYp9TPqbU4Ic33YN7QPvB90zXZ9RyoWUbKytbutsaHh3hftqZrVqhp0t+RAJC3uxJ2Cg36dJZCndXexysdmnJqcqlHin8r9O1s0PDeGwKVT9Wqs1TSQRqJBFxvyA52lsFBP1Tk4+pjZ0lz4Wjfs/W5BqqBnKeIuf7hh/hI/3ppi75Q/H/eiD9I1UmvTQnuimCB0uWcE/BR8JGu9TVkMUqEpdeL5Jfcp8lxh+t0alRie+upmPT2blj0A/CQjL1k2b8XRXos4QXR2S9534yxK1MXUZGDLZACCCDZRexHiZ7Vd5FWVU5U8LFSVnrv4lLKzoiAIAgF7wXi6dLE6qjBF0MLk2FzbaWUmlLU5mbUp1cPwwV3dbHzjLFJUxTPTYMulRcG42EVWnLQ9yqlOlhlGas7svMZmlA5YKQqIanZUxpv3rgpcW9DLHJcuxzaWFrLMeY4vh4nr06lRwPjKdLEM1RwimmwuxsL6kNvkfhIUmk9TfnFGpVoKNNXfEtvBjNc30Zg+IosHAK8j3WHZqrC/xHmIlO07oYbB8eBVCqrPXxWraZocS+X48KzVNDgW9oJUHXSdWzD4y18Ezk01jsA3GMbx8G146aoqs8wWXUqDJTfVV5qVbW1x0YjuhffykJqCWhuwdbMKtZSnG0Ot1ZeXW5E4IzOnRrN2hCq621HkCDcXPQc9/KRpSSepfm+FnXorgV2nsWWf0sKuJoYhKoLNXps4FRWVVBF2sNwNuZMnNR4k79THgpYmeHnRlCyUJJaNNt9CPx7mFKqaHZOr6dd9Jva+i1/gfhI1pJ2sXZLh6tFT5kWr238yRwHmdGlTqirUVCXBAY2uNI3kqMklqVZzhq1apF04t6dPEpclzw4bEO4Gqm7EMB1GokMviL/MyuM+GR0MXgViaEYPSSSt7tmafErleJbtmqKrH2u+aZNv2lPXxEtfLlqcam8ywq5cYtrppf3Mh5/xLRSicNhOVtJYCyqOoW+5J9/j1M8nUSVomjBZbWnV5+J33t1b7+zwPXA2aUKWHdalREJqEgMbG2hBf4g/CKUko6kc4wtarXjKnFtcK28WYcTOfSM33DOa4erhRhazKpAKEMdOoEmxVj1t+E0wknGzPmMwwtelifSKSbV76a2fedsro5dhKl1rguQRdqgaw2uO6Ao6c957FQi9yvETx+LhaVP1e5W+epWVcyo/+KpW7RezA3e/d/RMOfmQJByXMubI4aqssdLhfFfbr7SZA44xlOriFam4dezUXU3F9Tm3zHxkarTehqyejUpUHGorPie/giv4eFH6xT7fT2Xe1avZ9hrX/AIrSMLcWpqx3N5EuTfi0tbfdfQkcVjD9sv1bRo0C+jlq1Nf1tae1LX0Kstdfkvn34r9eyyKaVnQEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQBAEAQD/9k=

Não sei se chamo Kleina de teimoso, de incompetente ou de autossuficiente, mas o técnico palmeirense, voltou a decepcionar na definição da escalação e do sistema tático do Palmeiras para enfrentar o todo poderoso Barcelona, digo, Vilhena de Rondônia!

Kleina teve o desplante de manter Tiago Alves como lateral, -sou convicto disso- simplesmente, para tentar mostrar ao mundo que estava certo em escalá-lo contra o Ituano.

Agindo assim desempenhou um papel estúpido e ridículo, imperdoável. Errar é humano, mas persistir no erro é burrice! Kleina foi burro!

Em razão -também- disso, o Palmeiras (não deveria ser assim) sofreu, e muito para vencer o Vilhena! 

Não, apenas, por essa manifestação de soberba e autossuficiência de nosso treinador, mas, por outras razões, também, entre as quais destaco a estúpida escalação e insistência com o limitadíssimo (desde as categorias de base) Miguel -ele consegue ser pior que Vinícius - como centro-avante enfiado. 

Digo mais. Ainda que fosse ele um jogador razoavelmente técnico e experiente, nem assim teria rendido suficientemente, em função do que se viu, taticamente, ontem no Pacaembu!

Raciocinem comigo.

O que é preciso para que se jogue com um centroavante forte, enfiado? 

Necessariamente do trabalho preponderante da equipe pelos cantos do campo, pelas laterais, nas chamadas jogadas de flanco e de linha de fundo.

Exatamente como faz o Santos com Leandro Damião ou a Penapolense com Douglas Tanque que, segundo consta, está em vias de transferir-se para o Palmeiras! Ele tem potencial, diga-se de passagem, para ser uma boa aquisição!

Sem as jogadas de linha de fundo, esse tipo de jogador, na maioria das vezes, apenas faz número em campo e nada mais, em face de não eles não serem suficientemente municiados. Foi o que ocorreu com Miguel, apesar de todo o esforço e dedicação evidenciados pelo garoto.

Há, porém, uma outra alternativa, quando o centroavante é forte - casos dos três citados- que podem atuar de costas para fazer o pivô para quem venha de trás ou tentar a tabelinha progressiva, curta e envolvente dentro da área. As poucas tentativas de Miguel nesse sentido, malograram, completamente!

Restava o jogo aéreo, mas como fazer isso com um quarto-zagueiro lento exercendo a função de lateral direito sem conseguir realizar uma única jogada desse teor ou arriscar um único cruzamento?  

Ironia: Na lateral esquerda, em que o Palmeiras dispunha de um especialista, William Matheus, que parecia proibido de apoiar e só existia em termos defensivos!

Com um centroavante de pouca mobilidade, caso típico de Miguel, que não se desmarca e nem tem condições técnicas e experiência para exercer o trabalho de pivô e prender a bola esperando a aproximação dos meiocampistas, o que restava ao Palmeiras?

Simplesmente, esperar por uma jogada de improviso de Leandro, por um chute feliz de Bruno César ou por uma chegada mais forte de Marcelo Oliveira (ocorreu uma, no primeiro tempo) ou, ainda, uma enfiada milimétrica de outro jogador de pouca movimentação, Mendieta, que ocorreu quando ele colocou Leandro na cara do gol e o goleiro Dalton, fechando o ângulo, espetacularmente, evitou o gol.

Detalhe: O Palmeiras insistia muito pelo lado direito do campo porque -inexplicavelmente- efetuava a saída de bola, na maioria absoluta das vezes, equivocadamente, com Lúcio que vem se tornando o dono do time! 

Lúcio está longe de ser um referencial em termos de entrega de bola e, consequentemente, de saída de bola. Na maioria das vezes em que tenta dar uma de "armandinho" ele é um fiasco, para que não se diga um desastre! 

Lúcio deveria conter-se taticamente, (ou ser contido por Kleina) e compreender que já não é mais o mesmo zagueiro voluntarioso de alguns anos, optando por atuar atrás, apenas na sobra, só subindo para tentar o gol, quando das cobranças de faltas e de escanteios.

Eguren poderia ser esse homem, (o da saída de bola) pois é muito mais eficiente do que Lúcio nesse quesito, embora, pelo que mostrou até agora no contexto global de seu futebol, sobretudo na marcação, que, fosse ele contratado pelo Vilhena, teria dificuldades em ganhar a titularidade até lá, quanto mais no Palmeiras!

A conclusão é só esta:  ou Eguren melhora ou o Palmeiras tem de contratar outro volante de conteção. Antes disso, tem de testar o garoto Renatinho que vinha arrebentando com o jogo, até  que se contundiu.

No intervalo de Palmeiras x Vilhena, Kleina consertou o erro crasso e monumental que cometera, devido a sua teimosia em escalar Tiago como lateral, passando-o para a quarta-zaga em lugar de Wellington!

Wellington, que cometera duas ou três domingadas na entrega de bola, uma das quais resultando no lance mais perigoso do ataque do Vilhena contra a defesa palmeirense no primeiro tempo tinha mesmo de ser substituído!  Kleina enxergou, mas, também se não enxergasse...

Serginho entrou no intervalo e, -também de forma improvisada-, ocupou a lateral direita, exatamente o que Kleina deveria ter feito contra o Ituano, embora, naquele jogo, ele tivesse até uma opção tecnicamente melhor, a de colocar Wesley na função! 

Kleina, ficou provado, fez de tudo e até contrariou as próprias convicções ao tentar "tapar o sol com a peneira" e encobrir o erro que houvera cometido no domingo passado - a escalação de um lento quarto zagueiro na lateral- pelo qual pagou um preço demasiadamente alto e caro, a desclassificação do Paulistinha. 

Ontem ele quase jogou tudo pela janela, novamente, contra o time "amador-marrom" do Vilhena, quando manteve Tiago Alves na lateral direita, pensando muito mais em sí e na recuperação de sua própria imagem e prestígio, do que, propriamente na equipe.

As duas alterações em uma, a individual e a tática, -reconheça-se- surtiram o efeito desejado, dando ao time muito mais personalidade! 

Pode-se dizer que, apesar de uma cabeçada contra o poste direito de Bruno, o time de Rondônia não ofereceu tanto perigo ao Palmeiras na etapa final, tanto e quanto ocorrera na etapa inicial.

Com Serginho em campo, dotado de grande fôlego e disposição, fazendo o "vai-vem", encostando -sempre- em Bruno César, foi flagrante a melhora do time .

Bruno passou a trabalhar mais pela ponta direita, ocupando um espaço até então despovoado e o Palmeiras começou, devagarinho, a impor o seu melhor jogo e a sua maior técnica.

Começou a acuar o time rondoniense na defesa, embora faltasse iniciativa para chegar com mais frequência, e ousadia e lucidez na hora de definir. 

Miguel, mantido -incompreensivelmente- no jogo até o final, não conseguiu desferir um único chute a gol e as sucessivas tentativas do "chutachuta" redundavam em nada, mas Bruno César, ao menos, tentava! Enquanto isso, Leandro se escondia!

O Palmeiras só conseguiu mesmo se recuperar e demonstrar total superioridade em campo, a partir do momento em que Kleina (inteligentemente) efetuou a troca de Mendieta -a lentidão personificada, responsável direto pela falta de ritmo da equipe- por Marquinhos Gabriel que alterou completamente o panorama do jogo.

Até Bruno César, perdido em campo, recuperou o "elan", isto é, a dinâmica total e, -praticamente- decidiu a classificação palmeirense.

Após várias tentativas fez o primeiro gol aos 27 do primeiro tempo, constituindo-se na expressão superlativa do jogo, com um detalhe: só pelo que rendeu na etapa final, haja vista que seu primeiro tempo fora -completamente- obscuro.

O gol que abriu o caminho para a classificação, veio de um lance no qual todos atribuiram 60% dos méritos a Marquinhos Gabriel pela excelente jogada de fundo, quando ele, pressentindo a penetração de Bruno Cézar, recuou-lhe a bola na medida e ao feitio de nosso atacante canhoto que mandou, em certeiro arremate, a bola para as redes. A Bruno -por isso- atribuiram os outros 40%!.

Mas o mérito do gol não se limita a Gabriel e a César, pois tem de ser estendido a Serginho pela magnífica visão de jogo, pela perfeita saída de bola e pela enfiada de 30 metros ou mais em profundidade para a penetração de Gabriel entre a ponta e a meia direita. 

Em meu entendimento, ficam 40% para Serginho, dividindo-se os outros 60% entre Marquinhos e Bruno César.

O pênalti sobre Bruno César, quatro minutos depois do gol de abertura, que o próprio Bruno bateu forte, definindo os 2 x 0, foi indiscutível e deu ao Palmeiras a garantia de que a classificação estava definida!

Como anda ruim o nosso goleiro Bruno, hein? É ruindade mesmo ou falta de ritmo de jogo? Ele tem sido um desastre nas saídas de gol!

Lucio que quase entregou a rapadura em dois ou três lances, embora esteja se transformando no dono do time, tecnicamente, está deixando a desejar.

Wellington carece de amadurecimento! Em duas viradas de bola desnecessárias por pouco não classificou o Vilhena. Com justa razão Kleina o retirou do jogo.  Ele, ainda, tem muito a aprender!

Tiago Alves, como lateral, um desastre, mas esteve muito bem quando retornou a sua verdadeira posição no miolo de defesa.

William Matheus fez o que Kleina mandou. Guarneceu o lado esquerdo da defesa por conta do bom lateral vilhenense, o ex-palmeirense Portela jogador responsável pela transição rápida do time de Rondônia, da defesa para o ataque. 

Defensivamente William esteve bem, mas só apareceu no ataque com eficiência uma única vez quando invadiu a área e se preparava para arrematar e foi puxado pela camisa!

Foi outro penal claríssimo, ocorrido ainda no primeiro tempo que, se assinalado e convertido poderia ter facilitado a vida do Palmeiras e evitado tantas ansiedades e temores do time e da torcida. 


Parece que é proibido, mesmo, marcar penais para o Palmeiras, ainda que tenham ocorrido e sejam tão claros e flagrantes quanto o de ontem.

Mendieta, lento, pouco participativo -como de costume- apareceu pouco e tivesse ele continuado em campo o Palmeiras teria tido ainda mais dificuldades para vencer.

Os destaques do Palmeiras foram Serginho, Marcelo Oliveira (como sempre), Marquinhos Gabriel e Bruno César, que não vinha bem no jogo teoricamente armado por Mendieta e arrebentou a partir de quando o jogo, praticamente, foi armado por Marquinhos Gabriel!

Foi uma vitória fácil embora conseguida em circunstâncias dificeis, com a atenuante de que o Palmeiras atuou desfalcado de muitos jogadores importantes: Prass, Wendel, Juninho, Wesley, Kardec, Diogo, França, Tiago Martins e , principalmente, Valdívia! Quase o time titular completo!

Ressalte-se que a arbitragem do mineiro Vanderson de Souza, de um modo geral, foi boa, mas ele deixou de marcar um pênalti escandaloso sobre William Matheus. 

Vou repetir: parece que é consenso nacional não marcar pênaltis para o Palmeiras. Nem sei como o mineiro assinalou aquele penal do goleiro do Vilhena sobre o Bruno César! 

Como sempre dissemos e dizemos, o Palmeiras tem de estar atento a esses detalhes que sempre o destroem em sucessivas competições, sem que a diretoria e parte da torcida se deem conta desses detalhes.

O Palmeiras, nesse aspecto, anda tão desprestigiado, mas tão desprestigiado que o árbitro que o operou domingo passado contra o Ituano e uma das razões preponderantes de nossa desclassificação era o quarto árbitro ontem à noite no Pacaembu. 

Se o mineiro Vanderson Souza tivesse algum impedimento, Antonio Rogério Batista do Prado voltaria a apitar um jogo decisivo do Palmeiras. É mole? 

Ao responder à reclamação de Kleina sobre o penal sofrido por William Matheus, Prado, rindo e fazendo um gesto indicativo de que a camisa fora segura, disse ao técnico do Palmeiras; "foi só uma pequena segurada, insuficiente para atrapalhar". Pode? 

Arnaldo fez escola, a escola da desfaçatez e da interpretação das regras do jogo ao bel prazer da juizada que tem -sempre- de cor e salteado, na ponta da língua, as respostas que justificam os seus erros dentro de campo.

De qualquer forma, o Verdão se classificou e agora espera o vencedor de Sampaio Correia do Maranhão x Interporto de Tocantins.

 Após empatarem o primeiro jogo por 2 x 2, essas duas equipes se enfrentam, novamente, quarta-feira que vem em São Luiz. 

Raciocinando-se com a lógica,-que nem sempre prevalece- o Sampaio tem muito mais possibilidades de vencer e deve ser o próximo e perigoso adversário do Palmeiras (muito melhor do que o Vilhena) na Copa do Brasil.

COMENTE COMENTE COMENTE


NA TELEVISÃO
 

Não disse que a Globo não exibiria o Palmeiras x Vilhena em rede nacional?

90% do Brasil assistiram ao Emelec x Flamengo, direto do Equador pela Libertadores.

Nem no Sportv-Um exibiram o jogo do Palmeiras, só no Dois!

Não disse que iriam tripudiar sobre o Palmeiras mostrando - muitas vezes - o Pacaembu vazio?

Não disse que iriam -covardemente- se aproveitar da situação de comoção por que passa o clube a fim de promoverem um marketing negativo?

Ou estou exagerando e não foi tudo isso que aconteceu?

PS- Errei ao afirmar que a Band transmitiria o jogo, fiando-me na informação publicada pelo Palmeiras Todo Dia, site de leitura obrigatória para este blogueiro.

EQUIPE SPORTV

O jovem narrador Jorge Vinicius, transmitiu o jogo e agradou.

Ele não tem a qualidade vocal de Milton Leite, mas seu timbre também é bom.

Em relação a Milton, revelou-se mais perfeito no acompanhamento dos lances, pois narra sem a preocupação de querer ser engraçado ou de contar histórias.

Nota 9 para Jorge Vinícius.

Vilaron -já consegui acostumar-me a ele- esteve muito bem, sobretudo na análise dos lances de arbitragem.

Nota 9 para Vilaron.

Nota 7 para os repórteres que não conseguem, sequer,  informar nem a renda do jogo, que se ouve de forma pouco inteligível ao fundo da transmissão. É proibida a divulgação da renda? 

(AD)

7 Comentários:

  • Às 3 de abril de 2014 07:02 , Anonymous Marcelo Palestra disse...

    Enquanto isso, o asno continua como treinador, e o "nobre" presidente dormindo!!!!

    A globo, arbitragem, imprensinha, federações e demais nos arrebentando e o "nobre" presidente escondido, tremendo de medo!!

    Estamos bem!!

    Até quando vamos durar nesta coa do Brasil com esta coisa que só mesmo no Palmeiras, colocaram poara ser o treinador?

    Kleina, Caio Junior, Bonamigo, Estevam Soares, Marcio Araujo( o pastor)e outros são todos iguais, ou seja, péssimos, e jamais terão sucesso em suas carreiras!

    Coincidentemente, todos estes passaram pelo Palmeiras!

    ACORDA NOBRE!!! TENHA COLHÕES!!!

     
  • Às 3 de abril de 2014 08:48 , Anonymous Marco disse...

    Kleina foi salvo pela péssima atuação do zagueiro Wellington no primeiro tempo. Sempre apoio jogador da base, mas o jogador precisa se ajudar. Wellington foi irresponsável e pode ter se queimado no time pela displicência mostrada.
    Com o péssimo comportamento do zagueiro, Kleina teve que corrigir a escalação colocando Serginho na ala e levanto Tiago Alves para a verdadeira posição.
    Mendieta foi outro que decepcionou e Marquinhos Gabriel entrou para mudar o time.
    =======
    Ficou provado mais uma vez que o fator emocional tem papel decisivo. Quase que o Palmeiras se complica e nos proporciona um vexame histórico. Caso o Vilhena tivesse um pouco mais de condição, o jogo de ontem poderia representar a ruína da temporada, pois iria gerar uma crise para o início do Brasileiro.
    =======
    Destaque para a ironia e o sarcasmo do quarto árbitro Antônio Batista do Prado, o mesmo que foi (ir)responsável pela violência do jogo de domingo. O Kleina falava com ele e o elemento dava risada.
    =======
    Nota zero para o repórter André Hernan pela desonestidade nas entrevistas. Tenho notado há alguns jogos que esse repórter usa de má fé nas entrevistas com jogadores do Palmeiras, má fé que ele não apresenta quando entrevistas jogadores de outros times. Fez isso com o Valdívia em vários jogos e ontem foi com o Lúcio.
    =======
    O elenco do Palmeiras não tem condição técnica, tem opções, com exceção da lateral direito e do comando de ataque. Precisa apenas ser melhor escalado. Ontem, novamente o garoto Rodolfo não foi utilizado. Insistem com o Miguel e não colocam o jogador contratado para o comando do ataque! Será que contra o Vilhena, esse jogador não poderia ser testado?
    Conforme já escrevi neste blog em algumas ocasiões, sou contra treinador de grife, que custa muito mais do que vale, mas o Kleina precisa se ajudar, caso contrário ficará difícil defender sua permanência. Alguém precisa chegar nele mostrar que não pode ser tão teimoso em algumas situações.

     
  • Às 3 de abril de 2014 08:50 , Anonymous Marco disse...

    Correção:
    Desculpem pelo erro de digitação

    O elenco do Palmeiras TEM condição técnica, tem opções, com exceção da lateral direita e do comando de ataque. Precisa apenas ser melhor escalado.

     
  • Às 3 de abril de 2014 09:37 , Anonymous Anônimo disse...

    Gilson K. Quer o Douglas Tanque!...
    Para o ônibus que eu quero descer!
    Nós já Temos Um Douglas Tanque Caramba!... Temos o Bruno Cesar tanque Viram Ontem a Barriga do Cara na Hora de cobrar o Pênalti.

    As.J.J

     
  • Às 3 de abril de 2014 13:00 , Anonymous MestredosMagos disse...

    Ê diretoria patéta.

    Ontem, ao invés de baixarem o ingresso para tentar lotar o Pacaembú, continuaram com o preço alto espantando os sofridos torcedores que estavam arrasados com a decepção de domingo.

    É muita falta de respeito ao torcedor.

    Dizem que mesmo assim deu 5 mil.

    Eu não creio não.

    Nossa diretoria sempre caga na saída.

    Puta que pariu, mas será possível que eles não perceberam que o Paulista acabou e que só nos resta a Copa do Brasil?

    A gente precisa do apoio do torcedor mais do que nunca.

    E num jogo como esse, o que adianta ter 5 mil pagamento, se você podia ter 20 mil pagando menos?

    O time já está moralmente destruído e precisa do apoio da torcida pra dar um UP.

    Digo que o maior culpado é o Presidente e seus Apadrinhados.

    Muitos até podem questionar, mas essa pisada de bola, essa falta de senso de competição, não deixa dúvidas quanto estão prejudicando mais ainda o time.

    ======

    O time ontem foi o reflexo da arquibancada. FRIO, cabisbaixo e em até certos momentos morto.

    De bom teve Lúcio que não sentiu nada frente a sua experiência e liderança e o menino que mudou a partida Marquinhos Gabriel.

    Fica aquela pergunta de o por quê de Marquinhos não ter ido contra o Ituano.

    Como a gente precisou de um jogador como ele em campo contra o Itu e não o Vinícius canela.

    Ninguém é insubstituível.

    Nem mesmo o treinador.

    O alerta está ligado.

    Se em função da perca do Paulista, a gente perceber a falta de sintonia entre treinador e o grupo, ou seja, um abatimento sem volta, será hora tomar uma decisão.

    Saudações.

     
  • Às 3 de abril de 2014 18:20 , Anonymous Anônimo disse...

    Me desculpem as kleinetes, mas com esse pseudo-treinador nós não chegaremos a lugar algum no topo. Cagada atrás de cagada, vai estragando a temporada. Durante o Paulista, as vitórias iam escondendo o mau futebol apresentado pela equipe. O time é muito lento, burocrático, tenho certeza que as jogadas de maior velocidade ocorrem por conta da intuição dos jogadores, que não são ruins, só são mal treinados. E o pior é que uma boa parte da nossa torcida vai na conversa de pseudo-analistas da imprensinha, que dizem que o GK é bom, moderno, agregador, etc; é porra nenhuma, é paneleiro, só escala quem ele quer, cabeça dura, vide Vinícius, Miguel, Mazinho, Josimar, etc, ah para, vai. Diretoria, pelamor, troca logo o comandante, pra não cagar de vez no centenário.

     
  • Às 3 de abril de 2014 19:50 , Anonymous Marcelo Bove disse...

    O Palmeiras precisa é de gente com colhões!

    Nobre é fraco e medroso!!

    Kleina é rídiculo!! Péssimo tecnicamente e desprovido de personalidade, uma mistura de Caio Junior com Estevan Soares, com uma pitada de Paulo Bonamigo, um pesadelo!!

    Precisamos de um Eurico Miranda como presidente, ou um Andres Sanchez.

    Gente com coragem, inteligência, malicia e força!!

    Só assim ressurgiremos e passaremos a ter o devido respeito, perante a imprensinha,globo, e federações!!

    FORA KLEINA!! PEÇA O BONÉ!!! SUMA!!!

    ACORDA NOBRE!! TENHA COLHÕES!!

    FAÇA AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS NA COMISSÃO TÉCNICA, E DE UM PÉ NA BUNDA DE BRUNORO, FEITOSA, E O SEU AMIGO CURINTIANO QUE TOMA CONTA DO MARKETING( 01 ano e nenhum patrocinio, coisa que até o Tirone conseguiu.Que "competência", meu Deus), ANTES QUE A VACA VÁ PARA O BREJO DE VEZ!!

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial