Observatório Alviverde

15/01/2015

A FORÇA DO ATAQUE PODE LEVAR O VERDINHO AO TÍTULO!





Eu disse, outro dia, que o forte ataque da equipe de juniores do Palmeiras, pode conduzir o Verdinho à conquista de seu segundo título da Copa São Paulo.

O primeiro ocorreu em 1995, em uma das duas únicas edições da Super-Copa São Paulo, quando o Verdão derrotou os bambis na morte súbita, gol de Rogério, mas isso a mídia tendenciosa não registra, nunca!

Mais do que um simples campeão, o Palmeiras foi o supercampeão de uma competição, espécie de apêndice da Copinha e concebida para que se mensurasse qual era o melhor entre os campeões. 

Na qualidade de convidado o Palmeiras entrou na disputa para vencer e estragou a festa alheia.

Não tem sentido, portanto, a campanha da mídia que afirma, de minuto em minuto, que o Palmeiras nunca venceu uma Copa São Paulo!

Ontem, mais uma vez, os locutores do Sportv de forma reiterada, repetiram o disparate, beirando uma dúzia de vezes. Parece missa encomendada!

Teriam sido orientado pelos curintianus da produção? Receio que sim, dada a insistência com que foi veiculada a informação!

Se um dos produtores do Sportv teve a coragem de telefonar a um juiz do STJD pedindo punição do Palmeiras, espera-se tudo dessa gente!

Em relação ao fato de o Palmeiras ter sido o campeão dos campeões da Copa São Paulo em 1995 nem uma mísera citação. É como se não houvesse ocorrido!

Terá algum locutor do Sportv, entre os antigos e os novos, coragem suficiente para divulgar o importante fato tratado como irrelevante?

Quanto ao Palmeiras 5 x 0 Ceará, não foi um resultado conseguido da forma fácil tanto e quanto aparenta. 

Foi um jogo intrincado, complicado e difícil esse do Verdão, diante de um adversário qualificado, de jogadores fortes e de elevada estatura, cujo grande defeito é bater demais e abusar da violência.

Jogasse o Ceara, visando, exclusivamente, a bola, e poderia ter dado mais calor e trabalho ao time do Palmeiras.

Por incrível que pareça, o jogo violento dos cearenses facilitou a tarefa do Palmeiras, em razão dos vários cartões recebidos pelo time alencarino, poucos, aliás, na proporção direta das faltas cometidas, mormente no primeiro tempo. 

O Ceará perdeu um gol feito no início de jogo, quando Robinho habilitou Piauí, livre, e ele fez o mais difícil, isolando e colocando por cima. 

Naquele momento eu senti que o Palmeiras não perderia o jogo! Houvesse saído o gol, não sei, não!

O lado negativo é que a garotada palmeirense (isso é normal mas não é de bom tom) revidou a violência dos cearenses.

As consequências não foram boas, haja vista que o Verdinho teve seus mais importantes homens de criação, Daniel e Juninho, recebendo o cartão amarelo.

Isso é ruim em face dos jogos que o time poderá ter pela frente caso derrote o Ituano no próximo final de semana, pois os seus melhores atacantes estarão pendurados e ameaçados de não poder jogar. 

Aliás, agiu bem Diogo Jacomini ao substituí-los, colocando Everton e Daniel, respectivamente, nos lugares dos dois amarelados, a fim de evitar uma expulsão que os tirasse não só do jogo em si, mas, principalmente do próximo, contra o Ituano.

Palmeiras 5 x 0 Ceará, é um resultado que refletiu, apenas, a consequência da imposição do time de melhor ataque sobre outro que entrou em campo, exclusivamente, para se defender e tentar ganhar o jogo no contra-ataque, sem, no entanto, conseguir o seu intento.

Além do ataque mais forte, mais lúcido, mais experiente e muito mais criativo, o Palmeiras mostrou, outra vez, uma extremamente sólida. 

Lucas Rocha e Brendon constituíram-se nas grandes figuras da defesa, à frente do goleiro João Paulo, que pouco trabalhou.

Zé Mateus e Mateus Sales estiveram bem no auxílio à defesa, mas, também, souberam apoiar com eficiência o ataque, sendo que Mateus Sales, em uma de suas investidas, marcou o terceiro gol.

Há que ressaltar a entrada de Léo Cunha no lugar de Wesley. Conquanto seja um jogador mais técnico do que Léo, Wesley é excessivamente individualista! 

Agiu com correção o técnico palmeirense em tirá-lo do jogo. Com Léo o jogo fluiu muito mais!

Guilherme esteve muito bem, tanto na marcação quanto no apoio, sendo que Daniel e Juninho, este, muito marcado, tiveram boa atuação, mas sem ser brilhantes como nos jogos anteriores. 

Chistopher, apesar da lucidez e do ótimo lançamento a Daniel que redundou no golaço de abertura de Gabriel de Jesus, não esteve inspirado.

Foi substituído por Gabriel Vinicius, que, em meu entendimento, a exemplo de Léo Cunha, deveria ser o titular da posição.

Gabriel de Jesus, extremamente marcado e castigado pelo excesso de faltas, ainda não rendeu tudo o que sabe e pode nesta copinha.

Apresentou, porém, o seu cartão de visitas em quatro ou cinco lances espetaculares, entre os quais o que redundou no gol de abertura, espetacular, em que ele mostrou a sua categoria, frieza e alto poder de arremate! Não é à toa que o portal da ESPN o chama de fenômeno!

Enfim, foi uma vitória justa e convincente da garotada palmeirense que, finalmente, conseguiu mostrar, através das jogadas ensaiadas de seu ataque, da postura firme da defesa e do imenso poderio de seu ataque, que tem bala na agulha para detonar nesta edição da Copa São Paulo de Juniores.

Se o Palmeiras for campeão, vamos festejar. Se não for, vamos fazer igual aos nossos adversários que, quando perdem, proclamam que o importante não é ganhar a Copinha, mas, simplesmente, revelar jogadores.


Na verdade já revelamos esse time inteiro, excelente, e isso, per si, já é bom. Muito bom! 

Agora, sem atropelos, com muita calma, vamos tirar o handicap que a imprensa  encaixa todo ano no pescoço da garotada alviverde ao afirmar, sem parar, que o Palmeiras nunca foi campeão da Copinha.

Daí, vamos partir para o título, a que eu vou chamar de "cala a boca, mídia", muito possível a esta altura, haja vista que o time já percorreu com altivez, grandeza, eficiência e competência, exatamente, a metade do caminho!

COMENTE COMENTE COMENTE
 

NA TV

Excelente a transmissão de Henrique Guidi no Sportv, absolutamente imparcial. 

Não disse que TODOS os locutores comuns do Sportv transmitem, hoje, melhor e de uma forma muito mais profissional e isenta do que o titular?

O erro palmar de Bachin: surfar nas mesmas ondas daqueles que não gostam do Palmeiras e ficar repetindo, o tempo todo, que o Verdão NUNCA venceu uma Copa São Paulo!

Repito: o Palmeiras ganhou a mais importante delas, a supercopa de 1995, que reuniu todos os campeões da copa, com coordenação e execução da FPF e patrocínio da Prefeitura Municipal de São Paulo.

Ivan Andrade comenta, apenas, se o jogo é bom ou ruim, se o time está bem ou  mal, exatamente como faz a maioria de argumentadores que dizem "comentar" em TV.  Sobre esquemas e aspectos  táticos do jogo, nadica de nada! 

Ele é outro dos que gostam e insistem em dizer, a toda hora, que o Palmeiras jamais ganhou uma Copa São Paulo. 

Porventura, será que ele, chegou a ler o nome da Supercopa de juniores de 1995? 

Estaria escrito, (em vez de Super Copa São Paulo) Super Copa Rio de Janeiro, coordenada e executada pela Federação Carioca  e  patrocinada pela prefeitura do Rio? VAKATACOKINHO!

O repórter Felipe Diniz: esteve bem! Custava-lhe dizer, en passant, que o Palmeiras já foi o campeão dos campeões da Copa São Paulo? 

Ou estaria  proibido de dizê-lo? (AD)

9 Comentários:

  • Às 15 de janeiro de 2015 07:34 , Anonymous Anônimo disse...

    Contra fatos não há argumentos tão somente, assim sendo, deixem falar ou proibirem de falar o quanto queiram, o fato é de que o verdinho foi campeão. Imprensa critica o nº de jogadores contratados e questionando suas qualidades, más ninguém melhor que os próprios atletas em dar a resposta, penso eu que como torcedor só desejo que todos estes tenham orgulho em vestir esta camisa e respeitem a todos nós torcedores palmeirenses, esta imprensa safada o tempo e fatos farão o que deva ser feito, a verdade deve ser sempre nossa aliada e contra esta não há argumentos como citado. Que nosso técnico dê oportunidade a aqueles que estiverem em melhor condições e não haja panelinha como temos visto por aí. Avant Palestra!!!

     
  • Às 15 de janeiro de 2015 09:14 , Anonymous Anônimo disse...

    CARAMBA ALCIDES! SERÁ QUE VAMOS TER
    QUE MANDAR MAIS UM OFICIO À FIFA PARA
    QUE ELA RECONHEÇA E DE AVAL DE QUE GANHAMOS SIM A COPA SÃO PAULO DE JUNIORES(super copa melhor ainda).

    ACHO MELHOR O NOBRE PRESIDENTE ENVIAR
    UM REPRESENTANTE COM DOCUMENTOS E VIDEOS DESSA CONQUISTA(PODE SER O ALDO
    REBELO AQUELE!...)

     
  • Às 15 de janeiro de 2015 09:23 , Anonymous JJ disse...

    PALMEIRAS PRIMEIRO CAMPEÃO MUNDIAL DE
    FUTEBOL A CONQUISTA MAIS COMENTADA E BADALADA DO FUTEBOL DO BRASIL E JÁ SE PASSARAM 65 ANOS DESSA CONQUISTA.

    É SIMPLES VAMOS COLOCAR A BOCA NO TROMBONE E GRITAR AOS QUATRO CANTOS
    SOMOS CAMPEÃO DA COPA SÃO PAULO DE JUNIORES E O MELHOR NA FINAL BATEMOS OS
    BAMBI(BATEMOS LITERALMENTE).

     
  • Às 15 de janeiro de 2015 09:29 , Anonymous jj disse...

    A IMPRENSA NÃO ADMITIA QUE O PALMEIRAS DEU CHAPÉU NO CÚRINTIA E NO BAMBI NEM
    PRECISOU!... POR SI SÓ NA INTERNET JÁ
    TAVA BOMBANDO O TAL CHAPÉU.

    ALIÁS DE CHAPÉU OS BAMBI SABEM BEM DO ASSUNTO E SÓ PERGUNTAR PRO ROGÉRIO CÍNICO OU PRO ALEX.

     
  • Às 15 de janeiro de 2015 11:10 , Anonymous Anônimo disse...

    Se os "poficionais da impensa" não reconhecem o Titulo Mundial de 51, homologado e chancelado, portanto, confirmado pela FIFA, também não vão reconhecer a Supercopa 95...
    "Tá xertu?"
    "Tá tudu no pojeto..."

    Dinho Maniasi

     
  • Às 15 de janeiro de 2015 13:22 , Anonymous Anônimo disse...

    Para satisfazer a imprensa referente uma contratação de peso, está chegando o "Imperador e Fenômeno", vão chegar e sumir...assim a imprensa safada e fdp toda não terá como reclamar, bem como alguns torcedores que estão insatisfeitos com as recentes contratações. Logo mais, seremos o melhor time brasileiro como já fomos por muito tempo. Aguardem e verão.!! Pode ser o Verão da cerveja também!!!

     
  • Às 15 de janeiro de 2015 21:04 , Anonymous Marco disse...

    A Globo (por extensão o Sportv) nunca irão assumir que estão errados. Nunca vão aceitar que o futebol brasileiro começou antes de 71, que o primeiro mundial foi vencido pelo Palmeiras. Nunca vai admitir que vencemos uma Copa SP.
    Eles mudaram até nome de continente para mostrar a força de formação de imagem
    A Antártida ( com D e não com C ) ficou com nome de marca de cerveja para a Globo e todo mundo passa a repetir o errado só porque saiu na Globo.
    Na época do PC Farias, mudaram o nome da namorada dele, mesmo após reportagem em outra emissora, mostrando o sobrenome da mesma como Marcolina e não Marcolino.

    ====

    Faltou para as Assessorias paulistanas anteriores (que idolatravam a Globo) e para corintiana atual divulgar as conquistas do clube, sabendo que nossa imprensa não parece ter a informação.

     
  • Às 15 de janeiro de 2015 21:41 , Blogger Alexandre Correia disse...

    Sábado, às 10 da manhã, tem Palmeiras x Ituano,em Limeira, Palmeirenses da região de Campinas, vamos lotar o Limeirão!

     
  • Às 15 de janeiro de 2015 23:21 , Anonymous Doente(verdao) disse...

    Hoje o juiz assaltou o Atlético PR e classificou os bambis. Alguém viu? Penal não existente e falta no goleiro no segundo gol. Spo 2 x 1 atl Pr.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial