Observatório Alviverde

02/05/2015

O CORONEL MARINHO PARECE QUE GOSTA DE EXPLOSÕES! CERETTA APITANDO A DECISÃO É NITROGLICERINA PURA NA BAGAGEM DO PALMEIRAS!


 Image result for juiz ladrão
Entra ano, sai ano e o torcedor palmeirense continua sendo tido como palhaço!

A simples inclusão do nome de Ceretta de Lima, inapto e inepto, entre árbitros tidos como capacitados, técnica e psicologicamente, a dirigir a decisão de amanhã,  na Vila, entre Santos e Palmeiras, revela a completa falta de sensibilidade, habilidade, competência e sensatez do Coronel Marinho na condução da arbitragem paulista.

Mas a questão, em meu entendimento, transcende essa ordem e pode ser colocada no rol das autossuficiência e teimosia de um militar de carreira, extremamente vaidoso, presunçoso, orgulhoso e cheio de si, conquanto eu, que o conheço pessoalmente, não o considere um prepotente.

Não sei porquê, -ninguém sabe- desde que assumiu o comando da arbitragem, paulista, o militar revelou-se incapaz (ou seria melhor dizer-se, desinteressado?) em coibir os prejuízos frequentes causados pelas arbitragens ao Palmeiras.

Por isto, outro dia, com todas as consoantes e vogais necessárias eu o chamei, neste espaço -não sem razão-  de incompetente.

Agora, em decorrência da simples indicação do votorantinense ou sorocabano, não sei, Ceretta de Lima para apitar a decisão eu amplio a crítica e o chamo, também, de inábil.

De fato, como pode, sua excelência, que se arvora em paladino do bom-senso na condução da arbitragem paulista, escalar para apitar um jogo de tal magnitude e que decide o campeonato, um árbitro que já foi flagrado em via pública, vestindo a camisa do Santos, o time de coração?

Fui cronista esportivo por mais de quarenta anos e, jamais, em minha vida vesti a camisa de qualquer time de futebol, nem a do clube de minha inequívoca preferência, a SE Palmeiras. Vou mais além. Nunca tive, sequer, uma camisa do Palmeiras, até hoje.

A grande pergunta em relação ao apitador ungido, digo, "sorteado" é esta:

apitará, desta vez, o Sr. Ceretta de Lima, santista de quatro costados, o clássico, com total isenção, ele que, de acordo com as estatísticas, atuou em quatro Palmeiras x Santos e o Santos venceu três? 

Não, não sou estúpido ao ponto de afirmar que o Palmeiras teria, forçosamente, que vencer qualquer dos jogos, simplesmente, por vencer sob o apito de qualquer juiz de futebol.  

Em condições normais e sem, como ocorreu, a interferência arbitral, o Santos poderia ter vencido as quatro, cinco, seis ou mais partidas, sob Ceretta e eu não ligaria a menor importância ao fato.

As restrições que fazemos à escalação desse fraquíssimo soprador de apitos,  referem-se aos erros crassos perpetrados nesses quatro jogos, exclusivamente cometidos contra o Palmeiras.

O pior foi a forma irônica e depreciativa com que ele respondeu às consequentes reclamações dos jogadores do Palmeiras, tanto e quanto, conforme publicou o "blog da clorofila", ele marcou presença nas redes sociais, comemorando a derrota do Palmeiras.

Então é esse o "categorizado e isento" árbitro que o Coronel Marinho indica para apitar o jogo? É incompreensível que ocorra e, sem querer participar das chamadas teorias conspiratórias, fico em alerta máximo ciente e consciente de que tudo pode acontecer. Contra o Palmeiras, é claro!

A expectativa da torcida palmeirense, escaldada por tantos erros provindos de um mesmo cérebro danoso e daninho em tantos jogos é esta:

que, premido pelas causas do coração e pelo ambiente pesado e hostil de um estádio completamente desprovido de estrutura para abrigar um jogo comum, quanto mais uma decisão de campeonato, sua senhoria conduza a arbitragem  de forma a levar o Santos ao título,(como ocorreu há alguns anos contra o Santo André).

Para isso, o time praiano conta com o apoio quase unânime de uma mídia que, há anos, reluta em aceitar e em absorver a grandeza do Palmeiras, ontem, hoje, amanhã e sempre, uma pedra no sapato de seus concorrentes diretos que contam com a simpatia e o apoio integrais de 90% ou mais dos homens da imprensa.

O que se vê, de forma nítida e clara, é que o tempo está ruim e o ambiente carregado, ameaçando fazer desabar um toró de prejuízos sobre o Palmeiras.

O Verdão vai para outra decisão de âmbito doméstico sabendo, perfeitamente, que terá de jogar, no mínimo, dez vezes mais que o Santos.

Ao mesmo tempo, terá de ultrapassar a enorme barreira da arbitragem, no mínimo, antipática ao clube, que, pelos antecedentes, tem tudo para ajudar o Santos a arrebatar a taça, que, em razão da vitória de domingo, está nas mãos do Palmeiras.

Pelo desentendimento com os reservas do Palmeiras, após o jogo, mormente com Valdívia, com quem quase saiu na mão, Guilherme Ceretta de Lima  não poderia, jamais, ser o indicado para apitar a decisão.

Sua indicação, simplesmente, confirma que, na teoria, o discurso do Coronel é um, na prática é, completamente, outro!

Só que um clube que (pela primeira vez na história do futebol mundial) não comparece ao sorteio do trio de árbitros que vai deliberar sobre o seu destino em uma decisão, não tem o direito de reclamar, absolutamente, de nada, caso venha a ocorrer o pior!

COMENTE COMENTE COMENTE

13 Comentários:

  • Às 2 de maio de 2015 10:30 , Anonymous TÃO SOMENTE TORCEDOR disse...

    A diferença entre os elencos do verdão e peixe começa nos sobrenomes de seus presidentes: um é NOBRE, o outro é modesto,,,,,kkkkkkkk,,,,,,que diferença!!! Avanti Palestra!!!!

     
  • Às 2 de maio de 2015 10:30 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Alcides, VC postou o melhor comentário, desde que eu comecei a acompanhar o blog, com freqüência. Não a nada a acrescentar, por ora. De fato, ao abdicar do protocolo e da liturgia do cargo, e não comparecer ao sorteio, cuja bolinha foi retirada pelo presidente do Santos (!!!), Paulo Nobre mostrou que é um cabaço. Mesmo que estivesse tramando uma outra estratégia. Estamos nas mãos de uma arbitragem pérfida e extremamente suspeita. No Juízo, quem é suspeito nao pode ser testemunha. No Futebol Paulista (e Brasileiro), os preceitos legais somente são aplicados se estiverem em consonância com os interesses dos "dirigentes". Estamos em um mato sem cachorro, da forma como se desenhou essa Final. Temos apenas uma esperança, aliás, a única que deveria prevalecer: nossos jogadores estarem em uma tarde onde nem o mais meliante dos juizes possa alterar o resultado. Particularmente, só acredito nela (nessa esperança), pois, analisando todo esse contexto, concluo que a vaca foi para o brejo...

     
  • Às 2 de maio de 2015 10:32 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Não há nada a acrescentar. Ps. O corretor do celular é cruel...

     
  • Às 2 de maio de 2015 11:24 , Anonymous Marcelo I disse...

    Contra tudo e contra todos, onde está o Presidente para nos defender???

    Ontem!!! assisti uma brilhante entrevista de Vitório Piffero do Inter de Porto Alegre.
    Foi na Fox se não me engano, alegou que o Gremio de Felipão estava atacando seus jogadores ( os do inter) pela imprensa e isso desde antes da primeira decisão.
    Disse que o Co-irmão (respeitosamente) é grande e não precisa disso.
    Isso é função do presidente, antes de uma decisão e não de um jogo qualquer.
    Nossa única esperança é o torcedor alviverde fazer alguma coisa na mídia, só isso, porque de resto não acredito.

     
  • Às 2 de maio de 2015 11:28 , Anonymous Marcelo I disse...

    Eis a reportagem:

    http://zh.clicrbs.com.br/rs/esportes/inter/noticia/2015/05/piffero-cita-condicionamento-de-arbitragem-e-dispara-contra-felipao-xingou-um-jogador-nosso-4751568.html

    Abraços,

     
  • Às 2 de maio de 2015 13:29 , Anonymous TÃO SOMENTE TORCEDOR disse...

    Meu craque? Craque do time Palmeiras, aquele que não dá dinheiro a torcida organizada, aquele que não dá audiência a programa esportivo, aquele que diz o que pensa, aquele que não tem nada preso com ninguém, aquele que impõem respeito do adversário ao time qdo joga, aquele que ninguém gosta de marcar...aquele em que imprensa marrom reluta em chamar más interiormente e conscientemente sabem que se trata de "craque da bola". Quem é este? Valdívia,,,,,,,,,,,

     
  • Às 2 de maio de 2015 13:39 , Anonymous TORCEDOR PONDERADO disse...

    Taparam o Sol com Peneira

    No dia 29/04, almoçando com três pessoas, instado a discorrer sobre o nome do árbitro que iria atuar na contenda final da Série A1 do Paulistão 2015, afirmei: Dia antes do “sorteio” das quartas de finais, os membros da CA-FPF relacionaram o nome de dez árbitros, asseverando que os quatros primeiros “sorteados” estavam fora dos demais.

    Muito bem, dias após, pouco antes do “sorteio” das semifinais, sem qualquer explicação, o nome dos árbitros Flavio Rodrigues Guerra e Rodrigo Guarizo do Amaral, foram retirados, restaram quatro árbitros, dois deles, trabalharam nas semifinais, conforme exposto pelo presidente da comissão, da listagem de dez nomes, permaneceram: Luiz Flavio de Oliveira e Vinicius Furlan

    Voltaram atrás

    Ora! Se ligando que pisaram na bola, na condição de terceiro participante da primeira partida das duas finais, os cérebros da CA-FPF recuaram e escolheram Guilherme Ceretta de Lima, que houvera arbitrado nas quartas de final: Santos x XV de Piracicaba; na seqüência, apresentaram o tabuleiro constando os três nomes, mexe daqui e de lá, como passe de mágica, surpreendentemente, Vinicius Furlam foi premiado.

    Partida final

    Continuando com nossas previsões quanto ao nome do árbitro para a partida final, disse para os três participes do almoço: Pra não queimar os caras da CA-FPF, não será novidade o não sortear do Luiz Flavio de Oliveira; dentre os possíveis nomes, apontei Guilherme Ceretta, ressaltando que sabia arbitrar, no entanto, era prepotente e possivelmente, péssimo colega

    Não erramos

    Na tarde da quinta feira 30/04 por volta das 17h00min o tabuleiro voltou a ser mexido, desta feita, colocaram os nomes de: Luiz Flavio de Oliveira, Raphael Claus, que havia arbitrado Santos x São Paulo, partida alusiva as quartas de finais e Guilherme Ceretta de Lima; bandeja chacoalhada de lado a outro, não foi diferente: Guilherme Ceretta será o árbitro da partida final

     
  • Às 2 de maio de 2015 14:39 , Anonymous Nei Verde disse...

    Às 1 de maio de 2015 23:12 , Anonymous Nei Verde disse...

    Eu acho que não é nada de vaidade de Nobre não ter ido ao sorteio, penso no pior, que sua ausência foi em protesto por já estar sabendo que o ladrão para domingo já estava escolhido, ou seja a bolinha do sorteio passou a noite no freezer, e quem iria enfiar a mão não cumbuca era o chefão.
    Tomara que não, mas estou com um pressentimento ruim, que os jogadores do Palmeiras vão ser totalmente desestabilizados no inicio do jogo, para posterior punições..., A preleção de O.O tem que ser bem especifica sobre isso, e Zé Roberto como veterano já rodado, tem que equilibrar o grupo dentro de campo, e quanto ao MAGO não abrir a boca, e nem revidar, que acho que mais uma vez o palmeiras vai ter que se superar e muito, não estou gostando do clima, SAN GENARO que nos proteja...!!

     
  • Às 2 de maio de 2015 15:46 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    De fato: Onde está Paulo Nobre ? Paulo Nobre, onde estás ? Falo e repito: Por quê sumistes, Nobre? .........Tudo em VÃO ...,.,

     
  • Às 2 de maio de 2015 18:51 , Anonymous Anônimo disse...

    Esse apitador nunca teria chance se aqui fosse lugar sério. Se formos campeões, o povo esquece. O futebol está na lama mesmo.

     
  • Às 2 de maio de 2015 18:58 , Anonymous Anônimo disse...

    Seremos roubados de novo....

    MAS SEREMOS CAMPEÕES!!!!

    Dinho Maniasi

     
  • Às 2 de maio de 2015 19:10 , Anonymous Anônimo disse...

    Declaração de Boris Casoy, transmitindo otimismo e confiança na conquista do título paulista pelo verdão.

    Mais um palmeirense famoso fazedo a sua parte.

    Dinho Maniasi

     
  • Às 2 de maio de 2015 21:37 , Anonymous Marco disse...

    SEREMOS CAMPEÕES E ISSO SERÁ SÓ O COMEÇO.

    NOVOS TEMPOS, NOVA ORDEM DO FUTEBOL BRASILEIRO.

    NEM CERETA, NEM RGT, NEM IMPRENSA SUJA VAI TIRAR ESSE TÍTULO DO PALMEIRAS.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial