Observatório Alviverde

09/04/2016

ATÉ QUANTO O VELHO ORGULHO PALMEIRENSE TEM PREJUDICADO O VERDÃO!


Image result for orgulho palmeirense
Palmeirenses existem -infelizmente- que, apesar de os tempos serem outros, muito outros, julgam-se ainda acima do bem e do mal, se arvorando em mais palmeirenses do que os outros palmeirenses. 

Mas o que é isso senão o velho e desgastado orgulho palestrino, superado, desnecessário, exacerbado, potencializado e tudo mais que pode captar e perceber a nossa nem sempre solerte consciência verde e branca...

É o mesmo sentimento doentio, a mesma onda nociva de pensamento que impediu o clube de se tornar a maior potência futebolística não apenas do Brasil mas da América Latina e quiçá, do próprio mundo. 

A história que conto é antiga e remonta os meus tempos de infância. 

Vem de uma época em que os torcedores paulistanos do Palmeiras, isto é, aqueles que frequentavam o clube ou residiam na capital, com ares de superioridade tratavam os irmãos palmeirenses interioranos aos pontapés, com amplo desprezo e desdém sempre os desqualificando.  

Fossem ou não associados di clube esses palmeirenses agressores, pelo simples fato de residirem perto da sede, julgavam-se os donos, os "bons da boca", os maiorais e tratavam o torcedor interiorano, como se curicanos ou bambis eles fossem.  É claro que havia exceções!

Eu mesmo passei várias vezes pela situação, senti o problema na pele e cheguei a ser tratado assim! 

Não virei curicano ou sãopaulino porque nasci palestrino, filho de pai que, embora não fosse fanático e visse no futebol apenas uma espécie de lazer, também era palestrino.

Mas que, muitas vezes, tudo isso transitou por minha cabeça infantil, levando-me à incerteza e à dúvida de continuar palmeirense, garanto-lhes que sim. Muitos de amigos meus, sucumbiram!

Foi um período em que o Palmeiras, apesar do "crash" dos anos 50 (foram de 7 a 8 anos sem ganhar nada e quase 10 sem derrotar o Curica, era o dono absoluto de 70 a 80% da totalidade da torcida do interior paulista. 

En passant: nessa época existia até quem torcesse pela Portuguesa de Desportos, mas, santistas não havia um nem para remédio!

O tempo passou, as gerações se sucederam, se renovaram, mas o velho vício de os torcedores palmeirenses da capital tratarem como inimigos os palmeirenses do interior ainda não cessou, haja vista as constantes agressões físicas das (des)organizadas aos aficcionados palmeirenses do interior. 

Vira e mexe ainda vejo palmeirenses interioranos sendo desrespeitados e tratados de forma menosprezível e vulgar por "torcedores" da capital, os mesmos que se julgam proprietários exclusivos do clube, acima do bem, do mal e do próprio amor dos palmeirenses do interior.

Esse é o raciocínio estúpido, frequente e demolidor predominante há anos nos bastidores do clube...

Interessante é que as sucessivas administrações do clube não ligam a mínima ou a menor importância aos fatos e nem os considere ou coíba...

Essa manifestação estúpida, idiota, ilógica, irracional, discriminatória, incompreensível e altamente prejudicial aos interesses do Verdão, faz vir à tona as personalidades doentias dos chamados "donos do clube e "proprietários exclusivos da verdade". 

À essa gente insana, orgulhosa e inconsequente debite-se o fato de o Palmeiras não ser, hoje, o clube de maior torcida do estado de São Paulo... 

Aliás, essa discriminação extrapolou (não se resumiu ao desprezo frequente aos torcedores do interior), alcançando parâmetros e situações (dentro e fora do clube) as quais prefiro não abordar porque prejudicariam terrivelmente o Verdão mesmo nos dias de hoje. É inominável!

O fato é que entra diretoria, sai diretoria e entre os burros e os luminares que se alternam sazonalmente na direção do Palmeiras, nunca aparece um -diferenciado-, que consiga visualizar que o Verdão, apesar de tudo e apesar dos pesares, ainda é a maior força futebolística do interior de São Paulo e uma das maiores do Brasil.

De há muito o Palmeiras tinha de estar jogando -sempre que possível- no interior de São Paulo em cidades como Rio Preto, Ribeirão, Bauru, Piracicaba, Araraquara e outras, mormente quando a fase (frequentemente acontece) não esteja propícia, pois o torcedor interiorano, como nenhum outro, tem extremados amor, calor, carinho e veneração pelo Verdão.

Baseando-nos em tudo o que foi dito e aplicando a grave lição do passado ao meu, ao seu, ao NOSSO BLOG, vamos, todos, a partir de hoje, deixar transcritas neste espaço as nossas opiniões, mas sem a necessidade de que nos preocupemos com aquelas, diferentes, de outros palmeirenses criticando-as fora dos limites da razoabilidade e da educação. Opinião, afinal, cada qual tem a sua. 

Da mesma forma, tenho observado que muitos dos nossos reagem negativa e agressivamente a qualquer crítica (ainda que cabíveis e pertinentes) de outros companheiros, se esquecendo porém que só através da crítica construtiva se consegue obter parâmetros para o progresso. 

Aliás, para o desgosto e a decepção daqueles que se revoltam com as críticas ao clube (mesmo as construtivas) e só admitem os elogios, quero dizer-lhes que todo o elogio é uma crítica, embora uma crítica favorável. 

Lembro-me, há muitos anos, e não vou divulgar nomes porque as personagens estão vivas e ainda participam do mundo político, que um governador de GOIÁS financiava um jornal de oposição para que o criticasse livremente em tudo o que considerasse errado, como uma forma de obter parâmetros de governabilidade. 

O Palmeiras tem de ser, proporcionalmente, sempre, assim, com a vantagem de que ao menos neste OAV, não precisa gastar um único centavo!

Eu, que procuro manter em dia as postagens e que posso fazer o que quiser neste espaço, até impedir comentários dos blogueiros, não me julgo -jamais me julguei- uma palavra jurisprudencial, pois conheço bem o exato valor da crítica. 

Por isso (atentem ao que faço), coloco, todos os dias, as minhas crônicas, submissas às observações e apreciações de todos os que escrevem por aqui. Mas não é assim que funciona e na ordem natural das coisas teria e tem de ser, na prática?

Sou convicto de que acerto, erro, erro e acerto pois assim é a vida e assim segue a vida e ninguém, definitivamente, é perfeito. 

Entre tantos virtuosos, o único perfeito que transitou pelo mundo foi crucificado há cerca de dois mil anos!  

Dito isso tudo, faço um apelo a todos os signatários-comentaristas deste OAV para que continuem criticando construtivamente o Palmeiras e, ao mesmo tempo, discordando, quando entenderem ser necessário, de outros colegas, porém SEMPRE com moderação, educação e discrição.
---------------------------------------

PALMEIRAS NO PAULISTÃO
Amanhã, pelo Paulistão, tem Mogi-Mirim x Palmeiras em Mogi, jogo difícil e decisivo, com a diferença marcante de que o Verdão, desta vez, depende apenas de si para se classificar para a próxima fase do certame.

O grande perigo desse jogo em que o Palmeiras joga desfalcado de inúmeros titulares, reside no fato de o Mogi Mirim, com 15 pontos, estar brigando por sua sobrevivência na série A. Como se sabe, serão seis os rebaixados este ano. 

Embora não dependa apenas do próprio Mogi, o time de Rivaldo pode driblar o rebaixamento assim: 

Abaixo do Mogi estão o Rio Claro 9, o Capivariano 10 que não podem mais alcançá-lo pois já estão rebaixados.

O Mogi luta com diretamente com o Oeste 12 e o XV de Piracicaba 14 e se conseguir vencer o Palmeiras vai para 18 pontos e elimina tanto um quanto o outro. 

Depois teria de torcer para que ao menos dois times entre Ferroviária 16, Agua Santa 16 e Botafogo 16 perdessem os seus jogos ou, caso empatassem, tivessem os números desempatantes inferiores aos seus.

Tudo isso foi publicado para que todos fiquem sabendo que o Mogi-Mirim vai entrar com tudo amanhã contra o Palmeiras.

Já o Verdão terá de entrar atento e pilhado, porquanto, embora dependa apenas de si, precisa exclusivamente da vitória para não ficar à mercê de outros resultados. 

O principal adversário palmeirense na luta pelo primero lugar do grupo, o  Novorizontino, também com 21 pontos, vai enfrentar o Curica em jogo no qual tudo pode acontecer. 

Quem não sabe que se a curicada ficar sabendo que o Palmeiras está perdendo o jogo em Mogi é capaz de fazer um resultado de conveniência a fim de eliminar o Verdão?

Na verdade, o grupo do Palmeiras B é o mais equilibrado e o mais difícil deste Paulistão, com TODOS os participantes pontuados e devidamente habilitados a brigar pelas vagas.

Com 20 pontos o São Bernardo é outra grande ameaça, embora tenha uma desgastante batalha de atrito a cumprir contra o ameaçado Água Santa em Diadema. 

A Ponte Preta, em flagrante evolução vai a Rio Claro enfrentar o time de pior campanha deste paulistão, o Rio Claro, rebaixado, com apenas 9 pontos conquistados.

O time campineiro tem tudo para vencer, mas, da Ponte, o Palmeiras pode se livrar mediante simples empate, tanto e quanto do Ituano, também com  19 pontos e que vai ter um jogo dificílimo no Moisés Lucarelli contra o excelente time do Red Bull Brasil, já classificado para a próxima fase do Paulistão.

Para se livrar de todos esses problemas, conforme já mencionamos, o Palmeiras precisa, exclusivamente, de uma vitória sobre o Mogi, nem que fosse, (fora possível), de meio a zero.

COMENTE COMENTE COMENTE

22 Comentários:

  • Às 9 de abril de 2016 09:56 , Anonymous Daniel Palestra disse...

    Vamos parar de fazer contas, torcemos para o Palmeiras c@zzo!!!
    Vamos nos classificar tanto no paulista qto na liberta, para desespero da imprensa e mídia canalha.
    Avanti Palestra!!!

     
  • Às 9 de abril de 2016 10:02 , Anonymous SÓCIO TORCEDOR disse...

    Aos "vampiros de plantão" um recado: Aqui é Palmeiras e nós sócios torcedores que torcemos de maneira incondicional, confiamos e vamos energizar a Arena Allianz Parque pra que conquistemos a vaga na Liberta, fizemos isto na CDB e repetiremos com mais entusiasmo ainda, aqui não tem espaço para negativismo, baixo astral e pseudo-torcedor...jamais terá.
    Continuaremos no paulista e liberta.
    Avanti Sócio Torcedor!! Avanti Palestra!!!

     
  • Às 9 de abril de 2016 10:18 , Anonymous Verde insuperável disse...

    O problema deste blog é que tem muita gente patrulhando a opinião do outro. Comentários e mais comentários sobre o comentário alheio. Lições de moral. Modo de se comportar. Está parecendo um ginasial. Cada qual diga o que quiser. Do jeito que sentir. Isso chama-se Pluralismo ! Sendo exercido com respeito e educação, deve ser sempre praticado. Saibam que o meu direito termina quando começa o direito do outro. Sejamos democráticos e fiquemos, cada qual, em seu quadrado de idéias.

     
  • Às 9 de abril de 2016 13:51 , Anonymous Araújo disse...

    Meu querido Insuperável. Se discordar é patrulhar a opinião dos outros nóis tamo tudo fudido. Nesse ponto a gente diverge. Todos os assuntos de interesse do Parmera têm que ser discutidos. Todo o mundo pode concordar ou ir contra o que o outro escreveu do jeito que o Alcides recomendou pelo seu brilhante texto: SEMPRE com moderação, educação e discrição. Concordo com ele. Reconheço também que vc tem razão em quase tudo o que escreveu, mas não podemos abrir mão de concordar ou discordar até dos textos do Alcides Abs a você e a todos. Araújo

     
  • Às 9 de abril de 2016 14:09 , Anonymous Marco disse...

    Vamos ver pelo lado positivo.
    Depois de um debate como esse, todo mundo, sem exceção, vai prestar mais atenção na própria participação. Pode ser que em algumas vezes condenamos outros participantes pelo que já fizemos também.
    Não podemos nos esquecer de que em grande parte das vezes, o comentarista escreve com a emoção do futebol e isso não pode ser desconsiderado.
    Acabamos levantando um problema que não seria debatido em nenhum outro lugar da "Mídia Palestrina".

    Quando o blog publicou os textos sobre ambiente negativo, fatores emocionais e espirituais, entendi que a ideia era a de abordar a atmosfera negativa em torno do clube. Ninguém pode negar que muitas vezes nosso ambiente atrapalha a vida do Palmeiras e do time, começando pela nossa política interna e terminando na atuação mal intencionada da imprensa.

     
  • Às 9 de abril de 2016 15:45 , Anonymous Luciano Trevisan -São Paulo-SP disse...

    Somos exigentes em demasia, aproveitemos o momento e situação atual para valorizar o que é bom e se omitir com críticas desnecessárias e que não agregam em nada ao Palmeiras, sejamos racionais e ponderados, não custa nada. Passe o que for dizer pelos três crivos: é verdade? é bom? é útil? se passar pelos três, fale, escreva e veicule, tenho certeza de que 99% ficará retido a sua pessoa, assim sendo, faça uso desta sábia disciplina para reflexão e no seu dia a dia.

     
  • Às 9 de abril de 2016 15:46 , Anonymous Lucas disse...

    “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”.
    Chico Xavier

     
  • Às 9 de abril de 2016 15:48 , Anonymous Anderson disse...

    Confira abaixo a lista completa:

    Goleiros: Fernando Prass e Vagner
    Zagueiros: Vitor Hugo, Roger Carvalho, Leandro Almeida e Thiago Martins
    Laterais: Lucas, João Pedro e Victor Luis
    Volantes: Thiago Santos, Matheus Sales, Jean e Gabriel
    Meias: Robinho, Régis e Allione
    Atacantes: Lucas Barrios, Rafael Marques, Alecsandro e Erik

     
  • Às 9 de abril de 2016 16:09 , Anonymous Miguel disse...

    Uma certeza: vamos classificar no Paulista e Liberta...é fato.

     
  • Às 9 de abril de 2016 16:12 , Anonymous João disse...

    Nacional poupará vários titulares, más não me preocupo com isto, uruguaios são um povo de caráter...coisa que brasileiro está longe de compreender, colonização diferente da nossa.
    Valores morais são sua assinatura.
    Avanti Palestra!!

     
  • Às 9 de abril de 2016 16:43 , Anonymous Matheus São José do Rio Preto-SP disse...

    Palmeirenses, vamos extirpar o negativismo.
    Avnati Palestra!!

     
  • Às 9 de abril de 2016 18:06 , Blogger Adriano Peclat disse...

    Todo palmeirense possui opiniões fortes e isso eu acho extremamente positivo dentro deste blog. Pois o contrário do que eu acredito me faz pensar e crescer e penso ser essa a fonte que faz com que este observatório permaneça muito bem frequentado e com textos formidáveis.
    Todos buscam o melhor para o verdão e algumas discussões surgem. Mas uma coisa é certa palmeiras vai se classificar tanto no paulista quanto na libertadores e muitos vão tremer com isso.
    Palmeiras até o fim, vamos comemorar juntos ao final de tudo

     
  • Às 9 de abril de 2016 18:50 , Blogger Emanuel Campana disse...

    Por esses debates, menos ou mais acarolados, é que nos fortalece os e percebo cada vez mais que somos diferenciados, pois a grande maioriaa de "torcedores" de outros times são massa de manobra, a imprensa cria um rótulo e eles acreditam ser verdade, como no caso atual dos gambás (time da Champions league kkkkkkkllkkkkk). Por sermos informados e amarmos o PALMEIRAS brigamos de vez em quando, normal, ainda mais por sermos irmãos.

    Alcides fico cada vez mais grato por esse blog. E te agradeço e elogio o fato de sempre que pertinente mencionar o maior de todos, Nosso Senhor Jesus Cristo.

     
  • Às 9 de abril de 2016 19:19 , Anonymous Alcides Drummond, o editor disse...

    Aos amigos que postaram:

    Daniel, tudo o que vc disse tem sentido.

    Sócio Torcedor: Verde esperança é a cor de nossa camisa...

    Insuperável e Araújo: O Verdão está muito acima de nossas opiniões. Vamos nos unir em torno dele!

    Marco: Não mude uma linha de seu comportamento em relação a este OAV. Você agrega muito ao time tanto e quanto a maioria que tem por hábito participar deste NOSSO espaço. Meu,seu e de todos!

    Luciano e Lucas: Você se repetem e no entanto é cada dia mais atuais. Parece até que encarnam um único corpo.

    Anderson, vou aproveitar a sua dica para abrir a postagem de amanhã.

    Miguel: Eu adoraria ter esse seu imenso otimismo, mas só consigo ter esperança.

    João: Não fosse futebol e eu assinaria embaixo da sua mensagem.

    Matheus. Quando se depende dos outros, otimismo é só um estado de espírito e não uma atitude.

    Peclat: O Palmeiras tem, sim, uma torcida escolarizada, a mais bem informada da Web. Espero que possamos comemorar as duas classificações, a do Paulistão e a da Libertadores.

    Campana: O NOSSO mestre é mesmo inigualável

    Abraço a todos. (AD)



     
  • Às 9 de abril de 2016 19:21 , Anonymous Verde insuperável disse...

    Eu acredito nas duas classificações. Os "ares" estão soprando para o nosso lado. Ganhamos do curintia e empatamos, jogando bem, com o melhor argentino.

     
  • Às 9 de abril de 2016 19:23 , Anonymous Verde insuperável disse...

    Assisti novamente o jogo contra o Rosario. Na íntegra. Tirando as burrices de Tiago e Hugo, jogamos um partidão, digna de time que quer o Título.

     
  • Às 9 de abril de 2016 19:24 , Anonymous Verde insuperável disse...

    Aliás, nossa zaga precisa de uma reforma. Em especial Vitor Hugo.

     
  • Às 10 de abril de 2016 00:45 , Anonymous Verde insuperável disse...

    Caro Araújo: Não falei em discordar! Unm exercício supremo da democracia. Falei em criticar a crítica e o posicionamento. Este, um Sagrado direito de todo cidadão. Criticar é preciso. Ofender não é preciso.

     
  • Às 10 de abril de 2016 00:47 , Anonymous Verde insuperável disse...

    Alcides se superou. Está postagem deve estar incrustada no cantinho da saudade de todo Palestrino que PENSA !

     
  • Às 10 de abril de 2016 00:56 , Anonymous Verde insuperável disse...

    Esta.....

     
  • Às 10 de abril de 2016 00:57 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Gostaria de acrescentar minha experiência pessoal.

    Sem bajulação, este blog é o melhor sobre o Palmeiras que já achei.
    Há tempos vinha procurando textos sobre o Palmeiras fora da grande imprensa, textos de torcedores mas que não fossem puramente emocionais.
    Textos que fizessem pensar e refletir, textos que valessem a pena serem comentados.

    Há blogs com boas análises mas com periodicidade eventual.
    Não tem muita graça ficar olhando todo dia e não ver nada de novo.
    Ver comentários sobre notícias ultrapassadas.

    Há outros que têm boas notícias ou "clippings" de diversas fontes da imprensa.
    Mas que quase não têm comentários, ou, se têm, a grande maioria é pura perda de tempo de leitura.
    Prefiro não citar nomes.

    Este OAV tem o que eu vinha procurando.
    Textos diários, opinativos, reflexivos, às vezes polêmicos.
    Uma turma de comentaristas que não é de jogar conversa fora, de ficar fazendo futrica e mandando kkkkk.
    Palmeirismo 100% na veia.
    Enfim, este é um blog que me animou a participar, porque sei que todos aqui, a começar pelo digníssimo editor, leem as participações de todos com atenção e respeito.

    Um abraço VERDE E BRANCO a todos.

     
  • Às 10 de abril de 2016 02:13 , Anonymous Anônimo disse...

    Palmeiras é um negócio difícil de explicar. Eu vejo a atitude de alguns e não entendo bem o porquê, mas procuro respeitar ou ignorar. E talvez o mais importante, ver o Palmeiras de uma forma diferente a partir de opiniões sérias, sem segundas intenções.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial