Observatório Alviverde

19/10/2017

PALMEIRAS 2X0 PONTE . VALENTIM REPETIU O TIME E O TIME REPETIU A BOA APRESENTAÇÃO CONTRA O ATLÉTICO EM GOIÂNIA!


São 20 minutos do primeiro tempo. Pelo que vi até agora, o Palmeiras, apesar de mandar no jogo, não consegue encontrar a robustez defensiva do jogo contra o Atlético Go.

Da mesma forma fica evidente a falta de um armador ofensivo e que crie as jogadas.

Maycon e Egídio são duas avenidas em dia de feira. Todo mundo passeia por elas.

Com a bola no pé o Verdão é melhor, mas a Ponte já criou várias situações ofensivas e perdeu duas grandes chances. Ainda bem que o Palmeiras tem um goleiro chamado Prass...

Palmeiras abriu a contagem com Keno, após três ou quatro boas situações perigosas criadas pelo ataque verde e dois gols perdidos um com Wilian e outro por Moisés.

A repórter do Premiere já bostejou que o gol do Palmeiras foi irregular. O invasor Willian referendou o bostejo. Irregular? 

Irregular porque a bola foi jogada pelo gandula diretamente às mãos de quem bateu o lateral? A bola é "Raio-X" e passa por dentro da placa?

Ainda bem que o André Hernan colocou as coisas no lugar e esclareceu! É bom esse repórter! 

Foi ruim a saída do Willian, o jogador, por contusão. Quem deveria sair é Willian, o pseudo-comentarista. De qualquer forma o Borja terá a sua grande chance como titular!

Que venha, agora, o 2º tempo de um jogo com cheiro de vitória!

---------------------------------------------------

2º TEMPO

Com Borja, tímido e sem confiança, no lugar de Willian, diminuiu bastante a força ofensiva do Palmeiras.

Em compensação Valentim acertou as alas e fechou as avenida que existiam às costas de Maicon e de Egídio.

Do início do segundo tempo até o gol de Borja, irritou-me outra vez o velho defeito crônico de o Palmeiras querer "administrar" o jogo.

O time só despertou para a realidade a partir de um lance em que o fraquíssimo time pontepretano quase empatou o jogo.

Na sequência, aquele criticado chute de reposição de Prass foi escorado por Keno, que habilitou Borja no comando do ataque gerando o gol que definiu outro difícil e importante duelo deste Brasileirão. 

Pressionado por Aranha que saiu do gol em desespero, Borja aplicou-lhe um chapéu e, mesmo pressionado na hora do arremate, conseguiu chutar esprimido e marcar um gol chorado. Antes de entrar a bola bateu na face interna da trave dando a impressão de que poderia não entrar, antes de morrer no fundo do gol. 

Com muito sofrimento, Borja, emocionado, quase foi às lágrimas. Estava quebrado um tabu de quatro meses sem que ele, acostumado a fazer gols, metesse a bola na rede.!

Após o segundo gol, de novo o Palmeiras voltou com a babaquice de ficar exlcusivamente tocando a bola, tendo passado pelo perigo de sofrer gols em dois ou três lances ofensivos mais perigosos do time campineiro.  

O que será que os dirigentes do Palmeiras têm na cabeça? Em todos esses anos, só Luxa conseguiu formar um time artilheiro em que os adversários é que se preocupavam com o Palmeiras, não o Palmeiras, como de hábito, se preocupa com eles. Continua acontecendo!

Se acham que exagero, sabem por quê o Palmeiras não está em segundo lugar neste Brasileiro? Simplesmente porque não tem o saldo de gols do Grêmio e não tem o saldo do Grêmio porque não tem (nunca tem) vocação ofensiva.

Apesar de tudo foi ótimo o 2 x 0 que acoplado ao empate do Santos, coloca o Palmeiras na terceira posição.

Se vencer o Grêmio domingo em Porto Alegre, o Palmeiras, além de assumir a vice-liderança, dará um gigantesco passo para conseguir o título que eu e aqueles que pensam não com o coração mas com a razão estamos esperando: a conquista de uma vaga na Libertadores/18.

Se vier algo mais além disso (quem sabe venha!), aí será e viverei o cúmulo do êxtase!


FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 x 0 PONTE PRETA


Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Gustavo Rodrigues de Oliveira
NOTA 8 para os três.


Público: 17.778 pagantes (muito bom, mas na Arena superaris 25 mil)
Renda: R$ 525.802,50
Gols:
PALMEIRAS: 
Keno, aos 27 minutos do 1º Tempo
Borja, aos 27 minutos do 2º Tempo

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo e Jeferson; Elton (Jadson), Naldo, Jean Patrick (Felipe Saraiva), e Danilo; Claudinho (Renato Cajá) e Lucca
Técnico: Eduardo Baptista

Cartões amarelos: Elton, Marllon e Nino Paraíba (PON)


PALMEIRAS: 
Fernando Prass - Parece vinho, quanto mais velho, melhor. Salvou o Verdão novamente (ao menos uma vez) ontem contra a Ponte NOTA 8.

Mayke - Fraco na marcação no 1º tempo, melhorou muito na etapa complementar. Cumpridor de ordens, jogou mais atrás no 2º tempo e apoiou pouco, NOTA 7.

Edu Dracena - Outra vez, mais uma vez o melhor zagueiro. A exemplo de Prass, quanto mais velho, mais técnica N0TA 8.

Juninho - Melhorou, mas ainda está longe das necessidades do Verdão. Fraco na cobertura de Egídio no 1º tempo, superou-se, corrigiu-se e esteve bem, no 2º tempo, embora sabendo que quando Mina se recuperar, o colombiano vai compor a dupla de zaga com Dracena e ele voltará ao banco NOTA 6,5.

Egídio - Por que ele não vira ponta-esquerda? Atacar ele sabe, defender, não! Fraco no 1º tempo, bom no segundo pelo apoio ao ataque, trabalho de  aproximação, deslocamentos e cruzamentos. NOTA 6.

Bruno Henrique - Cumpriu a sua melhor apresentação com a camisa do Verdão, mas eu ouso afirmar que Arouca, recuperado e em ritmo de jogo é melhor do que ele. NOTA 7,5.

Tchê Tchê - Jogou como mais gosta, livre, leve e solto, constituindo-se num dos melhores em campo. NOTA 7,5.

(Arouca) - Atuou apenas por poucos minutos e fica  SEM NOTA.

Moisés: Esforçado, partícipe, lutador ele é uma grande liderança em campo. Correndo, se deslocando, batendo laterais dentro da área, chutando, armando o jogo, cabeceando e fazendo tudo o que sabe e pode Moisés, de longe, é um dos jogadores mais importantes do time. Mesmo sem ter chegado, ainda, ao ápice de sua forma física e ritmo de jogo, devagarinho vai chegando ao nível da temporada passada. NOTA 8.

(Felipe Melo) - Também atuou pouco tempo. Registre-se, apenas, as visíveis satisfação e emoção do Atleta por voltar ao time. SEM NOTA.

Keno - Sem bisar a magnífica atuação contra o Atlético GO e jogando mais para o time, mesmo sem ter apresentado um futebol  exponencial, ele, com um gol e uma assistência, simplesmente, decidiu o jogo. NOTA 8,5.

Dudu - Foi o Dudu de sempre, combativo, lutador, porém sem brilhar. Eu já disse e vou repetir: Dudu armando o jogo é desperdício. Por sua categoria vai acertar um ou outro lance mas não passará disto, a não ser que treine e se dedique especificamente para exercer essa função.  NOTA 7.

Willian: Saiu precocemente de um jogo em que ele começou muito bem dando muito trabalho à defesa da Ponte. SEM NOTA

(Borja) Um ídolo em seu país, esse colombiano de boa cepa teve paciência e caráter para enfrentar humilhações e esperar pela volta de cima que pode levá-lo à consagração, desde que ele tenha personalidade forte para readquirir sua autoconfiança. Afinal, ninguém desaprende. NOTA 7
 

Técnico: 
Alberto Valentim
Manteve sapientissimamente o time que jogou em Goiânia, levantou o moral da rapaziada, impediu que o time quebrasse sua tática defensivista de jogo, corrigiu os erros dos laterais no intervalo, reabilitou os contundidos e exaltou os humilhados. NOTA 8
 
  
COMENTE COMENTE COMENTE

21 Comentários:

  • Às 19 de outubro de 2017 19:58 , Blogger Roberio BA disse...

    A bola quicou no solo antes de chegar ao Dudu, gol legal, há um grande defeito recorrente no Palmeiras de muito tempo, a bola longa, por isso defendo o Diniz para treinar este time como auxiliar, há muito espaço entre as linhas, e a ponte tá chegando com facilidade pelos lados, com 1*0 teremos maior tranquilidade para evitar contrataques, Borja desencanta hoje, não é possível não fazer gol em Rodrigo, defesa da ponte amarelada...

     
  • Às 19 de outubro de 2017 19:59 , Anonymous Nei Verde disse...

    Além de pagar esse Premier, tem que aguentar essa repórter mal intencionada e esse gambá Willian.
    Como joga bola esse Dracena, excelente profissional, respeita o clube, não é toalhinha e nem hóspede do resort.
    Por falar em resort, cadê i tal do Guerra?

     
  • Às 19 de outubro de 2017 20:01 , Anonymous bandeira 2 disse...

    Alcides se é gol do Palmeiras é sempre irregular. Comentarista de merda esse willian gambá. Concordo com vc. A repórter não tem capacidade para trabalhar profissionalmente. O narrador e o repórter foram bem. Estão se salvando desse mar de mediocridade

     
  • Às 19 de outubro de 2017 20:01 , Anonymous VICTOR TREDENSKI disse...

    Alcides, desculpa o palavrão, mas pqp

    como esses caras insistem no tal lateral

    no tal lance

    a cada 10 minutos

    la vem a ladainha do lance do gol

    ficam insistindo, insistindo

    procurando pêlo, cisco, protozoario em ovo

    o narrador disse que insistiria no assunto se fosse qualquer jogo de qualquer time

    D-U-V-I-D-O

    Quer apostar que vai entrar o segundo tempo

    e esses lambe-bosta vão insistir no assunto

    muda o disco, imprensa de merda

     
  • Às 19 de outubro de 2017 20:37 , Anonymous Nei Verde disse...

    Valeu..!!! Golaço do Borja, quem faz um gol desse sabe, isso mostra a teimosia do Cuca.

     
  • Às 19 de outubro de 2017 21:11 , Anonymous Sr. Keiko disse...

    Borja craque! Nunca critiquei!

    Tamo chegando!

     
  • Às 19 de outubro de 2017 21:36 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Não pude assistir o jogo.
    Vi os gols agora.
    Que golaço do Borja, de quem sabe ser artilheiro!

    O empate entre gaymio e curica foi excelente para nós.
    Se o xpó conseguir virar o jogo contra as sardinhas, será uma rodada perfeita!

    E no clássico baitolo, os do Rio ganharam dos de Sampa.
    Muito bom!

    Na próxima rodada temos que fazer um jogo perfeito em Porto Alegre e torcer muito para o Botafogo.
    Ainda dá!

    Valentim já garantiu 50% da permanência.
    Ganhando fora, contra o gaymio, ninguém tira o cargo dele mais.
    Força, Valentim, sua hora é agora!

     
  • Às 19 de outubro de 2017 22:22 , Blogger Duende Verde disse...

    Fico com a sensação que se tivessem mandado o Cuca embora no dia seguinte a eliminação da Libertadores a essa hora seríamos líderes do campeonato. De qualquer forma estou feliz de ver o Deyverson ser reserva do reserva...algo estranho está acontecendo, Borja marcando gol, Arouca “The Walking Dead” voltando a jogar...vai saber...

     
  • Às 20 de outubro de 2017 00:10 , Blogger Ita Souza disse...

    'Mayke e Egídio são duas avenidas em dia de feira. Todo mundo passeia por elas.'

    Considero esse o grande ponto negativo e preocupante nessa partida e para as próximas.

     
  • Às 20 de outubro de 2017 02:00 , Anonymous Alcides Drummond, o editor disse...


    TREDENSKI

    Como é que a Globo mantém sob contrato gente que confunde recomendação com decisão?

    Se a jogada prosseguiu e o gol validado foi porque o árbitro não viu nada demais na reposição da bola e, tampouco, o bandeirinha apontou qualquer irregularidade.

    Tanto o árbitro como o auxiliar sabem que aquele tipo de jogada é comum e corriqueiro em todos os jogos do Brasileiro ou de qualquer campeonato.

    Lá no sul quando GREMIO E INTER, principalmente o INTER precisam garantir o resultado eles somem com as bolas, com os gandulas e nada acontece com eles.

    Aqui em BH são muito comuns esses passes dos gandulas aos jogadores, não apenas nas mãos deles mas bem à frente para ganhar metragem e se aproximarem da área.

    O Cruzeiro ganhou do Palmeiras um jogo importante com um gol do Muller, com um lateral batido dez (10) metros à frente de onde ocorreu. Ninguém da mídia disse nada ABS (AD)

    Saúdo, também o Robério da Bahia (sua tese é boa e também viável) o Bandeira, o Keiko, o Moisés, o Duende, o Ita e especialmente um dos "fundadores" do blog o nosso amigo NEY verde. (AD)

     
  • Às 20 de outubro de 2017 05:55 , Anonymous Cleiton disse...

    Bom dia amigos. Apesar do time segurar a bola e não tentar golear, como disse o Alcides, temos o melhor ataque da competição, nosso problema são os gols sofridos.

     
  • Às 20 de outubro de 2017 09:04 , Anonymous Torcedor Realista disse...

    Pense nisso:

    Valentim com apenas 02 jogos conseguiu repetir o time. Já cuca "nunca conseguia" (ou não queria) repetir o time.

    Perdemos muito tempo com cuca, que não estava a fim de treinar o Palmeiras esse ano.

    Deveríamos ter mandado embora mais cedo cuca.

    Ontem o time esteve bem, visivelmente motivado pela saída do ex - treinador.

    Cuca atrapalhou o ano do Palmeiras isso é fato !

    Agora vamos jogo a jogo !!

    Parabéns Valentim, continue assim !!

     
  • Às 20 de outubro de 2017 09:15 , Anonymous Japa Verde disse...

    O tempo passa...

    O Luxa era o melhor técnico do país quando treinava jogadores da geração X ou Y, jogadores de chuteiras pretas.

    Agora com esta geração Z, sem chance!

    Para vcs que tem mais de 50 anos... Façam uma auto-análise... É muito complicado gerenciar os jovens... Talvez nem seja em função do momento atual... talvez este choque de gerações sempre existiu. Mas, por tudo isso, eu não acredito mais no Luxemburgo como técnico, apesar de reconhecer o ENORME conhecimento que tem de futebol.

     
  • Às 20 de outubro de 2017 11:05 , Anonymous Sr. Keiko disse...

    Mano Menezes acaba de renovar com o Palestra de Minas.

    Amén!

     
  • Às 20 de outubro de 2017 12:31 , Anonymous PorkiDoido disse...

    Deus é pai. É pra glorificar de pé meu irmão.
    Que todos espírito mau intencionado que queira colocar o Mano Menezes no Palmeiras, caia pelo teu nome Ó pai!
    Gloria Deus aleluia!
    Eu ouvi um amém?

     
  • Às 20 de outubro de 2017 12:50 , Anonymous PorkiDoido disse...

    Mano, sem maldade.

    Tem alguém da imprensa aqui que lê meus comentários.

    QUEM FOI O PRIMEIRO A CHAMAR O KENO DE KENALDINHO?



     
  • Às 20 de outubro de 2017 18:19 , Anonymous MestredosMagos disse...

    JA QUE O PALMEIRAS NÃO APRENDE, A SORTE AJUDA.

    Gol aos 27 do primeiro e aos 27 do segundo.

    E a melhor notícia vem da renovação do Mano Menezes com o Cruzeiro.

    Já que a diretoria não sabe fazer as coisas escondidas, que podem prejudicar o time na reta final, que bom que o assunto Mano acabou já.

    Eu queria ele, mas não como estavam fazendo.

    Pelo menos agora o time joga olhando pra frente, sem olhar de lado a sombra de outro técnico.

    Saudações.

     
  • Às 20 de outubro de 2017 20:22 , Anonymous Ex - Jogador disse...

    só pra lembrar vcs :

    Não se iludam ! O grêmio vai jogar como nunca pra tentar vencer do Palmeiras, independente de titular ou reserva. Rivalidade não acaba de um dia para o outro meus amigos. Os caras lá detestam o Palmeiras !!

    vai ser jogo duro.
    Palpite: Palmeiras 1 X grêmio 0

    É bom valentim saber disso

     
  • Às 20 de outubro de 2017 20:44 , Anonymous Anônimo disse...

    Pergunta do dia:
    Qual a sacanagem da ESPN - UOL para amanhã?

     
  • Às 20 de outubro de 2017 20:52 , Blogger ester abea disse...

    amigos:

    para variar, nada assisti aqui na roça

    como boa surpresa, estamos em 3o, empatados com o Gaymio. Fantastico!

    Mano não vem. Quem sabe o Valentim(que segundo alguns de gosto esquisito, é bonito) vai arrumar esse time

    F Melo e Borja se emocionando é bom. Com o Cuca(bom técnico e grande caráter) eles pareciam desanimados

    quanto a imprensa-marrom nem falo nada...ah, que vontade de dar o rádio os focas da Folha tem...e a Folha é paradigma de pasquim da imprensa marrom
    (o camisa 10 Alcides não me dará bronca, kkk)

     
  • Às 20 de outubro de 2017 23:28 , Anonymous Adalto disse...

    Em 24 horas...
    – Rabis'Keno' dando outro show...
    – Miguel Borja voltando a marcar gols...
    – Vitória do Palmeiras. Adversários se cagando...
    – Mano Menezes renova com Cruzeiro...
    – Volta do menino Arouca...

    Teve dia melhor em 2017? Desconheço!

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial