Observatório Alviverde

19/03/2018

O PERIGO AGORA MORA NOS BASTIDORES!



O Palmeiras mostrou que, se ainda não tem um time à altura dos anseios de sua exigente torcida, está com um grupo muito superior a todos os finalistas deste Paulistão, o Curica inclusive. 

Se vai ganhar o Paulistão, porém, a conversa é outra, muito outra.

Já disse inúmeras vezes -torno a repetir- que o Palmeiras, para levantar um título, tem de ter um time que seja, no mínimo, dez vezes melhor do que os adversários, mas isto, per si, não basta.

Há outra batalha a ser vencida que, na maioria das vezes, é muito mais problemática do que a batalha do campo de jogo, a "batalha dos bastidores", na qual o Palmeiras poucas vezes foi  grande

A primeira dessas batalhas, infelizmente, o Palmeiras já perdeu.

Como se esperava, o TJD da FPF encontrou a brecha que tanto esperava para prejudicar o Verdão.

Como sói sempre acontecer, puniu o goleiro Jailson, sem que a maioria dos "ilmos" judicantes considerasse o papel ridículo em que incorrem, ao agir de forma deliberadamente clubística e parcial.

A expulsão (injusta) e as supostas agressões verbal e gestual  de Jailson ao "palmeirense" (? hahahaha) Klaus Marcha a Ré, um árbitro "maria vai com a outra"  que assinala um pênalti após o jogo correr um minuto, como se estivesse tendo o suporte de um juiz de vídeo, termina de forma melancólica para o Palmeiras.

Klaus teria sido punido pelo flagrante desrespeito ao Palmeiras e às leis do jogo? Parece que não porque eu o vi dois ou três dias após em plena ação na Libertadores, apitando um jogo fora do Brasil

O tribunal em algum momento considerou que Dudu, e Jailson foram punidos por reclamar e que Felipe Melo só não foi porque disse que o sinal obsceno que fez fora para o companheiro Dudu.

A suspensão de Jailson por três jogos (exagerada, revoltante, muito além da conta) deixa claro que essa gente sabia (sabe) o que faz, porquanto mexeu justamente numa posição consolidada em que Jailson vinha dando as cartas e jogando como mão, transmitindo completa confiança e esbanjando segurança e esperança, em face de suas seguras e vitoriosas atuações.

Sei que em face do número de jogos com que Jailson foi apenado, a lei permite ao Palmeiras entrar com o chamado "efeito suspensivo".

A esta altura, porém, eu nem sei se compensaria, haja vista a velocidade com que o TJD recorreria do recurso com capacidade para tirar -completamente- Jailson das partidas finais do Brasileiro.

Seria mais ou menos assim: o Palmeiras obteria o efeito suspensivo, Jailson jogaria uma vez, mas perderia uma possível participação na segunda semifinal e em uma das duas finais. 

Como sou leigo em direito, fico até onde sei, isto é, por aqui... 

Apreciaria muito, porém, se os advogados que frequentam este OAV  esclarecessem os desdobramentos do caso, na eventualidade de o Palmeiras conseguir um efeito suspensivo para Jailson.

De qualquer forma, apesar da considerável perda de Jailson, um atleta que vive um momento especial e é um dos líderes alviverdes em campo, resta-nos o lenitivo de termos na suplência Prass, goleiraço, experiente, ágil e sem qualquer dúvida  um dos melhores do país apesar da veteranice e, neste momento, carente talvez da falta de um melhor ritmo de jogo.

Não, não imaginem que tudo tenha ficado nisto, nos três jogos sobre Jailson ou na advertência a Dudu.

Quem assistiu domingo ao Braga 3 x 2 Curica viu que a arbitragem poupou visivelmente os jogadores curicanos que bateram o jogo todo, impunemente, sem que fossem advertidos com o cartão amarelo. 

Fagner o jogador mais violento em atividade no futebol paulista sem que a mídia o denuncie, quase quebrou Ítalo, do Braga, mas em vez de levar o cartão vermelho ou o amarelo, ganhou licença para bater e o fez impunemente até deixar o campo vítima de um pequeno incômodo muscular.

Não acredito que o Verdão seja prejudicado acintosa, deliberada e  propositadamente no próximo jogo das quartas de final depois de amanhã contra o Novorizontino.

Sou convicto, porém, que o trabalho de sapa dos inimigos do Palmeiras continuará, com a aplicação de cartões aos jogadores alviverdes, a fim de desfigurar o time titular nos jogos decisivos das finais, caso o Verdão chegue lá. Ele há de chegar !!!

Outro aspecto que muito me preocupa são os árbitros e bandeiras que serão escalados nos jogos do Palmeiras, considerando-se os constantes esbulhos arbitrais de que o time tem sido vítima através dos tempos!

Em razão de tudo isso, a diretoria, se não quiser perder o campeonato nos bastidores,  tem de se manifestar publicamente e protestar, citando todos esses aspectos e as razões pelas quais está preocupada e apreensiva em relação aos dois jogos das semifinais e aos possíveis jogos da decisão!

Ah, antes que eu me esqueça, A DIRETORIA TEM DE IR À MÍDIA ANTES DOS JOGOS a fim de manifestar o seu "temor" de que os árbitros possam interferir diretamente nos resultados, porquanto essa é uma situação que se repete há vários anos. 

COMENTE COMENTE COMENTE



9 Comentários:

  • Às 19 de março de 2018 22:01 , Anonymous Rosemiro disse...

    Correto, Alcides! Onde está a rainha da Inglaterra para convocar uma coletiva de imprensa e protestar contra essa punição injusta e claramente para nos prejudicar? Sabe quando ele vai protestar antes dos jogos para nos proteger de possíveis assaltos futuros? Nunca! E o negociador? Onde está escondido? que fim levou?

     
  • Às 20 de março de 2018 09:36 , Blogger Emanuel O Cowboy disse...

    Este Galiotte é um frouxo, um bunda mole, onde ada o Mattos?
    Estamos ferrados, falta sangue nos olhos desta diretoria e Paulo Nobre tinha isso

     
  • Às 20 de março de 2018 10:36 , Anonymous Nei Verde disse...

    Mediante toda essa situação exposta sabiamente pelo Alcides, fico em duvida para quem devemos torcer mais, Palmeiras ir para final, ou para o Bragantino ganhar dos gambás, sem pessimismo, estou com muita preocupação dessa final ser contra a gambazada na nossa casa, situação que sera extremamente explorada pelo esquema globo/federação/imprensa para nos naufragar de vez, imagine a tamanha repercussão, o prato cheio que seria para eles, depois de tantos investimentos, tantos blá, blá, blá, perder a final em casa, acredito que temos muito mais condições de ganhar, elenco, suporte financeiro, etc, mas nos falta comando, vontade, superação,esse time ainda não me convenceu, o perigo maior é o extra campo, tamanho os descaramentos para favorecer o Itaquerense.
    No brasileiro apesar de tantas lambanças de nossa diretoria, fomos extirpados de ganhar o campeonato nos dois assaltos programados contra cruzeiro e gambas, descaradamente, e passou tudo por isso mesmo, roubar prejudicar o Palmeiras é mais fácil que enganar uma criança.
    E tenham certeza senhores, se essa final com os gambas vir a acontecer eles vão tirar vantagens de nossas omissões, despreparo e amadorismo, e o RAINHA DA INGLATERRA, O BEBELOIDE, O BOBO DA CORTE, O CARA DE OVO, O OMISSO, fechara com chave de ouro.
    Não podemos esperar nada, de quem não sabe os dias de ocupação da arena, de quem aceita, mesmo com a melhor campanha jogar fora de casa, aceita abrir mão do direito de transmissão da TV aberta, prejudicando o patrocinador, em que assina cheque de milhões para contratar juninhos, deyversons, luans, fabianus, e ESSE NEGOCIO DO SCARPA??? JULGAMENTO DO JAILSON??
    Futuro sombrio...!!!

     
  • Às 20 de março de 2018 10:44 , Anonymous Agnaldo Rizzi disse...

    Queria (e como) que o Nei Verde, o Tredensqui e o Insuperável comentassem a respeito de tática, quais as variantes que Roger pode usar no time etc etc etc, por que esses três A TRÍADE só cornetam, só criticam e ambos os três se autovangloriam sabedores. Queria ver os comentários deles no aspecto tático. Vamos ver se são bons mesmo. Lanço um desafio: se daqui por diante os três focarem mais no aspecto tático, de jogo mesmo, eu não encherei mais o saco.

     
  • Às 20 de março de 2018 11:06 , Anonymous Nei Verde disse...

    Jailson pegou três jogos de suspensão nesta segunda-feira (19), em julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP), e está fora das duas próximas partidas do time no Campeonato Paulista.

    Ele foi punido pela expulsão no jogo contra o Corinthians e por ter falado que "passaram a mão" no Palmeiras, nesse mesmo jogo.

    Dudu recebeu apenas uma advertência por ter afirmado depois do clássico que, "na dúvida", a arbitragem favorece o Corinthians em Itaquera.

    RESUMO: A RAINHA DA INGLATERRA, OS OMISSOS NÃO QUESTIONAM espoem os jogadores..!


    Quanto ao esquema tático,

    Com o gancho do Jailson, eu iria com Tchê Tchê em seu lugar (pela altura), testaria o Dudu de zagueiro, na armação o caneludo do Tiago Silva, procurando sempre chutar no canto oposto do goleiro adversário..!

     
  • Às 20 de março de 2018 12:46 , Anonymous Anônimo disse...

    Agnaldo Rizzi, lembre-se que os três citados por você é apenas um, fazendo três personagens. Acredite.

     
  • Às 20 de março de 2018 17:23 , Anonymous Acaccio disse...

    Parabéns pelo comentário Nei Verde é de assustar mesmo.

     
  • Às 20 de março de 2018 18:56 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Nei, final no Allianz Parque tinha que ser que nem a final da Copa do Brasil em 2015: torcida CERCANDO o carro da RGT e fazendo-os DAR MEIA VOLTA.
    Se o presidente não preside, que a torcida faça a sua vez.

    =========

    Quanto ao caso Jailson, é claro que a punição é injusta e exagerada.
    Mas ainda dá pra ver o copo meio cheio.
    Faltam dois jogos de punição.
    O primeiro é contra o Novorizontino com 3 de vantagem -- tudo tranquilo.
    O segundo é contra as gazelas ou o São Caetano fora de casa.
    No jogo de volta, em casa, o Jailson estará de volta.
    Nada está perdido.

    =============

    O Alcides já deu a deixa: vão carregar o time de cartões amarelos.
    Olho vivo!

     
  • Às 20 de março de 2018 20:09 , Anonymous Sr. Keiko disse...

    Presidente do Palmeiras vence o corintiano. FPF cedeu. Fim da indecente venda de mando de jogos, no Paulista. A partir de 2019!

    Parabéns, Galiotte! 🐷🐽👊👏👏

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial