Observatório Alviverde

11/04/2018

RECADO PARA ROGER MACHADO: "OBRE OU DESOCUPE A MOITA"


Palmeiras 1 x 1 Boca.

O resultado em si até que não teria sido tão ruim, houvesse o Palmeiras jogado um bom futebol. 

Dar-se-ia o desconto e se diria que o Verdão, mesmo jogando em casa, obteve um bom empate contra um dos melhores times das Américas e, ainda assim, continua no lucro pois detém boa vantagem sobre ele na tábua de classificação.

O problema, porém, é a circunstância com que o Palmeiras cedeu esse empate, como de hábito, em cima da hora, após cumprir um jogo pífio, digno de um time mambembe, peladeiro, mero cumpridor de tabela e irresponsável. 

Tentarei ser cirúrgico em minhas conclusões.

Com Marcos Rocha e Antônio Carlos, maus marcadores de lado de campo, conquanto o lateral seja um exímio apoiador e o central ótimo no combate de frente e no jogo aéreo, o Palmeiras está completamente exposto e vulnerável em sua "asa média lateral direita", como se dizia antigamente.

Essa incorreção, porém, não ocorre no lado esquerdo, posto que, além da cobertura de Thiago Martins ser mais eficiente, os dois volantes de contenção (os dois, é impressionante...) encostam um no outro e cobrem exclusivamente este setor, deixando a descoberto e vulnerável todo o lado direito do campo. 

Por que Róger (retranqueiro que é e só sabe jogar assim) não abre um volante ou não designa um atacante para ajudar naquele setor? 

O técnico do Curica explorou essa deficiência e se não tivesse recuado seu time e jogado atrás o tempo todo, poderia ter feito mais gols naquele boqueirão que descobriu e, inteligentemente, aproveitou com sapiência e praticidade.

Outro gravíssimo problema do Palmeiras reside no meio de campo onde o esquema equivocado coloca todo mundo para cercar, marcar, marcar e marcar e, apenas supostamente, contra-atacar. 

Se mal pergunto me perdoem, mas o Palmeiras, como time que adota a manjadíssima tática do contra-ataque contra-atacou com eficiência nos jogos desta temporada?

O nó-górdio, porém, é a falta de imaginação e de criatividade de seu treinador que trabalha, muito mais, no sentido de formar gladiadores (ainda assim com ineficiência) do que para montar um time técnico com vasto repertório de jogadas, e que envolva o adversário, no melhor modelo de nossas tradições.

Eu já enjoei desse papo de melhor elenco, coisa e tal, de melhores individualidades (até supunha e já disse isto), mas o fato é que concluí que montamos um elenco repleto de pseudo estrelas em que o jogador mais importante é Dudu.

Como acreditar em um time de jogadores que cruzam muito mal, péssimos na bola parada (especialidade que mais decide no futebol de hoje) e que há dois anos não consegue fazer um gol de falta?

Tudo porque o "mineirinho come quieto", "o gênio" dos negócios não teve visão suficiente para contratar nem que fosse um único jogador para o lance do qual mais saem gols a partir da europeização do futebol brasileiro por conta e obra da vassalagem da mídia ao futebol do Velho Mundo e da estupidez da torcida: a bola parada! 

Não sou partidário de uma demissão imediata de Machado mas, fosse eu diretor do Palmeiras, exigiria que o time mudasse tática, técnica e espiritualmente já nos próximos jogos, colocando isso como uma espécie de "ultimatum"!

Como diziam ainda mais antigos do que eu, " que Róger obre, ou desocupe a moita"!
  
COMENTE COMENTE COMENTE 

27 Comentários:

  • Às 11 de abril de 2018 23:00 , Anonymous Verde Esverdeado disse...

    Sem nenhum padrão de jogo. E roger continua sentado. Sentado eternamente em berço, ou banco, esplêndido.

     
  • Às 11 de abril de 2018 23:26 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    O jogo está muito perigoso.
    O Boca joga fechadinho, em busca de uma oportunidade.
    (Parece um certo time imundo...)

    Mas o que irrita é que o Roger parece que não treina o time pra furar retranca.
    Muita posse de bola e pouco resultado prático.

    Na parada da Copa tem que fazer uns treinamentos pra valer, 3 contra 5, 7 contra 10, nessa linha.
    Senão os adversários vão sempre jogar assim contra a gente.

     
  • Às 11 de abril de 2018 23:40 , Blogger Libertad disse...

    Ridículo..!
    Pede para o gordo fdp, contratar mais um dez zagueiros quem sabe ele acerta hum..!
    Nei.

     
  • Às 11 de abril de 2018 23:43 , Anonymous PorkiDoido disse...

    É gooooooooooooool Keno caaaraaaaaaaalh.... Não Antonio Carlos não.. você não fez isso!!

     
  • Às 11 de abril de 2018 23:53 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Resultado INACEITÁVEL.

    Gol aos 44, é só segurar a bola!
    Pelo amor de Deus!!!

     
  • Às 11 de abril de 2018 23:53 , Anonymous VICTOR TREDENSKI disse...

    O time do Palmeiras está em modo engana-trouxa

    fizemos um gol graças a bisonhiçe da defesa argentina

    por que futebol mesmo

    necas de pitiritiba

    aí entra em ação a defesa delivery

    aquela que entrega tudo

    entrega pizza, o ouro e o gol pro adversário

    com essa defesa o Palmeiras vai perder títulos

    já perdeu um domingo

    com ajuda da arbitragem e DA DEFESA

    o lateralzinho itaquerano fez o que quis com o Antônio Carlos

    quem dera esse Antônio Carlos fosse aquele zagueiro de 1993/1994

    quem dera

    vou concordar com o Insuperável no post anterior

    2018 vai ser difícil

    e longo

    o Palmeiras faz gol como nunca

    mas toma gol como sempre

     
  • Às 11 de abril de 2018 23:53 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Keno foi o melhor em campo DISPARADO.
    Não só pelo gol.

     
  • Às 11 de abril de 2018 23:57 , Anonymous Verde Esverdeado disse...

    Cadê o diretorzinho de meia pataca? E roger continua sentado ainda após o jogo?

     
  • Às 12 de abril de 2018 00:06 , Anonymous Verde Esverdeado disse...

    Estou pensando se falo RÁ RÉ RI RÓ RUA ROGER MACHADO ou apenas FORA ROGER MACHADO.
    Não sei, vai depender do meu humor, que anda muito em falta desde domingo. Vontade de dar um murro na cara de uns caras no Palmeiras que olha

     
  • Às 12 de abril de 2018 00:34 , Blogger Alexandre Correia disse...

    Antônio Carlos e cria da base dos gambas, veio pro Palmeiras a pedido do EB, entregou domingo e hoje, reparou na sua corrida parece uma gazela correndo, nem passada de jogador tem.

    Precisamos de 1 zagueiro de alto nível e 1 atacante matador ; o Guerreiro tá encostado nos mulambos.

     
  • Às 12 de abril de 2018 05:27 , Anonymous Elder Nennshem disse...

    O texto abaixo foi tirado de uma publicação aqui deste OAV, apos um jogo entre Chapecoense e Palmeiras em outubro de 2015 valido pelo Campeonato Brasileiro.

    /////////\\//\\\\\\\\\\\\
    Ontem, após tantas primaveras e verões o Palmeiras, finalmente, foi beneficiado, com a ressalva de que nunca se falou tanto no assunto na sequência de uma transmissão tanto e quanto se falou ontem, dando a impressão de que o Palmeiras fora beneficiado, quando se sabe que, simplesmente, fez-se justiça, nada mais.
    //////\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

    Este texto e referente a expulsão do lateral direito Egídio(ele nao fez a falta) porém, apos interferencia externa ele que ja estava no vestiário, voltou ao campo.

    Reflitam.

    Abç

     
  • Às 12 de abril de 2018 07:51 , Anonymous Verdinha disse...

    Mais uma razão para haver cobrança e exigir, competência, lisura, transparência e jogo limpo para todos.
    O time da marginalidade é beneficiado por fatores extra campo e, principalmente a arbitragem em todos os momentos decisivos. Vide o campeonato brasileiro do ano passado. Beneficiado até quando não joga.
    O prejudicado não é apenas o Palmeiras, mas muitas outras equipes. Pergunte a qualquer torcedor...
    Curiosamente, o Palmeiras votou a favor do árbitro de vídeo, enquanto o time sujo vetou. Curiosamente foi beneficiado mais uma vez...
    Chega de tapar o sol com a peneira

     
  • Às 12 de abril de 2018 08:49 , Anonymous Agnaldo Rizzi disse...

    Que acham de Abel Braga? Não estamos nem na metade de abril e Roger Machado com o seu terço médio de campo, suas variantes e desvariantes, sua lousinha no meio campo explicando sua teoria da relatividade a pessoas que mal sabem falar, tudo isso já nos encheu a paciência. A dupla de zaga também já deu o que era pra dar. O Palmeiras com todo esse dinheiro que tem hoje, sofre com planejamento E BASTIDORES. É pra acabar. Imagina essa dinheirama toda e uma Crefisa da vida nos gambás ou no cheirinho do Rio?
    Palmeiras não aprende e não se emenda mesmo.

     
  • Às 12 de abril de 2018 08:59 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Eu refleti, senhor Elder (comentário das 5:27), e entendo que não se deve comparar contextos absolutamente diferentes.
    Alhos com bugalhos !!
    Primeiro, porque o retorno de Egídio não alterou o resultado do jogo.
    Segundo, porque o penalti em Dudu EXISTIU,e nos tirou o título, em uma partida onde a arbitragem foi facciosa em vários lances que nos beneficiariam.
    Não coma no prato da imprensa suja e sórdida.
    Aliás, pode comer, pois por certo o senhor não é Palmeirense.
    Quanto ao Palmeiras, se não houver medidas drásticas JÁ, teremos um ano terrível.
    Aliás, mais UM.

     
  • Às 12 de abril de 2018 10:15 , Blogger Libertad disse...

    Amigos!!!
    Com a cabeça quente, no calor das lambanças agente detona todo mundo!!

    Nosso elenco é qualificado? claro que sim, 90% joga de titular em qualquer time do Brasil..!

    Mas porque não rende? porque tantas falhas? poque tantos passes errados?

    O que acontece é que temos sim jogadores de qualidades, mas um não esta encaixando com o outro, ou seja o treineiro ainda, ainda, ainda não achou o posicionamento correto, tanto da defesa, quanto do meio e ataque.

    DEFESA, logico que é aqui que os arros são mais agravantes, pois falhou consequentemente sai gol adversário, mas o time tem falhado em todos os setores, temos jogado com dois alas, e ate agora por incrível que pareça ainda não foi achado a cobertura ideal, Marcos Rocha tem tomado bola nas costas, Antonio Carlos sai desesperado na cobertura (dar o bote), consequentemente abre um buraco no meio, aconteceu domingo e ontem, quem tem que fazer essa cobertura é um dos volantes, quando não, se for o zagueiro, como aconteceu ontem, o volante ou um meia tem que fechar por dentro e cobrir esse zagueiro, ou seja cobertura do cobertura, domingo e ontem percebemos que quando A. Carlos saiu, ninguém acompanhou Rodriguinho, e ontem que acompanhou Tevis deu mole.

    OS VOLANTES, F.Mello e B. Henrique, são sim de qualidades, bom domínio e bom passe, mas lentos na recuperação, ai que mora o problema, isso acontecendo Roger inibe nossos alas de fazer o que eles mais sabe, atacar, outro detalhe, sabendo da lentidão dos volantes, é determinado que o meia armador (l.Lima) atue mais recuado, deixando de fazer o que sabe.

    ATAQUE, chega só bolas sem qualidades, remanescente de lançamentos longos, fator que sai totalmente das characteristics do Borja.

    PASSES ERRADOS, por o posicionamento estar errado, o passe é forçado, fora de estrategia, consequentemente os erros.

    TIME FÁCIL DE SER MARCADO, ocasionado pelo fato de posicionamentos errados, jogadores estarem tentando cumprir o que não é treinado, e as vezes fora de suas características, durante o jogo, possivelmente não vai dar certo, as jogadas não encaixam, nervosos com mais passes errados.

    PORQUE KENO SE DESTACA, porque seu perfil, sua qualidade, não é de jogar em conjunto, desequilibra no drible, no individualismo.

    RESUMO, esta tudo errado, jogadores fora de suas características, orientados para fazer o que não esta sendo treinado.

    TREINADOR I, na minha opinião, o bom treineiro, é aquela que tira o proveito das boas características de cada boleiro, e faz um conjunto.
    Nei

     
  • Às 12 de abril de 2018 10:46 , Anonymous Marlos disse...

    Vocês estão certos!
    Espero acordar e ler que o Palmeiras demitiu Roger Machado, Antônio Carlos, Lucas Lima, Borja e Marcos Rocha.
    Verdadeiros imprestáveis!
    Uma vergonha o rebaixamento no paulista e essa campanha pífia na Libertadores.
    Bom dia!

     
  • Às 12 de abril de 2018 11:17 , Anonymous Luther Blisset¹ disse...

    Não vi o jogo ao vivo mas deixei gravando para assistir de madrugada.

    Lucas Lima está atuando fora de posição e tem sido obrigado a se preocupar mais com a marcação do que em armar.

    Dudu embora craque, decisivo e na minha opinião ídolo já, é extremamente vulnerável emocionalmente. Ontem errou tudo que tentou. Acho que está na hora de descansar um pouco no banco.

    Antonio Carlos e zaga: Está na hora de tentar algo diferente.

    Keno: Titular. Melhor jogador da temporada e titular no meu ataque.

    Luther Blisset¹

     
  • Às 12 de abril de 2018 11:40 , Anonymous Verde Esverdeado disse...

    Pelo futebol que o Lucas Lima Antônio Carlos estão apresentando SÃO IMPRESTAVEIS SIM.
    E o roger, continua sentado ainda?

     
  • Às 12 de abril de 2018 12:29 , Anonymous Edson disse...

    Borja é um iluminado, um escolhido.
    Qual outra razão justificaria ter se tornado um jogador famoso?
    Só Deus explica.

     
  • Às 12 de abril de 2018 12:45 , Anonymous Edson disse...

    Roger tem que tirar o Borja urgentemente. para jogarmos com onze.
    Antonio Carlos treme em jogo grande, tem que sair.
    Lucas Lima padece do mesmo mal.
    Após a saída do Borja e do LL o time melhorou.
    Abra o olho Roger.

     
  • Às 12 de abril de 2018 13:02 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos:

    de novo quanto ao famigerado penalty(para reflexao):

    a. é bem semelhante ao famigerado penalty do Jailson. Lance igualzinho. Se um foi, o outro foi.

    b. o tal Elder provavelmente é gambá.

    c. precisa, como diz o filósofo Olavo de Carvalho, ter senso crítico:

    ---NAO é por que PCO, moço horrível como árbitro, grande INIMIGO do Palmeiras e achou que nao foi vira verdade universal. ORA BOLAS!

    ----Deixar a RGT e seus empregados decidam o que é verdade ou nao é de uma idiotice imensa!!!

    Ainda mais com o histórico imundo da RGT e do tal moço...

    Vamos pensar, e NAO aceitar as idiotices como nos sao impingidas.

    Conclusao:

    -É OBVIO que tem interesses escusos por tras disso. Ora bolas!!! A RGT quer ver o SCCP lá em cima, ou nao perceberam isso, tolinhos???

    -O brasileiro, habitualmente, é de uma burrice lastimável.

    Sao crias da Globo.
    Mas nao é por isso que devemos ser burros também, ORA BOLAS!!!

     
  • Às 12 de abril de 2018 16:34 , Anonymous Agnaldo Rizzi disse...

    Até quando o Palmeiras vai ficar com essa postura arrogante de auto-suficiente?

     
  • Às 12 de abril de 2018 18:04 , Anonymous Cleiton disse...

    Me desculpe Alcides, mas até domingo, nem o time, nem Roger e nem os jogadores, eram nada disso. Não podemos novamente incorrer no erro da troca prematura. Lembremo-nos que, técnico e time, estão juntos somente há 3 meses e poucos dias (a apresentação se deu no dia 03/01/2018). Ano passado você reclamou muito de poupar jogadores, pois dizia que quanto mais jogassem juntos mais ganhariam entrosamento, pois bem, no caso do treinador não é a mesma coisa ? Quanto mais tempo este trabalhar a cabeça dos jogadores com suas idéias, não terá melhores resultados ? Não podemos por conta de duas falhas de UM jogador, culpar o técnico. Também não podemos cobrar um time psico e fisicamente inteiro, após "a" final de domingo. Algumas pessoas reclamaram do Marcos Rocha no gol do Boca, mas esquecem que a bola estava no pé do Antonio Carlos. O que mais o Marcos Rocha ou o Roger Machado poderiam fazer para que o AC acertasse um chute como aquele ? Vamos ter paciência com elenco e comissão técnica que, se não estão jogando tudo que esperávamos, ao menos estão entre os melhores dos campeonatos que disputam. Abraços.

     
  • Às 12 de abril de 2018 19:37 , Anonymous STM disse...

    Parece que o time ainda está de ressaca de Domingo.
    Com razão, deu-se muita enfase aos erros de arbitragem...Mas, isso mascarou um pouco as nossas deficiências.
    Sinto falta do Scarpa ou de um meia qualificado, que jogue bem em jogos grandes.
    Tenho esperança que o Lucas Lima se torne este jogador com o passar dos jogos e vá adquirindo experiência e autoconfiança. Hoje, ele é um bom jogador raçudo. Acontece com a gente também... as grandes ideias, a genialidade, os estalos brilhantes, não acontecem quando estamos nos sentindo sob enorme pressão. Isso acontece com o LL. Em jogos menores, o lado craque do LL aparece... mas ele sente o jogo importante.
    Pensando no coletivo, o posicionamento defensivo precisa ser melhor trabalhado.
    Concordo que o Felipe Melo e Bruno Henrique são bons, mas são lentos... precisa de um volante mais ágil. Sem este volante ágil, não dá para o Edu Dracena entrar neste time.
    Mas ainda acho que o problema principal não é a defesa. Temos tomado poucos gols... o problema de fato é que temos feito poucos gols.
    Estamos em melhor situação que em 2017, mas longe, muito longe do ideal.
    Não gosto muito do trabalho do Roger, mas quem poderia substituí-lo?




     
  • Às 12 de abril de 2018 23:01 , Anonymous Alcides Drummond, o editor disse...

    Prezado Cleiton

    Não, não estou pedindo ou exigindo a saída de Róger...

    Leia novamente o que escrevi:

    "Não sou partidário de uma demissão imediata de Machado mas, fosse eu diretor do Palmeiras, exigiria que o time mudasse tática, técnica e espiritualmente já nos próximos jogos, colocando isso como uma espécie de "ultimatum"!

    Ultimatum não significa se você perder as duas próximas partidas vai para o olho da rua, mas pressupõe um prazo para que o time melhore, se acerte e cumpra boas performances...

    Não sou infantil ao ponto de imaginar que o Palmeiras só será bom se vencer todo mundo, preferentemente de goleada, não é isto...

    Quero que o time se acerte tenha espírito competitivo, "anima",isto é, alma e ainda que perca ou empate que o faça com dignidade

    Na verdade, o Brasileirão chegou e se o time não melhorar a qualidade de seu futebol corre o severo risco de começar a virar um saco de pancadas.

    O time anda sem motivação, sem variação de jogadas, confuso e sem uma personalidade tática de jogo mas o homem mexe pouco, não faz mudanças no intervalo, joga na defesa e não sabe preparar o time para os botes do contra-ataque.

    Da mesma forma, viu o buraco existente do lado direito da defesa, não tomou os devidos cuidados e nem percebeu que os adversários sempre nos atacam por lá sem providenciar a suficiente barreira de defesa.

    Não sabe jogar fechado mantendo sempre um dos laterais com quatro zagueiros e só por isso perdemos a maioria dos jogos em que entramos para administrar.

    Da mesma forma joga predominantemente em bolas cruzadas se esquecendo que o único homem alto de que dispomos no ataque é Borja

    Outro detalhe: não temos jogadores que cruzem bem em direção à area, nem Dudu que se esforça entre erros e acertos nessa função.

    Cadê as jogadas ensaiadas? Cadê os gols de bola parada (há dois anos não fazemos um)?

    Respeitando todos os pontos de vista contrários, repercuto o que publiquei na postagem:

    "O nó-górdio, porém, é a falta de imaginação e de criatividade de seu treinador que trabalha, muito mais, no sentido de formar gladiadores (ainda assim com ineficiência) do que para montar um time técnico com vasto repertório de jogadas, e que envolva o adversário, no melhor modelo de nossas tradições".

    O Palmeiras tem de esperar o início do Brasileirão, a fim de proporcionar todas as oportunidades a Róger, mas se o time não se ajustar e nem ganhar uma personalidade tática, by by Róger. Não será mais possível esperar sob pena da perda de outro ano.(AD)

     
  • Às 12 de abril de 2018 23:05 , Anonymous Paulo Junior disse...

    Acredito que ainda não é hora de pensar em troca de técnico.
    Os últimos dois jogos foram difíceis pq jogamos contra equipes fechadas que tem o costume de jogar assim e não é fácil passar por essas linhas de marcação.

    Se lembram do lance em que o Keno teve de passar por 3 jogadores de uma vez para tentar criar algo? E eu o considero um dos melhores, senao driblador do futebol brasileiro na atualidade.

    Poderíamos ter ganhado.. pra sair o gol houve uma falha.. não é hora de execrar o jovem Antonio Carlos.. que fez inúmeras partidas perfeitas e por dois erros não presta mais.

    Ele se entrega em campo tem qualidade e sente muito quando perdemos ou quando erra.

    Lembrem-se que fomos severamente assaltados Domingo e isso afeta os jogadores tb.

    Se quiserem começar agora a caça às bruxas em vez de apoiar o elenco pra iniciar bem o brasileiro, estejam desde já preparados pra mais um ano de frustração.

     
  • Às 12 de abril de 2018 23:08 , Anonymous Edson disse...

    Frase extraída do texto do Menon.

    A História não gosta de juízes, principalmente os de camisa preta, fala fina e com falta de imparcialidade.

    Lembraram de alguém?
    Um doce para quem acertar.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial