Observatório Alviverde

23/10/2018

AVANTI, PALESTRA!


O assunto , hoje é a Libertadores e nem poderia ser qualquer outro.

Afinal o Palmeiras decide a sua vida na maior competição das Américas, já de olho no Mundial.

Em razão disso não quero, definitivamente, falar sobre o decisivo Fla x Verdão de sábado que vem.

Prefiro - entre hoje e amanhã- ignorar que, enquanto o Palmeiras se mobiliza para as partidas decisivas da Liberta, o Fla também mobiliza seus jogadores, sua torcida,  a mídia, os árbitros e a própria CBF.

Para não ir tão longe, entendo que o Palmeiras deveria destacar alguém ou uma comissão de prepostos para ficar de olho em tudo aquilo que pode ser armado nos bastidores pelo time preferido da RGT.

Ou vocês acham que o Paraná Clube, em condições normais, perderia para o Fla em plena Vila Capanema da forma vergonhosa e revoltante como perdeu?

---------------------------------------------

Em relação ao Boca x Palmeiras espero dificuldades mais do que dobradas, isto é, multiplicadas e mais do que, simplesmente, por dois.

Os argentinos (quem não sabe?) estão com o Palmeiras atravessado na garganta e como se diz por aqui, prometem fazer o chamado "jogo da vida" para não repetir o vexame da derrota que sofretram em plena Bombonera, fora o "show de bola" sofrido.

Quem conhece os "platinos do sul" ou, se quiserem "portenhos", haja vista que o Boca é um clube de Buenos Aires, sabe, perfeitamente, que o "fair-play", tanto e quanto a conformação nas derrotas não são, efetivamente, o forte deles ou uma característica positiva que possa defini-los.

Como os conheço muito bem, desde quando a TV não existia e eu acompanhava os jogos via rádio, faço questão de antecipar que o Palmeiras que se cuide nesse primeiro jogo, pois sou convicto de que farão o possível e o impossível pela vitória para o bem, e, principalmente, para o mal.


Cabe ao Palmeiras ter paciência e sapiência para saber explorar o nervosismo do Boca, muitas vezes à beira da insensatez e da loucura, para chegar a um resultado satisfatório que facilite-lhe a vida no jogo decisivo a ser jogado no Allianz.

Apesar de minhas preocupações sou convicto de que Felipão está inteirado disso e já deve ter tomado as providências cabíveis a fim de que o seu time consiga bisar o sucesso do jogo da fase eliminatória, quando venceu com autoridade o time argentino em plena Bombonera por 2 x 0, após um empate no jogo de ida, em Sampa, por 1 x 1.  

A minha grande preocupação em relação ao confronto Palmeiras x Boca refere-se à arbitragem. 

Os árbitros, com raríssimas exceções, manifestam o mesmo medo e temor com que os árbitros brasileiros atuam nos jogos realizados sob o mando do Curica e distorcem as marcações sempre em favor do time da casa.

O sexteto arbitral terá o chileno Roberto Tobar no comando, auxiliado por seus compatriotas  Christian Shieime e Claudio Rios nas bandeiras, sendo que o nome dos árbitros atrás do gol bão foram revelados, como de hábito, e, tampouco o auxiliar.

O VAR funcionará normalmente e, também, comandado por outro chileno, Júlio Bascuñan.

A minha esperança de que a arbitragem será correta e (como exige o figurino) não interferirá no resultado final do jogo, repousa no fato de que o juiz do Palmeiras 2 x 0 Boca, dia 25 de abril em  "La Bombonera" foi, justamente, Roberto Tobar.

Para que não se diga ou se suspeite de mais nada, basta que se diga que ele teve a coragem suficiente (muitos não têm) de aplicar as regras do jogo e anular dois gols do Boca.

Eu ficaria extremamente preocupado  se o árbitro de amanhã fosse de nacionalidade boliviana, peruana ou até paraguaia como Ubaldo Aquino, aquele que impediu (impunemente) que o Palmeiras fosse Campeão das Américas em 2001.

Sem querer ser racista ou coisa assim, mas falando, exclusivamente, sob um viés cultural, a forte ascendência germânica do povo chileno, que o coloca como o mais sério e organizado entre todos os latino-americanos do sul, me trazem, mais do que simples constatação, uma forte suposição de que tudo vai dar certo e correr normalmente no quesito arbitragem!

AVANTI, PALESTRA!

COMENTE COMENTE COMENTE

OBS - Parabéns à torcida alviverde pelo show de ontem, na hora do embarque do Palmeiras a Buenos Aires! Foi tão bonito e importante que a "Globo" não teve nem como omitir! (AD)
Boca Juniors x Palmeiras Árbitro: Roberto Tobar (Chile) Assistente 1: Christian Schiemann (Chile) Assistente 2 : Claudio Rios (Chile) VAR: Julio Bascuñan (Chile)... - Veja mais em https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2018/10/18/boca-x-palmeiras-tera-mesmo-arbitro-de-duelo-na-fase-de-grupos-na-argentina.htm?cmpid=copiaecola

2 Comentários:

  • Às 23 de outubro de 2018 19:41 , Anonymous VICTOR TREDENSKI disse...

    Alcides tocou num ponto importante

    a malemolencia do parana contra o flamengo

    sim, o time está virtualmente rebaixado

    sim, o time é pessimo

    mas eu vi os tres ultimos jogos

    o parana vendeu caro as derrotas para gremio e atletico pr

    e fez o vasco, noves fora não é aquela maravilha

    suar sangue pra empatar o jogo

    só quero ver o comportamento do parana quando nos enfrentar

    bem colocado viu Alcides

    veremos

     
  • Às 23 de outubro de 2018 21:12 , Anonymous boca dura disse...

    eu diria que sao os gambas portenho
    ou abutres talves

    h

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial