Observatório Alviverde

09/03/2011

INTELIGENTEMENTE, FRIZZO E FELIPÃO DERAM UM BAILE NA MÍDIA E CONTORNARAM A CRISE DA NUTRICIONISTA! QUE VENHA O NORUSCA!

 

O carnaval, ao menos, teve um lado positivo para o Palmeiras.

Serviu para arrefecer os ânimos que estavam por demais exaltados..

A crise da nutricionista parece ter sido diluída em meio a tanta água que caiu nos últimos dias em São Paulo e em todo o Brasil.

Melhor assim, para que o Palmeiras possa tocar a vida com aquilo de que mais precisa para voltar aos seus grandes dias, a paz.

Sob um aspecto temos de elogiar a conduta de Frizzo, que na qualidade de diretor de futebol, cumpre o papel de algodão entre cristais, cujo trabalho no clube é muito mais importante do que ele próprio imagina.

Melhor para nós que Frizzo seja um indivíduo de comportamento calmo e cordato, como vem demonstrando até agora.

O desentendimento com Felipão poderia ter tido desdobramentos muito sérios, fosse o nosso diretor de futebol daqueles que apagam fogo com alcool ou gasolina.

Gostei da forma como Frizzo tornou desimportante o assédio da mídia em sua tentativa de colher uma resposta bombástica sobre a situação criada sexta-feira na concentração do Palmeiras.

Domingo, se eu não soubesse que era Roberto Frizzo quem estava sendo entrevistado, eu imaginaria que fosse algum dirigente dos bambis tal a sua habilidade em fugir do cerco verbal de repórteres muito ousados.

Por outro lado, da mesma forma,  Felipão conduziu-se muito bem no “affair” em questão, embora seja um homem sanguíneo, de comportamento diametralmente oposto ao de Frizzo,.

Sua recusa terminante em abordar o assunto antes do jogo de sábado,  foi decisiva para o restabelecimento da paz e do bom-ambiente do Palmeiras.

Houvesse Scolari abordado o tema, ainda que superficialmente, daria mais munição aos costumeiros críticos de ocasião que fariam o assunto render, com riscos de funestas conseqüências para o clube.

Apesar de tudo, eu não creio que a turma dos CPU(s),  das câmeras e dos microfones vai deixar barato e esquecer ou abandonar o tema antes e depois do jogo de hoje, às 19,30 em Bauru contra o Norusca.

Que Felipão, macaco velho e ladino das refregas desta vida, não meta a mão nessa perigosa cumbuca, a bem dele, de seu trabalho, da equipe, da diretoria e do próprio clube.

SOBRE O JOGO

Sem Kléber, sem Patrik, mas contando com a importantíssima volta de Valdívia, não sei como Scolari vai montar o time para esta noite.

Vamos tentar compor a escalação, conferindo, primeiro, a relação dos 18 convocados:

Goleiros: Bruno e Deola
Laterais: Cicinho, Gabriel Silva e Rivaldo
Zagueiros: Danilo e Thiago Heleno
Volante: João Vitor, Chico, Márcio Araújo e Marcos Assunção
Meias: Valdivia,Tinga e Luan
Atacantes: Adriano, Miguel, Max Santos e Vinícius

Dessa relação, retire-se, primeiro, os considerados donos de posição.

Bruno, Cicinho, Danilo, Tiago Heleno, Márcio Araújo, Marcos Assunção, Valdívia e Adriano.

Faltarão três jogadores para compor a equipe, na lateral esquerda, no meio de campo e no ataque.

Na lateral esquerda, não creio que Felipão tire Gabriel Silva para colocar Rivaldo que, até hoje, jamais correspondeu.

No meio campo vejo a perspectiva da entrada de Chico, a fim de permitir que Márcio Araújo, dentro de suas características, possa ajudar mais o ataque e encostar nos atacantes`, dando volume e força de chegada ao nosso ataque..

Eu não arrisco mencionar a entrada imediata de João Vitor porque Felipão gosta de colocar esse jogador sempre no segundo tempo.

Acho pouco provável que nosso treinador prescinda de Luan, pela força que dá na marcação e pelo jogador tático que é, mesmo sem ser um craque.

Se Felipão não ousar, como ocorreu diante do Santo André, quando entrou com o jovem Miguel comandando o ataque,  entendo que o time para esta noite deve ser este:

Deola, Cicinho, Danilo, Tiago Heleno e Gabriel Silva. Chico, Márcio Araújo, Marcos Assunção e Valdívia. Adriano e Luan.

FALANDO FRANCAMENTE

O Palmeiras, hoje, em Bauru, precisa vencer.

Como eu disse outro dia, não basta chegar à classificação, é necessária a qualificação para o octogonal.

Preve-se partidas acirradamente disputadas em que o fator vantagem de campanha pode representar´, em caso de empate, o próprio título.

COMENTE COMENTE COMENTE COMENTE

10 Comentários:

  • Às 9 de março de 2011 10:51 , Anonymous DESANIMADO FUTEBOL CLUBE disse...

    DIRETORIA

    Porque que vocês não envolvem o LINCONL na troca com o Ricardo Bueno do Atlético Mineiro?

    LINCONL nasceu no Galo, tem identificação com o clube e poderia ajudar o Galo no mineirinho.

    Será que ess apossibilidade já passou pela cabeça de nossos diretories de futebol ou do presidente?

    O Palmeiras paga o que deve a LINCONL, ou parcela e cede ele para o Galo, qual o problema nessa negociação?

    Se não for negociar, que pelo menos o ponham a disposição para jogar, porque ficar pagando um cara parado é mais burrice ainda.

    E depois vem o Frizzo e fala que despesa é igual unha... rá rá rá, faz me rir....

    Saudações.

     
  • Às 9 de março de 2011 12:47 , Anonymous Alcides Drummond disse...

    Desanimado
    O Palmeiras tentou, sim, a troca, por empréstimo de Lincoln por Ricardo Bueno, mas o Galo não topou.
    Por que o Palmeiras não contratou Ricardo Bueno direto do Oeste de Itápolis, que o revelou?
    Acontece que se é bom e barato a torcida rejeita.
    Jogador para ser contratado pelo Palmeiras tem de passar primeiro por outro time grande.
    Por que essa burrice e esse tolo preconceito?
    Eu não acho errado a diretoria privilegiar olhar para as contas do clube.
    Sou contra, apenas, o exagero de economia.
    Mas se o Palmeiras não conseguir zerar ou rolar as suas contas vai para o buraco.
    A torcida parece não compreender isso.
    O exagero da atual diretoria foi manifestado de forma explícita no episódio da nutricionista.
    Continuou na falta de investimento em um centro-avante.
    Mas quem cobra agora se esquece que há muitos anos não temos um centro-avante.
    Todos os jogadores que chegaram, até Vagner Love, a torcida hostilizou e não aceitou porque a imbecilidade desses caras é grande e eles não aceitam jogador sem nome e marketing.
    Se o Palmeiras procurasse o Oeste de Itápolis para contratar o Ricardo Bueno os idiotas iam brigar alegando que era a política do bom e barato.
    Mas existe algo melhor?
    Talvez as revelações da base.
    Só que quando vão buscar os jogadores lá, pinçam os de menor talento. Senão, vejam:
    Miguel foi a razão do Palmeiras não ter ganho a Copa São Paulo do ano retrasado. Leiam o que foi dito a respeito nas postagens da época aqui no OAV.
    O time era espetacular mas não tinha um goleador porque Miguel estava muito abaixo da qualidade e das necessidades do grupo.
    Agora, quando promovem Miguel a titular, eles desmotivam Ramos, Gilsinho, Tindurin e tantos outros garotos cujos nomes eu até já esqueci, que eram os verdadeiros craques daquela excelente equipe.
    A maiuor parte desses futurosos jogadores está mofando nessa porcaria de time B, esperando o momento de irem para outro clube e se tornarem novos Elias, Bruno César e outros grandes jogadores que o Palmeiras forma e depois abandona porque não tem peito e nem política favorável para os lançar, tal é a inacreditável reação de usa estúpida torcida (com exceções, é claro).
    O Palmeiras continua tentando formar times sem investir em centro-avantes e jogadores de frente que tenham, além da técnica, físico compatível com as exigênbcias do futebol que se pratica nos dias de hoje.
    Além de ser uma burrice, só os nossos dirigentes parecem não saber que isso é impossível.
    Neste momento, falta-nos,de novo um centro-avante e coragem da diretoria para investir.
    Concluindo: Ou essa economia é porca ou estão querendo tirar Felipão do sério e do Palmeiras. (AD)

     
  • Às 9 de março de 2011 13:30 , Blogger Alexandre Higino - Personal Trainer disse...

    Pois é Alcides, até que enfim vimos algo de bom nessa diretoria (nos ultimos tempos) após deixarem Felipão irritadíssimo com o caso da nutricionista os mesmos foram inteligente em colocar panos em cima e esfriar as coisas, imaginam se todos vem a público e começam a falar????
    Com relação a politica do bom e barato também sou à favor, mas contra você, não acho que Miguel seja esse desastre todo, vejo sim potencial nele e gosto muito do seu estilo de jogo, forte de presença de área, mas como tudo na vida precisa de tempo, tenho certeza de que esse GAROTO irá se adaptar facilmente ao novo futebol (futebol de base é diferente de futebol profissional, o jogo é outro, muito diferente), a categoria de base serva exatamente para suprir as necessidades do elenco profissional, o que não podemos aceitar na politica do bom e barato, é trazer, jogadores como pardalzinho, Adriano (ainda que tenha jogado relativamente bem) e tantos outros sem qualidade e deixar os meninos de qualidade da base de lado, isso não pode ser feito, a torcida do palmeiras tem que saber que o a sabe serve de apoio, não comprar jogadores...
    RAMOS, GILSINHO, TIDURIM, DIEGO SOUZA, um meia moreno que atuou na ultima copinha, esses são muuuuuuuuito melhores que os que temos no elenco atual, isso precisa mudar, esses meninos precisam ter oportunidade de atuar...
    Grande abraço a todos...

     
  • Às 9 de março de 2011 14:20 , Anonymous Alcides Drummond disse...

    Higino
    Eu não disse que Miguel é um desastre. Disse, apenas, que daquele timaço da Copa São Paulo ele era o mais fraco e que gente melhor do que ele não é aproveitada, não se sabe porquê. Torço para que ele resolva os nossos problemas, mas o considero um jogador previsível e limitado, ao menos pelo que vi até agora. É prematuro criticar o Pardalzinho que era o melhor atacante do futebol goiano e pode arrebentar. Eu só fico um pouco cético porque é mais um baixote, mas espero que ele acerte. O Adriano é bom, mas não é excepcional. Nós só teremos jogadores excepcionais (O Santos dá o exemplo mas a nossa diretoria e a nossa torcida não aceitam) quando os garotos da base tiverem vez, não naquele inútil Palmeiras B
    (Inútil como é tocado e administrado hoje) mas no time profissional. Um abraço (AD)

     
  • Às 9 de março de 2011 14:31 , Anonymous DESANIMADO FUTEBOL CLUBE disse...

    NOSSA BASE É UMA BÓSTA. NÃO TEM JEITO.
    TEM QUE VENDER TUDO ENQUANTO É TEMPO.
    ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS.
    ESSE TIME CUSTA 12 MIL REAIS A CADA PARTIDA ESTÚPIDA, FORA OUTRAS CUSTAS DE JOGADOR, CONCENTRAÇÃO, ENTRE OUTRAS.

    6 de março de 2011
    Time B segue na zona de rebaixamento

    O time B perdeu ontem do São José por 2 a 1, gol de Nadson, e segue na zona de rebaixamento da A2. O time jogou com: Rafael Alemão; David, Gualberto, Rafael (Amoroso) e Andrade; Didi, Bruno Turco, Anselmo (Raílson) e Nadson; Joãozinho e Luis (Tindurim). Reparem que o "encostado" centroavante Luis reapareceu no time B. Notem também que o time jogou com seis jogadores que nos últimos tempos estiveram listados no elenco principal. Todos produto da politiqueira campanha "base forte" dos dirigentes.

    Bruno Turco, Anselmo, Gualberto, Joãozinho e Luis.

    Faltando cinco rodadas para terminar a primeira fase da competição o time já não tem mais chances matemáticas de avançar à próxima fase. Resta a batalha contra o rebaixamento, contra o qual serão fundamentais os resultados das próximas duas partidas, em Jaguariúna, contra adversários imediatamente acima do Palmeiras B na classificação.

     
  • Às 9 de março de 2011 17:29 , Anonymous DESANIMADO FUTEBOL CLUBE disse...

    SERÁ ESSE O MOTIVO DA AUSÊNCIA SEGUIDA ?

    KLÉBER NO LIVERPOOL POR 7 MILHÕES DE EUROS ?

    JÁ ERA.

    Transfer stories from other newspapers and websites
    Liverpool have made enquiries about signing Palmeiras Sao Paulo striker Kleber , according to reports in Portugal. The Brazilian club have hit financial trouble and may be willing to sell the 27-year-old for €7m. (IMScouting.com)

     
  • Às 9 de março de 2011 18:28 , Anonymous Alcides Drummond disse...

    DESA
    Se o Kleber sair,esteja certo que, mais uma vez, não derramarei nenhuma lágrima, embora o considere um bom jogador. Por 7 milhões de Euros(duvido)eu venderia o Kléber ontem mesmo. Não será difícil encontrar alguém que seja um nove verdadeiro como ele ou até melhor do que ele.
    Com relação a sua crítica à base e ao time B, concordo plenamente, mas tem uma explicação. Que menino bom de bola vai querer jogar na base do Palmeiras se ele tem certeza de que não será promovido.
    Bruno César e Elias são os exemplos mais recentes. Então contrataram o Ladeira mas ele não conseguiu ficar nem três meses. A politicalha lá é feia!

     
  • Às 9 de março de 2011 19:10 , Anonymous DESANIMADO FUTEBOL CLUBE disse...

    ABSURDO

    AlexMuller93 AlexMüller

    Já aqui em Bauru,hospedado no hotel do Palmeiras.Desde manhã mtos fãs clamando por uma foto e ninguém desce para atender.Isso ñ tira pedaço.

    DESCASO COM O TORCEDOR. APENAS MAIS UM ENTRE TANTOS.

     
  • Às 9 de março de 2011 21:40 , Anonymous SERGIO disse...

    .
    .Fala sério!

    KLÉBER NÃO SAIRÁ AGORA!!! DUVIDO X 2 !!!

    Sobre o jogo, quando tudo estava LITERALMENTE perdido, eis que aparece o MAGO, p/ resolver.

    NÃO TENHO DÚVIDAS, é o melhor jogador atuando em solo brasileiro, FÁCIL!!!

    PARABÉNS VALDÍVIA!!!

    E sobre Felipão, se errou na escalação inicial, encerrou sua teimosia com substituições PONTUAIS.

    Está na hora de repensar a escalação. A reitegração de M. Ramos e Lincoln.

    E por fim, está na hora definitivamente de contratar mais um atacante.

    FOI DIFICÍLIMO. Mas chegamos lá.

    Vamos recalcular o curso da nau...

    BOA NOITE A TODOS.
    .

     
  • Às 9 de março de 2011 21:47 , Anonymous Miguel disse...

    Alcides, como sempre suas considerações são ponderadas e bem colocadas, mas o que me deixa triste é o tipo de conversa que aparece nos bate-papos palmeirenses: Falamos de miséria, de incompetência, erros administrativos, dividas gigantescas, falta de jogadores e mais um punhado de desgraças. Tudo aquilo que um clube de grande potencial como o nosso deveria evitar, por estas e outras afirmo com todas as letras: Estamos caminhando a passos largos para ser uma nova Lusa. Você se lembra dos anos 70 quando a Matarazzo deixou definitivamente de influenciar na diretoria? O resultado foram 17 anos de penúria e sofrimento. Agora estamos passando por um período semelhante pós-Parmalat. Nossos dirigentes não tem capacidade e são inconsequentes, eles não aprenderam que o DFP tem que ser dirigido por profissionais pagos e com resultados cobrados pela torcida e sócios. Caso contrário ficaremos nos perguntando como essas coisas acontecem com a gente e não se faz nada.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial