Observatório Alviverde

03/03/2011

SEM JOGAR O QUE SABE E PODE, O PALMEIRAS GOLEOU O COMERCIAL DO PIAUÍ. A MÍDIA VAI DIZER O CONTRÁRIO, MAS A CLASSIFICAÇÃO PALMEIRENSE ESTEVE MUITO LONGE DE SER AMEAÇADA!

 

Eu sou do tempo em que se jogava sinuca, embora sempre estivesse longe de ser um ás.

Perdia bolas fáceis de forma risível e bisonha, sobretudo quando enfrentava adversários de meu nível, isto é, os piores jogadores.

Entretanto, quando enfrentava adversários de maior categoria, crescia de produção e matava muitas bolas daquelas consideradas impossíveis para o meu nível.

Em compensação aqueles que conheciam o jogo do taco às vezes se enervavam e perdiam não apenas as bolas fáceis, mas, por vezes, perdiam o próprio jiogo.

É sob esse prisma que encaro o Palmeiras x Comercial.

Se nosso time que não é, técnica e individualmente, um portento, teve dificuldades em vencer o Comercial do Piauí, debite--se a esse fator.

Tudo começou com o terrorismo da mídia, que bateu a semana inteira na tecla do histórico negativo do Palmeiras contra equipes de menor expressão.

Esse “mantran” explorado de forma irratante e exaustiva, levou os jogadores a pensar que estavam ameaçados de perder o jogo e a classificação.

Foi por isso que a bolerada entrou em campo nervosa, sem a devida e necessária confiança. Esse aspecto pesou demais no rendimento da equipe, mormente no primeiro tempo.

Quem se dispuser a voltar a ler a postagem anterior deste OAV verá que fui bem lacônico na análise preliminar do jogo. Eu jamais imaginei que o Palmeiras perdesse ou empatasse com o Comercial do Piauí. Era impensável!

Em sã consciência, quem, senão as tias tricotadeiras da mídia, acreditava, sinceramente, que o Comercial do Piauí tinha chances, após a meia zebra de Teresina atuando em pleno Pacaembu!

COMECEI A VER O JOGO PELA BAND. DEU NOJO!

Deu-me nojo, asco e repulsa assistir à Band. O Trairão, ontem, estava atacado, disposto a defender os fracos e oprimidos até em detrimento das imagens e da própria verdade.

Torcia, desbragadamente, na cara dura pelo time piauiense, com o apoio de seu boquirroto comentarista.

REFLEXÃO

A que ponto chegou a Band, tv e rádio, rádio e tv. No afã de torcer eles registraram no primeiro tempo um impedimento (discutível) em que o comentarista garantia que ia sair o gol, outro impedimento (que não existiu) e um pênalti para o Comercial que somente ele viu.

Ah, apenas e tão somente ele viu, também, um pênalti para o Palmeiras naquela falta batida por Assunção que o goleiro rebateu e gerou uma confusão na pequena área do Comercial.

Não retiro o sagrado direito de opinarem sobre qualquer lance, da forma como acharem mais correta, ainda que discordando do que dizem.

Mas era muita cara-de-pau, muita insensatez, muita  desfaçatez. Aí eu me perguntei:

Será que estão transmitindo mesmo o jogo do Palmeiras? Estão ao vivo ou em off-tube? Ou estariam vendo outro jogo?

Os abusos e insultos à minha parca inteligência foram tantos que resolvi mudar de canal. Fui para o PFC onde verifiquei que o locutor e o comentarista estavam, sim, transmitindo, sem qualquer dúvida, o jogo do Palmeiras.

Narrava Odiney Ribeiro, comentava Vagner Vilaron, com as reportagens de Ivan Andrade.  

É óbvio que não os considero expoentes da tv brasileira, sequer do Sportv, mas tenho que me render ao excelente profissionalismo da dupla, absloutamente impecável e irretratável.

Assisti ao jogo, por lá, canal 122 da Net a partir dos 29 do primeiro tempo e não me arrependi.

Hoje, só trouxas ou desavisados acompanham a Band com o seu time de moleques piadistas metidos a engraçados, ressalvadas as exceções.

O que a Band tinha de melhor, leia-se o narrador número 10 da TV brasileira, Luciano e uma credibilidade secular desde os tempos do rádio e do velho João Saad (que figura agradável e carismática!) os seus filhos fizeram questão de demolir.

Luciano, simplesmente, acabou, mas não tem humildade para reconhecer o seu crepúsculo e segue, trastejante, a sua rota de declínio.

Hoje ele não passa, exclusivamente,  de uma bela voz que troca nomes de jogadores a cada instante e que entra na pilha daqueles que transformaram a modelar rede de Tv brasileira em um picadeiro de circo.

O velho prestígio da emissora esvaiu-se, completamente, na área esportiva, pela inexplicável identificação com o Corinthians e pelo circo que virou com a chegada do histrião Milton Neves.

Eu tinha por Milton Neves, eu disse tinha, uma baita admiração profissional e o julgava um dos grandes expoentes da atual crônica esportiva e, talvez, o maior de todos em seu “metier”.

Perdoava a sua exagerada extroversão no rádio e na TV e postava, frequentemente, em seu blog, haja vista, então,  o seu imenso conteúdo jornalístico.

Entretanto, apreciando sob um ângulo mais crítico a sua atuação, constatei que o Milton Neves de hoje, eu disse o de hoje, não passa de um profissional ôco, vazio e sem o menor senso do que é ridículo. Santa decadência de um dos maiores craques da comunicação!

Quando se junta a outros histriões como Mauro Betting, é um festival de piadas infames que não tem fim.

O pior é que as ditas piadas só interessam a eles mesmos e a quem os circunda nos bastidores da rádio ou da TV, em detrimento daquilo que deveria ser destacado, a notícia, a informação e a opinião.

“En passant” ao final da jornada da Band, tive o desprazer de assistir a mais uma “briga” dele com Neto, aquele que pensa que é um comentarista. Foi mais um festival de baixarias e abobrinhas, bem ao nível da abominável dupla.

No momento em que voltava à Band para assistir aos gols pelo Brasil foi que me deparei com Arrelia e Pimentinha discutindo asneiras e constatações fictícias.

Arrelia dizia que não dava mais a palavra a Pimentinha porque este teria elogiado o Palmeiras e que o Palmeiras não merecia ser elogiado porque jogara com 13 contra o Comercial, insinuando, como sempre o faz,  que a arbitragem havia favorecido o Verdão.

Só faltou o palhaço carequinha que eles devem ter encontrado, mais tarde também no terceiro tempo, no picadeiro número dois que é a Rádio Bandeirantes, cada dia pior do que antes.

Será que Johnny Saad não está vendo o estrago que os profissionais circenses estão fazendo com os seus veículos de comunicação, outrora paradigmas da comunicação brasileira?

Será que são melhores do que a turma do saudoso Sangirardi? Ou vão tomar o lugar da turma do “na Geral”.

Que “cazzo” de tv é essa que só quer brincar e que ao invés de dar notícias só faz galhofas?

Lamentavelmente me esqueci, ontem, que a ESPN transmitia, também, ao jogo. Não que eu me empolgue com um canal que tem Trajano, Juca, o Calçade, o falso palmeirense PVC e outros profissionais reconhecidamente facciosos.

Ocorre que perdi a narração de Rogério Vaughn, profissional sério, de voz bonita, limpa, clara, de excelente timbre e que, pelo visto, se não for palmeirense, pelo menos não torce contra o time.

CONCLUSÃO

Ganhamos de cinco e eles criticam porque so fizemos os gols depois de o adversário ficar reduzido a nove homens.

Mas o adversário só ficou inferiorizado numericamente porque o melhor time do Palmeiras os induziu a isso.

Um beque cometeu pênalti sobre Adriano que ia fazer o gol. O que é que o árbitro tinha de fazer?

O outro zagueiro expulso já houvera levado o cartão amarelo e recebeu o segundo pelo mesmo motivo, jogo violento.

O Palmeiras ganhou bem sem ter jogado bem. Mas foi uma vitória limpa!

Vamos considerar que, como disse um jogador do Vasco, cujo nome ficou perdido na história do futebol, a propósito de um jogo que o cruzmaltino perdeu em Santarém, no interior do Pará: “ Não existem mais bobos no futebol”.

O Comercial não era não foi e nem é um time bobo, mas contou com a sorte e com o nervosismo do time do Palmeiras para segurar por largo tempo um artificialíssimo 0 x 0.

Acreditem, as comadres da mídia não vão dizer que o Palmeiras perdeu vários gols no primeiro tempo, por erros e precipitações de seus atacantes,

Não vão dizer, também que chutou uma bola no travessão e que o goleiro do Comercial foi a maior figura do primeiro tempo. Tudo isso será, propositadamente, omitido.

Eles vão analisar o jogo, exclusivamente, sob a ótica da confecção do resultado em cima da inferioridade numérica do time do Piauí.

Analisando-se friamente o jogo, a goleada de 5 x 1, simplesmente, traduziu a superioridade palmeirense e restabeleceu os parâmetros do confronto,

Quem teve 62% de posse de bola, não pode ter jogado tão mal quanto a  mídia faz questão de registrar. Principalmente quando o placar final  foi de uma ampla goleada.

Quem ganha de cinco e ainda perde um penalti jogou, incontestavelmente, inquestionavelmente, iniludivelmente, muito melhor.

Já que eles dizem tanto que o Palmeiras só fez os cinco gols porque o adversário reduziu-se a nove homens eu pergunto:.

Mas reduziu-se a nove homens por quê?

Simplesmente porque fez uso, o tempo inteiro, do recurso de cometer faltas sendo que nem todas foram marcadas e nem o árbitro procurou reprimir essa conduta irregular dos piauienses.

Na verdade, para Luciano, Neto, Milton e tantos outros cronistas antipalmeirenses convictos e assumidos, o Comercial fica como se fosse a figura do coitadinho que foi prejudicado e espoliado pelo mais poderoso.

Meus amigos, o que importa, mesmo, é que ganhamos bem em cima de um time que nos exigiu bastante e tentou vender caro a derrota, embora sem conseguir o seu intento, porque voltou pra casa com a sacola cheia de de gols.

Mas hoje, anotem, os profissionais da mídia vão dizer em seus microfones, câmeras, jornais e portais que o Palmeiras teve mais dificuldades para se classificar do que o Botafogo carioca que disputou e garantiu na loteria dos penaltis a sua continuidade na Copa do Brasil, diante do desconhecido River Plate do Sergipe.

COMENTE COMENTE COMENTE

15 Comentários:

  • Às 3 de março de 2011 10:37 , Anonymous Ney Verde disse...

    Alcides;

    Muito boa suas colocações, tenho a mesma opinião, apesar do apavoramento, o palmeiras teve sempre o jogo na mão.

    Qto ao pessoal da televisãozinha, torna-se engraçado a maneira em que eles veem o jogo qdo é o Palmeiras, como pode a BANDEIRANTES, estar a marce de um pessoal desse..

    Sobre o time, o que me preocupa, é a lentidão do M. Assunção e a preguisa do Tinga, estão deixando um espaço enorme para os contra-ataques adversarios, continuo achando que a bola parada para o Assunção é muito pouco....
    Abraços a todos..

     
  • Às 3 de março de 2011 12:16 , Anonymous ARAÇATUBA JR disse...

    Alcides...como sempre textos mto bons refletindo exatamente o que foi a pelaja....
    qto a Bandeirantes, acho q vc está corretíssimo...chega a dar nauseas o Luciano MR Magoo e o bosta do neto..deus me livre...assisti ao primeiro tempo pela bandeirantes unica e exclusivamente por falta de opção, ja q o meu avô gosta do LV...
    Mas ao acabar o primeiro tempo e ele sair para dar aquela famosa mijadinha pra tirar a nhaca..heheheh...corri e coloquei ba globo que pelo menos quando torce contra o palmeiras, faz de forma velada, ou pelo menos menos aberta q a Bandeirantes....
    Lá tinhamos o cleber machado, quew ao menos nao erra o nome de ninguem, embora para mim deveria dar lugar ao milton leite nas narrações da globo e o caio, que ao meu ver é bom comentarista, entende de tática e não fica enchendo o saco e comentando somente os lances como o merda do neto
    Acho q jogamos melhor, e merecemos vencer, mas o nervosismo do time atrapalhou mto...
    Qto as jogadores, gostaria de saber qdo o felipao vai tirar o kid bengala e colocar o joao vitor ou o chico e o msm acontecer com o tinga...q a TEMPOAs merece um banco...o b a bá do futebol nos diz que não se deve atravessar bolas na frente da area e tao pouco driblar na intermediaria...td o que o tinga fez ontem..de novo...como foi contra o sp....ele ta achando q é o pelé....mas ta mais pra mané no momento...banco nele...
    e coloquem alguem pra ajudar o m araujo que ao meu ver protege a nossa defesa de forma senao perfeita, quase isso na maioria dos jogos...
    Dou os parabens ao Thiago heleno que parece estar se firmando..embora seja lento...é bom de cabeça e cobertura....acho q esta certo em ser titular...
    E o Luan hein...
    q q eh akilo???
    o começo do ano foi um aborto da natureza ele fazendo tantas jogadas e assistencias....
    o cara é totalmente previsivel...
    pega a bola..poe na esquerda e corre....ai os defensores adversarios marcam a perna esquerda e pronto..acabou o Luan...
    erra passe, nao domina bola....
    ta feio..
    serve pra banco e olhe lá.;..
    e o MAgo..ontem nao gostei dele nao..apesar de chamar o jogo e td mais...ele fez pouco perto do que estamos acostumados...e bateu o penalti numa maleita que deu até dó....kkkkkk
    mas ele tem tanto credito que ta absolvido...
    jaq o at5auqe...
    arrisco dizer q achamos alguem pra jogar com o kleber..finalmente..nao pelos gols..mas pelas corridas...jogadas, inteligencia...
    tomara q eu esteja certo..hehehe
    é isso nação palestrina..e que venha o santo andré..
    abraços

     
  • Às 3 de março de 2011 12:21 , Anonymous Benê disse...

    Alcides
    Gostei muito do texto. A nossa classificação nunca teve ameaçada mas a mídia flou nisso o tempo todo.
    O que voce falou sobre a Band é tudo verdade. Aquilo é um circo curintiano
    Tomara que essa rede perca as transmissões do brasileiro porque eles só promovem os gambás.
    Ney
    Você tocou nos pontos principais do time. O Tinga alem de preguiçoso quer driblara toda hora e perde a bola. Ontem ele deu um contrataque que quase foi gol.
    O que importa é que vencemos e continuamos na Copa do Brasil. Só que precisamos de melhorar muito para brigar por alguma coisa.

     
  • Às 3 de março de 2011 12:34 , Anonymous Bola Cheia disse...

    A turminha da imprensa mete o pau no Parmera, nas quem tá classificado é o Verdão, não é os piauiense. Se ganha todas pode jog mau que eu não ligo. Filipão, tira o Tinga.

     
  • Às 3 de março de 2011 16:39 , Anonymous Repórter disse...

    O dono do blog deve ser um cronista frustrtado. Ele reclama que a imprebsa fala mal do Palmeiras, mas ele também não para de falar da imprensa. É muita dor de cotovelo. Mude de assunto, cara. Cuide mais desse seu time ruim e podre.

     
  • Às 3 de março de 2011 17:25 , Anonymous Palestrino disse...

    Razão ou não a parte, tenho que comentar um comentário de uma lontra que aqui postou seus argumentos idiotas.
    Considerando os adjetivos que desferiu contra o nosso Palestra, deve ser um Toliminado ridículo, sem estádio e de história irrisória, ou talvez torcedor de um timinho da moda, que começou sua história depois dos anos 90 (antes era o coadjuvante do coadjunvante do Estado de SP), cujos torcedores "podem ser hexa, mas nunca serão heteros"rs.
    Ou talvez um reporterzinho esportivo de m...,que de futebol sabe tanto quanto eu sei de construção de arranha céu, como tem de monte por aí.
    Fato é que não sei o que esse imbecil vem postar um comentário num blog da torcida palmeirense, falando mal do Palmeiras. É um paga pau mesmo.
    P.S: Nem falei do Santos porque time de bairro eu deixo quieto.
    Abraços aos Palestrinos, e desculpem qualquer coisa, mas é revoltante ler uma estupidez dessa. O cara é mesmo um ignorante.

     
  • Às 3 de março de 2011 19:26 , Anonymous SERGIO disse...

    .
    O CANINDÉ É NOSSO !!!


    http://www.lancenet.com.br/palmeiras/Palmeiras-comecar-mandar-jogos-Caninde_0_437356492.html

    C/ CTZ, VAI DAR CERTO!

    MAIS UMA DECISÃO ACERTÍSSIMA DA DIRETORIA.
    .

     
  • Às 3 de março de 2011 19:41 , Anonymous Anônimo disse...

    O participante que assina como "repórter" deve ser jornalista mesmo. Não sabe porque existe o OAV e qual foi o motivo de sua criação.
    Caso tivesse a mínima capacidade de observação e fosse um pouco melhor informado saberia que OAV é "Observatório Alvi Verde", espaço criado para continuar o trabalho do OV, observatório Verde. O Observatório Verde foi inspirado no excelente programa "Observatório da Imprensa", dedicado a analisar a atuação da imprensa brasileira.
    O OAV cumpre muito bem o seu papel com atuação muito séria, critica e competente sobre a postura da imprensa esportiva em relação ao Palmeiras, clube foco dos debates.
    O OAV não pode ser responsabilizado pela atuação tendenciosa da imprensa esportiva, cujo papel é cada vez mais suspeito na cobertura do futebol nacional.
    O texto sobre este jogo traz mais uma excelente contribuição do OAV quando deixa claro como a imprensa passou a interferir no desempenho técnico das equipes, favoravelmente com campanhas motivações ou de forma contrária com campanhas negativas. Além da pressão sobre arbitragens, trabalho já tradicional entre os jornalistas a serviço de terceiros, as campanhas negativas ou positivas deveriam merecer maior atenção dos clubes e em relação ao Palmeiras, servir de alerta.
    Quanto às observações sobre a qualidade do time do Palmeiras, mais uma prova de que o citado participante é realmente da imprensa. Mostra incompetência, falta de conhecimento, parcialidade e baixo nível.

    Marcelo Luiz

     
  • Às 3 de março de 2011 20:16 , Anonymous Edson disse...

    Pela participação do "reporter", fica claro que é jornalista mesmo.
    Fique sabendo, sr repórter, que essa opinião não é apenas do dono do blog, mas de todos os torcedores, exceto curintianos e purpurinas.

    Ser "repórter jornalista", hoje em dia, significa não ter ética (coisa que a imprensa cobra só dos outros), significa não ter respeito pelo ouvinte ou telespectador e realmente não significa um indivíduo inteligente e com o dom da palavra. Inúmeros são os exemplos de reporteres jornalistas de péssimo portugues e desconhecimento total do trivial da palavra.- "menas..., reporter, menas..."

     
  • Às 3 de março de 2011 20:18 , Anonymous Jorge Araçatuba disse...

    Concordo plenamente com o Araçatuba Jr.

     
  • Às 3 de março de 2011 20:36 , Anonymous SERGIO disse...

    .
    Alcides,

    Isso aí tá com cheiro (esse sim podre) de "falecido, daquele site". SÓ PODE.


    Com dizem por aí, a inveja é uma m...

    Boa noite.
    .

     
  • Às 3 de março de 2011 21:41 , Blogger Alexandre Higino - Personal Trainer disse...

    Boa noite galera, no final do primeiro tempo fiz uma postagem totalmente desanimado do jogo, o palmeiras não tinha conseguido, até o momento, fazer um golzinho se quer na inocente zaga do comercial, e isso me deixou bastante irritado.
    o segundo tempo o time voltou com a mesma "inhaca" do primeiro tempo, mas sempre com maior posse de bola, e isso fez com que o fraquíssimo time do comercial começasse a cansar e consequentemente o jogo começou a ficar mais fácil para o verdão.
    Com as expulsões (diga-se de passagem acertadissimas) era questão de tempo para que o gol saísse e assim foi. Mas com 2 x 0 no placar não podemos nos dar ao direito de tomar um gol de contra-ataque de um time semi-amador com dois jogadores a menos em campo, mas com a superioridade numérica o jogo tornou-se fácil e o resultado veio... Agora vamos as atuações individuais:
    Começando por aqueles que não fizeram uma boa partida, TINGA, pelo amor de Deus alguem tira ele do time, alguem avisa para ele que ele não é uma meia habilidoso, que ele é apenas um volante, do jeito que está não dá, não tem como...
    LUAN, homem "INHACA", como pode, o cara não consegue dominar uma bola, acertar um passe, um chute, totalmente previsível, só dribla para a esquerda... saaaaaaai inhaaaca...
    Marcos Assunção, gosto muito desse jogador, porém não fez uma partida agradável ontem, correr errado demais, deu um carrinho no primeiro tempo que não foi expulso por milagre...
    Agora as boas atuações:
    Gabriel Silva e Cicinho em minha opinião fizeram uma ótima partida, apoiando bem, chegando no fundo com frequência, bom jogo.
    Valdívia, fez uma boa partida, longa ainda do que esperamos dele, mas dá sinais de melhora (que displicência para bater o penalti heim meu amigo???)
    E é claro não podemos esquecer do Adriano, muito bom jogo, apareceu na hora certa e no lugar certo, aproveitou-se dos espaços e finalizou muito bem de cabeça nos gols ótima partida...
    Com relação a imprensa, infelizmente assisti o jogo na BAND, medonha BAND, nossa como é duro assistir jogo com curintiano fazendo-o e torcendo contra, como o neto fala besteiras, como é neto é previsível, alguem já percebeu quando ele começa a falar e espera o lance para se pronunciar e o começo do que falava fica destoado do final???????//
    Imprensinha maldiiiiiiiiiiiiita, aff.
    Boa noite a todos...

     
  • Às 3 de março de 2011 22:22 , Anonymous Alcides Drummond, o editor disse...

    Meus amigos
    Somente agora, 22 horas, abri o blog e deparei-me com o comentário do indivíduo que se intitula Repórter.
    Como muitos registraram, o cara deve ser, mesmo, repórter. O veneno que destilou ao final da cornetada mostra o quanto essa gente tem apreço pelo Palmeiras.
    NEY VERDE
    Seu comentário é pertinente e já abordamos o tema aqui no OAV em outras oportunidades.
    ARAÇATUBA jÚNIOR
    Eu, que o conheço muito bem sei que você, a exemplo de seu pai, tem o sangue realmente verde.
    BENÊ
    Vc tem sensibilidade e sabe que a Band, rádio e tv, virou circo mesmo
    BOLA
    O que você falou, é verdade.
    REPÓRTER
    Vá baixar e assombrar em outro centro. Chuupa que aqui é Palmeiras
    ARAÇATUBA PAI
    valeu pelo apoio.
    MARCELO
    Texto supimpa. Valeeuuu.
    SERJÃO
    Bola pra frente. Jogando no campo da Portuguesa vai ser melhor pra nós, pode ter certeza.
    HIGINO
    Todos ficamos irritados ontem, com a bolinha pequena de nosso time e com conduta de alguns profissionais da mídia. O mais importante é que estamos classificados e, devagarinho, vamos ajustando o time.
    Abraços a todos.

    PS; Farei nova postagem amanhã. Vamos deixar o espaço aberto para outras opiniões, se houver.

     
  • Às 4 de março de 2011 00:22 , Anonymous Anônimo disse...

    Reporter?

    Deve ser um "foquinha" talvez.
    Texto fraco, portugues ruim, digitação horrivel, educação zero.

    Acho que terá muito futuro na midia oficial.

    Deixa falar, né Alcides?

    Só a internet mesmo permite que alguém se meta a besta no espaço dos outros e não precise se identificar.
    Assim é facil, né covardão?

    Um abraço!

    Dinho Maniasi

     
  • Às 26 de abril de 2011 23:40 , Blogger Rico disse...

    PESSOAL, NÃO DÁ PARA ACREDITAR, O LUAN JOGANDO TODOS OS JOGOS, O CARA É PODRE DEMAIS! TENHO VONTADE DE VOMITAR VENDO TAMANHA BIZARRICE EM CAMPO E O PIOR QUE UM DIA ELE AINDA FOI CHAMADO GARÇOM PELO FILIPÃO, CARÇOM! PQP! NÃO DÁ, UM CONE PARADO NA PONTA ESQUERDA DO TIME É MAIS PERIGOSO QUE ELE, ESTOU CONTANDO OS DIAS PARA ACABAR O EMPRESTIMO DELE E VOLTAR PARA A FRANÇA OU MELHOR AINDA OS IMUNDICES GAMBA CONTRATAREM ELE OU QUEM SABE OS PURPURINAS TANTO FAZ. MEU MAIOR SONHO É QUE NA RETA FINAL DO PAULISTA E DA COPA DO BRASIL ELE SOFRA UM CONTUSÃO, FIZ ATÉ UM PROMESSA, SE ELE SE CONTUNDIR, VOU DE JOELHOS, NO SOL DO MEIO DIA, NO ASFALTO QUENTE, UMS MIL METROS. UM ABRAÇO

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial