Observatório Alviverde

28/08/2011

FERNANDÃO ENTRA DE IMPROVISO E LEVA O PALMEIRAS À VIRADA E À VITÓRIA!

 

Estou escrevendo no intervalo do jogo.

O jogo está diferente do que diz Luiz Ademar, comentarista do Sportv.

Ele afirma que o Corinthians jogou melhor e dominou até os 30 minutos, mas não é verdade.

Será que Luiz Ademar está vendo outro jogo?

O Corinthians não jogou melhor do que o Palmeiras senão nos quatro ou cinco primeiros minutos.  Depois, só deu Verdão.

Na verdade, se Ademar dissesse que o Palmeiras tinha maior posse de bola e o Corinthians era mais agudo, mais ofensivo, aí, sim, estaria definindo a realidade da partida.

O Palmeiras só tornou-se agudo após sofrer o gol e a partir da entrada de Fernandão.

Não que Fernandão tivesse jogado o fino da bola ou arrebentado a boca do balão nos quinze minutos que jogou, mas, a partir de sua entrada os zagueiros do Corinthians, passaram a ter uma coisa grande pra se preocupar.

Por isso, esqueceram-se um pouco de Kléber e Valdívia e, muito mais, de Luan, libertando-os para jogar.

Luan, menos pelo gol, mais pela movimentação aproximação e chegada, foi, novamente, disparadamente, o nosso melhor atacante ao menos nesta primeira fase..

Viram, vocês todos, a partir de uma pequena amostragem porque, eu venho me debatendo há tantos anos, propugnando pela contratação de jogadores altos, fortes e ATACANTES NATOS?

Sem ataque à altura nenhum time pode e nem vai ganhar campeonatos. O Palmeiras, há muitos anos só contrata baixotes e enfeitadores para formar os seus ataques e tem pago um altíssimo preço preço por isso.

Às vezes é necessário que se tenha um jogador desse porte físico para fazer a diferença e ajudar a marcar os gols. Voltarei a esse assunto.

Ademar disse que Valdívia foi nulo, neste primeiro tempo. Olha, nulo, mesmo, foi Luiz Ademar nos comentários. Não sei porque os caras têm uma tendência a radicalizar sempre o lado negativo quando se trata de jogadores do Palmeiras.

Se ele dissesse, Valdívia teve altos e baixos neste primeiro tempo, mais baixos do que altos, aí, sim, estaria de bom tamanho, mas o comentário mais sensato seria dizer que Valdívia, que joga muito, esteve sem inspiração.

A arbitragem é que está uma calamidade contra o Palmeiras, não em erros de grande monta, mas em lances até certo ponto primários nos quais não poderia errar e que somam muito no rescaldo final do jogo.

É, meus amigos: definitivamente, essa família Oliveira não se dá bem com o Palmeiras, mesmo!

O cartão amarelo a Gabriel Silva que tocou, primeiro, na bola, em lance no qual, sequer ocorreu falta, foi aplicado porque Oliveira aceitou a pressão dos jogadores do Corinthians.

Houve uma cotovelada de Chicão no pescoço de Valdívia que ele sequer dignou-se  a marcar a falta. Uma vergonha!

Quando Luiz Ademar, justificando o erro de Luiz Flávio (que vergonha, presidente da ACEESP, até tu?) disse que os árbitros fazem isso porque Valdívia é manhoso, todos nós, mentalmente lhe perguntamos:

‘”- Quem, senão os próprios comentaristas de rádio e tv, principalmente os da Globo e Sportv, criaram essa imagem negativa para o chileno? Quem o apelidou injustamente de “cai-cai”?”

No finalzinho deste primeiro tempo, Assunção foi disputar uma bola, antecipada pelo beque corintiano que mandou à lateral. Com a maior desfaçatez, o bandeirinha e o árbitro deram a bola  para os gambás.

Linhares, que transmitiu, visivelmente, com direito a gol maior e tudo, o jogo pro Corinthians, imitou os demais companheiros e proferiu o famoso “segue o jogo”, a expressão mágica que os locutores usam para se omitir da opinião e para encobrir os erros de arbitragem, quando favorecem aos gambás, bambis e outros times aos quais a mídia tanto protege.

Pelo que depreendi do jogo até agora, temos melhores condições de vencer, mas em se tratando de nosso maior adversário, todo o cuidado é pouco.

(Texto escrito no intervalo do jogo)

================================

O SEGUNDO TEMPO

O domínio do Palmeiras, na etapa complementar, foi amplo.

Além de continuar com muito mais posse de bola, o Verdão, ao contrário do que ocorrera no primeiro tempo,  criou as melhores situações para a feitura de gols.

O belíssimo gol de Fernandão, assinalado logo aos seis minutos, deu tranqüilidade ao Palmeiras, invertendo a psicologia do jogo, fazendo o “transfert” da necessidade de vitória para os corintianos.

Sob o aspecto tático, verificou-se a mesma situação, pois o Palmeiras recuou a marcação, encastelou-se na defesa, e, teoricamente, passou a explorar os contra-ataques;

Quando se diz, teoricamente, é porque o Palmeiras, a rigor, usufruiu de  uns dois ou três contra-ataques, se tanto, que não redundaram em nada e não foi dessa forma que ameaçou o gol corintiano.

Quando saia tocando, a partir de sua própria defesa, fazendo o jogo de envolvimento, tocando de pé em pé ou lançando no costado da defesa, o Palmeiras chegava com muito mais perigo.

Outra alternativa utilizada foi a dos lançamentos longos para o homem de referência, Fernandão, disputar pelo alto com os beques e servir Kléber, Valdívia ou a quem fizesse a aproximação, especialmente Luan. 

O gol da vitória surgiu de uma jogada assim, quando Assunção cruzou na medida para Fernandão penetrar, matar no peito e fulminar, no lance que decidiu o jogo.

Na seqüencia, a falta de entrosamento atrapalhou  o desfecho dessa jogada, tentada novamente em várias oportunidades, mas, certamente, quando estiver mais bem ensaiada, será uma ótima alternativa.

Aliás, a partir de agora, poderemos acrescentar ao nosso arsenal de jogadas ofensivas, também, o jogo aéreo. Nossa bola aérea era restrita às cobranças de córneres ou de faltas quando os nossos zagueiros iam para a área tentar cabecear.

Nossa bola parada a partir de agora, ficou ainda mais forte, quase mortal, com a vantagem de que, na mesma proporção,  também aumentaram as nossas alternativa defensivas. Viram como o jogo aéreo fortíssimo dos gambás, não fez nem cócegas em nossa defesa?

MAIS UM ÁRBITRO PARA SER AFASTADO

A vitória sobre o maior rival não pode se sobrepor à necessidade de uma posição forte da diretoria contra o segundo integrante da família Oliveira, que a exemplo de seu irmão Paulo,  também é useiro e vezeiro em prejudicar o Palmeiras.

O Verdão, hoje, como sói acontecer na maioria dos clássicos, teve de vencer, além do adversário, o parcialismo explícito do árbitro.

Minimamente, a diretoria tem de ir à imprensa e protestar contra o facciosismo de um árbitro que favoreceu, e-s-c-a-n-c-a-r-a-d-a-m-e-n-t-e, os gambás. Se houvesse profissionalismo, reclamariam na Comissão de Arbitragem e na própria CBF.

GRAVÍSSIMOS ERROS

Se, no primeiro tempo, a arbitragem cometeu um grande número de pequenos erros, exclusivamente contra o Palmeiras, no segundo tempo cometeu um número de grandes erros contra o Verdão, também de forma exclusiva.

Aos l8 minutos Flávio marcou um impedimento inexistente de Luan,  daqueles em que o árbitro mostra, definitivamente, para que lado está conduzindo  a arbitragem em um lance que cheirava a gol.

Não sei o nome do bandeirinha que sinalizou aquele impedimento, mas tanto ele quanto o árbitro, deveriam ficar ao menos uma rodada sem apitar, em decorrência do erro,  primaríssimo.

A partir dos 22 minutos, Oliveira começou a marcar uma série infindável de faltas, todas contra o Palmeiras, uma atrás da outra.

Num curto espaço de três ou quatro minutos assinalou seguidamente umas dez, entre algumas que existiram e muitas que não existiram.

Entrementes, os jogadores corintianos abriram a caixa de ferramentas e bateram, a vontade, com o habeas-corpus preventivo da arbitragem, nos jogadores do Palmeiras. A maior vítima, é óbvio, Valdívia, que apanhou o tempo todo.

Na única entrada em que Chicão, já com quase 70 minutos de bola rolando, não fez falta sobre o Mago, o árbitro paralisou irregularmente o jogo apontando uma suposta infração,

Luiz Flávio preferiu não aplicar a lei da vantagem quando Valdívia driblou Chicão e mais dois corintianos no meio de campo, deixando-os para trás, na saudade e batendo as cabeças.

O Mago arrancou em alta velocidade pela meia direita, em um boqueirão aberto na defesa gambática, com boas perspectivas de chegar ao gol, mas foi parado, inexplicavelmente pelo apito do juiz. Foi outro erro crasso!

Quando Emerson perdeu a bola para Luan na lateral direita do Palmeiras e este partiu em contra-ataque pelo flanco direito do campo, foi derrubado pelo corintiano que, sequer, foi admoestado com o cartão ao impedir a corrida do palmeirense e matar outro contra-ataque..

Não satisfeito por ter paralisado a jogada com violência, Emerson bateu com os dois calcanhares no corpo do palmeirense que estava caído, de forma covarde e proposital. O Sr. Paulo Schimdt vai apresentar denúncia contra Emerson, como, fatalmente, o faz com os jogadores do Palmeiras por muito menos?

Chicão, o grosso, o tosco, o ruim de bola, deu uns tapinhas de desdém no rosto de Valdívia que retribuiu a deferência. Entretanto, Chicão aplicou sobre o chileno um tapa mais forte e nada aconteceu: Detalhe. o árbitro estava a um metro do ocorrido e preferiu fazer-se de desentendido.

Aos 35 minutos Ramon cometeu uma falta muito feia sobre Valdívia, o mais caçado em campo, e  também não foi devidamente amarelado.

O pior, entretanto, ainda  estava por vir. Ao sentir que o jogo acabava e o time que tentava ajudar estava perdendo, Oliveira tratou de ampliar o tempo de acréscimo, na expectativa de um empate reabilitador, concedendo exagerados 5 minutos de acréscimos.

Onde é que esse faccioso soprador de apito foi buscar tamanho tempo de acréscimo em um jogo no qual houve tão poucas paralizações?

---------------------------------------------------

 FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS 2 X 1 CORINTHIANS
Estádio: Prudentão, em Presidente Prudente (SP)
Data: 28/8/2011 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Vicente Romano Neto Renda: R$ 962.666,00  Público: 36.299 pagantes                              GOLS: Emerson, 18'/1ºT (0-1); Luan, 34'/1ºT (1-1); Fernandão, 6'/2ºT (2-1);
PALMEIRAS: Marcos, Márcio Araújo, Thiago Heleno, Henrique e Gabriel Silva; Chico, Marcos Assunção (João Vitor, 31'/2ºT), Patrik (Fernandão, 31'/1ºT) e Valdivia; Luan e Kleber. Técnico: Murtosa.
CORINTHIANS: Julio Cesar, Wallace (Edenilson, 34'/2ºT), Chicão, Leandro Castán e Ramon; Ralf, Paulinho e Danilo (Willian, 13'/2ºT); Jorge Henrique (Morais, 23'/2ºT), Liedson e Emerson. Técnico: Tite.                        Cartões amarelos: Gabriel Silva, Chico (PAL); Leandro Castán, Jorge Henrique e Chicão (COR)]

--------------------------------------------------

O QUE EU QUERO DIZER:

1) Que Marcos tem de continuar operando os seus milagres em nossa meta. Deola é ótimo, mas Marcos, apesar a idade, é um fora-de-série.

2) Que Araújo substituiu Cicinho com vantagem na porta da cozinha, mas, para atacar, deixou a desejar.

3) Que a dupla de zagueiros Tiago-Henrique está afinadíssima, jogando o fino da bola, mormente Henrique.

4) Que Gabriel Silva ainda tem muito o que aprender para tomar conta da ala esquerda.

5) Que Chico começou o jogo mal, mas, depois, se firmou.

6) Que com mais jogadores de estatura, leia-se Chico e Fernandão, nossa defesa perdeu a vulnerabilidade constante no jogo aéreo e, de quebra, ganhamos também a condição de ter o jogo aéreo ofensivo contundente.

7) Que com mais canhotos no time, já não somos mais um time ofensivamente tão previsível.

8) Que Kléber fez um primeiro tempo espetacular, com muito empenho e doação, mas caiu demais, fisicamente, no segundo tempo.

9) Há como que um ódio dos adversários contra Valdívia que apanha, apanha e apanha sem que os árbitros sequer marquem as faltas. A mídia, como fez hoje o Luiz Ademar, apenas o chama de manhoso. Providenciem, urgentemente, uma lupa ou um binóculo, por favor, para o presidente da Aceesp e para a maioria de seus colegas de Sportv , Première e Organizações Globo.

10) Fernandão foi a personagem do derby. Contribuiu decisivamente no gol de empate e fez uma pintura de gol que, fosse feito com a camisa de qualquer outro clube que não o Palmeiras, disputaria em qualquer rede de televisão, a condição de o gol mais bonito da semana.

11) Quem jogou melhor? Henrique, Thiago Heleno ou Luan? Entre os três necessariamente, terá de sair o melhor em campo. Para mim, foi Luan!

12) Quem jogou mal? Talvez Patrik, pelo fato de não cumprir a missão que lhe foi determinada, embora, do ponto de vista individual, seja um ótimo jogador.

13) Valdívia jogou aquém de sua capacidade no primeiro tempo, mas não foi nulo como disse o comentarista do Sportv. No segundo tempo cumpriu bem o seu papel tático, subiu de produção e foi peça importante na vitória alviverde sobre os gambás, mesmo sem render tudo o que sabe e pode.

14) Marcos Assunção executou a sua missão de cruzador e batedor de faltas com brilhantismo e foi o artífice da vitória. Defendeu bem e comandou o time enquanto teve fôlego para correr e marcar. Foi substituído aos 31 do segundo tempo. Parece que Felipão começa a enxergar que Assunção não resiste mais noventa minutos de um futebol cada vez mais exigente e competitivo, fazendo entrar João Vitor que correu bastante e ajudou a manter o resultado favorável.

15) Para encerrar, que seja feita a justiça a Felipão e Murtosa  A entrada antecipada de Fernandão logo aos 30 minutos em lugar de Patrik  evidencia que a dupla enxergou a principal nuance tática e decifrou código do jogo. Fernandão, ao contrário de Patrik, obrigou a defesa adversária a nomear um zagueiro para a marcação pessoal constante ao galalau, propiciando mais liberdade a Kléber, Valdívia, e, principalmente Luan. A entrada de Fernandão foi um divisor de águas e definiu o jogo para o Palmeiras.

TELEVISÃO

Linhares narrou muito bem sem encher tanto o saco com firulas e comentários desnecessários. Foi uma narração superior à do palrador, digo, locutor Milton Leite (o melhor do canal quando se limita a narrar) no Palmeiras x Vasco

Faço-lhe críticas, porém, pelo corintianismo evidenciado em várias oportunidades. Não sei se ele é corintiano, mas os narradores adoram fazer média e agradar as torcidas dos times de massa se esquecendo que falam para todas as torcidas.

Imperdoável foi ele dizer, assim que começou o jogo, que Kléber estava em jejum de gols. Isso evidencia desinformação.

Os profissionais da mídia, mesmo os que têm a rodagem e a experiência de Linhares, têm de se preparar para transmitir qualquer evento de somenos importância, quanto mais um clássico da grandeza e dimensão de um Palmeiras X Corinthians.

Se ele se preocupasse, menos, com os jogos do passado e, mais, com aquilo que está acontecendo não teria incorrido em semelhante “barriga”. Aliás a crítica vale, também, para a maior parte dos narradores.

O presidente a Aceesp, a exemplo de Valdívia foi mal no primeiro tempo, mas reabilitou-se na etapa complementar. Entretanto, como ocorre com a maioria esmagadora dos comentaristas de tv, ele não tem boa qualidade vocal, e, muito menos, veemência.

Aliás, na TV tudo é dito na maciota, quase que à socapa e a maioria dos profissionais parece ter medo de expressar com a ênfase que os assuntos requerem.

Vou falar contrariado,  porque detesto e abomino os invasores de minha profissão, mas, atualmente, o melhor comentarista  entre os da Globo matriz e os canais alternativos globais tem sido o ex jogador Muller.

Além de conhecer a mortadela, Muller não tem escorregado nas reentrâncias e nem caído nas armadilhas fatais da complicada língua portuguuesa e fala, sem medo, ressalvas ou melindres, com a veemência necessária que os fatos exigem, doa a quem doer.

Muller vem dando um banho de conhecimento e coerência, ocupando um importantíssimo espaço entre a conveniência e a acomodação dos comentaristas globais e a incontinência verbal de Neto, da Band.

Ele se situa exatamente no meio das duas tendências e como diz meu velho Tio Valdomiro lá em Pederneiras, certamente satisfeitíssimo com a vitória do Verdão, “no meio é que está a virtude! “

Fernandão garante que sim!

ESCOLHA O ASSUNTO E DEIXE A SUA OPINIÃO.

COMENTE COMENTE COMENTE

29 Comentários:

  • Às 28 de agosto de 2011 18:50 , Anonymous edson disse...

    Perfeita visão de jogo Alcides.
    Esse juiz promete muito.
    O Luiz Ademar me parece meio contrariado com a boa apresentação do Palmeiras e tal qual o Noriega, no meio da semana, só fala do que o Corinthians tem que fazer para ganhar o jogo.

     
  • Às 28 de agosto de 2011 19:18 , Anonymous Anônimo disse...

    Marcos - no jogo de quinta,era pra ter pulado e nao pulou;hj fez o contrário,querendo adivinha a trajetória da bola
    Araújo - ficou só na marcação e se garantiu
    Henrique e TH - partidaça dos dois
    Gabriel - péssimo!
    Chico - fez seu papel sem problemas
    Assunção - lindo lançamento pro segundo gol
    Patrik - E o Elkesson nao veio por causa dele
    Valdívia - patético,andou o jogo todo
    Luan - MELHOR EM CAMPO.CHUPA NIVAS!!
    Kléber - apagado em campo

    Fernandão - mudou a história do jogo.Gol de quem é do ramo
    J.Vítor - entrou pra fechar o meio-campo



    Henrique

     
  • Às 28 de agosto de 2011 20:36 , Anonymous Anônimo disse...

    Luan, melhor em campo, partidaço!

    Henrique e Heleno, paredão.

    Chico, segundo melhor em campo.

    Fernadão, as vezes apanha da bola, mas sua presença permite ao Kleber jogar como gosta, circulando a área e tendo um centroavante como referência, grande presença de área e que golaço! Foi muito bem.

    Assunção, que metida de bola no 2º gol, heim?

    Valdívia, pouco produtivo, um pouco displicente, precisa buscar logo sua "inspiração" pois é peça fundamental no esquema de jogo do Felipão.

    Kleber, perdeu 1 gol feito no 1º tempo (de cabeça), parecia um pouco pressionado mas rendeu bem, como de costume.

    Estamos na briga!!!

    ***********************************

    Em Santa Catarina, estréia do Lincoln, 2 semanas sem nem sequer realizar um coletivo mas foi o dono do jogo na equipe do Avai no primeiro tempo, jogou muito!

    Figueirense 2 x 3 Avaí.

    Ah! o técnico do Avai no jogo de hj foi o Betinho, que é auxiliar técnico do Toninho Cecílio, pra quem não se lembra, Betinho jogou no Palmeiras nos anos 80, fazia dupla de meias com o Edu Marangon e era muito bom jogador.

    Abraços!

    Dinho Maniasi

     
  • Às 28 de agosto de 2011 20:40 , Anonymous Anônimo disse...

    Sobre o Marcos:

    Partidaço!

    No lance do gol foi traído pela falha do Henrique, nada podia fazer, que não venham falar que foi falha do Marcão!

    Será que o Chicão vai ser indiciado por ter dado um tapa no Valdívia e pela cotovelada no rosto do chileno?

    DUVIDO!!!

    Dinho Maniasi

     
  • Às 28 de agosto de 2011 20:43 , Blogger Unknown disse...

    Não poderia ser melhor, o time jogou bem, ao meu modo de ver, os gambás não são tão ruins mas não são tão bons, tiveram bons momentos, o gol deles saiu por uma infelicidade o shaik cruzou a bola e passou por todo mundo...

    No modo geral o palmeiras foi bem melhor no jogo e fez o que precisava fazer para ganhar o jogo, o time deles foi preparado para as possíveis finais de libertadores, o ápice passou tendem a cair, venho falando isso desde que fiz um curso de treinamento com o fisiologista deles, que diga-se de passagem é o melhor do brasil e um dos melhores do mundo, eles vão apenas brigar para a vaga na libertadores e nada mais...

    Felipão hoje merece parabéns, tirou a DESGRAÇA do patrick que não consegue render no palmeiras e colocou um estreante, olha que progresso heim, colocou fernandão, que não fez uma graaaaaaande partida, mas foi bem, disputou bolas, apareceu para fazer o pivô e fez um MARAVILHO GOL, digno de quem sabe...

    Parabéns ao palmeiras que em meu modo de ver, volta a brigar pelo título, se mantiver a maneira de jogar...

    Abraço a todos...

     
  • Às 28 de agosto de 2011 20:49 , Anonymous Edson disse...

    Vídeo de motivação ao SPFW.http://www.youtube.com/watch?v=X3yGSJE53kU

     
  • Às 28 de agosto de 2011 21:01 , Anonymous Anônimo disse...

    O Palmeiras, mesmo com todos os problemas técnicos, teria sido o campeão do turno com arbitragens sérias.
    Essa é a conclusão do “Placar Real” página da UOL sem nenhuma ligação com a torcida do Palmeiras.
    Uma prefeita lição para muitos palmeirenses que se julgam especialistas e realistas para analisar o time.
    Para quem ainda acha que falar das arbitragens e do extra campo não é significativo estão ai os números do primeiro turno.
    O fato ter uma diretoria de amadores é lamentável e conhecido, mas ter uma torcida no mesmo nível é mais lamentável ainda.

     
  • Às 28 de agosto de 2011 21:35 , Anonymous Edson disse...

    Palavras corretas do Marcelo Henrique.

    Dinho, mãos à palmatória, enquanto esteve em campo o Assunção foi muito bem. Um dos melhores em campo.

    Hoje o Felipão foi esperto ao saber a hora de trocá-lo por mais juventude.
    Assim deveria ser sempre.

     
  • Às 28 de agosto de 2011 22:15 , Anonymous Sérgio de Mauro disse...

    18:30h, não pude acompanhar o jogo, ligo o rádio na CBN para ouvir algum comentário. Gesto temerário, eu sei.

    1º Ato

    Ouço Paulo Massini durante uns 15 minutos explicando detalhadamente porque O CORINTHIANS PERDEU. Aí o outro repórter pede para o Massini comentar pelo lado do Palmeiras. Duas frases. A primeira, o Palmeiras podia ter feito mais um gol mas não quis (faltou ousadia). A segunda, crítica às entrevistas pós-jogo, porque falaram pouco.
    É MOLE?!

    2º Ato

    O repórter descreve o entrevero entre Chicão e Valdívia, falando claramente que Chicão COMEÇOU A PROVOCAÇÃO COM O TAPINHA NA CARA. Depois, sem coerência nenhuma, cita o "brilhante" Deva-Joyce-Pascovitch, para quem "é sempre o Valdívia". Ué, mas quem ele disse que começou a confusão, mesmo?
    Volta o "palmeirense" Paulo Massini, também metendo o pau no... no... no Valdívia, é claro.

    Cabe perguntar: o Paulo Massini que escreve até umas coisas legais no blog é o mesmo que trabalha na fétida CBN, ou são clones? Ou quando está na CBN, para garantir seu emprego, não se importa em fazer o jogo sujo de imprensinha, em ser pau-mandado de algum chefete gambambi?

    Não aguentei, pus na rádio Disney para minha filha ouvir as músicas dela.

     
  • Às 28 de agosto de 2011 23:26 , Anonymous Edson disse...

    É Sérgio, essa é a imparcial imprensa paulistana. A que se diz profissinal.
    Cambada de amadores, como diz o Alcides.
    Mal intencionados como diz o colega Marcelo Henrique.

     
  • Às 29 de agosto de 2011 00:36 , Anonymous Anônimo disse...

    Visit us at the moment to obtain more low-down and facts in the matter of Come to see us at times to obtain more facts and facts in the matter of [url=http://www.arch-stat.waw.pl]Architektura[/url]

     
  • Às 29 de agosto de 2011 00:59 , Anonymous Anônimo disse...

    Sérgio
    Trata-se do mesmo Paulo Massini.

    Alcides
    O Linhares se referiu ao jejum de gols do Kleber em jogos do brasileiro,se referindo que ele marcou pela última vez na partida contra o Avaí.

    Na Gazeta o Chico Lang disse que o gol do Luan foi ilegal pois dois jogadores de branco pularam em cima do goleiro deles e foi desmentido pelos demais integrantes da mesa que disseram que quem pulou contra eles foi o goleiro.

    Disse ainda que a partida deveria ser anulada por que o Felipão deu entrevista após a partida e foi apoiado pelo ex-árbitro Godoi.

    É brincadeira???

    Ainda não assisti ao programa do Avallone, depois de assistir posto aqui algumas observações.

    Grande início de semana pra nós palmeirenses!

    Abraços!

    Dinho Maniasi

     
  • Às 29 de agosto de 2011 02:26 , Anonymous Alcides Drummond disse...

    Dinho

    Chico Lang, o que faz tipo, nem merece ser citado. Um sujeito que está na imprensa para defender um clube e se autopromover através disso, não pode e nem deve ser levado a sério.

    Se o Linhares queria se referir ao jejum de gols de Kléber no brasileiro deveria ter feito a ressalva.

    A verdade é que ele errou mesmo e voltou ao assunto no segundo tempo

    Quanto ao apoio do Godoy à tese furadíssima do Lang, esperar o que desse cara, um antipalmeirense tradicional e convicto. O que ele, como árbitro e bandeira já nos prejudicou em tempos idos, dá para escrever um livro de centenas de páginas.

    Como é que se vai anular um jogo que chegou ao final sem maiores incidentes, em face da entrevista de um técnico suspenso? Onde é que está o erro de direito?

    Quantos técnicos já agiram assim sem que houvesse nenhuma consequencia e nem citação na mídia?

    Quando nós palmeirenses dizemos que a imprensa persegue o Palmeiras os filhos da puta dizem que nós é que temos mania de perseguição ou que é teoria da conspiração.

    Está aí mais um exemplo de quanto eles odeiam e não toleram as vitórias do Palmeiras. Como essa gente nos persegue, não é mesmo?

    Sou convicto de que essa tese do Lang e do Godoy não prospera, mas poderá render multa ao clube e, por extensão, quem sabe, mais suspensão para Scolari. No fundo é isso mesmo o que eles querem.

    Assisti ao programa do Avalone, mas os convidados, como na maioria das vezes, eram muito fracos em matéria de opinião, tirante o próprio Avallone e o Dr. José Gonçalves.

    Avallone precisa inovar e levar gente de mais representatividade e qualificação aos debates, assim como parar de convidar tantos torcedores.

    Ao mesmo tempo, tem de manter os seus fiéis auxiliares Bruno Profetinha e Paulinho Arapuan que são bons e com os quais o público já se acostumou.

    A defasagem, repito, vem sendo ocasionada pela falta de expressão da maioria os convidados. (AD)

     
  • Às 29 de agosto de 2011 06:38 , Anonymous Anônimo disse...

    Hi

    What do you thing about below diet supplement? I'm going to buy something good for muscle growth. Please give me a piece of advice.

    [url=http://www.mykobiety.net.pl/w-jaki-sposob-zadbac-o-siebie.html]W jaki sposob zadbaæ o siebie?[/url]

     
  • Às 29 de agosto de 2011 08:40 , Blogger Sílvio Semprini disse...

    Em todos os telejornais matutinos, foi dada mais ênfase ao fim do 1º turno com a liderança gambá do que sobre a vitória Palestrina. Apenas comentários superficiais, sem as longas matérias idólatras que geralmente são dedicadas quando das vitórias dos favelados. É lamentável a parcialidade pública a que se dedica a imprensinha chinfrim, assim como outros tipos de méRdia.
    Para nós, o importante é sabermos que com alguns pequenos ajustes, o Palestra estará entrando diretamente na briga por este título.

     
  • Às 29 de agosto de 2011 09:07 , Anonymous Sérgio de Mauro disse...

    Prezado Dinho,

    Era apenas uma ironia, eu até conheci pessoalmente o Massini, me pareceu um cara legal, fora do ambiente do futebol.

    É o que falei, no blog o cara é um, não deve ter pressão, naquele antro gambambi deve ser patrulhado mais que a fronteira do Texas com o México.

     
  • Às 29 de agosto de 2011 10:15 , Anonymous Thiago Ramos disse...

    Já até me acostumei a ver o Palmeiras jogar contra no mínimo doze. Mas é assim mesmo, quando vencemos, provamos que quando há dedicação, não importam os obstáculos; somos capazes de os transpor.

    Parabéns pelo texto e Parabéns à toda a torcida palmeirense.
    Ótima vitória

     
  • Às 29 de agosto de 2011 10:18 , Blogger Sergio Mendonça disse...

    Uma excelente vitória, colocando o Palmeiras na direção da disputa do Campeonato Brasileiro e vaga para a proxima Copa Libertadores.

    Faltando somente o blog mencionar os fatos lamentaveis ocorridos fora do estádio, onde torcedores do Palmeiras foram baleados provavelmente pelos agentes da lei (afinal são os unicos que estão armados).
    Mais detalhes seguem adiante:
    http://blogdoquesada.blogosfera.uol.com.br/2011/08/28/torcedor-e-tratado-como-bandido-no-futebol/

     
  • Às 29 de agosto de 2011 11:04 , Anonymous Anônimo disse...

    O BITÉLÃO FUNCIONOU

    Mas isso não é novidade.

    O tal de Mestre dos Magos já antecipou à meses que o Palmeiras deveria utilizar o atacante Dinei de centroavante porque era o único que o Palmeiras tinha.

    Disse que o esquema do Palmeiras era pautado num jogador de área, assim como realmente foi no campeonato paulista no início, quando Dinei ainda não tinha machucado e o Palmeiras jogava de forma convincente.

    Usar o Bitélão não era supresa.

    Era dever.

    Mas esse Fernando Bitélão é diferente.

    É o Finazzi que o Palmeiras deixou de contratar a alguns anos quando ele estava no auge.

    Quem sabe daqui a pouco a gente não escute mais vezes no estádio:

    NÃO É MÓLE NÃO, ABAIXA AS CALÇAS QUE LA VEM O BITÉLÃO.

    KKKKKKKKKKKKKK.

     
  • Às 29 de agosto de 2011 14:05 , Anonymous Anônimo disse...

    Eu não tenho muito tempo atrás começou um blog , as informações fornecidas neste site me ajudou tremendamente. Obrigado pelo seu tempo e todo o trabalho.

     
  • Às 29 de agosto de 2011 18:22 , Anonymous NEY VERDE disse...

    Marcos, mais uma falha, no restante se comportou como um goleiro do Palmeiras deve se comportar.

    M.Araujo, timido, não esta em boa fase.

    Tiago Heleno e Henrique, dois gigantes, perfeitos.

    G. Silva, muita mascara, Gerley, é melhor.

    Chico, perfeito jogou muito.

    M.Assunção, compriu seu dever, saiu na hora certa, já estava andando em campo.

    Luan, no geral foi muito bem, mas tem suas horas de EDU (ex ponta do Palmeiras).

    Valdivia, parar de reclamar e chama o jogo para si.

    Kleber, com altos e baixos, muito esforçado.

    Fernandão, fez o que um centro avante tem que fazer, na primeira guardou.

    Felipão, foi bem, mudou na hora certa, acho que deve continuar lá de sima.

    Juiz; FDP, na base do discreto tentou fazer de tudo para ajudar os gambas, apitou muito contra o Palmeiras e nada a favor.

    Tem que ganhar do botafogo e embalar, da para encostar na frente, o campeonato esta nivelado...

     
  • Às 29 de agosto de 2011 18:41 , Anonymous Anônimo disse...

    Esse texto deve ser enviado para o Luiz Adhemar, para o Linhares e para o Noriega.

    Quem assistiu hoje o Globo Esporte de SP e o Arena pode notar como existe por parte dos "jornalistas" da emissora um ódio explicito ao Valdívia.
    Não é difícil entender porque existem reações como essa do limitado Chicão.

    Cada dia fica mais evidente que não interessa para o pessoal da Globo e do Sportv que o Palmeiras entre na briga pelo título, que atrapalhe a festa dos seus preferidos.

    Caso tivéssemos na arbitragem brasileira um comando sério, condutas como a do Luiz Flávio não aconteceriam e se ocorressem, eles seriam afastados. Ao contrário, árbitros com esse perfil são escala constante para os jogos do Palmeiras. Até que ponto existe erro e até que ponto existe a intenção de direcionar os jogos?

    A imprensa brasileira estaria fazendo de conta que não ocorre nada de estranho nas arbitragens se o alvo não fosse o Palmeiras e sim os dois clubes do povão? Diriam: “segue o jogo”?

    Marcelo Luiz

     
  • Às 29 de agosto de 2011 21:05 , Anonymous Edson disse...

    Essa é para o Alcides e Marcelo Henrique.
    O que vocês acham dessa imparcialidade?

    Copiado do blog 3VV.

    No Sportv, no intervalo do jogo de Avai x Figueirense, passavam os gols dos jogos da tarde. O Palmeiras foi o último. Quando retornou para o Milton Leite, ele não percebeu o audio aberto, e disse que o Fernandão estava impedido. Um colega ao lado disse que o atacante não estava. Mas o Milton, rindo, disse: "Mas eu daria impedimento".

     
  • Às 29 de agosto de 2011 21:31 , Anonymous Alcides Drummond disse...

    Edson

    A partir de sua informação eu coloco o "profissional"(?) Milton Leite no mesmo patamar de Chico Lang. Sorte, a dele, que não tenho poderes no Sportv pois, se tivesse, eu, sumariamente, o demitiria a bem da ética, da seriedade e do bom jornalismo. Mas ele e a rede em que trabalha se locupletam. A Globo é podre!

     
  • Às 29 de agosto de 2011 21:54 , Blogger Miguel disse...

    Ser´que alguém da imprensa pró-gambá vai finalmente dizer que existe uma crise lá? Estou cansado de exclusividades de crises no Palmeiras, vamos dividir um pouco a incompetência. Eu também assisti ao programa do Avallone, e achei as opiniões equilibradas e consistentes, e todos confirmaram que Luan foi o nome do jogo, e que o Fernandão vai fazer a diferença apesar de não ser propriamente um craque da bola. Quanto ao Chico Lang, ele nem merece nossa consideração, pois adotou o personagem de corinthiano chato e agora está aprisionado nele, não vai encontrar trabalho em mais nenhuma emissora séria. Diferente do Dr José Gonçalves , o causídico, que faz o papel do corinthiano consciente da situação preocupante de lider ameaçado. Estou muito animado com a estréia do Ricardo Bueno e quem sabe do Pedro Carmona.

     
  • Às 29 de agosto de 2011 22:07 , Anonymous araçatuba jr disse...

    Alcides,
    Acredito que depois dessa denuncia que o Edson fez com o Milton Leite, voce poderia escrever para ele diretamente, dizendo para respeitar o palmeiras e palmeirenses que sao os que pagam grande parte do salario dele.
    http://www.miltonleitereal.com.br/
    esse é o site dele!
    saudações alviverdes e por favor transmita nossa censura a esse senhor!

     
  • Às 29 de agosto de 2011 22:14 , Anonymous Anônimo disse...

    Ia postar aqui o ocorrido na transmissão do SporTV mas o Edson já postou.

    Assisti ao clássico catarinense, pois estava curioso pra ver a estréia do Lincoln pelo Avaí e pude constatar o que foi postado no 3VV.

    Milton Leite deveria tomar uma dose de Cimancol, pois não é a primeira vez que ele é flagrado fazendo comentários pejorativos a outros clubes.

    Lembram qdo ele foi pego dizendo:

    "O Ceni é chato pra caralho!"?

    Tá certo que ele é chato mesmo, mas ele deve ter em mente a posição que ocupa e entender que ele não está narrando pra Gaviões.

    Abraços.

    Dinho Maniasi

     
  • Às 29 de agosto de 2011 22:25 , Anonymous Alcides Drummond disse...

    Araçatuba
    Bom ter vc de novo aqui no OAV. Olha de nada adianta postar em sites ou blogs desses caras porque eles censuram o que não lhes interessa.
    Fique tranquilo porque ele é leitor assiduo de nosso blog, super lido nas redações do Sportv e da Globo.]O Dinho definiu tudo em sua última frase: "ele(Leite) deve ter em mente a posição que ocupa e entender que ele não está narrando pra Gaviões"
    Mas, lamento dizer, amigo Dinho, que ele pensa exatamente o contrário. O mundo tá cheio de pessoas que têm talento, mas não têm inteligência para tirar proveito daquilo que Deus lhe deu.

     
  • Às 30 de agosto de 2011 00:32 , Anonymous Anônimo disse...

    Tá falado Alcides!

    Dinho Maniasi

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial