Observatório Alviverde

25/08/2011

PALMEIRAS 3 X 1 VASCO DA GAMA. VITORIA ESTÉRIL, MAS COM SABOR DE REABILITAÇÃO!

 

Estou escrevendo no intervalo do jogo.

Algumas palavras que definiram o nosso primeiro tempo:

Esforço, luta, empenho e responsabilidade..

O Palmeiras teve tudo isso, mas faltou o espírito de superação.

Espero que isso ocorra no final do jogo, se necessário, porque, até agora, conseguimos cumprir, talvez, 50% de nossa tarefa.

UM NOVO TIME.

Tudo o de melhor que fizemos neste primeiro tempo tem uma raiz: a presença de um bom número de canhotos.

Pena que os nossos canhotos sejam comuns e não os craques de primeira linha que costumam desequilibrar.

Nosso gol de abertura foi fruto do arremate de um destro, mas terminou com a conclusão de um canhoto.

Valdívia bateu rasteiro e forte, como detestam os goleiros, Fernando Prass espalmou a bola úmida nos pés de Luan que concluiu com sucesso.

Aquele era um lance típico para canhotos. Um destro dificilmente teria o mesmo sucesso de Luan.

O DOMÍNIO PALMEIRENSE

O Palmeiras dominou, completamente, o jogo até por volta dos 25 minutos deste primeiro tempo.

A partir daí, Felipão mandou Murtosa recuar o time pois a vantagem no marcador repunha o time do jeito que Felipão mais gosta, isto é, atuando na defesa à espreita de um contra-ataque decisivo e definidor.

Isso permitiu que o time vascaíno reequilibrasse o jogo e revertesse a vantagem tática palmeirense.

A partir daí o Vasco foi perigoso e, conquanto tenha chegado muito pouco, criou duas situações efetivas de gol.

Uma delas numa cobrança rápida de falta por Diego Souza tentando pegar Marcos adiantado, mas o santo teve tempo para dar dois passos em recuo e defender.

O outro foi um chute em curva de Leandro (como joga como se empenha e. como se doa esse jogador quando enfrenta o Palmeiras) proporcionando a Marcos a defesa mais difícil entre todas as que eu vi neste ano, ao menos até agora. Foi uma defesa sensacionaaaaalll.

Houve reclamação da torcida quanto a um possível pênalti de Leandro em Gabriel Silva ao final deste primeiro tempo, que eu, sinceramente, não vi.

Resta agora o segundo tempo para que o Palmeiras se classifique. Está difícil mas não é impossível.

Como eu disse no começo deste comentário, ainda temos, além de  esforço, luta, empenho e responsabilidade, uma outra virtude para colocar em campo, a superação.

Com o auxílio da Leal torcida, temos tudo para vencer, posto que temos um time bem melhor o que esse misto do Vasco.

Enquanto isso, Milton Leite, Noriega e Cereto, fazem a melhor transmissão do Sportv para jogos do Palmeiras nos últimos tempos. Que continuem assim.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

O SEGUNDO TEMPO

MILTON LEITE E NORIEGA DESANDARAM

Terminado o jogo, Milton e equipe do Sportv, não conseguiram levar a nota dez deste OAV.

A partir do gol do Vasco, baixou o velho espírito da matraca em Milton que voltou, novamente, mais comentar do que narrar.

Era notório, pelo seu tom de voz, e por sua indisfarçável alegria, que a maior parte das frases que proferia, tinham , muito mais, o propósito de gozar alguém, possivelmente o Noriega, do que de comentar o jogo.

Explico: a simpatia clubística de Noriega é diferente da de seu companheiro de jornada.

Foi irritante vê-lo, novamente, abdicar de nos proporcionar o excelente áudio de sua narração, a fim de dar vazão a sua satisfação pessoal disfarçada sob a forma de comentários.

Isso, em última análise, tem nome: p-r-o-v-i-n-c-i-a-n-i-s-m-o!

Ele deve imaginar que ninguém percebe o seu risinho contido, carregado de sarcasmo e de deboche, dirigido, deduz-se  e imagina-se, ao colega, de forma bem perceptível a cada frase aparentemente, pretensamente séria que profere.

Sei que tudo é brincadeira entre amigos, mas soa como um visível caso de buylling televisivo (também aos palmeirenses que assistem ao jogo) que se torna ainda mais claro e mais explícito quando Leite se comunica com o corintianíssimo repórter Cereto.  Como diz um velho ditado do tempo dos agás, um gambá cheira o outro e só assim se satisfaz!

Noriega, por sua vez, cometeu o erro de analisar o jogo quase que exclusivamente pelo viés do Vasco. Tudo era Vasco. Parecia que só havia um time jogando no Pacaembu. E, no entanto, era o Palmeiras que vencia e prevalecia dentro de campo.

Os comentaristas têm de cuidar para que as análises dos jogos não tomem essa conotação unilateral e facciosa, que, às vezes, nem eles próprios percebem.

Devem considerar que falam não para uma, mas para duas torcidas, em especial e as opiniões têm de ser bilaterais.

Eu não tenho dúvida da idoneidade e da imparcialidade profissional de Noriega, mas, ontem, ele perdeu-se  sob esse aspecto e falou muito pouco a respeito do Verdão..

SOBRE O JOGO

Os méritos do Palmeiras eu já os ressaltei ao analisar o primeiro tempo do jogo de ontem:  esforço, luta, empenho e responsabilidade, aspectos aos quais eu acrescentaria mais dois, solidariedade e espírito de equipe.

A minha esperança de um resultado satisfatório residia no fato de que o time poderia acrescentar a tudo isso a superação.

Mas o Palmeiras destes tempos não tem mais o DNA da superação e da briga constante pelo resultado, até o fim do jogo.

Por isso, apesar do esforço e da vitória, ficamos no meio do caminho que leva à Libertadores.

UM RECUO MORTAL

O maldito recuo observado após o primeiro gol, foi, ao meu sentir, mais uma vez, o fator que nos levou à debacle. De seta, passamos a alvo, isto é, deixamos de agredir e passamos a ser agredidos.

No primeiro tempo, no momento em que começou a exercer o domínio do jogo, em razão do inexplicável recuo palmeirense, o ataque vascaíno, para a nossa sorte,  não conseguiu se articular e só criou as duas chances de gol já mencionadas com Diego Souza e Leandro

A situação persistiu no segundo tempo. Felipão recuou novamente o time para tentar explorar aquilo que não pode fazer e que não sabe fazer: o contra-ataque.

Como contra-atacar sem o velocista Maicon Leite, substituido pelo “café com leite” Vinicius que quanto mais joga mais mostra que não está preparado?

Como contra-atacar, Valdívia marcando, com Luan, recuado e com Kléber, o delegado? Delegado por que?  Ora, porque prende a bola.

ASSUNÇÃO

Ao fator defensivismo, razão maior de nosso padecimento e de nossas agrúrias, acrescento a falta de mobilidade de Assunção, sem capacidade física suficiente para acompanhar as deslocações constantes dos garotos vascaínos durante os 90 minutos.

No lance do gol que demoliu os nossos sonhos de classificação, Jumar pegou a bola absolutamente livre, no miolo de nossa intermediária e chutou à vontade, sem ser molestado por ninguém.

Não, não foi um lance casual ou isolado o que culminou com a marcação do gol através de Jumar. Foi um lance que se repetiu dezenas de vezes que todo mundo viu, exceto Murtosa e Felipão.

Quando o Vasco adiantou a marcação e exerceu pressão ofensiva, a nossa defesa rebatia, aliviava e contornava, de uma forma ou outra, as jogadas de área em razão das excelentes atuações de Tiago Heleno e, principalmente, de Henrique;

O problema é que quando os nossos beques limpavam a área, nunca havia ninguém posicionado para a saída de bola ou para tocar a bola a fim de aliviar a blitz adversária.

Tiago cortava, Henrique rebatia, mas a bola, invariavelmente, voltava para a posse do time carioca. Notava-se, claramente, um vácuo a partir da meia lua de nossa grande-área.

Quem deveria cumprir a função de cobrir esse setor? Quem deveria estar posicionado para receber a chamada segunda bola, também conhecida como rebote defensivo?

É óbvio que seria o senhor Marcos Assunção, mas ele já houvera morrido para o jogo no final do primeiro tempo. Só Felipão e Murtosa, mais uma vez, não viram e não perceberam

O GOL DE JUMAR

Dizem, no Rio, que há coisas que só acontecem com o Botafogo. Em Minas, dizem o mesmo a respeito do América.

Em São Paulo, é fato consumado que essas coisas só ocorrem com o Palmeiras que parece, ultimamente,  marcado pelo estigma da derrota.

Jumar, o esforçado, vai chutar pelo resto de sua carreira nas mesmas circunstâncias em que chutou contra o gol de Marcos e não vai mais fazer nenhum gol como o que fez contra o Palmeiras.

Não venham me dizer que Marcos não tinha condições de saltar em direção aquela bola, pois tinha, sim. Se ia ou não defender é outro papo.

Um goleiro da categoria e da experiência de Marcos, não pode permanecer estático, imóvel, fazendo golpe de vista em uma bola chutada de tamanha distância. Ele tinha visão ampla e antecipada do lance, mas não teve o reflexo suficiente.

Outra coisa. É muito peso aquela bola de Valdívia aos 42 minutos bater na trave e tres ou quatro minutos após o Palmeiras fazer o terceiro gol.

Eu sempre disse, mas ninguém nunca me levou a sério. O fator espiritual é importante e tem conspirado contra nós. Acredite, quem quiser!

Eu acredito!

INDIVIDUALMENTE

A falha de Marcos não foi sofrer o gol, mas de não ir ao menos para a bola e tentar a defesa. Apesar disso, não advogo a saída de Marcos de nosso gol.

Cicinho teve altos e baixos mas vem sendo sub-utilizado por Felipão ao cumprir mais a função de lateral do que a de ala. Atuação de regular para boa.

Henrique e Thiago Heleno formaram novamente uma ótima parelha de zagueiros, conseguindo neutralizar quase todas as jogadas de ataque do adversário. O gol sofrido tem de ser debitado à falta de marcação dos volantes, mas, jamais aos dois eficientes zagueiros palmeirenses.

Gabriel Silva, em meu entendimento, não seria a melhor opção para a nossa lateral esquerda, pois havia chegado de viagem levemente contundido e estava fora de ritmo de jogo. Depois do bolão que jogou contra o Bahia, Rivaldo, em meu entendimento, é quem deveria ter jogado.

Chico foi muito bem como volante e ninguém lembrou de Márcio Araújo. Como é canhoto, ajudou a diversificar a forma de jogar do Palmeiras.

O segundo gol do Palmeiras tem de ter, também, a assinatura de Chico, que roubou a bola, e estendeu um ótimo passe a Luan que cruzou para Kléber fulminar o gol vascaíno.

Marcos Assunção foi bem no primeiro tempo e limitou-se a bater todas as faltas e escanteios no segundo. Felipão precisa ter um pouco mais de sensibilidade para perceber quando acaba o gás de Assunção a fim de substituí-lo.

Valdívia foi o jogador mais lúcido do Palmeiras do meio de campo para a frente, mesmo sem reeditar as suas melhores atuações. Quase tudo o que fizemos de melhor em nosso ataque passou pelo crivo do chileno que ainda está longe do jogador diferenciado que conhecemos.

Considero um desperdício Valdívia jogar tão longe da área adversária muito mais preocupado em fazer aquilo que não sabe, marcar, do que aquilo que mais sabe, lançar, driblar, penetrar e arrematar.

Luan deveria ser o lateral esquerdo do Palmeiras, como sempre sugeriu o nosso “Mestre dos Magos”, com justa e perfeita razão.

Ele não tem categoria para ser um meia atacante diferenciado, mas tem bola, disposição e vocação para vir de trás, e apoiar o ataque de forma eficiente na condição de ala.

Luan foi decisivo no jogo pois, além do belo gol que marcou, foi o assistente que ajudou tirar Kléber de um jejum de gols próximo dos quarenta dias.

Digam todos o que disserem, pensem o que pensarem, mas, em um jogo no qual apenas Henrique, Tiago jogaram muito e Valdívia teve algum brilhareco, Luan entre os demais, foi o jogador que menos mal atuou,ontem,contra o Vasco.

Maicon Leite anda jogando sem confiança porque vem recebendo muitas broncas dos companheiros, principalmente de Kléber e de Valdívia.

Ele me parece desanimado e cabisbaixo, sem a alegria e a eficiência da época em que começou a atuar no time principal.

Seu rendimento está longe dos primeiros jogos que realizou com a nossa camisa. 

Em  meu modo de entender, o esquema de Scolari não casa com as características desse jogador contratado junto ao Santos.

Kléber, o delegado, prendeu a bola em demasia e não deu o seguimento rápido que exigiam os lances de ataque.

Apesar do belíssimo gol, Kléber continua amarrando o ataque do Palmeiras, que não tem força para contra-atacar e, assim, dificilmente, consegue explorar o fator surpresa.

Vinicius, deve ter algum padrinho forte no Palmeiras. Cada vez que entra na equipe, causa-nos uma decepção.

Vinícius no time significa, sempre, trocar seis por meia dúzia mas Felipão é teimoso e insiste com essa estúpida alteração em quase todos os jogos, sem qualquer proveito prático

Não sei porque tamanha insistência com um jogador que, pelo pouco que mostrou até agora, só é comparável a Miguel Bianconi, já fora do time principal por falta de condição técnica e muito inferior a Gilcinho e outros que não são aproveitados de nossa base.

Patrik entrou muito tarde e a sua atuação não pode ser analisada.

 FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS 3 X 1 VASCO
Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 25/8/2011  Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Carlos Berkenbrock (Fifa-SC)
público: 9.493 pagantes
Renda: R$ 291.048,00                                                                   GOLS: Luan, 12'/1ºT (1-0); Kleber, 8'/2ºT (2-0); Jumar, 12'/2ºT (2-1); Marcos Assunção, 47'/2ºT (3-1)
PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Henrique, Thiago Heleno e Gabriel Silva (Patrik); Márcio Araújo, Marcos Assunção e Valdivia; Luan, Kleber e Maicon Leite (Vinícius, 25'/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.
VASCO: Fernando Prass, Allan, Dedé, Renato Silva e Márcio Careca; Rômulo, Jumar, Bernardo e Diego Souza; Leandro (Fagner, 15'/2ºT) e Elton. Técnico: Ricardo Gomes.]                                                   Cartões amarelos: Gabriel Silva, Maicon Leite (PAL); Allan, Renato Silva (VAS)

QUEM QUISER ASSISTIR AOS MELHORES MOMENTOS PELO PTD CLIQUE:

http://www.verdao.net/noticia.php?n=6879

PARA COMENTAR

Felipão fora do banco fez falta?

A nova formação do time, com Chico no meio campo, lhe agradou?

Márcio Araújo fez falta ao time?

A volta imediata de Gabriel Silva foi precipitada?

Tirante a desclassificação o time lhe agradou?

Temos chances de vencer os gambás domingo em Prudente?

COMENTE COMENTE COMENTE

26 Comentários:

  • Às 25 de agosto de 2011 22:36 , Anonymous Doente(verdao) disse...

    Nao deu, mas o mais importante foi nao perder nenhum atleta lesionado para o confronto contra os Gambas! No mais fica a prova de que o elenco ainda carece de reforcos, pois perder a vaga para um mistao do Vasco nao pode credenciar esse elenco a um patamar de time competitivo. Sera que Ricardo Bueno, Fernandao e Pedro Carmona nos levarao a esse patamar? Espero que sim!

     
  • Às 25 de agosto de 2011 22:56 , Anonymous Sérgio de Mauro disse...

    Marcos – sem culpa no gol, uma defesaça e umas saídas de bola horrorosas.

    Cicinho – irregular. Boas arrancadas e jogadas bisonhas.

    Henrique – belíssimo zagueiro.

    Tiago Heleno – o contraponto necessário ao clássico Henrique. Bem na partida.

    Gabriel Silva – atrás não comprometeu, até porque o Vasco atacou pouco. Na frente, muito fraco.

    Chico – gostei muito, das que eu vi foi sua melhor partida.

    Assunção – Faltas, um terror para o adversário. Escanteios, terror para nós. Marcação, não aguenta.

    Valdívia – alguns lampejos do excelente jogador que é, mas no geral disperso, errando lances bobos, inventando muito. Não gostei, pode e DEVE render muito mais que hoje.

    Luan – O cara é ruim de bola, péssimo. Mas fez um gol e deu uma assistência, ótimo. Ou devo inverter a ordem das frases?

    Maicon Leite – Um ou outro lance agudo, mas não está rendendo quase nada. A mediocridade reinante no clube já o afetou.

    Kléber – Mais um que fez gol, mas durante o jogo pouco produziu.

    Vinícius – Alguém explica o que ele tem que os outros moleques da base não têm? Porque futebol não é. Ele recebe chance após chance e nunca mostra nada, nada. Felipão, fala aí, quem te obriga a abrir as pernas e por o rapaz?

    Patrick – entrou tarde, tem desculpa.

    Felipão – mais de um ano de clube, e o time parece (é) um amontoado de jogadores que se conheceram no vestiário. Todo jogo que eu vejo, o adversário tem mais padrão de jogo, toque de bola, progressão. Verdade que alguns jogadores ali são tecnicamente fracos. Mas o posicionamento do time, a aproximação quando tem a bola simplesmente não existe.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 07:14 , Blogger Lupo Hell Rider disse...

    O fato que perdemos esse jogo, não ontem, mas já no Rio quando não jogamos nada e tomamos os dois gols. Apesar das limitações e do gol de 3 dedos do perna de pau do bacalhau mofado, o time se comportou bem ontem, dentro daquilo que tem apresentado. Mas enquanto não exorcizar-mos a sindrome de vira-latas que está nos permeando, o Felipão continuar em sua teimosia "tática", e não sacudirmos a "zica" (fator espiritual), tudo vai conspirar contrário, trave, arbitragem, quero-quero... senão domingo contra os gambás, pressionado que entrará o time para o Derby, POR QUE É O DERBY COM OS GAMBÁS, estaremos sujeitos a uma derrota que possivelmente trará severas repercursões de grandes proporções. Acho que o jogo de domingo será ou o ínicio de um divisor de águas, ou o sepultamento dessa temporada e desse grupo, incluindo o Felipão. Espero estar errado!!!

     
  • Às 26 de agosto de 2011 10:10 , Anonymous NEY VERDE disse...

    Essa opinião, não é só minha.....

    Ao Marcos, com carinho: um busto e a eterna gratidão do Palmeiras. Mas...


    Foto: Gazeta Press

    Há certos temas que são perigosos. Um tabu, digamos. Como se fossem pecados. Um deles é ousar fazer qualquer tipo de crítica a Marcos, o São Marcos, apelido que fez por merecer por suas defesas e seu comportamento.

    Paciência. Na contramão de muitos comentários colhidos após o jogo, digo que, em minha opinião, Marcos deveria, pelo menos saltar na bola chutada de maneira formidável por Jumar. Ah, foi mérito de Jumar? Sim, foi. Mas, convenhamos: foi um chute do meio da rua, da intermediária, a bola fez a curva em cima de Marcos- o que daria tempo, repito, de o goleiro saltar atrás dela, pelo menos tentar espalmá-la. E não ficar olhando, meio que assustado ou fazendo o chamado “golpe de vista”, desviando a bola com o olhar.

    Para mim, Marcos falhou ao não saltar. E já o vi falhando, apesar das boas defesas, nos últimos jogos: contra o São Paulo, quando foi para a posição de zagueiro e permitiu que Dagoberto o encobrisse: diante do Bahia, quando, ainda que em posição de impedimento, o zagueiro Titi saltou mais alto do que Marcos, embora o goleiro pudesse usar as mãos.

    Falta de time, falta de tempo da bola? Pode ser, pode ser. Sei também que, aos 38 anos, vítimas de variadas e cruéis lesões, pode estar chegando para o grande Marcos o fim da linha.

    Esses sinais já foram vistos nos melhores goleiros. E serão vistos de novo.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 10:12 , Anonymous NEY VERDE disse...

    O comentario acima foi copiado do Blog do jornalista Roberto Avallone.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 10:37 , Anonymous NEY VERDE disse...

    Alguem viu alguma jogada do Palmeiras,com saida de bola, passando pelo meio campo e chegando aos atacantes?

    Alguem viu rebotes do T. Heleno, e do Henrique serem dominados por nossos volantes para fazer a transição???

    Mas vocês viram o morto do M. Assução andar em campo?????


    Mas ai vão dizer, ele fez um gol de falta, então fiquem com o gol de falta, e vão acumulando vexames.

    Marcos; Jumar chutou do meio do campo, qualquer outro goleiro mais novo, e em forma teria saltado para a bola...., Ha mais ele fez uma otima defesa, então fiquem com a defesa, e vão acumulando vexame...

    Felipão; Covarde, sabendo que precisava de gol, quando o time acerta e vai em busca do resultado, manda o time jogar a tras, buscar o que ele não sabe, contra-atacar, depois tira o atacante mais rapido, e coloca aquele verme daquele moleque que só joga, ou melhor entra em campo em clube amador que nem o Palmeiras.

    Mas vamos ficar endeusando o Felipão que ganhou uma libertadores as doze anso atraz,e O São Marcos que defendeu um penalti do M. carioca em 1999, ha, e M.Assunção que bate bem falta....

    A M A D O R I S M O......

    Escale: Deola, T. Heleno, M. Ramos, Henrique.

    Cicinho, Chico, M.Araujo, G. Silva
    Valdivia/Kleber

    M. Leite

    E deixe o time jogar, slta os caras..............

     
  • Às 26 de agosto de 2011 10:41 , Anonymous WALTER PORCÃO disse...

    Avallone é ondero corneteiro o maior desagregador que existe no Verdão. Esse indivíduo não deve ser levado a sério nem quando fala a verdade como falou no caso do Marcos porque ele sempre foi um câncer na vida do Parmera. Ele só repetiu o que o Alcides já tinha falado de madrugada e que eu li assim que cheguei em casa. Ele disse que A falha de Marcos não foi sofrer o gol, mas de não ir ao menos para a bola e tentar a defesa. É isso aí mesmo.
    Eu só acho que o Alcides está errado quando continua achando que Marcos tem que continuar em nosso gol. Ele tem que sair e o Deola tem que voltar depressa já no domingo que vem contra o Curintias se não a gente perde o derbi.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 10:59 , Anonymous Anônimo disse...

    Ah tá...

    Tivesse o Palmeiras jogando com Marcos e Deola juntos no gol e a bola entraria ali do mesmo jeito!

    Falha por não saltar?

    Marcos não é ginasta oliímpico, é goleiro e sua esperiência serve pra dizer quando não adianta nem saltar na bola, nesse lance não adiantaria nada saltar porque a bola entraria de qquer jeito.

    Aliás, quem não chegou na bola qdo Jumar dominou livre foi o Chico e não o Assunção.

    Por falar nisso eu devo ter visto outro jogo, Assunção foi o melhor do meio campo e na minha opinião e de mais 3 comentaristas que fizeram a jornada em 3 rádios diferentes o melhor do jogo.

    Noriega tem medo de comentar algo em favor do Palmeiras, a direção pode não gostar...

    Henrique um monstro na zaga e Thiago Heleno logo atrás.

    Luan só precisa aprender a passar a bola para seu companheiro de time e não para o adversário. Qdo acerta, invariavelmente acontece um bom lance de ataque. Isso é falta de fundamentos.

    Mas como eu digo sempre, isso é apenas a minha opinião.

    Dinho Maniasi.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 11:01 , Anonymous NEY VERDE disse...

    Pergunto......

    Porque somente o M. Assução foi abraçar o Luan na hora em que esse fez o Gol????? e o restante do time não vibrou????

    Porque o time do palmeiras, segundo estatistica é o que menos passa a bola um para o outro.

    Sera mesmo que não tem racha?????

     
  • Às 26 de agosto de 2011 11:14 , Anonymous NEY VERDE disse...

    Prezado Dinho:

    Com todo respeito.....

    Então tá bom demais o Marcos jogando muito, o M.Assunção o melhor em Campo, o Luan só falta detalhes...., ESTA BOM DEMAIS, VAMOS SER CAMPEÕES DO BRASILEIRO E DA LIBERTADORES....., só falta você dizer que o Felipão deu um banho tatico e jogou em sima do vasco........., MEU AMIGO É POR ISSO QUE NÃO SAIMOS DESSA ...., O PALMEIRAS PRECISA MAIS DO QUE ISSO..., O PALMEIRAS É UM DOS MAIORES DO MUNDO..., NÃO SE CONFOME COM ESSA SITUAÇÃO, ESTAMOS VIVENDO DA NOSSA HISTÓRIA..., CHEGA DE VEXAME, CHEGA DE AMADORISMO....
    PORQUE O VASCO TEM UM TIME MELHOR QUE O NOSSO???????
    -TEM MAIS DINHEIRO, VENDE MAIS CAMISA, TEM MAIS PATROCINIO, É O CAMPEÃO DO SECULO????? Não, não, arrumou um presidente que não é amador e observa as coisas..., veja você, o palmeiras é o unico time no mundo que entra com dois técnicos, e com dois laterais esquerdo...CHEEEEEEEEEGA....!!!!!!

     
  • Às 26 de agosto de 2011 11:22 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    O YUSTRICH, NÃO FEZ FALTA NENHUMA.

    ALIÁS, SE NÃO CONSEGUIMOS A CLASSIFICAÇÃO E FOMOS ELIMINADOS PELA QUINTA VEZ SOB SEU COMANDO, ELE DEVE SER PUNIDO COM A CONTA NO ZÓIO.

    SE EXISTE UM CULPADO NA CLASSIFICAÇÃO, ESTE É TÃO E SOMENTE ELE: YUSTRICH

    5 DESCLASSIFICAÇÕES

    MILHÕES E MILHÕES EM PREJUÍZO

    MILHÕES E MILHÕES EM SALÁRIOS

    NÃO TEM DESCULPA.

    ESSE RETRANQUISMO NÃO LEVARÁ O PALMEIRAS À NADA.

    ESSA É A HORA DE SENTAR COM FELIPÃO E RESCINDIR AMIGAVELMENTE.

    O PALMEIRAS TEM TOTAIS CONDIÇÕES DE DECOLAR NESSE BRASILEIRO.

    MAS PRECISA MUDAR O COMANDANTE.

    PRECISA DE UMA FORMA DE JOGAR, QUE AINDA NÃO TEMOS.

    OS JOGADORES JOGARAM PELO PALMEIRAS E PROVARAM QUE FELIPÃO ATRAPALHA SIM.

    SÓ NÃO VÊ QUEM NÃO QUER.

    O MARCOS FRANGOU SIM, EXCLAMAÇÃO.

    PEGUEM A CÂMERA DO ÂNGULO DO CHUTE DO JUMAR.

    JUMAR PARA O GOL. VISÃO DO JUMAR.

    E VEJA SE MARCOS NÃO FEZ O DESASTROSO "GOLPE DE VISTA".

    ELE NÃO ACREDITOU EM JUMAR.

    NINGUÉM NO MUNDO ERA OBRIGADO A ACREDITAR, MENOS O GOLEIRO.

    ERA OBRIGADO SIM.

    EXISTIA A POSSIBILIDADE DE DEFESA, PORQUE ERA MUITO LOOOOONNNNNNNGGGGGGGEEEEEEEEEE.

    O ÚNICO ÂNGULO QUE DÁ PRA PERCEBER É POR TRAZ DO JUMAR.

    MAS PACIÊNCIA.

    E QUE VENHA O CORINTIAS QUE VAI VER BÓSTA CONTRA UM PALMEIRAS MORDIDO.

    E SEM O YUSTRICH NO BANCO.

    Saudações.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 11:43 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    RECAPITULANDO OS INSUCESSOS DE FELIPÃO NESSA SEGUNDA PASSAGEM CATASTRÓFICA FINANCEIRAMENTE.

    Desclassificação da zona de Libertadores, chegando em 10ª No Brasileiro 2010

    Desclassificação da Copa Sulamericana 2010, em casa, depois de estar vencendo por 2 x 0 na soma dos gols, para o Goiás, que foi o segundo pior time do Brasileiro 2010 e rebaixado. Nos custou a chance de Libertadores, Recopa e Mundialito Suruga Banck no Japão.

    Desclassificação do Paulista, quando mandava no jogo até fazer 1x0 e retrancar o time, tomando empate e perdendo nos pênatis para o corintias.

    Desclassificação da Copa do Brasil 2011, quando já com o grupo desanimado e rachado, não conseguiu arrumar a casa e tomou 6x0 do Coritiba no jogo de ida, dando praticamente adeus à mais uma chance de Libertadores.

    Desclassificação da Sulamericana 2011, contra o time misto do Vasco, que novamente vai nos custar chance de Libertadores, Recopa e Mundialito Suruga Banck do Japão.

    SE COLOCAREM ISSO NUMA CALCULADORA, VOCÊS TERÃO IDÉIA DO TAMANHO DO PREJUÍZO QUE O PALMEIRAS LEVOU NESSES ÚLTIMOS MESES DE YUSTRICH.

    ISSO PRA MIM É MAIS QUE SUFICIENTE PARA CREDITAR NA CONTA DESSE TÉCNICO, O QUAL SOMOS MUITO AGRADECIDOS, MAS QUE CHEGOU O FIM DO CICLO.

    Saudações.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 11:48 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    E POR FAVOR NÃO ME VENHAM FALAR DE ELENCO.

    QUE SÓ NÃO É MELHOR JUSTAMENTE POR TERMOS QUE COMPROMETER UMA IMPORTANTE CIFRA AO TÉCNICO, QUE NÃO SE RESUME SÓ NO SALÁRIO.

    TEM AUXILIAR TÉCNICO, TEM OS IMPOSTOS, ENFIM, ESSA CONTA CHEGA A BEIRA DOS 1,2 MILHÕES DE REAIS AO MÊS.

    MESMO CONSIDERANDO QUE OS INVESTIDORES PAGAM PELO MENOS ENTRE 200 E 300 MIL DOS 700 QUE ELE GANHA, AINDA ASSIM, A CONTA É ALTA PARA O PALMEIRAS.

    PRATICAMENTE UM MILHÃO.

    CHEGA.

    CHEGA.

    CHEGA.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 11:52 , Blogger Alexandre Higino disse...

    Gente pera ai, não podemos ficar aqui querendo criticar o que aconteceu ontem...

    o jogo de ontem foi perfeito, o palmeiras fez um ótima partida, massacrou o vasco o tempo todo, buscou o resultado, discordo do ney verde quando diz que nossos volantes não jogaram, ontem fizeram uma ótima partida...

    O palmeiras ontem, apesar dos mesmos jogadores, mudou seu estilo de jogo, marcou mais, atacou mais, os laterais tiveram mais liberdade para jogar, assunção não foi mal jogo mito menos chico e Luan, o palmeiras foi táticamente perfeito ontem, não podemos colocar a culpa no jogo de ontem por um gol sofrido pera lá, vamos ao gol...

    Para quem se lembra do lance, o gol do vasco saiu de um passe errado para trás deles, onde dois jogadores chegaram na bola e a mesma ficou com o Jumar, que de onde ela estava apenas dei um toque para frente e acertou um belo chute, o erro foi deles, o esquema de marcação estava todo montado, pelo erro de passe provocou o espaço para o cara chutar a bola, não dá para criticar niguem não gente pera ai... Reclamar do Marcos por ele não ter ido na bola??? Você viram a que velocidade a bola foi? 136.2 KM, se ele tivesse pulado antes do chute ele não chegaria, quanto mais depois, se estivesse MARCOS, DEOLA E ALEMÃO no gol eles não pegariam a bola, desculpa, pode até ser que o marcos tenha que parar, mas dizer que ele é culpado pelo gol de ontem já é demais...

    Agora se vocês quiserem reclamar e meter a boca no jogo de ida, estou com vocês, vamos criticar sim, mas o jogo de ontem, sejamas mais racionais e menos pacionais...

    Nosso time é fraco sim, mas se jogar com a postura de ontem, não teremos problemas com os demais clubes brasileiros, precisamos de reforços sim, mas o que mais precisamos é mudar a postura dentro de campo, como o que aconteceu ontem...

    Abraço a todos..

     
  • Às 26 de agosto de 2011 12:37 , Anonymous VICTOR TREDENSKY disse...

    PALMEIRAS, APESAR DE PESSOAS SEM ESCRUPULOS E TOTALMENTE DESPREZIVEIS, VOMITÁVEIS, QUE JUDIAM DE VOCE E TE MATAM AOS POUCOS (QUEIRAM OU NÃO) E APESAR DA ELIMINAÇÃO INJUSTA DE ONTEM....................EU CONTINUO TE AMANDO, INCONDICIONALMENTE, AMOR VERDADEIRO, AMOR IRRESTRITO

    SEI QUE NÃO É A SUA CULPA PELA FASE RUIM, NEGRA, PÉSSIMA QUE VIVE DE 2000 PARA CÁ, SEI QUE A CULPA É A DOS VERMES QUE TE CONSOMEM POR DENTRO COMO TÊNIA SOLITÁRIA.....MAS EU CONTINUO TE AMANDO TÁ!!!!!!!AAAAAH PALMEIRAS, SE EU TIVESSE PODER SUFICIENTE PARA COMBATER ESSES VERMES QUE EMPERRAM A SUA EVOLUÇÃO!!!!

    SEI QUE DE 2001 PRÁ CÁ VOCE SÓ DISPUTOU UMA FINAL DE CAMPEONATO E 6 SEMIFINAIS, NUM UNIVERSO DE QUASE 50 CAMPEONATOS DISPUTADOS NESSE PERIODO. SEI QUE É PREOCUPANTE ESSES DADOS EM COMPARAÇÃO A SUA GRANDEZA, SUA IMPONENCIA E SUA TRADIÇÃO MAS MESMO ASSIM.......EU TE AMO PALMEIRAS, E SEMPRE EU E OS DEMAIS COLEGAS QUE POSTAM AQUI NO OAV ESTARÃO DO SEU LADO, SEMPRE, CONFIANDO EM VOCE, APESAR DE TUDO.

    PALMEIRAS......EU AMO VOCE

     
  • Às 26 de agosto de 2011 13:14 , Anonymous Edson disse...

    Se a bola do Valdívia tivesse entrado a conversa hoje seria outra,4x1 e fim de papo.
    Aconteceu da bola não entrar e vira essa avalanche de desilusões, na qual eu também me incluo.
    Não vi culpa do Felipão nem do Marcos, e dessa vez, nem do árbitro.
    O acaso fez a diferença: uma bola que não entrou e outra que entrou.
    No primeiro jogo é que perdemos a classificação, pois o time esteve irreconhecível.
    O fato é que o nosso time é um time igual aos outros, joga do mesmo jeito retrancado que os outros, é constantemente prejudicado pelas arbitragens, como até a imprensa já publicou.

    Tem coisas a melhorar? Não há dúvidas, mas também não é o fim do mundo.

    Assunção tem que sair. É pouco viver só de bolas cruzadas e faltas que nunca entram. Tem qualidade mas não tem condição física de explosão e velocidade. Fosse hoje, o jogador que já foi, estaria ainda na Europa.
    O mesmo se aplica ao Marcos, pela mesma razão. Apesar de eu não creditar culpa a nenhum dos dois, a renovação por jogadores jovens é necessária.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 13:21 , Anonymous Edson disse...

    Concordo com o Post.
    O Noriega parecia ignorar o Palmeiras e só falou do Vasco.
    Tive a mesma percepção. Quando do nosso primeiro gol, ele me pareceu meio contrariado e não fez comentários sobre como chegamos ao gol, mas se limitou a falar das falhas da defesa do Vasco.
    Eu acho que os jornalistas esportivos criam determinados paradigmas, como o "time é fraco", e ficam torcendo para que as situações referendem os seus paradigmas. Como podem ser "desmentidos" pelo jogo, ficam contrariados em seu subconsciente.

    Quanto ao Avalone, esse é um notório corneteiro, desagrega com as suas opiniões, e apesar do seu amor pelo verdão, torna-se um péssimo palmeirense.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 13:22 , Anonymous Edson disse...

    Hoje é o aniversário do Verdão.

    Parabéns Palmeiras!!!!!!!!

    Vestirei a camisa no fim da tarde para comemorar.

    Avante verdão, parabéns.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 14:48 , Anonymous Anônimo disse...

    Edson, concordo com vc que o Palmeiras perdeu a classificação no jogo em São Januário, mas ninguém aqui se lembrou que o Dinei fez um gol legal de cabeça e o bandeira deu impedimento que absolutamente não aconteceu.

    Com 2x1 estariamos classificados e fim de conversa.

    Alguém ouviu nossos "dirigentes" reclamando disso?

    NÃO!!!

    Ney. vc tem razão em alguns pontos mas não posso concordar com vc quando imputa toda a culpa ao Felupão, a maior parte do que vc coloca na conta dele é culpa do presidente.

    Senão vejamos:

    Em um regime presidencialista, quem é o culpado?

    O PRESIDENTE!!!

    Quer um exemplo de incompetência do pituca?

    A arquibancada dos visitantes ainda está de pé, aguardando a entrega do vestiário das piscinas pra poder ser derrubada e fincadas as estruturas em concreto armado, como vem ocorrendo onde era o setor das numeradas.

    A construtora já terminou a obra nos vestiários, mas ainda não estão em funcionamento, sabem por que?

    Porque o pituca ainda não comprou os ARMÁRIOS!!!

    O trabalho ficou muito bonito, o estacionamento próximo ao vestiário será usado em dia de jogos como estacionamento dos caminhões das TVs.

    E o pituca não compra os armários, como é que pode?

    Higino, vc disse mais ou menos o que eu havia dito, ou seja, Marcos não teve culpa nenhuma!

    Abraços!

    Dinho Maniasi

     
  • Às 26 de agosto de 2011 15:59 , Anonymous Anônimo disse...

    Outra coisa:

    Quando foi a última vez que vcs ouviram o presidente, o diretor de futebol ou quem quer que responda pelo futebol do Palmeiras dizer que espera que o Palmeiras seja campeão???

    É mais fácil ouvir que esperam que o Palmeiras tenha um resultado financeiro equilibrado, que não tenha prejuizo, etc, etc.

    Que é preciso reduzir os custos, as despesas, mas ninguém fala em aumentar as receitas!

    Pra ser campeão tem que querer ser campeão.

    Pra ser grande tem que querer ser grande, tem que pensar grande!

    Tem que enxergar mais do que um palmo além do nariz...

    É assim que deve pensar o presidente de um dos maiores clubes DO MUNDO!!!

    Parabéns Palmeiras pelos seus 97 anos de história de glória e vitórias.

    Dinho Maniasi

     
  • Às 26 de agosto de 2011 16:00 , Anonymous VICTOR TREDENSKY disse...

    PARABÉNS PALMEIRAS, 97 ANOS DE GLÓRIAS, TRADIÇÕES E TITULOS

    TIRONE NÃO COMPROU OS ARMÁRIOS AINDA??????????AHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

    AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH EU FICO PUTO DA CARA COM ESSAS COISAS

    CHACINA JA NO PALMEIRAS

    OLHA, JURO POR TUDO NESSA VIDA, OS MEUS AMIGOS BAMBIS, GAMBÁS, TILÁPIAS E ATÉ URUBUS ''RIVAIS'' AQUI DE PIRACITY ESTÃO COM DÓ DO PALMEIRAS, ELES NEM ME ZOAM MAIS, E DIGO MAIS ATÉ TORCEM PARA QUE O PALMEIRAS SE RECONSTRUA E SAIA DESSA PASMACEIRA. HOJE PERCEBI ISSO.

    ATÉ OS MAIORES RIVAIS DO PALMEIRAS ESTÃO COM DÓ DO PRÓPRIO PALMEIRAS....MAS A PERGUNTA É A QUE FICA: E OS NOSSOS VERMES, VULGO CONSELHEIROS/DIRIGENTES, ESTÃO COM DÓ DO PALMEIRAS????????HEIN, ESTÃO COM DÓ DO PALMEIRAS ESSES CRÁPULAS QUE ATRASAM, ATAZANAM, FURDUNCIAM A VIDA DESSE CLUBE???????

    EU SEI QUE VOCE NÃO É TÃO RADICAL COMO EU, SEI QUE VOCE NÃO CHUTA O PAU DA BARRACA TAMBÉM, MAS O QUE VOCE ACHA DE TUDO ISSO ALCIDES!!!!!!!

     
  • Às 26 de agosto de 2011 16:05 , Anonymous Edson disse...

    Dinho, boa lembrança, havia me esquecido do gol anulado do Dinei, que foi uma vergonha.
    Outra lembrança:naquele jogo o Diego Souza fez um gol de ombro, pescoço, ou se lá do que.
    Foi ou não foi o acaso que decidiu o a classificação?

    Em relação ao nosso presidente: temos péssimos dirigentes, e eu sinceramente acho que quem está mudando ou tentando mudar o Palmeiras nos bastidores, na
    relação com empresários etc... é o Felipão.
    Apesar de não estarmos em boa fase, acredito no planejamento do bigode.
    Agora... dos dirigentes...,não espero nada de bom.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 16:08 , Anonymous Edson disse...

    Acabei de ver no "é gol", que é apresentado por uma moça loirinha, muito agradável, um jogo com um locutor das antigas e de grande qualidade.

    Halmalo Silva- Alguém lembra?

    Jogo Cruzeiro 4x2 Atlético Mineiro, em 30/09/2000.
    Grande narração.

     
  • Às 26 de agosto de 2011 19:06 , Anonymous Anônimo disse...

    NOVO CENTROAVANTE

    Fernandão já pode ir pro jogo domingo.

    Bitélão de 1,92m

     
  • Às 26 de agosto de 2011 19:28 , Anonymous Anônimo disse...

    A realidade dos jogos

    Mesmo com todos os problemas técnicos que o Palmeiras tem e com os absurdos da sua diretoria, o time deveria ter se classificado na Sul Americana e seria líder ou vice líder do brasileiro, caso tivéssemos arbitragens sérias.
    Isso não é uma opinião é a constatação de fatos.
    Basta ver os erros absurdos que prejudicaram o Palmeiras em diversos jogos.
    Quando a falha é nossa, não podemos reclamar do destino, pois somos os responsáveis, mas não se pode aceitar que erros grosseiros e suspeitos nos tirem classificações e melhores posições na tabela do campeonato.
    Clubes de grande apoio na mídia esportiva, submetidos aos prejuízos iguais ao do Palmeiras, já teriam causado uma revolução por meio de seus agentes no jornalismo esportivo.
    Para o Palmeiras é pimenta nos olhos dos outros.

    Marcelo Luiz

     
  • Às 26 de agosto de 2011 20:39 , Anonymous Edson disse...

    Pessoal, estou vendo o jogo do Crisciúma x e São Caetano, e a bola que o Pedro Carmona enfiou para o Gol do Crisciúma foi de quem sabe jogar muita bola.
    Mostrou categoria e visão de jogo.
    Tomara que venha!!!!!!!
    Tá passando no premiere.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial