Observatório Alviverde

14/04/2015

A CRISE É DE CARÁTER!


Resultado de imagem para carater
Assim tem procedido muitos palmeirenses em relação ao Palmeiras e a Valdívia!


Uma lamentável crise de caráter toma conta de boa parte da torcida do Palmeiras e o motivo é um só, Valdívia!

O que vou dizer nesta postagem não tem relação às críticas pontuais contra a renovação de contrato do jogador e sua permanência no Verdão, pois, entendo,  todos têm o direito de manifestar-se, livremente e expor suas opiniões. 

Refiro-me, sim, especificamente, às campanhas sórdidas de palmeirenses que abrem campanhas e não param de falar sobre o assunto, gerando a intranquilidade e o caos,  no exato momento em que o Palmeiras mais precisa de paz, harmonia e de tranquilidade.

--------------------------------

Massa de manobra das ideias de jerico de cronistas facciosos, sabidamente antipalmeirenses, esses torcedores, entretanto, vivem, neste momento, um dilema existencial em relação ao jogador.

Como hiperbolizaram, maldosamente, precipitadamente e irracionalmente as críticas contra o chileno, demonizando-o, agora,  (ainda que convictos de que erraram), sentem-se, moralmente, acuados, mas sequer pensam ou admitem voltar atrás. O orgulho os impede de fazê-lo.

Infelizmente, parte ponderável da torcida palmeirense transformou-se em massa de manobra  e virou joguete nas mãos de jornalistas que, conquanto metidos a sebo, não passam de "bundões"da palavra, clubísticos, parcialíssimos e inescrupulosos, ressalvadas as exceções de praxe. 

Isso, talvez, explique porque estão sendo substituídos, aos poucos, por ex-jogadores e celebridades do esporte que, ao que tudo indica, em futuro próximo vão se assenhorear da profissão.

------------------------------

Meus amigos, se não acreditarem no que vou escrever, perguntem ao Alberto Helena ou a algum cronista mais antigo se, porventura, existiu na história da imprensa paulistana em todos os tempos, um único e solitário movimento no sentido de que um jogador de nomeada não renovasse contrato com um clube.

Só não perguntem ao Juca porque é possível que ele, mesmo sabendo que não, venha a dizer que sim! 

Já vi, ao contrário do que vem ocorrendo, muito empenho da mídia no sentido de forçar os clubes a renovar contrato com os jogadores de peso e nomeada e até cito um exemplo ocorrido no próprio Palmeiras.

Na década de 60 o clube teve um affair longo e demorado com o  pai de Djalminha, o zagueiro Djalma Dias, na discussão da renovação de seu contrato. 

Ele exigia uma fábula, à época,  para reformar seu vínculo com o Verdão. Detalhe: em sua época Djalma Dias era o melhor zagueiro central do país!

O que se viu e ouviu, naquela época, foi um enorme esforço da mídia no sentido que Djalma Dias reformasse com o Palmeiras, sob o argumento de que era um talento, um jogador de seleção e que não seria de bom tom que o Verdão o perdesse.

Lembro-me que Mário Moraes, (o maior nome em comentários à época, e o melhor entre todos, de lá aos dias de hoje), criticava diariamente a diretoria do Palmeiras por não renovar com o zagueiro! 

Djalma Dias, após longas, exaustivas e infrutíferas negociações, acabou arribando e veio jogar aqui onde moro, em BH no Galo Mineiro, com direito a carro, a motorista particular e a apartamento de luxo, prerrogativas exclusivas dos ricaços da década de 60.

Concluindo, já vi a classe jornalística cerrar fileiras para que os craques renovassem os seus contratos, mas, mobilizada para que um atleta de ponta não renove com seu clube,  é a primeira vez que constato semelhante aberração. Aí, tem! E como tem! Sacanagem da grossa, é claro!

-------------------------------------- 

Gostaria, agora, de chamar a atenção de todos para um importantíssimo detalhe:

Reparem que os jornalistas que exigem Valdívia fora do Palmeiras desfiam, todos, o mesmo discurso e os mesmos argumentos.

Entretanto, nada falam em relação a outros jogadores de nome e fama de outros clubes que vivenciam situações piores que a de Valdívia, como, por exemplo, Luís Fabiano, Pato, Ganso e outros. É injustiça e incoerência demais para a minha modesta compreensão! Não estou dizendo que a crise é de caráter?

Interessante é que quanto mais Valdívia desequilibra os jogos com talento e ousadia, eles, quase que unanimemente, como se estivessem ensaiados, reafirmam, com a maior desfaçatez,  que Valdívia não é craque, não é gênio, não é diferenciado, mas, apenas e tão somente, um bom jogador. Eles não param de bater nessa tecla. 

Provocativamente, levam outros ex-jogadores aos estúdios e ficam fazendo comparações descabidas, absurdas e estapafúrdias, a fim de extrair-lhes declarações que possam convencer os palmeirenses a acatar e seguir as suas teorias conspiratórias que têm como objetivo afastar Valdívia do Palmeiras.

Outro dia levaram Cafu  aos estúdios da Fox, visivelmente, (quem não notou?) com a finalidade de que ele depusesse contra a renovação e a permanência do chileno no Verdão.

Cafu, multicampeão, jogador vigoroso, de físico privilegiado, aplicado e responsável, já foi ídolo da torcida do Palmeiras.

Entretanto, cartas na mesa,  jamais passou de um lateral  de futebol mecânico e previsível, embora muito eficiente no contexto tático de qualquer time. Ele, jamais foi um craque ou transitou pelo Olimpo que abriga essa raríssima espécime. 

Dos pontos de vista técnico, da habilidade, da inteligência e da visão de jogo pode-se dizer, sem medo, que ele não passa nem perto do chileno, como a maior parte dos integrantes do Fox Rádio queria deixar transparecer.

Tanto fizeram, tanto o provocaram, tanto perguntaram que ao final de tanto "blablablá" Cafu encerrou a sua participação com uma frase compatível com o tamanho de sua inteligência: "Valdívia é um baita jogador, mas não é um craque"

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Como parar de rir?

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

------------------------------

Infelizmente, palmeirenses parvos, submissos ao jugo midiático, parece que vestem antolhos, pois não conseguem divisar, enxergar ou ter consciência de que estão sendo vítimas de uma campanha feroz, sórdida e inédita na história do futebol paulista, em sua relação com a imprensa paulistana. 

Aliás, não se pode circunscrever o fenômeno, simplesmente, aos cronistas esportivos, pois o fato exorbitou e tomou tal vulto e proporções que alcançou as páginas políticas e econômicas dos principais meios de comunicação. 

Isso, porque consideram o palmeirense, apenas um bom jogador! O que fariam, então, se o considerassem um craque? 

Parafraseando a antiga frase de Churchil, "na história dos conflitos esportivos paulistas, nunca, tantos, massacraram tanto, um, quanto a mídia e palmeirenses estúpidos, retardados, pueris e mal intencionados fazem com Valdívia", pelo medonho e gravíssimo pecado de ser craque!

Essa incompreensível campanha de guerra pelo esvaziamento do Mago, no fundo, no fundo é contra o clube, pois visa, exclusivamente, tirar a paz e desestabilizar o time do Palmeiras às vésperas de decidir a classificação para a final do Paulistão, contra o clube da mídia e do governo. 

A imprensa continua mobilizada e preparada para essa guerra, com sede de sangue e armada até os dentes com as armas demolidoras da inveja e da maledicência.

Para isso, recruta palmeirenses desavisados, que se arvoram em gênios, mas que, na realidade, são portadores de QI de ameba, sem capacidade, sequer, para distinguir as críticas sérias e sinceras, daquelas que são feitas no sentido de desmobilizar o time na hora fatal da decisão de uma competição.

Esses torcedores, muito menos palmeirenses, muito mais ególatras e apreciadores de si e exclusivamente personalistas, parecem não amar suficientemente o clube para o qual dizem torcer.

Nem no momento estratégico vivido pelo Palmeiras, que arranca forte para decidir um campeonato, eles conseguem se calar a fim de permitir que um ambiente leve flua dentro do clube e garanta a tranquilidade a um time que precisa derrotar o maior rival passando por cima de tantos obstáculos e empecilhos.

Como diz meu irmão, agora que eles não podem falar nada em relação ao jogador que entrou contra o Botafogo, estraçalhou o adversário e levou o Palmeiras para as semifinais, os maus caracteres da mídia e da torcida, descaradamente, atacam-no como homem, cidadão, como indivíduo, desrespeitando o ser humano, demonizando-o.

A falta de vergonha é de tal monta e chega a tal ponto que eu não tenho o menor remorso em afirmar, como escrevi na manchete deste post, que a crise é de caráter"!

COMENTE COMENTE COMENTE


35 Comentários:

  • Às 14 de abril de 2015 10:31 , Anonymous Anônimo disse...

    Bom dia!...

    Sinceramente Alcides as veces acho que alguns caciques da "mídia Palestrina" conseguem ser mais sórdidos, confabuladores e sujos do que os "risecks" da vida, salvo o neto cusparada cusparada e claro, mais esse ai não passa de um palhaço quinta categoria, não o considero um comunicador ...rs!


    Abs Ximena

     
  • Às 14 de abril de 2015 10:39 , Anonymous TÃO SOMENTE TORCEDOR disse...

    Com mago e CX teremos um meio de campo com extrema qualidade associado aos Arouca e Robinho, é questão de tempo, hoje melhor elenco no papel, amanhã melhor time de fato.

     
  • Às 14 de abril de 2015 10:40 , Anonymous Anônimo disse...

    Esqueci!
    alguém já ouviu algum posicionamento da diretoria em relação a agressão sofrida pelo Valdivia no jogo de domingo?...

    O gerente de futebol ja pediu denuncia contra o tal jogador do botinha?...

    Sera que chegaremos ao ponto de ver nosso melhor jogador quebrado em campo no próximo domingo com 5 minutos de jogo em plena no reduto gamba?!?!...


    Ximena

     
  • Às 14 de abril de 2015 11:12 , Anonymous Anônimo disse...

    Alcides,

    Eu sou e sempre fui à favor da renovação.
    Sou à favor também da cláusula da produtividade.

    Agora, se o Mago nos der este campeonato - e diga-se de passagem só ele tem essa capacidade no elenco - aí tem pagar o que ele quiser.

    E uma outra coisa: devido aos seus recorrentes problemas físicos, o que acha de sempre usá-lo só no segundo tempo?

    Abraço, Hudson

     
  • Às 14 de abril de 2015 11:23 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Valdívia é um craque consumado. Um mago. Um jogador único e diferenciado. Seria meu titular d Seleção Brasileira se fosse brasileiro. Digo isso há anos. Não podemos perdê-lo para o Palestra falso de Minas. E para nenhum outro. Mas tentemos inserir a produtividade ou um contrato de 1 ano, sem produtividade. Penso no espetacular jogador. Mas também penso no Clube!

     
  • Às 14 de abril de 2015 11:31 , Anonymous Alcides Drummond, o editor disse...

    Meus amigos, um abraço a todos.

    Estou tendo problemas na redação do blog.

    O que saiu em negrito era pra ter saído em verde.

    Tentei corrigir, não consegui, mas, de qualquer forma o recado foi dado

    Ximena

    Muito boa, oportuna e precisa a sua participação.

    Tão Somente Torcedor

    Eu já lhe disse que o Mattos, apesar de ter seus méritos ainda é (sem ofensa) um aprendiz de diretor.

    Ele está acostumado ao futebol pequeno e a imprensa provinciana de Minas Gerais, onde existem só uma rádio, dois canais de tv e dois míseros jornais com tiragem máxima de 20 mil exemplares.

    Que era preciso cair matando, prevenindo o pulo do gato, isso era. Vc tem toda a razão.

    Hudson

    Eu não estou preocupado com a forma que Valdívia vai renovar, mas exclusivamente, que ele renove

    Em relação a ele entrar no segundo tempo, como eu disse, todas as vezes em que ele esteve para ser escalado, é o ideal.

    Além de pegar os adversários cansados, muitos já terão cartão amarelo e pensarão muitas vezes antes de atingi-lo.

    Se ele entrar de cara, vai apanhar muito e o árbitro vai fingir que não vê! (AD)

     
  • Às 14 de abril de 2015 11:51 , Anonymous Edson disse...

    A tática maior de Bambis e Gambás é tirar o Valdívia de campo na base da pancada.
    São vário jogos contra o SP e também contra o curica.
    É facil lembrar do Pirulito e do Elias no último jogo, que deu uma cotovelada criminosa, que a MIDIA não viu.
    Isso sem falar nas vezes que foi expulso, mesmo sendo o agredido.
    Criticar o jogador na sua capacidade técnica a imprensa não consegue, então usam adjetivos contra a pessoa.
    Quando apanha, então, chegam ao êxtase.
    É muito interessante a imprensa querer "proteger" o Palmeiras de um "mau indivíduo".
    É irônico e hilário.

     
  • Às 14 de abril de 2015 11:54 , Anonymous Marco disse...

    Tudo tem sua hora e seu lugar e neste momento todos os palmeirenses deveriam estar envolvidos na disputa de uma semifinal contra um rival que se utiliza de todos os meios éticos ou não para vencer uma disputa. Para mim, esse é o grande tema do tópico de hoje.

    Mesmo o maior inimigo do Valdívia, deveria ter o bom senso, o raciocínio, o discernimento para entender que estamos em uma decisão e que a conturbação do nosso ambiente só interessa ao nosso rival.

    Quem continuar pelas redes sociais e pela “Mídia Palestrina” nos seus mais diversos locais ajudando a imprensa na sua campanha de desestabilização do clube antes dessa decisão, ou tem sérios problemas mentais, ou então finge que é palmeirense.

    Nas últimas semanas tivemos uma força tarefa extraordinária de “palmeirenses” envolvidos na campanha para expulsar o jogador Valdívia do Palmeiras.

    Manifestações constantes em blogs, fóruns, chats e participações em matérias de imprensa. Muita energia, disposição e tempo disponíveis nesta campanha.

    Agora, esses “palmeirenses” poderiam dispor do seu tempo, da sua disposição e da sua energia para ajudar, de fato, o seu clube.

    A repercussão de alerta que precisa ter esse jogo de domingo será fundamental para o Palmeiras não ser operado em Itaquera, como já se tornou popular o lema: “Caiu em Itaquera, o juiz opera”!

    Esse grupo de palmeirenses, já mostrou que quando quer se mobiliza, quando quer faz muito barulho. Então, fica o pedido ou a sugestão para que utilizem toda essa disposição em uma situação onde a polêmica é benéfica e não prejudicial ao nosso time.

    Caso o Palmeiras, como um todo, fique na sua postura tradicional de fazer média, colocar panos quentes, julgando que estará sendo politicamente correto, permitirá que a rgt realize seu desejo de ter o time oficial na final. A semifinal deixará de ser uma disputa técnica.

     
  • Às 14 de abril de 2015 12:00 , Anonymous Marco disse...

    Com relação à parte técnica, além do que aconteceu neste domingo, tivemos um fato marcante, o depoimento da direção do Cruzeiro, o time atual bi campeão brasileiro e disputando a Libertadores, manifestando o interesse pelo jogador após avaliação da sua direção e da sua comissão técnica. Um fato revelado que deveria servir de final de discussão, especialmente para as discussões proporcionadas por quem não é do ramo do futebol ou por quem tem o nítido interesse de prejudicar a S.E.Palmeiras.

    Sobre jogadores do passado, quem conhece a história de Jair da Rosa Pinto sabe que ele saiu do Palmeiras por ser considerado superado para o futebol. Foi para o Santos e se tornou a base que deu sustentação para uma nova geração de jogadores, entre o eles um garotinho chamado de gasolina, recém chegado de Bauru.

     
  • Às 14 de abril de 2015 12:51 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Há um pacto indecente entre a rgt e o time do mensalão de Itaquera. Algo asqueroso e nojento, que reflete bem a podridão existente nos esgotos do Poder desse País, onde o timoneiro é o ex presidente (não sei, não sei nada, nunca vi....) que comandou os maiores saques ao erário público da história do Brasil. Também concordo que o Valdívia deveria entrar após o Intervalo, para jogar inteiramente o segundo tempo. Isso até ficar em normal condição física. Já o Xavier, bem que poderia entrar jogando, uma surpresa contra os marginais. E Paulo Nobre, bem como Mattos, precisam deixar bem claro, alto e bom som, que o Palmeiras não tolerará novos erros de arbitragem. De forma expressa. Para repercutir na Mídia. O que não foi feito até agora. A continuar essa inanição complacente dessa Diretoria, seremos encaminhados ao Matadouro domingo que vem.

     
  • Às 14 de abril de 2015 13:00 , Anonymous Edson disse...

    Informação interessante:
    Com El Mago longe, o time mineiro pretende apostar suas fichas no meia Lucas Lima, do Santos, que é o maior sonho do presidente Gilvan de Pinho Tavares.

    Espera aí?
    Então o mago era a primeira opção.
    E de bobo eles não têm nada.

    Que o Nobre reflita sobre essas informações.
    Não estão dando o devido valor a um craque que já está entre nós.

     
  • Às 14 de abril de 2015 13:02 , Anonymous Anônimo disse...

    http://www.lancenet.com.br/palmeiras/palmeiras-valdivia-renovacao_0_1339066081.html

    Dinho Maniasi

     
  • Às 14 de abril de 2015 13:03 , Anonymous Anônimo disse...

    Carsughi dispensado da JP.

    Dinho Maniasi

     
  • Às 14 de abril de 2015 13:21 , Anonymous Palmeiras todo dia disse...

    Idolo:pessoa a quem se tributa grande veneração; pessoa que se considera um modelo a seguir.
    Craque:indivíduo ou coisa digna de elogio; ás: indivíduo famoso, sobretudo em desporto.

    Definam como queiram, mago para mim é craque e sem equiparação no futebol brasileiro atualmente, qualidade técnica muito acima da média.

     
  • Às 14 de abril de 2015 14:20 , Anonymous JJ disse...

    CARSUGHI LEVOU PÉ NA BUNDA NA PAN E O
    MAURO BETHING LEVOU PÉ NA BUNDA NA BAND

    HOJE MAURO BETHING TÁ NA PAN E O CARSHUGHI SABE-SE LÁ ONDE FOI PARAR!..

    MAURO BETHING PALMEIRENSE!...
    CARSHUGUI FICA EM CIMA DO MURO!

    abraços!

     
  • Às 14 de abril de 2015 14:24 , Anonymous JULIANA AZEVEDO disse...

    Vamos ser sinceros que o jogo será extremamente difícil devido à vários fatores,casa,time bem montado e tudo mais. Mas eu estou confiante assim como todo palmeirense de verdade está,mas não vamos perder a casa caso não levemos a vitória nesse jogo,e achar que tudo está perdido,jamais! Todos nós sabemos da evolução que esse time vem tendo jogo após jogo,e ainda estão chegando jogadores novos para compor o elenco.Só espero que o Palmeiras jogue bem,de igual pra igual,lutando até o último minuto,com muita garra,e mostrando vontade,aí mesmo com a derrota,sairá aplaudido pelos torcedores presentes!

     
  • Às 14 de abril de 2015 17:31 , Anonymous Anônimo disse...

    Na boa, eu to muito mais preocupado com o time dos gambás do que com juiz, globo ou o que for.
    Eu sei de todos esses fatores e as suas influências, mas as vezes tenho a impressão de que esses 15 anos em que não ganhamos quase nada foram somente por causa desses fatores.
    O time dos caras é muito bom. Mas não invencível, a ponte mostrou como jogar taticamente contra eles (e não terão sheik e guerrero). Apesar de que estarão motivados, jogando em casa (fui no jogo do brasileiro do ano passado, há um fator caldeirão muito forte ali, mais até do que no palestra).
    Acho que as vezes batemos tanto na tecla do "fora de campo" que esquecemos que uma boa parte dele se decide dentro dele.

     
  • Às 14 de abril de 2015 18:05 , Anonymous Marco disse...

    Dudu, alerta para a arbitragem de domingo - pelo PTD


    http://www.verdao.net/noticia.php?n=14042

     
  • Às 14 de abril de 2015 18:11 , Anonymous Marco disse...

    Frase de comentário anterior:

    " Acho que as vezes batemos tanto na tecla do "fora de campo" que esquecemos que uma boa parte dele se decide dentro dele. "

    Discordo totalmente.

    O Palmeiras, historicamente (muito mais nos últimos tempos), ignora por completo o que acontece fora de campo e julga que os campeonatos são decididos dentro de campo.
    Somos o clube que vive na Ilha da Fantasia e acredita em Papai Noel. Está é a causa principal do time ter colecionado tantas rasteiras dos rivais em jogos decisivos e em clássicos.
    Essa mentalidade existente no Palmeiras nos proporcionou situações ridículas e humilhantes como a de fazer um acordo com esse rival e aceitar a arbitragem de PCO.
    Não resta dúvida de que o time precisa estar o melhor possível dentro de campo, mas chega de fazer papel de trouxa.

     
  • Às 14 de abril de 2015 18:35 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    O "entrar em campo", nesse nosso Futebol podre, é apenas a última etapa de uma longa e necessária preparação. Não indico ou aconselho que sejam corrompidos árbitros. Estou, tão só e claramente, pugnando junto Nobre, para que ele e sua Diretoria exerçam os seus papéis, e tudo façam para evitar que os árbitros SEJAM corrompidos, de uma forma ou de outra. Pecúnia, um "mimo", uma vantagem, uma "promoção, um emprego, um salvo conduto, uma "proteção"....AÍ MORA O PERIGO !

     
  • Às 14 de abril de 2015 19:45 , Anonymous Anônimo disse...

    Gamba detected.

     
  • Às 14 de abril de 2015 19:47 , Anonymous Marco disse...

    É perfeitamente possível defender os interesses do clube utilizando recursos legais e éticos.
    Não pode mais continuar a cultura de que errar contra o Palmeiras não traz consequências. É preciso exigir respeito a nossa instituição e a nossa torcida, pois há muito tempo esse respeito deixou de existir pela omissão de nossa diretorias.
    Enquanto isso, nossos rivais se utilizam dos mais variados recursos para pressionar as arbitragens a seu favor.
    Não precisamos utilizar os mesmos métodos, mas podemos perfeitamente ter posturas mais fortes em defesa do Palmeiras.
    Chega de fazer papel de palhaço!
    Diretamente em manifestações do clube ou por parte de pessoas na imprensa, o Palmeiras precisa com urgência manifestar seus interesses.

     
  • Às 14 de abril de 2015 19:54 , Anonymous Edson disse...

    E como o curica derrotou a Ponte?
    Foi fora ou dentro do campo?

    Essa tecla tem que ser batida constantemente, pois o roubo é constante.

     
  • Às 14 de abril de 2015 19:59 , Anonymous Anônimo disse...

    Acho que a polêmica em torno da renovação do Mago nem entra nessa matemática de prejudicar o clube agora na semi. Digo isso porque é a própria diretoria que criou essa novela arrastada há várias rodadas.

    O importante é não ser às influenciado por um possível resultado resultado adverso. O trabalho é bom, a longo prazo, e precisa manter o Mago e trazer um matador.

    A polêmica de verdade foi o patrocínio da Crefisa. Que sabe os clubes não se juntaram, aceitaram a proposta só pra ter uma vantagem sobre nós? Se foi cancelado, isso não importa. Vão continuar a bater se ocorrer uma vírgula conosco. A ideia é não ganharmos nem cobrança de lateral.

     
  • Às 14 de abril de 2015 20:39 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    O Palestra falso de Minas, aquele mesmo que quer Valdívia para as fases seguintes da Libertadores, está perdendo por 3x1 do Huracan, e não viu a cor da bola. Nobre: Não podemos perder Valdívia para esse time Regional !!!

     
  • Às 14 de abril de 2015 20:40 , Anonymous Marco disse...

    Ótima observação feita pelo anônimo acima.
    Nossos rivais se preocupam com cada detalhe e nós não nos empenhamos como deveríamos para defender nosso time.
    O patrocínio da Crefisa caiu do céu para eles. Foi a desculpa para serem beneficiados e prejudicar o Palmeiras.
    Quanto à questão do Valdívia, tem toda razão sobre a diretoria ter permitido isso, mas não significa que deva continuar sendo o assunto principal nesta semana, quando teremos um confronto contra uma instituição que não tem história, tem folha corrida.

     
  • Às 14 de abril de 2015 21:00 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Esse tal de Paulo André, zagueiro do Palestra falso de Minas, é o representante dos jogadores manipulados pela mídia marginal, protagonizada, entre outros, pelo INOMINÁVEL Juca Kfouri, a própria definição do lobo em pele de cordeiro! O sujeito mais arrogante da imprensinha nacional.

     
  • Às 15 de abril de 2015 00:50 , Anonymous Anônimo disse...

    Para o inocente útil, vejam como é que se faz um trabalho, uma amarração bem forte:

    http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2015/04/em-circular-cbf-determina-mais-rigor-contra-reclamacoes-chega-de-piti.html

    Desculpem postar um link da RGT. Percebem o recado? Após operarem a macaca ao ar livre, a gambazada se incomodou e mexeu seus pauzinhos.

    Ninguém pode reclamar do curica, é descarado mesmo e quem continuar será punido. E para ilustrar, a matéria tem uma foto dos gambás rodeando um abutre, ou melhor, o árbitro. É como se em Oz o prejudicado fosse sempre o curica.

     
  • Às 15 de abril de 2015 07:50 , Anonymous Marco disse...

    Essa é a propaganda do "Nacional Corintianismo"

     
  • Às 15 de abril de 2015 09:54 , Anonymous Anônimo disse...

    O cara que falou em se preocupar com o campo tem uma certa razão. Lendo os comentários dá a impressão de que na bola o Palmeiras já ganhou, que a única chance dos caras é ganhar com ajuda externa. Parece até que o time dos caras não tem qualidade alguma.
    Humildade em reconhecer qualidades nos adversários faz parte tb.
    Se o SPFC tropeçar no Danúbio hj, amanhã eles vão poupar jogadores pra entrar domingo com força máxima (mesmo sem o ataque titular). Caso contrário, domingo devem poupar alguns atletas.
    Acho que domingo faremos história. Mas se perdermos, na bola, não tem que ficar culpando Lula, Dilma e o que for.

     
  • Às 15 de abril de 2015 10:31 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Também temos bons jogadores. Meu medo, dentro do campo, é perdermos na tática, pois Tire é muito mais treinador do que OO.

     
  • Às 15 de abril de 2015 10:32 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Tite.

     
  • Às 15 de abril de 2015 11:17 , Anonymous Marco disse...

    Muita inocência, muita ingenuidade e muita precipitação do anônimo que parece não ter entendido nenhum comentário sobre a necessidade de se preocupar com o extra campo.
    Em momento algum li algum comentário menosprezando a capacidade técnica do adversário e muito menos atestando que já ganhamos e nossa única chance de derrota seria pela atuação de arbitragem.

    Ao contrário, sempre defendemos a disputa limpa dentro de campo e que um jogo ou uma classificação se decida por meio técnicos.
    Caso o time perca por competência do rival, paciência, esse é o futebol.

    Entretanto, considerando os antecedentes, a folha corrida desse rival e as condições de coação que existe aos árbitros e auxiliares naquele estádio, nada mais prudente do que chamar a atenção, ALERTAR ANTES DO JOGO, para o que pode acontecer, especialmente tendo observado o que aconteceu nesta última rodada com a Ponte Preta e com o próprio Palmeiras em seu estádio.

    Estamos cansados de saber que prejuízos ao Palmeiras e benefícios ao rival são muito bem vistos pela imprensa esportiva, pelas federações e, especialmente para a emissora que manda no futebol brasileiro.

    Não vamos misturar as coisas e adotar a postura costumeira de conivência, de aceitação e do rabo entre as pernas, que tem caracterizado o meio palmeirense nos últimos tempos.

    Cada coisa em seu lugar, a preocupação com a arbitragem e o extra cabe à direção do clube e as manifestações da torcida. Ao time, ao treinador e à comissão técnica cabe preparar o elenco o melhor possível para enfrentar um jogo difícil.
    Chega de cabacismo!

     
  • Às 15 de abril de 2015 12:11 , Anonymous Anônimo disse...

    Boa tarde!
    Neste momento Alexandre Matos afirmando que o Palmeiras mandou a federação um dvd e dossiê com os erros de arbitragem que prejudicaram o Palmeiras no jogo de domingo, fazendo as reclamações correspondentes em relação ao desempenho ruim do arbitro.
    Esta dando entrevista na transamerica nesse momento para quem quiser ouvir.

    Ximena

     
  • Às 15 de abril de 2015 12:15 , Anonymous Anônimo disse...

    Meu deus parece um circo de doido esse programa, o matos dando uma sbotinada no godoi!!...kkk

    Boa!!!

    Ximena

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial