Observatório Alviverde

21/08/2015

A PARTE CRAQUEFÓBICA DA TORCIDA DO PALMEIRAS JÁ TRABALHA PARA QUE PRASS TENHA O MESMO DESTINO DE VALDÍVIA!



 Resultado de imagem para fernando prass
 Prass precisa aprimorar a saída de bola!



Discordo *r-a-d-i-c-a-l-m-e-n-t-e* de todos os palmeirenses, que reivindicam a saída de Prass, (é incrível e custo a acreditar) da meta do Palmeiras. Felizmente não passam de meia dúzia de três ou quatro!

Repudio *v-e-e-m-e-n-t-e-m-e-n-te* suas esdrúxulas opiniões, desconstrutivas e desprovidas de nexo, tanto e quanto sei que, nas mesmas e exatas proporções, dirão e escreverão o mesmo a respeito das minhas opiniões, relativas ao grande goleiro.  

A discordância, porém, algo sagrado em nossa vida, tem nome e se chama livre opção e liberdade de escolha, que, ainda bem se encontra neste blog.

Parto do velho e sempre atual princípio de Voltaire, segundo o qual "Não concordo com uma só palavra do que dizeis, mas defenderei até a morte o vosso direito de dizê-las".

O motivo pelo qual pedem a saída de Prass não é plausível e nem razoável. Pelo contrário soa-me como banal, trivial e, ao meu sentir, pode ser definido como implicância e antipatia! 

Alegam, pasmem, que o goleiro palmeirense "não sabe jogar com os pés e, muito menos, fazer com perfeição a saída de bola", como se todos os goleiros brasileiros tivessem a habilidade de um Rogério Ceni.

Dizem, também, que Prass não repõe bem a bola, que só dá chutões, que repassa a posse de bola com facilidade direta e reiteradamente aos adversários e que urge que ele seja substituído por Aranha. 

Teriam, eles, esquecido das "habilidades" do canhoto Aranha saindo para o jogo com os pés? Creio que sim!

Esse início de temporada de caça a Prass, em meu entendimento é um verdadeiro absurdo dos absurdos, só superado pelo absurdo maior da crucificação e defenestração de Valdívia assunto, aliás, que prefiro não abordar.

A tese levantada há tempos por este blog, da existência de palmeirenses "craquefóbicos", isto é, aqueles que têm aversão aos craques, se confirma a cada dia, a cada hora e em cada circunstância existencial do clube.

Em razão disso, a minha discordância com essas opiniões tem caráter *i-r-r-e-v-e-r-s-í-v-e-l*, *i-r-r-e-t-r-a-t-á-v-e-l*, e, de um certo modo, reconheço, f-u-n-d-a-m-e-n-t-a-l-i-s-t-a.

Com toda a pureza de minh'alma verde e branca eu -honestamente- não sei como e porque surgem esses posicionamentos de dúvida em face de uma jogador cujas marcas registradas são a produtividade acima da média e a altíssima eficiência.

Não consigo compreender o porquê desse descrédito em relação ao estupendo camisa um, disparadamente, hoje, o melhor goleiro do Brasil, cuja ideia de convocação à Seleção de Dunga começa a ganhar corpo e contornos de realidade pela própria boca da mídia inimiga.

Indo ainda mais além e sem nenhum medo de errar eu afirmo, peremptoriamente, que com um outro camisa um o Palmeiras estaria hoje na parte debaixo da tabela e lutando para não cair. 

Será que essa parte da torcida já se esqueceu dos apuros e apertos pelos quais passamos durante o tempo em que Prass fraturou o cotovelo e esteve afastado?  Eu não esqueci!

Não sei porque semelhante preocupação no que diz respeito àquela posição que, hoje, com a contusão de Gabriel, passou a ser a única do time do Palmeiras que se pode considerar como RESOLVIDA!

Fique claro que Prass, "o último dos moicanos" e derradeiro craque do atual elenco de medianos do Verdão, não o tenho ao nível de um Emerson Leão ou de Marcos, os melhores goleiros que vi em ação com a gloriosa "maglia" alviverde, e, coincidentemente, os mais longevos sob as traves alviverdes. 

Mas que está bem perto deles, é inegável!
 
Fazendo uma reflexão retrospectiva das atuações de  Prass neste Brasileirão, por mais que tente e  me esforce, não consigo lembrar de nada que o desabone. 

Muito menos, consigo enxergá-lo como vilão ou como o responsável direto por qualquer derrota palmeirense, fato comum na vida de um goleiro. 


Pelo que me lembro, ele não teve, jamais, falhas clamorosas desde a sua volta da contusão. Alguém se lembra de alguma?

Considerar que Aranha, eterno reserva,  a quem conheço desde que assustado, tateante e sofrível começou na Ponte Preta, que foi suplente no Galo aqui em BH por muito tempo, e, em seguida, reserva no Santos durante a metade dos quatro anos em que lá esteve, (disputou nesse interregno apenas 125 partidas), possa arrebatar a camisa do melhor goleiro em atividade no futebol brasileiro não me parece viável, lógico ou factível.

Como e a título de que cobrar de Prass uma pretensa deficiência na saída de bola se ele nem tem com quem sair jogando em face das crônicas carências palmeirenses na armação, agravadas pela lastimável contusão de Gabriel que, literalmente, fraturou a coluna vertebral da equipe?

São Marcos, é inegável, no quesito "jogar com os pés" foi muito inferior a Prass. 

Pelo que me lembro, o único goleiro do Palmeiras que repunha magnificamente bem a bola foi Émerson Leão, coincidentemente um dos melhores, senão o melhor da história do futebol brasileiro nesse aspecto. 

Fique claro e patente que a maneira forte como me manifesto em relação ao assunto, não subtrai um grama do respeito e da consideração que tenho por todos os habitues deste OAV que pensam diferente e que (com certeza) cravarão comentários igualmente fortes e de um teor opinativo diametralmente oposto ao meu.

Ainda que os conteúdos de meus comentários sejam duros, ásperos, e até violentos, quero deixar bem claro que não me sentirei (nem um pouco) agredido ou ofendido por recíprocas contestações.  . 

Afinal, opinião cada qual tem a sua, como dizia, frequentemente, uma velha, minha vizinha, que adorava comer ranho.

COMENTE COMENTE COMENTE

PS - Este comentário não tem como objetivo ofender ou agredir nenhum blogueiro ou quem quer que seja, mas, exclusivamente, marcar bem o pensamento deste bloguista em relação ao assunto!

38 Comentários:

  • Às 21 de agosto de 2015 06:23 , Anonymous BOCA DURA!!! disse...

    Optar pela saída do Prass do elenco é surreal, é inaceitável, más como diz é direito e aceitamos os contrários. Quais as razões que estes defendem por sua saída? Qual seria seu substituto em melhores condições do que este? Sinceramente não vejo no elenco de hoje outro profissional que tenha seja eles quais forem qualidades superiores ao mesmo. Contra o curica em Itaquera pelo paulista que pegando pênalti o puseram nos céus, hoje estão querendo leva-lo ao inferno? Dai-me paciência!!!

     
  • Às 21 de agosto de 2015 06:43 , Anonymous Hugo Vecchi disse...

    Desejar a saída de Prass? Por não saber sair jogando é cômico, é só os laterais se posicionarem ou meias para que estes recebam a bola ou não? Prass pega muito mais do que se imagina, às vezes tem suas falhas, quem não os tem?
    Desejar é uma coisa, mostrar com fatos é totalmente diferente que justifiquem tal opção, isto cheira a coisa pessoal contra o profissional, que de passagem é exemplo de dedicação e segurança a equipe, outra coisa poucos possuem o equilíbrio em campo e nas entrevistas com este demonstra.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 07:19 , Anonymous ROENDO AS UNHAS disse...

    O.O. é o novo técnico dos urubus, mais uma canalhice como fizeram com Jaime de Almeida e se repete com Cristóvão Borges, é lamentável estes pseudo-dirigentes.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 07:25 , Anonymous anonimo disse...

    mais um nome da mesma pessoa: ROENDO AS UNHAS. ta dificil hein

     
  • Às 21 de agosto de 2015 07:51 , Anonymous roberto disse...

    O palmeirense acostumou com tanto, mas tanto com jogador cabeça de bagre, caneludo, grosso, chucro, balzaqueano e demais adjetivos ao longo deste século 21, que quando aparece um ou dois, digamos, acima da média no time, ele continua gostando e querendo o cabeça de bagre, caneludo, grosso, chucro, balzaqueano e demais adjetivos. É uma espécie de Síndrome de Estocolmo.
    A explicação só pode ser essa, Sr. Alcides Drummond, infelizmente.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 07:56 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Cristóvão foi goleado pelo Palmeiras e perdeu, após, de seu maior rival! Use da empatia: E se fosse com o Palmeiras?

     
  • Às 21 de agosto de 2015 08:07 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Me tire dessa, Sr. Roberto. Sou um Palmeirense acostumado, e muito, com craques. E, justamente por admirá-los, como condição sine qua non para a formação de uma equipe, eu abomino aqueles que se apresentam como tais, na mídia, mas são autênticos pernas (ou mãos) duras. Meu amigo: Eu vi, e me formei Palmeirense, assistindo AO VIVO, Leão, Luiz Pereira, Dudu, Ademir, Leivinha, César, Ney, Jorge Mendonça, Veloso, Zetti.....e exatamente por isso, que me sinto inconformado com as deficiências de certos jogadores. Em verdade lhe digo: Sou um GROSSOFOBICO !

     
  • Às 21 de agosto de 2015 08:08 , Anonymous Roberto disse...

    Cadê o verde insuperável pra questionar o blogueiro?
    O cara que faz dez ou quinze comentários por dia e quer descartar o Prass sumiu.
    Quando falei o que penso do mago foi sugerido aqui que não sou um verdadeiro palmeirense.
    Vamos lá: quem não gosta do Prass, apresente seus argumentos ao blogueiro!

     
  • Às 21 de agosto de 2015 08:29 , Blogger Ricardo Borgo disse...

    Também quero palpitar. Em minha insignificância como goleiro aqui em minha cidade, briquei por muitos anos na posição e digo, com muita propriedade, que não é fácil ser um goleiro completo, ou seja, saber sair com os pés, ter às vezes que até driblar o atacante por receber bolas atrasadas totalmente defeitosas dos defensores.
    Aho que já está de muito bom tamanho fazer defesas, e muito mais, como Fernando Prass tem feito, verdadeiros milagres. Por isso, concordo plenamente com Alcides.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 08:46 , Anonymous Anônimo disse...

    O problema nunca foi o Prass e sim o miolo da defesa pois quando não dá pra sair jogando só resta lançar a bola ao ataque. Nosso miolo de zaga não sabe sair jogando, qualquer que seja a formação. Restava ao Gabriel fazer isso, mas...
    No futebol moderno de hoje, qualquer time marca a saída de bola isso é um fato inquestionável , porisso essa besteira de dizerem que o Prass só faz linha direta., e podem observar que ele sempre tá de olho para quem vai repor a bola .

     
  • Às 21 de agosto de 2015 09:00 , Anonymous roberto disse...

    Sr. Verde Insuperavel, ou Boca Dura, ou Torcedor Ponderado, ou não sei mais (não me leve a mal por favor), relacionei o meu comentario em relação aos palmeirense que odeiam jogador bom, um pouco acima da média que pintam as vezes na Turiassu neste novo século. O recado foi dado aos anti-Valdivia, agora anti-Prass

     
  • Às 21 de agosto de 2015 09:31 , Blogger Emanuel Campana disse...

    Ridículo esse pensamento contra o prass q depois de anos nos fez ter confiança em um goleiro.

    Nem viu destacar i que fez e faz dentro de campo ( muito maisvacertos do que erros) mas viu destacar sua conduta quando defende a instituição PALMEIRAS em especial quando a corj..... Ops impren$a o aborda. Nesse sentido prass defende o PALMEIRAS mais do que o próprio Marcão.

    Diretoria..... Renove logo, o PALMEIRAS precisa de jogadores iguais ao prass de caráter.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 10:44 , Anonymous Marcelo disse...

    Só para não deixar batido:

    São Paulo perde para reservas do Ceará, ouve gritos de 'vergonha' no Morumbi e se complica


    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

     
  • Às 21 de agosto de 2015 11:34 , Anonymous Elcio disse...

    Aonde você viu que querem a saída do Prass?

     
  • Às 21 de agosto de 2015 12:14 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Sr. Roberto: V. SA. está muito nervoso. Com isso, pode perder a razão. Se é que a tem....Já desafiei aqui no blog, alguem que pudesse provar que eu possa escrever com outro nome, Além do Verde Insuperável. E este alguem ficou calado!!! Nem me lembro se esse alguém seria V.Sa. Assim, é a presente para lhe fazer um repto: Prove que Verde Insuperável possa escrever ou ter escrito com outro nome senão com o de Verde Insuperável !!!!! Do resultado de sua prova as partes (eu ou o senhor) poderão adotar as medidas cabíveis. Bem entendido ! Aguardo.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 12:32 , Anonymous JULIANA AZEVEDO disse...

    Jamais serei a favor a saída do Prass se esta não for por vontade própria, pelo que se vê está longe de ser. Profissional exemplar e de caráter, referencia para os mais novatos, tem personalidade para assumir erros e falar do que pensa, independentemente daqueles que não queiram ouvir.
    Com todos estes caracteres citados o que ainda mais tem minha admiração é que foi um dos poucos que assumiu a permanência do Mago no elenco e foi claro ao se referir ao profissional Vadívia, contrariando a imprensa que desejava ouvir outra resposta, foi assim incontestável na sua opinião e ninguém melhor daquele que convivia com o craque poder dizer o que muitos não sabem ou não desejavam ouvir, a verdade, seu empenho e dedicação nos treinamentos e vontade na recuperação de suas condições físicas.
    Já tinha admiração por este profissional por suas defesas muitas vezes inesperadas, más sua posição em relação ao Mago foi além de minhas expectativas.
    Prass e Mago?? Monstro!!!!!!

     
  • Às 21 de agosto de 2015 12:37 , Anonymous V.Sa, sr.roberto disse...

    Hahahahahaha. medidas cabiveis? é verde, voce é mesmo insuperavel...na chatice

     
  • Às 21 de agosto de 2015 12:55 , Anonymous Anônimo disse...

    Tem q ter o Valdívia no meio....

     
  • Às 21 de agosto de 2015 13:16 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Tudo bem, Roberto, não vou ter mais deferências com você, no tratamento formal, pois você deve ser do "populacho" e não está acostumado a isso. Não vou responder ao mestre Alcides, pois tudo o que tinha para falar de Prass, falei no "post" de ontem. Você mesmo disse que eu escrevo 10 a 15 vezes por dia, mas não deve ter lido minhas palavras, ou não conseguiu entendê-las. Mas não irei desenhá-las, pois penso que, embora você tenha muitas deficiências cognitivas, deve ao menos saber ler.....Faça um esforço.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 13:26 , Anonymous JULIANA AZEVEDO disse...

    Anônimo, não é ter Valdívia no meio, é referência para a pessoa em discussão que é o Prass, só exemplifiquei este por ter valores morais e como tal, não citaria ao Mago caso este não fosse exemplo de dedicação e qualidades técnicas que contrapunha a tudo que é dito pela imprensa canalha e tendenciosa que temos e a torcedores mal informados, foi em sua entrevista um "tapa" na cara destes hipócritas torcedores disfarçados de comentaristas esportivos. Entendeu?

     
  • Às 21 de agosto de 2015 13:27 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Alcides, parabéns por seu maravilhoso artigo. O exercício da opinião livre e sempre articulada, como a sua, é um bálsamo para o meu coração e mente. Mas, mesmo discordando de minha opinião (claro que sei que vc não se dirigiu diretamente a mim,por conta de minha pequena importância, e por também saber que outros compartilham da minha análise, aqui e fora daqui)você deve a grandeza de, antecipadamente, afirmar - alto e bom som - que reconhecia todo o direito ao contraditório ! Porisso que aprecio muito esse blog, o melhor da mídia palestrina. Mesmo porque, se não fosse, eu não estaria aqui. Somente aprecio coisas boas, dentre as quais, a melhor, que é o NOSSO PALMEIRAS ! Não vou mais falar, hoje, sobre o Prass. Já falei muito, ontem, e me enfastiei. Ratifico todo o lá expendido, e, se serve como consolo, em face do teor dos comentários de hoje, ao menos te ajudei em ter idéia sobre um tema a ser pautado !!!!!

     
  • Às 21 de agosto de 2015 13:29 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Errata: você teve a grandeza.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 14:24 , Anonymous Anônimo disse...

    O insuperável tem essa opinião sobre o Prass, não acho que seja para sair, porém há um contrato vencendo que Bananone soube fazer.

    O Prass e a torcida que abram o olho, se não adequar à produtividade, pode criar uma novela igual a chilena.

    Quanto à parte técnica do Prass, considero bom goleiro debaixo do gol, médio pelo alto, péssimo na saída se bola. Também não é novo.

    O Palmeiras precisa trabalhar para ter um substituto à altura da exigência, Prass atende por enquanto.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 14:39 , Anonymous PATO DONALD disse...

    OLHA O PATO AI

    http://verdaoweb.com.br/news.asp?nID=22491&p=2

     
  • Às 21 de agosto de 2015 15:57 , Anonymous Heitor Lucas disse...

    Espero que este papo de Pato, não passe de especulação, é inaceitável um cara deste que não jogou até hoje em qualquer time por onde passou venha usar nosso manto sagrado com esta falta e má vontade que apresenta. Seria inadmissível.!!!
    Não renovar com Mago e trazer o Pato é para fechar o boteco. Tenha santa paciência amigo!!! Esta imprensa continua pior do que é, uns fdp e hipócritas.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 16:01 , Anonymous FERNANDO VERDE disse...

    A diretoria do América-MG recebeu uma sondagem do Palmeiras pelo volante Thiago Santos, de 25 anos, mas que o negócio não avançou. A informação é do diretor de futebol do Coelho, Osvaldo Torres, que afirmou que o clube não pretende se desfazer de nenhuma peça do elenco.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 16:25 , Anonymous JOSÉ S.J.RIO PRETO-SP disse...

    Será problema para MO montar o time do verdão para o confronto contra Atlético-MG, os caras virão babando para cima e jogam sempre no ataque. Caso venhamos a perder meio de campo, podemos levar uma goleada, caso contrário, jogaremos por uma bola que nos poderá dar um resultado a que muitos não acreditam.
    Na minha opinião e pelos jogos anteriores o verdão terá que mostrar muita raça e determinação para não vir a ser derrotado.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 16:53 , Anonymous Matheus S.J.do Rio Preto-SP disse...

    Fico aqui pensando, o quanto seria diferente com a presença do Valdívia neste elenco, uma coisa é certa: seríamos líder isolado neste momento do campeonato e com folga de pontos, quis a brilhante administração do pseudo-diretor não renovar seu contrato e estamos vivendo com estas sucessivas contusões um período conturbado e falta de pegada e imposição do meio de campo, não pegamos uma 2ª bola é incrível!! Tudo poderia ser mais fácil, más não será, vamos como sempre sofrer e rezar como nunca, infelizmente.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 16:57 , Anonymous Anônimo disse...

    Sem querer ser chato, mas o Mago não faria diferença. Explico, estaria no DM há algumas rodadas.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 17:06 , Anonymous V.Sa, sr.roberto disse...

    Alcides, dá logo o blog para o Verde Insuperavel, o cara é chato demais

     
  • Às 21 de agosto de 2015 17:33 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Prefiro 1 Valdívia do que 10 Patos. Valdívia resolve o problema do Palmeiras. Pato somente vai atrapalhar. Além disso, é muito afrescalhado para jogar no Verdão.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 17:38 , Anonymous Só palmeirense disse...

    Dois anos de salário do pato compra o Lucas Lima.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 17:47 , Anonymous Matheus S.J.do Rio Preto-SP disse...

    Pato é para OTÁRIO, não podemos sequer imaginar uma coisa destas.
    Continuo a dizer que com Valdívia seríamos totalmente diferentes do que somos hoje, demonstrou vontade e com toda certeza e pelo amadurecimento que teve, faria um belo campeonato pelo verdão. Com acompanhamento de profissional para cuidar de sua lesão crônica a história seria outra, discordando do anônimo.
    Como é otário falar em Pato no verdão, na mesma proporção é ser otário em dizer que com o jogador diferenciado tecnicamente como é Valdívia o time do verdão teria o melhor meio de campo do futebol brasileiro e disparado.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 17:49 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Engraçado, nunca na vida alguém me chamou de chato. Muito pelo contrário. Precisou um tal de Roberto, aliás, um meu xará, para dizê-lo. To be, or not to be, that is the question....Este agora é o meu dilema, por culpa do tal Roberto, que, em sendo verdade, me fara perder o chão !!!

     
  • Às 21 de agosto de 2015 18:48 , Anonymous MestredosMagos disse...

    O PRASS COMETEU O PECADO DE DEFENDER O VALDÍVIA PUBLICAMENTE

    Não duvidem a vingança de Alexandre Mattos e Paulo Nobre.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 23:44 , Anonymous Anônimo disse...

    Bambizada, protegida da impressinha, perdeu para o lanterna da segunda divisão.
    Lanterna da segunda divisão jogando com o time reserva.

     
  • Às 21 de agosto de 2015 23:48 , Anonymous Anônimo disse...

    Pato no Palmeiras, oitocentos quilos de picanha por mês?
    Só maluco para achar que é uma boa.
    Quebra o elenco, ninguém mais joga.

     
  • Às 22 de agosto de 2015 00:01 , Anonymous Anônimo disse...

    A última vez que o Palmeiras teve mais posse de bola que o seu adversário foi na vitória sobre o ASA, pela Copa do Brasil, dia 15 de julho: na oportunidade, o Verdão esteve no controle em 55% do tempo da partida. De lá para cá, sete jogos - com quatro vitórias e três derrotas -, mas nunca à frente do adversário neste aspecto.


    PARA TABELA: POSSE DE BOLA


    Palmeiras 40% x 60% Santos
    Vasco 52% x 48% Palmeiras
    Palmeiras 49% x 51% Atlético-PR
    Cruzeiro 52% x 48% Palmeiras
    Coritiba 50% x 50% Palmeiras
    Palmeiras 31% x 69% Flamengo
    Palmeiras 41% x 59% Cruzeiro

    55% de posse de bola contra o ASA e perder na posse para o Vasco é vergonha.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial