Observatório Alviverde

09/05/2018

EU COLOCARIA EM CAMPO, HOJE, A FORÇA MÁXIMA!


Acho interessante que os exemplos se sucedem e a parte "vanguardista" da mídia tanto e quanto da torcida, insistem numa estupidez chamada "poupar" jogadores.

Há poucas horas o Galo Mineiro, simplesmente entrou pelo cano em pleno Independência ao adotar -estupidamente- o modismo da "poupança". Bem Feito!

Se com o time principal o resultado seria extremamente difícil de ser obtido, imaginem com o time suplente. 

Ao final do jogo a torcida atleticana amargou outra desclassificação, e, em coro, homenageou as progenitoras do técnico e do presidente e de toda a diretoria, em face da utilização equivocada do time B.

Então eu pensei que o tempo passa, alteram-se as cenas, mudam as personagens, muda a sociedade, muda tudo e muda o mundo, menos a filosofia simbolista do famoso poeta e pensador paraibano Augusto dos Anjos que disse em seu estro há mais de cem anos e até hoje não foi contrariado: "a mão que afaga é a mesma que apedreja". 

Agora, refletindo e aplicando a situação ao jogo Atlético Pr x Palmeiras, sou convicto de que a recíproca foi verdadeira e Róger escapou do linchamento verbal. Ele que se cuide! As demissões de treinador começam, exatamente, assim!

Àqueles que defendem a tese da poupança do elenco quero deixar claro que os compreendo e os perdôo. Sobretudo quem fica reivindicando que o time principal seja unanimemente poupado. A eles eu respondo assim:

Como falar em estafa, em cansaço em falta de preparo físico, de"elan" e "estamina" se somente agora estamos entrando no quinto mês do ano e ainda não se chegou, sequer, à metade da temporada/18?

Se o time estiver estafado, cansado ou coisa assim (sei que não está) então que se troque os departamentos médicos e fisiológicos pois alguma coisa está errada.

Tenho um irmão médico, o maior palmeirense que conheci (depois de mim, é claro, rsrsrsrs), que sempre diz que estou indo contra a ciência quando digo que time não deve ser poupado.

Ele me explicou que os tempos que vivemos são diferentes daqueles de nossa infância e juventude, quando tudo funcionava à base do empirismo e das experiências pretéritas obtidas pelos médicos e fisicultores.

Disse-me, por exemplo, que na década de 50 existiam poucas escolas de educação física no país e ele só sabia de quatro, no Rio, em São Paulo, em São Carlos (SP) e Porto Alegre.

Todas eram voltadas exclusivamente para formar professores ginasiais que se preparavam para lecionar  uma matéria embrionária no currículo escolar e só depois, muito depois os profissionais que formaram foram direcionados para que atendessem o esporte, e, mais particularmente, ao futebol..

Falou da exigência física cobrada dos atletas de hoje e afirmou que um jogador das décadas de 40, 50 e 60 mantinha posição, atuava setorialmente e corria, em média, (os atacantes e defensores) pouco mais de quatro quilômetros por jogo.

Os meias armadores (meio-campistas), os "alfos" ( halfs ou os laterais, escolham como nominar) corriam no máximo de seis a oito quilômetros (média de seis) em um futebol de muito menor pegada, menos jogo de atrito, menos corpo a corpo e de muito menor exigência. 

Em contrapartida ele afirma que, independentemente da posição que ocupam, os jogadores de hoje correm muito mais, sendo que todos fazem, do máximo daquela época (oito quilômetros), o mínimo de hoje e chegam a correr, alguns deles,  até doze quilômetros por jogo.

Essa foi a explicação que o levou a admitir mudanças radicais nos elencos pois, paralelamente à fisiologia, corre a medicina, avançadíssima, através de exames do lactato, dos batimentos cardíacos, da capacidade pulmonar e de outros cujos nomes não gravei, que dizem respeito os hormônios, humores, enzimas e outros.

Aliás, não foi sem justa razão que um médico inglês afirmou que o maior inimigo dos jogadores nos dias que vivemos, muito mais do que os choques, as pancadas, as torções e as lesões musculares que tantas vezes levam um atleta ao paroxismo da dor e até ao rompimento dos ligamentos,  " é a altíssima competitividade do futebol moderno".

Deu para perceber que estou consciente das consequências decorrentes do excesso de trabalho de um grupo de jogadores? 

Ainda assim, condeno as "poupanças"de jogadores cujos "juros" são, na maioria das vezes, negativos, ainda piores, se mal comparo me perdoem,  do que a miséria que nos pagam os bancos por nossas poupanças financeiras. Explico:

Poupar um time inteiro de que, por que e para que? 

Fosse o Paulistinha que estivesse em disputa e ninguém sequer tocaria no assunto. 

Como a situação envolve Copa do Brasil e, depois, o derby da desforra para os palmeirenses, valendo pelo Brasileiro, todo mundo quer palpitar espelhando-se na vitória (reconheço, espetacular) do time reserva do Verdão em Curitiba. 

Faço questão de adiantar que sou (r-a-d-i-c-a-l  e  e-p-i-d-e-r-m-i-c-a-m-e-n-t-e) contra essa prática que tira o embalo, o entrosamento, o pique, desmotiva o time principal e acirra as rivalidades do elenco pela inevitável guerra de egos.

O time principal tem de ser basicamente mantido e preservado, ainda que eu concorde com a exclusão daqueles jogadores que o departamento médico aponte como extrema e efetivamente cansados (não creio que esteja ocorrendo no Palmeiras) ou que o departamento de fisiologia aponte como tendente a uma contusão muscular.

Nesses casos, que sejam substituídas apenas as peças que correm riscos de contusão ou aqueles atletas que precisam ser preservados visando a um jogo mais importante, mas sempre com a obrigatória manutenção da base do time principal.

Vanderley Luxemburgo, técnico vitorioso e emérito estrategista, o melhor entre todos que vi passar pelo Palmeiras, da década de 50 aos dias de hoje, deu lições acerca da forma de poupar seus jogadores decisivos.

Se houvesse jogos mais importantes pela frente e as situações assim o exigisse, ele retirava do time, pontualmente, os esfalfados, os cansados (três ou quatro, no máximo) e até aqueles que estavam com dois cartões, mas levando-os para o banco e mantendo-os por precaução, de sobreaviso, para possíveis eventualidades de ter de refazer da melhor forma a formação do time principal.

FICHA TÉCNICA ANTECIPADA
JOGO - AMÉRICA-MG X PALMEIRAS, hoje, 4ª feira, 09/05, às 19,30H.

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte

Árbitro: Braulio da Silva Machado
Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA) e Neuza Ines Back (FIFA)

PROVÁVEIS TIMES:

AMÉRICA-MG:
João Ricardo; Norberto, Messias, Rafael Lima e Carlinhos; Leandro Donizete, Juninho e Serginho; Marquinhos, Aylon e Rafael Moura Técnico: Enderson Moreira.

PALMEIRAS:
Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima; Dudu, Keno e Borja (Willian)
Técnico: Roger Machado

Aprovo, inteiramente, a escalação dos melhores para o jogo decisivo desta noite contra o América, mas se a estrutura for mantida e três ou quatro forem poupados para o clássico não ficarei contrariado.

De qualquer modo, fique bem claro que, independentemente do derby de domingo, prefiro que o Palmeiras coloque em campo todos os titulares, pois será excelente se o time passar para a fase seguinte da Sul-Americana.

Deixemos para falar do clássico a partir de amanhã, quinta-feira! (AD)

COMENTE COMENTE COMENTE

34 Comentários:

  • Às 9 de maio de 2018 05:41 , Anonymous Elcio disse...

    8 jogos, 4 disputas, por 50 milhões.

    Acho que o Roger não iria arriscar poupando alguém que nao seja extremamente necessário.

    Também sou contra essa "frescura".

     
  • Às 9 de maio de 2018 08:15 , Anonymous Cleiton disse...

    Alcides só duas correções, o jogo é pela copa do Brasil e contra o Atlético PR foi uma mudança tática, não poupança.

     
  • Às 9 de maio de 2018 09:02 , Anonymous Elcio disse...

    Ganhando bem hoje, poupa todo mundo no próximo.

     
  • Às 9 de maio de 2018 09:25 , Anonymous Palmeirense Sincero disse...

    Olha só, me desculpem a franqueza, mas hoje é um típico jogo que temos nada a ganhar e muito a perder entendeu então hoje é atenção ao máximo e con força máxima não se pode escantear uma copa do brasil assim ao vento e relento chega com essa mania de poupar que se poupe em situações como é que eu posso dizer é é é é situações providenciais e hoje não é providencial afinal se cairmos fora além da perda financeira (quem passar pras quartas de final ganha só 3 mango ou pra quem não sabe milhões) vem a encheção de saco dos rivais e da própria imprensa e de encheção de saco de rivais e da imprensa fedida eu estou é de saco cheio e tem outra também viu o Palmeiras pelos investimentos que fez desde o ano passado misturado com os fracassos que vimos por incrível que pareça não está cantando de galo assim pra ficar escolhendo qual torneio quer ganhar
    Vai Palmeiras aproveita e surfa na onda do ótimo jogo que fez domingo e tome gosto pela copa do brasil vamo lá né

     
  • Às 9 de maio de 2018 10:25 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Força máxima e buscar uma goleada, nada de toque de lado.
    Mata-mata tem que jogar sério.
    Com uma boa vitória praticamente garantimos a classificação e chegamos com moral para a VINGANÇA...

     
  • Às 9 de maio de 2018 10:39 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Copa do Brasil faz o vencedor embolsar 50 milhões !
    Nenhuma outra Copa ou torneio remunera melhor.
    Em sendo assim, e como o Futebol é Profissional, o Time deve ser sempre o Titular.
    Mesmo porque, como disse o Timoneiro, não atingimos nem a metade do dozeno, não havendo se falar em poupar.
    Além do mais, avizinha-se a Copa da Rússia, ocasião em que nossos jogadores ficarão por 30 dias e noites no come-dorme, sustentados em nosso maravilhoso resort, ou seja, em férias, algo que eu não gozo, em trinta dias corridos, faz milhares de anos.
    Aliás, como sou profissional liberal, autônomo, desde sempre, confesso que nunca tive o (des)prazer de ficar à toa em férias integrais.
    Quando muito, uns 10 ou 15 dias ou 20 dias, de vez em quando, bem de vez em quando, pois ninguém é de ferro.
    E não me sinto diminuído ou insatisfeito.
    Como dizia o meu avô, é melhor ter uma banca de bananas, do que ser empregado.

     
  • Às 9 de maio de 2018 10:53 , Blogger Libertad disse...

    Pré temporada específica, fisiologia, toalhinha quente, exames para detectar possíveis lesões, e mais blá, blá, blá..!
    Porque Moisés lesionou no seu quinto jogo, e nem em todos jogou os 90 minutos?

    Isso é frescura, viadagem, preguiça, comodismo...!

    Poupa hoje, depois acaba tendo q vencer em casa, coelho arma uma retranca igual a chape, e lá vai a classificação para o pau..!
    Nei Verde.

     
  • Às 9 de maio de 2018 10:55 , Anonymous Anônimo disse...

    Concordo ipsis litteris com o Alcides, Sincero e mais ainda com o Verde Insuperável, principalmente a partir do 5° parágrafo. Sintetizou tudo, claro e objetivo, meus parabéns.
    Onde assino?
    Arnaldo de Cambé-PR

     
  • Às 9 de maio de 2018 10:58 , Anonymous Anônimo disse...

    Calma Nei, ainda nem houve a escalação.
    Arnaldo de Cambé-PR

     
  • Às 9 de maio de 2018 12:08 , Anonymous Palmeirense Sincero disse...

    E nei, imagina se esses playmobils desses jogadores jogassem a NBA vixe mainha eles tava era lascados por que lá os caras jogam a temporada inteira 82 jogos na temporada fora os planos festa quando o time se classifica sem falar se for pro sétimo jogo desempate quem sabe de NBA sabe que escrevo já pensou nei esses caras jogando nba olha viu você tem razão muita mordomia muito mamão com laranja pra esses caras viu nesse aspecto eu tô com você nei

     
  • Às 9 de maio de 2018 12:11 , Anonymous Palmeirense Sincero disse...

    planos festa não, é playoffs mata mata

     
  • Às 9 de maio de 2018 17:03 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos

    de volta da roça, dou meus pitacos:


    a. hj é jogo para fazer uns gols fora, SE a bendita CdB ainda considera gol fora critério de desempate...por favor me esclareçam sobre esse ponto

    b. vi a escalaçao provável. Edu ganhou a titularidade na zaga? E aqueles Luan, Juninho e Sei-lá-o-que? Lustram chuteiras?

     
  • Às 9 de maio de 2018 19:36 , Anonymous Nei Jr disse...

    Por que o Pranchetinha insiste no borja? É inacreditável.

     
  • Às 9 de maio de 2018 19:36 , Anonymous Anônimo disse...

    A esse Nei verde, gostaria de perguntar se ele entende de ortografia, fisiologia na área de medicina? Se não entende, não misture no seu comentário o que não conhece.nao misture contusão com desempenho de jogador. O problema do nosso país é as pessoas emitirem opinião sem entender do assunto. Procure se restringir como torcedor e opinar sobre desempenho de jogador e do time. E lembre-se quem fala demais da bom dia a macaco.

     
  • Às 9 de maio de 2018 19:59 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Caramba!
    Estou aqui no Independencia (moro pertinho aqui) e estou impressionado com a ruindade deste Borja. Ele não temn nem perfil de jogador profissional.
    A torcida do Palmeiras faz mais barulho que a do América aqui no Horto. No intervalo escrevo mais.

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:04 , Anonymous Anônimo disse...

    Em tempo: onde saiu ortografia, leia-se ortopedia. Erro de auto correção.

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:05 , Anonymous Rafael Kugler disse...

    Pedir a San Genaro, que depois da copa alguém contrate esse Borja, isso não virá nada, caneludo.
    Têm uns indivíduos por aqui que querem dar o fiofó para o tio ney, não da sossego.

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:07 , Anonymous Harden Stiglitz disse...

    Não interessa sua opinião anônimo, muito menos se foi erro de auto correção ou não. Nada vale o que você diz.

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:12 , Anonymous H. Stiglitz disse...

    Borja? Nunca critiquei.

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:21 , Blogger Libertad disse...

    Saiu de bom tamanho esse primeiro tempo, preocupante a cobertura do lado esquerdo, tenho falado F.Mello e B.Henrique são muito lentos na recomposição, se jogar assim contra um time de qualidade, que não perdoa, complica..!
    Rafael, não tenho simpatia por fiofó.
    Nei Verde.

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:22 , Blogger Ester Abea disse...

    amigos

    afinal de contas gol fora vale 2??????

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:25 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Diogo Barbosa não faz boa partida. Impressionado com a qualidade técnica do Felipe Melo. O cara é diferente mesmo no tratamento com a bola. Belo gol do Borja (perdeu uns 3 antes) más é ruim de bola o garoto. Kkkk.
    Minha esposa quase comemorou o gol do Borja é estamos na torcida do coelho, kkkk (ingresso mais barato na Pitangui).
    Olhando do lado de ca (oposto da torcida Palmeiras) é IMPRESSIONANTE o barulho e farra que eles fazem.
    No brasileirão contra o galo e América aqui no Independencia acho que vou ficar lá na area palmeirense. Só que lá acho que não dá pra assistir o jogo sentado numa boa, como estamos aqui, kkk.

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:31 , Anonymous Palmeirense Sincero disse...

    Nossa os back dando cada susto hein mas tá um bom jogo vamos lá e nei você leu meu comentário da tarde lá.

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:45 , Blogger Libertad disse...

    F.Mello e B.Henrique se dão muito bem quando estamos com a bola, mas nas coberturas são de dar calafrios, muita lentidão..! O time está muito bem armado para atacar, mas para defender???? Roger tem que arrumar isso..!
    Nei Verde.

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:45 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Achamos uma função para o Deivison: bater na cabeça do Keno após o gol !!!Um grande animador do elenco.

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:46 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Palmeiras impecável.

     
  • Às 9 de maio de 2018 20:56 , Anonymous Elcio disse...

    Off topics.
    Fase boa eh isso aí.

    O Luan é irmão gêmeo do Borja?

    Não só a grossura é idêntica

     
  • Às 9 de maio de 2018 21:00 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Já saiu Tiago Martins. Falta o companheiro. Não temos zagueiro, exceto Dracena.

     
  • Às 9 de maio de 2018 21:07 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Verde insuperável também erra. Afinal, é humano: Palmeiras, quase impecável.

     
  • Às 9 de maio de 2018 21:10 , Blogger Libertad disse...

    O time está bem armado para atacar, mas defensivamente, tem muito a se arrumar, muita pressão sob a zaga e goleiro, consequentemente sai os erros.
    Gente pelo amor de deus os volantes não acompanham.., o problema está aí, o pranchetinha não encharca. Se jogar assim contra os gambás, leva goleada histórica..
    Nei Verde.

     
  • Às 9 de maio de 2018 21:10 , Anonymous Perguntar não ofende disse...

    Jailson tá virando um prasslhaço na reposição de bola. Seria um Jailssaço?

     
  • Às 9 de maio de 2018 21:27 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Ganhamos. Ufa!!!!
    Vou sair daqui do belo estádio Independiente (que gramado) e aí chegar em casa posto uma msg sobre o que vi deste jogo.
    So adiantando um pouco, Vitória boa mas enganosa . Tomamos sufoco do América no final. Borja ( um gol e uma assistência) e Antonio Carlos NÃO VALEM NADA!!!!

     
  • Às 9 de maio de 2018 21:31 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Antes de sair aqui deste "terrível "estacionamento: se jogar assim contra os valentões aqui se Minas (cru e galo) o Palmeiras leva PIABA de ambos!!

     
  • Às 9 de maio de 2018 23:06 , Blogger Ester Abea disse...

    Este comentário foi removido pelo autor.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial