Observatório Alviverde

08/05/2021

VOCÊ BUSCARIA BORJA E DEYVERSON PARA O COMANDO DE ATAQUE PALMEIRENSE?

Já se sabe que Abel Ferreira pediu a Gagliotte um centro-avante que, segundo o português é uma das peças que faltam ao Palmeiras a esta altura da temporada/21.

Há alguns dias eu pensava exatamente dessa forma, até que surpreendido por umas performances recentes de Luis Adriano, concluí que se o Palmeiras exigir fisicamente um pouco mais do gaúcho ele pode duplicar, triplicar ou até decuplicar seu rendimento até o chamado "ponto ideal". 

Nunca disse que Luiz Adriano não sabe jogar, mas sempre realcei que faltava-lhe condição física para a titularidade. Como ele teve uma pequena melhora nesse aspecto, suas performances também melhoraram, do ponto de vista técnico, mas ele precisa de uma "sombra".

De minha parte sempre fui a favor de um time ter um centroavante rompedor, daqueles que habitam a área adversária à espera de cruzamentos para as cabeçadas, arremates ou para a função do pivô, habilitando quem chegue e encoste para as finalizações.

Mas, como complemento de elenco e para efeito de diversificação tática e de jogadas, o time tem de ter sempre um camisa 9 (expressão antiga) veloz, insinuante, driblador, bem dotado individualmente e com ótima capacidade de arremate.

Dito isso tudo, quero realçar que a notícia que corre solta é a falta de disposição do presidente Gagliotte em investir alto em um centroavante, em razão da situação econômico-financeira atípica nestes tempos de pandemia e do saldo devedor altíssimo do clube.

Sabe-se, apesar disso, o Palmeiras havia encaminhado tudo para a contratação de Borré junto ao River Plate, mas a indefinição do atleta fez com que até o técnico Abel Ferreira desistisse da transação.

Valentín Castellanos, do New York City, foi outro atacante que o Palmeiras também tentou contratar, porém sem sucesso pela recusa do clube em prescindir de seu atacante.

Outro jogador, não especificamente um camisa 9, o meia português André Horta, do Braga, também pode chegar. 

Nesta hipótese, o Palmeiras não contrataria outro centroavante porque, segundo as informações trata-se de um meia artilheiro. Detalhe: pelo que vi em imagens, ele que é destro, tem o jeito de jogar do Valdívia.

Agora, a notícia mais importante.

As últimas informações do Verdão dão conta que dois jogadores que ainda sustentam vínculos com o Palmeiras, coincidentemente dois centroavantes, estariam na iminência de retornar e de ser reintegrados: Deyverson (30 anos) emprestado ao Alavés da Espanha...

Miguel Borja (28 anos) emprestado ao Júnior da Colômbia, o maior artilheiro da Libertadores nos últimos 10 anos.

Você gostaria que o Palmeiras proporcionasse novas chances a Deyverson e Borja?

Ou prefere que o time procure jogadores diferentes para o reforço de seu setor ofensivo?

COMENTE COMENTE COMENTE

 


1 Comentários:

  • Às 8 de maio de 2021 17:48 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Em primevo, quero a volta de alguém maior do que qualquer jogador !
    Paulo Nobre !
    Depois, com a casa arrumada, depois da destruição causada por Galiotte e Mattos, vamos pensar no time.
    Enquanto isso, já deveria Borja, excelente atacante, ter voltado.
    Inacreditável o traidor ir atrás de um mediano argentino nos EUA, e não trazer, antes, Borja.
    Será ???????????
    Quanto a deivdison, ponham na conta de Cuca e Felipão.
    E, tal como a Globo, joguem-o no Lixo.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial