Observatório Alviverde

28/06/2009

PALMEIRAS 1 X 1 SANTOS: SÓ JOGAMOS BEM O 1° TEMPO. NO 2° TEMPO ABDICAMOS DE JOGAR.

Nosso primeiro tempo contra o Santos foi excepcional. Mandamos e desmandamos no jogo. Fomos intransponíveis na defesa, dominamos a meia-cancha e criamos excelentes situações para a feitura de gols. Além do belíssimo gol de Obina desfrutamos de várias situações para marcar.
Tudo o que vinhamos abordando neste espaço, configurou-se, plenamente no jogo de hoje.
A começar pelo esquema de jogo que, sem os tres zagueiros e a a partir da entrada do garoto Souza, deu-nos a dimensão exata de como um time deve equilibrar-se em busca de melhores performances. Sobraram-nos raça, empenho, luta e técnica, num primeiro tempo em que o Palmeiras exerceu o domínio absoluto da partida. Faltaram-nos, entretanto, mais jogadas pelos flancos, principalmente pelo lado de Armero.
No segundo tempo abdicamos de jogar, tomamos um vareio de bola, nas mesmas proporções do que havíamos imposto no primeiro tempo. O Santos alterou o seu desenho tático com a entrada do garoto Robson e o Palmeiras imaginou que nos contrataques liquidaria sumariamente o jogo. Não foi isso o que aconteceu. Na verdade, atuando no sacrifício após receber entrada duríssima, do próprio Robson, Pierre, que posteriormente viria a sair, não foi mais o mesmo jogador. O que se percebeu foi que o time do Santos estava orientado para quebrar os nossos principais jogadores. Domingos pegou Diego no início do primeiro tempo, tirando-o de seu melhor condicionamento; Fabão pegou forte o calcanhar de Obina que teve de ser atendido fora do campo. Robson merecia ter sido expulso após a violentissima entrada de carrinho no tornozelo de Pierre, mas o disciplinarmente fraco Gaciba facilitou tudo, nesse aspecto, para o Santos.
Arrisco-me a dizer que o nosso técnico interino não soube ganhar o jogo. Com o time capenga e vários jogadores mal em campo, retirou Willians e colocou em campo o jovem Felipe. Felipe, pelo que se viu é mais meia do que volante e jogador de pouca mobilidade. Efetivamente Willians estava mal, mas com Felipe perdemos o pouco que nos restava em pegada e o time soçobrou.
Eu diria que Jorginho diagnosticou a doença, mas não soube receitar o remédio apropriado, Ortigoza era a melhor alternativa se ele optasse por um time mais ofensivo e Edmilson ou Mozart, se quisesse um time mais defensivo. Na verdade, o interino quis deixar a sua marca nesse curto período em que vai treinar o time, lançando um jogador egresso da base. Foi de uma vaidade imensa e de uma irresponsabilidade total o Sr. Jorginho, que chegou afirmando que não mudaria em nada o esquema de Luxemburgo. Lançar um jovem imaturo sem a menor necessidade, em um momento do jogo no qual o adversário massacra é ousadia demais para quem afirma que não está querendo aparecer e que garante que vai repetir o seu antecessor.
De qualquer forma, nosso time é carente, sim, de um meia canhoto de grande habilidade, cerebral e que saiba bater bem na bola. Ouso dizer que com Diego Souza e Cleiton Xavier no mesmo time, ambos destros e carregadores de bola, nós não vamos chegar a lugar algum que não uma posição mediana neste brasileirão. Quem sabe o novo treinador arrange alguma alternativa de jogo plausível para que se possa aproveitar melhor esses dois ótimos jogadores atuando simultaneamente, mas considero pouco provável que isso venha a ocorrer.
O empate contra o Santos não me deixa triste, pelo ótimo desempenho do primeiro tempo e pela bravura e espírito de luta deixados pelo time durante todo o jogo, aspectos esses encarnados em um jogador jovem e espetacular, a expressão maiúscula do jogo desta tarde, Souza.
Como é que Luxemburgo conseguiu esconder durante tanto tempo esse imenso jogador ?
COMENTE

TRANSMISSÃO NOTA 9 DO PFC
Quando vi que Jota Jr. iria transmitir o classico, corri para a gaveta e ressuscitei o meu surrado cronometro de corda, 30 anos de precisão suíça. Eu disse de mim para mim, "hoje vou cronometrar quanto tempo de abobrinhas teremos na transmissão do Jota". Comecei a marcar, considerando, apenas, o que ele dizia fora do contexto do jogo ou o que era dito em prejuízo do relato do jogo, desde que a bola estivesse em movimento. Para a minha surpresa, Jota tratou de fazer o que ele sabe fazer muito bem, isto é, de narrar o clássico. Narrou, narrou, narrou e ao final do primeiro tempo só havia ocupado dois minutos e meio do jogo, uma estupenda marca.
Veio o segundo tempo e Jota conseguiu ser ainda mais objetivo. Não perdeu nunca o foco do jogo e deixou quase sempre a opinião para o comentarista Luiz Ademar que, a exemplo de Jota, estava muito inspirado. Os repórteres esstiveram muito bem. Ao término do primeiro tempo Edgar Alencar correu e entrevistou Obina, a principal notícia, pois fizera o gol. De quebra, no repique ainda entrevistou Souza, o melhor em campo. O outro repórter, André Erlan também esteve bem na escolha das entrevistas. A falha de Edgar Alencar residiu no fato de ele não trazer nenhuma notícia sobre o novo técnico do Palmeiras, ainda que no terreno das hipóteses. Foi preciso que Jota Jr cutucasse para que saísse uma resposta evasiva.
Nota 9 para Jota, 9 para Luiz Ademar, 8 paraAlencar e 8 para Erlan.
Técnicamente houve muitos erros. Hoje mostraram a entrada em campo do Palmeiras, mas o diretor de TV não cortou, mais uma vez, para as arquibancadas. Ou o cara é torcedor de outro time, ou é distraído ou incompetente. Não dá pra aceitar que isso se repita indefinidamente.
Dos cinco aos doze minutos, o relógio do tempo sumiu, inexplicavelmente.
Mais uma vez o narrador chamava os comerciais e levava uma eternidade para que entrassem.
A partir do segundo tempo o áudio das publicidades estourava, com excesso de volume, judiando do tímpano dos telespectadores. Por duas vezes, pelo menos em Belo Horizonte, a transmissão foi cortada por alguns segundos. Nota 7 para a transmissão, do ponto de vista técnico.
Referente ao Jota.
Quando o Souza levantou o pé, e fez aquele lance lindíssimo que o Jota relatou com entusiasmo e frisou, acertadamente, que não foi falta. Só que Jota só não soube definir porquê. Rodrigo Souto não sofreu a falta porque antes de saltar para a bola usando a cabeça, Souza já estava com o pé no alto para o toque. Foi Rodrigo quem colocou-se em perigo ao saltar de encontro ao pé de Souza e não o contrário. Nos tempos de Leopoldo Santana, Mario Vianna, Gama Malcher ou Esteban Marino, marcava-se falta contra o zagueiro que fosse com a cabeça em direção à botina.
Finalmente foi hilariante quando Jota disse que BABÃO mandou a bola para a lateral. Era Fabão!
Hahahahahahahahahahahaha. Essa foi ótima!
Sei que a turma que posta por aqui não gosta quando elogio o trabalho da turma do Sportv ou do PFC, mas devo dizer que sigo os ditâmes de minha honestidade e de minha consciência. Não posso dizer que a transmissão foi ruim quando foi ótima. Jota, hoje, estava, repito, iluminado e transmitiu com entusiasmo do começo ao fim. De minha parte, nada a queixar.
COMENTE

11 Comentários:

  • Às 28 de junho de 2009 19:29 , Anonymous Antonio Mirandola Bastos disse...

    Viram como sem o "canelinha de vidro' e com Obina e Souza no time o Palmeiras é outro? Que baita primeiro tempo. Agora é esperar o segundo tempo com o mesmo rendimento apresentado no primeiro.

     
  • Às 29 de junho de 2009 01:54 , Anonymous Zé Claudio disse...

    Time foi massa, foi time de homem no primeiro tempo. No segundo, pipoco feio e ia perde se não fosse o Marcão.
    Naum sei porque só esse Jota cara narra o meu Verdaum. Ele bota cinco tonelada di peso em cima da gente. Cuele narrano a gente num ganha nem torneio de bolinha de vidro. Ele é azarão du Verdaum. Arre égua, meu cumpade.

     
  • Às 29 de junho de 2009 09:25 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    BOM DIA

    Souza, foi a expressão da partida até o Gaciba pendurá-lo.

    Gaciba FPF.

    Esse Gaciba deixou bater a vontade e nada deu , além de amarelar Wendell, Souza e Obina, todos em lance de disputa de bola normal.

    E como foi bem dito pelo Blog, Jorginho deu uma de professor pardal e lançou uma garoto do time debaixo, num jogo que estava 1x0, comprometendo o desempnho do meio campo, em especial, sobrecarregando a lateral esquerda, pelo lado do Armeiro.

    Por alí saiu o gol e notem que a bola passa a frente do próprio Felipe, camisa 23 sem que o mesmo tentasse de forma efetiva o corte.

    O certo seria ter entrado Ortigoza e não deixar para colocá-lo no fim, quando a vaca já tava indo pro brejo, ou ainda, colocar David Saconni pra fazer essa bola girar e matar o jogo no contra ataque.

    Mas tudo bem, passsou, fizemos 1 ponto e temos pressa.

    Digo temos pressa, porque é preciso que outro técnico já esteja engatilhado e toque o barco com mais propriedade.

    Jorginho, mostrou ser apenas um treinador de garotos e nada mais.

    Não acho correto e ético nem sondar a sombra de Dorival Jr., sendo que acredito que este cara, tem um compromisso moral com a instituição Vasco da Gama e temos que respeitar isso.

    Não é certo. Não é correto fazer isso.

    Este talvez seja o teste de fogo que Dorival Jr. precisa para dar um up em sua carreira.

    Melhor tentar outras alternativas.

    Abel Braga? Sinceramente?

    Acho melhor alternativa como técnico, por uma série de fatores, do que Muricy.

    Como pressão por exemplo.

    Muricy cehgaria com a sombra do são paulo e o caso gás de pimenta.

    Abel chegaria com a lembrança de ter sido campeão mundial e libertadores 2006 pelo Inter, sem nunca ter tido nenhum tipo de vínculo técnico e de encrenca com o Palmeiras.

    Mas o Muricy é o disponível no mercado.

    Tentar outras alternativas ou apóstas tem que ser feitas com muito cuidado.

    Não sei não, mas algo me diz que um gaúcho, que foi um extraordinário ponta direita, camisa 7 e que chegou a ser vice-libertadores dirigindo um time carióca pode chegar.

    Felipão já falou muito bem desse cara.

    Basta não colocarem aquela cláusula absurda de milhões de multa, porque daí, senão der certo, cada um segue seu caminho.

    Saudações Alvi Verdes de Coração a Todos.

     
  • Às 29 de junho de 2009 16:22 , Anonymous Tânia "Clorofila" disse...

    O jogo foi bom no primeiro tempo e muito ruim no segundo. O Santos poderia até ter virado. Nós também tivemos chances de sair com a vitória, mas a pontaria falhou e faltou técnica. Sem contar que a nossa defesa dá cada vacilada, que Deus me livre!

    Não acho que o time esteve melhor sem Keirrison, na verdade o que foi melhor, foi a entrada de Souza. Obina aproveitou a bola rebatida pelo goleiro e fez o seu gol, teve alguns bons momentos, sofreu um penalti e perdeu gol, também.

    Não gostei de Jorginho ter colocado Felipe no time. E se o Santos tivesse virado? Pobre garoto... Teria sido muito melhor, se Sacconi tivesse entrado no time e Felipe (que é bom jogador) fizesse a estreia em outra oportunidade.
    Concordo com o Alcides, que foi um pouco de vaidade de Jorginho, lançar o rapaz num momento daquele.

    Quanto à imprensa, tem uma coisa interessante pós-jogo; Flávio Prado (TV Gazeta), que todo mundo sabe ser bambi, estava desesperado com a possibilidade de Muricy dirigir o Palmeiras. E soltou algumas pérolas:

    "O Internacional tem muito mais time que o Palmeiras"
    "O Tite vai ser demitido e Muricy assumirá o Inter"
    "Todos adoram o Muricy lá"
    "Ele não ficará longe da família, basta um avião"
    "O Palmeiras é um caldeirão"
    "Com o Inter, ele será 4 vezes campeão, com o Palmeiras, não" (aí foi a vez do Savério dizer que o Palmeiras vai brigar, sim, pelo título)

    Até Chico Lang rebateu algumas afirmações de Flávio "AloPrado". E para terminar foram entrevistar um dirigente bambi.

    Que coisa, hein? Cada jornalista que tem por aí...

    Saudações Clorofiláticas!
    www.blogdaclorofila.sopalmeiras.com

     
  • Às 29 de junho de 2009 21:55 , Anonymous Alcides Drummond, o Editor disse...

    Tânia

    Esse Flávio é um portento de facciosismo e de vaidade.
    Julga-se o mais brilhante, o mais inteligente o mais
    importante cronista da história, quando não passa de um mediano. Seu trabalho contra o Palmeiras é claro, escancarado, explícito. Ele não sente nem um pouco de vergonha pela posição aética que ocupa na imprensa.
    A diferença dele para o Chio Lang é a autenticidade, pois o Chico é homem suficientemente para assumir que torce pelo Corinthians. Ele não faz o trabalho midiático que interessa ao SPFW mas não admite ser um torcedor do dito clube. Mantem a aparência de neutralidade e imparcialidade mas é, seguramente, o mais faccioso entre todos os cronistas paulistanos.
    Até hoje ão sei quem o protege, posto que ele não tem gabarito e compostura para comandar um programa tradicional como o "Mesa Redonda", nem para comentar durante a programação da Gazeta. O lugar dele, certamente, é a Rádio Jovem Pan, cujos donos são descendentes de uma das famílias que fundaram o SPFW.
    Lá ele sente-se à vontade e "nada de braçada" em suas posições sujas contra o Palmeiras.
    Alcides

     
  • Às 29 de junho de 2009 22:00 , Anonymous Alcides Drummond, o Editor disse...

    errata:

    Ele não faz o trabalho midiático que interessa ao SPFW
    corrigir para
    "Ele FAZ o trabalho midiático que interessa ao SPFW"

    em outras palavras...

    Ele está muito mais para assessor de imprensa dos bambis do que para cronista esportivo

     
  • Às 30 de junho de 2009 11:25 , Anonymous joão peralta disse...

    TEnho somente algumas colocações para fazer..
    É a primeira vez que entro no blog e gostei do desing, mas parece um poco poluido visualmente com tantos textos longos...mas isso é facil de corrigir..
    Qto ao jogo e principalmente sobre algumas declarações sobre a entrada do menino Felipe dos juniores no jogo demonstram o porque o Palmeiras nunca revela jogadores...QUE TORCIDA CRICA....
    Tudo bem...o Jorginho poderia ter evitado colocar o rapaz...mas daí ja tirar conclusões PRECIPITADAS de que ele não é de movimentação...que o gol santista poderia ter sido evitado pq a bola passou na frente dele....
    Q Q isso???
    Imaginem um menino de 19 anos entrando em um jogo da magnitude Santos e Palmeiras...
    Naturalmente as pernas iriam tremer e eu jogo seria timido...É O NATURAL...Jorginho errou...sim...em coloca-lo...mas por favor..não vamos pré-julgar este jogador...quem viu a Copinha deste ano sabe que se trata de um bom jogador...por isso..vamos aguardar...
    Temos que ao menos pensar positivo pq finalmente jogadores de base estão sendo integrados ao profissional..
    Com relação as criticas à transmissão tecnica do Sportv...não acho que há tamanha necessidade de faze-las e de forma tão veemente, chegando a chamar um TECNICO DE CAMERA ou seja la o que for por pouca coisa de INCOPETENTE....
    Por acaso alguém que escreve aqui é eximio tecnico de camera, de tal forma que pode xingar de INCOPETENTE outro profissional???
    E outras criticas que a mim não são NADA importantes e não são causas de DESRESPEITO ao Palmeiras que sempre são lembrados...
    No que me atrapalhou o fato de o placar ter sumido alguns minutos durante a transmissão???sinceramente...só soube do fato hoje ao ler o blog...
    Coisas pequenas devem permanecer pequenas...~Devemos sim criticar fatos que sejam relevantes...a estes erros tecnicos..como são denominados aqui...acho que não devem ter ressalvas durante as analises deste blog...pq a leitura fica cansativa, chata, longa....e tambem dá abertura a insultos pessoais...o que também não me interessa ver..

     
  • Às 30 de junho de 2009 14:39 , Anonymous ALICE DO PAÍS DAS MARAVILHAS disse...

    Xiiiiiiiiii.

    Cada um que aparece e acrescenta niente.

     
  • Às 30 de junho de 2009 16:22 , Anonymous ALICE DO PAÍS DAS MARAVILHAS disse...

    Ao Editor do Blog

    http://jornalplacar.abril.com.br/plantao/palmeiras-sete-pecados-capitais-luxa-177448_p.shtml

     
  • Às 30 de junho de 2009 17:32 , Anonymous JOAO PERALTA disse...

    para alice...
    e vc..acrescenta????ACHO Q NÃO!!!

     
  • Às 1 de julho de 2009 00:04 , Blogger Anderson Nascimento disse...

    O time correu bem mais nao poderia vacilar do jeito que vacilou o time é limitado e esta perdendo pontos bobos quero ver no final!!! abraços a todos
    http://centralviverde.blogspot.com/

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial