Observatório Alviverde

19/07/2009

VENCEMOS MAS NÃO SENTI FIRMEZA!

Mais uma vitória, mais tres pontos e isso é o que interessa. Assim começam sempre os escritos dos analistas de resultado que ganham, empatam e perdem jogos, na mesma proporção dos resultados obtidos pelo time dentro de campo. Via de regra é assim: se o time vence, derretem-se em elogios, se empata moderam um pouco o entusiasmo e se o time perde carregam as tintas nas críticas.
De minha parte continuo considerando o Palmeiras um time, apenas, entusiasmado e batalhador, com o grupo fechado em torno de um ideal. Isto, somado a um elenco de qualidade, seria a fórmula ideal para que se lute pelos títulos. Entretanto, tomado isoladamente é elementar que melhora a figuração da equipe no campeonato, mas não garante que brigue por títulos.
Respeito o entusiasmo justificável de tantos, mas continuo reticente com relação as nossas reais possibilidades. Sem alguns reforços em algumas posições vamos morrer em alto mar mesmo, pois sequer chegaremos à praia. Quem se dispuser a fazer um levantamento dos jogos que marcam a invencibilidade de Jorginho vai notar que, após o clássico contra o Santos em que tanto sofremos, o único resultado, efetivamente, positivo foi aquele da vitória sobre o Flamengo construido com imensas dificuldades em um jogo no qual tudo deu certo para nós e nada deu certo para eles. Os outros resultados eram absolutamente previsíveis, com ou sem Jorginho, Luxa, Muricy, Felipão ou quem quer que fosse o nosso comandante.
Nosso time mudou muito pouco em sua forma de atuar. Qualquer pessoa que não tenha conhecimento da mudança de treinador bate os olhos e pensa que quem está no banco é Luxa.
Temos as mesmas virtudes do time de Luxemburgo como a pegada, a defesa forte, a virada de jogo, do uso, em revesamento, dos alas, da mesma forma como temos um meio-campo sem muita inspiração de penetração na área adversária e o crônico isolamento dos homens de ataque que para poderem participar do jogo são obrigados a sair da área e procurar os deslocamentos. O que parece ter melhorado é a disposição do elenco que vem atuando com mais empenho e alegria.
Até agora temos tido as providenciais defesas de São Marcos ajudando a segurar resultados como contra o Santos, Flamengo e Santo André. Mas até quando Marcos vai segurar as pontas ?
A diretoria precisa abrir o olho e trazer, urgentemente, um ala esquerda, um meia de categoria, preferentemente canhoto, e mais um ou dois homens de área. Sem esses reforços vamos ter enormes dificuldades em manter os resultados e melhorar cada vez mais em rendimento, como é imperioso para quem quer ficar com a taça . Que ninguém se iluda porque os jogos mais difíceis ainda estão por vir neste primeiro turno. Só posso dizer que torço por Jorginho que terá a sua prova de fogo esta semana. Primeiro em Goiânia, quarta-feira, contra o Goiás e depois em Presidente Prudente, no outro domingo, diante de nosso maior rival, contra quem fazemos o maior clássico do planeta, Palmeiras X Corinthians.
DEIXE O SEU COMENTÁRIO:

Transmissão nota 7 do Sportv, com as mesmas falhas de sempre sob o aspecto técnico, principalmente a de roubar-nos lances do jogo que queremos ver, trocando-os com bobagens de reprise de gols que podem, perfeitamente, ser mostrados no intervalo. Os locutores Milton Leite, Vilaron, Alexandre Oliveira e Marco Aurélio também recebem 7. Foi uma boa transmissão.
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

13 Comentários:

  • Às 19 de julho de 2009 02:29 , Blogger Chico Palestrino disse...

    Boa Noite amigo Esmeraldino e demais colegas.

    O Palmeiras é isso mesmo, exatamente aquilo que você descreveu, um time entusiasmado e batalhador.

    Mas o que estávamos sendo com o Luxa? O rei dos 'ázes', o máximo, o supra-sumo da técnica e estratégia? Nada!

    Nada outra vez, ou mais uma vez! Estávamos nos acostumando ao obscuro, penteados e vestidos de luxúria e fadados ao ostracismo.

    Este impostor, que tempos atrás conseguiu amelhar grandes feitos em cima de grandes equipes e esquadrões, não foi NADA, NADA sem grandes investimentos, sem grandes operações de marketing ou mediáticas!

    Sei que é muito difícil pensar em Título com esse elenco, com o Jorginho no comando.

    Afinal o comando tem sido a cargo de Marcos e 'demais companheiros'.

    Jorginho sabemos, apenas segue a 'cartilha' e faz de forma consciente e rigorasamente.

    Uma salva de palmas, a todos. Porque!? Porque o time tem conseguido jogar, sem 'eira e nem beira', sem rumo nem direção, mas com o coração e a vontade de vencer!

    Vejo o hoje e relembro dos meus bons tempos. Fomos campeões exatamente dessa maneira, com esse bioritmo.

    Havíamos perdido o técnico, o nosso grande NORTE, ele tinha sido em passado recente avante do Palmeiras.

    E treinando um pequeno time do interior nos trazia experiência, mais do que isso, fama e notoriedade.

    Porém se esqueceu dos princípios básicos do futebol, o trivial, o básico, a vontade de vencer! Sei lá porque!? Talvez pela vida feita, ganha de forma rápida e fácil.

    Então, nós jogadores juniores, treinados desde então por um 'interino', daqueles que ninguém, absolutamente ninguém no clube acreditava nele, nos mostrou o caminho.

    Através do simples projeto de vida: lutar e vencer, dia após dia, matar um Leão de cada vez.

    Vencemos, a bem da verdade, porque tudo estava nivelado, ningúem superava o próximo sem muito esforço e dedicação.

    Aquele que saiu vencedor, tinha feito sem dúvida todas as lições de casa ou necessárias a sobrevivência.

    Então, a conclusão e fácil: quando a técnica se nivela, a vontade se sobresai!

    Avanti Palestra, não enxergamos ninguém a nossa frente.

    Abraço ao amigo Alcides e demais participantes!

    Saudações Palestrinas!

     
  • Às 19 de julho de 2009 12:16 , Anonymous Anônimo disse...

    A equipe do sto andré é composta por jogadores experientes,rodados,"malandros",por isso achei um bom resultado.
    O problema é a imprencinha e seu oba oba em cima do nosso Palestra.
    Abraços e Saudações Palestrinas...

     
  • Às 19 de julho de 2009 12:36 , Anonymous Alceu Gutierrez disse...

    Pelo menos nós estamos tendo muita garra em campo coisa que faz tempo que não acontecia e isso é muito bom para todos nós. Assim como disse o Alcides eu acho que o nosso time precisa de um jogador que desequilibra o jogo lá na frente tipo Nilmar e que faz as jogadas individual
    quando o adversario está atuando na retranca e com a defesa muito fechada. Tirando isso eu acho que a gente não deve nada a ninguem e que o nosso eutusiasmo e a força de vontade do time pode levar a gente a brigar por esse titulo. A gente tem sim que ficar com o Jorginho e ir com ele até aonde der.Também acho que se o time ganhar essas duas partidas desta semana que vem, aí todo mundo passa a acreditar. O problema é que a nossa torcida já sofreu tanto que agora está quie nem São Tomé, precisano ver para acreditar. Mas eu não acho repito que a gente esteja muito pior do que os outros não. Um abraço a todos.

     
  • Às 20 de julho de 2009 10:06 , Anonymous Anônimo disse...

    Discordo do seu comentario, pois se não temos o "time dos sonhos", qual o time deste campeonato que o é?
    O Palmeiras esta jogando um futebol acima da média dos outros times e isso ja é o suficiente p/ sermos campeões.
    Sei que precisamos de alguns reforços, mas qual o time que não precisa?
    Vamos ser um pouco menos corneteiros e torcer por nosso time.

     
  • Às 20 de julho de 2009 11:23 , Anonymous Anônimo disse...

    esse texto foi escrito por um cara q nao entende porra nenhuma de futebol, nunca assistiu os jogos da arquibancada e se baseia em comentários de filhas da puta da impre$inha..,
    comparar o modo do time jogar entre vanderburgo e jorginho é tão imbecil q não merece comentário...

    vai escrever receita de bolo q vc ganha mais... imbecil

     
  • Às 20 de julho de 2009 13:11 , Anonymous O Editor responde disse...

    Não vou cortar os comentários contrarios porque o blog é para isso mesmo, para concordâncias ou discordâncias, de preferência em nível elevado . Mas alguém que já entra como anônimo e para chamar outra pessoa de imbecil eu imagino o tamanho educação que tem. Aqui não se escreve para agradar a ninguém. Muito menos para quem não sabe que um time pode, sim, mudar de motivação, de atitude de uma hora para a outra. Mas mudar a forma de jogar após o condicionamento de quase dois anos nos treinamentos, isso é impossível. Eu não vou responder que um imbecil não vê, mas um fanático imaturo que não sabe interpretar textos também não vê.

     
  • Às 20 de julho de 2009 13:22 , Anonymous Pedro Paulo disse...

    O Blog respeta Jorginho e pede para que ele seja mantido. Fala nas melhoras do time e pede mais dois ou tres reforços. Mesmo assimos caras falam o que falam? É muita falta de respeito. E além disso não têm a hombridade de deixar nem um pseudônimo. São esses mesmos que se o time perder entram aqui para botar o time abaixo dos cachorros. Porque eles postam ao sabor dos resultados. Se ganhou é o melhor do mundo. Se perdeu não vale nada. Infelismente parte da torcida que o Palmeiras tem é assim.

     
  • Às 20 de julho de 2009 13:55 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    PRA SE TER UMA IDÉIA...

    Tem gente que entrou no blog do Cosmi para comentar sobre o caso Vagner Love e disse que ele não prestaria porque vestiu a camisa dos gambás.

    Disseram também que Obina não presta e que se fosse para contratar alguém, Kléber era melhor.

    Mesmo sendo Kleber atual jogador do Cruzeiro e nascido no São Paulo, ou seja, tendo usado outra camisa, assim como fez Edmundo que jogou e beijou o escudo do Corintians.

    Isso é no mínimo falta de critérios, ou não??

    Vai entender...

    =========

    Sobre o time e formação tática, não tem absolutamente nada do Luxemburgo.

    Fazendo um paralélo meio besta, é a mesma coisa dizer que o Real do governo Lula é igual ao mesmo Real do Fernando Henrique.

    A Moeda é o mesma, assim como nosso Elenco é o mesmo.

    Já a forma de condução não tem a mínima semelhança.

    ABSOLUTAMENTE, NENHUMA.

     
  • Às 20 de julho de 2009 15:31 , Anonymous Alcides Drummond, O EDITOR disse...

    Mestre
    Grato pelo apoio. Eu não quero ficar indo e voltando a toda hora senão eu vou acabar me tornando a maior atração do blog e eu não quero isto. Houve pequenas alterações na proposta de jogo, conforme disse o próprio Jorginho, mas nada que Luxa não tivesse feito antes. Você não pode mudar o conceito de jogo introjetado há quase dois anos no subconsciente da moçada em tres ou quatro jogos, até porque a mudança de tática de jogo decorre das peças que se disponha.
    Quando entra a dupla Obina/Ortigoza aí voce tem a uma diferença tática, mas se joga o Willians, não. Se entram Souza e Pierre juntos o panorama é um mas se entra o Edmilson, o panorama se altera também um pouco. Na verdade as variantes existem quando se troca os jogadores e isso é compreensível. Mas isto também ocorria no tempo de Luxa. O que se quer dizer é que Luxa, por exemplo, não permitia que Pierre e Souza, principalmente Pierre subissem extremamente para o ataque mas hoje eles sobem. Em compensação Maurício Ramos só tem subido na hora dos córneres ou das faltas. É óbvio que não temos atuado com os tres zagueiros mas isso de vez em quando também ocorria com Luxemburgo. Obina cai sempre pelo lado esquerdo, mas sempre fez isso, mesmo no Flamengo. Enfim, se voces me disserem que o time se transfigurou, que corre mais, que ocupa mais os espaços dando a impressão de que é uma variante tática, que melhorou fisicamente e espiritualmente eu vou concordar. Mas se disserem que a fotografia tática de hoje É COMPLETAMENTE DIFERENTE do tempo de Luxa eu não vou concordar, embora respeitando o pensamento de cada um. Aliás, respeitar não é virtude, mas obrigação.
    Como diz um velho provérbio: "posso não concordar com nenhuma palavra que alguem diga, mas lutarei até o fim pelo seu direito de dizê-lo". Vamos todos discordar um do outro com fundamentos e argumentos, não com ofensas. Vamos discutir o nosso Palmeiras como verdadeiros palmeirenses. Como sugestão eu gostaria que o nosso grande articulista, o Mestre dos Magos, apresentasse os seus argumentos sobre as diferenças entre os esquemas de Jorginho e Luxa. Seria elucidativo e de grande valia para aqueles que gostam do contraditório.

     
  • Às 21 de julho de 2009 12:01 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    Bom dia Alcides.

    Mais tarde posto sobre Jorginho x Luxemburgo.

    Agora só queria falar sobre o programa apresentado pelo Galvão Bueno ontem.

    Estavam Luxemburgo e Celso Roth.

    Só dava quem? Quem?

    Pois é, Luxemburgo tomou conta do programa e Celso Roth só coçava a cabeça e ria timidamente.

    Galvão Bueno dava corda e Luxa se defendia e acusava de forma covarde o Palmeiras, mudando completamente o foco da história.

    Até que depois de idas e vindas, depois de estar mais na cara que nariz qual era a tramóia da dupla Galvâo/Luxemburgo, Alberto Helna Jr, esse excelente comentarista, disse mais ou menos assim:

    - JÁ SEI QUAL É A SUA GALVÃO, JÁ ENTENDI. SEI ONDE ESTÁ QUERENDO CHEGAR.

    Agora que fique a cargo da imaginação de cada um o que Galvão Bueno estava fazendo do seu programa.

    Saudações e até mais tarde.

     
  • Às 21 de julho de 2009 14:17 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    Alcides, fiz o texto sobre Jorginho x Luxemburgo, mas não consigo colar aqui dentro do comentário.

    Portanto preciso que habilite colar o texto aqui dentro, ou então, me passe o email do blog ou o seu, para que eu possa passar o post.

    Saudações.

     
  • Às 21 de julho de 2009 16:13 , Anonymous Alcides disse...

    Mestre

    Envie o e-mail para alcidesdrummond@yahoo.com.br
    Sai na postagem de amanhã.

     
  • Às 21 de julho de 2009 20:46 , Anonymous sR_OceanoAzul disse...

    Boa noite a todos.

    Muricy chegando pessoal, acabei de ver no globo.com

    É isso aí, pra frente Palestra.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial