Observatório Alviverde

06/02/2013

IGNORÂNCIA, ARROGANCIA E PREPOTÊNCIA!



Estas três palavras são o retrato  irretocável da torcida do Palmeiras!.

Sem tirar, nem por!

Pelo que se le na Internet, nenhuma  outra  consegue ser tão ignorante nas análises, tão arrogante nas considerações , tão prepotente e tão leviana em suas manifestações quanto a torcida paulistana do Palmeiras.

É óbvio, existem as exceções, inúmeras, mas o Palmeiras continua sendo um clube acuado, massacrado, cercado por ignorantes por todos os lados.

Como escrevem besteira - grande parte - os palmeirenses…

Como desconhecem futebol, como trabalham contra o clube…

Como são corneteiros, como são críticos, como são ácidos…

Como são prepotentes, como são cegos, como se alinham com a mídia inimiga.

Os exageros e a incoerência são de tal monta que, às vezes, eu imagino que os absurdos que se lê nas redes sociais partam de torcedores cu-rintia-ânus, bambis ou sardinhas,disfarçados,de palmeirenses. Não dá pra acreditar!

Um palmeirense verdadeiro não procederia da forma como essa gente procede, sempre em detrimento do clube.

Exemplifico:,

Quando Luan foi para o Cruzeiro, esperava-se que as ondas contra o elenco cessariam, ao menos por algum tempo.

Entretanto não cessaram!

Os canhões da discórdia dos eternos ondeiros e sempre insatisfeitos, estão voltados agora para Wesley, Valdívia e Márcio Araújo, e atiram sem cessar.

Já encorpa na Internet um movimento de repulsa a Wesley para que ele saia por demissão ou para forçar o clube a negociá-lo.

Valdívia, outra vez atingido pela truculência dos adversários e, como sempre, sem que houvesse sido, sequer, assinalada a falta, retorna ao noticiário como deseja a mídia, isto é como alvo.

Será possível que os exames médicos comprobatórios da lesão são insuficientes para que esses idiotas, que se dizem torcedores, possam compreender a realidade?

O noticiário radofônico e televisivo de ontem, foi todo voltado à velha questão do custo-benefício do chileno em sua relação com o Palmeiras.

Se mal pergunto, o que essa gente crítica, mordáz e ferina, que tantos desserviços e males causa à imagem do Palmeiras, têm a ver com essa questão?

Por que não falaram nada quando Luis Fabiano passou por idêntica situação no SPFC?

Por que implicam tanto com Valdívia que não tem o direito , sequer, de realizar o tratamento em paz quando se contunde?

A mídia finge que não há diagnóstico, que não existe exame, que o médico não avaliou, a fim de ter motivos para criticar à vontade, como sói sempre acontecer.

Até aí tudo, digamos, ”normal”, coerente com o clima de perseguição e  hostilidade da imprensa contra o Palmeiras, que existe e persiste há tantos anos,

O que causa, mais do que espécie, perplexidade, é o alinhamento da torcida paulistana (faça-se as devidas ressalvas) com aqueles que vêm trabalhando há tantos anos visando a extinguir o Palmeiras do rol das grandes equpes de São Paulo e do Brasil.

A omissão unânime da mídia quando das injustiças e atrocidades costumeiras da casta arbitral, corporativissima, useira e vezeira em prejudicar o Palmeiras, vem sendo um elemento facilitador para que o clube seja garfado a cada jogo. Neste Paulistão fomos prejudicados duas vezes em dois jogos, mas a mídia, como de hábito, se omitiu.

Os árbitros sabem que o único clube entre os grandes paulistas, contra o qual podem errar sem o risco de censuras ou punições, é o Palmeiras, porque a mídia é leniente e não os cobra e nem critica..

Sabem, também, que se o erro for contra os outros grandes serão cobrados de maneira forte pela mídia, que serão punidos e, que, se errarem e os beneficiarem, serão, até, elogiados.

É nesse tipo de gente que, lamentavelmente, os palmeirenses acreditam.

É com esses indivíduos que tantos palmeirense se identificam…

E, pior, com eles se alinham, fazendo o jogo dos que querem rebaixar o clube e que vivem anunciando que o Palmeiras pode se tornar uma nova Portuguesa, um Juventus ou o Guarani da capital.

Será possível que a nossa torcida, tida como elitizada e alfabetizada não consegue enxergar a maldade embutida nessas expressões?

Quando eles divulgam essas coisas, acreditem, não é para estabelecer comparações ou metáforas, é para desmoralizar o clube.

Digo mais…

Já é a própria campanha de esvaziamento e apequenamento do clube em pleno curso e difusão, pelos  Neves,  Birners, Perrones, Jucas, Prados e tantos outros inimigos que o Palmeiras tem  no contexto da mídia.

Abram os olhos, torcedores palmeirenses!

Não sirvam de massa de manobra a essa "tchurma", que, nem é preciso que se diga, apoia tudo o que é perverso ou prejudcial ao clube.

Não se envenenem lendo, vendo ou ouvindo certos “cronistas”, despersonalizados, facciosos, muito mais interessados em audiência, promoção de seus times de coração, promoção pessoal e, principalmente, faturamento.

Vamos dar tranquilidade ao elenco para que possa se firmar e aos jogadores para que tenham tranquilidade e possam render.

Wesley está voltando de contusão, Araújo tem jogado bem – até gol ele fez contra o XV – e Valdívia, infelizmente, como comprovam os exames, contundiu-se mais uma vez.

A torcida precisa mudar de atitude para o bem do próprio Palmeiras!
comente, comente, comente, COMENTE COMENTE COMENTE

4 Comentários:

  • Às 6 de fevereiro de 2013 15:32 , Anonymous BRUNORO disse...

    O diretor executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro, concedeu entrevista coletiva após a apresentação dos volantes Charles e Marcelo Oliveira e mandou um recado para a imprensa e torcedores, deixando claro que o clube está se mexendo para voltar à rota das vitórias e conquistas.

    "Eu não gosto de ficar justificando absolutamente nada. Estamos consertando o carro com ele andando, e isso é muito difícil para qualquer mecânico. Só quero dizer que o Palmeiras não está em crise. O Palmeiras esteve em crise. Volto a repetir que hoje não existe crise nenhuma. Se os resultados técnicos não estão acontecendo, não é crise", disse o dirigente, que completou:

    "Estamos iniciando um trabalho. O Palmeiras, a partir de agora, terá uma agenda positiva. Claro que vocês (jornalistas) vão continuar o papel de vocês, de fiscalizar, e a torcida de reclamar quando necessário. Mas, na minha cabeça, trabalharemos de forma transparente e positiva. Quando cheguei aqui na época da Parmalat, nenhum jogador servia, nada servia. Por isso é preciso ter paciência."

     
  • Às 6 de fevereiro de 2013 19:16 , Anonymous IMPRENSA ESPORTIVA NÃO disse...


    E NÃO DIZ NADA SOBRE ISSO

    http://www.infomoney.com.br/petrobras/noticia/2674661/petrobras-pode-pagar-400-milhoes-para-viabilizar-estadio-corinthians

     
  • Às 6 de fevereiro de 2013 20:15 , Anonymous Anônimo disse...

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

     
  • Às 6 de fevereiro de 2013 22:27 , Blogger Miguel disse...

    Pelo menos a diretoria está se mexendo, já chegaram 3 reforços e até sexta estará tudo certo com o Kleber ex-Atletico MG. Podem até não ser os nomes dos nossos sonhos, mas já é um bom começo. Vamos parar de xingar sem motivos, agora nós temos diretoria, agora temos uma representação decente. pessoas inteligentes estão tentando apagar incêndios que os bananas provocaram.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial