Observatório Alviverde

03/02/2013

OUTRO PÊNALTI MANDRAKE EM TARDE DE MAU FUTEBOL!








    
PÊNALTI MANDRAKE CONTRA O PALMEIRAS!

Um gol relâmpago do XV, alterou, inteiramente, completamente, radicalmente, o planejamento tático de Kleina e o rumo do jogo de ontem em Piracicaba.

Foi logo no primeiro lance, entre muitos que o time piracicabano realizaria pelo lado esquerdo de seu ataque, o ponto forte do Nho-Quim e um dos pontos vulneráveis da defesa palmeirense!

Inteligentemente, Sérgio Guedes explorava Airton, mais ala do que lateral, pouco eficiente na marcação, uma verdadeira avenida, de idêntico tamanho e proporção, aliás,  à outra existente pelo lado esquerdo da defesa palmeirense denominada avenida Juninho.

Com a conversão imediata do gol, O XV, que, certamente, jogaria na sobra, encastelado na defesa esperando pelos erros do Palmeiras explorando os contrataques, ganhou corpo, solidez, consistência e, principalmente, confiança partindo pra cima do Verdão com ares de time grande.

@@@@

O Palmeiras sofreu demais na primeira fase!

Tudo em função da situação tática de exposição defensiva decorrente do 4/1/5 ou, vá lá, 4/1/2/3, conforme  havíamos abordado no blog em postagens anteriores.

Esse foi o fator determinante da fragilidade defensiva do time, pela existência de um único homem de primeiro combate, responsável exclusivo pela cobertura e de cinco atacantes.
 

O problema já houvera ocorrido no primeiro tempo do jogo contra o São Bernardo, amenizado pelo auxílio de Vinicius, de Wesley, de Maikon Leite e até de Valdívia no segundo tempo.

Como o time não se acertou Kleina teve de se reciclar e adotar o clássico e necessário 4/4/2 a partir da entrada de Denoni, jogador que não pode e nem deve ser reserva, nas circunstâncias de pobreza individual do atual elenco palmeirense. 


Com um solitário volante de contenção, o esforçado, porém limitado, Márcio Araújo, quem não sabia que o time apresentaria vulnerabilidades ali na porta da cozinha?

Araújo, apesar de eventuais erros de entrega de bola, e de algumas trapalhadas, poucas, voltou a atuar bem, com disposição, entrega e desenvoltura, tendo feito até um gol.

Parece que ele leu o que escrevemos na postagem anterior e resolveu tentar o gol, uma de suas falhas crônicas como jogador de meio de campo, pois poucas vezes aparece para finalizar.

O suposto pênalti cometido por Araújo, que Noriega disse na TV que foi claro, ficou claro que não foi, mas opinião é opinião.

Porém quem poderia esperar que ele dissesse que a penalidade não existiu em se tratando de Palmeiras?
 

Pelo que me recordo, entre todas as penalidades entre as pró e contra o Palmeiras, de cinco anos a esta data, apenas uma vez Nori divergiu do árbitro e manifestou-se favoravelmente àquele que, dizem, ser o seu time de coração.

Os palmeirenses da mídia, leia-se, PVC, Greco, Ulisses e outros menos conhecidos são os maiores críticos do Verdão e em 95% desses lances manifestam-se, rotineiramente, contra o clube.
 

@@@@@@@@@@

Ainda no primeiro tempo, o Palmeiras, embora sempre ficasse mais com a bola, jogava muito mal.

Mas diga-se que não foi nas dimensões desse cavalo de batalha que a mídia paulistana colocou no ar.

Vou provar que as coisas não foram tão exageradas quanto querem colocar, apresentando o "scout" das jogadas do primeiro tempo.

O predomínio do XV, realmente, existiu, do gol relâmpago até, aproximadamente, os 30 minutos do primeiro tempo. Só até aí.

É óbvio que o time interiorano criou chances de ampliar o marcador, nas não só esteve a pique, também, de levar gols do  Palmeiras como acabou sofrendo o empate. 

Os problemas alviverdes aconteceram e se multiplicaram porque o time expunha-se demais com a defesa aberta e desprotegida.

Por isto, tomava sufoco, e era envolvido pelo XV, um time jovem, rápido, de muitos velocistas, contundente na resposta de jogo, que criou N situações de perigo para o Verdão nos contrataques.

Até os 22 minutos o time piracicabano já houvera criado três boas chances para marcar e levado perigo em vários cruzamentos e arremates sucessivos de média e longa distância contra a meta palmeirense.

O Palmeiras criou uma boa situação aos 11 minutos em bola que lançada da ala direita. 


Maicon Leite penetrou na vertical batendo os zagueiros na corrida vindo de trás, mas não conseguiu controlar a bola e perdeu boa chance.

Desfrutou de outra chance com Barcos que enrolou-se com os beques, caiu e mesmo caido girou o corpo, ficou com a bola, levantou-se e finalizou  da entrada da pequena área.

A bola desviou em um zagueiro, ia entrando, mas o goleiro quinzista mandou a córner, operando defesa salvadora. 

Havia um buraco, um imenso espaço, um latifúndio, entre o meio de campo, onde estavam Valdívia e Wesley, adiantados, à frente da linha limitrofe do meio de campo e a cabeça de área palmeirense, à frente dos beques, onde permanecia o solitário Araújo.

O XV aproveitou-se desse espaço, tocando a bola e penetrando sempre  por esse corredor.

Tentou, por alí, inúmeras vezes, o arremate longo, de fora da área, sem sucesso, apesar do perigo que levou na maioria das tentativas.

O Palmeiras, acuado defensivamente, com os alas presos, tentava, sem sucesso, jogar à base da bola comprida.

Foram inúmeros lançamentos
longos, a maioria verticais, para Maicon Leite e Barcos que, descalibrados, foram perdidos ou desmanchados e contornados pela defesa piracicabana.
 

Aos 31minutos Fernando Prass salvou o Palmeiras em uma bola enfiada em profundidade no costado de Juninho e arrematada por Adriano.

A essa altura a estatística da TV anunciava que o XV já arrematara com precisão oito vezes contra o gol do Palmeiras, e o Palmeiras só criara duas oportunidades.
 

Aos 34 Valdivia serviu Wesley que, de longe, chute forte, por cima.
 

Aos 35 o  XV quase aumenta o marcador em cruzamento da esquerda, rasteiro que Márcio Araújo salvou sobre a linha. 

Na recarga, quase que a bola tocou em Juninho, meio metro à frente.

Foi um momento de sufoco que poderia ter redundado em um gol contra. O Palmeiras contou com a sorte!
 

Aos 38 o Palmeiras empatou.

Em corner batido por Maikon Leite, uma falha gritante de atenção da defesa quinzista deixou Henrique completamente livre e desmarcado, na entrada da pequena área e ele, sozinho chutou forte sem defesa.


Aos 39  o Palmeiras criou outra ótima situação quando Barcos cruzou e Vinicius finalizou forte, mas a bola desviou na zaga e foi a corner.

Aos 42 Valdívia recebeu cartão amarelo bobo, tolo, gratúito e estúpido, ao fazer carga desnecessária sobre Glauber rente à lateral, no campo defensivo do  XV, em lance morto, completamente desnecessário.
 

Aos 42,30 Jairo entrou livre, sem marcação e chutou forte, porém Praas mandou a córner, realizando ótima defesa.

Aos 45 Maikon Leite cortou o zagueiro pela direita e cruzou mas não havia ninguém onde a bola caiu e a defesa do XV salvou .

FIZ QUESTÃO ABSOLUTA DE PUBLICAR O RETROSPECTO DO PRIMEIRO TEMPO PARA DEIXAR CLARO que:
 

NÃO! 

NÃO  ESTOU DIZENDO QUE O PALMEIRAS JOGOU MELHOR DO QUE O XV NO PRIMEIRO TEMPO.

MAS FIQUE MUITO CLARO QUE NÃO JOGOU TÃO MAL QUANTO A MÍDIA ESTÁ VERBERANDO.

HÁ UM GRANDE EXAGERO NISSO.

GRANDE PARTE DA TORCIDA ESTÁ ACREDITANDO NESSA BALELA E CRITICANDO TERRIVELMENTE O TIME NAS REDES SOCIAIS.

ESSES TORCEDORES SE ESQUECEM QUE O PALMEIRAS NÃO PERDEU, EMPATOU!


ALÉM DISSO, FEZ TRÊS GOLS E CRIOU INÚMERAS SITUAÇÕES DE PERIGO, MESMO JOGANDO FORA DE CASA EM UM CAMPO QUE MAIS PARECIA UM PASTO.

CONFORME PREVI HÁ MUITO TEMPO, A CAMPANHA CONTRA KLEINA JÁ ENCORPA, MAS, INFELIZMENTE, PARTE DA PRÓPRIA TORCIDA PALMEIRENSE.

A MÍDIA AGUARDA O MELHOR MOMENTO PARA AFIRMAR QUE HÁ CRISE NO PALMEIRAS PARA DEFLAGRAR A SUA CONSTANTE CAMPANHA DE ESVAZIAMENTO.

PENSEM, TODOS, RACIOCINEM UM POUCO:

NINGUÉM PODE COLHER SEM PLANTAR.

ESTE NÃO É UM MOMENTO DE COLHEITA, MAS DE PLANTIO.
 

TEMOS DE TER PACIÊNCIA E ESPERAR QUE TUDO MELHORE. VAI MELHORAR!

O PALMEIRAS, SEM VINICIUS - QUEM NÃO SABIA DISSO - E O SEU MELHOR VOLANTE DE CONTENÇÃO, DENONI, ARREBENTOU COM O JOGO NO INICIO DO SEGUNDO TEMPO E SE IMPÔS DENTRO DE CAMPO.

MAS O ERRO HISTÓRICO DE JOGAR VISANDO A MARCAR UM OU DOIS GOLS E SE POUPAR TOCANDO A BOLA, COBROU, NOVAMENTE, UM PREÇO DESCOMUNAL AO TIME.

QUANDO É QUE VAMOS APRENDER?

O XV SÓ CRESCEU E VIROU O JOGO NO VÁCUO DA PREGUIÇA E DO DESINTERESSE PALMEIRENSE.

O PALMEIRAS SE APEQUENOU PORQUE CONTINUA SEM ABRIR MÃO DE JOGAR COMO TIME PEQUENO.

FAZ UM, DOIS GOLS QUE NÃO GARANTEM NADA E SENTA EM CIMA DO RESULTADO ESPERANDO O TEMPO E A BANDA PASSAREM.

QUANDO O JOGO É EM SAMPA OS MANCHADOS, QUE PODERIAM, AO MENOS NESSAS HORAS, AJUDAR, NÃO GRITAM "MAIS UM"!

PREFEREM GRITAR IMBECILMENTE "OLÉ" E VÃO AO ORGASMO COM ESSA ESTUPIDEZ.

E TOME TOQUE DE BOLA DESNECESSÁRIO, SEM OBJETIVO E NECA DE FAZER OS GOLS QUE PODEM, PELO REGULAMENTO, DECIDIR OS CAMPEONATOS.

ENQUANTO ISSO OS NOSSOS MAIORES ADVERSÁRIOS FAZEM TODOS OS GOLS QUE CONSEGUEM E SÓ VÃO AUMENTANDO AS SUAS GLÓRIAS, CONQUISTAS E AS  

RESPECTIVAS TORCIDAS.

O PALMEIRAS PRECISA MUDAR ESSA MENTALIDADE ESTÚPIDA DE SE ENCOLHER A PARTIR DE QUANDO FAZ UM OU DOIS GOLS.

É NECESSÁRIO QUE A DIRETORIA ENXERGUE ISSO E COBRE DOS JOGADORES E DOS TREINADORES, UMA POSTURA DIFERENTE E UMA COMPLETA MUDANÇA DE ATITUDE E DE PERFIL.

PRECISAMOS NOS LIVRAR, DEFINITIVAMENTE, DESSE COMPLEXO DE TIME PEQUENO, RAZÃO MAIOR DE NOSSA DECADÊNCIA.

O PALMEIRAS PRECISA FAZER COMO FAZIA A NOSSA PRIMEIRA ACADEMIA DE JULINHO E DJALMA SANTOS OU A DE GILDO E ADEMAR PANTERA QUE NÃO ECONOMIZAVA EM GOLS.

OU COMO O PALMEIRAS DE EDMUNDO E EVAIR, OU, MAIS RECENTEMENTE, COMO PALMEIRAS DE LUXA QUE MARCOU MAIS DE 100 GOLS NO PAULISTÃO.

SÃO ESSAS COISAS QUE EMPOLGAM O PÚBLICO, ATRAEM AS MULTIDÕES E AUMENTAM A TORCIDA. 

KLEINA PARTIU, OUSADAMENTE, PARA UMA SOLUÇÃO PARECIDA, MAS NÃO DISPÕE DE PEÇAS SUFICIENTES PARA A EMPREITADA.

MAS QUEM ESCALA VINICIUS COMO TITULAR, UM JOGADOR QUE NÃO CONSEGUE SER O MELHOR NEM ENTRE OS ATLETAS DAS CATEGORIAS DE BASE, NÃO VAI CONSEGUIR MONTAR UM TIME VOLTADO PARA O ATAQUE E QUE MARQUE MUITOS GOLS.

ATÉ PORQUE MESMO UM TIME OFENSIVO TEM DE TER O NECESSÁRIO EQUILÍBRIO EM TODOS OS SETORES, POIS NÃO BASTA SER OFENSIVO, TEM DE SER VENCEDOR.

INDIVIDUALMENTE

Prass foi o melhor jogador em campo e evitou que tomássemos uma goleada quando éramos inferiores em campo.

Artur e Juninho, repito, duas avenidas pela direita e pela esquerda. 



A garotada da base tem melhor potencial do que ambos e deveria ser experimentada.

Ramos não tem mais ambiente para jogar no Palmeiras, ao menos como titular, como se não bastasse a sua atual deficiência técnica.

Henrique, menos pelo que jogou como zagueiro, mais pelo que jogou como atacante atuou razoavelmente.

Araújo, sacrificado ao esquema e pelo esquema, foi bem e até fez um gol.

Wesley, muito longe daquele jogador brilhante do tempo do Santos, não foi bem.



A grande pergunta é esta: será que Wesley vai voltar à velha forma?



Até agora,  com altos e baixos, rende muito aquem de seu potencial.

Valdívia, completamente apagado, ao menos se esforçou, embora completamente sem inspiração nessa que foi uma das piores partidas que cumpriu com a nossa camisa.

Recebeu o cartão amarelo digno de um principiante e precisa ser repreendido pois esse tipo de atitude, absolutamente leviana, pode prejudicar o time na sequencia do campeonato.

Maikon Leite foi bem, resguardadas as suas conhecidas limitações, apesar da campanha que os estúpidos da torcida fazem, irresponsavelmente, contra ele nas redes sociais.

Em um time ajustado taticamente, sou convicto de que ML renderia muito mais.

Barcos, a exemplo de Valdívia, também não teve uma apresentação convincente, pois foi muito bem marcado e será sempre assim, agora que os zagueiros o conhecem.

Criou algumas boas jogadas, arrematou duas ou três vezes a gol, mas não fez um grande jogo, também por deficiências do esquema.

Interessante que Denoni já foi cornetado pela torcida por ter levado um chapéu - ô jogada boba que só brasileiro hipervaloriza - de Paulinho que avançou livre e foi contido por uma defesa espetacular de Prass.

Vejam o que é o futebol no Brasil.

O garoto leva um chapéu, falha, é verdade, mas tudo o que fez em campo até então, somado aos jogos anteriores, é desconsiderado.



Já o julgam,cornetam e condenam, por um único e exclusivo lance infeliz.

O Palmeiras não merece certos torcedores que tem, sempre ácidos, críticos e sem nenhuma contemplação nem com os garotos bons de bola que brotaram de nossa base.

MEUS AMIGOS, NÃO É HORA DE CRÍTICA, É HORA DE INCENTIVO.

NÃO PERDEMOS PARA O XV, EMPATAMOS COM O XV COM UM TIME EM FASE DE MONTAGEM, NA CASA DO ADVERSÁRIO.
 

HÁ MOTIVOS PARA PREOCUPAÇÃO, MAS NÃO PARA DESESPERO.

ESTAMOS EM INICIO DE TRABALHO E A NOVA DIRETORIA E O TREINADOR SEQUER ESQUENTARAM A CADEIRA.

NÃO ENTREM NA ONDA DA MÍDIA, PORQUE, DIA A DIA, QUEM NÃO É BURRO JÁ CONCLUIU QUE, PARA ELES, QUANTO PIOR, MELHOR.

NÃO EMBARQUEMOS NESSA CANOA FURADÍSSIMA...

PRECISAMOS TER PACIÊNCIA NESTA FASE DE PLANTIO PARA QUE A NOSSA COLHEITA SEJA FARTA.

NÃO VAMOS TRABALHAR CONTRA O TIME!

LEMBREM-SE QUE SE FOSSEM OS GAMBÁS OU OS OUTROS ADVERSÁRIOS AS MANCHETES MIDIÁTICAS SERIAM DIFERENTES.

ELES DIRIAM QUE "NA RAÇA, (TIMÃO, SP, PEIXE) ARRANCA UM EMPATE HERÓICO EM PIRACICABA.

NOTEM SEMPRE QUE OS EMPATES DO PALMEIRAS NUNCA TÊM SABOR DE VITÓRIA COMO OS EMPATES DE NOSSOS ADVERSÁRIOS.

NOSSOS EMPATES, PARA A MÍDIA, SÃO SEMPRE SINÔNIMOS DE DERROTA.

OS PENALTIS CONTRA O PALMEIRAS SÃO SEMPRE PÊNALTIS CLAROS E AQUELES POUCOS, MARCADOS A FAVOR NUNCA EXISTEM.

OS ARNALDOS, GODOYS E OUTROS, QUANDO NÃO VÊM MOTIVOS PARA A MARCAÇÃO DA FALTA,VÊM COM ESSA BALELA DE FORÇA EXCESSIVA.

MAS QUE "CAZO" DE FORÇA EXCESSIVA É ESSA QUE SÓ OS JOGADORES DO PALMEIRAS POSSUEM.

ENFIM MEUS AMIGOS, JOGAMOS MAL MAS NÃO PERDEMOS E ISSO É O QUE INTERESSA.

NÃO É ASSIM QUE ELES FALAM QUANDO OS NOSSOS ADVERSÁRIOS JOGAM MAL MAS NÃO PERDEM?

TV

UM ELOGIO À TRANSMISSÃO DE JOTA JÚNIOR. EXCELENTE.

DISCRETO, PRECISO, NARROU O JOGO COMO DEVE SER, COMPLEMENTANDO AS IMAGENS!

COMO COMENTARISTA TÉCNICO, NORIEGA ESTEVE MUITO BEM, O QUE NÃO É NENHUMA NOVIDADE!

COMO ANALISTA DE ARBITRAGEM NÃO!

COMO SÓI ACONTECER EM TODA A VEZ QUE COMENTA OS ERROS E ACERTOS DOS ÁRBITROS EM JOGOS DO PALMEIRAS. 

SUA EXTREMA PREOCUPAÇÃO COM A IMPARCIALIDADE O LEVA A ERROS E EQUÍVOCOS QUE ELE NÃO COMETE AO ANALISAR A ARBITRAGEM NOS JOGOS DE NOSSOS ADVERSÁRIOS.

CERETO, BEM!

NÃO TORCEU, NÃO PERTURBOU A TRANSMISSÃO E ENTROU SEMPRE NA HORA CERTA COM CONTEÚDO!

A IMAGEM, NÃO!

MUITO DISTANTE E MUITO AMPLA HORIZONTALMENTE, TALVEZ EM FUNÇÃO DA GEOGRAFIA DO ESTÁDIO.

COMENTE COMENTE COMENTE

24 Comentários:

  • Às 3 de fevereiro de 2013 21:26 , Blogger Unknown disse...

    Time apático, medroso, sem um padrão de jogo, jogar com a Merda do Vinícius só para dizer que joga com 3 atacantes é uma piada, joga com 3 homens de frente e quem municia o ataque?? Deixa tudo nas costas de valdívia é covardia, sacrificar o wesley para armar e marcar e deixar tudo nas costas do Márcio Araújo para marcar é uma piada, coloca a porra do Patrick para jogar ao lado do valdívia, tira o márcio araujo e coloca o denoni jogando com 2 volante de qualidade para jogar e para marcar e mais dois atacantes somente, faz o time ser mais consistente... Pelo amor de Deus. Empatar com o XV é um desrespeito se quisermos almejar alguma coisa neste ano, com todo respeito ao XV.

     
  • Às 3 de fevereiro de 2013 22:33 , Anonymous Carlão - Santos/SP disse...

    Em primeiro lugar, discordo com os que criticam o Vinicius, na minha opinião o Mleite é pior alem de ser mais velho tem um salário bem gordo beirando aos R$ 200.000,00 e perde jogadas e gols que dão muita raiva, melhor dizendo nem MLeite e Vinicius devem ser titulares, os laterais são pessimos, quanto ao Sr. Wesley no jogo de hoje teve lances bizonhos independente de posicionamento ou formação tatica, longe de um jogador que valha R$ 23 000 000,00. Valdivia enquanto teve gas jogou bem. Gilson Kleina FRAQUISSIMO, ja esta no comando desde outubro do ano passado e até agora parece que esta montando um time para sair do rebaixamento

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 00:55 , Anonymous A Soares disse...

    1.Existem alguns jogadores que são a cara do fracasso: Luan, M.Ramos, M.Araujo, e Vinícius. Na minha opinião, deveriam sem vendidos, cedidos, emprestados, trocados, etc, etc, etc... Mesmo sem qualidade, o elenco precisa ser oxigenado.
    2.Valdívia cumpre seu objetivo: tomou o segundo cartão. No próximo jogo leva o terceiro e OBA!!! FOLGA NO CARNAVAL !!!
    3.Wesley: Considero uma atuação medíocre. É inacreditável que seja o mesmo jogador que se destacou no santos... Ele errou TODOS os lance que participou. Não consigo me lembrar de qualquer jogada positiva nessa partida.
    4. Kleina demora muito para mexer no time. Quando estava 2 x 1 a mudança era fundamental para preservar o melhor volume de jogo.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 09:11 , Anonymous Doente(verdão) disse...

    O Wesley de fato tem que ir para o banco. Não é possivel que o Kleina levou 85 minutos para substitui-lo neste jogo. Pior que isso foi manter o esquema com três atacantes o primeiro tempo inteiro, quando o Palmeiras perdia nitidamente o meio campo.
    O Denoni ficar no banco enquanto joga esse Wesley e o Patrik Vieira ficar no banco enquanto joga o Vinicios e o Maikon Leite não dá para aturar. Pode tirar qualquer um(Vinicius ou Maikon Leite), que tanto faz, mas o Patrik Vieira tem que jogar! E o Denoni também precisa entrar no Lugar do Wesley.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 09:20 , Anonymous Marco disse...

    NORIEGA – Figura medíocre, desprezível. Em relação a ele ficarei restrito a esses comentários para não causar problemas.

    ARBITRAGEM – Vou repetir o que já escrevi em jogos anteriores. A nova direção precisa com urgência se reunir com a Federação, com a CBF e com os representantes dos árbitros para acabar com essa farra dos árbitros contra o Palmeiras. Podemos contratar um elenco inteiro de acordo com os desejos da torcida que não vamos subir para a série A se continuar essa p.......
    Nesse início de campeonato, outros times grandes em jogos contra times pequenos já tiveram ajuda significativa para não dar vexames, enquanto para o Palmeiras já é o segundo jogo que erros grosseiros no padrão 2012 forma cometidos contra o time.

    VALDÍVIA – Espero que ele continue com a sequência de jogos, torcerei por ele e pelo acerto do Palmeiras e não ficarei de tocaia esperando a primeira oportunidade que ele tenha a mínima falha para demonstrar prazer em criticas que levantem suspeitas sobre seu comportamento. Na final da Copa do Brasil, quando primeiro ele foi agredido com um chute no saco e seu agressor não foi expulso, as mesmas suspeitas também foram levantadas pela expulsão e ele foi a Curitiba acompanhar o time.

    ESQUEMA DE JOGO – Três atacantes e um volante de marcação não dá! Três atacantes podem funcionar em um jogo, desde que os dois volantes sejam de marcação.

    ELENCO – Sempre na linha de reforçar o negativo, agora falam em elenco reduzido. Souza, Fernandinho e Tiago Real estão em fase final de recuperação. Três contratações estão sendo definidas. Portanto, quantidade de jogadores não pode ser argumento. Dizem que o elenco ficou mais fraco do 2012. Ao contrário, todos que saíram não deixaram saudades, inclusive Assunção que foi para o Santos ganhando menos do que ganhava no Palmeiras e ainda não foi colocado no time. Assunção foi muito útil ao Palmeiras, mas Ademir da Guia foi muito mais e hoje eu não queria Ademir da Guia com mais de 70 anos jogando. A saída de jogadores que só ocupavam espaço deu ao Palmeiras a oportunidade de promover vários jogadores da base que serão muito mais úteis do que aqueles que saíram.

    CARTÕES – Espero que o Valdívia leve o terceiro cartão amarelo no jogo de quinta contra o Atlético de Sorocaba e fique fora do jogo em Mogi. Caso não seja punido, com certeza receberá o terceiro cartão n partida seguinte para que não jogue no dia 17 contra o time da marginal. Assim, poderá jogar com maior condição física na partida de estreia da Libertadores no dia 14. Antes de lançar suspeitas sobre o jogador seria interessante se informar sobre as tabelas dos campeonatos. Caso não leve o terceiro cartão contra o Atlético, Kleina não deveria escalar o jogador em Mogi para que esteja bem dia 14 e dia 17. Pela condição de recuperação dele, não se pode correr o risco de colocá-lo quarta e domingo e depois perder o atleta por muitos jogos.

    TORCIDA – O palmeirense precisa ser um pouco mais inteligente e perceber que o seu time está em formação, em reconstrução após a desastrosa gestão Tirone/Frizzo. Precisa saber que não será do dia para a noite e nem por mágica que tudo de ruim que foi feito pela dupla B1/B2 será consertado por mágica. Ou existe o apoio geral para mudar o Palmeiras ou não sairemos dessa fase para alegria dos masoquistas de plantão.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 09:54 , Anonymous Marco disse...

    Bagatelas - coluna Oberdã Fiúme - 3VV

    Contratação custa dinheiro e demora, mas bastidor não demora muito. Se estamos sendo prejudicados contra Penapolense e XV de Piracicaba que dirá quando jogarmos contra os grandes.

    -x-x-x-x-

    Verdade que para ganhar desses time citados, e não ganhamos, até arbitragem contrária tem que ser superada.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 10:14 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    MARCO ESTÁ CERTO.

    Kleina não tem o time que pediu e nem tão pouco está indicando caçamba de Pardalzinho e Cia.

    Quem está demorando é o Paulo Nobre e o Brunoro.

    É fácil perceber prestando atenção nos comentários de Henrique, Barcos e Valdívia.

    Em resumo, o Palmeiras precisa urgentemente OXIGENAR o time, que se mostra apático por está inseguro em relação a temporada.

    Tem jogador que cresce vendo o time grande, tem jogador que simplesmente perde o pouco que tem.

    Precisamos de reforço urgente.

    Precisamos de um atacante apra o lugar do Maikon Leite, porque esse é hoje um dos jogadores que mais tem chance de marcar durante a partida.

    Precisamos de mais um meia armador ou para jogar junto ou para ser opção de Valdívia.

    Precisamos um zagueiro pra fazer dupla com Henrique.

    Precisamos lateral esquerdo.

    Precisamos lateral direito.

    Só contando esses, já são 5 jogadores.

    Como eu já disse, o Kleina liberou uma caçamba de jogadores do Decadente, mas ainda não recebeu os dele e inclusive teve que reintegrar alguns que estavam de saída.

    Precisamos de um time de cara nova urgente.

    O Palmeiras es´ta demorando demais.

    O São Paulo tem 6 pontos e dois jogos a menos.

    Nós temos 8 pontos e estamos segurando a última vaga no sufoco.

    Precisamos OXIGÊNIO.

    Saudações.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 11:09 , Anonymous Sérgio de Mauro disse...

    O que mais me irrita é constatar que existe alguma força maligna invisível no Palmeiras, a qual transforma em zumbis todos os dirigentes e técnicos que passam por lá.
    Depois disso essa força os conduz sempre ao mesmo comportamento:
    1) Calar-se diante dos erros contínuos de arbitragem;
    2) Calar-se diante da perseguição e má-vontade da imprensinha;
    3) Insistir em jogadores absolutamente fracos, como Márcio Araújo e Vinícius;
    4) Impedir o acesso das promessas da base (as verdadeiras).
    Só que essa força nunca é identificada, apesar de seus efeitos se manifestarem ano após ano, técnico após técnico, diretoria após diretoria.
    Será que PN e Brunoro já foram infectados? Nesse curto espaço de tempo, já dá para temer que sim.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 12:16 , Anonymous Doente(verdão) disse...

    Para não ficar apenas resaltando os aspectos negativos, que infelizmente são muitos, vou falar o do Fernando Prass! Que baita contratação do Tirone. A melhor coisa que ele fez a frente da presidência do Palmeiras disparado. Fique impressionado com a reposição de bola do F Prass, finalmente acabaram os chutões sem rumo na nossa reposição de bola! Obrigado Senhor! Abraço do Doente!

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 13:09 , Anonymous Marco disse...

    Independentemente dos reforços, o Palmeiras deveria usar os jogos do Paulistão para criar alternativas e acertar o time com os jogadores que já tem.

    Escalar dois volantes de marcação entre Denoni, Márcio Araújo e Souza. Aos poucos dar oportunidade para Bruno Dibal. Os dois volantes de marcação ajudariam também quando os dois laterais escalados forem alas.

    Jogar com dois meias, alternando ao lado de Valdívia Patrick Vieira, Diego Souza e depois Tiago Real.

    Para a lateral esquerda, escalar o Fernandinho assim que ele se recuperar da contusão. Esse jogador também é uma boa alternativa para segundo volante.

    Testar Wesley na lateral direita ou mesmo Wendel quando nos jogos onde for preciso mais marcação por esse lado.

    Como alternativa ao Maikon Leite, optar pelo Caio ao invés do Vinícius.

    Patrick Vieira pode ser usado como segundo atacante quando o time tiver dois meias de criação.

    Para o meio de campo de criação escalar dois entre: Valdívia, Patrick Vieira, Diego Souza e Tiago Real. Wesley, desde que volte a jogar o futebol que justificou sua contratação, pode ser um dos meias quando o time jogar com dois alas.

    Opções existem e o Paulistão dá condição para serem testadas.

    Logicamente, com os reforços o Palmeiras terá maior condição técnica, mas mesmo com esse elenco é possível melhorar bem o time.

    Formar um time base com dois volantes de marcação, dois meias e dois atacantes e com esse esquema ajustar as peças, uma por vez.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 15:04 , Anonymous Doente(verdão) disse...

    Como nossos laterais são muito fracos defensivamente e o Maikon Leite não acerta um passe/cruzamento, talvez uma boa alternativa voltando o Souza e o Fernandinho seria montar um time assim:

    F. Prass
    Henrique M. Ramos
    Wendel Fernandinho
    Souza Denoni
    Valdivia
    P. Vieira
    Ayrton
    Barcos


    Considerações :

    O Ayrton apóia bem , mas não consegue defender. Colocaria o Wendel mais fixo, jogando quase como um terceiro zagueiro e deixaria o Ayrton jogar como um ponta direita ou segundo atacante pela direita, cruzando as bolas para o Barcos e sem tanta preocupação em recompor a defesa!

    P.S: Nunca ví o Marcos Vinícios jogar( que veio do Palmeiras B), mas não é possivel que ele é pior que o Mauricio Ramos! Será que não vale o teste?

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 15:34 , Anonymous Anônimo disse...

    Ainda bem que não temos esses problemas no Brasil.

    http://www.lancenet.com.br/futebol-internacional/Autoridades-europeias-desarticulam-manipulacao-resultados_0_859714045.html

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 16:13 , Anonymous Anônimo disse...

    Será que não tem mesmo?

    Sveitão por exemplo?

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 16:27 , Anonymous CARLÃO - SANTOS/SP disse...

    Não estou fazendo coro contra o Kleina, mas digo que todo o time grande que foi rebaixado inclusive o PALMEIRAS, não manteve nem a base dos jogadores que foram resposáveis pelo rebaixamento inclusive o tecnico, até entendo o lado financeiro de uma mudança radical, mas entendo que é necessária, todo time grande que foi rebaixado contou muito com a base e com jogadores desconhecidos. DEVEMOS ESQUECER A LIBERTADORES É UMA COMPETIÇÃO DE NIVEL, NÃO TEMOS ELENCO E NEM TEMPO E DINHEIRO PARA MONTAR, DEVEMOS USAR ESTE CAMPEONATO COMO UMA PROVA DE FOGO PARA DEFINIR QUAL ELENCO DEVEREMOS USAR NO 2º SEMESTRE O QUAL TEREMOS 2 COMPETIÇÕES IMPORTANTES E COM MELHORES CHANCES DE CONQUISTAR ALGO.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 16:36 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    SOUZA ESTÁ VOLTANDO

    Com a volta de Souza, poderemos ter um meio mais equilibrado e jogar no melhor esquema que é o 4-4-2.

    Denoni, Wendell, Souza e Valdívia

    Nada de invenção.

    Ataque continua Maikon Quase Gol Leite e Barcos.

    Não tem invenção

    Saudações,

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 16:36 , Anonymous CARLÃO - SANTOS/SP disse...

    Com relação as arbitragens:
    SUGIRO A DIRETORIA QUE FAÇA UMA EDIÇÃO DOS ROUBOS CONTRA O NOSSO TIME E COLOQUE NA INTERNET, INCLUSIVE COM COMPARAÇÕES DE OUTROS FAVORECIDOS COMO A SARDINHA QUE TODO JOGO É BENEFICIADO REPITO TODO O JOGO.
    VAMOS USAR AS REDES COLOCAR A CARA DOS LADRÕES PRA TODOS VEREM.
    O JUIZ QUE NOS ROBOU CONTRA O QUINZE, VAI RECEBER O DELE, PARA MUITOS ELE SAI COMO HEROI E PAU NO CÚ DO PALMEIRAS.
    TEMOS QUE DAR UM BASTA NA ROUBALHEIRA

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 16:45 , Anonymous Carlão - Santos/SP disse...

    Ao Mestre dos magos:
    Poderiamos fazer um 3-5-2

    Prass, Wendel (zagueiro pela direita)
    MRamos (não temos outro) e Hernrique
    No meio Denoni (frente da zaga) Wesley (pela direita), Souza e Valdivia (na armação) e PVieira(pela esquerda)
    Ataque: Pirata e MLeite(não temos opção).

    Com a chegada do Marcelo Oliveira poderia ocupar o meio pela esquerda e deslocar o PVieira para o ataque no lugar do MLeita

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 16:48 , Anonymous Edson disse...

    O time, como um todo, esteve sofrível.
    O gol do quinze, logo aos dois minutos, mudou completamente a história da partida, pois deu ao Palmeiras a obrigatoriedade de virar o placar. Por sua vez, o quinze retraiu e jogou por mais uma bola, ou mais um erro.
    O Palmeiras se desestruturou totalmente, e o Kleina já deveria, logo no primeiro tempo, retirar o Vinícius do jogo e colocar mais um volante.
    Não que eu ache, como alguns, que o Vinícius é ruim, mas porque pelo seu estilo de jogo, em campo pequeno, com o time adversário na retranca, com a defesa vulnerável, não dava mais para ele.
    O Kleina escalou bem, mas quando começou a perder o jogo, demorou para mudar. Se estivéssemos contra um time melhor qualificado, ou se o nosso goleiro não operasse grandes defesas, a coisa teria sido ruim.
    Independente de todo o exposto, mais uma vez fomos vítimas de um penalty mandrake, que mudou a história do jogo.
    O Márcio Araújo tomou a frente do jogador do quinze, que trombou no Márcio. Aquilo nunca foi penalti.
    O comentarista Noriega, que vinha fazendo um leitura adequada do jogo, criticando os nossos laterais, a dificuldade técnica de alguns jogadores, nessa hora, deixou de tirar um dez.
    Antes mesmo do replay, disse e afirmou que tinha sido penalty, e ao rever o lance ficou com meias palavras, pois viu que não foi e não voltou atrás. Parece que tem um pé esquerdo... o juiz estava longe... e se perdeu. Na próxima, Noriega, para tirar um dez, aguarde o replay.
    O Wesley, acompanhado pelo Juninho, e pelo Ayrton, foram de longe, os piores em campo, mas o cristo foi mais uma vez o Valdívia, que embora tenha jogado mal, não foi o pior em campo. Parece rixa pessoal.
    O time, exceto o goleiro Prass, tem que ser criticado como um todo, incluindo o Kleina.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 17:24 , Anonymous Thiago Ramos disse...

    Ontem vi o Wesley chegando na linha de fundo e isolando a bola loucamente. Será que o jogador não percebe que este lance pode mudar a partida? Os companheiros e principalmente o técnico deveriam chamar a atenção. O objetivo final é o gol, e não somente manter a bola longe da própria área.
    Sofrível...
    Quanto ao nosso empate, fica sim o gosto da derrota, principalmente por saber que a influencia do árbitro roubou-nos uma vitória certa.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 18:16 , Anonymous Marco disse...

    Considero muito difícil para o Palmeiras exigir respeito da imprensa e seriedade dos árbitros quando o respeito não parte da própria torcida.

    Basta levantar a questão dos prejuízos com arbitragens em alguns espaços da “Mídia Palestrina” para que qualquer um seja metralhado por alguns formadores de opinião que encontraram na internet o espaço ideal para descarregar suas frustrações. Apesar dos prejuízos com arbitragens terem se tornado constantes e inegáveis, parte considerável da torcida palmeirense censura e condena qualquer tipo de comentário sobre o assunto. Alegam que está se arrumando desculpas para a condição do time, como se debater sobre a equipe e sobre os fatores extra campo fossem assuntos que não pudessem ser discutidos paralelamente.

    Essa cultura de omissão e falta de visão também tem sido característica das diretorias do Palmeiras ao longo do tempo. Basta lembrar que o ex diretor de futebol considerou boa a arbitragem do PC Oliveira na semifinal do Campeonato Paulista 2011.

    Como a imprensa vai nos respeitar se nós não nos respeitamos? Como os árbitros vão optar pelo lado palmeirense em uma interpretação, se entre os torcedores muita gente acha normal errar sempre contra o próprio time?

    Como os erros contra o Palmeiras serão debatidos e apontados pela imprensa se o próprio clube não os relata, não os denuncia quando são entrevistados ou participam de programas esportivos.

    O Palmeiras é um clube onde direção e torcedores têm medo até da sombra para denunciar o que é feito contra ele. Pagamos pela omissão e pela nossa covardia.

    A primeira etapa para ser vencida no sentido de exigir da direção do Palmeiras ter atitudes fortes e sérias nos bastidores para impedir os constantes assaltos contra o clube é combater a legião de idiotas úteis que não admite e faz de tudo para cortar qualquer manifestação nesse sentido.

    Reproduzo abaixo trecho de uma mensagem do Márcio Trevisan a um participante de sua página “Senhor Palmeiras” sobre o motivo desses problemas. Ele relata o que cansamos de escrever aqui:



    Não existe dolo, existe uma acomodação. O árbitro sabe que, se cometer um erro contra o Palmeiras, a Imprensa pouco ou nada comentará.

    Vc viu algum veículo contestar a marcação do pênalti? Mas se fosse contra “eles” ou “elas”, você iria ver o tamanho do barulho que meus colegas fariam.

    Ontem, um comentarista cravou, na hora da transmissão, que havia sido pênalti, mas assim que viu o lance por outro ângulo titubeou e deu a perceber que iria mudar de opinião. Porém, rapidamente mudou o tom de novo e manteve a opinião inicial.

    Detalhe: o comentarista em questão é reconhecidamente palmeirense.”

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 18:41 , Anonymous Marco disse...

    Completando:

    Caso o Paulo comece a falar pela imprensa e/ou procure a Federação para defender os interesses do Palmeiras denunciando os erros de arbitragem, a imprensa em geral e grande parte da torcida irá acusá-lo de fugir da responsabilidade jogando para cima das arbitragens e da imprensa a culpa pela situação do time.
    Para resolver essa questão, diretoria e torcida tem que falar a mesma língua e começar a cobrar mais vergonha na cara dos chamados jornalistas palmeirenses para que, no mínimo, cumpram sua função e se comportem em relação ao Palmeiras como fazem para os concorrentes.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 19:32 , Anonymous Anônimo disse...

    vcs são ridiculos,
    O time perdeu pq é ruim...se nos cruzarmos em qqer situação iremos atropela-los.

    Abraço do único BI MUNDIAL...HAHAHA

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 19:42 , Anonymous Anônimo disse...

    A tradição é encontrar o time do lula na libertadores e... despachar o time marginal.
    KKKK!!!! não vejo a hora.

     
  • Às 4 de fevereiro de 2013 19:59 , Anonymous Carrasco disse...

    Soares

    Tu és ridículo. Onde tu viu que o Palmeiras perdeu?

    Foi na Globo, na Band. na Folha ou na Jovem Pan?

    Fumas, cheiras? Gostas mesmo é de crak né?

    Cada time tem a torcida que merece.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial