Observatório Alviverde

07/02/2013

MIDIA MINIMIZA OS EMPATES E AS PÉSSIMAS ATUAÇÕES DOS GRANDES NA RODADA DE ONTEM DO PAULISTÃO!




EMPATE ARRANJADO, AMARGO OU COM SABOR DE DERROTA SÓ OS EMPATES DO PALMEIRAS! 
QUE MÍDIA!


Meus amigos

Os três grandes empataram, mas receberam tratamento diverso por parte da mídia, daquele que, como é rotina, é dispensado à Sociedade Esportiva Palmeiras.

O empate fora de casa, contra o XV, em Piracicaba, quando o time assinalou três gols, em um jogo de muitas alternativas, foi tratado como AMARGO e como uma DERROTA pelos maiores portais brasileiros da Internet e pelos jornalistas esportivos em geral, sem exceções.

Reconheço que o time não foi tão bem quanto devia, mas...

Além de um pênalti mandrake marcado para o adversário, que os homens da mídia, como de hábito, consideraram normal, o time esmeraldino mostrou motivação, união de grupo, força espiritual e coletiva para, mesmo em um dia de pouca inspiração, ter capacidade de recuperação. 

Nada disso foi realçado ou ressaltado e, muito menos, foi dito que o Palmeiras era um time em formação.

Diferentemente do empate ridículo dos bambis ontem a noite, em casa, contra a Ponte em zero a zero.

Os bambis não jogaram nada, mas a mídia não disse qual sabor teria tido o empate, se doce, agridoce ou mel, mas, certamente não foi amargo. 

Ora, com perdão pela expressão chula, que vão todos tomar em suas respectivas birocas do cedenho.

O esforço dos atletas, a luta pela virada e o empenho e a força de vontade mostrados pelo time do Palmeiras domingo em Piracicaba, não foram citados ou destacados pela mídia inimiga.

E não venham alegar, senhores jornalistas de exceção, que é "teoria da conspiração"! 

Pelo contrário, é a "prática da constatação". Estamos provando!

O empate do São Paulo com a Ponte, dentro de casa, em pleno Morumbi, foi subdimensionado e tratado por todos os portais como um treino de luxo para a Libertadores. 

Vejam a postura do portal UOL, facciosíssimo de tendência nitidamente tricolor, em sua principal manchete:  

Em jogo muito fraco, São Paulo desperdiça treino para a Libertadores e fica no 0 a 0 com a Ponte Preta

GAZETA ESPORTIVA E UOL PARECE ATÉ QUE COMBINARAM

Em teste para Libertadores, São Paulo só empata com a Ponte

Mas o empate do Palmeiras, time ainda em formação, jogando fora de casa, prejudicado pelo árbitro, que, muito antes dos bambis já estava classificado para o certame continental, foi tratado como se o time estivesse, novamente, disputando o descenso e perdido.  

Será que os caras não se tocam?

Ou como dizem por aí, seriam esses jornalistas meros paus mandados dos chefes de redação e dos proprietários dos portais

O Santos empatou em Lins através de um pênalti cavado, covarde, inexistente, muito contestado...

Mas sempre que pênaltis desse tipo ocorrem em jogos do Santos, CU-rintia e Bambis, a mídia, em vez de dizer "penalti inexistente levou o Santos (CU-rintia, Bambis) ao empate", faz uso da expressão "pênalti polêmico"!

Vejam o que publicou o UOL da famigerada antipalmeirense Folha de São Paulo:
Reparem que, em momento algum, os jornalistas da UOL citam que o penalti não existiu, como fazem, de hábito, com o Palmeiras.

Ninguém do Linense foi ouvido ou consultado, a fim de prevalecer a palavra do jogador que se atirou, cavando a penalidade máxima.

PORTAL TERRA

Sem Neymar, Santos tem pênalti polêmico e empata com Linense.

Polêmico?

Afinal, o penalti existiu? Ou não existiu?

Ou o portal Terra só se define quando se trata de lances desfavoráveis ao Palmeiras?

GAZETA ESPORTIVA NET 


Este portal sequer se refere ao penalti nas manchetes.

Quando o faz mostra apenas a defesa do jogador que cavou a penalidade. Vejam:

SOBRE O JOGO DAS GALINHAS AO QUAL ASSISTI NA BAN(IDA).

BOLACHA E NETO, CLUBÍSTICOS, PARCIALÍSSIMOS, CONSEGUIRAM TORCER E DISTORCER A FAVOR DOS MARGINAIS DURANTE TODA A TRANSMISSÃO.

NETO, ADMITE-SE, ENTENDE-SE, COMPREENDE-SE,  POR SUA BAIXA ESCOLARIDADE E PELO FOLCLORISMO DA MAIORIA DAS FALAS DESSE SÃOPAULINO QUE SE DIZ CU-RINTIANO.  

MAS NÃO SE CONCEBE QUE, SOB QUALQUER HIPÓTESE QUE O MELHOR (AINDA), O MÉSSI E MESTRE DA NARRAÇÃO ESPORTIVA DA TV BRASILEIRA, ESTEJA  ENVELHECENDO COM UMA POSTURA PROFISSIONAL INCOMPATÍVEL COM A SUA HISTÓRIA E IMPORTÂNCIA NO CENÁRIO RADIOFÔNICO-TELEVISIVO BRASILEIRO. 

SUA CONDUTA, CADA VEZ MAIS, MARCANTEMENTE, CORINTIANA, ESTÁ, DIA A  DIA, A CADA TRANSMISSÃO, MAIS NÍTIDA, MAIS ABERTA, MAIS ESCANCARADA.

ESTARIA RECEBENDO ÓRDENS DA DIREÇÃO DO CANAL, VERDADEIRA SUCURSAL DO CORINTHIANS

SE, ANTES, DO VALE CONSEGUIA DISSIMULAR O SEU FANÁTICO CORINTIANISMO, CONTENDO-SE, ATÉ CERTO PONTO, NAS TRANSMISSÕES E ESCONDIDO, CONVENIENTEMENTE, ATRÁS DA CAMISA DA PONTE PRETA, AGORA LIBEROU GERAL.  

UMA DECEPÇÃO PARA SEUS MILHÕES DE FÃS E ADMIRADORES PALMEIRENSES, SÃOPAULINOS E SANTISTAS, A MAIORIA.  

PORTAL UOL
Manchete 

Campeonato Paulista:Com Pato, Corinthians empata com o Botafogo-SP

Vejam os sub-títulos, cuidando para não se comprometer,  só "água de flor"!

Alexandre Pato dá trabalho, mas Corinthians joga mal e só empata com o Botafogo-SP 

Pato lidera finalizações do Corinthians, mas perde bolas demais e diz que "faltou o gol" 

Tite vê falta de entrosamento como natural e vê Douglas com físico "abaixo dos demais" 

Corintianos reclamam da violência do Botafogo-SP, mas elogiam rival após empate

Meus amigos palmeirenses.

Alguma manchete desconfortante, desfavorável contra eles?

Não?

N-Ã-O!

Mas, quando jogamos, tudo muda, tudo é diferente e a mídia só tem críticas, contestações, negativismos e azedume quanto as nossas apresentações, mesmo que o Palmeiras vença os jogos.

Quando querem fazer uma leve crítica aos nossos adversários usam outras bocas.

Reparem:

Ney Franco diz que faltou competência ao São Paulo e não se anima com Ganso

(esta a maior crítica feita aos bambis pelo fracasso de ontem)

 São-paulinos lamentam atuação ruim, mas prometem volta por cima nos próximos jogos

(mensagem de otimismo que nunca publicam se é o Palmeiras)

Aloísio aproveita a ausência de Luis Fabiano no São Paulo para buscar um lugar cativo no time titular  

(falaram isso de Obina quando ele entrou no time do Palmeiras no lugar de Barcos? Vão falar o mesmo quando algum garoto palmeirense da base ascender ao time titular?


Lúcio lamenta placar e crê em recuperação 

Hoje vamos enfrentar o Atlético de Sorocaba, no Pacaembu.

Jogaremos desfalcados de Valdívia o que, teoricamente,  significa menos criatividade e força ofensiva.

A ausência do Mago, leva Gilson Kleina a alterar, novamente, o esquema tático, que prenuncia-se em um 4/4/2.

Independentemente de qualquer esquema, Kleina vai manter o mesmo time que enfrentou o XV, menos Valdívia. 

Se optar - é pouco provável - pela utilização de três atacantes, Vinicius continua na equipe e Denoni vai para o banco.

Se entrar - é quase certo - com um meio de campo mais compacto, joga Denoni, em formação que, entendo, seja a melhor e a mais adequada.

O time mais provável será este:

Fernando Prass; Ayrton, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, João Denoni, Wesley e Patrick Vieira; Maikon Leite e Barcos.

VOCÊ ACREDITA EM VITÓRIA FÁCIL?

A MANUTENÇÃO DO TIME BASE LHE AGRADA?

QUAL SERIA A NOSSA MELHOR TÁTICA?

UM CAUTELOSO 4/4/2 OU UM OUSADO 4/1/2/3?  

QUAL SERIA, ENFIM, COM A AUSÊNCIA DE VALDÍVIA, A NOSSA MELHOR FORMAÇÃO?

COMENTE COMENTE COMENTE  

14 Comentários:

  • Às 7 de fevereiro de 2013 06:29 , Anonymous Marco disse...

    Os textos de ontem e de hoje do OAV deveriam ser leitura obrigatória para todo torcedor palmeirense. Passou da hora de parte dos nossos torcedores observar tudo o que envolve o futebol e o nosso time e parar para pensar.

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 07:53 , Anonymous Menegon disse...

    Alcides voce matou a pau novamente, o Marco tem razão, esse texto deveria ser leitura obrigatoria para todos palmeirenses, e vou mais além....pq não iniciar uma campanha para que os palmeirenses boicotem esses veiculos de comunicação, passando a utlizar somente a midia palestrina???

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 11:13 , Anonymous Alcides Drummond, o Editor disse...

    Marco
    Valeu!

    Menegon
    A mídia palestrina é limitada e não atende às demandas de nossa coletividade.

    O Palmeiras, assim como Cruzeiro e Galo têm aqui em BH, deveria ter um programa semanal na TV aberta, de divulgação nacional.

    Mas, principalmente, ter uma estação de rádio, preferentemente FM, cobrindo todos os seus jogos em qualquer lugar que o time jogasse.

    Mas os nossos dirigentes são cegos e eu não vou continuar dando uma de Santa Luzia concedendo luz a eles.

    Paulo Nobre tinha que ver isso e dar um rumo, um norte à cobertura esportiva, promovendo a polarização da torcida em um único veículo rádio.

    Quem sabe assim concorrendo com as emissoras tradicionais e roubando-lhes o público e, principalmnente, os anunciantes do Palmeiras eles passem a respeitar o clube.

    E que não venham eles dizer que é impossível porque até a Portuguesa manteve um espaço destes para o seu pequeno público.

    Falta marketing e percepção no Palmeiras. Sempre faltou porque essa italiana besta (também descendo de italianos) que tomou conta do clube só conhece os marketings da vaidade, da ostentação e da promoção pessoal, com raras e honrosas exceções.(AD)

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 12:02 , Anonymous Anônimo disse...

    Alcides boa tarde,
    Eu particularmente acho besteira ficar fazendo uma analogia, no que a imprensa diz deste ou daquele.
    .
    Mesmo porque o momento das agremiações são totalmente adversas, visto que:
    Corinthians e São Paulo estão com os times montados, possuem um padrão de jogo, logo se vier a ganhar o paulistinha pouco importa, visto que o foco é a Libertadores (taça cucaratcha).
    .
    Já o Palmeiras precisa mostrar um entrosamento, observando-se a consistência do time em determinadas situações.
    .
    Repito, se Corinthians ou São Paulo perder ou ganhar este torneio regional pouco importa, já o Palmeiras, não digo que é obrigação ganhar, mas acho que chegando pelo menos até a grande final, ira demonstrar que o trabalho esta sendo bem feito.
    .
    Temos que concordar que o foco deve ser o segundo semestre, em tentar de qqer maneira o acesso a Série A.

    Grande Abraço

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 12:19 , Anonymous Doente(verdão) disse...

    Agora falta contratar dois bons zagueiros! Abraço do Doente!

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 13:04 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    ALCIDES

    Se der certo a contratação do lateral do corinthians Welder ou Weldinho, o Palmeiras vai fazer uma baita contratação.

    Ayrton não tem condição de disputar com esse jovem que tomou conta da lateral direita do coritnhains campeão brasileiro de 2011, quando Alessandro ficou contundido.

    Quem viver verá.

    Saudações.





     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 14:38 , Anonymous Marco disse...

    A imprensa não faz esse trabalho de denegrir o Palmeiras por questão emocional ou "clubismo". Existe o interesse comercial de terceiros sendo defendido e ela se presta a esse papel.

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 15:09 , Anonymous Alcides Drummond, o Editor disse...


    Brian

    Hoje vc fez jornalismo. Brilhante!
    O problema é que essa situação de patinho feito do futebol paulista é usada pela mídia para desmoralizar o clube há muitos anos.

    Finalidade, colocar o SP no lugar do Verdão. A grande rivalidade sempre foi Palmeiras e Corinthians porque o Palmeiras nasceu de dentro do Corintians, com a briga entre os espanhóis e os italianos que eram sócios do clube.

    Fica ridículo para a mídia tentar mudar a situação porque quer a mídia queira ou não o antônimo de Corinthians e Palmeiras e vice versa.

    O OAV é pra todos!

    Espero que vc não fique contrariado porque é um blog exclsuivamente do Verdão abs (AD)

    Doente
    Fique frio porque estamos contratando bem.

    Vc ainda não percebeu que não tem balzaquianos ou velhotes em nossas contratações?

    É por isso que a mídia está metendo a boca.

    Eles querem que contratemos os velhotes de sempre que além de custar caro, não resolvem os nossos problemas.

    Espero que a nossa torcida finalmente torcida entenda que futebol se faz com muitos jovens e, se necessário, alguns coroas e não ao contrário como o Palmeiras vinha fazendo. Estamos no caminho certo!

    Mestre, o Ayrton só foi contratado pela política medíocre de o Palmeiras contratar jogadores que atuam bem contra o Verdão.

    Esse é um dos motivos pelos quais todo jogador faz o jogo da vida quando enfrenta o Palmeiras.

    Como disse o nosso amigo Higino de Londrina aqui no blog, era um jogador meia-boca. Acertou!

    Esperar o que de Frizzo e de Tirone

    Por falar neles, alguém já sabe que o time do Equador está querendo Barcos de volta alegando falta de pagamento?

    Ouvi essa notícia no programa esportivo da Fox,

    Alguém tem informaçãoes ou é mais um factóide?

    Marco, toda ação em grupo (no caso em bando porque são bandidos) tem um comando instituido.
    abs a todos.
    (AD)

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 16:47 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    ALCIDES

    Essas contratações que estão sendo feitas me fez lembrar de você sobre a teoria dos baixótes enfeitadores.

    Veja como esse time está tomando corpo no sentido físico da coisa.

    CHARLES 1,75m
    MARCELO OLIVEIRA 1,84m
    KLÉBER PINHEIRO 1,89m
    WELDER 1,82m

    Pode estar chegando ainda:

    VILSON (zagueiro do Grêmio)1,89m

    Vamos ver que vem mais por aí e andam falando que o Palmeiras está atrás de Rafaél Sóbis.

    Saudações.

    **Depois a gente fala dessa nova repaginada que o time certamente terá.

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 17:20 , Anonymous S.E.Palmeiras oficialmente disse...

    Esclarecimento sobre a situação do atacante Barcos
    Brunoro: "Não existe perigo de o jogador sair"

    A diretoria de futebol e jurídica do Palmeiras vem a público tranqüilizar a torcida de que não existe perigo de o atacante Barcos deixar o clube. De fato, há uma parcela do contrato em aberto. Já foram quitados 80% dos pagamentos e a direção iniciou a negociação para acertar o restante.

    "Não existe perigo de o jogador sair. Existem multas no contrato e a LDU, além de entrar na Fifa, teria que esperar um parecer positivo, que pode demorar muito tempo para acontecer. O presidente Paulo Nobre entrará em contato com a diretoria do clube equatoriano para resolver a questão", esclareceu o diretor executivo José Carlos Brunoro, que destacou.

    "Essa nova gestão vai honrar todos os compromissos que estão pendentes", completou o dirigente.

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 17:32 , Anonymous Marco disse...

    Existe um trabalho iniciado há muito tempo para diminuir a instituição Palmeiras e tomar seu mercado consumidor. Não é apenas a preferência “clubistica” de um ou outro jornalista ou da direção de algum veículo de comunicação.
    O alvo principal a ser atacado é o público infantil e o público jovem. Trata-se de uma tentativa constante de desmoralização para afastar novos torcedores. Não há nada de emocional e sim interesse comercial de terceiros.
    Mesmo na época da cogestão com a Parmalat todo tipo de jogo sujo foi feito, tentando denegrir as conquistas obtidas pela excelência dos elencos montados. Período em que o chegou a perder títulos importantes por pressões externas sobre arbitragens como aconteceu na Libertadores 95, no Brasileiro 95 e 96 e no Paulista 99. Essas competições que nunca se tornaram polêmica pelos resultados conseguidos graças às interferências do apito, pois o prejudicado foi o Palmeiras.
    Mesmo na época de uma cogestão forte, com ótimos times formados, cujos jogadores foram base de várias seleções brasileiras o Palmeiras sofria com o trabalho parcial da imprensa. Não seria hoje, com o clube fragilizado, com o ambiente é propício para os ataques que não iria sofrer. Basta notar que todo dia surge algo novo nos noticiários tentando criar alguma perturbação. Não há tréguas.
    Apenas como ilustração, lembro que na primeira rodada deste campeonato o programa de esportes da Band fez uma verdadeira conferência entre todos os seus participantes para avaliar se a penalidade marcada sobre o volante Souza tinha acontecido e muito a contragosto tiveram que admitir que existiu. Penalidade marcada para o Palmeiras desperta a mesma atenção de um elefante branco em plena Avenida Paulista. Ao contrário, quando o Palmeiras é prejudicado, a citação quando existe, é feita de forma rápida, apenas “para cumprir tabela”.
    Para a imprensa, o Palmeiras sempre tem que estar envolvido em polêmica, mas temas como as denuncias do Gutemberg Fonseca, do estádio construído com benefícios públicos, do patrocínio estatal conseguido por interferência política não merecem atenção.

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 17:57 , Anonymous Sérgio de Mauro disse...

    O Marco sempre preciso nos seus comentários, torna dispensável que a gente se manifeste.
    E gostei da expressão do Alcides, em contraponto à "teoria da conspiração", a "prática da constatação". É exatamente isso!

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 22:35 , Anonymous Anônimo disse...

    Cidade de São Paulo, população aproximadamente com 19 milhões de habitantes. Fazendo uma projeção mínima de dez por cento de palmeirenses apenas no município, seriam um milhão e novecentos mil torcedores. Hoje, no momento em que o clube mais precisa de apoio, apenas quatro mil pessoas foram ao Pacaembu, público de time de série A3. Preço do ingresso, horário ou qualquer outra desculpa? Entre quase dois milhões de pessoas no município, sem contar as cidades próximas, não deveria haver mais torcedores comparecendo ao estádio?

     
  • Às 7 de fevereiro de 2013 23:33 , Blogger Brunoliv disse...

    Já ouço o coro da torcida

    Aí gambás,que humilhante.

    O meu volante faz mais gol que o seu atacante. kkkkkkk'

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial