Observatório Alviverde

21/12/2014

A MÍDIA PAULISTANA (com raríssimas exceções) É FACCIOSA, INCOMPETENTE, DESPREPARADA, JUVENIL E IMATURA!


 

Sou de um tempo em que os jornalistas esportivos eram sérios, maduros, focados, responsáveis, acentuadamente éticos, e,  tinham como exclusivo escopo, no sacratíssimo exercício de suas funções, a eficiência profissional.

O que buscavam no trabalho, resumia-se, prioritariamente, em prestar os melhores serviços possíveis à comunidade, pautados pelos insubstituíveis postulados da verdade, da honestidade, da razão e da justiça, com plena autonomia nas escolhas e ampla liberdade nas ações.

Foi, essa, e, assim, a época áurea da comunicação esportiva no Brasil, no período compreendido entre as distantes décadas de 50 e 60, do século passado.

Nesse memorável tempo eu ainda não era jornalista e, sequer, imaginava que viesse, um dia, a se-lo, não passando de mero consumidor da comunicação esportiva, liderada, então, por um veículo fantástico, responsável pela disseminação e, sobretudo,  pela dimensão de popularidade atingida pelo futebol no Brasil, o rádio.
  
A imparcialidade no trato aos clubes, era a marca predominante da mídia daquele tempo, -a escrita, também- tanto e quanto o são, em antítese, nos dias de hoje, o escracho, a desonesta tendência clubística e a falta de compromisso com a ética e com a verdade de parte ponderável dos profissionais da área.

O que se pode cravar, sem medo ou riscos de incorrer em erros, é que dos anos 50(s) a 60(s), vivenciou-se a era de ouro da imprensa esportiva brasileira, sob todos os ângulos pelos quais se a enfoque e sob todos os pontos de vista pelos quais se a julgue.

A nós, ouvintes e tietes, cabia a divertida, porém difícil tarefa de tentar descobrir para quem torcia um Mário Moraes, um Mauro Pinheiro, um Ruy Porto, um Pedro Luís, um Oduvaldo Cozzi, um Edson Leite, para que se registre, apenas, meia dúzia dos expoentes mais representativos entre centenas de partícipes da era de ouro do rádio que antecedeu, cronologicamente, os primórdios da comunicação televisiva no Brasil.

O respeito era tal, a consideração era tanta, que, eu ouvia, tranquilamente, um Bambi x Verdão optando pela narração vibrante de Geraldo José, fanático sãopaulino que trabalhava nas Rádios Record e Panamericana, do conglomerado das Emissoras Unidas, de propriedade do fundador do SPFC, Dr. Paulo Machado de Carvalho, sem o menor embargo, constrangimento ou problema.

Nem sei a quantos Curintia x Palmeiras assisti através do relato claro e vibrante de Haroldo Fernandes (da escola de Geraldo José), sem, sequer, me preocupar que o coração de Haroldo era pintado de preto e branco. 

Uma coisa era líquida e certa. Havia respeito da parte de todos os profissionais a todos os segmentos envolvidos na relação, fossem os clubes, os jogadores, os dirigentes, os cronistas ou o próprio público. 

Eu disse tudo isso como preâmbulo, até chegar ao descalabro que vivemos nos dias de hoje, em que os meios de comunicação e, pior, muitos cronistas, vestem a camisa dos clubes dos quais dependem ou com os quais se simpatizam e exercem, sem avisos ou ressalvas, papéis indignos de divulgação e opinião, que colidem com a ética, com as normas de conduta e com todas as regras que deveriam pautar as suas ações profissionais.

Vocês notaram como os repórteres e redatores dos grandes portais midiáticos adoram dizer que o Palmeiras perdeu? 

O Palmeiras não joga desde o dia 07 de dezembro, e, no entanto, continua perdendo vários jogos todos os dias, sendo que só ele perde, ninguém mais.

A moda, agora, é colocar qualquer disputa por um determinado jogador na dimensão de uma partida, como se fosse um confronto entre o Palmeiras e seus adversários.

Os focas idiotas da UOL, tendencioso portal do grupo folha, assumida e reconhecidamente bambi, são mestres nisso. 

É muito provincianismo, embora quem conheça o baralho saiba, perfeitamente, que o verdadeiro móvel da atitude é desmoralizar o Palmeiras e, subliminarmente, impedir que os jovens venham a torcer pelo clube!

Os bambis contrataram o obscuro Tiago Mendes, que interessava ao Palmeiras, por opção do próprio jogador, sãopaulino confesso, mas a imprensa, quase toda, divulga que o São Paulo "derrotou e humilhou" o Palmeiras.

Porém, na hora em que o Palmeiras, diretamente, está tirando Alvaro Pereira lateral esquerdo deles, aí a mídia muda o jogo e garante que os bambis é que não estão interessados em renovar-lhe o contrato. 

Mas que "cazzo" de jogo é esse em que o Palmeiras tira Hernani Banana de dentro do Curíntia, usando um empresário curintiano mediante melhor oferta e a mídia que, até então, divulgava que o Cu-rintia derrotava o Palmeiras, não tem a hombridade e a honestidade de registrar a reação palmeirense na disputa e a sua vitória no mesmo "jogo"?

Vocês viram quantas vezes eles publicaram, publicam, republicam  e continuam bostejando que Nobre perdeu Kardec para os bambis, enaltecendo, imerecidamente, o presidente bambi, aético, aproveitador ingrato e desleal?

 Constataram como se omitem de criticar Aidar, malgrado tantos erros e abusos por ele cometidos? 

Mas, por castigo e para o desespero de tantos da imprensa, as características negativas desse prócer finalmente, começam a ser, desvendadas e publicadas, embora bem devagarinho e com jeito, porque a mídia não está tendo como evitar! 

É uma espécie de "lava-jato" da roupa suja, encardida e podre dos bastidores tricolores em repercussão de inevitável publicação!

Mas, apesar do escândalo que provoca, a divulgação do caso é insuficiente e tímida, e só ocorre, porque a mídia não tem como minimizar ou abafar a incontível ira de Juvenal e apaniguados, como, de fato, gostariam de fazer.

Moral da história: na briga das comadres vêm à tona as verdades.

Só que essas verdades não interessam aos "profissionais" que coordenam as divulgações nesses portais, mormente a UOL, cujas ações, em contrapartida, têm sido arrasadoras em termos de projeção de imagem negativa e desmoralização da SE Palmeiras.

Para encerrar, forçoso é dizer que pouco adianta que nós, torcedores, isoladamente, peitemos a situação. É imperioso que o próprio Palmeiras reaja à altura e com ampla indignação a esses abusos que já se tornaram uma rotina na tumultuada vida do clube.

Há mil e uma formas de agir, através de desmentidos, de notas oficiais, de protestos, de pronunciamentos, de processos cabíveis ou mediante ações fortes de limitação, exclusão ou restrição  da atividade desses órgãos de imprensa infames e indignos que continuam sendo obstáculos de grande monta na trajetória palmeirense.

O Palmeiras, leia-se Nobre e diretoria, não pode mais submeter-se a semelhantes abusos!

COMENTE COMENTE COMENTE 

11 Comentários:

  • Às 21 de dezembro de 2014 10:43 , Anonymous Marcelo Palestra disse...

    O problema Alcides é que, o torcedor comum pouco pode fazer!

    Eu mesmo, cancelei minha conta no portal bambi UOL faz tempo, além de enviar e-mails reclamando de suas reportagens, clamando pela imparcialidade e pedindo resposta(faço o mesmo com o lance, folha, etc)

    De nada adianta!! Não existe resposta e nem retratações!

    QUEM TEM QUE TOMAR ATITUDE, SÃO OS "SEM COLHÕES" QUE "DIRIGEM" O PALMEIRAS!

    O caso Tiago Mendes, como você citou aqui, é mais um no qual a impres$$$$inha está se deliciando.

    Muito em parte, novamente pela infantilidade, despreparo, falta de malícia e esperteza do tal "presidente", que permitiu e deu munição para os malditos!

    Sempre seremos a "raspa do tacho", e por mais que façamos, nossos acertos nunca serão exaltados por eles!

    Se até os "tais jornalistas palmeirenses"( que não leio ou dou audiência, porque são piores que os inimigos) são contra o clube e vivem nos difamando, o que esperar de gambás e bambis?

    Ou, criamos um departamento exclusivo no clube,forte, profissional, e pronto para responder de imediato qualquer ação que nos rebaixe ou de difamação, exigindo direito de resposta imediatamente,em todas as mídias( escritas ou "faladas"), ou jamais seremos respeitados.

    Mas o que esperar, se o tal "presidente" colocou um acessor de comunicação assumidamente gambá em um departamento tão importante?

    O que esperar de um "presidente" fraco, inábil, e desprovido de personalidade?

    O que esperar destes retardados que a anos, se revezam na sórdida função de nos apequenar e destruir?

    Precisamos de gente com "colhões" e não almofadinhas que são mestres na arte de agradar inimigos!

    Precisamos "comprar" uma mídia que nos proteja, enalteça e divulgue nossos assuntos, atacando pesadamente os adversários, justamente como fazem bambis e gambás!

    O FUTEBOL É SÓRDIDO, PODRE, SUJO E DESONESTO!

    SÓ VENCE QUEM TIVER COLHÕES PARA TANTO!

    Mas, não vejo luz no fim do túnel! Não com esses caras que estão no poder!

    É desanimador ver a impren$$$sinha nos arrebentando ano a ano, sem oposição, resposta ou controle!

    Nunca vão nos exaltar! A ordem é criar polêmica e descobrir erros até nos (poucos)acertos!

    Porque o tal "presidente" não reagiu a novamente ser taxado como perdedor no assunto Tiago Mendes!

    Porque não deu uma declaração forte e contundente na imprensa, dizendo que não tinha interesse algum na contratação do jogador, e apenas queria atrapalhar as negociações e inflacionar os valores para os bambis para prejudicá-los?

    Veja que bela resposta!! Guerra é guerra!!

    Eles(bambis) são nossos inimigos letais e precisamos usar as mesmas armas contra eles!

    Mas você acha que o tal "presidente" teria colhões para tanto?

    CLARO QUE NÃO!

    MAIS UMA VEZ SOMOS PERDEDORES E LEVAMOS RASTEIRA DOS BAMBIS, para todos!

    É LAMENTÁVEL!

     
  • Às 21 de dezembro de 2014 14:46 , Anonymous Anônimo disse...

    Leandro Banana e não Hernani Banana

     
  • Às 21 de dezembro de 2014 16:25 , Anonymous J.J disse...

    A GRANDEZA DO PALMEIRAS EM QUE PESE A
    MA GESTÃO DO CLUBE EM ALGUNS ASPECTOS
    INCOMODAM MUITOS JORNALISTAS BAMBI E
    GAMBÁ! HÁ INCOMODA!...

    GENTE É SIMPLES!... NÃO SE CHUTA CACHORRO MORTO POR ISSO ESSA INVEJA TODA CONTRA O VERDÃO, ALGUNS CACHORROS QUE LADRAM NÃO MORDEM.

     
  • Às 21 de dezembro de 2014 17:08 , Anonymous Marcelo I disse...

    Antes no interesse do curintia a midia noticiava apenas Leandro.

    Agora que o Palmeiras contratou é Leandro Banana. Mídia podre.

     
  • Às 21 de dezembro de 2014 20:03 , Anonymous Anônimo disse...

    Marcelo I, também notei essa diferença agora que o Leandro está perto da SEP, virou banana de uma hora pra outra.

    É difícil ser jogador do Palmeiras, vide Mago Valdivia, que só aguenta porque tem muita personalidade.

    Sem querer desmerecer esse Tiago Mendes. Ele pode tranquilamente bostejar que é bambi. Isso não costuma fazer a menor diferença em campo. Nem torcedor se admira mais com isso.

    O que deve ter rolado é que os bambis ofereceram $$$mais$$$ pelo jogador. O Palmeiras já contratou um volante do Goiás, levar os dois tem lá seus prós e contras. Já que contrataram o Amaral, é melhor gastar com outro volante mais gabaritado. Os bambis têm uma boa briga entre seus volantes, esse Tiago Mendes pode muito bem ficar chupando o dedo.

    Lembrei agora um lateral direito da Lusa, que o Palmeiras e os bambis queriam. As bibas levaram, o rapaz quase não teve oportunidade, deve ser ruim mesmo.

    O caso Alan Travec foi simbólico. Ficou muito feio pro cabaço PN. Agora a imprensa quer repetir a fórmula, porém o garoto vindo do Goiás está longe de ser uma perda como foi a de um atacante naquela situação. Tínhamos até um bom time na série B, também no Paulista. A coisa desandou demais no Brasileiro.

    Como não há mais notícia nesse fim de ano, a imprensa fica criando essa rivalidade durante as contratações. Os itaquera tão até bem quietinhos, talvez não queiram gastar muito. Os bambis estão nessa onda louca do Vaidar, gastando o que não têm. Os sardinhas estão quebrando sem o garoto-propaganda Neymar. Ao Palmeiras resta torrar uns trocados, já que precisa formar um time.

     
  • Às 21 de dezembro de 2014 20:16 , Anonymous Anônimo disse...

    Complementando, temos o caso Wesley. Contratação bizarra, feita junto ao presidente do Criciúma. É aquela péssima história, compra por 10 ou 15, e após juros do banco, acaba pagando 20 ou 30. O Mago também foi assim.

    Boa parte dos palmeirenses querem o Wesley fora. Não porque estão com raiva do (suposto) pré-contrato bambi, nem pelo prejuízo que trouxe, mas pela bola pequenininha apresentada.

    Um sujeito (xatiadu) que demonstra total falta de comprometimento com quem paga 300k em dia. Torço para que as bibas levem, pois nos trará 3 benefícios: 1) 300k a menos na folha 2) menos raiva pela forma preguiçosa como o rapaz erra passe de 1m 3) abre espaço para quem quer jogar.

     
  • Às 22 de dezembro de 2014 10:11 , Anonymous victor tredenski disse...

    E PASSAMOS OS GAMBAS EM NUMERO DE SOCIOS TORCEDORES

    AGORA ESTAMOS NO RETROVISOR DO CRUZEIRO RUMO AO 3° LUGAR

    ISSO POR QUE HÁ ANOS SOFREMOS COM O FUTEBOL PALMEIRENSE

    IMAGINE SE ESTAMOS NA ''CRISTA DA ONDA'', O QUE ESSA TORCIDA É CAPAZ DE FAZER

    QUE POTENCIA É O PALMEIRAS HEIN

    QUE POTENCIA

    ACORDA DIRETORIA...............

    TEMOS UM DIAMANTE NAS MÃOS

    É SÓ LAPIDÁ-LO

     
  • Às 22 de dezembro de 2014 10:12 , Anonymous J.J disse...

    OS BAMBI VÃO SE FODE A PENALTY MARCA
    DE MATERIAL ESPORTIVO TA SAINDO FORA POR CAUSA DE UM TAL LEILÃO ENTRE AS MARCA: UNDER ARMOUR E PUMA E PENALTY

    PENALTY JÁ VAZOU E TOMARA QUE A UNDER
    ARMOUR E PUMA FAÇAM O MESMO.

    JÁ TO VENDO OS BAMBI FALINDO OUTRA VEZ KKKKKKKKKK

     
  • Às 22 de dezembro de 2014 11:35 , Anonymous MestredosMagos disse...

    DECISÃO ACERTADA

    Palmeiras recuou nesse volante Thiago Mendes e acertou com um atacante. Certíssimo.

    A verdade sobre Thiago Mendes é que ele acertou salário com o Palmeiras em 50 mil e o São Paulo ofereceu 150 mil.

    Fazendo uma conta fácil, 100 mil a mais de salário por ano dão 1.300.000,00.

    O contrato tem 5 anos.

    Custará aos veados 6.500.000,00 só de salários.

    Mas os quase os 6.000.000,00 por 40% do passe.

    Vá de retro satanás.

    Com bem menos que isso, temos um centroavante bem superior ao Henrique-Pênaltis.

    =======

    Parece que a bola da vez é o Guilherme do Galo.

     
  • Às 22 de dezembro de 2014 16:07 , Anonymous Anônimo disse...

    A VERDADE SOBRE O SFC.
    Fundado em 1930, faliu em 1945.
    Fez fusão comm clube de regatas Tiete para se livrar das dividas.
    o Título de 1931 é do Tiete e não do SFC.
    Nova fusão em 1938 com o C.A.Estudantes da Moóca para se livrar de nova falência.
    Para ajudar o SFC, o Palestra e Corinthians, fizeram o jogo das barricas, essas colocadas na entrada do Palestra Itália para o povo jogar dinheiro para ajudar o falido SFC.
    O SFC tentou a todo custo tomar o Palestra Itália durante a guerra.
    Em 20/09/42 os 2 clubes se enfrentaram no Pacaembu e o SFC , abandonou o jogo apanhando de 3 do Palestra.
    Em 1950 Ademar de Barros , governador do Estado, arrumou empréstimo com o Gov. do Estado (Laudo Natel), no maior escândalo na época ,vindo esse a ser cassado anos depois ao ocorrido.
    Em 1951 Laudo Natel cedeu 90 milm2 do Gov. do Estado , que em 66 já como presidente do SFC, ao inaugurar o estádio , pediu emprestado jogadores do Palmeira e Corinthians para jogar conta o Nacional do Uruguai.
    Laudo Natel se sentava no banco de reservas para intimidar os juízes, que em 1970 chegou em Campinas de helicóptero no intervalo do jogo com a Ponte que ganhava do SFC, e virou o jogo após erros sucessivos do arbitro. No jogo de volta no Morumbi, o Arnaldo Cesar Coelho , operou a Ponte , com Laudo Natel a beira do gramado.
    Em 1971 o Juiz Armando Merques anulou o legitimo gol do Leivinha , dando o trofeu Paulista ao SFC.
    Em 1981 o arbitro Bráulio Zaneto declarou ter sido agredido no vestiário, e admitiu erro ao não citar na sumula.
    Em 1986 com ajuda de Aragão conquistou ou Brasileirão com inversão de faltas seguidas contra o Guarani.
    Em 1990 foi rebaixado no Paulista, e reverteu a decisão no tapetão.
    EM 2003, mudou no tapetão a fórmula , invertendo a vantagem do Corinthians, mas esse ganhou os 2 jogos.
    Esse time da "ADMINISTRAÇÃO MODERNA", que faz campanha na TV para seus simpatizantes tentarem transformar seus filhos em São-Paulinos, coisa que Clubes como Palmeiras, Santos, Corinthians, Flamengo, Grêmio, Cruzeiros dentre outros, fazem por identidade, alma e paixão!!!

     
  • Às 28 de dezembro de 2014 17:45 , Anonymous Anônimo disse...

    Olá Alcides!

    DE NOME AOS BOIS , SÓ ASSIM PODEREMOS PROTESTAR CONTRA ESSA CAMBADA DE JORNALISTAS SEM CARÁTER, NAS REDES SOCIAIS !

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial