Observatório Alviverde

17/04/2015

DÁ PRA VENCER DOMINGO EM ITAQUERA. "O MELHOR TIME DO BRASIL" NÃO PASSA DE UMA RETRANCA QUE TEM DADO CERTO!


Resultado de imagem para retranca

De tanto ouvir a mídia afirmar -e garantir- que o Cu-rintia  tem o melhor time do Brasil, resolvi assistir ao jogo deles contra o San Lorenzo D'Almagro. 

Além da curiosidade natural decorrente do discurso midiático, eu queria me inteirar da real condição técnica do time de Tite, cantado, decantado e o preferido por dez em cada dez jornalistas paulistanos. Um disparate, um exagero!

O jogo foi transmitido de forma prosáica, caseira e provinciana, pela Fox Sports, por Gustavo Vilani, mediano narrador, daqueles que insistem em radiofonizar as transmissões televisivas.
Isso tudo seria perdoável, não torcesse, o Sr, Vilano,  d-e-s-b-r-a-g-a-d-a-m-e-n-t-e, pelo Curica, como se fosse a Fox, não, um canal de TV de alcance e repercussão mundial, mas uma reles emissora do bairro de Itaquera ou de uma cidadezinha qualquer do interior do Brasil. 

Mas, fosse o João Guilherme, o melhor narrador do Canal, também seria a mesma coisa!

Quem sabe, até, fosse pior,  porque quando o Curica joga os narradores ficam alvoroçados e mais excitados do que gata no cio, capazes de tudo para agradar esse time e sua torcida, como se só eles existissem no cenário esportivo brasileiro.

Os narradores de futebol da TV, mormente os novos, ressaltadas seletas exceções, perderam a compostura, liberaram geral, vestiram as camisas de seus clubes de coração ou daqueles com os quais se interessam em fazer média e já  nem ligam mais qualquer importância aos parâmetros éticos que deveriam nortear as suas atuações, enquanto jornalistas. 

Mas,  estariam os senhores Vilani, Guilherme e assemelhados, preocupados em fazer jornalismo? Eles querem, sim, é ser artistas. Porém, a  julgar pelo público que querem cativar, não passam de "bregas" da narração televisiva. 

A Fox iniciou, ontem, a sua transmissão bem cedo, com direito a flashes desde as  primeiras horas da manhã, (um exagero), tietando os curicas a cada participação dos repórteres. 

Ao falar sobre o novo telão inaugurado ontem em Itaquera o repórter da Fox agia  como se fosse ele o proprietário ou o locador do artefato, tamanho foi o destaque que deu à  nova tecnologia, chegando ao desplante de compará-la ao Telão do Allianz Parque, certamente com o objetivo de tripudiar sobre o Palmeiras e sua torcida! Repetiu,  N vezes em poucos segundos, que, aquele, era "o maior telão do mundo". 

Eu dia dizer que é muito provincianismo, mas, pela forma como o repórter se expressou, é mesmo cabotinismo! Vai ser curicano assim lá... Lá  na "casa do Carvalho"!

Os caras não se dão conta e esquecem que estão transmitindo,-muito mais-,  para não os não
cu-rintianus do que, propriamente, para eles!

Será que ainda não descobriram que os secadores do Brasil inteiro -que odeiam o Curintia em face, principalmente desse procedimento da mídia- faziam parte, sem qualquer dúvida, do contingente maior de telespectadores que assistiam ao jogo pela TV? 

A transmissão, fanaticamente clubística, facciosa e irritante, perfeita ação de palhaço, se arrastou até que a emissora saísse do ar, por volta de 30 minutos do segundo tempo. 

Eu imaginava que pudesse ocorrer!

Cantei essa pedra, antecipadamente, em conversa informal com o meu filho, durante a edição do Fox Rádio, não por pressuposição ou advinhação, mas, por vivência e constatação.  

Quem não sabia que a emissora da Raposa, ao exercer a  prerrogativa de transmitir o jogo com exclusividade,  frustrava a concorrência e demolia montanhas de interesses paralelos, certamente escusos.

Ainda que o problema ocorrido tenha sido decorrente de falha de equipamento, a direção da Fox tem de promover uma caça às bruxas, que, dissimuladamente, sorrateiramente e sem que a gente perceba, podem estar, muitas vezes, dentro de nossa própria casa.

Aliás, como diz um velho ditado galego "non credo em brujas, pero que las hay, las hay "!

A Fox tem de caçar as bruxas e, se a procura for competente, certamente há de encontrá-las!

 -------------------------------

Como já gastei muito tempo falando em TV, quero resumir o que penso a respeito dos Curicas.

1) O time deles é comum, trivial e não tem nada de excepcional. Essencialmente, tático e de pouquíssimos destaques individuais tem pouquíssima  inspiração e muita transpiração, nada mais que isto.

2) A ausência de Guerrero liquidou o ataque curicano. Entre seus dois eventuais substitutos, Wagner Love é fraco, e Danilo é lento. Qualquer, em campo, frustra, ofensivamente, os planos e os objetivos de Tite. Renato Augusto, Elias e Jadson, os três, vindo de trás para o arremate, são, exclusivamente, as opções do time deles. É pouco e insuficiente!
3) A defesa curicana, ponto alto do time, é forte, porque o time é solidário, se recompõe continuamente e se compacta muito bem, na porta da cozinha, sem conseguir contratacar com rapidez e eficiência.

4) O forte deles continua sendo o extra-campo, através do exercício da pressão psicológica sobre os árbitros e bandeirinhas e da intimidação ao adversário! 

Ontem, contra o San Lorenzo, não necessitaram recorrer a tais recursos,  em face do empate ter sido suficiente para que eles se classificassem.

Além disso, eles sabiam e sabem, perfeitamente, que, pelo fato de ser um jogo patrocinado pela Confederação Sul-Americana, eles não gozam de privilégios e correm o risco de sansões.

Mas, domingo, contra o maior adversário, em um contexto (FPF)  no qual tudo podem e podem tudo, os curicanos vão lançar mão e fazer uso de todos os recursos e fatores extracampo que costumam usar a fim de derrotar o Palmeiras.

Ainda mais que se vencerem o "derby" igualarão o número de vitórias que o Palmeiras lhes impôs em toda a história.

 CONCLUINDO

Dudu não exagerou quando afirmou que o Palmeiras tem, neste momento, um time melhor que o deles.

Se vai vencer, é outra conversa, mas, pelo que pude ver e concluir do futebolzinho mequetrefe e medíocre que eles mostraram ontem contra o San Lorenzo, as chances do Palmeiras são reais e palpáveis.

Seria, sem qualquer dúvida, delicioso se o Palmeiras, ao mesmo tempo em que se classificasse para a final do Paulistão, quebrasse a invencibilidade deles e, a um só tempo, destruísse o mito indevido criado pela mídia de que o Cu-rintia é o melhor time do Brasil.

Por tudo o que vi, sou mais Palmeiras e a minha expectativa de vitória aumentou "demaaaaaaaaais" ao constatar que o futebol maravilhoso do "extraordinário" time de Tite, não passa de uma retranca que está dando certo! 

Lembrem-se, sempre, que o diabo não é tão feio como pintam e que assombração sabe para quem aparece!

SOU, MUITO MAIS, PALMEIRAS. E VOCÊ?

 COMENTE COMENTE

35 Comentários:

  • Às 17 de abril de 2015 12:26 , Anonymous MestredosMagos disse...

    É o que penso e já falei:

    O corintia não foi testado ainda.

    Tenho assistido como de praxe os jogos de praticamente todos os grandes.

    Os veados são os mais fracos disparadamente, mas tem finalizadores com bom aproveitamento. Mas como time são fracos.

    O Santos comandado por Robinho é um time jovem, impetuoso, joga como uma pelada e por esse fato é imprevisível e vai alternar bons e maus jogos.

    Por causa do Geraldo Alkimin estou prevendo uma carnificina domingo, POIS O PALMEIRAS VAI GANHAR.

    ======

    O curintia é muito mole de ser batido, pois ele compacta a marcação até com 5 homens do lado em que está a bola do adversário, deixando o lado oposto completamente desguarnecido.

    Ou seja, se o ataque é pela esquerda, eles marcam, mas deixam a direita completamente sem ninguém.

    Basta o avanço de um jogador do lado oposto e a inversão de jogo "sem olhar", que vão pegar eles cagando com as calças arriadas.

    ============

    Paulo Dilma, renova logo com Valdívia !

    Saudações.

     
  • Às 17 de abril de 2015 12:31 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    De fato, temos um elenco melhor do que o curintia. Se tivéssemos como treinador o inigualável W. Luxemburgo, este Time já estaria voando. A vitória seria CERTA ! Mesmo com as marotices extra campo, típicas do bando federal itaquerense. Mas temos O.O., esse é o problema. Se vencermos (e vamos vencer !), venceremos por conta dos nossos jogadores, em uma bela tarde de Valdívia, Dudu, Arouca e Cia. Não vejo O.O aplicando um nó tático em Tite, na minha opinião, o único craque do bando marginal. Essa é a questão !

     
  • Às 17 de abril de 2015 12:34 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Prezado MestredosMagos: Carnificina POR CAUSA de Alckmin ? Me explique, pois não entendi ! Desde já agradeço.

     
  • Às 17 de abril de 2015 13:32 , Anonymous Anônimo disse...

    Devagar...os caras não foram bem nos últimos jogos pela ausência do Guerrero.
    Nesse domingo estarão com ataque reserva (o péssimo Love e o estabanado e veloz Mendoza).
    Mas o meio de campo, especialmente a troca rápida entre Renato Augusto, Jadson e Elias, com apoio de Fagner e Uendel, costuma complicar. Vi o jogo contra o Santos, perderam umas 10 chances claras de gol no primeiro tempo. Poderiam ter matado o jogo ali.
    Porém, cansaram no segundo tempo. E é aí, com Valdívia entrando no segundo tempo, que aposto na vitória.
    Outro ponto a favor é q estão com a cabeça no jogo contra os bambis. Tb aposto em vitória, mas muito mais pelas circunstancias que pelo elenco por exemplo (desculpe, mas nosso elenco não é melhor que o deles). Os caras tem no banco Danilo, Petros, Love, Dracena, Malcom.
    O fator extra-campo pode pesar sim, mas como já está rolando esse burburinho de arbitro gambá (a foto com a camisa) acabará sendo até melhor para nós.
    Acho que se resolverá dentro das quatro linhas mesmo.

     
  • Às 17 de abril de 2015 13:40 , Anonymous victor tredenski disse...

    ASSISTI TAMBÉM AO JOGO DOSA GAMBAS ONTEM

    COMO TORCEU PROS GAMBÁS O TAL NARRADOR

    ALIAS, A MIDIA ESPORTIVA SÓ FALTA TER ORGASMOS MÚLTIPLOS COM O TIMES DELES

    SE É QUE JÁ NÃO TEM

    ORDINÁRIOS

     
  • Às 17 de abril de 2015 13:49 , Anonymous Anônimo disse...

    Alcides,

    É claro que sou muito mais Palmeiras!

    Podemos ganhar sim! Os jogadores tem de acreditar nisso e entrar ligados o tempo todo.

    Parece-me que o curintia está num momento de oscilação.

    1 X 0 pro Verdão, gol de Rafael Marques

    Abraço!!

    Hudson

     
  • Às 17 de abril de 2015 14:22 , Anonymous Marco disse...

    O principal fator de desequilíbrio a favor deles ninguém comenta por não ter noção ou por não poder falar. Eles jogam tranquilos e a tranquilidade no futebol é fundamental, dá confiança necessária para melhorar o desempenho em campo..
    Jogam tranquilos porque sabem que no momento que for preciso uma ajuda externa, ela virá.

    Não existe a pressão que existe para times normais.

    É como alguém que não precisa se preocupar com as contas do final do mês, porque sabe que tem o caixa garantido.

    Essa história de ter elenco melhor ou pior é outra invenção da propaganda midiática. A promoção ou o menosprezo a um time ou jogador depende dos interesses envolvidos e da repetição todos os dias, a propaganda do "nacional corintianismo".
    O time deles é uma retranca muito forte que conta com a participação do centro avante que não poderá jogar essa partida. Um time mecânico e disciplinado que, quando precisa, tem sempre a ajuda divina.
    Esse mesmo time, com esse mesmo treinador, mas com a camisa da Lusa, estaria sempre na parte inferior da tabela, não passaria de um Vitória, Goiás ou Coritiba em um campeonato brasileiro.

     
  • Às 17 de abril de 2015 14:27 , Anonymous Marco disse...

    Não se esqueçam de que vivemos o futebol brasileiro onde um time que foi campeão e um ano, pode ser rebaixado no ano seguinte.

    É muita "puxação" de saco para alguns e campanhas contra outros, pregando as "verdades" de times de papel.

    Nesta temporada, a melhor situação que estamos vendo é a volta da auto estima para nossos jogadores e nossa torcida, que precisa parar de engolir as opiniões sobre seu time sempre ser o mais fraco.
    Ficamos com a impressão de que enfrentamos Bayern, Barcelona e Real.
    Não é exagero, pois a bancada gambá da imprensa já queria vender a imagem de que o time deles estava no nível de liga dos campeões.

     
  • Às 17 de abril de 2015 14:53 , Anonymous Edson disse...

    O juiz corintiano tem que coibir o jogo violento em cima do Valdívia, que não consegue completar um jogo sequer contra bambis e Gambás.
    É sempre tirado na porrada ou no vermelho.
    É só ver o histórico.
    Eles sabem que o nosso meia faz a diferença e desancam a dar pancada, sempre sob a conivência dos árbitros e da imprensa(que com certeza têm orgasmos).
    Se o Valdívia não for retirado de campo, tenho fé na vitória.

     
  • Às 17 de abril de 2015 16:12 , Anonymous Nei Verde disse...

    Também vi o jogo de ontem dos gambas, e somente veio a me confirmar que é um time compacto, e que conta com muita sorte e ajudas extras...
    O Palmeiras sim, no papel tem mais time, mas seu treinador não sabe explorar isso e nem fazer leitura do adversário...
    Outra coisa que me preocupa e MUITO, é que grande parte dos jogadores do palmeiras não sabe da grandeza desse clube, e num clássico desse, já entram com medo, ou seja vão para o jogo mais com medo de jogar, não entram com a irreverencia e nem acreditando no potencial que tem, ai vem aquelas falhas individuais, aquelas entregadas bisonhas, como aconteceu em muitos jogos e com o Vitor Hugo no ultimo jogo contra eles.
    Não pode entrar pensando em esperar para ver o que o adversário vai impor, tem que traçar um plano e ir para cima, entrar determinado para ganhar, marcar saída de bola, ir para cima...! mas sera que nosso FALA MANSA tem coragem pra isso, sera que nossos jogadores estão preparados para isso, ou vão entrar já com caganeira...
    Joguem com jogaram com os bambis, e ate com mais seriedade que ganha o jogo, do contrario vai ser outra lambança....

     
  • Às 17 de abril de 2015 16:17 , Anonymous Nei Verde disse...

    NA PRIMEIRA ENTRADA VIOLENTA NO VALDIVIA, O TIME INTEIRO DO PALMEIRAS TEM QUE CORRER PARA CIMA DO JUIZ, E FAZER PRESSÃO, não pode aceitar pacificamente.., o Palmeiras tem que se impor como grande que é, e não baixar a cabeça..

     
  • Às 17 de abril de 2015 16:29 , Anonymous TÃO SOMENTE TORCEDOR disse...

    É inadmissível nosso técnico vir com estes dizeres, que possam até ser de efeito para mídia, más não vai de encontro a tantos outros que foram ditos pelos atletas, Dudu foi o primeiro, temos hoje auto estima e confiança na qualidade do elenco. O que não pode é isto:
    Oswaldo vê Corinthians melhor do Brasil e avisa: "A vida vai continuar"
    Me desculpem é inadmissível!!!

     
  • Às 17 de abril de 2015 16:46 , Anonymous Nei Verde disse...

    Justamente oque estou dizendo, o FALA MANSA, já esta com as calças borradas, e passa isso para os jogadores, já tem ate desculpa " a vida continua "
    Se sou presidente demito na hora...!

    Tem que trazer o profexo...

     
  • Às 17 de abril de 2015 18:41 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Falhas individuais e entregadas vizinhas eram decorrentes dos jogadores medíocres que tivemos nos últimos anos, especialmente quando o treinador era o eterno cabaço e "para sempre aprendiz" Gilson Kleina, o pior treinador da história do clube!! Agora é outra realidade. Temos grandes jogadores! Que o técnico não atrapalhe. Mas se atrapalhar, que na segunda Paulo Nobre corra atrás de WL.

     
  • Às 17 de abril de 2015 18:43 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Entregadas bisonhas. Esse corretivo do celular só atrapalha..

     
  • Às 17 de abril de 2015 19:42 , Anonymous Anônimo disse...

    O curica faz um anti-jogo de resultado. Falando de forma ampla, em nada se assemelha com o futebol brasileiro, talvez aquele praticado no sul.

    O time morde bastante, por isso acharam aquele gol contra nós. Uma vez no meio a zero, consegue acabar com o jogo, acabar no sentido de se tornar outro esporte, a retrantite. Lutar como se fosse um prato de comida. Verdade seja dita, a partir do momento em que decidiram focar em deixar de ser o small, isto é, jogar libertadores, e pegar esse espírito, eles encontraram uma cara.

    Não é o futebol que quero para o meu time e nem é um futebol que quero assistir. Com o Palmeiras nunca é só vencer, temos que criar um legado, uma história. Sinceramente, acho graça quando o curicano suspira por Guerrero e seus volantes malabaristas. Tanto é que ninguém vinga fora da imprensa e arbitragem amigas.

    Agora vou falar o que não gosto do Verdão. Esse chuveirinho sem criatividade que tanto vimos nesse Paulista. Isso é recurso de time sem tranquilidade, que ainda não se encontrou. Pra piorar, temos vários jogadores de estatura e nada de gols de cabeça.

     
  • Às 17 de abril de 2015 20:54 , Anonymous Marco disse...

    Até agora, nada de divulgação pela imprensa da foto do árbitro gambá, expondo a camisa do gambá!
    Quanto barulho foi feito pelo patrocínio da Crefisa!
    Porém, no patrocínio da Crefisa, a imprensa suja fez isso porque sabia que seria pressão sobre a arbitragem para prejudicar o Palmeiras.
    E agora, como fica com esse soprador de apito que tira foto com a camisa do gambá?
    Esse elemento terá isenção para apitar o jogo?
    Lembrem-se que foi ele o árbitro do jogo da Vila, que anulou um gol legal do Palmeiras e na sequência o Santos fez seu segundo gol.
    Caso ocorra mais uma situação vergonhosa no final de semana, o tal Coronel Marinho terá a dignidade de pedir demissão?

     
  • Às 17 de abril de 2015 20:58 , Anonymous Anônimo disse...

    Marco, no Bate-Bola da ESPN agora à noite foi falado sobre isso e...

    Deram um jeito de defender o árbitro e...

    Criticar quem está questionando o fato do árbitro estar segurando a camisa!!!

    Pode isso Arnaldo?

    Dinho Maniasi

     
  • Às 17 de abril de 2015 21:04 , Anonymous Marco disse...

    Dinho,

    Isso só confirma a tese de que a ESPN é a emissora dos cabaços, de quem faz o jornalismo por lá e de quem os admira.
    Alias, chama-los de cabaços é a presunção da inocência deles, pois caso contrário teríamos que chama-los de pilantras e safados.
    Entretanto, a opinião deles é a que menos importa. Importa é que o caso ganhe divulgação, pois quem não é cabaço ou safado como é o pessoal da ESPN sabe o que significa isso tudo.

     
  • Às 18 de abril de 2015 00:01 , Anonymous Anônimo disse...

    Ouvi de um gambá que o árbitro é a parte fraca, que não pode culpa-lo pois tem outra profissão e não é atividade profissional. Coitado do FDP.

    Outra pérola gambá, quando acuado e se borrando, soltou um "... mas não venha reclamar semana que vem do juiz".

    A falta de vergonha é deslavada, institucionalizada. Os gambás contam muito com o árbitro pra esse jogo. Pode-se dizer que virou direito adquirido, tipo bolsa-família. As trajetórias de Lula e sccp se confundem, seja na cumpanheragem, seja na ladroagem. O PT mostra enfraquecimento, só falta o seu social-curicanismo ir junto.

     
  • Às 18 de abril de 2015 06:49 , Anonymous Anônimo disse...

    Quando na sociedade existe o orgulho em ser ladrão e desonesto é porque essa sociedade ficou podre.

     
  • Às 18 de abril de 2015 07:36 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Não tem nada de cabaço o pessoal da ESPN. Lá só tem - como se diz - "puta velha". A começar do arrogante, pernostico, ditatorial, espumoso, vaidoso, cínico e mal intencionado Juca Kfouri. Sem contar o sunpaulino e maior inimigo do Palmeiras, o tal de Trajano, que quando abre a boca todos silenciam. Eles mandam. O resto bate palmas, com uma leve exceção do Mauro Cesar. O ódio e o desprezo que eles demonstram ter do Palmeiras é até maior do que os facciosos da RGT. Mas isso não me importa. Eles são ligação direta com o PT, e tudo o que vem dessa organização criminosa não me atinge, pois eu me defendo usando ", máscaras" para não sentir o aroma do chorume daquele lixo todo
    .....

     
  • Às 18 de abril de 2015 08:20 , Anonymous Marco disse...

    Não vamos discutir sobre as palavras para classificar o pessoal da ESPN.
    Depende da referência que é usada.
    O termo cabaço se aplica muito para o público de lá que é "fã do esporte" e que considera a emissora como modelo de jornalismo esportivo.

    Tem por lá a turma dos "puta velha" e tem também a turma dos politicamente otários, que não sabem nada de futebol e "se acham".

    O fato concreto é que a emissora tem por linha editorial menosprezar o Palmeiras.

     
  • Às 18 de abril de 2015 08:31 , Anonymous Anônimo disse...

    Paulo Dilma?
    Só se for o Maluf

     
  • Às 18 de abril de 2015 09:21 , Anonymous ALCIDES DRUMMOND, O EDITOR disse...

    AOS COMPANHEIROS DO BLOG

    INFELIZMENTE NÃO SEI SE A UOL, SE O BLOGGER OU O GOOGLE TRANCOU, NOVAMENTE A MINHA ENTRADA NO BLOG.

    VOU TENTAR RESOLVER À TARDE QUANDO RETORNO A MINHA CASA, HAJA VISTA QUE TENHO DE SAIR AGORA DE MANHÃ.

    ENQUANTO EU NÃO RESOLVO O PROBLEMA PEÇO A VOCÊS PARA IREM POSTANDO A RESPEITO DO CLÁSSICO.

    UM ABRAÇO A TODOS (AD)

     
  • Às 18 de abril de 2015 12:13 , Anonymous TÃO SOMENTE TORCEDOR disse...

    Confira abaixo todos relacionados:

    Goleiros: Fernando Prass e Jailson
    Laterais: Lucas e Zé Roberto
    Zagueiro: Jackson, Victor Ramos, Nathan e Wellington
    Volantes: Andrei Girotto, Renato, Gabriel e Arouca
    Meias: Robinho, Valdivia, Cleiton Xavier e Ryder
    Atacantes: Gabriel Jesus, Rafael Marques, Kelvin, Cristaldo e Dudu

     
  • Às 18 de abril de 2015 13:29 , Anonymous Anônimo disse...

    Como disse outro dia, colocaria CX nos 45 iniciais e depois trocaria por Valdívia nos 45 finais.

    É sacanagem só termos 2 laterais disponíveis. Não acho que o Zé aguente a partida toda, então teremos outra substituição. Mandava o Wellington mesmo, já que treinou nessa situação.

    A zaga titular também foi pro espaço. A burrice do V. Hugo nem achei ruim. O Tobio vive tendo indisposição.

    Pelo menos do meio pra frente estamos mais bem servidos.

     
  • Às 18 de abril de 2015 13:48 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Só o discurso de Zé Roberto vale sua entrada ! Alem disso, mesmo considerando sua idade, é o Zé Roberto! Como o Ronaldo Gordo era o Ronaldo! Isso intimida os adversários! Concordo com Xavier no primeiro e Valdívia no segundo. Estamos em um momento único. Pronto para ganhar. Se não, que venha WL.

     
  • Às 18 de abril de 2015 13:57 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Só o discurso de Zé Roberto vale sua entrada ! Alem disso, mesmo considerando sua idade, é o Zé Roberto! Como o Ronaldo Gordo era o Ronaldo! Isso intimida os adversários! Concordo com Xavier no primeiro e Valdívia no segundo. Estamos em um momento único. Pronto para ganhar. Se não, que venha WL.

     
  • Às 18 de abril de 2015 14:02 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Desculpem repetir meu comentário. Deu algum problema. Não foi intencional.

     
  • Às 18 de abril de 2015 14:27 , Anonymous Departamento de Comunicação do Palmeiras disse...

    Com vantagem histórica, Palmeiras visita rival em busca de vaga na final
    Departamento de Comunicação - 18/04/2015 - 09:17h

    Com duas vitórias a mais que o Corinthians no retrospecto geral de confrontos (125 triunfos a 123, além de 108 empates), o Palmeiras disputa neste domingo (19), no Itaquerão, às 16h, o 357º Dérbi da história em busca de uma vaga na final do Campeonato Paulista 2015.

    Diferentemente do adversário deste domingo (19), o Palmeiras contabiliza todos os confrontos entre as duas equipes principais. Os casos mais polêmicos passam pelos jogos do Torneio Início e da Taça Henrique Mundel, que eram disputados em menos de 90 minutos e não são contabilizados pelo departamento de história do Corinthians – mesmo que nem sempre na história do Paulistão as partidas tenham tido a mesma duração dos embates atuais.

    A maior série invicta na história do Dérbi aconteceu entre maio de 1930 e agosto de 1934, quando o Verdão ficou sem perder para os rivais paulistas durante 12 partidas consecutivas. Foram 11 vitórias palestrinas e um empate, com 38 gols a favor e apenas nove contra.

    Outra marca importante aconteceu em novembro de 1933. Naquela oportunidade, o Palmeiras emplacou incríveis 8 a 0 sobre o time do Parque São Jorge e garantiu a maior goleada da história do clássico. Os gols palestrinos foram anotados por Romeu Pellicciari (4), Imparato (3) e Gabardo.

    No último encontro entre as equipes, na primeira fase do Campeonato Paulista, o Verdão foi a campo com Fernando Prass; Lucas, Tobio, Vitor Hugo e Zé Roberto; Amaral (Alan Patrick) e Gabriel; Allione (Rafael Marques), Robinho e Maikon Leite (Dudu); Leandro Pereira e sofreu revés por 1 a 0.

     
  • Às 18 de abril de 2015 14:31 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    A jovem pan esta se esverdeando. Só dá Mauro Betting nos comentários. Sim, é possível! Tudo isso demonstra que o Palmeiras voltou ao lugar de Protagonista único, que sempre lhe pertenceu!

     
  • Às 18 de abril de 2015 14:34 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Tite mascarou. Seus gritos perfomaticos são ridículos. Um Jânio do Futebol. Nesses casos sempre há uma renúncia! Que seja amanhã!

     
  • Às 18 de abril de 2015 14:36 , Anonymous VERDE INSUPERAVEL disse...

    Alcides!!??? Onde estás?? Quero o blog !!!!

     
  • Às 18 de abril de 2015 22:57 , Anonymous Edson disse...

    Palmeiras e curica têm números diferentes para a história dos confrontos.
    Vamos ver se vcs advinham qual dos números o pvc tomou como verdadeiro.
    O do curica, lógico.
    Com palmeirenses iguais a esses na mídia,estamos bem servidos.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial