Observatório Alviverde

04/03/2017

O QUE TEM ATRAPALHADO EDUARDO BATISTA É A SUA NECESSIDADE DE ENCONTRAR UMA FORMA DE ESCALAR ZÉ ROBERTO!



Ontem, no estádio da Ponte em Campinas, o Palmeiras somou mais três pontos no Paulistão ao derrotar o bom time do Red Bull, por 3 x 1.

Foi um placar enganador e imerecido em um jogo duríssimo para o Verdão, uma autêntica pedreira de granito.

Quem não assistiu ao jogo e só tomou conhecimento do resultado final, na certa vai imaginar que o Palmeiras passeou em campo, esbanjou categoria, exorbitou de jogar, deu show e liquidou, completamente, um adversário de muito menor gabarito e expressão, mas, na prática, não foi isso o que aconteceu.

O que se viu foi um Palmeiras tecnicamente muito aquém de sua capacidade de rendimento, ainda indefinido e desfigurado do ponto de vista tático, jogando com compartimentos estanques sem o menor elo ou vaso comunicante que os unisse, ligasse ou harmonizasse.

Em síntese, já vamos entrando no terceiro mês do ano e o (a-i-n-d-a) indefinido e irresolvido time de Eduardo Batista (pode?), não passou ontem em Campinas, de um aglomerado heterogêneo e confuso de jogadores correndo atrás da bola e  sem a menor organização tática, como se fosse um time de peladas.

Tudo isso, confesso-lhes, me deixa de cabelo em pé, completamente arrepiado e muito desconfiado em relação ao futuro do atual time Palmeiras...

Ainda mais quando o treinador deixa transparecer tibiez em seus procedimentos e só falta declarar publicamente que está inseguro e sem condições de decidir qual o time que colocará em campo na Libertadores e nos clássicos das próximas semanas, tanto e quanto definir a forma de jogar de seu time.

Se, como ele próprio afirmou categoricamente inúmeras vezes, "é necessário escalar e repetir sempre o time principal para que adquira entrosamento", por que, então, lançou dois times diferentes no primeiro e no segundo tempo, considerando-se as características de quem entrou (Michel Bastos) em de quem saiu, Guerra?

Uma alteração desse naipe altera completamente o modo de jogar de um time e, se é fato mesmo o que disseram os jornalistas da Sportv que o time titular da preferência de EB era aquele que jogou no segundo tempo contra os Bulls, sem Guerra e sem Willian e sem Keno, com Bastos, Borja e Keno, por que não começou o jogo com a escalação que terminou? Não seria mais lógico, mais correto, e mais sensato?

O que eu noto de uma forma muito clara e explícita é que EB, a exemplo dos treinadores anteriores, também  parece ter se tornado refém de Zé Roberto.

Notem que ele não se atreve a retirar das escalações o veterano jogador e nem o saca de campo, mesmo que não esteja jogando bem ou se encontre cansado, esfalfado, exaurido e entregue .

Aconteceu, ontem, novamente, ainda que se tenha de considerar o lançamento fenomenal de Zé a Róger Guedes que originou o segundo gol do Verdão, comprovando a tese de que os grandes jogadores, numa jogada isolada e inesperada ou mesmo num lampejo decidem os jogos!

E, no entanto eu lhes digo que nem sempre é possível esperar por isso pois corre-se o risco de perder os jogos!

Lembram-se da postagem que fiz esta semana a propósito do aproveitamento de Zé no meio de campo, citando o exemplo de Jair da Rosa Pinto, também canhoto, que quase não corria e que foi  o armador que "fez" Pelé e outra "pá" de jogadores?

Em minha avaliação ZR só pode vir a ser aproveitado como titular no meio de campo com muito treino e, exclusivamente, como um segundo volante de contenção.

Na condição de armador, definitivamente, não!  Como um segundo volante marcador, talvez, desde que ele se dispusesse ser um  lançador e viesse a aprimorar esse fundamento! 

Não, não estou aqui para pedir a cabeça de ZR do time principal, mas estou convencido de que ele seria muito mais útil ao time da forma como vem ocorrendo há tanto tempo, simples e rotineiramente na lateral esquerda!

Na ausência de outra opção melhor mais nova e efetiva para o setor, isto é, um atleta jovem que marcasse bem e apoiasse veloz e verticalmente toda a vez que fosse possível e necessário, que conseguisse voltar a tempo após essas subidas ao ataque sem exigir tanta cobertura.

Para encerrar esse dilema que aflige o noviço treinador palmeirense e para que ele não tenha mais nenhuma dúvida a respeito da inocuidade do aproveitamento de ZR como um meio campista ofensivo de primeira linha, basta que ele se informe a respeito de todas as experiências frustradas nesse sentido perpetradas por Osvaldo, Marcelo e até pelo próprio Cuca.

O lugar de Zé, salvo as emergências, é na lateral esquerda, ponto!

Para encerrar:

Levantem -palmeirenses- as mãos em direção aos céus e agradeçam penhoradamente o gol de Willian fruto mais de um bate-rebate do que propriamente de um trabalho exemplar do ataque palmeirense e marcado logo aos 7 minutos.

Não fosse esse gol relâmpago e talvez a esta hora muitos já estariam cornetando Eduardo Batista e a sua cabeça já estaria a prêmio!

QUE VENHAM, AGORA, OS ARGENTINOS!

O time de minha preferência para começar jogando contra o Tucuman:

Prass, Jean, Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto (Egídio). Felipe Melo, Tchê, Dudu e Michel Bastos.
Róger Guedes e Borja.

COMENTE COMENTE COMENTE  

22 Comentários:

  • Às 4 de março de 2017 02:57 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Repetindo o último comentário da postagem anterior:


    Durante a transmissão até Milton Gambá e Noriega Falso falaram que não foi falta do Felipe Melo.
    Mas depois do jogo, no replay do STV news (que é o que vai ser repetido mil vezes): Felipe Melo pegou pesado e derrubou Fulano...

    RGT continua a mesma, nem patrocínio da Crefisa resolve.

    ==========

    O técnico é fraco.
    A cada jogo, mesmo com vitória, fica patente.
    Estou cada vez mais preocupado.

    =========

    Valeu a espera pelo Borja.
    O cara resolve!
    E ainda está desentrosado, imaginem daqui uns 3 meses...
    Será um novo Evair, matador!

     
  • Às 4 de março de 2017 03:04 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Outra coisa que vem saltando aos olhos nos últimos dois jogos, pelo menos: Prass parou de dar chutão toda hora.
    Sai com as mãos, com o pé, e chutão só no caso de recuo na fogueira, como tem que ser.
    Nossas palavras aqui no OAV estão chegando ao time de alguma forma, aleluia!!!

    Tomara que nossas palavras de preocupação sobre o técnico (pelo que mostrou até agora, FRACO) também cheguem e ele comece a se tocar que o Palmeiras não é a Ponte Preta.
    Os próximos quatro jogos serão o teste derradeiro.

     
  • Às 4 de março de 2017 06:53 , Blogger ADRIANO TRATAMENTO DE PISCINAS disse...

    Não me preocupo com a saída de Felipe Melo do time no clássico não... (Ele se auto-escala na verdade) pois num jogo nervoso como imagino que seja o CHOQUE-REI ele com certeza seria expulso!!!
    Falem o que quiser, desculpe quem não concorda mas eu acho o Thiago Santos melhor : mais jovem, desarma melhor, recompõe melhor, protege melhor a zaga, procura menos os holofotes, e é discreto, porém efetivo naquilo que é sua função em campo, que é marcar, desarmar e proteger a defesa... Perde para o Felipe apenas no senso de liderança, experiência e passe (longo apenas)...

     
  • Às 4 de março de 2017 07:07 , Blogger ADRIANO TRATAMENTO DE PISCINAS disse...

    Na verdade não me preocupo com o time alternativo que enfrentará o São Paulo, vejam porque os jogadores que irão entrar podem tanto dar conta do recado como também mostrar ao treinador que merecem uma chance no time titular... Vide alguns exemplos :

    Sai Prass, entra Jailson..
    Sai Vitor Hugo, entra Thiago Martins..
    Sai Dracena, entra Mina..
    Sai Zé Roberto(será que sai?!?!?) entra Egídio..
    Sai Jean,(talvez entre Fabiano já recuperado)..
    Sai Felipe Melo(suspenso), entra Thiago Santos...
    Sai Zé Roberto (sim, de novo, ele é onipresente!!!) entra Tchê-Tchê num 4-2-3-1 ao lado de Thiago Santos...
    Sai Dudu entra Keno
    Sai Guerra entra Veiga
    Sai Bastos entra Willian pelo lado...
    Apenas quanto ao centro-avante manteria Borja pois ele tem faro de gol e Alessandro está totalmente fora de forma...

    Com excessão de Dudu e Edu Dracena não vejo os substitutos piores em hipótese alguma... Os cara ganham e ganham fácil do São Paulo desde que estejam treinados desde já !!!

    Outra coisa : ADRIANO TRATADOR DE PISCINAS é Adriano Freire da Silva... Comento esporádica, senão raras vezes no blog... Abrs a todos !!!

     
  • Às 4 de março de 2017 07:13 , Anonymous Verde insuperável disse...

    Caro Moisés, Prass deu muitos chutões ontem. Mais de 10. Louvo o seu otimismo, mas burro velho não aprende. Quanto à EB, também é um burro. Um burro com sorte. Pela confusão tática que armou, escapamos de perder. Não temos time, e sim um aglomerado de jogadores. Iniciaremos a libertadores exatamente igual ao ano passado. Não aprendemos a lição. Culpa do corretor de jogadores Mattos, e do careca mauricinho que tomou a presidência, e traiu Nobre. Estou desanimado. Tal como contra o Curica, nos grandes jogos, a casa vai continuar caindo. Até espatifar !

     
  • Às 4 de março de 2017 08:26 , Anonymous Elcio disse...

    Exatamente Verde, só ganharemos dos pequenos, e por mérito exclusivo dos jogadores.

    Ontem o treineiro me deu mais uma prova da sua incompetência, deve ter passado batido pela maioria, mas por mim não.

    Durante a entrevista ao final do jogo, foi perguntado algo sobre o time para o próximo jogo e o dito cujo falou que precisava assistir ao jogo para definir.

    Meu Deus!!!!
    O cara precisa ir pra casa e assistir o VT da partida 30 vezes para ver o que aconteceu no jogo.

    O cara está lá dentro do campo e não consegue ver o que está acontecendo, não é a toa que as substituições dele sempre são estapafúrdias.

    Abraço.

     
  • Às 4 de março de 2017 10:02 , Anonymous Nei Verde disse...

    Alcides, perfeito seu comentário, só não vê quem não quer que o Dinossauro caduco está matando o time.

    O incompetente treinador nem ele sabe o que fez ontem de tantas foram as idiotice, vai ter que ver o Vt do jogo.

    Ganhamos porque caiu do céu o primeiro gol, pela qualidade e disposição de alguns jogadores, Humberto e seus comandados deram um nó no merda, nem ele entende a escalação e as mudanças que fez ontem, o futuro é sombrio, TEM TD PARA SAIR GOLEADO DA ARGENTINA.

    ....Vai vovô garoto!!!!vai p pqp junto com o paspalho treinador..!

     
  • Às 4 de março de 2017 12:59 , Anonymous Higor disse...

    O gramado encharcado tende a nivelar equipes com qualidade técnica diferente. Portanto, acredito que as cobranças sobre Eduardo Baptista nesse blog têm sido exageradas. Apesar de ainda não estar apresentando o mesmo futebol do Brasileiro, tenho certeza que o time está muito melhor do que com o MO. Vamos deixar o EB trabalhar, não vejo nenhuma catástrofe em 7 jogos, 5 vitórias e 2 derrotas.

     
  • Às 4 de março de 2017 15:04 , Anonymous Arnaldo disse...

    Caro Higor

    Não foram só 7 jogos. Favor incluir os dois empates nos amistosos. Desta forma, foram 9 jogos, 5 vitórias, 2 empates e 2 derrotas (sendo uma para o SCCP com um a menos).

    Deixar trabalhar o quê?
    É um técnico pusilânime, tem destruído tudo o que o Cuca montou. Desde Dezembro, quando do anúncio da contratação deste pseudo-treinador, venho criticando.

    Já se passaram 3 meses e o que vemos?
    Dúvidas, incertezas, fragilidade emocional, pusilanimidade, esquema não aprovado, vitórias apoiadas nas individualidades, defesa mal treinada e totalmente exposta...

    Temo pelo pior na quarta-feira... e espero que a paciência da diretoria se esgote e coloque um técnico de capacidade, gabarito e experiência para tentarmos salvar a 1a. fase da Libertadores.

     
  • Às 4 de março de 2017 15:07 , Anonymous Arnaldo disse...

    Em tempo:
    gostaria de manifestar meu apoio às palavras do Adriano:
    nosso meio de campo defensivo fica muito melhor sem F Melo.

    E vou além: a equipe fica desequilibrada emocionalmente.

    Repito o que escrevo desde a contratação deste jogador, violento, atabalhoado e destemperado: teremos mais prejuízos do que benefícios com ele; e mais: quando mais precisarmos dele, ele nos 'deixará na mão'.

     
  • Às 4 de março de 2017 15:19 , Anonymous Rosemiro disse...

    Caro Higor,

    Respeito seu comentário, porém, EB é fraco e não tem condições para ser treinador de um clube do porte do PALMEIRAS!

    Lembre-se de que, no ano passado, com um elenco inferior a este, Cuca( apesar de ter perdido os primeiros jogos) já tinha um padrão de jogo definido, encaixando nele as caracteristicas de cada jogador, fazendo com que cada atleta rende-se seu máximo( exemplo de Zé Roberto)e seguiu com ele até o final vitorioso do campeonato brasileiro!

    O que vemos agora, é a fraqueza técnica de EB em implantar um esquema de jogo eficiente e encaixar os jogadores nele para que rendam adequadamente!

    Concordando com outros comentários do colegas acima e do Alcides, fico também preocupado com nosso futuro!

    EB NÃO DEVERIA SER CONTRATADO!

    ERROU FEIO O SR. MATTOS E O SR. MAURICIO!

    Vamos adentrar ao campeonato mais importante do ano para nós, e as perspectivas com EB no comando são as piores possíveis!

    ONDE ESTÁ O TAL PLANEJAMENTO?

    Tínhamos uma base formada e contratamos bons jogadores, formando um elenco poderoso capaz de suprir eventuais contusões ao longo dos campeonatos!

    Neste quesito das contratações, ponto positivo para a diretoria, porém, deram o comando a quem não tem capacidade!

    Ou seja, um Boeing sendo pilotado por um piloto de Teco-Teco!

    Se já estavam sabendo que Cuca não iria continuar bem antes da reta final do brasileiro, deveriam sondar técnicos que pudessem continuar com seu estilo de jogo vitorioso!

    Era possível sim conseguir! Porém, a soberba do Sr. Matos, que achou que poderia convencer Cuca a mudar de ideia, pode jogar no lixo todo o planejamento de 2017!

    Quando ele viu que Cuca ESTAVA DECIDIDO A SAIR, já era tarde, e o contato com técnicos que poderiam dar continuidade e manter o estilo implantado por ele foi tarde demais!

    Sobraram poucas opções e ele optou pela pior delas, que foi a contratação de EB!

    EB é fraco como comandante! Tem pouca experiência!! Não tem carisma! Não consegue injetar animo, garra, falar a idioma dos boleiros, e mexer com os brios dos jogadores nos vestiários como fazia CUCA, e nos bons tempos, Felipão e Luxa!

    EB é semelhante a vários técnicos que passaram pelo Palmeiras e que não deram certo, como o falecido Caio Junior, Paulo Bonamigo, Estevam Soares, Parraga, Marcelo Vilar, Márcio Araujo( o pastor) Candinho, Antonio Carlos,Gilson Kleina, Oswaldo de Oliveira, e Marcelo Oliveira( não se iludam com o título da Copa do Brasil 2015, porque ele foi ganho pela união dos jogadores com nossa torcida, devido a empáfia dos sardinhas e da perseguição da mídia que dava o título por vencido ao pequeno time do litoral.Dependesse dele, teríamos perdido o título!!)

    Ele é timido e inseguro, e passa isso aos jogadores.

    É só ver o comportamento do time e o dele no clássico contra os gambás!

    O time entrou sem vibração, sonolento, sem vontade, e foi superado pelo elenco inferior dos CUrintia!

    Espero que eu esteja errado, mas não vamos longe com ele no comando!

    E agora está tarde para trocar e salvar a libertadores!


     
  • Às 4 de março de 2017 16:09 , Anonymous Anônimo disse...

    Felipe Melo está desapontando muita gente que quer botar o selo de violento, descontrolado. O cara foi suspenso do clássico por um lance que nem falta foi. Assim a imprensa não gosta, não gera polêmica.

    Clássico nesse momento de fase de grupos na liberta, conhecendo o regulamento do Paulista, tô nem aí. Precisamos nos dedicar à liberta. Não digo poupar jogador, longe disso, o time precisa é jogar.

    A Mancha disse q não acabou, só está dando um tempo. O mais grave disso é que o "comando" decidiu tomar de assalto todas as TOs. Quem não se lembra na passagem de ano, todas as TOs de braços dados, por um "futebol melhor"?

     
  • Às 4 de março de 2017 16:16 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Verde Insuperável,

    Antes, de cada 10 bolas recuadas, 9 e meia ele dava chutão.
    A média caiu muito nos últimos jogos.
    Ainda tem, mas são menos.
    Eu acho que as críticas chegaram até ele, porque foi uma mudança repentina.

     
  • Às 4 de março de 2017 16:26 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Concordo com o anônimo acima sobre o Felipe Melo.
    Desde a sua contratação a mídia vem fazendo campanha e colando nele o rótulo de violento.
    (Vejam o meu primeiro comentário de hoje sobre o que fez o STV.)

    Se ele tivesse ido para o Flalido seria um jogador raçudo, viril, cão de guarda, levantador de moral do time, etc.
    Justamente o que vem sendo no Palmeiras.

    Pra mim é titular absoluto, PRINCIPALMENTE em clássicos.

     
  • Às 4 de março de 2017 16:43 , Anonymous Nei Verde disse...

    Rosemiro, seu comentário é perfeito, e vou além o batistinha já perdeu o comando no vestiário, Onde já se viu com tantos meias armadores de qualidades e númerosas opções colocar esse velho gaga no meio, sendo que nem na lateral da conta.

     
  • Às 4 de março de 2017 17:29 , Blogger eduardo luiz disse...

    Caro Higor, você resumiu com a maior perfeição a atual situação no andamento e evolução do verdão. Mas fique tranquilo, aqui tem muitos torcedores que acham que o verdão tem que ser perfeito, desde o primeiro jogo. Aí fica difícil contentar gregos e troianos

     
  • Às 4 de março de 2017 17:34 , Anonymous Doente(verdão) disse...

    Só corneta hein!
    Tem gente até torcendo para levarmos goleada quarta?!??!!
    Vai ser chato lá longe...

     
  • Às 4 de março de 2017 17:36 , Blogger eduardo luiz disse...

    Ficar hoje, a menos de uma semana da libertadores, questionando se o técnico é fraco e não deveria ser, é, simplesmente, alimentar a desestabilidade do time, o que não deixa de ser uma burrice do torcedor. Mas vai saber se alguns não querem o qt pior melhor!

     
  • Às 4 de março de 2017 17:49 , Anonymous Anônimo disse...

    Verdade Eduardo Luiz não da para entender alguns torcedores

     
  • Às 4 de março de 2017 17:51 , Blogger eduardo luiz disse...

    A "achologia" se instalou nesse blog. Ou seja, se não é o que acho, está errado. Palmeiras ganha de 4x1 e 3x1 em dois jogos seguidos, e ainda assim não está bom. Agora é libertadoras, se empatar ou perder o primeiro jogo: nossa! Crise! Não falei!. Vamos trocar o técnico. Esse torcedor é daqueles que acha qto pior melhor, sabe porquê? Não escalou o jogador que ele achava que deveria ser. Palmeirense de verdade, acorda! Apoie o seu time pra podemos ter sucesso.

     
  • Às 5 de março de 2017 11:15 , Blogger Boca dura disse...

    Não vejo nenhum time jogando um grande futebol ainda acho que esse time vai bater campeao

     
  • Às 5 de março de 2017 11:15 , Blogger Boca dura disse...

    Não vejo nenhum time jogando um grande futebol ainda acho que esse time vai bater campeao

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial