Observatório Alviverde

07/04/2017

PALMEIRAS X NOVORIZONTINO!


ANÁLISE ANTES DO JOGO:

Pode ser até que não role (o futebol é caprichoso e imprevisível) mas em meu ponto de vista o Palmeiras é o favorito absoluto do jogo e tem boas perspectivas de vencer o Novorizontino por boa margem de gols.

Time anunciado, se jogar, tem o meu aval.

Palmeiras: Fernando Prass; Fabiano, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo; Willian, Tchê Tchê, Guerra e Dudu; Borja.

Se ganhar e jogar bem, por favor, não venham com aquela cantilena das individualidades posto que individualidades mal treinadas não ganham nada. 

Deem um time de cabeças-de-bagre a Tite, a Luxa ou a qualquer treinador desse nível e vejam se eles chegam aos títulos! É claro que não!

Eduardo Batista é um técnico em amadurecimento e evolução. 

Respeitem-no e deixem-no trabalhar até que ele mostre do que é capaz.

Ou ele precisa mandar os craques embora, trabalhar só com os medianos e ganhar tudo o que disputar treinando um time fraco para provar que é bom?

ANÁLISE PROCESSADA AO FINAL DO PRIMEIRO TEMPO:

O que vão dizer agora?

Que o time deu sorte e "achou" um gol?

Que as individualidades e não o técnico têm méritos pelo 1 x 0?

Tenham a santa paciência!

O time joga bem, impõe seu jogo, manda no jogo, dá as cartas e joga de mão (royalties para o meu grande e saudoso amigo Loureiro Júnior, um dos maiores comentaristas da história do rádio brasileiro) e o técnico é incompetente?

E, no entanto, eu lhe digo que ainda estamos longe de uma pretensa e imaginária perfeição. 

Para chegar lá ou, ao menos perto, há ainda um longo caminho e esse caminho, pelo que vejo e sinto da equipe, será trilhado (quer queiram ou não os desafetos) sob o comando de Eduardo Baptista. 

Falar o que, criticar o que, achar defeito em que se o time lidera nos números e apresenta um futebol maduro em campo?

Perder, qualquer time, seja ele o Real Madrid, o Barça, o Manchester, a Juve, o Bayer ou qualquer outro um dia vai perder.

Vamos olhar o Palmeiras e Eduardo Batista com um pouco mais de otimismo, meus amigos, pois o time se encontra no caminho certo.

Ou vocês acham que é fácil derrotar o Novorizontinho que, sob o meu critério de análise tem um time, vá lá, no mínimo, tão bom quanto a Ponte?

Os melhores em campo do Palmeiras? 

Tchê que cobriu Zé com perfeição, Willian pelo chamado jogo sem a bola, isto é, pelos deslocamentos e abertura de espaços e pelo gol, Mina e Dracena. 

Os demais estiveram regulares.

Mas quem (digam-me com frieza) jogou mais bola do que Felipe Melo?

Existe na Seleção de Tite algum volante melhor que ele?

Essa classificação, para mim, já  é "macuco no embornal"! 

COMENTÁRIO FINAL: 

Sabe o significado da palavra sobejo? Significa, simplesmente, sobra, demasiado, excessivo!

O Palmeiras está assim neste Paulistão!

Maior pontuação, melhores números, melhor campanha.

Não quer dizer que o Palmeiras será Campeão, mas que, entre todos os grandes, é o time mais bem capacitado e com melhores perspectivas de chegar.

Hoje o Verdão deu mais um baile para quase 30 mil espectadores em jogo no qual o Novorizontino em momento algum do jogo chegou a incomodar.

Se não foi uma exibição perfeita foi uma exibição eficiente e suficiente de um time que melhora (a olhos vistos) de jogo a jogo.

O MELHOR EM CAMPO: Felipe Melo

Personagem do jogo: Tchê, importantíssimo taticamente.

Jogaram muito bem: Mina, Dracena, Guerra e Willian.

Jogaram bem: todos os demais num dia em que Prass não foi importunado.

Que venha agora o Peñarol!

COMENTE COMENTE COMENTE

16 Comentários:

  • Às 7 de abril de 2017 22:06 , Anonymous Elcio disse...

    Estou com um pressentimento de que o Curica e o Santos vão fugir da raia enquanto da tempo.
    Só vão ficar os bambis.
    Eles gostam de levar pau mesmo, um a mais nao vai fazer mal.

     
  • Às 7 de abril de 2017 22:35 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Que sapatada do Borja!
    Linda jogada!

    =========

    Elcio, sardinha tem que ficar pra ser vice outra vez, hahaha

     
  • Às 7 de abril de 2017 23:17 , Anonymous Edson disse...

    O time foi coeso, bem armado e sobejamente ganhou do ótimo time do novohorizontino.
    Após a entrada do Michel Bastos melhorou mais ainda, mostrando a força do elenco.
    Fico impressionado com o futebol do FM, disparadamente melhor que qualquer volante que serve a nossa seleção.
    E que chute foi aquele do Borja? Quanta ignorância. Se pega no goleiro é hospital na certa.

     
  • Às 7 de abril de 2017 23:23 , Anonymous Luther Blisset disse...

    Gostei do jogo e com isso só mantenho minha opinião quanto ao EB.
    Time tem que ganhar, e o Palmeiras ganha.
    Jogar bem é consequência e nosso treinador vem mostrando que o seu trabalho está gerando frutos.
    Que venha a Libertadores!

     
  • Às 8 de abril de 2017 00:16 , Anonymous Arnaldo 72 disse...

    Caro Alcides, ... caros colegas

    Vocês sabem que não gosto do pseudo-treinador e por isso lembro que se não fosse o gol achado, o primeiro tempo teria terminado 0x0.
    (até aquele momento, o Palmeiras tinha dado um mísero chute a gol)

    Creio que com um elenco destes, qualquer um de nós teríamos resultados iguais se não melhores do que o Palmeiras teve até agora.

    Lembrem-se também que o Palmeiras levou duas bolas nas traves... e a defesa mal treinada, quando acoçada, mostra-se uma peneira.

    Estou feliz pelos resultados e continuo atribuindo-os ao excelente elenco.

     
  • Às 8 de abril de 2017 00:19 , Anonymous Nei Verde disse...

    Partida primorosa, jogamos o necessário para ganhar bem, se apurar joga muito mais. Temos um elenco fantástico, pena que os laterais não tem o nível do restante do time, jogamos com dez, o jurássico só engana,firula e delatinho, Tchê foi o lateral esquerdo, a muito tempo eu pregava que a zaga é essa, Felipe Melo joga muito, Guerra e Borja ainda vai dar muitas alegrias, Dudu tem que ver quem está melhor colocado,parece que está com ciumes de Borja, EB parece estar colocando na cabeça que está no Palmeiras, mas prefiro aguardar mais, ver como o time vai se comportar contra uma retranca.
    Eu experimentaria Tchê na lateral direita e M.Bastos na esquerda.

     
  • Às 8 de abril de 2017 00:27 , Blogger Moisés Braga Ribeiro disse...

    Estou muito feliz com a vitória, é claro.

    Mas gostaria de chamar a atenção para um ponto.
    O Novorizontino entrou para jogar e deixar jogar.
    Não fez retranca, não parou o jogo toda hora, não catimbou.
    Contra um time que joga assim, o Palmeiras deita e rola.

    Nos jogos em que o adversário montou uma retranca brava, catimbou, enervou, o time não foi tão bem.
    Esse é o ponto que ainda precisa ser melhorado.
    Os antis vão abusar do jogo feio para tentar parar o Palmeiras, porque, se jogarem abertos, não tem pra ninguém.

    =======================

    Meu amigo, o Mina joga demais!!!
    Merecia ter feito aquele gol depois da tabela...

    =======================

    Quarta-feira estarei no Templo Sagrado, u-hu!
    Quem do blog vai?

     
  • Às 8 de abril de 2017 00:38 , Anonymous Nei Verde disse...

    Concordo com Arnaldo e Moises, esse elenco pode jogar muito mais, o Primeiro gol foi achado sim, depois dele ficou mais fácil, e o Novo Horizonte deixa jogar, vamos ver quando pegar um ferrolho, tem que melhorar tb o último arremate, percebi que mesmo tendo alguém melhor colocado estão tentando bater, será vontade de fazer gol, ou ciumes do Borja.

     
  • Às 8 de abril de 2017 00:40 , Blogger Emanuel Campana disse...

    Moisés boa sorte no jogo quarta, espero que vc assusta um espetáculo do Palmeiras e veja um gramado razoável.

    Não vou nesse jogo, quem sabe na semifinal????

    Seria legal um dia a galera do blog marcar de ir (quem puder, obviamente).

    Jogamos muito bem hoje, a "facilidade" desse jogou começou ser construída fora de casa, com a vitória. PALMEIRAS está num.a fase muito boa, Roger Guedes, por exemplo, vem muito bem, porém não jogou hoje (suspenso) e tanto William, Michel Bastos e até Guerra jogaram muito bem. Que continuem assim.

     
  • Às 8 de abril de 2017 07:22 , Anonymous Elcio disse...

    Resumo do que vi.
    O time marca pressão muito bem, mas esteve com dificuldade para concluir a jogada na hora do atacar, principalmente no primeiro tempo.
    Me parece que o Borja está saindo muito da área, quando o time está todo no ataque, ele deveria estar lá.
    Acho que se deve a isso a dificuldade nas conclusões.
    No mais foi a mais pura demonstração da superioridade Palestrina.
    O time está jogando bem, o que está faltando mesmo é aparecerem chances de gol em profusão, demonstrando assim o quão superior estamos.

     
  • Às 8 de abril de 2017 08:51 , Anonymous Cleiton disse...

    Bom dia amigos. Vejam só, um chute do Tchê Tchê achou o William na meia lua da área, lugar este onde deveria estar o centroavante, no caso o Borja, e todos acham que o time não tem tática treinada. A movimentação e troca de posicionamento não conta. O NH mesmo precisando ganhar de 2 gols de diferença, jogou no contra-ataque, nossos zagueiros tocavam bola no primeiro tempo sem incômodo nenhum. Não tem jeito o EB nunca será considerado por alguns um bom técnico. Nas derrotas será sempre o culpado e nas vitórias o mérito será sempre dos jogadores.

     
  • Às 8 de abril de 2017 09:14 , Anonymous Cleiton disse...

    Ia me esquecendo. O tal Roberto que aprontou alguns bons lances no primeiro tempo do primeiro jogo, não fez nada desde o intervalo desse mesmo jogo. Mas isso foi graças a visão privilegiada de nossos jogadores nunca que o EB perceberia uma deficiência tática e a corrigiria no intervalo de jogo. Só não entendo como não perceberam isso ainda durante o próprio primeiro tempo e precisaram descer ao vestiário pra perceberem o que deveria ser feito.

     
  • Às 8 de abril de 2017 10:25 , Blogger Alexandre Correia disse...

    O Guerra é lona de caminhão perto do Macnelly Torres, camisa de 10 do Atlético Nacional e da seleção colombiana, esse Torres joga muito, fez um golaço na Chape, o Guerra era banco do Macnelly, ano passado,alguém sabia disso?

     
  • Às 8 de abril de 2017 10:40 , Anonymous Marcelo Jose disse...

    E o Borjão hein? Joga demais.
    E o Tche? Fazendo cobertura do Zé Roberto, isso é treinamento. Anulou a jogada rápida do Roberto. Mérito ao Eduardo Baptista.
    Nosso técnico tem uma característica parecida com o Cuca: Ele é muito trabalhador. Os jogadores estão respeitando o Eduardo e isso também é o que dá a liga ao time.
    Avanti, Palestra! Rumo ao título do Paulistão!

     
  • Às 8 de abril de 2017 10:43 , Blogger william schneider disse...

    Apesar da vitória continuamos errando muitos passes. Perdi a paciência com Dudu uma hora. Passe, cruzamento, escanteio... Nao vi uma grande partida dele novamente, apesar do gol. Talvez pelo fato de Zé nao ter apoiado e com isto ele fica isolado com opções de passes pelo meio ou inversões de jogadas.
    Falando nisso, nitidamente uma opção tática, Zé passou do meio campo depois dos 25 minutos do 1º tempo se nao me engano. Mesmo levando em conta da rapidez do lateral do NH teríamos que ter mais opções.
    Guerra correu, armou, Borja estufou a trave, Tchê esta voltando no ritmo, Mina cada vez mais nos impressiona, William incansável, Felipe Melo fazendo muita imprensa ter que engolir sapo.

    Que venha a Penha, o Penho ou qualquer tipo de Penharol que seja...

     
  • Às 8 de abril de 2017 12:01 , Blogger Emanuel Campana disse...

    Tática : Eduardo Baptista pedia movimentação ao Borja, no lance que Willian perdeu gol feito de cabeça, Borja dá um passe digno de camisa 10 para Fabiano chegar à linha de fundo e cruzar para William. Isso seria variação tática?????

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial