Observatório Alviverde

16/07/2017

PALMEIRAS VENCEU E CONVENCEU, GOLEANDO O VITÓRIA!



Não pude ver o Palmeiras x Vitória ao vivo e nem, conforme projetei, pude assistir ao jogo sem saber o resultado final, para poder sentir as mesmas emoções de uma transmissão ao vivo.

A Fox não apresentou nenhum VT ao terminar o jogo, mas descobri a reprise do Sportv 2 por volta de 14 H. e conferi a goleada a partir dos oito minutos do primeiro tempo.

Finda a reprise, concluí que o Palmeiras, se não deu um show, não proporcionou espetáculo e nem jogou um bolão, ao menos mostrou de forma bem visível progressos táticos e individuais, mereceneo a goleada que impôs ao time baiano.

O Palmeiras, reparem, ganhou (não de 1 x 0, não de 2 x 1, não de 3 x 1 ou de 3 x 2, mas por 4 x 2), se impôs em campo e, no duro no duro, eu não sei porque tantos estão chiando e muitos criticando o time de maneira veemente e até o acusando de só ter vencido porque teria sido ajudado pela arbitragem. 

O que, francamente, não dá para entender é que eles testemunham o Curica "goleando" por 1 x 0 e repetem uma frase a que considero a mais imbecil da mídia paulistana que nunca leva em consideração a ajuda clara e manifesta das arbitragens a esse time.

Assim, os homens de rádio e, principalmente de TV, tomam fôlego, salivam e enchem a boca para proclamar à terra, aos mares, aos ares e ao éter: 

"O Corinthians foi cirúrgico"!  

Que tomem, eles todos, os puxa-sacos, em seus respectivos holoférnes.

Meu impropério e minha indignação têm razão de ser. 

Quando o Palmeiras de Celso Roth time que só ganhava de 1 x 0 e, no máximo, por 2 x 1 liderava o Brasileiro, a mídia procedia diferentemente da forma como trata, hoje, o Curica.

O Verdão recebia exclusivamente críticas e retaliações acompanhadas de muitas frases prontas entre as quais as principais eram estas:

"Jogar na retranca é feito e essa não é a tradição do Palmeiras".

"Com o elenco que tem a diretoria do Palmeiras não pode manter esse gaúcho retranqueiro (Roth)"

" Roth não é técnico para o Palmeiras".

" Para o retrancado Palmeiras 1 x 0 é goleada"

" O Palmeiras pratica o anti-futebol! "  

Quando Ubaldo Aquino deu o serviço em cima do Verdão na final da Liberta em La Bombonera a mídia inteirinha, já com o discurso pronto, aproveitou o ensejo e partiu pra pra cima de Roth disposta a tirá-lo do Verdão, fazendo-o com tal
virulência que ele acabou sendo demitido. Perceberam que só o Curica pode optar por jogar na retranca sem ser molestado pela imprensa?

Ou vocês acham que se fosse o Palmeiras que estivesse fazendo a campanha do Curica a mídia o estaria paparicando, elogiando e enaltecendo tanto e quanto o faz com o Curica?

Voltando à realidade, de fato os "luláticos" são sempre cirúrgicos nas vitórias, mas o serviço de anestesia é quase sempre empreendido pela arbitragem, na maioria das vezes inventando um pênalti maroto, mas ninguém na mídia menciona nada a respeito...

Outro dia, eu, que vejo os PVCs da Fox Sports e da vida levantando até quantos arrotos, flatos e cuspidinhas os jogadores emitem em cada jogo, sugeri que esses jornalistas que perdem tanto tempo com imbecilidades e estatísticas inúteis, fizessem um levantamento sobre qual time do futebol brasileiro teve mais pênaltis marcados a seu favor, embora o mundo saiba que é o Curica.

Mas cadê que eles fizeram ou que, um dia, irão fazer? Jamais farão e, se o fizerem, será preciso ficar de olho ou colocar uma auditoria paralela porque eles vão acabar comprovando que é o Palmeiras, justamente o clube mais prejudicado do futebol brasileiro nesse item!

Meus amigos, sei, perfeitamente que 2017 não está sendo exatamente aquele ano que os palmeirenses tanto desejavam.

De qualquer forma, com o retorno de Cuca, também não está sendo um ano tão cruel, haja vista que estamos vivos na disputa de três títulos, Copa do Brasil, Libertadores e se o acaso nos ajudar, até do Brasileirão.

Mas não fica por aí porque se o Palmeiras ganhar a Libertadores terá a chance de disputar o Mundial de Clubes Campeões.

Por tudo isso, chega de pessimismo, gente! Basta de irracionalidades. "Stop" com os negativismos. Não há nenhum sentido para que manifestemos tanto pessimismo destrutivo".  Otimismo sempre, tem de ser o nosso lema!

Abaixo as utopias e as idiossincrasias de egos inflados que se dizem palmeirenses mas que, na realidade, amam mais suas opiniões do que, propriamente, o time.

Voltando ao jogo de hoje, verifiquei que o Palmeiras:

a) mesmo tendo iniciado em desvantagem no placar e conseguido o vira-vira...
b) mesmo tendo controlado e dominado 70% (ou mais) do jogo e imposto a sua superioridade, dominando as ações com muito mais posse de bola...
c) mesmo tendo chegado ao ataque com perigo, finalizando cinco vezes mais em relação ao adversário e ganhando de goleada por 4 x 2, para muitos, nem assim está bom!

Aliás, é quase sempre assim; se o Palmeiras, jogando bem ou mal, perde ou empata, o time, de uma hora para outra, para muitos palmeirenses, passa a não valer nada. Se joga razoavelmente e goleia, quem não vale nada é o adversário e tudo o que foi feito ate então está perdido e já não vale mais nada...

Meus amigos, o Vitória, hoje, perdeu de 4 x 2, tendo sido completamente dominado e subjugado pelo Verdão! Dizer mais o quê além disto? Tudo o que vierem a dizer será como tentar descobrir pelo em ovos.

A desculpa hoje é que o Vitória é um timeco qualquer em via de rebaixamento, que não vale nada, que não tem bons jogadores, que não tem esquema nem nada, e que ganhar de um time desses não tem o menor significado técnico.

Alguns vão mais além e dizem que o pênalti em Mina não existiu! Não existiu mesmo, mas por que falar tanto nisso se a maioria absoluta dos pênaltis favoráveis ao Verdão não são marcados?

Imitando a mídia, muitos dos nossos que fazem oposição à Cuca e à diretoria já estão em público para fazer onda, afirmando que "o Palmeiras só conseguiu reagir e virar o jogo" em face da marcação dessa infração.

Viram tudo o que disse Róger Flores ontem no Sportv? Após afirmar que não houvera pênalti em Mina, disse que aquela carga sobre Willian dentro da área houvera sido normal e que o árbitro esteve certo em não marcar o pênalti.

O Sportv masturbou cerca de vinte minutos na análise dos lances, 19 minutos para o "pênalti" em Mina e 1 minuto para o pênalti (sem aspas) em Willian.

A credibilidade desse ex-jogador, que após juntar uma fortuna no futebol tornar-se um milionário e, ainda assim, tomar o lugar de um jornalista autêntico, é a de uma cédula de três reais. 

Róger Flores, no ar, com a maior desfaçatez, age facciosamente como um autêntico porta-voz do Fla, do Flu, do Curica, do Grêmio e do Cruzeiro. Estúpido e idiota é quem acredita nele, obsessivo perseguidor e algoz do Palmeiras. 

O jogo de hoje, meus amigos, noves fora os importantíssimos três pontos auferidos, serviu de parâmetro para que Cuca caísse na real no que respeita a muitas situações apontadas por este blogueiro e muitos colegas bloguistas que militam neste espaço.
Já fomos atendidos em relação a Zé Roberto e à sua teimosa titularidade na lateral esquerda que lhe outorgava Cuca, sem nenhuma razão plausível, sempre em detrimento do time. Cuca, finalmente, se rendeu ao afirmar que ZR na lateral esquerda, a partir de agora,  só em caso de extrema necessidade.

Da mesma forma, em contrapartida à boa vontade de Cuca, não sejamos radicais em relação a esse jogador que, como meia de ligação, ele, que conhece todos os atalhos do campo e do jogo, ainda pode ser útil. 

Pensem que não somos apenas nós que conhecemos futebol. Cuca sabe que, em determinadas ocasiões e em outras posições a escalação de ZR poderá ser útil. 

Só não pode se entusiasmar, conceder-lhe a titularidade e efetivá-lo no time principal, mas, exclusivamente, usá-lo, se necessário, com muita parcimônia.

Deu para observar que, de dois jogos para cá, como (todos nós) fomos precipitados na análise de Maikon, o lateral que veio do Cruzeiro? Mas se não fosse assim, não seríamos palmeirenses sempre exigentes e intolerantes!

Infelizmente não conseguimos entender que jogadores existem, os quais não se revelam de imediato e nem mostram o que sabem e podem.

Esses atletas, muitas vezes, precisam de mais tempo para mostrar a bola que têm e dizer a que vieram. Mayke pode ser um deles. Parece que é!

De qualquer forma, o fato de Mattos (ele teve altos e baixos à frente do futebol mas levou o Palmeiras a dois títulos reabilitantes) admitir que o Palmeiras ainda necessita de dois laterais, um para cada lado, independentemente da recuperação de Mayke e do retorno de Egídio, tanto e quanto da perspectiva de aproveitamento de Michel Bastos no setor, evidencia que a diretoria está atenta e quer o melhor para o time.

A contratação de Deyverson que está vindo do Alavez da Espanha, muito bem recomendado aliás, com o aval luxuoso e imprescindível de Cuca, é outro sinal de que NOSSO Observatório e outros segmentos importantes da mídia palestrina têm sido vistos, ouvidos e considerados.

Finalmente a viagem e concentração do time por oito dias em Atibaia, visando a Libertadores (faz parte do rol de sugestões apontadas pelos sapientíssimos escribas deste blog) Cuca, hoje, comunicou e garantiu que vai adotar.

A única atitude de Cuca com a qual não concordo é aquela aventada por ele de lançar mão de times reservas para os jogos do Brasileiro contra o Botafogo e o Atlético Pr a fim de preservar o time titular para a CdB e Libertadores.

Ao dizer isto o técnico palmeirense se contradiz totalmente já que afirmou na tarde de ontem, na entrevista de após jogo "que não havia desistido em relação ao Brasileiro". 

COMENTE COMENTE COMENTE

Dados e Notas de PALMEIRAS 4 X 2 VITÓRIA
Data: 16 de julho de 2017, domingo, às 11 H.
Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo-SP
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Bandeiras: Luiz Claudio Regazone e Eduardo de Souza Couto
Público: 36.263 torcedores Renda: R$ 2.712.846,15

Gols Marcados:
PALMEIRAS: Róger Guedes, Dudu (2)  e Mayke.
VITÓRIA:
Willian Correia e David.

PALMEIRAS:
Prass, Nota 7
Mayke, Nota 7
Yerry Mina, Nota 6
Edu Dracena, Nota 6
Egídio, Nota 6
Felipe Melo, Nota 6
(Zé Roberto, Nota 6)
Tchê Tchê, Nota 7
Guerra, Nota 7
(Michel Bastos, Nota 7)
Dudu, Nota 8, dois gols e o "Craque do jogo".
(Miguel Borja, Nota 6);
Róger Guedes  (Nota 7)
Willian (Nota 7)
Técnico: Cuca (Nota 7)

VITÓRIA: Fernando Miguel; Patric (Leandro Salino), Alan Costa, Wallace e Geferson; Renê Santos, Yago (David) e Willian Correia; Cleiton Xavier; Neilton (Jhemerson) e André Lima
Técnico: Alexandre Gallo

Cartões amarelos: Edu Dracena e Gabriel Furtado (PALMEIRAS); Cleiton Xavier e Wallace (VITÓRIA)

19 Comentários:

  • Às 16 de julho de 2017 21:13 , Blogger Alexandre Correia disse...

    Aquele time de 2001 tinha um colombiano que jogava muito :Dario Munhoz, o Borja poderia se espelhar no Munhoz.
    Em 2001 O ROTH foi demitido injustamente, em 2009 o Luxapoker também foi demitido por força da mancha verde, provalvemente se Luxemburgo tivesse mantido a frente do Palmeiras, ganharia fácil o Br 09 .

     
  • Às 16 de julho de 2017 21:23 , Anonymous Anônimo disse...

    Foi ruim sim Alcides, apesar do placar de 4 x 2, o Vitória é muito fraco .
    Muitos erros de passes, falta de chutes a gol de média e longa distância.
    Na minha visão o time não sabe jogar pressionando o adversário pois invariavelmente toma gols de contra ataque .
    Logo após passar à frente do adversário, o que se viu foi um Palmeiras corretamente tocando a bola esperando o adversário , e saindo nos contra ataques o que reusultou em mais 2 gols.
    Espero que o Cuca tire o Egidio que não vem bem a tempos e coloque o Bastos definitivamente pra jogar de titular.
    O que há de errado com o Cuca em relação ao M.Bastos?
    Com esse futebol não acredito em vitória no próximo jogo lá em MG pela CB, mas tudo é possível e vamos ver 4a contra os Urubus o que vai dar , pois só assim posso desacreditar de vez na sequência desses campeonatos.



     
  • Às 16 de julho de 2017 22:30 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Caro e respeitabilissimo Alcides, me perdoe a franqueza, mas você está escrevendo igual aquele sujeito lá do tal PTD (aliás, você às vezes reporta ao site dele aqui).
    Lá funciona.
    Lá é repleto de seguidores semi-analfabetos, muitos de péssima índole até. Em toda coletividade tem.
    Aqui frequentam palmeirenses diferentes.
    Você sabe disso.
    Gente que pensa. Gente velha. Gente sábia.
    Há mais ou menos uns 10 ou 12 anos eu também visitava aquele site. Hoje não faço mais.
    Aquilo não serve mais pra mim.
    Tem "julianos", que às vezes comentam lá e que às vezes vêm aqui nos insultar, tanto quanto devem fazer nos bailes funk da vida (JAMAIS nos Bailes da Vida, do eterno Bituca). Perdooe-me Sr Seu de Tudo,que tem se destacado muito aqui, por usar sua metáfora.

    Permita-nos discordar. Defender nossas teses, e quando reconhecermos a derrota, maturamente voltar atrás.

    Concordar com o óbvio, até podemos, porém jamais renegando a opção.

     
  • Às 17 de julho de 2017 00:15 , Anonymous Alcides Drummond, o editor disse...

    RECADO AOS PARTICIPANTES

    Prezado Alexandre Correia. Muñoz, de fato era tecnicamente melhor que o Borja,a julgarmos pelo que o Borja fez até aqui.

    Só que a comparação é um pouco difícil porque Borja é um finalizador e Muñoz era mais um driblador e preparador.

    O que vc disse em relação à Mancha ter demitido Roth é verdadeiro, mas quem comandou a queda dele foi o Avalone.

    Ainda bem que Avalone perdeu a força e a influência no futebol do Palmeiras.

    Anônimo

    Por favor, deixe um nick. Não vou retirar seu comentário porque você o fez com educação, discordando de mim.

    Eu gosto muito do contraditório lúcido, educado e inteligente e o seu soou-me assim.

    Agora, pense nisto:

    O Palmeiras que vc diz que "não sabe jogar pressionando o adversário" quando tenta jogar assim tem se dado muito mal.

    Vou além. Se o Verdão houvesse optado por não pressionar o Curica e tivesse esperado o adversário tomar as iniciativas do jogo para o Palmeiras contra-atacar e não eles, o Verdão teria vencido o derby.

    Na verdade, quem não sabe atacar, só contra-atacar é o Curica.

    Cláudio
    Precisamos, neste momento, de paz, sem o que não chegaremos a lugar algum nas três competições que disputamos.

    Jogar bem e como manda o figurino do futebol ninguém está jogando, mas eu não disse em tempo algum que o Palmeiras jogou um grande futebol contra o Vitória.

    Você leu a matéria até o fim?

    Transcrevo o que escrevi e gostaria que vc me dissesse onde estão os elogios que eu teria feito ao time?

    (SIC)

    ""...concluí que o Palmeiras, se não deu um show, não proporcionou espetáculo e nem jogou um bolão, ao menos mostrou de forma bem visível progressos táticos e individuais e mereceu a goleada que impôs ao time baiano.

    O Palmeiras, reparem, ganhou não de 1 x 0, não de 2 x 1, não de 3 x 1 ou de 3 x 2, mas ganhou por 4 x 2, se impôs em campo e, no duro no duro, eu não sei porque tantos estão chiando e muitos criticando o time de maneira veemente e até o acusando de só ter vencido porque teria sido ajudado pela arbitragem.""

    Em relação aos outros times, nem o líder Curica (só faz o arroz com feijão com a ajuda da arbitragem) nem o Fla que -em média- tem jogadores melhores que o Palmeiras, nem o Galo mineiro ou qualquer outro time tem jogado um bom futebol.

    A exceção talvez possa ser o Grêmio que nem tão forte assim está, haja vista o primeiro tempo deles hoje contra a Ponte.

    Em relação a sua reclamação, reconheço que muitos usam as nossas páginas apenas para dar vazão as suas frustrações.

    Estamos tentando afastá-los mas está difícil porquanto eu não posso ficar vigiando as participações o tempo todo e toda a hora.

    Da mesma forma considero ridículo qualquer pessoa escrever algo e ficar aguardando o dia inteiro pela moderação.

    Com todo o respeito os seus dois últimos parágrafos foram desnecessários.

    Não sou e nem me considero o dono da verdade e tenho consciência plena de que os meus 50 anos de bola não me tornaram melhor do que ninguém;

    Então, vc escreve

    Permita-nos discordar. Defender nossas teses, e quando reconhecermos a derrota, maturamente voltar atrás.

    Concordar com o óbvio, até podemos, porém jamais renegando a opção.

    E eu respondo:

    Quando foi que eu proibi quem quer que fosse de discordar de minhas postagens, de defender as suas teses, de ter suas opiniões e de tomar as suas decisões?

    Por isso é que ei digo a todos:

    Pensou diferente de mim? Crave seu ponto de vista e pronto, sem necessidade de ter cuidados ou de rasgar seda.

    Finalmente, não tenho nada contra o PTD e até acompanho as notícias do time através dele, sem, no entanto, postar opiniões.

    Abs a todos do (AD)

     
  • Às 17 de julho de 2017 09:01 , Anonymous Carlão disse...

    Circula pela internet a imagem do Mina puxado pela camisa. A tv não mostrou.

     
  • Às 17 de julho de 2017 09:31 , Anonymous Juliano disse...

    Bom dia pra você também Cláudio. Onde de ofendi? Se fiz, em qual comentário? Te insultei? Qual foi o meu insulto? Só por que eu disse que muitos aqui, INCLUSIVE VOCÊ são negativistas, tudo enxergam defeito, criticam por criticar e muitos aqui batem no peito depois pra dizer 'eu estava certo' apenas para satisfazer seus egos inflados, como disse o Alcides. Só por isso você se sentiu insultado ou ofendido? Sou esculachado aqui as vezes por dizer um 'A' e não fico de mimimi para o Alcides. Se o Alcides quiser eu saio e pronto. Não te insultei e nem te ofendi. Aceite o confronto de idéias, cara. Para de querer só comer chocolate Copenhague. Coma diamante negro também.

     
  • Às 17 de julho de 2017 10:12 , Blogger ester abea disse...

    amigos:

    a. não assisti o jogo, exceto os últimos 22 minutos na TV Palmeiras. Independentemente do nível do futebol, ganhar foi importante. Importantíssimo

    b. talvez nosso Cuca(ou Alex) tenha visto nossas opiniões. Michel de LE é uma boa. Atibaia é uma boa.

     
  • Às 17 de julho de 2017 10:13 , Anonymous Torcedor Realista disse...

    Venceu, mas a mim não convenceu, principalmente nosso setor defensivo.

    Como bem disse Noriega (alias o melhor comentarista esportivo da TV) na transmissão: "parece que se chutar entra no gol". É bem isso mesmo que está acontecendo.

    Tá osso !!

    Cuca está certo levar o grupo da Liberta para Atibaia, afinal desde que chegou não teve uma semana cheia para treinamentos. Isso faz diferença

     
  • Às 17 de julho de 2017 10:18 , Anonymous Boleiro disse...

    Olá Alcides! o anônimo em questão que escreveu sou eu " Boleiro " ausente por um bom tempo por não concordar com o nível de ofensas entre Palmeirenses que ha por aqui, mas espero que isso tenha passado.
    O futebol de hoje é mais competitivo, de mais velocidade e força física pois quem não tem essas qualidades se vê obrigado a colocar o time todo atras na retranca esperando retomar a bola para contra atacar (vide o curica) no Paulista e no BR que usou desse artificio com 10 atrás e contra atacando quando na posse da bola e se deu bem não só contra o Palmeiras mas tb em vários outros jogos.
    Mas falando do jogo de ontem, sofremos um gol de contra ataque, mas quando retomamos a vantagem no placar, o time começou a tocar racionalmente a bola e o que se viu foi um time de mais qualidade, ampliar com 2 gols de poucos toques em contra ataque.
    Estamos carente de jogadores fortes e rápidos nas laterais e se temos no banco o M.Bastos porque o Cuca não o coloca pra essa função?
    Outro erro nas contratações onde vemos somente o Guerra capaz de armar o time.
    Mas tb acho que o time crescerá muito com a volta do Moisés pois esse sim é raçudo assim como eu gosto de ver.
    Fora isso, meu time para hoje na sequencia dos campeonatos seria : Jailson, (Prass péssima fase), Maike , Mina , Luan, M.Bastos, Thiago Santos e Felipe Melo, Guerra, Dudu, Roger Guédes e Willian(Borja).
    Quanto ao Borja, eu vejo assim; esse não vem fazendo bons jogos e principalmente gols, pela ausência de apoio dos nossos meias e laterais, diferentemente de quando jogava no Nacional.
    Abçs.



     
  • Às 17 de julho de 2017 11:44 , Anonymous Sei de tudo, mas sou aberto a ouvir opiniões disse...

    Sei de Tudo voltou depois de um longo e necessário inverno, inverno este que estamos vivendo no período do solstício.
    Bem, corroborando com alguns, e não uns, comentários, Michel, não o Teló, mas o Bastos, não pode ser reserva deste time, ainda mais de Egidio, não o do programa Mister Brau, mas o do Palmeiras mesmo.
    Cuca lê lê, bota a mão na consciência e ponha Michel, não o Corleone, mas o Bastos pra jogar de titular.
    AVANTI BLOG. AVANTI BLOGUEIROS. AVANTI PALESTRA.

     
  • Às 17 de julho de 2017 11:53 , Anonymous Sei de tudo, mas sou aberto a ouvir opiniões disse...

    Meu caro Drummond, não o Carlos, mas o Alcides. Se me permita a correção, Celso Roth foi demitido em plena Libertadores de 2001, e sim durante o Br-01, onde liderávamos com folga, mas depois começamos a decair, não a temperatura, mas na tabela. Decair, Decair e decair até terminar num nada honroso 12°colocação. Os times de Roth sempre foram assim. E se Sei de Tudo não estiver engando, Roth foi demitido num jogo da já finada Copa Mercosul, num jogo contra o Grêmio, não o estudantil, mas o Futebol Porto Alegrense.

    Em tempo 1: Obrigado Claudio, não o Ranieri, mas o de MG mesmo, pela menção no seu comentário.

    Em tempo 2: Juliano, que tal remarmos juntos, não a canoa ou jangada, mas em prol do Palmeiras, abaixando as armas nos comentários? Vamos lá meu caro. Vamos juntos.

     
  • Às 17 de julho de 2017 11:56 , Anonymous Sei de tudo, mas sou aberto a ouvir opiniões disse...

    Onde se lê: ''(...) Celso Roth foi demitido em plena Libertadores de 2001 (...)'', leia-se:''(...) Celso Roth NÃO foi demitido em plena Libertadores de 2001 (...)''

     
  • Às 17 de julho de 2017 12:17 , Anonymous Sr. Keiko disse...

    COISAS INEXPLICÁVEIS.

    Gasta-se mais de 40.000.000 de reais na construção de um senhor Centro de Excelência, no Centro de Treinamento, para nos prepararmos para os jogos.

    Quem a conheceu com certeza como nós pode-se afirmar com certeza é um centro de treinamento e concentração de primeiro mundo.

    Construído nos mínimos detalhes para atender os atletas, acomodações melhor que hotéis cinco estrelas, salas de reunião com área de lazer aos atletas nada a dever a nenhum outro local para se proporcionar uma excelente preparação aos nossos profissionais.

    Ninguém e nenhuma comissão técnica pode alegar que o local não é apropriado.

    Motivo de se desconfiar de todos e suas capacidades, inclusive possível favorecimento.

    Bem!

    Inventa a comissão técnica o que?

    Copiando e imitando Vanderlei Luxemburgo que toda semana para fugir de cobranças da má fase da equipe refugiava-se em Atibaia com a desculpa de preparar o time para um confronto importante e para aqueles de boa memória a maioria das vezes não produziram resultado algum.

    Pergunta-se:

    Senhores:

    Para que foi construído o Centro de Excelência?

    Se vão a Atibaia que justifiquem o porque.

    Se forem uma sugestão vamos IMPLODIR o Centro de Excelência pois foi vetada pela comissão técnica, como inútil para alojar e prepara-la para compromissos importantes de nossa equipe.

    Infelizmente nosso Palmeiras virou uma fogueira com nosso dinheiro para iluminar o mundo.

     
  • Às 17 de julho de 2017 12:21 , Anonymous Adalto disse...

    Não foi uma grande exibição, nem uma péssima partida.
    Foi um jogo esquisito.
    Tomamos dois gols que demonstram a fragilidade da defesa.
    Está certo que fizemos quatro.
    Mas a cada jogo uma coisa parece ficar mais do que claro Michel Bastos não pode ficar fora do time, é muito lúcido nas jogadas e visão impressionante da colocação dos companheiros na área.
    Joga com a cabeça erguida.
    Esse resto de mês será crucial para se definir nossa situação de classificação nos torneis na temporada.
    Adversários indigestos a seguir.
    Vencemos o Vitória e fizemos nada mais que nossa obrigação.
    PS: FALTAM 22 PONTOS PARA FUGIRMOS DO REBAIXAMENTO.

     
  • Às 17 de julho de 2017 12:55 , Anonymous Corretor Ortigrafico disse...

    Copenhague = kopenhagen

     
  • Às 17 de julho de 2017 13:34 , Anonymous PorkiDoido disse...

    Eu bebi tanto ontem em frente o Allianz depois do jogo que cheguei em casa 19h da noite dormi e só acordei agora. Vou ter que meter um atestado no trampo.

    Só o que tenho a dizer é: DUDIBRE O MENINO QUE ACABOU COM O JOGO, CORREU O CAMPO INTEIRO E MATOU A PAU. MELHOR CAMISA 7 DO MUNDO !!!!

    Crise nas sardinhas 4 mil no estádio
    Crise nas bixas 9 mil no panetone
    Crise nos gambá 19 mil no cadeião

    Crise pra nóis é 36 mil cantando e metendo 1, 2, 3, 4 nos comedor de calango da Baêa.


    Cade o tio Ney e o tio Insuperável?

     
  • Às 17 de julho de 2017 17:39 , Blogger Roberio BA disse...

    Boa tarde. Que bom que o nível dos comentários tenham melhorado, assim fica muito bom participar do blog, quanto ao jogo, convenhamos que seria uma partida difícil, não pelo adversário em si, mas pela sequência de maus resultados que vínhamos, além de críticas por toda imprensa e por boa parte da torcida, ainda sair atrás no placar numa felicidade absurda do vitória não é qualquer coisa, não esperava uma melhora significativa nesta partida, até porque o time é o mesmo e não tem treinado, assim como não espero boas partidas nes ta sequência até o retiro em Atibaia, mas para o jogo da libertadores acredito em uma boa performance é uma vitória convincente, a partir daí então creio em um time pronto para a sequência dos campeonatos, quem sabe nestes 03 jogos não disponta uma grata surpresa como um Veiga, um Yoran ou mesmo o recém contratado Deyverson, acredito que o Michel Bastos se torne titular nestes jogos e gostaria que o Borja tivesse uma sequência também, tá foda pro cara, vi comentaristas dizendo que ele foi mal mais uma vez, jogou 10m o time cansado e querem que ele desequilibre??? Sabemos que ele não é craque, mas pode render mais que isso. Como sempre digo Palmeiras sempre, a crítica tem que ser breve e o apoio constante, gostaria que os torcedores apoiassem todos os atletas durante as partidas, mesmo quando estão mal, assim como fazem com Mina, Prass, Dudu, chega de um implicancia com alguns, afinal são patrimônio do nosso clube

     
  • Às 17 de julho de 2017 19:16 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Acho muito boa essa decisão de Cuca, em fazer uma intertemporada na bela Atibaia, antes da porfia contra o Barcelona fake, ou, no linguajar pátrio, Barcelona genérico.
    Mesmo que haja um "suposto" abandono do Brasileirão, contra BFR e CAP, a realização do retiro ainda mostra-se indispensável, tal o prejuízo financeiro, moral e técnico que teremos caso ocorra a eliminação na competição cucaracha.
    Desse modo, em uma idéia que saiu (ou também saiu...)neste importante Blog, nós não poderemos deixar de apoiá-la, mesmo à custa de eventual perda de pontos nos embates precitados.
    Claro é que temos um Centro de Excelência, de nível mundial, mas nada obstante a opinião retro lançada, do bloguista Sr. Keiko, penso, do fundo de minha consabida humildade, que o refúgio a ser perpetrado em nossa bucólica Interlândia, terá como principal ingrediente o fortalecimento das relações pessoais entre jogadores, por si, e membros da comissão técnica, em um entrelaçamento que somente longe do cotidiano é possível obter. Nada como mirar o por do sol, ao cair da tarde, naquele silêncio regenerador, que só faz bem para o corpo, e, essencialmente, para a alma.
    Assim, com todo o respeito que qualquer opinião me merece, ainda mais aquelas emitidas por Palmeirenses de jaez, não se trata de prejuízo ou um ato de jogar dinheiro fora, mas, inversamente, uma forma inteligente de arregimentar ânimo me força, para o aguardado embate, que poderá nos colocar no céu, mas também nas profundezas do inferno.

     
  • Às 17 de julho de 2017 19:18 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    arregimentar ânimo e força,......

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial