Observatório Alviverde

12/05/2018

A MELHOR TÁTICA PARA GANHAR O DERBY!

O Grenal (terminou em branco) a que acabo de assistir muito mais do que confirma, sacramenta aquilo que todos sabem já tempos: em clássico não existe favorito e tudo é possível.

O Grêmio, com todo o seu poderio, cantado em prosa e verso como o melhor time do futebol brasileiro na atualidade, parou na retranca do Inter.

Embora ostentando domínio total com quase 70% de posse de bola o time de Renato conseguiu criar apenas três chances esclarecidas para fazer gols e como as desperdiçou, ficou no "oxo".

O maior jogo do sul fez-me lembrar os recentes Palmeiras 1x0 Inter e Palmeiras 0x0 Chape.

Nesse dois jogos o Verdão com todo o seu poderio, também foi freado por retrancas, tendo a sorte de fazer um gol nos gaúchos e ganhando na "bacia das almas", mesmo tendo um time infinitamente mais qualificado.

Digo tudo isto para deixar claro que em se tratando de clássico nunca existe favorito e tudo se torna possível, até a vitória do time de menor qualidade. 
Quanto mais quando existe equilíbrio técnico entre os times, caso específico do clássico de amanhã (hoje)!

Os mais novos nem sabem disso, mas o Curica, no auge de sua desgraça no início dos anos 60s, mais precisamente em 1961, teve um time conhecido como "Faz me Rir" que, mesmo com a recorrente ajuda das arbitragens (naquele tempo era pior) chegou apenas em 7º lugar no Paulista daquele ano.

Faz-Me-Rir era o nome de um bolero cantado por Edith Veiga e sucesso musical da época, que retratava a baixa qualidade do time curicano e as suas horríveis performances nos campos e nos campeonatos.

"Faz-me Rir" tornou-se, então, o apelido do risível time curicano, embora com dois campeões mundiais de 1958, Gilmar e Oreco.

Pois o Palmeiras, mesmo com um dos maiores elencos de sua história (Valdir, Djalma Santos, Carabina e Geraldo Scotto. Zequinha e Chinesinho. Julinho, Américo, Vavá e Rinaldo), não conseguiu bater o "Faz-me-rir" no ano do auge da maior crise curicana de todos os tempos.

Nas três oportunidades em que os times se encontraram em 1961, verificaram-se três empates, sendo um por 3 x 3 e os outros por 1 x 1.

Não irei me aprofundar nos detalhes acerca desse tempo mas quero dizer que apenas fiz citações para lhes dizer que nos clássicos não existe a figura do time favorito.

Em minha opinião, a não ser que ocorra alguma zebra impressentida e atropelante, o derby de amanhã é incerto e não comporta prognósticos, residindo aí o seu maior encanto e justificando as expectativas que pairam no ar às vésperas de cada clássico.

Vou deixar para vocês as análises preliminares do jogo e, de minha parte, quero fazer apenas uma única advertência a Róger Machado:

 "o Palmeiras, se quiser ganhar o jogo, tem de obrigar o Curica a fazer o que o time deles menos sabe, isto é, tomar a iniciativa de atacar, ou como se diz mais modernamente, de propor o jogo". 

Em contrapartida se o time de Róger Machado se empolgar, partir pra cima e der espaços, ele matam o Verdão nos contra-ataques, como vêm fazendo já há tanto tempo e há tantos jogos".

Para passar a régua e fechar a conta, quero dizer que não significa que o que estou afirmando seja preciso, seja matemático, tipo dois mais dois são quatro, posto que o futebol, como digo sempre, não é uma ciência, quanto mais, exata.
 

Mas é prudente, de bom alvitre e é forçoso é reconhecer que todos os adversários que se têm se dado bem contra o Curica, brasileiros ou estrangeiros, atuam dessa forma!

COMENTE COMENTE COMENTE

16 Comentários:

  • Às 12 de maio de 2018 22:19 , Blogger Libertad disse...

    Roger tem que fazer o Palmeiras jogar da mesma forma que jogou contra o Á.paranaense.
    Nei Verde.

     
  • Às 12 de maio de 2018 22:27 , Anonymous Fabiano Calmon disse...

    Já temos a fórmula para vence los. Só "isolar" o rodriguinho e fazer 2 linhas de 4 e jogar no erro deles. O time deles não sabe propor o jogo. Temos tudo para vence los novamente no lulão

     
  • Às 12 de maio de 2018 22:55 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Seja qual for o resultado de nossa impugnação nos tribunais parcialissimos do Futebol Brazuca, entendo que dar um couro nos cornuintianus, amanhã, é medida impositiva, saneadora e prenhe de Justiça. Esse time boquirroto não pode nem pensar em nos vencer.

     
  • Às 12 de maio de 2018 22:56 , Anonymous Ex - Jogador disse...

    A táctica é simples:

    "Sangue nos Zóio"

    correr, marcar e se superar.

    Se entrar na onda deles de "derbi da paz", "aqui a rivalidade não existe" etc, etc o Palmeiras perde o jogo.

    Com esse time não se pode ter compaixão !

    Eles pregam o discurso da paz mas preparam uma guerra nos bastidores.

    Que sejamos espertos e não entremos no jogo sujo desse timeco.

    Jogar certinho, cada jogador fazendo o seu que ganha o jogo

    palpite:

    Palmeiras 03 a 0

     
  • Às 12 de maio de 2018 22:59 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Que seja Palmeiras 1x0, com gol de mão de Borja, aos 51 do segundo tempo, em acréscimo dado pelo Daronco, com a intenção de fazer a maloca ganhar.

     
  • Às 12 de maio de 2018 23:01 , Blogger VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Contra o curica, VALE TUDO. CONTRA O CURICA, NÃO TENHO ÉTICA, E NEM PUDOR.

     
  • Às 13 de maio de 2018 08:56 , Blogger Roberio BA disse...

    O futebol de fato perdeu o encanto, se não fosse a presença do Palmeiras hoje, nao daria a mínima pra esta partida!!! Quando crianca antes de uma partida entre Palmeiras e Corinthians acontecia uma magia interna que não me fazia esquecer do Derby, no entanto hoje a única lembrança e de que o verdão vai estar em campo, o adversário mesmo sendo quem é não faz nenhuma diferença, pobre futebol, se agarrando unicamente ao amor ao clube para não morrer, já não importa aquela rivalidade que tirava o sono, esta está sendo substituída pela violência das torcidas, pelas preferências das emissoras e pelo esquema de favorecimento, que triste!!!

     
  • Às 13 de maio de 2018 10:15 , Anonymous Agnaldo Rizzi disse...

    Dudu abrirá o placar no primeiro tempo, mas Daronco não validará o gol acusando toque de mão na hora de dominar a bola. No segundo tempo, Edu Dracena irá às redes após cobrança de escanteio, mas a arbitragem anulará alegando falta. A dez minutos do fim, Romero vai se atirar na área e o resto vocês já sabem. Nos acréscimos, Keno sofrerá pênalti de Mantuan e Daronco nada marcará. Nem usarão interferência externa. Se por um acaso o Palmeiras conseguir sair com um empate, será porque eles chutaram o pênalti pra fora (se o Jailson defender, ele manda voltar). VAMOS PALMEIRAS!

     
  • Às 13 de maio de 2018 11:09 , Anonymous Zielony Nesuperebla disse...

    Sr. Agnaldo...
    Concordo com o texto em tudo.
    Apenas, para não ficar FEIO, não se aproprie do texto dos outros e Cite ao menos a fonte de onde você copiou.

     
  • Às 13 de maio de 2018 11:15 , Anonymous Zielony Nesuperebla disse...

    https://www.verdazzo.com.br/jogo/13-05-2018-sccp-x-palmeiras/

     
  • Às 13 de maio de 2018 11:30 , Anonymous Zielony Nesuperebla disse...

    Permita me discordar. Espero que vencamos na bola. Temos time para isso, sem sombra de dúvidas.
    Nos igualar ao que existe de mais repugnante, apenas para vencer, não considero válido e não há mérito.
    Nossa história não cabe maracutaias travestidas de erros e outras desculpinhas.
    Espero que o Palmeiras entre ligado, jogando bola e vença!
    Deixe falcatruas, maracutaias e falta de honestidade para os lixos incompetentes.
    Bom domingo e ótimo dia das mães.

     
  • Às 13 de maio de 2018 11:34 , Anonymous Agnaldo Rizzi disse...

    Ok nesuperebla, estas coberto de razão, ao passo que tem gente que TAMBÉM dá copy cola em comentários de outros portais palestrinos e desembocam também neste espaço se tornando o senhor da razão. Já que tu estás sendo o bom samaritano dos "direitos autorais", dê uma de "observador" e faça o mesmo quando algum post do Alcides tiver 50, 60, 70 comentários. Aposto uma fortuna que tu terá trabalho em mandar alguns aqui citarem a fonte.

     
  • Às 13 de maio de 2018 11:38 , Anonymous Agnaldo Rizzi disse...

    Obrigado sr nesuperebla, da próxima farei igual em TCC: (VERDAZZO, 2018).

     
  • Às 13 de maio de 2018 11:52 , Anonymous Zielony Nesuperebla disse...

    Faça do jeito que o sr quiser Agnaldo, desde que tenha hombridade de citar de onde você copiou o comentário.
    Questão de honestidade, viu!

     
  • Às 13 de maio de 2018 11:55 , Anonymous Zielony Nesuperebla disse...

    Esse comentário não é meu.

     
  • Às 13 de maio de 2018 13:49 , Anonymous Cláudio de MG disse...

    Boa tarde, palmeirenses!

    Como ficou bom o nível dos comentários nos últimos 2 posts.

    Sobre o clássico, estou ansioso demais.
    O Derby é SEM COMPARAÇÃO o maior clássico do mundo.

    Não me venham com River x Boca; Manchester x Liverpool; Barça x Real ou Inter x Juve. Por favor.

    Viram que nem cito os "clássicos" brasileiros, porque são insignificantes demais perante o Derby.

    Sobre o apitador, estou extremamente temeroso. Não suporto arbitragem gaúcha. Eles nos odeiam!

    Sobre a final da INFÂMIA, ela não acabou. Não foi, nem será jamais esquecida.

    Aviso à CBF, FPF, TJD/SP, RGT, Primeiro, Segundo,Terceiro, Quinto, DÉCIMO Arbitro, Arbitro de vídeo ILEGAL da Emissora Imoral, a FINAL DA INFÂMIA não acabou.

    Hoje à tarde. Mais precisamente no Estádio Distrital Presidente Luis Inácio Lula da Silva (também conhecido como Itaquerao), às 16:00 ocorrerá uma partida de futebol. E estaremos de OLHOS ABERTOS em todos vocês!!!

    Bom Domingo a todos!

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial