Observatório Alviverde

17/10/2020

O NOVO TÉCNICO DO PALMEIRAS!

 

Como hoje é sábado, deixo para amanhã, domingo, a análise sobre o importantíssimo jogo Fortaleza x Palmeiras, a ser travado na capital cearense. 

Neste sábado, vamos discorrer acerca do assunto mais importante do futebol brasileiro no momento, a contratação do novo técnico do Palmeiras para o lugar do demitido Wanderlei Luxemburgo.   

São inúmeros os nomes anunciados para o cargo,  mas, ao menos até agora, não existe, sequer, um que se possa afirmar ou garantir que esteja bem próximo do Verdão!

Antes que se aborde os nomes sugeridos pela mídia, convém que se coloque a declaração de Gagliotti acerca  de Luxa, quando o presidente palmeirense disse, publicamente, que havia errado na contratação do Bruxo.

Inquirido, também, sobre muitos treinadores brasileiros que poderiam interessar, o presidente descartou nomes como Guto Ferreira,  Abelão, Róger Machado e outros, até Rogério Ceni, deixando nas entrelinhas a sua tendência por contratar um técnico estrangeiro para dirigir o Verdão.

Embora Gagliotti não tenha adiantado nada a respeito, assessores próximos ao presidente palmeirense garantem que dois nomes de domínio estrangeiro ganharam força (o noticiário confirma) e são um argentino e um espanhol.

O argentino Gabriel Heinze foi o primeiro a ser especulado. Ele tem 42 anos, está sem clube, e, de acordo com a imprensa argentina é dono de um temperamento difícil, constituindo-se em um indivíduo contundentemente franco, daqueles que não levam desaforos pra casa aos quais rotulamos como pessoas que "não têm papas na língua". 

Sem a menor tendência à diplomacia no trato com a mídia, com os atletas, dirigentes e até com os presidentes dos clubes, Heinze deixou um rastro de autoritarismo, idiossincrasias e antipatias nos clubes pelos quais passou, tendo o presidente do Velez declarado publicamente que jamais o contrataria novamente.

No entanto, ninguém critica suas honestidade, correção e dedicação e nem o censuram tecnicamente, havendo unanimidade em relação a sua capacidade profissional. 

Do ponto de vista disciplinar -dizem- é extremamente exigente e se mete em tudo, regulando os horários de uso de celulares e de jogos eletrônicos dos atletas e outras minudências.

Da mesma forma, impede os dirigentes de se misturar com os atletas nos hotéis, na concentração e até no ônibus da delegação.

Sem entrar no mérito se ele está errado ou não, a pergunta é inevitável: 

Aguentaria, a diretoria do Palmeiras um profissional dessa têmpera? 

Quem sabe não tenha sido por tomar conhecimento de tudo isso que o Palmeiras procurou, muito mais, adiantar as negociações com o espanhol Miguel Angel Ramirez, 35 anos, radicado no futebol equatoriano e que já houvera sido alvo das pretensões do Santos e do Flamengo?

Os contatos se iniciaram mas progrediram pouco e agora empacaram porque o espanhol, que não tem empresário, reclamou que entrou gente demais na negociação. Essa revelação é importante e me leva a acreditar que tem muita gente no Palmeiras interessada em participar de negociações. 

Isso é muito grave pois confirma as minhas suspeitas de que essa gente pode comandar o chamado processo de esvaziamento de técnicos e jogadores no Palmeiras (como fazia o mineirinho e prática ainda comum no Palmeiras) simplesmente para que "as mercadorias girem" e haja constantemente novas negociações!

Cá entre nós: vocês acham que essa gente trabalha de graça?

Chateado com a situação, o espanhol foi mais além e garantiu que, a partir de agora, só trata o assunto se for de forma direta com o diretor de futebol palmeirense Anderson Barros. 

Há dois fatores fortes impedindo o fechamento da transação

primeiro: Existe u'a multa contratual de 5 milhões e 600 mil reais a ser paga para que ele rompa com o Independiente del Valle do Equador, time que o mantém sob contrato!  

segundo: Ramirez sonha em trabalhar no futebol europeu e só viria para o Palmeiras mediante um salário muito acima dos padrões brasileiros.

Você é favorável à contratação de um técnico estrangeiro? 

Ou prefere um técnico brasileiro?

Tem algum nome a sugerir?

COMENTE, se quiser!

8 Comentários:

  • Às 17 de outubro de 2020 06:11 , Blogger Marcelo Dinardi disse...

    Prezados Palmeirenses
    Temos que definir um técnico de forma mais rápida possível porém que este imediatismo não ocorra em erros novamente. Acredito que de características ofensivas e padrões táticos bem definidos e muitos mas muitos treinamentos, entretanto há necessidade maior de uma REFORMULAÇÂO no elenco, temos profissionais que não deram retornos e seus custos são altos, para abrir espaços a outras contratações: Dudu, Hulk entre outros...
    att.
    Marcelo Dinardi

     
  • Às 17 de outubro de 2020 08:33 , Anonymous Alcides Drummond disse...


    Sábias palavras, Dinardi. Concordo "in totum" com tudo o que vc diz, mas gostaria que vc relesse o texto, porque acrescentei algumas coisas que a intuição e a experiência me ditaram e que eu gostaria que vc, assim como eu, um palmeirense das antigas, analisasse e avalizasse. Abs (AD)

     
  • Às 17 de outubro de 2020 11:45 , Blogger Unknown disse...

    amigos queridos

    a. falou bem nosso Dinardi

    b. o Camisa 10 perpetrou palavras de advertência: muitos na SEP querem participar das negociações. Por que será? tem algo esquisito aí...

    c. não sei se os amigos sabem: de vez em quando o crime se transforma em uma doença. Uma epidemia. Em nossa pátria amada, efectivamente poucos dos nossos brilhantes meritíssimos se importam com esse nefando facto. Deveriam, mas poucos o fazem. Alguns até soltam facínoras, embora com a maior das boas intenções. Então só nos resta chamar Marion Cobretti (Rambo) para corrigir isso. Se o crime é uma doença, Rambo é a cura.

    Tia Ester

     
  • Às 17 de outubro de 2020 11:50 , Anonymous Nobrinho disse...

    E aí, novidades galerinha?

     
  • Às 17 de outubro de 2020 13:26 , Anonymous A Mancha Não É O Palmeiras disse...

    Hoje de manhã um bando de desocupado foram lá gritar meia duzia de palavra.

     
  • Às 17 de outubro de 2020 20:10 , Anonymous Chara disse...

    Santos está metendo 2 X 0 lá em Curitiba, nesse timinho que o Palmeiras perdeu de três.
    Depois de ainda quem defende Luxemburgo.

     
  • Às 18 de outubro de 2020 01:05 , Blogger Unknown disse...

    O problema é que a culpa Não Foi Só do LUXEMBURGO. TEM MUITO VAGABUNDO NESSE ELENCO, QUE NENHUM TÉCNICO TEVE CAPACIDADE DE ELIMINAR, POR FALTA DE APOIO DO GALIOTTE, E DA SUA CHEFE, LEILA !!! ISSO NINGUÉM FALA. SAUDADES DE PAULO NOBRE. DE DOER.

     
  • Às 18 de outubro de 2020 01:09 , Anonymous VERDE INSUPERÁVEL disse...

    Unknown é VERDE INSUPERÁVEL.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial