Observatório Alviverde

31/03/2009

PALMEIRAS X OESTE:TUDO COMO ANTES NO QUARTEL DE LUXA!

O Palmeiras foi um time absolutamente previsível contra o Oeste. Falho na defesa, sem poder de criatividade no meio de campo e pífio no ataque.
As velhas desculpas de campo pequeno e gramado ruim, já não servem para encobrir o que está bem visível e só não enxerga quem não quer.
O elenco do Palmeiras, noves fora Marcos, Pierre, Cleiton Xavier, Diego, Edmilson e Keirrison, não passa de um grupo mediano do qual Luxa parece ter extraído tudo o que era possível neste paulistão.
Pode ser que, agora, nas finais do paulistão, o time se supere e ganhe o título. É o que todos estamos esperando. Mas, a julgarmos pelas últimas performances creio que a tarefa está cada vez mais difícil de ser concluida de forma satisfatória para a comunidade verde.
Hoje, em Itápolis, o time se esforçou, reconheçamos, e até foi bem, do ponto de vista físico. Tecnicamente, porém, esteve muito abaixo de uma condição mediana e continua sem poder de penetração em defesas fechadas, sem imaginação e, sobretudo, sem "punch" ofensivo.
Eu nunca imaginei que chegaria a este ponto, mas, sinceramente, senti saudades de Kleber.
Não quero ser o crítico de primeira hora do Keirrison, até porque ele sabe jogar e muito! Só que está isolado, taticamente, sem que ninguém encoste para o trabalho de tabela em que ele é um mestre. Toca sempre rápido para espaços impressentidos pela becada tosca, habilitando sempre um companheiro e chega fulminantemente para a finalização. Cabe a Luxa resolver o problema.
Da mesma forma não serei eu quem irá ficar, eternamente, a repetir que ninguém chega nele para tabelar. Essa deficiência nossa é antiga e remonta vários anos, haja vista que continuamos carentes de mais um centro-avante de mais corpo, altura, peso e disposição, para tirar-nos do sufoco em partidas pegadas como as de domingo contra os bambis e a de hoje contra o Oeste.
Com um centro avante "estilo tanque de guerra" teríamos uma nova alternativa de jogo para o segundo tempo e, concomitantemente, Keirrison se doaria um pouco mais ante a iminência da substituição e, até, da perda de posição.
O resultado não foi bom para o Palmeiras que não garantiu matematicamente, ainda, a condição de melhor campanha da fase classificatória, para o que necessita de mais um ponto, ao menos.
Só que, mesmo jogando em casa, enfrentará um time contra o qual, historicamente, sempre tivemos dificuldades de vencer, o Botafogo de Ribeirão Preto.
O lado bom da história é que ninguém será poupado e isso será interessante para que o time se agrupe e ganhe mais conjunto para as finais do paulistão e para as duas decisões contra o Sport Recife, que vão definir a continuidade ou não de nossa equipe na principal competição do ano, a Copa Libertadores da América.
COMENTE:

-------------------------------------------------------------------------------------------------
A INSENSIBILIDADE DO SPORTV ESCALA (novamente)JOTA JÚNIOR PARA UM JOGO DO PALMEIRAS!

Se a direção do Sportv sabe que a torcida do Palmeiras DETESTA que Jota transmita os jogos do Palmeiras, por que o escalam ? Para fazer "birra", para contrariar a coletividade verde ? Por que ele não foi escalado para o jogo dos gambás ? Ele próprio sentir-se-ia muito melhor e muito mais a vontade.
Esse é o problema da falta de opção, da impossibilidade de escolha. A Globo empurra pela goela abaixo da torcida do Palmeiras um narrador cuja energia é c-o-m-p-l-e-t-a-m-e-n-t-e incompatível com o clube e com a torcida, certamente uma das maiores compradoras dos pacotes esportivos da emissora.
Até que, no jogo de hoje, não temos queixas de comportamento anti-palmeiras, uma constante desse locutor, aliás.
Sob esse aspecto, conduziu-se bem, como sempre ocorre quando trabalha ao lado do Noriega. Quem sabe o fato de Noriega ser, como dizem, palmeirense, o iniba um pouco de suas contumazes ações e opiniões sempre contrárias e deletérias à S.E. Palmeiras.
A transmissão esteve boa, conquanto em 90 minutos, se, muito, ele transmitiu 30, ocupando os outros 60 em estatísticas, informações inúteis e anúncios de outros eventos a serem transmitidos pelo canal, com o jogo em andamento.
Quando o Oeste fez um gol, no primeiro tempo, ele perdeu o lance, mas deu sorte pelo fato de o árbitro haver anulado. Se não falasse tanta "abobrinha" ...
Velho na profissão, ostentando vasta e imperdível cabeleira branca, Jota já deveria saber, a esta altura, que o torcedor só quer mesmo é a identificação e saber está com a bola, não de histórico de jogos pretéritos, de estatísticas mortas, que Itápolis é a terra da laranja, que o estádio de Itápolis existe desde a década de 20, que o nome do estádio é tal ou qual e outras filigranas, verdadeiras muletas de narrador que já começa a se cansar no segundo tempo do jogo.
De qualquer forma a transmissão foi boa e a "pérola" desta vez, quem diria, foi proferida pelo Noriega quando disse: " O jogador do Oeste tem que chegar com mais SEDE, não digo com mais "VONTADE". Até tu, Noriega ?
Outra do Noriega: Só aos l6 minutos do 2º tempo que ele (heureca) descobriu que Keirrison estava jogando mal. Fez o registro com tôda a ênfase a que tinha direito! Hahahahahahahahaha
Nota 6 para o quarteto do Sportv que mostrou-se à altura da qualidade do jogo.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

18 Comentários:

  • Às 31 de março de 2009 23:45 , Anonymous Paulo disse...

    Difícil... O negócio para mim é simples:
    Enquanto jogarmos com 3 zagueiros cabeçudos,Marcão, Maurício, o melhorzinho que é o Danilo e com Jumar e Pierre de volantes...não vai sair dessa merda. A bola não flui, o jogo não rende, ZERO em criatividade. Eu acho INCRÌVEL o Luxa que sempre armou times habilidosos arrumar este monte de cabeção. Ano passado pelo menos houve o Léo Lima que cria algo para jogar com o Pierre que não cria absolutamente nada, só desarma (e bem).
    Que coisa horrível esse jogo, certo que eles disputaram uma final de copa do mundo assim como o Ituano. Obs: não ganhamos do Guará, Ituano e Oeste, fora. E aí?
    Estará o Luxa, que não sabe armar retrancas, defesas fortes, com medo de levar gols e pondo esse monte de zagueiros/volantes? Sumiu nosso jogo. Porque não voltou no segundo tempo com o Lenny de cara? Porque não inicou sem o Jumar e com o Saconi ou até mesmo o Evandro?? Para que todo esse cuidado para jogar com o temeroso Oeste? Demos "moral" no jogo para eles e eles foram crescendo.Contra o sport serão qtos volantes e zagueiros??
    O Luxa está me decepcionando agora na armação do time, logo eu que sou um defensor do seu trabalho, não quero que saia mas não estou entendendo sua postura em armar o time.

     
  • Às 1 de abril de 2009 09:04 , Anonymous Pipokeirrison disse...

    Póc, póc, póc, póc, póc, pópóc, popóc, popóc, pópópópópópópópópópópó pópóc pópóc póc póc póc ... póc.....póc .........póc..........piruáááá.

    O telefone toca.

    Triiiiimmmmmm, trrriiimmmmmm, trriiimmmmm.

    Pipokeirrison: - Alô, quem fala?

    Leonardo: - Aqui é o Leonardo do Milan.

    P: - Ooooobbbbaaaaa. Fala Léo, o que você quer?

    L: - Quero que você venha jogar no Milan esse ano ainda.

    P: - Beleeeezzaaaaaa. Mas Léo, falei que ficaria pelo menos até a metade de 2010 no Palmeiras... Ah, quer saber, que se foda o Palmeiras. Eu é que não vou ficar jogando aqui sozinho no ataque e ser esculachado como foi Alex Mineiro, por vim buscar a bola no meio de campo. Léo, esse Diego Souza me mata cara, agora sei como o Alex Mineiro sofreu. Mas aí tem Kaká, Pato, Ronaldinho Gaúcho, que poderão fazer a bola chegar em mim e eu deitar e rolar de fazer gols. Aqui malemá tinham Valdívia, mas nem cheguei a jogar com ele. Talves tivesse me dado bem com ele. Mas chega de papo Láo, quero saber, quando vou para Itália?

    L: - Bom Pipokeirrison, primeiro precisamos do seu passaporte, você já tem?

    P: - Já está tudo adiantado. Em breve ele sai.

    L: -Então até lá, vê se não se machuca tá? E vai treinando o italiano básico, é fácil.

    P: - Valeu Léo, pode ficar tranquilo que só vou na boa. Acho que será bom para todo mundo, pra mim, pro investidor e pro Palmeiras que vai ficar com um pouco também. Até mais, patrão, hehehehe.

    L: - Hehehehe, até mais filho, se cuida.

     
  • Às 1 de abril de 2009 09:52 , Anonymous Macedo disse...

    Que bonzinho vc foi com o sportv...nota seis!
    Tá certo que todos ficamos muito irritados com o jogo e o resultado, e a tendência é descarregar em quem transmite o jogo.
    Mesmo assim, a equipe inteira passou os primeiros 45 minutos enchendo o saco com uma história de gandula - preparador de goleiros, como se isso merecesse mais que uma rápida menção.
    Não gosto do Jota (quem gosta?) e acho o Noriega muito pomposo para falar obviedades.
    Nota 2, estourando.

     
  • Às 1 de abril de 2009 10:36 , Anonymous Pipokeirrison disse...

    Ao

    Alcides Drummond - Editor desse blog
    ================

    Tema: A diretoria é culpada ou inocente? Qual o caminho nessa reta final se semestre?

    ================

    Carlos Alberto Torres. 64 anos.

    Capitão da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1970.

    Ele teve o prazer de levantar a Copa Jules Rimet no México, na conquista do tri mundial.

    Aquela mesma que foi derretida por ladrões no Rio de Janeiro.

    Carlos Alberto está há quatro anos sem trabalhar como treinador.

    E denuncia ao blog.

    "Não trabalho nos clubes do Brasil porque não tenho empresário.

    E não faço esquema, aceitando jogadores que esses empresários empurram às equipes.

    É muita sujeira."

    Carlos Alberto: por que você não está trabalhando como técnico?

    Simples: porque eu não tenho empresário.

    Mais de 99% dos clubes no Brasil atua dessa maneira.

    Quem não tem empresário, não trabalha.

    Eu sou uma pessoa séria que não vou permitir o que acontece em grandes clubes brasileiros.

    Não faço esquema.

    Como assim, Carlos Alberto? Aproveite para denunciar...

    A situação é simples e as pessoas fingem que não enxergam.

    O empresário leva o treinador para o clube.

    E o treinador é obrigado a aceitar os jogadores desse treinador.

    É um esquema: um ajuda o outro.

    E o clube é que perde com isso.

    Porque o empresário não vai oferecer Kaká, Ronaldinho, ninguém desse tipo.

    Oferece jogador para ganhar dinheiro.

    E os dirigentes?

    A grande maioria está no esquema.

    Também ganha o seu dinheiro.

    Racha com o empresário.

    E o clube vai se afundando em dívidas.

    É uma vergonha.

    Eu sou um homem que não aceita essa situação.

    Fui capitão da Seleção, levantei a taça do Mundo no México.

    Não vou me sujar.

    Há quatro anos nenhum clube me chama.

    Eu tenho uma boa história da última vez...

    Por favor, conte...

    Um presidente de uma equipe grande fora do eixo Rio-São Paulo.

    Me chamou para uma reunião e disse que me queria como treinador.

    Eu falei que aceitaria. Só fiz uma única reivindicação: eu mesmo escolheria os jogadores a serem contratados.

    O presidente sumiu. Nunca mais me procurou. Será que ele tinha esquema com algum empresário? Será?

    Eu não tenho outra explicação para o seu sumiço.

     
  • Às 1 de abril de 2009 11:44 , Anonymous Marco disse...

    Adotando o mesmo critério de separar as análises, julgo que mais um péssimo desempenho do nosso treinador não pode servir de desvio de foco para a conduta do Sportv.
    Sobre o Luxemburgo, vamos deixar para depois.

    Sportv - Novamente, o mesmo problema.

    Tudo o que tinha que ser comentado já foi. Concordo com o texto do tópico. A emissora deve fazer por "birra".
    Tanto Jota Jr., quanto Noriega passaram o jogo todo ressaltando aspectos negativos.
    Independentemente do rendimento do time em campo, esse comportamento da equipe de transmissão se tornou uma marca em relação ao Palmeiras.
    Assisto, pela emissora, jogos de vários times e de vários estados. Posso assegurar que essa característica de negativismo manifesta-se apenas nos jogos do Palmeiras.
    (mesmo quando o time vai bem, tem sempre algo de negativo para ser ressaltado)

    O Noriega novamente mostra que é um bobalhão. Começo falar das bolas cruzadas sobre a área antes da partida começar e ficou no mesmo assunto o jogo inteiro. Insistiu mais ainda depois do gol anulado, onde nem a irregularidade do lance serviu para ele parar com o assunto.
    A impressão passada por eles é a de tentativa de condicionamento mental sobre o público e sobre a equipe do Palmeiras.
    Nas entrevistas, as perguntas vão sempre sobre o assunto, ao contrário de certos times onde o roteiro das perguntas parece ter sido enviado pela própria assessoria de imprensa do clube.

    Para concluir o festival de incompetência, um repórter que não faço questão de lembrar o nome teve a coragem de informar que o jogador Diego Souza era o único do elenco que havia atuado contra o Oeste em 2004.
    Esse idiota não sabia que o Diego de Souza de 2004 era outro jogador.
    O cidadão piorou ainda mais quando acrescentou que o torcedor palmeirense poderia estranhar que o Marcos não estava naquele jogo e que o goleiro foi o Diego Cavalieri.
    Por ai, nota-se o nível de competência da emissora e de seus profissionais. Enquanto estagiários trabalham como repórteres, verdadeiros abutres narram e comentam.

     
  • Às 1 de abril de 2009 12:26 , Anonymous Macedo disse...

    Tem razão, Marco, esqueci deste absurda incompetência do repórter.

    Ele poderia dizer também que o Ronaldo agora joga no ataque dos gambás, depois de ter jogado no gol do mesmo time nos anos 90.

    Nota zero bem redonda para a abominável transmissão.
    Monopólio é uma coisa nociva mesmo.

     
  • Às 1 de abril de 2009 12:33 , Anonymous RECADO DO EDITOR disse...

    MARCO
    Você é um observador muito mais arguto do que eu.
    Como já o fiz em outras oportunidades, dou a mão à palmatória e ressalto a minha falta de sensbilidade no que respeita ao Diego Souza aludido pelo desinformadíssimo repórter. Até eu acabei recebendo a informação errônea como se fosse verdade. De fato o Diego Souza a quem ele se refere é aquele que brigou com o Estevan Soares e que se encontra, hoje, no futebol japonês. O atual Diego talvez, ainda, estivesse nas categorias de base do Fluminense.
    Quero frisar que quando observo as transmissões o faço jogo a jogo.
    Macedo
    Considerando-se as tantas transmissões piores, a de ontem, em minha opinião mereceu uma nota 6.
    Pipokeirrison
    O Carlos Alberto não está dirigindo nenhum clube porque nunca realizou com constância trabalhos condizentes com a sua fama de campeão mundial.
    Ele já dirigiu (pessimamente) os gambás, você sabia ?
    Essa de não aceitar empresário é papo-furado porque técnico não contrata, apenas indica.
    De mais a mais, se ele quer inserir-se no mercado de trabalho, tem de aceitar as regras vigentes , desde que não se sinta violentado profissionalmente ou ferido em seu amor-próprio ou em sua dignidade.
    Sobre o tema proposto eu lhe pergunto: A diretoria deve ser culpada ou inocente de que ?
    Veja que o paulistão ainda não acabou e temos, sim, chances reais de título. Com o reforço do elenco (Carlinhos Paraíba está chegando) teremos chances, também, no brasileirão.
    É o que eu digo sempre: por pior que seja qualquer diretoria será melhor do que a turma do Boss-Tafá. Ruim com a Trafic, mas muito pior sem ela. De minha parte, considero muito cedo para qualquer avaliação da administração do Beluzo. De qualquer forma, voce pode abordar o tema, livremente e ainda que alguém o conteste, você poderá fazê-lo. Apenas lhe peço que considere o momento, inoportuno para esse tipo de avaliação, em face da necessidade de tranquilidade para disputarmos as finais do Paulistão e a nossa sobrevivência na Libertadores.
    Saudações esmeraldinas!

     
  • Às 1 de abril de 2009 13:15 , Anonymous paulo disse...

    Carlinhos Paraíba !!??
    agooora vaai...

     
  • Às 1 de abril de 2009 13:44 , Anonymous Verdão de Coritiba disse...

    Acho que é o Ney Paraíba do Oeste para substituir o Keirrison, porque esse Carlinhos Paraíba era reserva no Coritiba e agora está jogando de lateral esquerdo.

     
  • Às 1 de abril de 2009 16:27 , Anonymous Verdão de Coritiba disse...

    Palmeiras tentou Washington, perdeu para os bambis.

    Palmeiras quis Conca e Fred, mas a Trafic preferiu ajudar o Fluminense nos dois casos. Um pela aquisição. Outro pelo grupo de investidores que arrumou para bancar parte dos salários e ter retorno da multa rescisória em posterior venda.

    Palmeiras quis Nicolas Spolli, Gary Medel, Maldonado e Edu Dracena. Não veio nenhum.

    Gustavo foi cedido pela Trafic ao Cruzeiro, com consentimento do Palmeiras e não receberá nada em troca em futura venda.

    Palmeiras perdeu o ótimo zagueiro David de graça para o time da Grécia, já com o muda Palmeiras no comando.

    Promessa eleitoreira de campanha do atual presidente de que viriam de 2 a 3 reforços para a sequência do Paulista e até agora niente.

     
  • Às 1 de abril de 2009 20:41 , Anonymous Aversa disse...

    Sinceramente espero que o Luxa esteja escondendo o jogo.
    Mas não acredito...

     
  • Às 1 de abril de 2009 23:15 , Anonymous Macedo disse...

    Lendo o último comentário do Verdão de Coritiba e assistindo Chile e Uruguai pelas eliminatórias, me ocorreu que o Palmeiras caiu tanto nos últimos anos que o nível de exigência da torcida também desabou, porque ela não se cansa de chorar pela ausência de um reserva da seleção do Chile.
    Até aí, nada demais, pior mesmo é não parar de chorar por um zagueiro reserva do Cruzeiro.
    Ainda por cima, reserva do Leonardo Silva.

     
  • Às 2 de abril de 2009 01:39 , Anonymous Pedro Paulo disse...

    Eu não sei o que é que voces querem mais. O Palmeiras perdeu um clássico que podia perder e vai terminar a classificação em primeiro lugar no Paulistão com direito a todas as vantagens do regulamento e voces tão chiando.
    Vai disputar dois jogos decisivos contra o Sport e se ganhar um e empatar outro entra de novo novamente no páreo porque vai pegar os dois times estrangeiros na sequencia e os outros times também vão jogar um contra o outro. Eu não sei porque que a nossa torcida é tão xata e tão exigente se o Palmeiras não tem dinheiro para investir em nomes como a torcida gosta. Toda a vez que o Palmeiras corre atras de nomes se da mal, vejam os casos do Gamarra, do Edmundo, do Juninho paulista e de muitos outros. O Palmeiras ainda não despertou para a grande realidade do futebol de hoje em dia que é o investimento na estrutura do time, em jogadores de qualidade que não tem nome e nas categorias inferiores. Muito culpa dessa nossa torcida xata que só sabe criticar e exigir. A decadencia do Palmeiras não foi só o Mustafa não mas tambem quem tem culpa no cartorio esses torcedores nossos que não tem umildade nem tolerancia para esperar um jogador desabrochar. O caso mais recente é do Marquinhos que foi obrigado a fazer uma operação de érnia entrou sem ritmo no time e já foi crucificado. Esse garoto é muito bom de bola mas é jogador de área de atuar la na frente como fazia no Vitória. O luxa tá obrigando ele a voltar para a marcação e estamos perdendo um baita atacante porque eu acho difícil que o Marquinhos se recupere moralmente para ser o cracão que ele era no Vitória porque já foi queimado pela torcida.A minha esperança é que o time se aprume e que ele no bolo se recupere se não vai ser igualzinho aconteceu em Itápolis a torcida não vai deixar o muleque jogar socegado.
    Eu não quero entrar em atrito com nenhum debatedor deste saite mas fico triste quando vejo gente já denegrindo o Carlinhos Paraiba antes mesmo de ele chegar ao Palmeiras agora no mes de abril conforme prometeu a diretoria. Falar que o Carlinhos Paraiba não joga nada e que esta na reserva é assinar um atestado publico de desenformação de futebol porque foi ele quem acabou com a gente no primeiro jogo contra o Coritiba e foi tambem um dos melhores jogadores desse time na campanha do ano passado. Tanto é verdade que o Coritiba não liberou ele para o campeonato paulista e o contrato dele vence este mes mas o Coritiba tá querendo que ele fique porque é um jogadorzaço. Lá no Coritiba tem tambem um meia armador canhoto muito bom de bola que chama Marlos que também cabia no nosso time, se a torcida deixasse.

     
  • Às 2 de abril de 2009 09:37 , Anonymous Verdão de Coritiba disse...

    É isso mesmo, por isso que o Corotiba foi campeão brasileiro ano passado com Jéci, Mauricio Ramos, Marlos, Carlinhos Paraíba e Keirrison.

     
  • Às 2 de abril de 2009 11:23 , Anonymous Pedro Paulo disse...

    AO VERDÃO DE CORITIBA
    Voce não pode achar que por eles não terem nome que são jogadores ruins. O Palmeiras tem só dois ou tres jogadores melhores do que o Paraiba e do que o Marlos. Amigo voce é outro daqueles torcedores que tem mania de grandeza e que acham que o Palmeiras só deve contratar jogador de nome e de marquet Quando os bambis contrataram o Cuca e foram buscar grafite, josué danilo e outros jogadores lá no Goiás eles tambem não tinham sido campeões brasileiros mas todos foram campeões nos bambis e josué é da Seleção. É preciso acabar com essa mania que tem o palmeirense de se achar acima de tudo e de ficar exigindo jogador que tem nome famoso porque nos temos de cair na real que não temos grana para contratar um time só de jogadores a nivel de seleção. Principalmente porque ninguem garante que um time assim ganha nada. Ainda não caiu a ficha para a nossa torcida que o futebol mudou e quem não renova dentro de casa não alcança bons resultados nos campeonatos alem de acumular uma enorme divida financeira. O palmeiras precisa mudar e só vai mudar se a nossa torcida mudar a mentalidade. O nosso amigo de Coritiba nem parece palmeirense porque tá certo de falar mau do Jéci e até do Danilo a gente admite porque ele ainda não se acertou mas quando fala mal do Keirrisonm mostra que ou não é palmeirense ou sabe muito pouco de futebol. Me perdoe a sinceridade eu não to querendo ofender a ninguem, mas só colocar algumas verdades

     
  • Às 2 de abril de 2009 12:14 , Anonymous Marco disse...

    As criticas feitas ao Palmeiras e ao seu treinador são exatamente pelo motivo da torcida reconhecer a capacidade e o potencial do grupo.
    Não se faz cobrança para quem não tem condição de responder.

    Nosso treinador tem a fama de ser o melhor do país, fama conseguida com títulos e trabalho.
    Nosso elenco é reconhecidamente o mais completo entre os times brasileiros. Chegamos a atuar com o time reserva em vários jogos, mantendo o aproveitamento total.

    Nessa condição, não se admite que um elenco e um treinador com tanta capacidade caiam tanto de produção, joguem com medo de times muito inferiores, que ocorram tantas invenções, quando fazer o simples já seria o suficiente.

    Analisar os números de maneira fria pode esconder uma realidade.
    Estamos em primeiro no Paulista, mas já poderíamos ter garantido, com facilidade, esse primeiro lugar há um bom tempo e usar os jogos finais para descansar alguns jogadores para o mês importante que será abril.
    Agora, corremos até o risco de perder a primeira colocação ou de ficar em primeiro e depois perder a vantagem na final, caso o outro adversário apresente melhor campanha na sua semifinal. Risco desnecessário e sem sentido para quem tinha um time acertado.

    Os números também camuflam a tendência do comportamento atual, uma tendência de queda no momento decisivo.
    Por outro lado, nunca podemos esquecer que não existe melhor momento para cobrar a volta do rendimento da equipe e do treinador ANTES da semifinal e ANTES dos confrontos com o Sport.

    Ficar pensando que somente os números nos garantirão as vagas pode ser um erro fatal. O momento é de cobrar porque há tempo.

     
  • Às 2 de abril de 2009 14:05 , Anonymous NOTÍCIA PARA TODOS disse...

    Luiz Rodrigo Lemmi é advogado e corinthiano. Ou, seria melhor dizer na ordem correta: é corinthiano e advogado.

    Ele descobriu que o Morumbi (aquele estádio construído graças aos favores do governo paulista durante a ditadura) foi penhorado pela Justiça. Só que ninguém ficou sabendo!

    "Isso realmente é impressionante porque não li absolutamente nada na imprensa a respeito desse fato, o que destoa completamente do comportamento da mídia quando um fato semelhante ocorreu no Corinthians e todos os jornais noticiaram fartamente o episódio", diz o advogado.

    Nos anos 70, lembro de ver Luiz Rodrigo nas arquibancadas do Pacaembu, acompanhado pelos 3 irmãos e pelo patriarca da família, Léo. Todos corinthianos.

    Eram os tempos do longo jejum de títulos corinthiano. Os Vianna e os Lemmi sofriam juntos no Pacaembu.

    Sabe-se lá porque, a família Lemmi tinha mania de ir ao estádio com um rádio daqueles antigos, de mesa. Não era rádio de pilha, era um rádio imenso mesmo. Creio que era uma forma de garantir que nenhum dos irmãos teria a coragem de atirar o rádio (valioso) na direção do bandeirinha.

    Depois, nos anos 80, fui várias vezes com o Luiz Rodrigo acompanhar as vitórias do Corinthinas na época gloriosa do doutor Sócrates. O São Paulo F. C. era nosso freguês, coitado. Como esquecer o gol de Biro-Biro no meio das pernas de Valdir Peres, na final de 82?

    Luiz Rodrigo virou um bom advogado, pai de família, um homem ponderado. Menos no futebol. Ele mantém um grupo de discussão na internet, formado só por corinthianos. E foi ali que tomei contato com a informação: o São Paulo F. C. teve seu estádio penhorado em 2006!

    A seguir uma entrevista em que ele comenta o caso. E, depois, cópia da página nos autos em que consta penhora do estádio.

    (E) Doutor Luiz Rodrigo Lemmi, essa penhora do estádio do Morumbi está em vigor? Ou o São Paulo F. C. conseguiu suspendê-la?
    - O andamento do processo não está atualizado na net; seria necessário ir até o fórum para ver o atual andamento do processo; por isso não posso assegurar que o São Paulo não tenha se acertado com o reclamante; o que posso assegurar é que o Estádio do Morumbi foi penhorado em julho de 2.006 na execução de uma dívida trabalhista de aproximadamente R$ 2.000.000,00 em favor daquele zagueiro argentino Ameli.


    (E) O Morumbi corre risco de ir a leilão?
    - Acho pouco provável pelo montante que está em discussão; mas em tese é possível.

    (E) O fato foi divulgado pela chamada grande imprensa? Foi diferente da penhora do Parque São Jorge, não?
    - Isso realmente é impressionante porque não li absolutamente nada na imprensa a respeito desse fato, o que destoa completamente do comportamento da mídia quando um fato semelhante ocorreu no Corinthians e todos os jornais noticiaram fartamente o episódio.

    (E) Como advogado e corinthiano, você chega a se surpreender com a diferença de tratamento dado ao São Paulo F.C. na mídia brasileira (paulista, sobretudo)?
    - Fico realmente impressionado; não consigo entender o que leva a uma diferença de tratamento tão brutal assim; sempre que acontece um fato negativo relativo ao São Paulo, aparece um jornalista para defender (pode observar!); e no final das contas a "leitura" que a mídia faz do fato acaba "absolvendo" o São Paulo, que fica com a sua imagem preservada; e o extremo oposto é o que ocorre com o Corinthians.

    (E) Qual o motivo para se preservar, sempre, a imagem do São Paulo? Há muitas pessoas que dizem que haveria ligações estreitas do São Paulo com a maçonaria, o que teria permitido, por exemplo, a doação do terreno onde se construiu o estádio do Morumbi. O que sabe sobre isso?
    - Exatamente sobre isso não tenho muito a dizer; o que digo apenas é que existe uma força desconhecida que trabalha a favor do São Paulo e contra o Corinthians; o São Paulo, ao contrário do Corinthians e do Palmeiras, não é um time que surgiu naturalmente; tenho a nítida impressão de que o São Paulo é um projeto de um grupo de pessoas que visa conquistar o poder que existe no futebol; note que engraçado: na década de 50 o São Paulo não tinha torcida; o que fez a diretoria do São Paulo planejar naquela época a construção do maior estádio particular do mundo? Sem dúvida que, do ponto de vista de marketing, a idéia é boa: com um estádio daqueles o time nunca vai ser pequeno; mas não faz o menor sentido construir um trambolho daqueles se você não tiver uma torcida para enchê-lo; então, acho que o São Paulo é um projeto de um grupo que, friamente e sem paixão alguma, planeja para conquistar a parcela de poder que existe no futebol brasileiro (e que não é pouca!).

     
  • Às 3 de abril de 2009 15:37 , Anonymous Edson disse...

    Pelo o que eu estou acompanhando do pré jogo entre xport e Palmeiras, tenho a certeza que deveríanmos chamá-los de Bambi do Nordeste e não Gambá do Nordeste. O jogo sujo de bastidores que eles estão engendrando é típico do são paulo e não do corinthians.

    Saudaçoes esmeraldinas.

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial