Observatório Alviverde

17/08/2009

A POSTAGEM HOJE É DO LEITOR AUGUSTO FERREIRA, O MESTRE DOS MAGOS, GRANDE PALMEIRENSE DE BARIRI, ESTADO DE SÃO PAULO. TEMA: CHEGA DE 3 ZAGUEIROS

Está acontecendo aquilo que eu teimava em acreditar que não iria acontecer. Juro que estava tentando segurar o que meu coração já me dizia e que, em outras ocasiões, já falei muito.

Mas, depois dos jogos contra Gremio, Atlético e Botafogo, não tem mais como segurar.

Ou o Muricy revê seu projeto de montagem do time, ou sofreremos e continuaremos a perder pontos bestas como vem ocorrendo. Não adianta esse negócio de 3 zagueiros em casa. Fora de casa, vá lá. Mas dentro de casa não.

Nossa zaga não tem configuração técnica para se jogar com 3 zagueiros.
Danilo e Mauricio Ramos vêm de times que jogavam com dois zagueiros e, justamente, quando encontraram a sintonia perfeita, são obrigados a desconfigurar a dupla e se adaptar novamente. Marcão é o único zagueiro que temos, em condições de jogar tanto em 2 como 3 zagueiros e até de lateral esquerdo. Por quê? Porque já foi volante e isso o credencia a se adaptar com mais facilidade a esse esquema.

Mas 3 zagueiros não dá.

Nosso ápice de aproveitamento tático em campo, foi com a formação de 3 volantes, com Souza Pierre e Edmilson. Souza e Pierre como batedores e Edmilson com sua sabedoria para sair jogando e até, muita vezes combatendo na sobra.

Não vai adiantar inventar em nossos domínios. Com 3 zagueiros, ficam apenas 1 batedor e 1 volante de saída de bola no meio para combater. Abre-se o meio, obriga Cleiton e Diego a recuar para marcar mais e, aí, breca o time.

Com 3 volantes, sendo 2 batedores, o combate começa com mais eficiência no meio campo, chegando a bola mastigada aos dois zagueiros. Esse é o "X" da questão, nesse elenco do Palmeiras. Uma zaga de 3 zagueiros sabe adiantar e preencher o espaço mais a frente, ficando 1 na sobra.

Não temos zagueiros nesse perfil e nem treinamento dará jeito, pois a natureza deles não permite esse jeito de atuar.

Danilo e Mauricio Ramos são hoje, expoentes como defensores em linha, na sobra. Ambos não tem cacoete de volante. São perfeitos na linha de dois zagueiros, ou em qualquer esquema, em que que você deixe apenas os dois trabalharem na defesa.

O São Paulo demorou praticamente um ano para aprender a jogar com 3 zagueiros e assim se manteve por 3 anos. Mas o São Paulo já vem com os jogadores da base treinando com 3 zagueiros, mas isso é bem diferente. Já vem da base. Eles comem 3 zagueiros, mastigam 3 zagueiros, dormem 3 zagueiros, ou seja, vivem 3 zagueiros. Essa é a base deles.

Não é nosso caso, em que se foi montado um novo time e com jogadores que vieram configurados da base de seus times, em linha de 2 zagueiros. Até a base do Palmeiras é com dois zagueiros.
No meu entendimento, Muricy vai ter de rever esse "maledeto" esquema de 3 zagueiros, ou contratar mais 2 zagueiros que sejam especialistas em jogar nesse esquema, como o Alex Silva por exemplo.

Fora de casa , tudo bem, va lá. MAS EM CASA NÃO.

O Palmeiras perdeu a velocidade. Com 3 volantes, a marcação estava mais eficiente, facilitando o trabalho dos ataques e contrataques. A perda mais visível já é e talvez continue sendo o rendimento de Diego Souza. Diego Souza precisa do jogo ativo para acordar. Jogo em banho- maria, parece que tira o ânimo desse jogador. Se desde a estréia de Muricy isso não foi tão sentido por muitos, isso, agora, já acontece. Basta que vejamos todos o resultados da era Muricy até o presente.

Contra o Botafogo, acredito que o time tenha chegado ao que Muricy acredita que é o
certo. MAS PRA MIM, ELE ESTÁ ERRADO, EQUIVOCADO., e não quero ter o desprazer de voltar a esse assunto mais a frente.

Isso não é corneta. É uma constatação minha, apenas minha. Em casa não se joga no erro adversário. Em casa se faz o resultado.

E se continuar nessa toada, com esse pensamento de 3 zagueiros em casa, não consigo ver futuro, a não ser que algo novo aconteça. Depois a turma vai começar a dizer que Diego Souza está querendo ir embora e blá blá blá.

Temos que voltar a povoar o meio campo e nosso poder de fogo voltará
normalmente. Não adianta colocar mais 1 zagueiro e inventar o Diego Souza de
atacante, que isso ele não é, nunca foi e nunca será.


Bom é isso.

Saudações.

Augusto Ferreira, o mestre dos magos

COMENTE

5 Comentários:

  • Às 18 de agosto de 2009 10:40 , OpenID palestraimortal disse...

    Olá, o Palestra Imortal está de endereço novo:

    www.palestraimortal.wordpress.com.

    Assim que tiver um tempo atualize os seus links.

    Abraço!

     
  • Às 18 de agosto de 2009 15:06 , Anonymous Alceu Gutierrez disse...

    Eu acho que o Augusto tem razão. Desde que passamos a jogar assim não conseguimos mais ganhar ben nenhum jogo. Precisa de mudar o esquema senão a gente dança. Um abraço a todos

     
  • Às 18 de agosto de 2009 15:09 , Anonymous Antonio Mirandola Bastos disse...

    O problema do Palmeiras não é esquema mas a falta de um elenco que possa atuar em qualquer esquema.
    Sem elenco a gente não vai chegar a lugar algum em qualquer esquema.

     
  • Às 18 de agosto de 2009 15:13 , Anonymous Zé Claudio disse...

    O Mirandão falo i disse.Esquema naum é nada se naumn tem jogador. Precisamos de uns quatro reforço pra levar o kaneko.oooo queremo jogador.

     
  • Às 18 de agosto de 2009 15:21 , Anonymous vladimir rizzetto disse...

    O meu maior medo, é que esse seja o verdadeiro Muricy, ou seja, sem imprensa a favor, sem arbitragens benevolentes, sem tribunal, talvez seja isso que ele possa fazer...

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial