Observatório Alviverde

27/02/2010

O ABUSO DOS ALTOS PREÇOS DOS INGRESSOS. NÓS INICIAMOS O PROCESSO!

Virou moda a majoração inexplicável do preço dos ingressos pelos clubes, sem que haja motivação para tal.

Lamentavelmente foi o Palmeiras o clube que deu o primeiro passo para instituir mais esse assalto ao bolso do torcedor.

Os preços abusivos cobrados, de há muito, por nossa diretoria, têm afastado o público dos jogos do Verdão, subtraindo do palmeirense mais pobre, a alegria de poder assistir no estádio aos jogos de seu time de coração.

A alegação é que o Palestra é um estádio pequeno, para pouco público, e precisa haver compensação, através dos preços majorados, para o equilíbrio das rendas do Palmeiras com os concorrentes.

Detalhe: Em razão
disso pagamos muito mais do que as torcidas dos bambis e gambás pagam para ver em campo as suas equipes.

A desculpa de nossa diretoria é oca, furada, evasiva, sofismática...

Na verdade, a voracidade por dinheiro de nossos dirigentes é imensurável, incontrolável, na mesma proporção de seus desmandos financeiros.

Quem gastou a fortuna que Belluzzo gastou com a dança das cadeiras dos técnicos está impedido moralmente de majorar os preçoa de ingressos. E, no entanto, ele os majora. Não é justo! É lamentável!

O pior é que o mau exemplo palmeirense está sendo escancaradamente copiado. Senão, vejam:

O que a diretoria gambá fez com a sua torcida, foi uma sacanagem, um desrespeito...

Cobrou preços escorchantes logo no primeiro jogo da Libertadores contra o modestíssimo Racing uruguaio, sob a alegação de haver montado um elenco extraordinário e, se sabe, a coisa não é bem assim.

Certamente que a brutalidade dos preços cobrados à torcida, não vai ficar por aí
.

Montaram, na realidade, um elenco caro, acima da realidade financeira do futebol brasileiro com salários lá na estratosfera.

Deram parcerias milionárias a jogadores tidos como estrelas, a quem proporcionam tratamento diferenciado chamando-os de sócios do clube, ainda que calcem o indefectível chinelinho e vivam no Depto Médico.


Em nome dessas parcerias "tiram o couro" do torcedor, surrupiando-lhe até os últimos centavos.

Amanhã é a vez da diretoria do Santos explorar o torcedor. Coincidentemente, lá, também, exerce a presidência um economista, contemporâneo escolar de Belluzzo.

O tal economista, que pelo cargo não se perca, aumentou estupidamente os preços dos ingressos para o Santos e Corinthians, chegando ao descalabro de cobrar 80 reais por uma arquibancada.

A alegação é a mais pueril entre tantas que já ouvi: a de que não se pode pagar o mesmo preço por uma exibição do "Cirque De Soleil" e do circo mambembe da praça.

Mas quem disse que se pode fazer analogia entre o time que ele preside e " Le Cirque"? Só ele próprio e alguns festivos da imprensa. É puro cabotinismo!

O Santos sequer conseguiu evitar o segundo jogo contra o obscuro Naviraiense. É esse o espetáculo do "Nouveau Cirque de Soleil"? As palavras são bonitas, mas quem paga a conta sem direito a quase nada é, sempre, a torcida!

Pois não é que o Rio Claro resolveu fazer o mesmo para esse jogo contra o Palmeiras? Quase dobrou o preço de um ingresso de arquibancada! Quem diria?

Colocou os bilhetes à venda ao preço de 50 reais em uma cidade cuja classe trabalhadora, aquela que realmente prestigia o futebol, não tem condições de arcar com um preço tão elevado.

Resultado: as vendas antecipadas não ultrapassaram míseros 3.500 pagantes, acenando com um fracasso de arrecadação, apesar de toda a expectativa pela presença do clube de maior torcida na região, a S.E. Palmeiras.

A diferença foi que a diretoria do Rio Claro reconheceu o erro e deu um passo atrás, reduzindo para 4o reais o preço das arquibancadas. A redução foi insuficiente, mas já ajuda.

30 reais por uma arquibancada, seria o preço mais justo para o espetáculo Rio Claro X Palmeiras, em conformidade com o poder aquisitivo da população rioclarense e com a realidade econômica da região.

E VOCE, CONCORDA COM O AUMENTO DE PREÇOS DOS INGRESSOS DA MANEIRA COMO ESTÃO FAZENDO OS NOSSOS DIRIGENTES?

3 Comentários:

  • Às 27 de fevereiro de 2010 23:37 , Anonymous Alceu Gutierrez disse...

    Alcides
    Voce tem toda a razão porque esta mesmo um horror o preço dos ingressos para ver um jogo de futebol e voce tem toda a razão de falar que o Palmeiras começou essa poca vergonha mas ja faz tempo e não é só agora como voce falou. Não foi o Beluzo não porque isso ja tem desde quando eu morava em São Paulo nas decada de 60 e de 7o e de 80 que o Palmeiras ja cobrava uma fortuna para a gente poder ir ver os jogos nossos no parque antarctica. Essa italianada que manda no clube não tem dó de ninguem e considera o torcedor um lixo. Eu acho que é por isso que mesmo ganhando tantos titulos como a gente ganhava naqueles tempos a nossa torcida não aumentou tanto o numero de pessoas que torce para nos e se aumentou aumentou muito poco com relação aos outros dois nossos adiversarios. A diretoria do Palmeiras eu acho que ela detesta a torcida e so pode ser isso mesmo devido ao alto preço que ela sempre cobrou e ainda cobra. Pagar 40 real para ver o time tomar uma traulitada é duro demais e tem sido assim. Pobre não pode torcer pelo Palmeiras e se torcer só vai mesmo poder torcer se ver jogo na televisão. Hoje vamos ganhar de 3 a 1 do Rio Claro. Um abraço a todos

     
  • Às 28 de fevereiro de 2010 02:03 , Anonymous Alvaro Martins - Salvador Bahia disse...

    Onde é que tá o estatuto do torcedor que não vê essas coisas? Cadê as leis
    Aqui na Bahia é assim. Em todo o lugar. Ninguém toma providencia.
    Com ingresso karo oo barato vamo demoli o Rio Claro. Verdao 4 a 1.
    Alvaro Martins - Salvador Baea

     
  • Às 28 de fevereiro de 2010 21:20 , Anonymous Anônimo disse...

    Caro Alcides,

    Grande texto. Retratou claramente o excesso cometido pelos dirigentes. E o pior, se houvesse condições dignas de assistir os "espetaculos, vá lá...... Mas nossos estádios clamam por melhorias. Nós, torcedores, somos tratados como gado, sem direito a um banheiro digno sequer.... E a Copa de 2014 será aqui......

    Enzo Martinelli

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial