Observatório Alviverde

05/04/2009

PALMEIRAS 2 X 1 BOTAFOGO DE RIBEIRÃO PRETO UM BOM INÍCIO DE RECUPERAÇÃO

PALMEIRAS X BOTAFOGO DE RIBEIRÃO PRETO.

Foi um jogo difícil, truncado, sofrido, como sempre acontece quando o Palmeiras decide posições ou títulos de campeonatos. Vencemos, hoje, porque lutamos, ainda que limitados por múltiplas deficiências.
A começar pela defesa, cheia de falhas, fraca técnicamente. Embora a becada estivesse bem no roubo de bola, não tinha velocidade e poder de recuperação. Errava muito nos passes e na saída de bola. Além disso, esteve sempre confusa, atuando, às vezes, em linha e cometendo reiteiradas lambanças.
Até Bruno entrou na onda, falhando grotescamente no gol do Botinha. Falhou, também, no segundo tempo, quando quase entregou o ouro, ao sair mal com os pés e furar na tentativa do chutão, deixando a bola livre para atacante do Botafogo que só não fez o gol porque Bruno se redimiu ao fechar o ângulo do chute.
Aliás, há um defeito crônico em todos os goleiros egressos da famosa universidade palmeirense de formação de grandes "gol-keepers". Nenhum sabe jogar com os pés, exigência, aliás, do futebol que se pratica na atualidade.
Hoje, atuamos sem atacar em bloco e quando o fizemos, em parte do segundo tempo, usamos os homens de meio campo que encostavam nos atacantes.
No primeiro tempo, Capixaba, que voltou bem, foi utilizado mais no apoio. No segundo tempo, o ala que mais jogou foi Jeferson, que cumpriu bem a função de apoio e armação do ataque pelo lado esquerdo, malgrado suas conhecidas deficiências como marcador. Armero entrou no lugar de Jeferson aos 35 do segundo tempo e atuou discretamente
Edmilson só foi bem no roubo de bola e no passe. Está completamente fora de forma física. Passa a impressão de que ele está preso ao chão ou amarrado, já que não consegue acompanhar o pique dos adversários. Cleiton Xavier e Diego foram, novamente, os nossos dois expoentes na vitória de hoje. Junte-se a eles Ortigoza que, além do golaço que marcou, infernizou a defesa do Botinha.
No ataque, que tristeza, Keirrison pegou muito pouco na bola. Deslocou-se pouquíssimo e não jogou sem a bola, isto é, não se deslocou para receber ou para abrir a defesa adversária.
Ortigoza fez, em pouco tempo após ter entrado, tudo o que Keirrison e Leny não conseguiram fazer em meio tempo do jogo. Ele foi um dos fatores determinantes de nossa vitória!
Leny é exatamente aquilo que todos viram, hoje. Franzino, fisicamente muito fraco, Leni necessita de espaço para usar a sua melhor cartacterística, a velocidade. Quando não há espaço, Leny não joga e hoje ele não jogou. É jogador para time pequeno em meu critério de análise.
Apesar de tudo, vencemos e, a esta altura, é isso o que mais importa. Estamos classificados e vamos pegar o perigoso time do Santos com todas as vantagens decorrentes do regulamento.
Quarta-Feira é o Sport, mas, para vencer os pernambucanos, vamos ter de jogar muito melhor do que jogamos hoje.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
SOBRE A TRANSMISSÃO DO PREMIERE

Respeitaram a nossa torcida e não escalaram o Jota Júnior. Isso é muito importante!
Milton Leite e André Rizek foram bem, apesar da costumeira má vontade com o Verdão.
Rizek, no primeiro tempo, brigou com a imagem ao dizer que não houve um impedimento (claríssimo) do ataque do Botafogo.
Nem um nem outro disse que houve penalti sobre Diego Souza, derrubado, escandalosamente, dentro da área.
Milton Leite não relatou o GOLAÇO de Ortigoza, o mais bonito do campeonato paulista, com a ênfase que o lance exigia, nem Risek fez justiça ao gol em seu comentário. Já imaginaram se fosse um gol do Corinthians ou do São Paulo, que carnaval ele teria feito ?
OS ERROS CRASSOS DE MILTON LEITE:
Aos 23 minutos Milton Leite bradou : Esta é a 13º vitória do Palmeiras no campeonato. Se ela se MANTER... (Rasgou a gramática) Até Tu, Milton, que quase não erra ! Um erro seu de menor monta eu até relevaria, mas esse foi de lascar...
Quando do penalti em Diego Souza que Milton e André, equivocadamente, disseram que não existira, Milton proferiu esta pérola: "- Não existe vantagem em penalti..."
Não existe vantagem, senhor Milton ? Se o lance redundar em gol o árbitro, então, marca penalti ?
Nota 6 para Milton Leite, 5 para André Risek e 7 para o repórter Alexandre Oliveira.
OS ERROS CRASSOS DO DIRETOR DE TV
Keirrison estava livre para fazer o gol e o Premiere estava reprisando um lance bobo sem a menor importância. Mais uma vez...
Os créditos referentes as escalações dos times passaram com velocidade acima da capacidade de leitura do telespectador comum. Para acompanhá-los é necessário um curso de leitura dinâmica. Tem sido assim. Os nomes dos reservas, então, é impossível que se leia !
De qualquer forma, elogie-se que não houve reprises indesejadas de gols de outras equipes e de outros campeonatos. A transmissão foi limpa, sem poluição visual. Parabéns! Os resultados dos jogos passaram embaixo da tela e iam sendo informados pelo narrador, como manda o figurino.

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO:


PS - Os cinco primeiros comentários foram feitos antes do jogo e no intervalo do jogo.




21 Comentários:

  • Às 5 de abril de 2009 13:17 , Anonymous Zé Claudio disse...

    Vamus ganhar de 2 X 0, dois gols do K9. Eieieieieie PORCOOOO!

     
  • Às 5 de abril de 2009 13:31 , Anonymous Alceu Gutierrez disse...

    Precisamos de ganhar o Botinha hoje e esquecer as tantas derrotas que tivemos em jogos decisivos contra times pequenos dentro de nossa casa. O time do Palmeiras precisa ter o espírito da primeira academia que era um time guerrero e o melhor de todos que eu já vi jogar na minha vida.Era um time que não levava desaforo pra casa que não entregava nunca a rapadura e que tinha só gente de responsabilidade e jogadores que vestiam com orgulho a nossa camiseta. Naquele tempo a gente perdia muito pouco mesmo e ainda assim quando a gente perdia voltava pra casa muito satisfeito porque o time se doava e soava a camisa vendendo muito caro as nossas poucas derrotas. A zebra quase não pastava quando jogava com a nossa primeira academia principalmente se o jogo fosse no parque antárctica. Eu gostaria que o Luxa falasse isso pros jogadores na sua preleição e fizesse entrar na cabeça dessa rapaziada nova que a história do Palmeiras é grande e muito importante e que cada um cumpra o seu dever para a terceira torcida do Brasil. Meu palpíte é uma goleada de diferença de treis gols, ou treis a zero ou quatro a um. Um abraço a todos.

     
  • Às 5 de abril de 2009 13:36 , Anonymous Pedro Paulo disse...

    Vou deixar o meu palpíte e só voltarei no final do jogo depois da postagem para comentar a nossa classificação em primeiro lugar. O Verdão vai meter 2 x0 neles e os bambis vão ter que matar ou morrer nos dois jogos de muito desgaste que vão fazer contra os gambás, muito mais difícil do que os jogos que a gente vai fazer contra Santos, Portuguesa ou mesmo contra o Sto André.
    Viva o Verdão mais lindo do mundo.

     
  • Às 5 de abril de 2009 14:40 , Anonymous Leo disse...

    Eu procurava o Observatório Verde e por acaso vi este blog de nome quase igual. Entrei aqui e gostei do que vi. Achei muito interessante. Vi que muita gente que escrevia no antigo Observatório Verde está postando aqui e dando pau na imprensinha. Isso é ótimo porque sempre achei que o OV era um dos blogs de maior nível em toda a coletividade alviverde. Voces precisam divulgar mais este espaço palmeirense. Precisamos aumentar a participação da nossa torcida por aqui. Quero deixar o meu palpite para Palmeiras e Botinha. Acho que está todo mundo com medo mas vamos ganhar de goleada. 5 a 1 pra nós.
    Vou voltar sempre aqui para deixar o meu recado Vou fazer propaganda do blog junto a galera para dizer que já tem outro observatório na praça

     
  • Às 5 de abril de 2009 16:57 , Anonymous Zé Claudio disse...

    Porra,esse time naum joga mais bola Que desgracera
    E o pior é que a gente naum tem ninguem pra entrar e mudá o jogo. Eu colocava o Ortigoza no lugar do leni. Eieieie Porcoo, vamo virá...

     
  • Às 5 de abril de 2009 19:12 , Anonymous cristiano disse...

    Jogamos pro gasto, acredito que o time chegou a um limite, não jogará um melhor futebol do que vem jogando. O pior, não temos peças de reposição, há carências evidentes na zaga, no meio de campo e no ataque(sim, no ataque). Keirrison tem se mostrado um atacante pouco vibrante, que foge do confronto com os zagueiros, seu estilo é pouco eficaz, principalmente em libertadores. No entanto é tarde para reclamar, o melhor é torcer para que o time encontre um futebol até agora oculto.

     
  • Às 5 de abril de 2009 21:34 , Anonymous Macedo disse...

    Quanto à transmissão, acho que o Milton Leite e o Rizek passam uma imagem de arrogância, de pedantismo que me causa repulsa.
    Assumo que não gosto de quase nenhum narrador, muito menos comentarista, não acrescentam absolutamente nada ao espectador, não têm nada a ensinar nesta área de domínio universal (um garoto peladeiro de 12 anos aqui da esquina sabe tanto da matéria quanto qualquer destes comentaristas com pose afetada de sabe-tudo), estão lá para encher a linguiça da transmissão.
    Eles não são necessários, o enorme e automático interesse do público pelo futebol cria brechas para que várias pessoas orbitem um jogo como mosquitos em volta de uma lâmpada acesa.
    Poucos comentaristas (no futebol, nenhum) têm o nível do Luciano Burti, da Fórmula Um, que de forma discreta nos brinda com análises inteligentes, dados e informações relevantes o tempo todo (que de outro modo não saberíamos), e é um contraponto ao ufanismo barato dos seus colegas de transmissão, além de ser capaz de traduzir aquela incompreensível comunicação entre os pilotos e os boxes durante as corridas.
    Não cabe a pessoas que se deem ao respeito ficar aplicando apelidos que os jogadores não gostam de receber.
    Essa história de coalhada, chula, desrespeitosa, vulgar, (na qual a equipe do sportv voltou a insistir hoje) dá bem a medida do nível das pessoas responsáveis pela trasmissão e da falta de melhor assunto por parte dos jornalistas.

     
  • Às 5 de abril de 2009 21:43 , Anonymous Macedo disse...

    Outra questão interessante que o blogueiro abordou foi a direção de TV.
    Não sei por qual motivo, os diretores de TV nas transmissões de futebol gostam de inventar uma dinâmica exibicionista que acaba atrapalhando a dinâmica própria do futebol, muito mais atraente que o excesso de cortes de câmera (sempre na hora errada) e de replays (de qualquer jogada banal, enquanto o jogo ao vivo está correndo).
    Não há jogo que eu assista, em qualquer canal, que algum lance importante não seja perdido por causa do excesso de replays em horas impróprias.
    Podem falar o que for do Luciano do Valle, mas prestem atenção como ele não se cansa de reclamar disso nas transmissões da Band (e nunca é atendido). "Atenção, técnica, vamos prestar atenção ao jogo, está muito corrido, vamos esperar pra repetir, não vamos perder nenhum lance", etc.
    Se nem pra reclamação dele dão bola, imagina pra minha.

     
  • Às 5 de abril de 2009 22:30 , Anonymous Zé Claudio disse...

    Eu naum disse que Ortigoza no lugar de Leny era alteração pra si ganhá o jogo. Luxa deve ter lido a minha sugestão rsssss Agora vamu cai pra dentro daqueles Bambi nordestinos. Eieieieiei Porcoooo
    O melhor em campo Ortigoza. O pior, Danilo. Eieieie porco, vamus dar um baile no Esporte. Dois a um pra nós é o meu palpite pra 4º feira.
    Eieieieieie Porcoooo

     
  • Às 5 de abril de 2009 22:34 , Blogger Anderson Nascimento disse...

    Gostei muito do segundo tempo, acho que o k9 nao marcou por azar jogou bem, deve chances mas a bola nao quiz entra é a fase, espero que a zica saia dele contra o sport.
    É quarta fiz um comentário especial do próximo jogo.
    Vejam meu blog.
    http://centralviverde.blogspot.com/

     
  • Às 5 de abril de 2009 22:38 , Anonymous Edson disse...

    Hoje novamente senti a má vontade existente por parte da imprensa em relação ao Palmeiras.
    No Bandsport, parecia que o S. Paulo já era o novo líder, pois "existia uma enorme possibilidade de chegar em primeiro lugar e o Palmeiras estava sofrendo para ratificar a primeira colocação", como se a maior vantagem fosse dos Bambis.
    Durante a transmissão, havia um orgasmo coletivo do Milton Leite e do Rizek enquanto o S. Paulo tomava o lugar do Palmeiras, a ponto do golaço do Ortigoza, que desapontou Rizek, fosse chamado de engraçado ao invés de golaço. Na realidade ele queria dizer que foi sem querer, mas não podendo desmentir a imagem, disse que foi "engraçado". Engraçado mesmo foi o S. Paulo ceder o empate, no fim do jogo, com um frango do Rogério Cena. Foram aliás, 02 frangos.

    No nosso jogo, penalti incontestável no Diego Souza e apenas citação de passagem pela dupla do sportv.

    Apesar da defesa, que me dá arrepios, venceremos os Bambis do Nordeste.

    Saudações esmeraldinas.

     
  • Às 6 de abril de 2009 09:35 , Anonymous vladimir rizzetto disse...

    A manutenção da liderança foi importantíssima por dois aspectos:
    Primeiro, porque nos dará a possibilidade de jogar por dois empates e, segundo que do ponto de vista psicológico manterá - teoricamente - o otimismo dentro do grupo e também porque desarma a imprensa vendida que já tinha o discurso prontinho caso os sodomitas do inferno ganhassem: “time de chegada”. “eficiência”, o “SPFW sempre ganha quando precisa”, etc.
    Caso o Palmeiras ficasse em segundo, nossos jogadores seriam submetidos a uma violência psicológica terrível e sem tréguas, tudo para nos desestabilizar e em contrapartida, favorecer os jogadores leonores.
    A engrenagem do marketing boiola tricolor está decepcionadíssima e, com certeza deve estar traçando alguma nova tática para tentar desestabilizar o Palmeiras.
    Mas, o que mais me preocupa mesmo, é o futebol pífio que o Palmeiras tem demonstrado ultimamente, se continuar jogando desta forma teremos problemas imensos contra o Santos, que cresceu de produção.

    Graças a Deus não vi o jogo pela SPORTV!

     
  • Às 6 de abril de 2009 10:19 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    TENTARAM DE TUDO

    Dois gols irregulares a favor do São Paulo.

    1 pênalti que não existiu para o Santos.

    1 pênalti com "paradão" do jogador que deveria estar suspenso por cotovelada, chamado Chicão. Pênalti esse, que não tenho convicção pois evitaram mostrar o lance, que pra mim pareceu tropicão do atacante.

    Fizeram tudo para desvalorizar nossa liderança.

    Até o Botafogo fez um gol "espírita" pra atrapalhar.

    Mas, o Palmeiras tinha uma grata revelação chamada Ortigoza.

    Foi um golaço de atacante "atacante mesmo".

    E esse papo de coalhada é apenas um pejorativo da imprenssa para achincalhar nosso atacante, assim como criaram o rótulo de cai cai para Valdívia.

    Terão que engolir coalhada, até perderem a graça e começarem a respeitá-lo como Ortigoza.

    E que o Palmeiras não perca essa jóia nem para Traffic e nem para ninguém.

    O Palmeiras tem que exercer seu poder de compra, pois ele veio por empréstimo e com passe fixado.

    Ortigoza casou muito bem com a camisa do Palmeiras.

    É raro, é dificil isso acontecer, por isso acho que não podemos perder a chance.

    E para completar, a plástica do gol feito por ele foi sensacional.

    Bola de pé em pé, roubada de Evandro para Jeferson, passe para Marcão, tudo de primeira.

    Marcão para Edmilson que aparou e lançou Cleiton Xavier, este por sua vez, aparou e passou milimétricamente, para a velocidade de chegada de Ortigoza que na saída do goleiro, mesmo sendo precionado por um zagueiro, se esticou e bateu por cima do goleiro.

    Um gollaaaaaçççoooooo.

    Keirrison não fez de novo?

    Quando ele procurar o jogo, voltará fazer com certeza.

    Tem dois times no futebol brasileiro que adoram tomar gol do Keirrison. São eles Santos e Sport Recife.

    Os gols do nosso atacante franguinho estão reservados para uma boa hora.

    Estou sentindo o cheiro do gol.....

    Não adianta mais reclamar.

    Vamos torcer e jogar com o regulamento debaixo do braço.

    Saudações Alvi Verdes de Coração a Todos.

     
  • Às 6 de abril de 2009 11:16 , Anonymous Macedo disse...

    Um símbolo do que o Palmeiras deve fazer a partir de agora (não só no jogo de quarta, mas todas as decisões que vêm pela frente) é o gol do Ortigoza.
    Em geral, estrangeiros que jogam no Brasil são raçudos, sempre tentam algo a mais, não se contentam em simplesmente bater cartão e fazer o feijão com arroz.
    A bola já ia escapando e Ortigol se atirou, deu um carrinho inesperado e finalizou com grande precisão.
    Os ridículos comentaristas do sportv ainda tentaram desvalorizar o gol dele, disseram que foi ‘esquisito’ e insistiram na piada sem graça do coalhada.
    Exatamente porque não têm o que falar, são caras limitados e não conseguem compreender a beleza do esforço de um jogador para virar um placar adverso (entre as muitas coisas que não conseguem compreender), a única coisa que conseguem fazer é desrespeitar o jogador que já pediu pra não ser chamado assim.

     
  • Às 6 de abril de 2009 11:18 , Anonymous Leo disse...

    Eu pensei que fossemos meter uma goleada daquelas no Botinha, mas me enganei. Os caras fizeram o jogo da vida contra nós. Não seria nenhuma surpresa se os bambis mandaram uma mala cheia de grana para eles. Eles correram pra caramba no primeiro tempo. Abriram o bico no segundo tempo. Eu acho que a nossa superioridade maior foi física. Isso é bom. Mostra que estamos preparados para a guerra contra os bambis. De Pernambuco.

     
  • Às 6 de abril de 2009 11:26 , Anonymous Pedro Paulo disse...

    Os bambis vão ter que matar ou morrer diante dos gambás e não vai ser nada fácil para eles. Mas não quero que ninguem se iluda porque nós tamem vamos ter que lutar muito para esmagar as sardinhas. Ontem quse acertei no placar. Disse que a gente ganhava de 2 a 0 só que eu não podia imaginar que o garotão Bruno fosse levar um peru daqueles. A minha preocupação é o julgamento do Diego pelo tribunal bambi da FPF. Mas vou deixar isso pra depois porque agora to concentrado no Sport. Vamos ganhar lá dentro para o desespero dessa corja. Viva o Verdão mais lindo do mundo.

     
  • Às 6 de abril de 2009 12:05 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    DESABAFO DO PRESIDENTE DO SANTA CRUZ, APÓS DERROTA DE VIRADA POR 2X1 PARA O SPORT

    TAMBÉM, PUDERA, EXPULUSARAM DOIS JOGADORES DO SANTA, ATÉ O SPORT VIRAR O JOGO.

    O CAMPO LÁ É RUIM, SEGUNDO ELE.

    http://www.youtube.com/watch?v=K5qZtlfwU0Q

     
  • Às 6 de abril de 2009 12:06 , Anonymous Mestre dos Magos disse...

    NA VERDADE É DIRETOR DE FUTEBOL.

     
  • Às 6 de abril de 2009 19:59 , Anonymous Marco disse...

    Publicado no www.futebolinterior.com.br
    Referente à matéria da Revista VIP

    Confira abaixo os times para os quais os jornalistas torcem:

    TV Globo
    Galvão Bueno – Flamengo
    Cléber Machado – Santos
    Luís Roberto – São Paulo
    Mauro Naves – Corinthians
    Sérgio Noronha – Vasco

    TV Bandeirantes
    Nivaldo Prieto – Palmeiras
    Luciano do Valle – Ponte Preta
    Mauro Beting – Palmeiras
    Milton Neves – Santos
    Sílvio Luiz - São Paulo
    Renata Fan - Internacional
    Neto - Corinthians

    SporTV
    Luis Carlos Jr. – Fluminense
    Milton Leite – Corinthians
    Paulo César Vasconcelos – Botafogo
    Alex Escobar – América-RJ
    Renato Maurício Prado – Flamengo
    Marcelo Barreto – Flamengo
    Alberto Helena Jr. – São Paulo
    José Roberto Wright – Fluminense
    Roberto Assaf - Flamengo
    André Loffredo - Corinthians
    Maurício Noriega - Palmeiras
    Armando Nogueira - Botafogo
    André Rizek - Corinthians

    ESPN Brasil
    José Trajano – América-RJ
    Paulo Vinícius Coelho – Palmeiras
    Mauro César Pereira – Flamengo
    Paulo Calçade – Corinthians
    Antero Greco – Palmeiras
    Sílvio Lancellotti – Corinthians
    Soninha – Palmeiras
    André Plihal – São Paulo
    João Palomino – São Paulo
    Paulo Amigão Soares – São Paulo
    Fernando Calazans – Flamengo
    Juca Kfouri – Corinthians
    Márcio Guedes - Botafogo
    Celso Unzelte - Corinthians
    Marcelo Duarte - Corinthians
    Flávio Gomes - Portuguesa
    João Carlos Albuquerque - Santos
    Arnaldo Ribeiro - São Paulo
    André Kfouri - Corinthians

    Outros
    José Silvério (Band-SP) – Cruzeiro
    Wanderley Nogueira (Jovem Pan-SP) – São Paulo
    Flávio Prado (Jovem Pan-SP) – São Paulo
    José Carlos Araújo (Rádio Globo-RJ) – Fluminense
    Mauro Leão (O Globo) – Botafogo
    Fernando Vanucci (Rede TV!) – Botafogo
    Pedro Ernesto (Rádio Gaúcha) – Grêmio
    Wianey Carlet (Zero Hora) – Internacional
    David Coimbra (Zero Hora) – Grêmio
    Paulo Brito (RBS) – Internacional
    José Aldo Pinheiro (RBS) – Grêmio
    Luís Carlos Ostermann (Zero Hora) - Grêmio
    Sérgio Xavier Filho (Placar) - Grêmio
    José Roberto Torero (Folha de S. Paulo) - Santos
    Heródoto Barbeiro (Cultura) - Corinthians
    José Calil (Rede TV) - Santos
    Éder Luís (Record) - Marília
    Ricardo Capriotti (Sportv) - Corinthians
    Roberto Avallone - Palmeiras
    Jorge Kajuru (TVB) - Palmeiras

    Observações sobre a matéria:

    1 - Na lista, observamos jornalistas com a coragem para dizer que torcem para Marília, Ponte Preta........
    2 - Tem jornalista, que se diz palmeirense, que deveria ser indicado como anti-palmeirense. Melhor seria que fossem torcedores de outro time.
    3 - O que adianta o jornalista torcer para um time se a sua chefia determina o que ele deve falar?

     
  • Às 11 de abril de 2009 02:48 , Anonymous Andre Rizek disse...

    Caros, acompanho bastante o Observatório, acho o maior barato. Venho aqui apenas para fazer uma pequena correção: eu disse na hora que foi pênalti em cima do Diego Souza!
    abs
    André Rizek

     
  • Às 25 de abril de 2009 19:15 , Anonymous Anônimo disse...

    que estava catando?

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial